A COMUNICAÇÃO DA AGRICULTURA INTELIGENTE: O CASO DO SIAGRO

Edilson P. Fragalle; Joana C. Silva; Rodrigo L Mesquita; Silvio R. Gonçalves;
Samuel Vasconcelos; Marcos Rigo
Embrapa Instrumentação

Introdução

COMPARAÇÃO OUTUBRO E NOVEMBRO*
NOVEMBRO
OUTUBRO

A realização do Simpósio Nacional de Instrumentação Agropecuária (SIAGRO)
se tornou uma excelente oportunidade para divulgar a Embrapa Instrumentação
e os resultados que estão sendo oferecidos à sociedade, sob a forma de
tecnologias, produtos, processos e serviços, expressados no conceito da
Agricultura Inteligente.

Origem do tráfego, grande aumento do Social

Objetivos
Novembro: início do trabalho de divulgação na rede

Divulgar o SIAGRO 2014, a Embrapa Instrumentação nas mídias tradicionais e
nas mídias sociais, promovendo o evento, seus temas, criando reputação
digital para o Simpósio e reforçando a imagem de centro de pesquisa de
excelência. O conceito que inspirou o SIAGRO 2014 foi a Agricultura Inteligente
ou SmartAgriculture, que engloba a utilização de eletrônica, sensores e
informática aplicados à agricultura, buscando desenvolver uma agricultura mais
avançada e eficiente. Contempla ainda a inserção das tecnologias
convergentes, que englobam a nanotecnologia, TICs (Tecnologias da
Informação e Comunicação), biotecnologia e ciências cognitivas.

COMPARAÇÃO OUTUBRO E NOVEMBRO*
NOVEMBRO
OUTUBRO

EVOLUÇÃO DE AGOSTO A NOVEMBRO

Ações
Mídia tradicional:
Público alvo: jornal, revista, rádio, tv e sites especializados
Emprego do release especial: contextualização do assunto, causas e
consequências
Elaboração mailing especial
1ª fase – divulgação inscrição/submissão de trabalhos
2ª fase – divulgação apresentação SIAGRO
3ª fase - divulgação SIAGRO geral
4ª fase – divulgação lançamentos de livros/ comemoração 30 anos Unidade
5ª fase – Divulgação Business Day/aviso de pauta
6ª fase – Assessoria no local do evento/indicação e acompanhamento de fontes
7ª fase – divulgação de resultados do SIAGRO
Mídias sociais
Criação da hastag conceitual #agricultura inteligente
(quadro ações)

Resultados
Resultados Mídias tradicionais (parciais – até 26/11) – 53 reportagens
Veículos locais:
Jornal Primeira Página e A Folha; Rádios DBC, Intersom e Clube; TVE – São
Carlos
Nacional
O Estado de S. Paulo; Folha de S. Paulo; Coluna Renato Cruz (Estadão);
Agência Fapesp; DCI; Programa Globo Rural
Regional
TV Cultura Paulista; Rede Internacional de Televisão (RIT); EPTV Central–
afiliada Rede Globo
Sites
Revista Globo Rural; SNA; Página Rural; Portal Dia de Campo; Anpei; CNPq;
Andef; Agrosoft; Agência CTI; SBPC net; Cultivar; Revista Época Negócios;
Revista A Granja
Resultados Mídias sociais (parciais – até 26/11)

Conclusão
O resultado alcançado nas mídias tradicionais foi extremamente satisfatório e,
mesmo após o encerramento do evento, ainda estão sendo agendadas
entrevistas a partir dos temas e tecnologias apresentados. O Business Day,
que teve provas de conceito e tecnologias em ação, foi um fator diferencial para
atrair a imprensa. O trabalho inédito com mídias sociais também teve efeito
importante ao alavancar pautas nas mídias tradicionais e trabalhar com
influenciadores, cuja repercussão se estende além do evento; também
possibilitou a criação da hastag #agriculturainteligente, cuja página
permanecerá oferecendo conteúdo.

Referências
FERRARETTO, Elisa Kopplin; FERRARETTO, Luiz Artur. Assessoria de
imprensa – Teoria e prática. 5.ed. São Paulo: Summus, 2009.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful