Você está na página 1de 3

OBJETIVO

A realizao desta prtica teve como objetivo realizar anlise qualitativa


carboidratos referente presena destes glicdios em soluo (reao de
Molisch), (reao de Bial (reao de Benedict), (reao de Seliwanoff).
MATERIAS E REAGENTES
Glicose 1%;
Sacarose 1%;
Amido 1%;
Celulose;
Reagente de Molisch;
HCl concentrado;
Reagente de Selliwanoff;
Xuilose 1%;
Reativo de Bial;
Reagente de Benedict;
cido sulfrico concentrado;
gua.
PROCEDIMENTO

RESULTADOS E DISCUSSO
Na reao de Molisch, os monossacardeos presentes em soluo so
submetidos ao de um forte agente desidratante (cido sulfrico
concentrado) originando hidroximetilfurfurais e furfurais a partir de hexoses e
pentoses, respectivamente. O cido sulfrico tambm rompe facilmente as
ligaes glicosdicas de oligo e polissacardeos, resulatando em pentoses e
hexoses. Os compostos furfricos resultantes reagem com o naftol presente no
reativo de Molisch formando um produto de condensao colorido. A presena
do anel violeta caracterstico da condensao dos compostos furfricos com o
naftol foi observado em todos os tubos de ensaio que continham soluo de
carboidratos. A soluo preparada com gua destilada no lugar da soluo de
carboidratos no apresentou tal colorao.
Na reao de Benedict, o cobre presente em soluo reduzido pela
ao de acares redutores. A extremidade redutora do acar reduz o on
cprico-trtaro de sdio potssio a tartarato de sdio e potssio e xido
cuproso. Este composto se precipita em soluo dando origem a colorao
avermelhada caracterstica.
Os tubos de ensaio que continham solues de aucares redutores
apresentaram a colorao avermelhada caracterstica da presena de xido
cuproso. As solues de gua destilada e de sacarose no apresentaram tal
aspecto.
Na reao de Seliwanoff, a presena de cido clordrico em soluo
quebra as ligaes glicosdicas, transformando os poli e oligossacardeos em
monossacardeos. As cetoses originadas, ento, sofrem forte desidratao pelo
cido clordrico originando compostos similares ao furfural. Estes compostos
furfricos formam um complexo colorido pela reao de complexao com o
Resorcimol presente em soluo.

Os tubos de ensaio que apresentavam cetoses em soluo (sacarose e
frutose) apresentaram colorao avermelhada, caracterstica da complexao
dos compostos furfricos com o resorcimol. As solues de gua destilada,
arabinose e glicose permanecero inalteradas.
Na reao de Bial, o cido clordrico concentrado presente realiza uma
forte desidratao nos glicdios. As pentoses so convertidas em furfural. Estes
compostos complexam-se com o orcinol e os ons frricos, resultando em uma
soluo colorida.
Os tubos de ensaio que continham solues de pentoses (arabinose,
frutose e sacarose) apresentaram colorao esverdeada caracterstica. As
solues de gua destilada e glicose no apresentaram tal padro.
CONCLUSO
A partir dos resultados observados, conclui-se que atravs de alguns
testes de natureza qumica possvel a identificao total ou parcial destes
compostos.

Você também pode gostar