Você está na página 1de 86

NOÇÕES DE DIREITO-

EXERCÍCIOS

0 1) (ESAF/Esp. Polít. Púb. e Gestão


Gov./IMPOG/2002) Assinale a opção correta.

a) Segundo a visão pacificada da doutrina e da


jurisprudência, os tratados de que o Brasil faz parte,
versando direitos individuais, têm a mesma estatura
hierárquica das normas constitucionais.
b) No texto da Constituição Federal de 1988, há
diferença hierárquica entre normas definidas como
cláusulas pétreas e as demais normas do Estatuto
Político.
c) No texto da Constituição Federal de 1988, há
diferença hierárquica entre normas estatuídas pelo
poder constituinte originário e normas acrescentadas
ao texto original por meio de emenda constitucional.
d) Leis ordinárias, leis delegadas, decretos legislativos
e medidas provisórias situam-se no mesmo patamar no
que tange à hierarquia das normas jurídicas.
e) 0 legislador é livre para tratar por meio de lei
complementar de qualquer assunto que entenda que,
pela sua importância, mereça ser protegido contra
mudanças decorrentes do processo legislativo mais
simplificado, próprio das leis ordinárias.
02) (ESAF/Esp. Polít. Púb. e Gestão
Gov./MPOG/2002) A Constituição brasileira de 1988
pode ser classificada como:

a) Constituição democrática, histórica, programática e


analítica.
b) Constituição semi-rígida, promulgada, programática
e dogmática.
c) Constituição flexível, sintética, promulgada e
democrática.
d) Constituição rígida, promulgada, escrita e
programática.
e) Constituição rígida, dogmática, analítica e histórica.

03) (ESAF/AFRF/2001) Sobre os princípios


fundamentais da Constituição de 1988, assinale a
opção correta.

a) A Constituição adotou um modelo de democracia


representativa em que toda a participação possível do
povo na vida política do Estado se realiza por meio do
voto direto, secreto, universal e periódico.
b) 0 princípio da soberania não é obstáculo a que
norma de direito internacional obrique o Brasil a
respeitar direitos humanos, em seu território e em
relação a seus nacionais.
c) A criação de uma Federação dos Estados sul-
americanos constitui objetivo fundamental a ser
necessariamente buscado pelos poderes constituídos
no Brasil
d) Ao aceitar expressamente o princípio da
autodeterminação dos povos, o constituinte admite que
um Estado da Federação brasileira possa dela se
separar, desde que a população local assim o decida
democraticamente.
e) 0 princípio da defesa da paz, que rege as relações
internacionais do Brasil, toma inconstitucional a
participação oficial do país em missões de natureza
militar promovidas pela Organizacão das Nações
Unidas (ONU).

04) (Juiz Sub./MG/2000) Dentre as opções abaixo, não


é fundamento da República Federativa do Brasil:

a) A soberania.
b) A democracia liberal.
c) A cidadania.
d) Os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
e) 0 pluralismo.

05) (Delegado/SP/2000) A República Federativa do


Brasil constitui-se em Estado De mocrático de Direito
e tem como um de seus fundamentos
a) o pluralismo político.
b) a especialização da Justiça.
c) a obrigatoriedade do voto.
d) a bicameralidade.

06) (FUMARC/Serv. Diversos[MPE/2002) É correto


afirmar que a República Federativa do Brasil é
formada pela união indissolúvel:

a) dos Estados e dos Territórios, apenas.


b) dos Estados e Municípios e do Distrito Federal.
c) dos Estados e dos Municípios, apenas.
d) dos Estados e Territórios e do Distrito Federal.

07) (ESAF/Esp. Polít. Púb. e Gestão


Gov./MPOG/2002) Sobre os direitos fundamentais,
assinale a opção correta.

a) Não se pode invocar direito adquirido contra lei de


ordem pública.
b) Gravação ilícita de conversa telefônica não pode ser
aceita em processo judicial, mas nada impede que os
dados por ela obtidos sejam aproveitados em processo
administrativo, se indispensáveis para a descoberta da
verdade real.
c) A gravação de conversa telefônica pode ser
autorizada por autoridade judicial, para fins de
instrução de processo administrativo disciplinar.
d) 0 exercício de qualquer profissão depende da
respectiva regulamentação por lei.
e) A Constituição não impede que a lei possa retroagir
para beneficiar o particular em face do poder público.

08) (ESAF/AFRF/2001) Se, num mandado de


injunção, o Supremo Tribunal Federal entende que há
demora injustificada para a regulação legislativa, pelo
Congresso Nacional, de um direito previsto na
Constituição Federal, a sua decisão deverá

a) declarar a mora do legislador e editar a norma


abstrata faltante, que valerá para o impetrante e para
todas as demais pessoas, qualquer que seja a matéria
envolvida, havendo, ou não, aumento de despesas
públicas.
b) declarar a mora do legislador e editar a norma
abstrata faltante que deverá valer apenas para o
impetrante do mandado de injunção.
c) declarar a mora do legislador e editar a norma
abstrata faltante, que valerá para o impetrante e para
todas as demais pessoas, desde que não implique
aumento dos gastos públicos.
d) declarar a mora do legislador, compelindo-o a editar
a norma necessária.
e) julgar de qualquer modo improcedente a ação, pois
o próprio processo do mandado de injuncão ainda não
foi regulado por lei.
09) (ESAF/AFRF/200 1) Assinale a opção correta
sobre direitos individuais e coletivos.

a) Segundo o princípio da legalidade, tanto os poderes


públicos como os particulares somente podem fazer o
que a lei os autoriza.
b) Não se exige prévia autorização de autoridade
administrativa para o exercício do direito de reunião
pacífica sem armas, em local aberto ao público.
c) É irregular o exercício de profissão ou oficio
enquanto não forem regulamentados por lei.
d) Para cumprir um mandado judicial, o agente público
pode entrar em casa de terceiro, sem o consentimento
do morador, a qualquer hora do dia ou da noite.
e) 0 uso da propriedade particular por autoridade
competente, em caso de iminente perigo público, deve
ser precedido de indenização ao proprietário.

10) (ESAF/AFRF/2001) A Constituição dispõe que "a


lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário
lesão ou ameaça a direito". Assinale a opção que
expressa como é conhecido o princípio que
corresponde a esse preceito.

a) Princípio do devido processo legal.


b) Princípio da segurança jurídica.
c) Princípio da legalidade.
d) Princípio do contraditório.
e) Princípio do acesso à Justiça.

11) (ESAF/TFC/2001) Suponha que um servidor


público tenha sido demitido do seu cargo, depois de ter
sido acusado de fato que era ao mesmo tempo falta
administrativa e crime comum. 0 servidor entende que
não lhe foi assegurado o direito da ampla defesa no
processo administrativo. Assinale a opção que indica
garantia constitucional em princípio adequada para
que o servidor se insurja contra a demissão.

a) Habeas corpus.
b) Habeas data.
c) Mandado de segurança.
d) Mandado de injunção.
e) Argüição de descumprimento de preceito
fundamental.

12) (ESAF/TFC/2001) Assinale a opção correta.

a) No direito constitucional brasileiro, a nacionalidade


tem o mesmo sentido de cidadania. b) A lei pode
estabelecer diferenças de direitos entre brasileiros
natos e brasileiros naturalizados, sempre que isso seja
comprovadamente relevante para a segurança
nacional.
c) A Constituição não veda que um brasileiro nato seja
também nacional de outro país estrangeiro.
d) De acordo com o sistema constitucional em vigor,
os nacionais de países integrantes do MERCOSUL
gozam dos mesmos direitos, no Brasil, do brasileiro
naturalizado.
e) Todos os nascidos no território brasileiro, depois da
Constituição Federal de 1988, são considerados
brasileiros natos.

13) (ESAF/AFC/2001) Assinale a opção correta a


respeito dos direitos e garantias individuais.

a) Segundo entendimento já assentado, os direitos e


garantias expressos em normas constantes de tratados
internacionais de que o Brasil faz parte têm estatura
constitucional e constituem cláusulas pétreas.
b) Os direitos e garantias individuais, como regra, têm
a sua aplicabilidade dependente de lei que os
regulamente. c) Para o exercício do direito de reunião
pacífica, sem armas e em lugar aberto ao público, não
se exige prévia autorização da autoridade
administrativa, mas se exige que a ela seja dirigido
prévio aviso.
d) Segundo o princípio do juiz natural, não se pode
despojar alguém da sua liberdade ou da sua
propriedade sem que se lhe assegure o direito ao
contraditório.
e) 0 exercício do direito de criar associação depende
de autorização da autoridade pública competente, nos
termos da lei.

14) (ESAF/MPOG/2001) Sobre os direitos e garantias


fundamentais, assinale a opção correta.

a) É obrigatória a filiação a sindicato representativo do


secmento econômico em que o trabalhador atua.
b) Para o exercício da liberdade de reunião pacífica e
sem armas, e em local aberto ao público, não é
necessário pedir permissão ao poder público.
c) Qualquer trabalho ou profissão somente pode ser
exercido depois de regulado por lei. d) Todo brasileiro
está legitimado a propor ação popular, para a defesa do
patrimônio público, contra atos lesivos de autoridades
e servidores públicos.
e) Em nenhuma hipótese o salário do trabalhador pode
ser reduzido.

15) (ESAF/MPOG/2001) Assinale a opção correta.

a) As normas constitucionais que proclamam direitos


sociais são normas programáticas e, como tais, não
têm eficácia jurídica, representando apenas programas
políticos de ação para os poderes constituídos.
b) Todo brasileiro é parte legítima para propor ação
popular contra ato de administrador público lesivo ao
patrimônio público.
c) Em caso de perigo público iminente, a autoridade
competente pode usar a propriedade de particular, que
somente será indenizado, posteriormente, se houver
dano.
d) A proibição de uso de prova ilícita aplica-se ao
processo criminal, mas não ao processo administrativo
e cível.
e) Em nenhuma hipótese a lei penal pode retroagir.

16) (Promotor de Just. Adjunto/MP/DF/99) É correto


afirmar que a desapropriação de um imóvel rural, com
prévia e justa indenização em títulos da dívida agrária,
é feita

a) pela União, ou pelo estado, somente.


b) em ofensa à lei.
c) pelo procedimento de desapropriação por interesse
público.
d) pela União, somente.

17) (Promotor de Just. Adjunto/MP/DF/99) Assinale a


opção correta.

a) Um índio pode defender o patrimônio cultural por


meio de ação popular.
b) 0 STF não julga, originariamente, ação popular.
c) 0 ajuizamento de ação popular impede a propositura
de ação civil pública com relação à mesma matéria.
d)A ação popular pode ser ajuizada pelos partidos
políticos, na condição de associação de eleitores.

18) (UnB/Analista/BACEN/2000) Julgue os itens


abaixo, relativos a direitos e garantias fundamentais
previstos na Constituição da República.

