Você está na página 1de 1

Partido Socialista – Concelho da Covilhã

ASSUNTO: AGÊNCIA DE TURISMO NA COVILHÃ? TEMOS AS NOSSAS DÚVIDAS…

Com base nas informações veiculadas pela comunicação social da região a Comissão Política Concelhia do
Partido Socialista da Covilhã vem manifestar a sua surpresa e preocupação pelo anúncio da constituição de
uma Agência de Turismo na Covilhã, promovida pela autarquia covilhanense. Como é do conhecimento
público, na passada sexta-feira, 18 de Dezembro, realizaram-se a sessão de câmara (de manhã) e a
assembleia Municipal (à tarde). Numa e noutra reunião não encontrou a maioria do PSD e o Senhor
Presidente da Câmara uma oportunidade para apresentar este assunto aos eleitos e aos órgãos legitimados
para a gestão da vida autárquica na Covilhã? Por que razão o Senhor Presidente da Câmara optou por
anunciar a decisão aos órgãos de comunicação social sem o fazer, em primeira instância, na Câmara e na
Assembleia Municipal, exactamente dias depois de o Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco não
ter dado provimento à providência cautelar apresentada pela autarquia covilhanense? Terá sido uma resposta
política a uma decisão jurídica? O Partido Socialista da Covilhã deseja que a cidade, o concelho e a Serra da
Estrela se afirmem como um grande pólo de atracção turística, criando riqueza e postos de trabalho. Deseja,
por isso, que a nossa região tenha uma promoção turística de qualidade. Neste sentido, o Governo criou
legislação sobre a matéria que extinguiu as ex-regiões de turismo para dar lugar às entidades regionais de
turismo e, no que diz respeito à região, com o Pólo de Turismo da Serra da Estrela, com sede na cidade da
Covilhã. Neste capítulo a surpresa é ainda maior. Não deve a Câmara Municipal da Covilhã apoiar e
trabalhar em conjunto com uma instituição que tem sede na Covilhã e que visa, precisamente, promover a
região no âmbito de uma quadro legislativo que criou estas instituições de Norte a Sul do país para a
promoção do Turismo em Portugal? O Partido Socialista entende que a criação desta agência de turismo é
uma tentativa inaceitável de enfraquecimento do Pólo de Turismo da Serra da Estrela e mais um acto de má
gestão que irá realizar mais despesa e agravar, ainda mais, a difícil situação financeira do município.
Solicitamos, por isso, que a autarquia tenha uma atitude mais prudente, deixando cair a ideia precipitada de
constituição de uma agência de promoção turística e regresse, rapidamente, à instituição de onde nunca devia
ter saído: o Pólo de Turismo da Serra da Estrela. O Partido Socialista da Covilhã manifesta, desde já, a sua
total disponibilidade para, em conjunto, com a autarquia covilhanense e Pólo de Turismo da Serra da Estrela,
encontrar uma solução que resolva este desentendimento e que, por sua vez, abra “caminho” à promoção e
desenvolvimento da nossa terra.

Covilhã, 22 de Dezembro de 2009

A COMISSÃO POLÍTICA
CONCELHIA DO PS COVILHÃ