Você está na página 1de 6

GEMMR – Matéria Médica de Boericke

CALENDULA OFFICINALIS – MARIGOLD (CALÊNDULA)

É um extraordinário agente curativo para aplicação local. Útil em feridas abertas, partes
que não iriam cicatrizar, úlceras, etc. Promove granulação cicatrizante e rápida,
cicatrização sem formação de pus (healing by first intention) – cura por primeira
intenção. Hemostático depois da extracção de dente. Surdez. Condições catarrais.
Neuroma. Tendência constitucional para erisipela. Dor exagerada, fora de proporção
com o ferimento. Muita tendência para se resfriar, especialmente com tempo húmido.
Paralisia depois de apoplexia. Câncer, como um remédio intercorrente. Tem notável
poder para promover exsudação local e ajuda a tornar descarga irritante em cicatrizante
e livre. Mãos frias.

Cabeça – Extremamente nervoso; se assustando facilmente; dor de cabeça dilacerante;


peso no cérebro. Glândulas sub-maxilares inchadas, doendo ao tocar. Dor do lado
direito do pescoço. Feridas dilaceradas no couro cabeludo.
Olhos – Ferimentos nos olhos com tendência para supuração; depois de cirurgia,
blenorreia no saco lacrimal.
Ouvidos – Surdez; pior em ambiente húmido e com condições eczematosas. Ouve
melhor num trem, e sons distantes.
Nariz – Coriza em uma narina; com muita descarga verde.
Estômago – Fome logo depois de mamar. Bulimia, apetite exagerado. Azia com
arrepios dos pelos. Náusea no peito. Vómitos. Sensação de vazio no estômago.
Dilatação do epigastro.
Respiração – Tosse, com expectoração verde, rouquidão; com dilatação do anel
inguinal.
Órgãos femininos – Verrugas no esterno. Menstruações suprimidas, com tosse.
Endocervite crónica. Hipertrofia do útero, sensação de peso e repleção na pelve;
esticamento e repuxamento na virilha; dor com movimentos súbitos. Colo de útero mais
baixo do que o natural. Menorragia.
Pele – Amarela; Pele -de- ganso. Promove cicatrização favorável, com o mínimo de
supuração. Tecido necrosado, carne esponjosa com bordas elevadas. Queimaduras e
escaldaduras superficiais. Erisipela (uso local).
Febre – Friagem, muita sensibilidade ao ar-livre; arrepios, estremecimentos nas costas,
sente a pele quente ao tocar. Calor ao anoitecer.
Modalidades – Piora, com a humidade, tempo pesado, nublado.
Relacionamento – Comparar com: Hamamel; Hyperic; Symph; Arn.
Comparar na surdez com: Ferr; pic; Kal.iod; Calc; Mag.c; Graph.
Antídotos: Chelidon; Rheum.
Complementares: Hepar.
Dose – Uso local. Calêndula aquosa ( Marigoldin) para todas as feridas, o maior agente
curativo.
Também em injecção na leucorreia; internamente, tintura à terceira dinamização. Para
queimaduras, machucados, fissuras e esfoladuras, etc. usar Cerato de Calêndula.
GEMMR – Matéria Médica de Boericke

CHAMOMILLA – Camomila Alemã (Macela)

Os principais sintomas orientadores encontram-se nos grupos mental e emocional, que


levam a esse remédio em várias formas de moléstias. É usado especialmente com
frequência em moléstias de crianças, onde a impertinência, inquietação, e cólica dão as
indicações necessárias. Uma disposição que seja meiga, calma e gentil, preguiçosa e
com prisão de ventre, contra-indicada a Chamomilla.
O paciente de Chamomilla é sensível, irritado, sedento, quente, e com dormência.
Super-sensibilidade devida ao abuso de café e narcóticos. Dores insuportáveis, ligadas à
dormência. Suores nocturnos.