1) ( ) Considere a seguinte situação hipotética:


Objetivando a obtenção de prova contra traficantes de
substâncias entorpecentes, agentes da Polícia Federal
interceptaram a transmissão de dados de alguns
usuários da internet. Assim, instruiu-se o inquérito
com diversas mensagens interceptadas,originalmente
direcionadas aos endereços eletrônicos de
fornecedores e de usuários de drogas.Nessa situação, a
prova obtida seria lícita, já que o texto constitucional,
embora assegure a inviolabilidade do sigilo da
correspondência e das comunicações telefônicas e
telegráficas, não estendeu essa garantia à comunicação
de dados, tendo em vista o interesse público
subjacente.
2) ( ) Considere a seguinte situação hipotética: Em
face do clamor público contra a prática crescente de
extorsão mediante seqüestro, conduta essa definida na
legislação penal brasileira como crime contra o
património, editou-se lei federal por meio da qual a
competência para o julgamento do referido crime foi
atribuída ao júri popular. Nessa situação, a lei editada
seria inconstitucional.
3) ( ) As trabalhadoras rurais têm direito ao fundo de
garantia do tempo de serviço e, na hipótese de
desemprego involuntário. ao seguro-desemprego.
4) ( ) À luz do princípio da isonomia, adotado pela
Constituição da República, será incompatível com os
ditames constitucionais preceito normativo que
assegure proteção do mercado de trabalho da mulher
mediante incentivos específicos.
5) ( ) Considere a seguinte situação hipotética: A
empresa X propôs aos seus empregados a elevação da
jornada de trabalho de oito para nove horas, de
segunda a quinta-feira., sem o pagamento do
respectivo adicional de horas extras, já que as horas
acrescidas seriam compensadas com as quatro horas
que deixariam de ser trabalhadas aos sábados. Nessa
situação, eventual compensação de jornada ajustada
em acordo coletivo de trabalho celebrado entre a
empresa e o respectivo sindicato dos trabalhadores não
seria vedada pela Constituição da República.

19) (TRT 3ªR/Oficial de Just./96) Levando em conta


os direitos e garantias fundamentais, correlacione as
colunas 1 e 2. A seguir, assinale a alternativa
correspondente à seqüência correta.
1 - Mandado de segurança
2 -Ação popular
3 - Mandado de injunção
4 - "Habeas data"
5 - "Habeas corpus"

( ) É cabível quando a falta de norma


regulamentadora inviabiliza o exercício dos direitos e
liberdades constitucionais.
( ) Destina-se a assegurar a liberdade de locomoção,
no caso de violência ou coação decorrentes de
ilegalidade ou abuso de poder.
( ) Destina-se a assegurar o conhecimento de
informações relativas à pessoa do impetrante,
constantes de registros ou bancos de dados de
entidades governamentais.
( ) Destina-se à proteção de direito líquido e certo,
não amparado por "habeas corpus" ou "habeas data",
no caso de ilegalidade ou abuso de poder praticado por
autoridade pública.
( ) Visa à anulação de ato lesivo ao patrimônio
público ou de entidade de que o Estado participe, à
moralidade administrativa, ao meio ambiente e ao
patrimônio histórico e cultural.

a) 3-4-1-2-5
b) 5-3-2-1-4
c) 3-5-4-1-2
d) 4-1-5-2-3
e) 2-5-1-3-4

20) (FUMARC/Pref/Contagem/99) Leia atentamente


as assertivas abaixo, relacionadas com os direitos e
garantias fundamentais:

I - A Constituição da República assecura o direito de


propriedade, bem como a função social da
propriedade.
II - 0 cidadão tem legitimidade para propor ação
popular com o objetivo de anular ato lesivo ao
patrimônio público ou de entidade de que o Estado
participe.
III- As únicas hipóteses de prisão civil por dívida são a
do responsável pelo inadimplemento voluntário e
inescusável de obrigação alimentícia e a do depositário
infiel.
IV- Qualquer associação que esteja em funcionamento
há pelo menos seis meses pode impetrar mandado de
segurança coletivo em defesa dos interesses de seus
associados.
V - A ação de grupos armados, civis ou militares,
contra a ordem constitucional e o Estado Democrático
constitui crime inafiançável e imprescritível.
VI- 0 trabalhador rural tem o direito de ação, quanto a
créditos resultantes das relações de trabalho, com
prazo prescricional de até cinco anos após a extinção
do contrato.
São corretas
a) apenas as assertivas I e IV.
b) apenas as assertivas II e VI.
c) apenas as assertivas I, III e IV.
d) apenas as assertivas I, II, III, e V
e) todas as assertivas.

2 1) (UnB/Escrivão/PF/98) Em relação aos remédios


constitucionais, julgue os seguintes itens.

1) ( ) Os chamados remédios constitucionais, ou


remédios do direito constitucional, constituem em
meios à disposição do indivíduo para provocar a
atuação das autoridades competentes, com o fim de
evitar ou sanar ilegalidade e abuso de poder em
prejuízo de direitos e interesses individuais ou
coletivos.
2) ( ) Se Armando, simples cidadão, tomar
conhecimento de que na Superintendência Regional do
Departamento de Polícia Federal (DPF) de algum
estado da Federação estão sendo praticados atos
ilícitos pelo respectivo superintendente poderá, por
meio de simples petição, dirigir-se ao Diretor-Geral do
DPF para apontar as ilegalidades, estando esta
autoridade obrigada a despachar a petição.
3) ( ) Se é o caso de habeas corpus, não cabe mandado
de segurança.
4) ( ) Com o alarme promovido pela Constituição de
1988 na área dos remédios constitucionais, passou a
ser possível a impetração de mandado de segurança
coletivo, para a defesa de qualquer interesse coletivo,
por qualquer organização sindical, entidade de classe
ou associação, desde que legalmente constituída.
5) ( ) Se Lúcia - adversária política de Ana,
governadora de um estado - ajuizar ação popular
contra atos praticados por Ana e o pedido da ação for
julgado improcedente, deverá haver condenação da
autora às custas judiciais e ao ônus da sucumbência,
desde que se tenha alegado, na contestação,má-fé da
autora.

22) (Téc. Judiciário/TRE/RJ/2001) As normas do art.


5º da Constituição Federal de 1988 destinam-se:
a) a brasileiros e portugueses apenas.
b) a brasileiros e estrangeiros residentes no País e, em
certos casos, também a estrangeiros não residentes.
c) exclusivamente aos estrangeiros que possuírem bens
imóveis no Brasil.
d) somente aos brasileiros natos.
e) aos brasileiros natos e naturalizados, e não aos
estrangeiros, em qualquer hipótese.
23) (OAB/SP/08/98) São garantias dos direitos
coletivos

a) o mandado de segurança coletivo e a sindicalização.


b) o direito de greve e a ação popular.
c) o mandado de sceurança coletivo, o mandado de
injunção coletivo e a ação popular.
d) o mandado de segurança coletivo e a gratuidade dos
atos necessários ao exercício da cidadania.

24) (OAB/RJ/Março/99) Destina-se fundamentalmente


o mandado de segurança, como remédio constitucional

a) à tutela da liberdade de locomoção própria ou de


terceiro.
b) à proteção de direito líquido e certo, não amparado
por habeas corpus ou habeas data, quando o
responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for
autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no
exercício de atribuições do Poder Público.
c) a assegurar o conhecimento de informações
relativas à pessoa do impetrante, constante de registros
ou bancos de dados de entidades governamentais ou de
caráter público, assim como a sua retificação, se
incorretas.
d) a anular ato lesivo ao património público ou de
entidade de que o Estado participe, à moralidade
pública, ao meio ambiente e ao património histórico e
cultural.

25) (OAB/RJ/Dez./99) Indique a alternativa correta.

a) É competente o Supremo Tribunal Federal para


julgar, em recurso ordinário-constitucional, o habeas
corpus decidido em única ou última instância pelos
tribunais Regionais Federais ou pelos tribunais dos
Estados e do Distrito Federal e Territórios, se
concessiva a decisão.
Xb) 0 mandado de segurança coletivo pode ser
impetrado por partido político com representação no
Congresso Nacional, organização sindical, entidade de
classe ou associação legalmente constituída e em
funcionamento há pelo menos um ano, em defesa dos
interesses de seus membros ali associados.
c) Qualquer cidadão é parte legítima para propor ação
popular, sempre que a falta de norma regulamentadora
torne inviável o exercício dos direitos e liberdades
constitucionais e das prerrogativas inerentes à
nacionalidade, à soberania e à cidadania.
d) Conceder-se-á mandado de injunção para proteger
direito líquido e certo não amparado por habeas corpus
ou habeas data, quando o responsável pela ilegalidade
ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de
pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder
Público.
26) (Delegado/MT/2000) 0 art. 5º da Constituição
afirma que todos são iguais perante a lei, sem distinção
de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e
aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do
direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à
propriedade. Assim, é correto afirmar:

a) 0 regime jurídico das liberdades públicas protege


tanto as pessoas naturais, quanto as pessoas jurídicas.
b) A garantia de igualdade não significa que todos
tenham igual acesso aos remédios constitucionais, pois
o estrangeiro não pode impetrar mandado de
segurança, já que não é cidadão brasileiro.
c) Não há diferença entre direitos e garantias
individuais.
d) Ao estrangeiro não residente no Brasil, mas em
trânsito, nenhum direito constitucional é garantido.
e) A inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à
igualdade, à segurança e à propriedade significa que
esses bens não poderão ser restringidos ou afetados
sob nenhum aspecto.

27) (Fiscal/MS/2000) Considere as seguintes


afirmativas:

I- Cada cidadão tem o direito de trabalhar no oficio


que lhe agradar, para o qual tiver aptidão.
II - Nossa Constituição garante a liberdade de ensino,
que é uma dentre as várias formas de liberdade de
expressão do pensamento.
III- A Constituição assegura a liberdade de associação
para fins lícitos e ainda paramilitares.
IV- Na classificação dos direitos, o direito de
associação e o de greve são direitos implícitos.

São verdadeiras:
a) II e III apenas.
b) IV e I apenas.
c) I e II apenas.
d) III e IV apenas.

28) (ESAF/TCE/ES/2001) Assinale a opção correta.

a) Não compete ao Tribunal de Contas da União, no


julgamento da legalidade de aposentadoria, modificar,
por entendê-los ilegais, os termos em que tal
aposentadoria foi concedida pelo órgão administrativo
competente.
b) Como advento da Constituição de 1988, o Estado-
membro pode criar Tribunal de Contas Municipal,
com atribuições exclusivas sobre a capital do Estado.
c) A escolha do Procurador-Geral do Ministério
Público junto ao Tribunal de Contas da União é feita
pelo Chefe do Executivo, podendo recair sobre
bacharel em Direito não integrante da carreira.
d) Inclui-se entre as competências do Tribunal de
Contas da União o julgamento das contas do
Presidente da República.
e) É dado à Constituição do Estado-membro
estabelecer que as contas das Mesas das Câmaras
Municipais serão julgadas pelas próprias Câmaras
Municipais, com base em parecer do Tribunal de
Contas do Estado.

29) (ESAF/SERPRO/Analista/2001) Assinale a opção


correta.

a) A lei, e somente a lei em sentido estrito, pode


estabelecer o direito de fiança para os acusados de
tráfico de entorpecentes.
b) 0 brasileiro nato ou naturalizado pode ser
extraditado em casos de crimes definidos como
hediondos.
c) As provas ilícitas são inadmissíveis no processo
civil e penal; podem, porém, ser utilizadas como meio
de convencimento no processo administrativo, sempre
que não haja outra forma de se desvendar a verdade
real.
d) Quando a Constituição estabelece que não haverá
crime sem lei anterior que o defina, a palavra lei é
empregada em sentido amplo, abrangendo qualquer
ato normativo, como, por exemplo, a medida
provisória e a lei delegada.
e) Um historiador interessado em conhecer os dados
mantidos em órgão público a respeito de um certo
personagem da História do país não tem legitimidade
para impetrar habeas data visando ao acesso a tais
registros.

