Você está na página 1de 1

A REORGANIZAÇÃO DA REDE URBANA PORTUGUESA

O papel das cidades de média dimensão

 O desequilíbrio da rede (ou sistema) urbano português manifesta


manifesta--se, sobretudo,
na falta de centros de média dimensão
dimensão,, principalmente no Interior do país, onde
nenhuma aglomeração urbana atinge os 50 mil habitantes.
habitantes.

 Em 2001
2001::
• apenas 8 cidades tinham mais de 100 mil habitantes (6% do total);
total);
• entre 50 mil e 100 mil habitantes havia somente 6 cidades (4% do total);
total);
• 63
63%
% das cidades tinham menos de 20 mil habitantes;
habitantes;
• 27
27%
% das cidades tinham entre 20 mil e 50 mil habitantes.
habitantes.

 A ausência de um número significativo de centros urbanos de média dimensão


prende--se a factores
prende factores,, como
como::
• o peso excessivo
excessivo,, em termos demográficos e funcionais, das cidades de Lisboa e Porto e
respectivas áreas metropolitanas
metropolitanas;;
• o despovoamento e o envelhecimento registado no Interior do país;
país;
• a falta de acessibilidades com que estes centros se debatiam e que comprometiam o seu
desenvolvimento;;
desenvolvimento
• o fraco dinamismo empresarial
empresarial;;
• a falta de oferta de emprego
emprego..

 A acção das cidades de média dimensão é importante, salientando-


salientando-se:
se:
• a fixação da população nas áreas em perda e diminuição dos movimentos em direcção às
áreas do litoral;
litoral;
• a criação de infra
infra--estruturas e equipamentos básicos nos centros urbanos (por ex. ex.
universidades, institutos politécnicos, hospitais, redes de transporte, cinemas, instalações
desportivas…
desportivas … );
• a viabilização do aproveitamento de recursos endógenos capazes de se tornarem um factor
de competitividade face a outros centros do sistema urbanourbano;;
• a atracção e fixação de novas actividades que aumentem a oferta de emprego (diminuição
do desemprego), as trocas com outras cidades e áreas envolventes, a competitividade face a
outras cidades do sistema urbano
urbano;;
• garantem o acesso mais equitativo da população aos equipamentos e serviços sociais sociais,,
uniformizando a qualidade de vida dos portugueses
portugueses;;
• o atenuar das assimetrias regionais
regionais..

 O reconhecimento de que as cidades médias são fundamentais para a


consolidação e modernização do sistema urbano português levou à implementação
do Programa de Consolidação do Sistema Urbano Nacional e Apoio à Execução dos
Planos Directores Municipais – PROSIURB
PROSIURB.. O seu principal objectivo é definir uma
política de reordenamento do sistema urbano que contribua para reduzir as
desenvolvimento.. O Programa POLIS também se integra
assimetrias internas de desenvolvimento
nesta estratégia de procura de equilíbrio da rede urbana nacional
nacional..

 Verifica
Verifica--se que algumas cidades portuguesas de média dimensão já dão mostras
de uma dinâmica demográfica positiva
positiva,, de melhorias ao nível do ensino superior e
de um número crescente de investimentos empresariais.
empresariais.

Auto--estrada
Auto Zona industrial Universidade de Évora Museu de Penafiel

http://geoclick.blogspot.com/
prof.geo.fernando@sapo.pt

Interesses relacionados