Você está na página 1de 2

São Paulo, 6 de novembro de 2009

RESULTADOS DO 3T09 SIDERURGIA

Gerdau Manutenção
(GGBR4) Preço-Alvo: R$27,50
Resultados do 3T09 Acima das Expectativas; Confirmação de Recuperação Sólida

Notícia/Análise: A Gerdau divulgou os resultados do 3T09 no dia 5 de Novembro, antes da abertura do mercado. A empresa
confirmou nossas expectativas de uma forte recuperação, apresentando LAJIDA 8% acima de nossas estimativas, uma alta de
111% T/T (atingindo R$1,38 bilhão) e uma margem LAJIDA de 20% (em comparação com nossa estimativa de 18% e o
consenso de mercado de 16%). O desempenho operacional mais forte que o esperado no 3T09 deveu-se principalmente aos
esforços de corte de custos da empresa e aos maiores níveis de utilização da capacidade (a produção de aço bruto cresceu
30% T/T), considerando que a receita e os volumes ficaram em linha com nossa projeção.

A Gerdau divulgou uma receita líquida de R$6,8 bilhões e um volume vendido de 3,9 milhões de toneladas no 3T09, ambos os
números cumprindo as expectativas e apresentando alta de 6% e 16% T/T, respectivamente. Em termos trimestrais, as
operações no Brasil apresentaram a recuperação mais forte nos volumes (+20%, após a reativação do Alto-Forno no. 1 da
Açominas), seguidas pela América do Norte (+16%), Aços Especiais (+13%) e América Latina (+6%).

O destaque positivo foi a Divisão de Aços Especiais, com uma margem LAJIDA de 18% (em comparação à nossa projeção de
11%), que foi beneficiada por fortes vendas de veículos no Brasil e por programas de incentivo do governo para a compra de
carros nos EUA e na Europa. Os desempenhos das operações no Brasil, América Latina e EUA ficaram em linha com as
expectativas, com margens LAJIDA de 30%, 5% e 14%, respectivamente. O lucro líquido de R$655 milhões ficou 7% acima de
nossa estimativa, seguindo a melhoria no desempenho operacional, ao passo que a dívida líquida caiu para R$10,7 bilhões,
R$2 bilhões a menos que no 2T09, auxiliada pela valorização do real.

Conclusão: Resultados positivos. A Gerdau apresentou a recuperação T/T no desempenho operacional mais significativa
dentre as siderúrgicas brasileiras neste trimestre, após a recuperação nas condições da demanda no mercado doméstico e no
exterior, os esforços de corte de custos e a maior alavancagem operacional. Entretanto, continuamos cautelosos em relação à
sustentabilidade de tal melhoria, particularmente nas operações da América do Norte.

Avaliação e Riscos: Nosso preço-alvo para o final de 2010 tem como base uma análise FCD, usando um WACC de 12% e uma
taxa de crescimento nominal na perpetuidade de 2,5%. Os riscos incluem: (1) desaceleração econômica mais acentuada que o
previsto no Brasil e na América do Norte; (2) pagamentos excessivos por aquisições; (3) preços do aço menores que o esperado
e/ou preços da sucata maiores que o previsto; (4) valorização do câmbio; e (5) possível falta de energia no Brasil.

Gerdau: Resultados do Terceiro Trimestre de 2009 (IFRS)


a a
US$ Milhões R$ Milhões
3T09 Est. do % vs. 3T08 % Var. 3T09 Est. do % vs. 3T08 % Var.
S. Est. S. A/A S. Est. S. A/A
Vol. de Vendas 3.876,0 3.879,2 0% 5.099,7 -24% Vol. de Vendas 3.876 3.879 0% 5.100 -24%
Receita Líquida 3.288,9 3.336,4 -1% 7.514,3 -56% Receita Líquida 6.808,0 6.906,3 -1% 12.443,8 -45%
Lucro Operacional 401,2 398,1 1% 2.000,1 -80% Lucro Operacional 830,5 824,2 1% 3.312,2 -75%
LAJIDA 664,3 613,5 8% 2.262,2 -71% LAJIDA 1.375,0 1.270,0 8% 3.746,2 -63%
Margem LAJIDA 20% 18% NS 30% NS Margem LAJIDA 20% 18% NS 30% NS
Lucro Líquido 316,5 296,0 7% 584,0 -46% Lucro Líquido 655,1 612,7 7% 967,1 -32%
LPA 0,22 0,21 7% 0,41 -46% LPA 0,46 0,43 7% 0,68 -32%
a
Exceto valores por ação/ADR. NS: Não Significativo. Fontes: Relatórios da empresa e estimativas do Santander.
COMUNICADO IMPORTANTE