30) (Delegado/BA/Janeiro/2001) Quanto ao que


dispõe a Constituição Federal, no Título referente aos
Direitos e Garantias Fundamentais, julgue os itens
abaixo.

1) ( ) Direitos sociais inserem-se entre os direitos


fundamentais da pessoa e caracterizam-se como
prestações estatais positivas, enunciadas em normas
constitucionais.
2) ( ) A associação profissional e a sindical
constituem. ambas, associações profissionais; diferem
porque a sindical desfruta de prerrogativas especiais,
tais como, defender os direitos e interesses coletivos e
individuais da categoria, até em questões judiciais e
administrativas e a associação puramente profissional
destina-se a finalidade de estudo e coordenação dos
interesses econômicos de seus associados.
3) ( ) A Constituição Federal adotou a unidade
sindical que consiste na possibilidade de criação de um
só sindicato para cada categoria profissional ou
econômica, na mesma base territorial, que não pode
ser inferior a uma região metropolitana.
4) ( ) A Constituição Federal adotou a pluralidade
sindical que permite a criação de vários sindicatos para
uma mesma categoria profissional ou econômica,
desde que em bases territoriais distintas, não inferiores
a um distrito.
5) ( ) A Constituição Federal assegura o direito de
greve sem subordinação a previsão em lei e sem
limitações quanto a natureza da atividade ou serviço,
inclusive aqueles consideradas essenciais, seja para os
trabalhadores da iniciativa privada, seja para os do
setor público.

31) (UnB/PF/Agente/2002) A respeito dos direitos e


deveres fundamentais, julgue os itens abaixo.
1) ( ) Considere a seguinte situação hipotética: Eliane
teve sua inscrição indeferida em concurso público para
o cargo de assistente administrativo, por contar com
mais de trinta e cinco anos de idade. 0 indeferimento
estribou-se no edital do certame, que apresentava
como requisito de admissão ao concurso: ter mais de
25 anos e menos de 35 anos de idade, salvo se
ocupante de cargo ou função pública. Nessa situação, a
discriminação do edital é inconstitucional, por violar o
princípio da igualdade e da vedação constitucional de
diferença de critério de admissão por motivo de idade.
2) ( ) A proteção constitucional à intimidade, vida
privada, honra e imagem refere-se tanto a pessoas
fisicas quanto a pessoas jurídicas, abrangendo a
imagem frente aos meios de comunicação em massa.
Assim, a utilização de fotografia em anúncio com fim
lucrativo sem a devida autorização da pessoa
correspondente, traz como corolário indenização pelo
uso indevido da imagem.
3) ( ) A Constituição da República consagra a
inviolabilidade do domicílio no sentido restrito do
local,onde o indivíduo estabelece residência com o
ânimo definitivo. Não está sujeito à proteção
constitucional o consultório profissional de um
cirurgião-dentista, que prescinde de mandado judicial
para efeito de ingresso de agentes públicos para
efetuarem uma busca e apreensão requerida por
autoridade policial.
4) ( ) 0 sigilo de correspondência e de comunicação é
absoluto. A interceptação de correspondências,mesmo
que estiverem sendo utilizadas como instrumento de
salvaguarda de práticas ilícitas, é inconstitucional.
5) ( ) A gravação de conversa telefônica clandestina
realizada por meio de fita magnética afronta os direitos
à intimidade e à vida privada do interlocutor da relação
dialógica que não tinha conhecimento.

32) (Polícia Civil do Paraná) Assinale a alternativa


incorreta.

a) Admite-se, em caráter excepcional, a pena de morte.


b) 0 mandado judicial de busca e apreensão em
domicílio pode ser executado durante o dia ou à noite,
independentemente de consentimento do morador.
c) Proíbe-se, com ressalvas, a prisão civil por dívida.
d) Em regra, a prisão somente se dará em flagrante
delito ou mediante ordem escrita e fundamentada da
autoridade judiciária competente.
e) 0 brasileiro nato jamais poderá ser extraditado.

33) (OAB/SC) Conforme a Constituição Federal, os


órgãos que compõem o Poder Judiciário são:

a) Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de


Justiça, Tribunais Regionais Federais e Tribunais de
Justiça dos Estados, Distrito Federal e Territórios.
b) Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de
Justiça, Tribunais Regionais Federais e Juízes
Federais. Tribunais e Juízes do Trabalho, Tribunais e
Juizes Eleitorais, Tribunais e Juizes Militares e
Tribunais e Juizes dos Estados e do Distrito Federal e
Territórios.
c) Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de
Justiça, Tribunais Regionais Federais, Tribunais
Eleitorais e Tribunais de Justiça dos Estados, Distrito
Federal e Territórios.
d) Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de
Justiça, Tribunais Regionais Federais, Tribunais do
Trabalho, Tribunais Militares e Tribunais de Justiça
dos Estados, Distrito Federal e Territórios.

34) (AFRF/2002)Em relação aos direitos e deveres


indiduais e coletivos,da CF,assinale a afirmativa
errada.

a) É possível que alguém venha a ser privado de seus


direitos por motivo religioso, desde que se recuse a
cumprir obrigação legal e geral, bem como a
respectiva prestação alternativa, prevista em lei.
b) E facultado o direito de reunião em local aberto ao
público, sem armas, sem necessidade de autorização
do Poder Público, exigindo- se, apenas, prévio aviso à
autoridade competente.
c) Não é possível que a lei possa dissolver
compulsoriamente associações civis.
d) É legal a prisão civil por dívida em razão de
inadimplemento voluntário e ineseusável de obrigação
alimentícia e de depositário infiel.
e) A inviolabilidade da casa, como asilo do indivíduo,
pode ser excepcionalizada para o cumprimento de
ordem judicial, a ser cumprida durante o dia ou a
noite.

35) (ESAF/Fiscal Trib. Est./Pará/2002) Assinale a


opção correta.
a) 0 princípio constitucional da igualdade entre
homens e mulheres impede que se confira qualquer
direito a pessoas do sexo feminino que nao seja
extensível também às do sexo masculino.
b) Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas,
em locais abertos ao público, desde que não frustrem
outra reunião anteriormente convocada para o mesmo
local, sendo apenas exigida prévia autorização da
autoridade competente.
c) 0 jornalista está constitucionalmente obrigado a
revelar a fonte das informações que divulga, sempre
que concitado a tanto, por qualquer autoridade pública.
d) 0 compartimento privado onde alguém exerce a sua
profissão está abrangido pela proteção que o
constituinte confere à casa do indivíduo.
e) As associações podem ter as suas atividades
suspensas por determinação de autoridade
administrativa. quando essas atividades forem
consideradas nocivas ao interesse público.

36) (Adv./Pref M. Niterói/2000) A natureza jurídica do


habeas corpus impetrado contra um particular pode
assim ser resumida:

a) ação penal para cessar prática de ato ilegal.


b) recurso criminal para evitar abuso de poder.
c) processo cível para garantir o direito de ir e vir.
d) medida cautelar para afastar ameaça à liberdade.
37) (Escrevente/Trib.Alçada/SP/2001) Segundo o
artigo 5º e seu inciso II da Constituição da República
Federativa do Brasil, alguém será obrigado a fazer ou
deixar de fazer alguma coisa em virtude da lei:

a) somente se brasileiro.
b) somente se estrangeiro residente no País.
c) somente se estrangeiro residente fora do País.
d) nem se for brasileiro, nem se for estrangeiro
residente no País.
e) tanto se for brasileiro quanto estrangeiro residente
no País.

38) (Escrevente/Trib.Alçada/SP/2001) Segundo o


artigo 5º, inciso XI, da Constituição da República
Federativa do Brasil, todas as alternativas abaixo
constituem exceções à inviolabilidade do lar do
indivíduo, exceto.

a) com o consentimento do morador.


b) com o consentimento do proprietário.
c) em flagrante delito ou desastre.
d) para prestar socorro.
e) por determinação judicial, durante o dia.

39) (Escrevente/Trib. Alçada/SP/2001) Segundo o


artigo 5º, inciso XXXIV, alínea "a", da Constituição da
República Federativa do Brasil, são assegurados a
todos, independentemente do pagamento de taxas

a) o direito de petição aos Poderes Públicos em defesa


de direitos ou contra ilegalidade ou abuso de poder.
b) o direito de petição aos Poderes Públicos em defesa
de direitos ou contra legalidade ou abuso de poder.
c) o direito de petição aos Poderes Públicos em defesa
de direitos ou contra ilegalidade ou atribuição de
poder.
d) a obtenção de certidões em repartições públicas,
para defesa de direitos e esclarecimento de situações
de interesse pessoal.
e) a obtenção de certidões em repartições públicas,
para defesa de direitos e esclarecimento de situações
de interesse público.

40) (ESAF/Analista de Planej./MPOG/2002) Assinale


a opção correta.

a) 0 indivíduo condenado por um fato que, quando


praticado, era definido como crime, não se beneficia
de lei posterior que descriminaliza a conduta.
b) Os direitos e garantias individuais previstos na
Constituição dependem, invariavelmente, de lei
ordinária que os desenvolva, para que possam produzir
todos os seus efeitos.
c) 0 trabalhador goza da garantia constitucional de não
ter o salário reduzido em nenhum caso.
d) Em caso de flagrante delito, o agente público pode
ingressar na casa de particular, independentemente de
autorização judicial, de dia ou de noite.
e) Toda prisão anterior ao trânsito em julgado de
sentença penal condenatória é inconstitucional, por
ferir o princípio da presunção de inocência.

4 1) (FAEPOL/Inspetor/RJ/2001) Com relação aos


direitos individuais previstos no artigo 5º da
Constituição da República, pode-se afirmar que

a) são imprescritíveis, inalienáveis, universais,


secundários e imutáveis.
b) são variações do direito à vida, à liberdade, à
segurança, à igualdade e à propriedade.
c) estão previstos apenas no artigo 5º da Constituição
da República.
d) o artigo 5º é uma proteção do Estado em face dos
indivíduos.
e) no artigo 5º existem apenas direitos individuais.

42) (FUMARC/MPE/Serviços Diversos/2002) É


correto afirmar que, ao enunciar os direitos e deveres
individuais e coletivos, a Constituição Federal veda a
adoção das seguintes penas, exceto
a) de caráter perpétuo.
b) de restrição da liberdade.
c) de trabalhos forçados.
d) de banimento.

43) (MEMORIAL/SP/Adv./99) São gratuitos para os


reconhecidamente pobres, na forma da lei,

a) o registro civil de nascimento e a certidão de óbito.


b) o registro de casamento e a certidão de óbito.
c) o registro civil de nascimento e o registro de
casamento.
d) o registro de casamento.
e) n.d.a.

44) (PR/97-GI) A ordem social, na Constituição da


República

a) estabelece a educação como dever do Estado e da


família, e direito de todos. devendo o ensino ser
ministrado com base no pluralismo de idéias e de
concepções pedagógicas, sendo vedado o ensino
religioso e ministrado o ensino fundamental regular
exclusivamente em língua portuguesa.
b) tem como objetivos o bem-estar e a justiça sociais, e
como base o primado do trabalho. c) estabelece que as
instituições privadas com fins lucrativos, nacionais ou
estrangeiras, podem participar de forma complementar
do sistema único de saúde, segundo diretrizes próprias,
e recebendo recursos públicos para auxílios ou
subvenções.
d) assegura assistência social aos necessitados somente
mediante contribuição à seguridade social, salvo no
caso da gestante e do trabalhador em situação de
desemprego voluntário.

