Você está na página 1de 9

2ª Sessão -2ª parte –Comentário ao Workshop de Noémia Queijo

Formada: Helena Fernandes

A Noémia começa por afirmar:“Escolhi esta tarefa por me parecer a mais


aliciante e proveitosa.” O esforço na organização dum workshop é, só por si,
uma mais valia para a prática que se adivinha próxima pelas nossas novas
obrigações. E, assim, um ponto forte no seu trabalho.
.
O tempo de que todos dispomos é escasso ... mas os constrangimentos
sentidos pela pressão não embargam:
• oportunidades de reflectir sobre o que concebemos,
• encontrar lacunas nas estratégias, falhas nas selecções feitas ou na
sua apresentação,
• repensar no público a que se destina que ouve falar pela primeira vez
no modelo e nos conceitos que tentamos tornar claros.

E, ao analisarmos trabalhos apresentados no fórum 1, reencontramo-nos ou


ficamos sensibilizados para novas estratégias ...

Diz ainda, a Noémia:

“Assim este workshop tem como objectivo dar a conhecer o modelo de


avaliação das Bibliotecas Escolares e a partir daí para o envolvimento
dos professores da escola nas actividades da Biblioteca.”
Reflectindo sobre a primeira parte do objectivo do seu workshop considero que
aborda os pontos fundamentais exigidos para este trabalho e com a extensão
de informação adequada.
Visualmente, a apresentação tornar-se-ia mais apelativa e funcional com
alguns realces ao longo dos textos que despertassem a atenção para
conceitos novos ligados à mudança desejada na comunidade escolar e à
compreensão do que a fundamenta.

Positiva é também a duração prevista para um workshop.

Face ao trabalho proposto, a ficha de avaliação da formação parece-me bem


concebida e abrangente.

Na parte teórica, no slide nº 10, pode ler-se:


“Centra-se a pesquisa, mais uma vez, no impacto e não nos inputs.”

O conceito de“inputs” – Este parece-me um exemplo dum conceito que não


será dominado pelos professores a quem nos dirigimos.
Seria talvez necessário o seu esclarecimento com exemplos referentes ao
contexto da BE.
O segundo objectivo proposto pela Noémia era “ e a partir daí para o
envolvimento dos professores da escola nas actividades da Biblioteca”

1-Exploração da Biblioteca pelos professores a fim de tomarem conhecimento


do fundo documental, materiais vídeo e aúdio.

2-Reunidos em grupos disciplinares, planificarem uma actividade integrada


numa unidade ou mais, do currículum, de forma a rentabilizarem os materiais
da Biblioteca.
ou
Planificação de uma actividade a ser posta em prática pela Biblioteca, para
reforço das aprendizagens, utilizando os diversos suportes disponíveis

Na minha opinião, esta proposta integrada no Workshop não viria reforçar o


conhecimento do Modelo da Auto-avaliação. Seria óptima para uma actividade
a realizar num outro dia como proposta de trabalho colaborativo da BE com um
departamento/grupo disciplinar.

Na proposta da Noémia está implícita a presença de professores de várias


áreas disciplinares o que tornaria confuso o tomarem conhecimento do fundo
documental existente, a sua avaliação e posteriormente planificarem uma ou
mais actividades com base nos materiais existentes (admitindo que muitos ou
alguns deles desconhecessem os fundos documentais ou até a própria
organização dos mesmos na BE, ou como fazer uma pesquisa no catálogo) .

Com esta actividade, já me pareceriam insuficientes.as 3 horas previstas para


a totalidade do workshop.

Considero, contudo, que o projecto do Workshop é positivo.

Nota:

Atrevo-me a deixar-lhe uma proposta como 2ª parte do Workshop.

Distribuír os documentos seguintes (Domínio A_Articulação curricular):

A.1.6. –Colaboração da BE com os docentes ....


Níveis – A1 –Articulação curricular da BE ...

Com estes 2 docs inteirar-se-iam dos indicadores deste subdomínio e dos


“Factores críticos do sucesso”.indicados e seria proposto aos docentes um
trabalho de avaliação da BE tendo em conta os” níveis de avaliação da BE e
respectivos descritores”
E com
QD1 _Questionário aos docentes
QA 1 – Questionário aos alunos
( Com estes saberiam o que seria recolhido para avaliar)

Outra hipótese seria a análise das grelhas propostas

Q2_Grelha de observação _literacia da informação...


Q2- Grelha de Observação de trabalhos escolares ...

Com estes docs é poderiam realizar um trabalho prático em que poderiam


definir , por disciplina, ano, ... o que observar, acrescentando, retirando,...)

Seguem cópias dos docs.


QD

Interesses relacionados