Mente – Inquietação gemendo. A criança quer muitas coisas, que ela recusa quando
obtém. Queixas chorosas porque não pode obter o que deseja. A criança só fica quieta
quando é carregada de um lado para o outro e mimada constantemente. Impaciente, não
tolerando que se fale ou interrompa; extremamente sensível a todas as dores; sempre
reclamando e se queixando. Rancorosa, rabugenta. Reclama devido a raiva e
aborrecimento. Calma mental contra-indicada Chamomilla.
Cabeça – Dor de cabeça latejando, na metade de cérebro. Propensão para curvar a
cabeça para trás. Suores quentes, pegajosos, na testa e no couro cabeludo.
Ouvidos – Zumbido nos ouvidos. Dor de ouvido, com mal estar; inchação e calor
tornando o paciente desvairado. Fisgadas. Sente os ouvidos entupidos.
Olhos – Ardor nas pálpebras. Esclerótida amarela. Fechamento espasmódico das
pálpebras.
Nariz – Sensível a todos os odores. Coriza, com impossibilidade de dormir.
Rosto – Uma bochecha vermelha e quente; a outra pálida e fria. Fisgadas ao maxilar,
estendendo-se até dentro dos ouvidos e aos dentes. Os dentes doem mais depois de
bebidas quentes; pior com café, de noite. Leva-o ao delírio. Repuxando a língua e os
músculos do rosto. Perturbação na dentição das crianças. [Calc.Phosph; Terebinth.].
Garganta – Parótida e glândulas sub-maxilares inchadas. Constrição e dor, como se
tivesse um tampão.
Boca – Dor de dente, se alguma coisa for tomada, desde café; durante a gravidez.
Salivação de noite.
Estômago – Eructações pútridas. Náuseas depois de café. Suores depois de comer ou
beber. Aversão a bebidas quentes. Língua amarela; gosto amargo. Vómitos biliosos.
Ácido subindo; regurgitação da comida. Vómitos biliosos, amargos. Gastralgia
compressiva, como uma pedra no estômago. [Bry; Abies n.].
Abdómen – Dilatado, cólicas na região do umbigo, e dor nos flancos. Cólica flatulenta,
depois de raiva; com bochechas vermelhas e transpiração quente. Cólica hepática.
Duodenite aguda. [Kali bich – crónica].
Fezes – Quentes, verdes, aguadas, fétidas, pegajosas, com cólica. Muco em pedaços
brancos e amarelos, como ovos picados com espinafre. Dor no ânus. Diarreia durante a
dentição. Hemorróidas com rachas dolorosas.
Órgãos femininos – Hemorragias uterinas. Descarga abundante de sangue escuro
coagulado, com dores como as do parto. Dores de parto espasmódicas; pressionando
para cima [Gels.] . A paciente não tolera a dor [Caul; Caust; Gels; Hyos; Puls.]. Bicos
dos seios inflamados; sensíveis ao toque. Peito das crianças sensíveis. Leucorreia
amarela irritante. [Ars; Sep; Sulph.].
Respiração – Rouquidão, pigarro, sensação de escoriação na laringe. Tosse seca,
irritante, com coceira na garganta; aperto sufocante no peito, com expectoração
amarga durante o dia. Muco chocalhando no peito da criança.
GEMMR – Matéria Médica de Boericke

Costas – Dor insuportável no lombo e nos quadris. Lumbago. Rigidez nos músculos do
pescoço.
Extremidades – Dores reumáticas violentas o fazem sair da cama à noite; compelido a
andar um pouco. Solas dos pés ardendo à noite [Sulph.]. Os tornozelos cedem de tarde.
De noite, perda paralítica da força nos pés, o tornam incapaz de pisar sobre eles.
Sono – Sonolência com gemidos, chorando e se lastimando durante o sono, sonhos
assustadores com ansiedade, os olhos semi-abertos.
Modalidades – Piora, com o calor, com a raiva, ao ar-livre, com o vento, de noite.
Melhora, sendo carregado, com tempo quente e chuva.
Relacionamento – Comparar com: Cypriped; Anthemis; Aconite; Puls; Coffea; Bellad;
Staphis; Ignat. Segue Belladona nas moléstias das crianças e no abuso de opium. Rubus
villosus – Black berry – (diarreia na infância; fezes aguadas e cor de argila).
Antídotos: Camph; Nux; Puls.
Complementares: Bell; Mag. C.
Dose – Terceira à trigésima dinamização.

CAMPHORA – Camphor (Cânfora)

Hahnemann costumava dizer: “A acção dessa substância é muito confusa e enigmática,