45) (AU/98-2ª CAT) Assinale a opção correta.

a) A liberdade sindical constitucionalmente assegurada


não permite a criação de mais um sindicato,
representativo de uma mesma categoria profissional ou
econômica, por base territorial.
b) A contribuição fixada pela assembléia geral para
custeio do sistema confederativo da representação
sindical respectiva é obrigatória para filiados ou não-
filiados.
c) A participação dos sindicatos nas neeociações
coletivas pode ser dispensada se os trabalhadores
designarem diretamente os seus próprios
representantes.
d) As normas que integram o capítulo referente aos
direitos sociais são normas constitucionais
prootamáticas.
e) A Constituição Federal assegura um direito de greve
absoluto ou irrestrito.
46) (ESAF/TFC/2001) Assinale a afirmativa correta a
propósito dos direitos sociais.

a) Sendo os servidores públicos também destinatários


dos direitos sociais, a eles também devem ser
estendidos os direitos decorrentes de convenções e
acordos coletivos do trabalho da categoria a que
pertencem.
b) A Constituição proclama o princípio da
irredutibi1idade do salário, mas o salário pode ser
reduzido, por força de acordo ou de convenção
coletiva do trabalho.
c) Todo trabalhador faz jus a repouso aos domingos,
mas esse repouso não é remunerado. d) Os
trabalhadores domésticos estão excluídos do gozo de
direitos sociais.
e) A Constituição veda o emprego de todo menor com
menos de 18 anos.

47) (F.C. Chagas/Técnico Jud./TRF 4ª R/200 1) A


proteção do trabalhador em face da automação

a) depende exclusivamente do poder normativo da


justiça trabalhista.
b) é proibida pela Constituição Federal.
c) deve ser garantida na forma do que dispuser a lei
d) independe de lei regulamentadora desse direito
social, razão pela qual é absoluta.
e) só existe para os associados dos sindicatos que
negociarem essa cláusula.

48) (TRT 3ª R/Oficial de Just./96) Aos trabalhadores


urbanos e rurais são assegurados os seguintes direitos,
exceto.

a) seguro-desemprego, em caso de desemprego


involuntário.
b) estabilidade, adquirida após dois anos de serviço.
c) igualdade de direitos entre trabalhador com vínculo
empregatício permanente e o trabalhador avulso.
d) remuneração do trabalho noturno superior à do
diurno.
e) irredutibilidade do salário, salvo o disposto em
convenção ou acordo coletivo.

49) (TRE-MG/Técnico Jud./97) Assinale a alternativa


que não contém direito social, sob a égide da
Constituição da República:

a) Educação, saúde, trabalho, lazer, segurança.


b) Previdência social, proteção à maternidade e à
infância.
c) Assistência aos desamparados.
d) Irredutibilidade salarial, salvo o disposto em
convenção ou acordo coletivo.
e) Duração do trabalho normal não superior a oito
horas diárias e quarenta horas semanais, facultadas a
compensação de horários e a redução da Jornada,
mediante acordo ou convenção coletiva de trabalho.

50) (Delegado/BA/Janeiro/2001) Para assegurar o bem


estar e justiça sociais, alçados com base da ordem
social, a Constituição Federal estabelece, de um lado,
que a família deve gozar de especial proteção do
Estado e, de outro, imputa-lhe o dever de assegurar à
criança e ao adolescente direitos fundamentais, para o
que

1) ( ) reconhece como entidade familiar a


comunidade formada por ambos os pais e seus
descendentes.
2) ( ) impõe ao Estado o dever de promover
programas de assistência integral à saúde da criança e
do adolescente, admitida a participação de entidades
não governamentais.
3) ( ) reconhece a igualdade de direitos e
qualificações aos filhos havidos ou não da relação
conjugal, ou por adoção.
4) ( ) proíbe a adoção de crianças brasileiras por
estrangeiros.
5) ( ) contém normas específicas sobre direitos
trabalhistas e previdenciários que atingem a criança e
o adolescente.
51) (UnB/EMBRAPA/ Assistente/2002) Em relação
aos direitos sociais previstos na Constituição da
República, assinale opção correta.

a) Os salários não podem ser reduzidos, ainda que


mediante convençao ou acordo coletivo.
b) 0 valor do 13º salário corresponde ao salário-base
auferido pelo empregado, excluídas outras parcelas de
caráter salarial habitualmente recebidas.
c) 0 salário-família é devido a todos os trabalhadores,
independentemente da faixa de renda em que se
enquadrem.
d) A licença-paternidade é concedida com a duração
de 120 dias.
e) Assegura-se ao dirigente sindical a estabilidade no
emprego desde o registro de sua candidatura e, se
eleito,até um ano após o final de seu mandato, salvo se
cometer alguma falta grave.

52) (FAPEU/AnalistaJud./TRE/SC/2002) Os direitos


sociais dos trabalhadores, previstos na Constituição da
República Federativa do Brasil de 1988

a) são iguais para os trabalhadores urbanos e rurais.


b) podem ser restringidos, em caso de calamidade
pública.
c) são estendidos aos servidores públicos civis.
d) abrangem tanto os empregados, como os servidores
públicos civis e militares.

53) (MEMORIAL/SP/Adv./99) São direitos sociais


dentre outros

a) a irredutibilidade do salário e o salário-família.


b) a assistência aos desamparados e o repouso
semanal.
c) o salário, o aviso prévio e a indenização.
d) a educação, a saúde e o trabalho.
e) n.d.a.

54) (MEMORIAL/SP/Adv./99) São assegurados à


categoria dos trabalhadores domésticos. dentre outros,
os seguintes direitos:

a) repouso semanal, férias e irredutibilidade salarial.


b) FGTS, horas extras e décimo terceiro salário.
c) piso salarial, jornada de oito horas e salário família.
d) licença à gestante, seguro-desemprego e FGTS.
e) n.d.a.

55) (FUMARC/Serviços Díversos/MPE/2002) Não se


inclui entre os direitos dos trabalhadores urbanos e
rurais".
a) repouso semanal remunerado, preferencialmente aos
dominyos.
b) seguro-desemprezo, em caso de desemprego
involuntário.
c) décimo terceiro salário com base na remuneração
integral ou no valor da aposentadoria.
d) duração do trabalho normal não superior a trinta
horas semanais.

56) (PR/97-GI-Alterada) De acordo com as normas de


organização e funcionamento do Poder Legislativo na
Constituição Federal, pode-se afirmar que

a) o Legislativo é organizado, no âmbito federal,


segundo o sistema bicameral, sendo o Senado Federal
composto de representantes dos Estados e a Câmara
dos Deputados composta de representantes do
povo,em número a ser fixado,proporcionalmente ao
numero de eleitores,nas Constituições Estaduais.
b) os Membros do Congresso Nacional, desde a
expedição do diploma, são invioláveis por suas
opiniões, palavras e votos, não podendo ser presos,
salvo em flagrante de crime inafiançável, hipótese em
que, no prazo de vinte e quatro horas, a respectiva
Casa, pelo voto secreto da maioria de seus Membros,
resolverá sobre a prisão.
c) compete ao Senado Federal autorizar a instauração,
de processo de impeachment contra o Presidente da
República pela prática de crimes comuns e de
responsabilidade.
d) as comissões parlamentares de inquérito, que
podem ser criadas mediante deliberação de um terço
dos Membros do Congresso Nacional para fiscalizar a
administração pública por prazo indeterminado, terão
poderes de investigação próprios das autoridades
judiciais.

57) 0 exercício do poder regulamentar, no direito


brasileiro, pelo Poder Executivo

a) independe de lei a ser regulamentada.


b) sujeita-se à aprovação posterior pelo Poder
Legislativo.
c) insere-se nas atribuições do Presidente da República
e dos Governadores dos Estados. d) passa a ser
atribuição do Poder Legislativo, desde que ocorra
omissão por parte daquele.

58) No caso de morrerem, simultaneamente, o


Presidente e o Vice-Presidente da República nos dois
últimos anos do período presidencial, o que ocorre?

a) Assume a Presidência o Ministro mais antigo do


Supremo Tribunal Federal e a Vice o Presidente do
Senado.
b) Assume o Presidente da Câmara dos Deputados, e
não se preenche o cargo de Vice.
c) Convocam-se, imediatamente, eleições diretas.
d) 0 Congresso, na forma da Lei, fará a eleição para
ambos os cargos.
e) Considera-se encerrado o período presidencial e
reabre-se novo, por mais 5 (cinco) anos.

59) Assinale a afirmativa correta.

a) Em face do disposto na Constituição Federal,


compete à Justiça do Trabalho conciliar e julgar os
dissídios individuais e coletivos entre todos os
servidores públicos e os entes de direito público
externo e da administração pública direta e indireta
dos Municípios, do Distrito Federal. dos Estados da
União, e. na forma da lei, outras controvérsias
decorrentes da relação de trabalho, bem como os
litíalos que tenham origem no cumprimento de suas
próprias sentenças inclusive coletivas.
b) A competência do Tribunal Superior do Trabalho
será estabelecida no seu Regimento Interno, de acordo
com a Constituição Federal.
c) Aos Tribunais Regionais Federais compete
processar e julgar, originariamente, os juízes federais
da área de sua jurisdição, nos crimes comuns e de
responsabilidade.
d) Aos juízes federais compete processar e julgar todas
as causas em que a União, entidade autárquica ou
empresa pública federal forem interessadas na
condição de autoras, rés, assistentes ou opoentes.

60) (ESAF/MPOG/2001) A respeito do Poder


Legislativo, assinale a opção correta.

a) Compete ao Congresso Nacional dispor sobre todas


as matérias da competência da União, sujeitando-se
todas as suas decisões à sanção ou veto do Presidente
da República.
b) Compete ao Congresso Nacional sustar decretos
regulamentares do Poder Executivo que, a pretexto de
regular uma lei, cria obrigações não previstas no
diploma legal.
c) Compete ao Senado Federal julgar o Presidente da
República nos crimes de responsabilidade e nos crimes
comuns conexos com aqueles.
d) Compete ao Congresso Nacional ratificar os
tratados internacionais firmados pelo Presidente da
República
e) Compete a qualquer das Casas do Congresso
Nacional instituir Comissões Parlamentares de
Inquérito, que têm poderes para editar leis delegadas,
durante o período em que estiverem convocadas.
61) (F. C. Chagas/Analista Jud. /TRF-1ª R/2001) Além
de sua competência específica, compete-
lhe,precipuamente, a guarda da Constituição Federal.
Trata-se

a) da Câmara dos Deputados.


b) do Congresso Nacional.
c) do Presidente da República.
d) do Supremo Tribunal Federal.
e) do Senado Federal.

62) (UnB/Analista Jud./TJDF/97-Alterada) Com


relação ao Poder Judiciário, assinale a opção correta.

a) 0 STJ é tribunal superior, com sede em Brasília e


jurisdição em todo o território nacional, cabendo-lhe
julgar processos oriundos de todos os demais órgãos
do Poder Judiciário, em matéria infraconstitucional.
b) Aos tribunais e juizes militares compete julgar
todos os atos ilícitos que firam direitos ou interesses
das Forças Armadas, das polícias militares e dos
corpos de bombeiros militares.
c) Todas as causas que envolvam questões de
inconstitucionalidade devem ser julgadas pelo STF.
d) Todos os tribunais devem possuir órgãos especiais,
para o exercício das atribuições administrativas e
jurisdicionais da competência do tribunal pleno.
e) Tanto a justiça do trabalho quanto a justiça militar
são compostas por dezessete juízes togados, ou seja,
magistrados de carreira.

