Você está na página 1de 2

Análise aos relatórios da IGE

Escolhi três Relatórios, de três diferentes regiões do país, todos realizados em


2009:

1-Agrupamento de Escolas Augusto Gil, PORTO


Delegação Regional do Norte da IGE
Datas da visita: 7 a 9 de Janeiro de 2009

Organização e gestão escolar


“De realçar, no entanto, a existência de uma biblioteca/centro de recursos bem
equipada.

Recursos Materiais e Financeiros


“De realçar a existência de uma biblioteca/centro de recursos bem equipada e
bastante frequentada, que faz parte do grupo fundador da Rede de Bibliotecas
Escolares do Porto”

Parcerias, Protocolos e Projectos


“Ao longo do ano lectivo decorrem múltiplos projectos de âmbito local, nacional
e internacional, podendo ser mencionados, para além de outros projectos, o:
“Porto a Ler” – em parceria com a Biblioteca Municipal Almeida Garrett/Câmara
Municipal do Porto.”

2-Agrupamento de Escolas de Pedrógão Grande


Delegação Regional do Centro da IGE
Datas da visita: 6 a 8 de Janeiro de 2009

Gestão dos Recursos Materiais e Financeiros


“A biblioteca escolar/centro de recursos educativos, integrada na Rede
Nacional de Bibliotecas, dispõe de um projecto próprio de animação que
abrange todos os níveis de educação e ensino. Existem evidências da
participação das crianças e dos alunos nas actividades previstas e do interesse
dos docentes na utilização deste recurso (criação do gosto pela leitura,
actividades de pesquisa e utilização de meios informáticos e audiovisuais).”

3-Agrupamento de Escolas Luís António Verney, Lisboa


Delegação Regional de Lisboa e Vale do Tejo da IGE
Datas da visita: 29 e 30 de Abril e 4 de Maio de 2009

Prestação do Serviço Educativo


O Agrupamento promove a valorização do conhecimento, nomeadamente, no
domínio da Língua Portuguesa e da Matemática, tanto através de projectos de
melhoria da responsabilidade do Departamento de Língua Portuguesa, como
de actividades da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos.

Liderança
“O Agrupamento desenvolve as suas actividades com o apoio de parceiros da
comunidade, para facilitar a integração e o desenvolvimento pessoal e social
dos alunos e está envolvido, entre outros nos projectos Rede Nacional de
Bibliotecas Escolares, Plano Nacional de Leitura e Plano de Acção para a
Matemática, desenvolvendo com sucesso diferentes actividades do Projecto de
Educação Para a Saúde, no âmbito do Programa Nacional de Saúde Escolar.”

Gestão dos Recursos Humanos


“Quanto aos docentes, as evidências apontam para a não utilização da
permuta, como estratégia no plano de ocupação dos tempos escolares,
recorrendo-se às substituições ou ao encaminhamento dos alunos para a
Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos.”

Abertura à Inovação
“O Agrupamento tem desenvolvido parcerias e projectos, nomeadamente o
Computadores Rede e Internet na Escola, o Plano de Acção para a
Matemática, a Rede Nacional de Bibliotecas Escolares e o 11 Plano Nacional
de Leituras, numa lógica de aceitação de programas nacionais demonstrando,
contudo, uma atitude pouco dinâmica de inovação.”

Parcerias, Projectos e Protocolos


“No que se refere a projectos nacionais, o Agrupamento está envolvido nos
projectos Rede Nacional de Bibliotecas Escolares,”

Da análise ressalta que a BE/Centro de Recursos é vista pela IGE como um


recurso material existente na Escola, sendo, no caso do Agrupamento de
Escolas Luís António Verney, Lisboa, utilizada para ocupação dos alunos nos
tempos escolares, na falta do professor.

Em todos os Relatórios também consta que a BE está integrada na Rede das


Bibliotecas Escolares, sendo que apenas no agrupamento de Lisboa esse facto
aparece simultaneamente no campo da Abertura à Inovação, no da Liderança e
é visto como Projecto. A análise feita pela IGE, neste agrupamento da BE é
bastante exaustiva e foi-lhe dado grande realce.

No entanto, o sucesso educativo nunca aparece associado à BE. A forma como


esta participa (ou não) no sucesso escolar não constitui objecto de análise por
parte da Inspecção.

A formanda: Zulmira Fernandes