BIODEGRADAÇÃO ACELERADA DE RESÍDUOS

ORGÂNICOS E MINERAIS NA PRODUÇÃO DE
FERTILIZANTE ORGÂNICO E ORGANOMINERAL
Anderson Lopez - Microbiologista
Início
Empresários
Lázaro Sebastião Roberto Eduardo Marquez Palmério
Apoio
UNIUBE
Universidade de Uberaba
Incubadora
UNITECNE
Incubadora de Tecnologias e Negócios
Parceiros
EPAMIG – Empresa de Pesquisa Agropecuária
EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Bioexton
09/06/1998
Fundador e Pesquisador Fundador
EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Desenvolvimento de estudos e testes.
EPAMIG – Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais
Desenvolvimento conjunto de estudos de aplicabilidade dos fertilizantes organominerais em
diversos tipos de culturas.
UNIUBE – Universidade de Uberaba
Apoio nos testes iniciais com a tecnologia realizados na fazenda escola (tratamento de resíduos
orgânicos de animais e produção de fertilizantes) e incubação da empresa na UNITECNE*.
Arranjo Produtivo Local (APL) de Biotecnologia do Triângulo Mineiro
Foco no desenvolvimento de competências para a alavancagem do setor de biotecnologia da
região.
Contribuições
*UNITECNE: Incubadora de Tecnologias e Negócios
1998 2000 2001 2002 2005
•Criação Bioexton (maio)
•Transferência tecnologia
(junho)
1999 2004
•Reportagem Globo
Rural (maio)
•Concessão da
Patente Americana
(maio)
•Concessão da
Patente brasileira
(março)
2003 2006
•Entrada MASA (junho)
Linha do Tempo
Lázaro Sebastião Roberto:
Sócio-fundador e diretor técnico;
Eduardo Palmério:
Sócio fundador;
MASA Participação e Investimentos em Meio Ambiente S.A.:
Principal sócio: Olavo Egydio Monteiro de Carvalho
Fundo NOVARUM:
Fundo de Investimento de Capital de Risco.
Estrutura Societária Atual
Estrutura
•Entrada Fundo
NOVARUM (fev)
UBERABA

MG
Localização
A empresa está localizada em Uberaba-MG, onde conta com uma estrutura
para produção e armazenamento dos Biocatalisadores.
A Empresa
Valores:
•Criatividade e Empreendedorismo: espírito inventivo e
geração de negócios;
Responsabilidade Sócio-Ambiental: transformar
problemas ambientais em soluções sócio-econômicas;
Ética: praticar ações com respeito ao ser humano e ao
meio ambiente.
Missão:
•Desenvolvimento de soluções ambientais;
•Produção de Fertilizantes com alto valor agregado.
Biotecnologia
Microbiologia
Biometalurgia
Biohidrometalurgia
Resíduos
Orgânicos Sólidos
Desenvolvimento
Produção
Comercialização
Biocatalisadores
Resíduos
Minerais
Fertilizantes
Orgânicos
Áreas do Conhecimento
Composição Gravimétrica do Lixo no Brasil
20,44%
54,42%
2,15%
2,58%
5,59%
2,76%
12,06%
MADEIRA / COURO /
BORRACHA
VIDROS
DIVERSOS
PLÁSTICOS
PAPEL / PAPELÃO
MATERIAL ORGÂNICO
TRAPOS
Destinação dos Resíduos Sólidos no Brasil
88%
1%
11%
VAZADOURO A
CÉU ABERTO
ATERRO
ESTAÇÕES DE
TRIAGEM,
ESTAÇÕES DE
COMPOSTAGE
Problemas da Destinação em Lixões
Solo
Lençóis freáticos
Rios
Mar
Doenças de veiculação hídrica
Vetores= Mosquitos/Roedores
Verminoses
Destinação Irresponsável – “sem solução definitiva”;
Odor;
Custo de Destinação Elevado;
Poluição e Contaminação do Meio Ambiente
Riscos a Saúde Pública
Febre Tifóide
Cólera
Hepatite
Leptospirose
Giardíase
Tendência Mundial de Gestão do Lixo
Prevenção à formação de resíduos e resolução do problema
na origem;
Incentivo à reutilização e reciclagem de resíduos;
(Ex.coleta seletiva)
Estabelecimento de planejamento do fluxo;
Incentivo à criação de uma rede racional de instalações de
eliminação do lixo, sendo o aterro sanitário a última solução.
REDUÇÃO REUTILIZAÇÃO RECICLAGEM
Resíduos Tratados pela Bioexton - Mercado
Urbanos
-Lixo Orgânico Doméstico
-Lodo de Esgoto
-Podas de Árvores e J ardins
Agropecuários
-Avicultura (cama de aviário)
-Suinocultura (dejetos de suíno)
-Bovinocultura
-Torta de Filtro de Cana
-Cascas de Fibras de Coco
Industrias
-Madeireiras
-Alimentícios
-Laticínios
-Frigoríficos
-Curtumes
-Glucose de Milho
-Abatedouros
-Cervejarias
-Resíduos Minerais
-Cesas(hortifrutigranjeiros)
-Supermercados
-Siderurgia
Resíduo
Análise de compatibilidade do resíduo a
Tecnologia Bioexton
Análise física, química e biológica
Desenvolvimento do Biocatalisador Específico
Procedimento Padrão e Tecnologia
Aplicação e Produção
Biocatalisadores Microrganismos específicos + cofatores + substratos
Microrganismos
Conhecidos no meio científico
Sem alteração genética
Não patogênicos
Tecnologia
Resíduo
Biocatalisador Específico
Degradação Acelerada do material lignocelulósico = Redução da relação C/N;
Mineralização do composto orgânico;
Humificação da matéria orgânica;
Biolixiviação dos minerais (efeito indireto: elimina coliformes totais e fecais,
Salmonela sp.;
Complexação dos íons da matéria por agentes quelantes.
Fertilizante Organosimples ou Composto
ou Organomineral
Normas do
Ministério da
Agricultura
M.O total
Relação C/N
CTC
Umidade
FASES DO PROCESSO
São divididos em duas fases:
1ª FASE: Produção do Fertilizante Organosimples/Organocomposto
2ª FASE: Produção do Fertilizante Organomineral
A Bioexton possui controle total de todas as fases do processo.
A variação brusca de pH, mudança das características da matéria e a variação da
temperatura garantem a isenção de patógenos (ovos de helmintos, coliformes
totais e fecais, Salmonela sp., etc.
Organosimples:
Organocomposto:
Resíduo orgânico + biocatalisador.
Resíduo orgânico + aditivos minerais básicos + biocatalisador.
Organomineral:
Fertilizante organosimples ou composto + macro e micro-nutrientes
(receita agronômica) + biocatalisador.
Fase 1 – Biodegradação Acelerada
Fase 1 - Produção do Organosimples/composto
Organosimples
ou composto
Não agride
a Natureza
Resíduo orgânico
Nitrosomonas Nitrobacter Thiobacillus
Biocatalisador
Streptomices
insumo
separação
Fase 1 – Biodegradação Acelerada
Fase 2 - Produção do Organomineral
Organosimples
ou composto
1ª Fase
Macro e Micro-
nutrientes
(receita agronômica)
Nitrosomonas Nitrobacter Thiobacillus
Biocatalizador
Streptomices
Organomineral
Mineralização
Solubilização
Peletização
Tempo
V
o
l
u
m
e

P
r
o
c
e
s
s
a
d
o
Reação
Biocatalizada
Reação
Convencional
3 dias = 72 hs
60 a 120 dias
Legenda:
Gráfico Ilustrativo
Diferenças
Convencional:
Desconhecimento parcial do conteúdo do resíduo;
Não há balanço de massas adequado;
Desconhecimento parcial da microbiota (geralmente em baixa concentração);
Não há controle total da atividade microbiana;
Não há controle total (em alguns processos de compostagem) da umidade, pH,
oxigenação, temperatura e nutrientes exigidos pelos microrganismos.
Necessário considerar possíveis contaminantes (antibióticos,por exemplo)
Vantagens da Tecnologia
-Solução definitiva para o resíduo;
-Tempo de tratamento muito superior aos outros (72 horas);
-Não há produção de chorume ou outro produto que agrida o meio ambiente;
-Produto final com alto valor agregado;
-Produção na forma líquida, farelada ou granulada;
-Uso na Agricultura orgânica mecanizada;
-Produto isento de patógenos;
-Aprovado pelo Ministério da Agricultura;
-Aumento da vida útil dos aterros e diminuição dos custos de implantação;
-Habilita Prefeituras ao ICMS sócio-ambiental;
-Certificação ISO 9000 e 14000 às Empresas;
-Possibilita a implantação de plantas compactas;
-Sustentável, econômico e operacionalmente viável;
-Promove e desenvolve ações de educação, saúde, preservação e conservação ambiental.
Vantagens da Adubação Organomineral
Controle de doenças nas plantas devido à adição de macro e micro-nutrientes
balanceados, compostos orgânicos, microorganismos e seus metabólitos, com
efeito, sobre as folhas das plantas e sobre a comunidade microbiana do solo;
Regulação e aumento da estabilidade do pH dos solos;
Aumenta a população de microorganismos benéficos do solo;
Proteção do solo dos altos níveis de salinização proporcionados pela adubação
química;
Aumento da produtividade e da qualidade dos alimentos;
Proporciona maior retenção de água no solo e conseqüente resistência das
culturas no período da seca;
Diminuição da lixiviação de nutrientes minerais do solo, uma vez que os micro e
macro-nutrientes apresentam-se quelatizados e ligados à matéria orgânica do solo
resultando numa absorção gradual e benéfica pelas plantas;
Liberação de elementos imobilizados no solo e aceleração de sua transferência,
das raízes para as folhas, principalmente do fósforo;
Transformação dos resíduos orgânicos, antes considerados um problema,
em solução através da produção de fertilizantes;
Impactos positivos na solução de problemas sócio-ambientais e de saúde
pública;
Ecologicamente recomendável para a produção de alimentos saudáveis e
livres de agrotóxicos;
Redução significativa da quantidade de adubo orgânico e organomineral
comparado ao adubo químico;
Redução do custo direto em mais de 20% quando comparado ao valor do
adubo químico;
Certificação da produção agrícola com selo verde;
Vantagens da Adubação Organomineral
Comprovação: Análise com Certificação do Ministério da Agricultura.
A Tecnologia Bioexton é mais uma ferramenta Útil e Importante
para reunir parceiros públicos e privados para construir uma política
integrada de gestão Consciente e Responsável dos resíduos
sólidos, vinculada aos conceitos de Salubridade Ambiental e
Humano.
Obrigado !
Contato:
E-mails: anderson@bioexton.com.br
bioexton@bioexton.com.br
home page: www.bioexton.com.br
Fones: (34) 3313-7984