63) (TRT 3ª R/Oficial de Just./96) A respeito do


Tribunal Superior do Trabalho, é correto afirmar que

a) é composto de vinte e sete Ministros.


b) seus membros são escolhidos dentre brasileiros com
mais de vinte e cinco e menos de sessenta anos.
c) a nomeação de seus membros é feita pelo Presidente
da República após a aprovação do Senado Federal.
d) dezessete dos seus Ministros são togados e
vitalícios, neles se incluindo onze escolhidos dentre
juízes de carreira da magistratura trabalhista.
e) dez dos seus Ministros são classistas temporán* os,
com representação paritária dos trabalhadores e
empregadores.

64) (TRT3'R/Agente de Segurança/96) No que se


refere aos Poderes da União, é incorreto afirmar que:

a) o Poder Executivo é exercido pelo Presidente da


República, auxiliado pelos Ministros de Estado.
b) o Poder Legislativo é exercido pelo Congresso
Nacional, composto da Câmara dos Deputados e do
Senado Federal.
c) o Supremo Tribunal Federal, com sede na Capital
Federal e jurisdição,em todo o t.erritório nacional, é o
órgão máximo do Poder Judiciário.
d) o Poder Executivo tem como funções principais
elaborar as leis e tiscaiizar os atos dos demais Poderes.
e) o Poder Judiciário é incumbido da função de fazer
justiça, aplicando a lei a casos particulares.

65) (FUMARC/Pret Contagem/99-Alterada) A


respeito da Organização dos Poderes, é correto
afirmar,exceto.

a) A organização do Poder Legislativo é bicameral no


âmbito federal e unicameral nos âmbitos do Estado e
do Município.
b) Os Vereadores à Câmara Municipal são invioláveis
por suas opiniões. palavras e votos no exercício do
mandato e na circunscrição do Município.
c) Ao Tribunal de Justiça, com jurisdição em todo o
Estado e sede na Capital, compete processar e
julgar,originariamente, os Prefeitos Municipais, nos
crimes comuns e nos de responsabilidade.
d) São considerados como funções essenciais à Justiça
apenas o Ministério Público e a Defensoria Pública.

66) (FUMARC/PreL Contagem/99) No que se refere


ao Poder Legislativo, é incorreto afirmar que
a) ao Congresso Nacional, composto da Câmara dos
Deputados e do Senado Federal, cabe dispor, com a
sanção do Presidente da República, sobre matéria
financeira, cambial e monetária.
b) a Câmara dos Deputados compõe-se de
representantes do povo, eleitos pelo sistema
proporcional, e o Senado Federal, de representantes
dos Estados e do Distrito Federal, eleitos secundo o
princípio majoritário.
c) além de qualquer Deputado ou Senador, ou
Comissão do Congresso Nacional ou de qualquer de
suas Casas, há outros titulares da iniciativa legislativa,
dentre os quais os cidadãos, na forma e nos casos
previstos na Constituição Federal.
d) a imunidade material, assegurada aos Deputados e
Senadores, significa que estes, enquanto durar o
mandato, em hipótese alguma podem ser presos ou
processados criminalmente. sem prévia licença da
respectiva Casa Legislativa.
e) é da competência privativa do Senado Federal
aprovar previamente, por voto secreto, após argüição
pública, a escolha do Procurador-Geral da República,
bem como aprovar, por maioria absoluta e por voto
secreto, sua exoneração, de oficio, antes do término de
seu mandato.
67) (FUMARC/Pret Contagem/99) Dentre as
alternativas abaixo, todas relativas ao Poder
Executivo, assinale a única incorreta.

a) Na hipótese de impedimento do Presidente e do


Vice-Presidente da República, ou vacância dos
respectivos cargos, o Presidente da câmara dos
Deputados, o do Senado Federal e o do Supremo
Tribunal Federal serão sucessivamente chamados ao
exercício da Presidência.
b) Os Ministros de Estado, auxiliares do Presidente da
República, a quem compete privativamente nomeá-los
e exonerá-los, são escolhidos dentre brasileiros
maiores de vinte e um anos e no exercício dos direitos
políticos.
c) 0 Presidente da República, em cuja competência
privativa se insere conceder indulto e comutar
penas,poderá delegar tal atribuição aos Ministros de
Estado, ao Procurador-Geral da República ou ao
Advogado Geral da União, que observarão os limites
traçados nas respectivas delegações.
d) Os atos do Presidente da República que atentem
contra o livre exercício do Poder Legislativo, do Poder
Judiciário, do Ministério Público e dos Poderes
constitucionais das unidades da Federação, constituem
crimes de responsabilidade.
e) Nos crimes comuns e nos de responsabilidade, o
Presidente da República é submetido a julgamento
perante o Supremo Tribunal Federal, ficando suspenso
de suas funções tão logo admitida a acusação pela
Câmara dos Deputados.

68) (Analista Jud./TRE/RJ/2001) A correta


composição do Tribunal Regional Eleitoral é

a) sete juízes, sendo um desembargador, três juizes de


direito que já tenham sido juizes eleitorais, um
membro do Ministério Público Eleitoral e dois
advogados indicados pelo Governador do Estado,
sendo o Presidente do TRE o desembargador mais
antigo.
b) nove juizes, sendo dois desembargadores, dois
juizes de direito, dois juízes federais, dois advogados
nomeados pelo Presidente da República, estes
indicados em lista sêxtupla pelo Tribunal de Justiça, e
um membro do Ministério Público Estadual, sendo o
Presidente do TRE escolhido dentre os
desembargadores.
c) setejuízes, sendo dois desembargadores, dois juízes
de direito, um juiz federal e dois advogados, nomeados
pelo Presidente da República, estes indicados em lista
sêxtupla pelo Tribunal de Justiça, sendo o Presidente
do TRE escolhido dentre os desembarcadores.
d) nove juizes, sendo três desembargadores, dois juizes
de direito, dois juizes federais e dois advogados,
nomeados pelo Governador do Estado, sendo o
Presidente do TRE o desembargador mais antigo.
e) no mínimo sete juizes, sendo dois desembargadores,
dois juízes de direito, um promotor de justiça e dois
deputados estaduais, estes escolhidos pelo Presidente
da República dentre seis deputados indicados pela
Assembléia Legislativa, sendo o Presidente do TRE
escolhido dentre os desembargadores.

69) (Téc. Judiciário/TRE/RJ/2001) 0 Tribunal


Superior Eleitoral é composto por

a) no mínimo sete juizes, sendo três do Supremo


Tribunal Federal, dois do Superior Tribunal de Justiça
e dois membros do Ministério Público Eleitoral.
b) no máximo sete juizes, escolhidos pelo Congresso
Nacional, em votação secreta, dentre os intearantes do
Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de
Justiça.
c) sete Ministros, nomeados pelo Presidente da
República, dentre advogados de notável saber jurídico
e idoneidade moral, submetida a nomeação ao Senado
Federal.
d) no mínimo sete juízes, sendo três oriundos do
Supremo Tribunal Federal, dois do Superior Tribunal
de Justiça, e dois dentre seis advogados indicados pelo
Supremo Tribunal Federal e nomeados pelo Presidente
da República.
e) no máximo sete juízes, sendo três do Supremo
Tribunal Federal, dois do Superior Tribunal de Justiça,
um do Ministério Público Eleitoral e um advogado,
nomeado pelo Presidente da República. dentre seis
indicados pelo Supremo Tribunal Federal.

70) (OAB/SP/08/98) A fixação dos subsídios dos


deputados federais

a) é da competência concorrente da Câmara dos


Deputados e do Senado Federal.
b) é da competência da Câmara dos Deputados.
c) é da competência exclusíva do Conaresso Nacional.
d) depende da iniciativa privativa do Congresso
Nacional.

7 1) (Delegado/MT/2000) Analise os itens abaixo e


assinale a alternativa correta:

São garantias da independência do PoderJudiciário


previstas na Constituição:
I - Autonomia funcional, administrativa e financeira.
II - A nomeação dos ministros dos tribunais superiores
pelo Presidente da República, após aprovação pelo
Senado Federal.
III- As garantias de vitaliciedade e inamovibilidade
dos juízes.
a) Todas estão corretas.
b) Apenas II está correta.
c) Apenas I e II estão corretas.
d) Apenas I e III estão corretas.
e) Todas estão incorretas.

72) (Fiscal/MS/2000) 0 Senado Federal é integrante do


Legislativo, não podendo aprovar-se lei sem que tenha
oportunamente se manifestado sobre o projeto,
possuindo ainda algumas competências privativas
como, por exemplo:

a) Deliberar sobre a instauração de processo contra o


Presidente da República.
b) Fiscalizar os Estados e os Municípios no que tange
aos empréstimos externos que eles desejem contrair.
c) Indicar o candidato a Vice-Presidente da República.
d) Nomear os Ministros da área econômica.

73) (XLIIMP/2001) No âmbito do Poder Legislativo, o


que se entende por "maioria simples" e por "maioria
absoluta"?

a) Maioria absoluta é a maioria dos presentes e a


maioria simples é aquela obtida pela divisão do
número de membros da Casa Legislativa. Maioria
absoluta corresponde ao primeiro número inteiro
subseqüente ao número obtido da divisão dos
membros da Casa Legislativa e maioria simples
corresponde à maioria dos votos presente a maioria
absoluta de seus membros.
c) Maioria absoluta corresponde ao primeiro inteiro
subseqüente ao numero obtido da divisão dos
membros da Casa Legislativa e maioria simples
corresponde à maioria dos votos dos presentes.
d) Maioria absoluta é obtida por mais de 2/3 dos
membros da Casa Legislativa e maioria simples pelos
votos dos presentes.
e) Maioria absoluta é mais fácil de se obter do que a
maioria simples.

74) (FUMARC/TRE-MG/Analista Jud./2001) Tendo


em vista a competência dos órgãos da Justiça Eleitoral,
correlacione as colunas e assinale a seqüência correta.

órgãos:
1. Tribunal Superior Eleitoral
2. Tribunais Regionais Eleitorais.
3. Juizes Eleitorais.
4. Juntas Eleitorais

Competência:
( ) dirigir os processos eleitorais e deteminar a
inscrição e a exclusão de eleitores.
( ) resolver as impugnações e demais incidentes
verificados durante os trabalhos de contagem e
apuração de votos.
( ) processar e julgar originariamente o registro e a
cassação de registro de partidos políticos.
( ) processar e julgar originariamente as reclamações
relativas a obrigaçoes impostas por lei aos partidos
políticos, quanto à sua contabilidade e à apuração da
origem dos seus recursos.

a) 3- 4- 1- 2
b) 4- 3- 2- 1
c) 4- 3- 1- 2
d) 1- 2- 3- 4

75) (FUMARC/TRE-MG/Analista Jud./2001) São


membros do Tribunal Superior Eleitoral. exceto:

a) três juizes escolhidos, mediante eleição, pelo voto


secreto. dentre os Ministros do Supremo Tribunal
Federal.
b) dois juízes escolhidos, mediante eleição, pelo voto
secreto, dentre os Ministros do Superior Tribunal de
Justiça.
c) dois juízes federais escolhidos pelo Tribunal
Regional Federal com sede no Distrito Federal.
d) dois juízes escolhidos, por nomeação do Presidente
da República, dentre seis advogados de notável saber
jurídico e idoneidade moral, indicados pelo Supremo
Tribunal Federal.