difícil de investigar, mesmo no organismo sadio porque sua acção principal, com maior
frequência do que em qualquer outro remédio, se alterna e se mistura com as reacções
vitais do organismo (efeitos posteriores). Por causa disso, com frequência é difícil
verificar o que pertence à reacção vital do corpo e o que pertence aos efeitos
alternativos devido à acção principal da cânfora”.
Mostra um estado de colapso. Todo o corpo frio como gelo; súbita parada das forças;
pulso pequeno e fraco. Depois de operações cirúrgicas, se a temperatura for sub-normal,
a pressão arterial baixa, 3 doses de cânfora 1x com 15 minutos de intervalo. Essa
condição é encontrada na cólera, e foi aí que a cânfora adquiriu fama clássica. Primeiras
fazes de um frio, com calafrios e espirros. Tremores e extrema inquietude. Estalos nas
juntas. Convulsões de forma epiléptica. A Cânfora tem relacionamento directo com os
músculos e as fascias. É necessária em perturbações reumáticas locais nos climas frios.
Dilatação das veias. Como estimulante do coração em emergências cânfora é o remédio
mais satisfatório. Doses em gotas em açúcar tão frequentes como de cinco em cinco
minutos.
É característico em Cânfora que o paciente não se cobre, apesar do seu corpo estar frio
como gelo. Um dos principais remédios para choque. A dor melhora enquanto pensa
nela. Muito sensível ao frio e ao toque. Sequelas do sarampo. Convulsões violentas,
com excitação itinerante e histérica. Espasmos de tétano. São atacadas, principalmente,
crianças escrofulosas, irritadas, fracas e louras.

Cabeça – Vertigem, tendência para perder a consciência, sensação de que vai morrer.
Gripe; dor de cabeça, com sintomas catarrais, espirros, etc. Dor latejante no cerebelo.
Suor frio. Nariz frio e sendo apertado. Língua fria, flácida e trémula. Fisgadas
passageiras na região temporal e nas órbitas. Cabeça incomodando. A região occipital
latejando, em sincronia com o pulso.
Olhos – Fixos, arregalados; pupilas dilatadas. Sensação como se todos os objectos
fossem muito brilhantes e estivessem cintilando.
Nariz – Entupido; espirrando. Coriza fluente com mudanças súbitas de tempo. Com frio
e sendo apertado. Sangue pelo nariz persistente, principalmente com a pele como pele-
de-ganso.
GEMMR – Matéria Médica de Boericke

Rosto – Pálido, desfigurado, com ansiedade, deformado; azulado, frio. Suor frio.
Estômago – Dor compressiva na boca do estômago. Frio, depois queimando.
Fezes – Empretecidas, involuntárias. Cólera asiática, com câimbras nas panturrilhas,
frio no corpo, angústia, muita fraqueza, colapso, língua e boca frias.
Urina – Ardendo e com estranguria, e tenesmo no colo da bexiga. Retenção com a
bexiga cheia.
Órgãos masculinos – Desejo sexual aumentado. “Chordee”, pénis semi-lunar.
Priapismo. Emissões nocturnas.
Respiração – Perturbação precordial. Dispneia sufocante. Asma. Tosse seca curta e
violenta. Palpitações. Hálito frio. Respiração suspensa.
Sono – Insónia, com os membros frios. Tremores e extrema inquietação.
Extremidades – Dor reumática entre os ombros. Movimento difícil. Dormência,
formigamento e frio. Estalos nas juntas. Câimbras nas panturrilhas. Pés frios como gelo,
dor como se tivesse um músculo distendido.
Febre – Pulso pequeno, fraco, lento. Todo o corpo fica como gelo. Transpiração fria.
Calafrio congestivo. Língua fria, flácida, trémula.
Pele – Fria, pálida, azul, lívida. Não pode suportar ser coberto. [Secale].
Modalidades – Piora, com o movimento, de noite, com contacto, ar frio. Melhora, com
calor.
Relacionamento – Cânfora é antídoto ou modifica a acção de quase todos os remédios
vegetais – fumo, ópio, remédios para vermes, etc. Laffa acutangula (todo o corpo frio
como gelo, com inquietação e ansiedade; sede ardente.). Camphoric acid – (um remédio
profilático contra a febre do cateter; cistite 15”grains” – 972 miligramas – três vezes ao
dia; também como preventivo para suores nocturnos).
Incompatível: Kali nit.
Complementar: Canth.
Antídotos: Opium; Nitr. sp. dulc; Phos.
Comparar com: Carbo; Cuprum; Arsenic; Verat.
Dose – Tintura, em gotas, repetidas com frequência, ou cheirando Essência de
Cânfora. As dinamizações são igualmente eficientes.
GEMMR – Matéria Médica de Boericke

CANNABIS INDICA – Hashish (Haxixe)