O presente relatório foi preparado pelo Banco Santander (Brasil) S.A. e destina-se somente para informação de investidores, não
constituindo oferta de compra ou de venda de algum título e valor mobiliário contido neste relatório (i.e., os títulos e valores
mobiliários mencionados aqui ou do mesmo emissor e/ou suas opções, warrants, ou direitos com respeito aos mesmos ou
quaisquer interesses em tais títulos e valores mobiliários). Qualquer decisão de compra ou venda de títulos e valores mobiliários
deverá ser baseada em informações públicas existentes sobre os referidos títulos e, quando apropriado, deve levar em conta o
conteúdo dos correspondentes prospectos arquivados, e a disposição, nas entidades governamentais responsáveis por regular o
mercado e a emissão dos respectivos títulos. As informações contidas neste relatório foram obtidas de fontes consideradas
seguras, muito embora tenham sido tomadas todas as medidas razoáveis para assegurar que as informações aqui contidas não
são incertas ou equívocas no momento de sua publicação, não garantimos sua exatidão, nem que as mesmas são completas e
não recomendamos que se confie nelas como se fossem. Todas as opiniões, estimativas e projeções que constam no presente
relatório traduzem nossa opinião na data de sua emissão e podem ser modificadas sem prévio aviso. O Santander ou quaisquer de
seus diretores ou funcionários poderão adquirir ou manter ativos direta ou indiretamente relacionados à(s) empresa(s) aqui
mencionada(s). As filiais estrangeiras do Grupo Santander podem ter (a) coordenado ou co-participado da colocação de uma oferta
pública dos títulos desta companhia nos últimos 12 meses; (b) ter recebido compensações desta companhia por serviços de
bancos de investimento prestados nos últimos 12 meses; (c) espera receber ou pretende obter compensações desta companhia
por serviços de banco de investimento prestados nos próximos 3 meses. O Santander prestou, presta ou poderá prestar serviços
financeiros, relacionados ao mercado de capitais, ou de outro tipo, ou realizar operações típicas de banco de investimento, de
banco comercial ou de outro tipo a qualquer empresa citada neste relatório. O Santander não será responsável por perdas diretas
ou lucros cessantes que sejam decorrentes do uso do presente relatório. O presente relatório não poderá ser reproduzido,
distribuído ou publicado pelo seu destinatário para qualquer fim.

A fim de atender a exigência regulatória prevista na Instrução nº 388 da CVM, de 30 de abril de 2003 e alterações posteriores,
segue declaração do(s) analista(s):

Nós, Felipe Reis e Alex Sciacio, com relação aos valores mobiliários alvo de análise no presente relatório, declaramos:
• que as recomendações refletem única e exclusivamente as nossas opiniões pessoais, e foram elaboradas de forma
independente e autônoma, inclusive em relação à instituição a qual estamos vinculados;
• que não mantemos vínculo com qualquer pessoa natural que atue no âmbito das companhias; que não somos titulares, direta
ou indiretamente, de valores mobiliários de emissão da companhia objeto da nossa análise, que representem 5% (cinco por cento)
ou mais de nosso patrimônio pessoal, e que não estamos envolvidos na aquisição, alienação e intermediação de tais valores
mobiliários no mercado;
• que não recebemos remuneração por serviços prestados e não apresentamos relações comerciais com qualquer das
companhias cujos valores mobiliários foram alvo de análise no presente relatório, ou pessoa natural ou pessoa jurídica, fundo ou
universalidade de direitos, que atue representando o mesmo interesse desta companhia;
• que a nossa remuneração ou esquema de compensação do qual somos integrantes não está atrelado à precificação de
quaisquer dos valores mobiliários emitidos por companhias analisadas no relatório, ou às receitas provenientes dos negócios e
operações financeiras realizadas pela instituição a qual estamos vinculados.

O Banco Santander (Brasil) S.A., assim como suas empresas, bem como os fundos, carteiras e clubes de investimentos em
valores mobiliários sob sua administração, declara:
• que possui participação acionária direta ou indireta, igual ou superior a 1% (um por cento) do capital social das seguintes
companhias: BM&F Bovespa, CESP, Gol, Lojas Renner S/A, Marfrig Frigoríficos e Comércio de Alimentos S/A e Cia. Brasileira de
Meios de Pagamento - VISANET, cujos valores mobiliários são ou podem ser alvo de análise pelo Banco Santander (Brasil) S.A;
• que pode estar envolvido na aquisição, alienação e intermediação de tais valores mobiliários no mercado;
• que recebe remuneração por serviços prestados ou apresenta relações comerciais com qualquer das companhias cujos valores
mobiliários foram alvo de análise no presente relatório, ou pessoa natural ou pessoa jurídica, fundo ou universalidade de direitos,
que atue representando o mesmo interesse desta companhia.

As informações constantes do relatório são para uso reservado do Grupo Santander Brasil. Sua divulgação a terceiros ou ao
público em geral depende de autorização prévia, por escrito, do Grupo Santander Brasil.
©2009 Copyright Banco Santander (Brasil) S/A. Direitos Reservados.