76) (FUMARC/MPE/Serviços Diversos/2002) A


representação de cada Estado e do Distrito Federal no
Senado é renovada

a) de dois em dois anos.


b) de três em três anos, alternadamente, por um e dois
terços.
c) de quatro em quatro anos, alternadamente, por um e
dois terços.
d) unicamente de oito em oito anos.

77) (FUMARC/MPE/Serviços Diversos/2002) A


competência para autorizar referendo e convocar
plebiscito é exclusiva:

a) do Presidente da República.
b) do Congresso Nacional.
c) da Câmara dos Deputados.
d) do Senado Federal.

78) (Procurador/RS/97) A espécie de veiculação de


normas denominada de resolução, arrolada no Art. 59,
VII, da Constituição, indica, na melhor tradição:
a) todo ato normativo de segundo grau (subordinado a
lei ordinária ou complementar) emanado do poder
legislativo ou do poder executivo.
b) todo ato normativo de segundo grau (subordinado à
lei ordinária ou complementar) emanado do seio do
poder legislativo.
c) todo ato normativo do poder executivo subordinado
a decreto presidencial.
d) todo ato normativo do poder legislativo subordinado
a decreto legislativo.
e) todo ato do Congresso ou de suas casas, tomado por
procedimento diverso do previsto para a elaboração de
leis.

79) Para aprovar as normas abaixo, uma delas


necessita de maioria absoluta das duas Casas do
Congresso Nacional. Assinale qual a alternativa
correta

a) Medidas provisórias.
b) Decretos legislativos.
c) Leis complementares.
d) Leis delegadas.
e) Leis ordinárias.

80) (OAB/RJ/.Março/99-Alterada) Aponte, com base


no processo legislativo previsto na Constituição
Federal, a alternativa incorreta.
a) Não será objeto de deliberação a proposta de
emenda à Constituição tendente a abolir a forma
federativa de Estado, o voto direto, secreto, universal e
periódico, a separação dos Poderes e os direitos e
garantias individuais.
b) Em caso de relevância e urgência, o Presidente da
República poderá adotar medidas provisórias, com
força de lei, devendo submeté-las de imediato ao
Congresso Nacional,que, estando em recesso, será
convocado extraordinariamente para se reunir no prazo
de cinco dias.
c) Os projetos de lei complementar serão aprovados
por maioria absoluta.
d) As leis delegadas serão elaboradas pelo Presidente
da República, que deverá solicitar a delegação ao
Congresso Nacional.

8 1) (TRT-1ª R/90) Uma Emenda à Constituição


Federal foi sugerida pelo Presidente da República, na
vigência de intervenção Federal no Estado do Rio de
Janeiro. 0 Consultor Geral da República opinou,
todavia, contrariamente à remessa do projeto de
emenda ao Congresso

a) porque a Constituição Federal não pode ser


emendada por proposta do Presidente da República.
b) porque a Constituição Federal não pode ser
emendada na vigência de intervenção federal em
qualquer Estado.
c) por ambas as razões acima.
d) porque não pode haver Emenda à Constituição de
1988 senão após os primeiros 5 (cinco) anos de sua
vigência.
e) porque somente um novo Congresso, e não aquele
que votou a atual Constituição, poderá emendá-la.

82) (ESAF/AFRF/2001) Assinale a opção correta.

a) A Constituição prevê expressamente a possibilidade


de ser emendada por proposta de um determinado
número de cidadãos (iniciativa popular).
b) Somente em caso de urgência e relevância, é
possível emendar a Constituição durante a vigência de
intervenção federal.
c) Não cabe sanção ou veto do Presidente da
República em proposta de Emenda à Constituição.
d) Emenda à Constituição não é suscetível de controle
abstrato de normas perante o Supremo Tribunal
Federal.
e) 0 Presidente da República tem iniciativa reservada
para a proposta de emenda à Constituição sobre
matéria relacionada a direitos e deveres de servidores
públicos.
83) (ESAF/AFC/2001) Sobre o processo de emenda à
Constituição Federal, assinale a opção correta.

a) Nenhuma emenda que alargue ou diminua o


catálogo dos direitos e garantias individuais pode ser
votada no Congresso Nacional, por serem os direitos e
garantias individuais cláusulas pétreas.
b) Nada obsta a que a matéria constante de proposta de
emenda rejeitada numa sessão legislativa possa ser
objeto de nova proposta na sessão legislativa seguinte.
c) Incumbe ao Presidente da República promulgar as
emendas à Constituição aprovadas pelo Congresso
Nacional.
d) Todo deputado ou senador pode, individualmente,
apresentar proposta de emenda à Constituição.
e) As emendas à Constituição relacionadas a
servidores públicos são da iniciativa exclusiva do
Presidente da República.

84) (UnB/SEAD/Téc. Polit. Pub./2001) 0 govemador


do estado de Sergipe encaminhou à Assembléia
Legislativa proposta de emenda à Constituição
Estadual que veio a ser rejeitada. Diante dessa
hipótese, assinale a opção correta.

a) 0 governador poderá remeter, incontinente, a mesma


matéria à Assembléia para nova deliberação, não
havendo qualquer restrição a que ela possa ser
aprovada, desde que observado o quorum
constitucional.
b) A matéria objeto da proposta rejeitada não mais
poderá ser objeto de nova proposta na mesma
leeislatura.
c) A matéria objeto da proposta rejeitada não mais
poderá ser objeto de nova proposta na mesma sessão
legislativa.
d) Amatéria não mais poderá ser encaminhada pelo
governador à Assembléia; os deputados estatuais,
desde que observado o quorum de apresentação,
poderão, no entanto, a qualquer tempo, apresentar
nova proposta de emenda constitucional versando
acerca da mesma matéria.
e) A matéria rejeitada deverá ser considerada
prejudicada caso volte a ser objeto de nova proposta
independentemente do tempo da nova apresentação ou
de sua autoria.

85) Pode o Tribunal Superior do Trabalho ter


iniciativa de projeto de lei?

a) Sim, sendo que sua discussão e votação serão


iniciados na Câmara dos Deputados.
b) Sim, mas sua discussão e votação serão feitas em
sessão conjunta das Casas do Congresso.
c) Não, o Poder Judiciário não tem iniciativa de
projeto de lei.
d) Não, dentro do Poder Judiciário, só ao Supremo
Tribunal Federal é dada essa possibilidade e restrita à
matéria de criação da organização e da divisão
judiciárias.

86) (ESAF/AFRF/2001) A respeito das normas


constitucionais é correto dizer:

a) Todas as normas estabelecidas pelo poder


constituinte originário no texto constitucional são
formalmente constitucionais e se equivalem em nível
hierárquico.
b) As normas que prevêm direitos fundamentais de
abstenção do Estado são, em sua maioria, normas não
auto-aplicáveis, dependendo de desenvolvimento
legislativo para produzirem todos os seus efeitos.
c) As normas programáticas são, na sua maioria,
normas auto-aplicáveis.
d) Normas constitucionais não auto-aplicáveis somente
se tornam normas jurídicas depois de reguladas por lei,
uma vez que, antes disso, não são capazes de produzir
efeito jurídico. e) Numa Constituição classificada
como dirigente, não se encontram normas
programáticas.

87) (ESAF/AFRF/2001) Assinale a opção correta.


a) Decretos legislativos são atos regulamentares,
editados pela Câmara dos Deputados ou pelo Senado
Federal, para facilitar a execução das leis no âmbito da
estrutura interna do Congresso Nacional.
b) Lei ordinária é superior hierarquicamente à medida
provisória.
c) A Constituição permite a edição de lei delegada
pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal, em
matérias pertinentes à estrutura do Poder Judiciário.
d) Não há diferença hierárquica entre lei
complementar e lei ordinária.
e) Toda matéria de lei ordinária pode ser objeto de lei
delegada.

88) (ESAF/TCE[ES/2001) Sobre as leis delegadas, é


correto afirmar.

a) No atual regime constitucional somente é cabível a


edição de leis delegadas nos casos em que não é
admissível a edição da medida provisória pelo
Presidente da República.
b) A delegação legislativa pode ter como destinatário o
Presidente do Supremo Tribunal Federal nos casos de
leis que são da exclusiva iniciativa dele.
c) Uma vez concedida a delegação legislativa para o
Presidente da República, fica ele obrigado a editar a lei
pertinente no prazo fixado no ato de delegação.
d) 0 Congresso Nacional é livre para estabelecer que,
antes de entrar em vigor, a lei elaborada pelo
Presidente da República seja discutida no mesmo
Congresso Nacional, admitindo-se emendas ao texto,
no seu todo ou em partes.
e) Mesmo depois de editada a lei delegada, o
Congresso Nacional pode sustá-la se entender que o
Presidente da República exorbitou dos limites da
delegação legislativa.

89) (FUMARC/Oficial Jud./TA/2002) Está correta a


seguinte afirmativa sobre a LEI como fonte de Direito:

a) Não prevalece contra o costume, dada a maior


legitimidade desta última fonte.
b) Trata-se de fonte subsidiária do Direito.
c) Trata-se de fonte material do Direito.
d) Traduz o grau mais desenvolvido e aprimorado da
formação do Direito.

90) (FUMARC/OficialJud./TA/2002) Assinale, dentre


as alternativas abaixo,a correspondente à matéria que
pode ser objeto de lei delegada:

a) matéria de direito comercial.


b) atos de competência exclusiva do Congresso
Nacional.
c) atos de competência privativa do Senado Federal.
d) matéria reservada à lei complementar.

91) (FUMARC/MPE/ServiçosDiversos/2002)
Incluem-se entre os titulares da iniciativa das leis,
exceto:

a) qualquer Deputado ou Senador.


b) o Presidente da República.
c) o Procurador-Geral da República.
d) qualquer número de cidadãos.

92) (AFTN/96) Assinale a assertiva correta.

a) Medida Provisória não pode instituir crime ou fixar


pena.
b) Decretos regulamentadores podem estabelecer
restrições ou linutações a direitos individuais.
c) Medida Provisória pode dispor sobre matéria
reservada à lei complementar, desde que a sua
conversão em lei se opere mediante decisão da maioria
absoluta dos membros de cada uma das Casas do
Congresso Nacional.
d) Segundo a jurisprudência do Supremo Tribunal
Federal, os direitos e garantias individuais gravados
com a cláusula pétrea são apenas aqueles constantes
do art. 5º da Constituição.
e) Emenda Constitucional não pode alterar disposição
transitória da Constituição.
93) (ESAF/AFRF/2001) A respeito das medidas
provisórias, é correto afirmar.

a) Podem definir crimes e fixar penas.


b) Podem dispor sobre assunto de lei complementar.
c) Podem dispor sobre aumento de tributos.
d) Por não serem leis, não estão sujeitas ao controle de
constitucionalidade abstrato no Supremo Tribunal
Federal.
e) Nada obsta a que sejam reeditadas logo em seguida
à sua rejeição pelo Congresso Nacional.

94) (ESAF/AFC/2001) Assinale a opção correta em


relação às medidas provisórias.

a) Não pode ser reeditada, se o Congresso Nacional


não a converte em lei nem a rejeita no prazo de trinta
dias, contados da sua publicação.
b) Se a medida provisória é rejeitada, as relações
jurídicas formadas durante a sua vigência continuam a
ser por ela reguladas, até que o Congresso Nacional as
discipline em caráter definitivo.
c) 0 Congresso Nacional, ao apreciar uma medida
provisória, não pode converter em lei apenas parte do
texto sob a sua apreciação. Deve aprová-lo
integralmente ou rejeitá-lo de todo.
d) Embora a doutrina e a jurisprudência apontem
matérias sobre as quais o Presidente da República não
pode editar medidas provisórias, o texto constitucional
não consigna limitação explícita de conteúdo a esse
poder.
e) 0 Supremo Tribunal Federal pode declarar
inconstitucional uma medida provisória, por
considerar não preenchidos os pressupostos formais da
relevância e urgência para a sua edição.