Inibe as faculdades mais altas e estimula a imaginação de modo notável, sem qualquer
estímulo apreciável aos instintos mais baixos, ou instintos animais.
Uma condição de grande exaltação em que todas as percepções e concepções, todas as
sensações e emoções são exageradas ao último grau.
Estado de natureza dupla ou subconsciente. Aparentemente sob o controle da segunda
personalidade, mas, a personalidade original impede a execução de actos sob o domínio
da segunda. Aparentemente as duas naturezas não podem agir de forma independente,
uma controlando sempre a outra (Efeitos da dose de uma “dram” – isto é 3.90 gramas –
pelo Dr. Albert Scheneider).
O experimentador sente de vez em quando que ele é distinto do sujeito do sonho de
“hashish” (haxixe) e pode pensar racionalmente.
Provoca as mais notáveis alucinações e imaginações, exagero na duração do tempo e
extensão do espaço, sendo muito característicos. Os conceitos de tempo, de espaço e de
lugar desaparecem. Está extremamente feliz e contente, nada o perturbando. As ideias
se amontoam, umas sobre as outras. Tem grande influência calmante em muitas
perturbações nervosas, como epilepsia, mania, demência, “delirium tremens”, e reflexos
irritantes. Bócio exoftálmico. Catalepsia.

Mente – Loquacidade exagerada; exuberância de espírito. O tempo parece custar muito


a passar; segundos parecem eternidades; alguns metros uma distância imensa. Está
constantemente montado em teorias. Depressão com ansiedade; medo constante de
perder a razão. Mania tem que se movimentar constantemente. Muito esquecido; não
consegue concluir uma frase. Está perdido em pensamentos deliciosos. Gargalhadas
incontroláveis. “Delirium tremens”, delírio alcoólico. Clarividência. Excitação
emocional; mudança rápida no estado de espírito. Não consegue perceber a sua própria
identidade, vertigem crónica como se estivesse flutuando no espaço.
Cabeça – Sente como se o alto da cabeça estivesse abrindo e fechando, e como se a
calota superior do crânio (calvarium) estivesse sendo levantada. Choques no cérebro
[Aloe. Coca.]. Dor de cabeça de uremia. Latejamento e peso na região do occipital. Dor
de cabeça com flatulência. Sacode a cabeça involuntariamente. Ataque de enxaqueca
procedido por excitação fora do comum, com loquacidade.
Olhos – Fixos. As letras se juntam quando lê. Clarividência. Ilusões de espectros, sem
terror.
Ouvidos – Latejando, zumbindo e tilitando. Ruído como o de água fervendo. Extrema
sensibilidade ao barulho.
Rosto – Expressão sonolenta e estúpida. Lábios grudados juntos. Rangendo os dentes
durante o sono. Boca e lábios secos. Saliva grossa, espumosa e pegajosa.
Estômago – Apetite aumentado. Dor no orifício cardial; melhorando pela pressão.
Dilatação. Espasmo no piloro. Sensação extrema tensão nos vasos abdominais – sente
dilatados quase estourando.
Recto – Sensação no ânus como se estivesse sentado sobre uma bola.
Urina – Urina carregada com muco pegajoso. Tem de se esforçar; pingando; tem que
esperar algum tempo antes de urina sair. Uretra queimando e com fisgadas. Dor
entorpece na região do rim direito.
Órgãos masculinos – Depois das relações sexuais, dor nas costas. Secreção de muco
branco como clara de ovo na glande. Satiríase. Arrepio prolongado. Pénis semi-lunar
(Chordee). Sensação de inchação no períneo ou perto do ânus, como se estivesse
sentado sobre uma bola.
GEMMR – Matéria Médica de Boericke

Órgãos femininos – Menstruações abundantes, escuras, dolorosas, sem coágulos. Dor


nas costas durante as menstruações. Cólica uterina com muita agitação nervosa e
insónia. Esterilidade [Borax]. Dismenorréia com desejo sexual.
Respiração – Asma húmida. Peito oprimido com respiração profunda, trabalhosa.
Coração – As palpitações o acordam. Dor penetrante com muita opressão. Pulso muito
lento [Dig; Kalmia; Apocyn].
Extremidades – Dor nos ombros e na coluna vertebral; tem que se curvar; não pode
andar erecto. Arrepio nos braços e nas mãos, e dos joelhos para baixo.
Paralisia completa nas extremidades inferiores. Dor nas solas dos pés e nas
panturrilhas; dores agudas nos joelhos e nos tornozelos; muito cansado depois de andar
um pouquinho.
Sono – Muito sonolento, mas sem conseguir dormir. Formas de insónia obstinadas e
intratáveis. Catalepsia. Sonhos com mortos; profético. Pesadelos.
Modalidades – Piora, de manhã, com café, licor e fumo; deitando sobre o lado direito.
Melhora, com ar fresco, água fria, repouso.
Relacionamento – Bellad; Hyoscy; Stram: Laches; Agaric; Anhalon (noção do tempo
perturbada; períodos de tempo muito super-estimados, assim, minutos parecem horas,
etc.).
Dose – Tintura e baixas dinamizações.