Você está na página 1de 4

KIHON GEIKO - TREINO BÁSICO

A aplicação do Kihon Geiko é muito importante, principalmente ao iniciante. Cada exercício deve ser repetido mais de trinta vezes por sessão, e uma sessão ocupa de 20 a 30 minutos. A melhor postura para praticar o Kihon Geiko é o Sanchin Dachi, pois é prática para concentrar a força na boca do estômago (Tanden), fortalece as pernas e há a possibilidade de boa postura e rotação do tronco.

O Kihon Geiko é à base do Karate Kyokushinkaikan, pois é com esses golpes que iniciamos na arte marcial. O movimento de base deve ser totalmente dominado e compreendido, pois se não dominar não poderemos passar a fases subseqüentes. Lembre-se que primeiramente devemos aprender o golpe em si, ou seja, tecnicamente (como executá-lo de forma correta, corrigindo postura, impacto de golpe, rotação de quadril, etc). A partir disso devemos colocar as essências, para que o golpe se torne mais evidente (Velocidade e força). Lembre-se que não deve golpear com força e velocidade um golpe que você acabou de aprender. Isso é um erro, pois pode contundir-se facilmente. O modo correto de golpear depende da boa correção não só por parte dos professores como de sua própria (utilizamos o espelho para a correção e lembramos dos ensinamentos em aula pelo professor, pelos alunos mais adiantados). O Kihon Geiko em sua primeira fase é muita estressante ao iniciante, pois até coordenar uma série de movimentos, terá que ter muita paciência. Mas lembre-se que no começo tudo é difícil, mas logo dominará as técnicas básicas e passará para uma fase subseqüente, onde tornará mais empolgante e dinâmico.

Os nomes de golpes do Kihon Geiko são em Japonês, por isso vá acostumando a pronunciá-lo de acordo com que o professor ordena em aula, pois dessa forma memorizará facilmente.

Os nomes dos golpes são escritos e falados em japonês, e em aula também usamos termos genéricos de Karate, todos em japonês. O Karate Kyokushinkaikan é Universal, e em qualquer parte do mundo, os golpes são os

mesmos. Se forem traduzidos

para

o

português, a tradução teria muitas

conotações e seriam imensos as

frases

vindo

ou nomes

de golpes. Pela tradição

milenar da arte e dos costumes

do Japão

e

por

se tornar

uma arte

autêntica é que utilizamos termos genéricos em Japonês.

ATAQUES COM OS PUNHOS (SEIKEN)

E COM OS PUNHOS INVERTIDOS (URAKEN)

POSIÇÃO SANCHIN DACHI MIGI (Direita)

  • 1. SEIKEN CHUDAN ZUKI - Soco frontal ao nível médio (altura do estômago)

  • 2. SEIKEN JODAN ZUKI - Soco frontal ao nível alto (altura do rosto)

  • 3. URAKEN SHOMEM UCHI - Soco invertido frontal (altura do nariz)

  • 4. URAKEN SAYU UCHI - Soco invertido lateral (altura do rosto)

  • 5. URAKEN HIZO UCHI - Soco invertido lateral (altura das costelas - baço)

  • 6. URAKEN MAWASHI UCHI - Soco invertido circular, altura do rosto

  • 7. SEIKEN AGO UCHI - Soco com o punho, frontal, altura do queixo.

POSIÇÃO KIBA DACHI - (Posição a cavaleiro)

  • 8. SEIKEN SHITA ZUKI - Soco frontal baixo, altura do estômago, mas com as costas das mãos viradas para baixo.

  • 9. HIJI UCHI – Cotovelada circular, altura do rosto.

DEFESAS (U K E) POSIÇÃO SANCHIN DACHI MIGI (Direita)

  • 10. SEIKEN JODAN UKE - Defesa Ascendente, defendendo rosto.

  • 11. SEIKEN CHUDAN SOTO UKE - Defesa de Fora para Dentro, defendendo o estômago.

  • 12. SEIKEN CHUDAN UCHI UKE - Defesa de Dentro para Fora, defendendo o estômago.

  • 13. SEIKEN GEDAN BARAI - Defesa de cima para baixo, defendendo o ponto vital, e ou estômago.

  • 14. SEIKEN CHUDAN UCHI UKE GEDAN BARAI - Defesa Dupla, defendendo o ponto vital e estômago.

ATAQUES COM A FACA DA MÃO (SHUTO) POSIÇÃO SANCHIN DACHI MIGI (Direita)

  • 15. SHUTO GAMEM UCHI – Cutelada circular, de fora para dentro, na altura da têmpora.

  • 16. SHUTO SAKOTSU UCHI – Cutelada de trás para frente, atingindo a clavícula.

  • 17. SHUTO SAKOTSU UCHIKOMI – Cutelada frontal penetrante, atingindo a clavícula.

  • 18. SHUTO UCHI UCHI – Cutelada de dentro para fora, atingindo o pescoço. Serve também para puxar o pescoço do adversário e aplicar joelhada.

  • 19. SHUTO HIZO UCHI – Cutelada circular de cima para baixo, em diagonal, atingindo as costelas ou o Baço.

CHUTES – GERI / POSIÇÃO KUMITE DACHI

  • 20. MAE KEAGE GERI - Chute Frontal com a perna estendida.

POSIÇÃO FUDO DACHI

  • 21. UCHI MAWASHI GERI - Chute de Dentro para Fora.

  • 22. SOTO MAWASHI GERI - Chute de Fora para Dentro.

  • 23. HIZA GERI - Joelhada.

  • 24. KIN GERI - Chute rápido atingindo a virilha.

  • 25. MAE GERI - Chute Frontal.

  • 26. MAWASHI GERI - Chute Circular.

  • 27. YOKO KEAGE GERI - Chute lateral com a perna estendida.

  • 28. YOKO GERI - Chute Lateral.

  • 29. KANSETSU GERI - Chute na articulação do joelho.

  • 30. USHIRO GERI - Chute para trás.

POSIÇÃO SANCHIN DACHI

Para treinarmos o Kihon Geiko, utilizamos uma posição muito peculiar

denominada de Sanchin Dachi (Posição de Meia Lua). A posição Sanchin Dachi é uma ótima posição para o fortalecimento das pernas e do abdômen. Nesta posição realizaremos a maior parte dos golpes de braços (Ataques com os punhos (Seiken e Uraken), Defesas (Uke) e Ataques com a Faca da mão (Shuto).

A base Sanchin Dachi deve ser forte, contrair o “TANDEN“ (Abdômen) e utilizar o quadril e as alavancas para impulsionar o golpe certeiro.

Antigamente treinava-se a posição Sanchin Dachi, muitas horas seguidas até que o praticante domina-se a posição. Utilizava entre os seus joelhos uma laranja (uma bola pequena de borracha, ou algum objeto pequeno e arredondado), pois a posição Sanchin Dachi deve estar com os joelhos semiflexionados, voltado ao centro. Caso caísse a laranja (ou o objeto) durante a execução dos movimentos, castigos lhes eram impostos, pois alegava que ainda estava imaturo para a prática do Kihon e que deveriam treinar mais intensamente, para poder aprender a fase subseqüente.

denominada de Sanchin Dachi (Posição de Meia Lua). A posição Sanchin Dachi é uma ótima posição

KIHON GEIKO - VÍDEO