95) (ESAF/Téc. Judiciário/TJ/CE) Assinale a assertiva


correta.

a) A medida provisória pode dispor sobre matéria a ser


regulada por lei complementar, desde que aprovada
pela maioria qualificada dos membros do Congresso
Nacional (maioria absoluta).
b) Os Estados-membros estão impedidos de adotar a
medida provisória.
c) A reedição de medida provisória, em qualquer caso,
afeta o princípio da divisão dos poderes, sendo, por
isso, inconstitucional.
d) À medida provisória aplicam-se as mesmas
limitações estabelecidas na Constituição para a lei
delegada.
e) Medida provisória não pode definir crime ou fixar
pena.
96) (ESAF/Agente Trib. Est./MS/2001) Assinale a
opção correta.

a) A União não pode instituir impostos sobre o


patrimônio, a renda ou os serviços de um Estado-
Membro, nem pode tributar o património ou a renda de
autarquia estadual ou de qualquer empresa pública
estadual que explore atividade econômica.
b) A União pode conceder isenção de impostos
estaduais e municipais, sempre que isso for relevante
para a consecução de planos governamentais de
desenvolvimento nacional. c) De acordo com a
jurisprudência pacífica do STF, medida provisória é
instrumento apto para majorar impostos, atendendo ao
requisito do princípio da legalidade.
d) Para atender a situações de crise financeira, a
Constituição expressamente admite que o Estado-
Membro estabeleça diferenças tributárias entre bens e
serviços, visando à proteção do nível de atividades
econômicas no âmbito do seu território.
e) Conforme disposto na Constituição Federal, por
meio de lei complementar, o Estado-Membro poderá
instituir impostos que não tenham sido previstos
expressa e especificamente pelo constituinte, desde
que não tenham fato gerador coincidente com imposto
da União ou dos Municípios.
97) (Procurador/RS/97-Alterada) Sobre a lei
complementar, a assertiva mais adequada é:

a) Pode resultar da conversão em lei de uma medida


provisória, desde que aprovada por maioria absoluta.
b) Pode validamente dispor sobre matéria da
competência exclusiva do Congresso Nacional.
c) Pode ser definida como aquela espécie legislativa
que complementa a Constituição.
d) Pode ser tida, em todas as matérias, como um
terceiro gênero necessário, colocado entre a
Constituição e a legislação de nível ordinário.
e) É vedada a edição de medida provisória sobre
matéria reservada a lei complementar.

98) (FUMARC/Serv. Notoriais/99) Cabe à lei


complementar dispor sobre

a) os termos e limites do exercício do direito de greve


do servidor público civil.
b) a organização e competência dos tribunais, dos
juízes de direito e das juntas eleitorais. c) diretrizes e
bases da educação nacional.
d) a iniciativa popular no processo legislativo estadual.
e) formas de participação do usuário na administração
pública direta e indireta.
99) (XLI/MP/2001) Pela Constituição do Estado de
Minas Gerais é considerada lei complementar

a) a lei que rege o Magistério.


b) a lei orgânica da Procuradoria Geral do Estado.
c) a Lei de Organização e Divisão Judiciárias.
d) o Código de Trânsito.
e) o Código Tributário Nacional.

100) (MPU/93) Compete privativamente ao Senado


Federal

a) apreciar os atos de concessão e renovação de


concessão de emissoras de rádio e televisão.
b) zelar pela preservação de sua competência
legislativa em face da atribuição norrnativa dos outros
Poderes.
c) aprovar, premiamente, por voto secreto, após
argüição pública, a escolha do Procurador-Geral da
República.
d) escolher dois terços dos membros do Tribunal de
Contas,da União.
e) aprovar iniciativas do Poder Executivo referentes a
atividades nucleares.

101) (MPU/93) Compete privativamente ao Presidente


da República
a) resolver definitivamente sobre os atos internacionais
que acarretem encargos ou compromissos o gravosos
ao patrimônio nacional.
b) autorizar o Vice-Presidente da República a se
ausentar do País, quando a ausência exceder a quinze
dias.
c) resolver definitivamente sobre os atos de concessão
e renovação de concessão de emissoras de rádio e
televisão.
d) autorizar, em terras indígenas, a exploração e o
aproveitamento de recursos hídricos e a pesquisa e
lavra de riquezas minerais.
e) prover e extinguir os cargos públicos federais, na
forma da lei.

102) (TTN/92-BA) Compete privativamente à União


legislar sobre:

a) direito tributário, financeiro, penitenciário,


econômico e urbanístico.
b) orçamento e Juntas comerciais.
c) custas dos serviços forenses.
d) produção e consumo.
e) dieito civil, comercial, penal, processual, eleitoral,
agrário, marítimo, aeronáutico, espacial e do trabalho.

103) (AFC/93) Compete exclusivamente ao Congesso


Nacional
a) fixar, por proposta do Presidente da República.
limites globais para o montante da dívida consolidada
da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios.
b) resolver definitivamente sobre tratados, acordos ou
atos internacionais que acarretem encargos ou
compromissos gravosos ao patrimônio nacional.
c) autorizar operações externas de natureza financeira,
de interesse da União, dos Estados, do Distrito
Federal, dos Territórios e dos Municípios.
d) dispor sobre limites globais e condições para as
operações de crédito externo e interno da União, dos
Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, de suas
autarquias e demais entidades controladas pelo Poder
Público Federal.
e) estabelecer limites globais e condições para o
montante da dívida mobiliária dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios.

104) (AFE/93-CE) 0 instrumento formal de que se


vale o Congresso Nacional para praticar os atos de sua
exclusiva competência é o(a):

a) emenda constitucional.
b) resolução.
c) medida provisória.
d) lei delegada complementar.
e) decreto legislativo.

105) (ESAF/AFRF/2001) Com relação à repartição de


competências entre as entidades federadas no Brasil, é
correto afirmar:

a) A União não pode autorizar que os Estados-


membros legislem sobre questões relacionadas com as
matérias inseridas no rol das competências legislativas
privativas da União.
b) Compete a cada Estado-membro editar a lei
orgânica dos Municípios situados no seu âmbito
territorial.
c) No âmbito da competência legislativa concorrente,
cabe aos Estados-membros e também aos Municípios
suplementar a legislação federal, no que couber.
d) No âmbito da competência legislativa concorrente,
sempre que houver conflito entre uma lei federal e
uma lei estadual, aquela deverá prevalecer, pois as leis
federais são hierarquicamente superiores às leis
estaduais.
e) As competências legislativas dos Estados-membros
estão todas enumeradas de modo taxativo no texto
constitucional.

106) (FUMARC/Serv. Notoriais/99) De acordo com a


Constituição da República, a competência do Tribunal
de Justiça será definida
a) no regimento interno do Tribunal de Justiça.
b) na lei de organização judiciária.
c) em lei complementar estadual.
d) em lei ordinária estadual.
e) na Constituição do Estado.

107) (ESAF/Analista de Planej./MPOG/2002)


Assinale a opção correta.

a) É inconstitucional a lei orçamentária que prevê


despesa para certo programa social que ela própria cria
e disciplina.
b) A competência para emitir moeda é exclusiva do
Ministério da Fazenda, sendo indelegável.
c) As disponibilidades financeiras de caixa da União,
dos Estados-membros, do Distrito Federal e dos
Municípios devem ser depositadas no Banco Central
do Brasil.
d) Cabe à lei complementar instituir o plano plurianual
e as diretrizes orçamentárias.
e) É vedada a vinculação de receita de impostos
municipais para pagamento de débitos do Município
para com a União.

108) (ESAF/Esp. Polít. Púb. e Gestão


Gov./MPOG/2002) Sobre a repartição de
competências no Estado federal brasileiro, assinale a
opção correta.

a) Quanto ao aspecto tributário, a competência


legislativa dos Estados-membros é apenas residual.
b) No àmbito da competência le-islativa concorrente,
sempre que houver conflito entre legislação federal e
legislação estadual, aquela deve prevalecer, em face da
sua superioridade hierárquica.
c) É inconstitucional a lei estadual que, no âmbito da
competência legislativa concorrente. dispõe sobre
normas gerais que a União não editou.
d) A título de suplementação da legislação federal. o
Município tem competência para legislar sobre horário
de funcionamento das agências bancárias no seu
território.
e) AUnião pode autorizarque os Estados membros
legislem sobre questões específicas compreendidas no
âmbito da sua competência legislativa privativa.

109) (ESAF/-MPOG/2001) Assinale a opção correta.

a) Cabe exclusivamente ao Poder Executivo e ao


Poder Legislativo a análise dos pressupostos da
uraência e da relevância das medidas provisórias.
b) Por ter força de lei, uma medida provisória pode
definir fato como crime.
c) Medida provisória não pode ser objeto de ação
direta de inconstitucionalidade perante o Supremo
Tribunal Federal.
d) Não há impedimento a que, em seguida à rejeição
da medida provisória ou imediatamente depois de
vencido o prazo de 30 dias para que seja apreciada
pelo Congresso Nacional, o Presidente da República t,
reedite a medida provisória.
e) Não afronta o princípio da legalidade em matéria
tributária o aumento de imposto por meio de medida
provisória.

110) (ESAF/AFRF/2001) Sabe-se que a Constituição


em vigor não prevê a flaura do Decreto-Lei. Sobre um
Decreto-Lei, editado antes da Constituição em vigor,
cujo conteúdo é compatível com esta, é possível
,afirmar:

a) Continua a produzir efeitos na vigência da nova


Carta, por força do mecanismo da recepção.
b) Deve ser considerado formalmente inconstitucional
e, por isso, insuscetível de produzir efeitos, pelo
menos a partir da Constituição de 1988.
c) Deve ser considerado revogado com o advento da
nova Constituição.
d) Deve ser considerado repristinado, podendo
produzir efeitos parciais.
e) Passa a valer como decreto autônomo, perdendo a
sua eficácia com relação às matérias submetidas ao
princípio da legalidade.

111) (ESAF/AFR.F/2001) Assinale a opção que não


contém matéria estabelecida pela Constituição como
cláusula pétrea.

a) Processo legislativo.
b) Voto direto, secreto, universal e periódico.
c) Forma federativa do Estado.
d) Separação dos poderes.
e) Direitos e garantias individuais.

112) (ESAF/AFC/2001) Apresenta característica típica


de Constituição rígida aquela que

a) somente admite mudanças no seu texto por meio de


procedimentos mais demorados e dificeis do que o
procedimento comum de elaboração das leis.
b) resulta de lenta formação histórica, do lento evoluir
das tradições, sendo por isso mesmo dotada de maior
estabilidade, decorrente do prestígio social das suas
prescrições. c) não consagra direitos fundamentais no
seu texto.
d) não admite a reforma do seu texto por meios
institucionais.
e) não prevê o controle de constitucionalidade das leis.
113) (ESAF/AFC/2001) Acerca da hierarquia das
normas, assinale a opção correta.

a) As leis federais são, por definição, superiores


hierarquicamente às leis estaduais.
b) Segundo o princípio da unidade da Constituição, as
normas constitucionais protegidas como cláusulas
pétreas são superiores hierarquicamente às demais
normas constitucionais. c) Não existe hierarquia entre
as normas do Ato das Disposições Constitucionais
Transitórias da Constituição de 1988 e as normas que
compõem o corpo principal da mesma Constituição.
d) Substituída uma Constituição por outra, as normas
da Constituição antiga que não forem, no seu
conteúdo, incompatíveis com o novo Texto Mamo,
continuam em vigor, mas com hierarquia de lei
ordinária.
e) As emendas à Constituição são hierarquicamente
inferiores às normas da Constituição editadas pelo
Poder Constituinte originário.

114) Podemos afirmar que, sem território

a) a existência do Estado não é possível.


b) a existência do Estado é possível.
c) o Estado federal pode existir.
d) o Estado soberano pode existir.
e) o Estado simples pode existir.

115) Analise as proposições I, II e III e assinale a


alternativa correta:

I - 0 surgimento do Estado moderno é atribuído à


instabilidade política. econômica e social que se
observava na Idade Média.
II- 0 feudalismo nasce como consequencia da
fraqueza do Estado diante da desordem e da miséria
que se abateu sobre o Ocidente.
III- A cidade-estado é um dos elementos
caracterizadores do Estado grego.

a) Apenas a proposição I é correta.


b) Apenas a proposição II é correta.
c) Apenas a proposição III é correta.
d) As proposições I e II são igualmente corretas.
e) As proposições I, II e III são igualmente corretas.

116) (Juiz Sub./MG/2000) Não é cláusula pétrea da


Constituição Federal:

a) A proibição de prisão perpétua.


b) A forma federativa de Estado.
c) A separação de poderes.
d) Os direitos e garantias individuais.
e) 0 sistema Presidencial de Governo.
117) (TRE-MG/Técnico Jud./97) Assinale a
alternativa que não contém hipótese de exercício da
soberania popular:

a) plebiscito.
b) filiação partidária.
c) referendo.
d) voto direto e secreto.
e) iniciativa legislativa popular.

118) (Procurador/RS/97) 0 princípio que mais


adequadamente caracteriza a opção da Constituição
sobre o que ela própria denomina literalmente de
forma de Estado é:

a) a autonomia da União, dos Estados, do Distrito


Federal e dos Municípios.
b) o devido processo legal.
c) a separação dos poderes.
d) a eletividade e temporariedade do chefe de Estado.
e) a participação dos administrados nas principais
decisões do poder público.

119) (Procurado r/RS/97) Maioria absoluta. quando


exigida na Constitulcão para deliberação de casa ou
comissão no Legislativo, significa, rigorosamente:
a) a maioria dos votos, presente a maioria de seus
membros.
b) a maioria de 3/5 dos votos dos presentes na sessão.
c) a metade mais um dos votos de seus membros.
d) o número inteiro imediatamente superior à metade
de seus membros.
e) a maioria de 3/5 dos votos dos seus membros.

120) (OAB/RJ/Março/99) Assinale a alternativa


correta:

a) 0 Poder Constituinte originário exercitado, no


Estado Federal brasileiro, pelo Distrito Federal e pelos
Municípios, na formulação das suas respectivas
Constituições, é limitado e condicionado.
b) A proposta de emenda à Constituição Federal será
discutida e votada em cada Casa do Congresso
Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se
obtiver, em ambos, três quintos dos votos dos
respectivos membros.
c) 0 Poder Constituinte derivado decorrente utilizado,
no Estado Federal brasileiro, pelos Estados Federados,
na elaboração das suas respectivas Constituições, é
ilimitado e incondicionado
d) A proposta de emenda à Constituição Federal,
depois de aprovada pelas Casas do Congresso
Nacional, será sancionada e promulgada pelo
Presidente da República, com o respectivo número de
ordem.

121) (OAB/RJ/Dez./99) Assinale a alternativa


incorreta:

a) São características fundamentais do Poder estatal a


unidade, a indivisibilidade e a indeleaabilidade, em
regra.
b) É da competência exclusiva do Congresso Nacional
sustar os atos normativos do Poder Executivo que
exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de
delegação legislativa.
c) 0 Presidente e o Vice-Presidente da República não
poderão, sem licença do Congresso Nacional,
ausentar-se do País por período superior a quinze dias,
sob pena de perda do cargo.
d) Os Ministros do Supremo Tribunal Federal serão
nomeados pelo Presidente da República, depois de
aprovada a escolha pela maioria absoluta dos membros
das Casas do Congresso Nacional.

122) (FUMARC/Serv. Notoriais/99) É incorreto


afirmar, no que pertine à vigência da lei, que

a) salvo disposição em contrário, a lei começa a


vigorar em todo o país quarenta e cinco dias depois de
oficialmente publicada.
b) quando a lei, ao ser publicada, contiver incorreções
e erros materiais que lhe descaracterizem o texto,
impõe-se a sua republicação total ou parcial.
c) conta-se o prazo da vacatio legis, excluindo-se o dia
do começo e incluindo-se o do encerramento
computados domingos e feriados.
d) se a republicação da lei tiver de ocorrer antes de sua
entrada em vigor, a parte republicada terá prazo de
vigência contado a partir da nova publicação.
e) quando admitida, a lei brasileira toma-se
obrigatória, nos Estados estrangeiros, sessenta dias
após sua publicação.

123) (FUMARC/TA/94) Arespeito da vigência das


leis, é incorreto afirmar que

a) a lei que não se destina a vigência temporária terá


vigor até que outra a modifique ou revogue.
b) o período compreendido entre a datada publicação
da lei e a do início de sua vigência chama-se "vacatio
legis".
c) salvo disposição em contrário, alei revogada não se
restaura por ter a lei revogadora perdido a vigência.
d) há sempre coincidência entre a data da publicação
da lei e a do início de sua vigência.

124) (FUMARC/TA/94) Assinale a afirmativa


incorreta:
a) A coercibilidade é uma característica da norma
jurídica.
b) A coercibilidade distingue a norma jurídica da
norma moral.
c) Fontes formais do direito são as que conferem a
uma regra o caráter de direito positivo e obrigatório.
d) A legislação sobressai dentre as fontes materiais do
direito.

125) (FUMARC/TA/94) Levando em conta os


critérios de distinção entre Direito Público e Direito
Privado, assinale a alternativa correta:

a) A divisão do Direito em público e privado não


revela caráter rigorosamente lógico.
b) Direito Constitucional, Direito Administrativo,
Direito Financeiro e Direito do Trabalho são ramos do
Direito Público.
c) No Direito Privado, as relações reguladas são
sempre de coordenação, dada a posição de igualdade
dos suíeitos que as integram.
d) No Direito Privado, as normas tutelam apenas o
interesse particular.

126) (FUMARC/TA/94) Correlacione as duas colunas


e escolha, a seguir, a alternativa correta:
1. 0 direito não permite o uso privado do dinheiro
público. A- Justo.
2. 0 Estado tem o direito de legislar.
B- Ciência.
3. A educação é direito da criança.
C- Faculdade.
4. Cabe ao direito estudar a criminalidade.
D- Norma.
5. 0 direito integra a realidade cultural de um
povo. E- Fato social.

a) IA, 2B, 3C, 4D, 5E.


b) lD, 2C, 3A, 4B, 5E.
c) IA, 2C, 3D, 4E, 5B.
d) ID, 2C, 3A, 4E, 5B.

127) (XLI/MP/2001) 0 que são cláusulas pétreas?

a) São as cláusulas que não podem ser reformadas na


Constituição Federal.
b) São as cláusulas que podem ser reformadas pelo
Poder Constituinte derivado.
c) São as cláusulas que estabelecem direitos do Poder
Executivo.
d) São as cláusulas que estabelecem apenas direitos e
garantias individuais.
e) São as cláusulas que regem, exclusivamente, a
forma federativa do Estado.
128) (UnB/CEAJUR/Ass./2001) 0 federalismo é
princípio fundamental da ordem constitucional
brasileira e foi explicitado por meio de inúmeros
dispositivos que lhe dão conficuração própria, a partir
dos quais seguem-se outros desdobramentos. Quanto
ao tema, julgue os itens a seguir.

1) ( ) 0 modelo adotado - federalismo de equilíbrio


-prevê competências concorrentes para legislar e
competências administrativas comuns.
2) ( ) A representação dos estados e do DF no Poder
Legislativo central fica a cargo do Senado Federal;
cada um desses entes autônomos terá exatamente dois
senadores com mandato de oito anos.
3) ( ) A modificação da repartição tributária em
eventual reforma constitucional não atinge o modelo
de federação adotado, muito menos pode-se configurar
em ameaça a cláusula pétrea.
4) ( ) A organização e a manutenção, no DF, pela
União, da Defensoria Pública, da Procuradoria e do
Ministério Público violam a autonomia desse ente
federativo.
5) ( ) As constituições estaduais são ordenamentos
parciais constitutivos do Estado federal possuindo
caráter derivado e subordinado ao poder constituinte
nacional.
129) (FUMARC/Oficial Jud./TA/2002) Não está
correta a seguinte definição:

a) DIREITO POSITIVO: o ordenamento ideal,


correspondente a uma justiça superior e
intrinsecamente boa e legítima.
b) DIREITO SUBJETIVO: permissão dada por meio
do direito objetivo a um determinado titular para o uso
de uma certa faculdade.
c) DIREITO OBJETIVO: conjunto de normas
estabelecidas pelo poder político com vistas a regular a
vida social de um povo em determinada época.
d) DIREITO NATURAL- ordem suprema, fundada na
natureza humana, perpétua e comum a todos os povos.

130) (FUMARC/Oficial Jud./TA/2002) Quanto à


divisão do Direito em Público e Privado, todas as
afirmativas abaixo são corretas, exceto:

a) Tanto o Direito Público quanto o Direito Privado


admitem subdivisões internas.
b) Em regra, o Direito Público é irrenunciável, ao
passo que o Direito Privado admite renúncia.
c) 0 Direito Privado marca-se pela subordinação e o
Direito Público, pela coordenação.
d) A distinção entre Direito Público e Direito Privado
está sujeita a se modificar no tempo e no espaço,
segundo as tendências sociais e políticas.
GABARITO

01) 02) 03) 04) 05) 06)


08) 07) 09) B
D D B B A D B E 10) E
11) 12) 13) 14) 15) 16)
18) 17) 19) C
C C C B c ECC A 20) D
CE
C
21) 22) 23) 24) 25) 26) 27) 28) 29) E
CC B C B B A C A 30) CC
CE EEE
E
31) 32) 33) 34) 35) 36) 37) 38) 39) A
CC B B E D A E B 40) D
EE
C
41) 42) 43) 44) 45) 46) 47) 48) 49) E
B B A B A B C B 50) EC
EEE
51) 52) 53) 54) 55) 56) 57) 58) 59) C
E A D A D B C D 60) B
61) 62) 63) 64) 65) 66) 67) 68) 69) D
D E C D D D E C 70) C
71) 72) 73) 74) 75) 76) 77) 78) 79) C
D B B A C C B E 80) B

81) 82) 83) 84) 85) 86) 87) 88) 89) D


B C B C A A D E 90) A
91) 92) 93) 94) 95) 96) 97) 98) 99) C
D A C E E C E B 100)C
101) 102) 103) 104) 105) 106) 107) 108) 109) E
E E B E C E A E 110) A
111) 112) 113) 114) 115) 116) 117) 118) 119 ) D
A A C A E B A 120) B
121) 122) 123) 124) 125) 126) 127) 128) 129) A
D E D D C B A CE 130) C
EEC

Você também pode gostar