Você está na página 1de 3

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos

Correios – Minas Gerais: necessidade imediata de


pessoal
 Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010

Com 1.478 vagas, Minas Gerais é o segundo estado com o maior número de
oportunidades no concurso dos Correios, perdendo apenas para São Paulo, que conta
com 1.497 vagas. Segundo a Coordenadora De Recursos Humanos Da Estatal Na
Região, Luciana Camargos, os novos funcionários irão revigorar o quadro de pessoal.
"A entrada dos novos funcionários representa a oxigenação da empresa. A união do
vigor e vitalidade dos novos somados à experiência dos antigos resultarão na melhoria
do atendimento", disse.

Segundo a coordenadora, as vagas irão atender exatamente o quantitativo que a empresa


carece e são originárias das demissões voluntárias que aconteceram em 2009 e do longo
período que a diretoria regional ficou sem contratar.

Devido à proximidade do término do prazo de inscrição, Luciana Camargos alerta: "As


pessoas que estiverem tendo dificuldades em se inscrever pelo site devem procurar as
agências ou acessar em horários alternativos".

 Minas Gerais é o segundo estado com a maior oferta neste concurso: 1.478 vagas.
Podemos atribuir isso à carência de pessoal?
Quais os motivos dessa oferta elevada?

Luciana Camargos - Nós tivemos uma grande quantidade de pessoas que saíram
através do Programa de Demissão Voluntária (PDV). Também há um programa de
modelo de medição, chamado Sistema de Distritamento (SD), que faz um levantamento
da carga e da necessidade de pessoas em cada unidade. E o SD apontou a carência desse
quantitativo que estamos solicitando neste concurso. Durante muito tempo, Minas
Gerais ficou numa retenção muito grande na contratação, mas chega um momento em
que a empresa fica sobrecarregada, e o momento é agora, estamos no limite. Tivemos
um aumento muito grande de contratos, nossa área comercial trabalhou muito nos
últimos anos, e agora, para 2010, fechamos três grandes contratos que vão precisar de
mais pessoas.

 Como está estruturado o quadro de pessoal?


Hoje, a diretoria regional dos Correios de Minas Gerais está trabalhando com efetivo
total de 12.674 funcionários, sendo 10.810 celetistas, 1.864 terceirizados e nenhum
estatutário. Todos os servidores estatutários saíram no PDV do ano passado, ao todo,
foram 554. Também temos estagiários e um programa chamado Cidadania em Ação,
que é voltado para os portadores de deficiência física, que tem como objetivo ensinar
um ofício para essas pessoas, para que elas possam formar uma carreira profissional.
Esses trabalhadores entram nos Correios e permanecem por quatro anos. Após esse
período, eles saem aptos para se inserirem no mercado de trabalho ou tentarem retornar
à empresa através do concurso, pois destinamos em todas as seleções uma cota de 20%
para os deficientes, então, é uma possibilidade.

 Há funcionários em vias de se aposentar?


Sim, nós temos alguns. No entanto, grande parte dos aposentados já saiu em 2009, com
o PDV que aconteceu. A empresa incentivou a saída desses funcionários.

 Quais os cargos e os locais com maior carência?


As funções com maior carência são as de carteiro e atendente comercial. Existem
cidades no interior que precisam muito, assim como também há carência em cidades na
Região Metropolitana. Não existe um foco de carência, ela é generalizada. As vagas
estão distribuídas para suprir essas necessidades durante os próximos dois anos.

 A validade do concurso é de um ano, podendo dobrar. Nesse período, mais


aprovados poderão ser chamados? Qual a expectativa (em números) de quantos
mais poderão ser chamados além do número de vagas?
A expectativa inicial é que a gente cumpra essas 1.478 vagas, mas o concurso também
gera um cadastro, o que não descarta a possibilidade de mais contratações. Se ao longo
desse período de validade nós fecharmos mais contratos especiais e precisarmos de mais
mão-de-obra, teremos que abrir novas vagas e, claro, consultaremos o cadastro que
ficou deste concurso.

 Quando as convocações terão início?


Se tudo correr bem, conforme a agenda, as contratações irão começar logo em abril.
Não podemos esquecer que este ano tem eleições e que temos que efetuar as
contratações dentro deste período.

 Qual a situação atual dos Correios de Minas em termos de infra-estrutura?


Em Minas Gerais, nós temos uma preocupação muito grande com essa questão. Por
isso, tendo uma forte política de recursos humanos, a diretoria regional traduz todo seu
empenho com o programa Mais Correios, que pretende promover ao empregado um
ambiente de trabalho adequado, estimulante e dentro das condições técnicas necessárias.
Acreditamos que um bom ambiente físico é um dos principais meios de fornecer
condições para que o empregado possa trabalhar satisfeito.

 Quando foi realizado o último concurso? Quantas vagas foram destinadas ao


Estado de Minas Gerais?
O último concurso para carteiro aconteceu em 2007 e expirou no dia 5 de dezembro do
ano passado. Já para atendente, a última seleção aconteceu em 2008 e expirou em 1º de
julho também do ano passado. Ambos os concursos foram para formação de cadastro de
reserva.

 O que vai representar para a estatal a entrada dos novos funcionários?


Uma oxigenação, pois são novas pessoas que entrarão na empresa trazendo novos ares.
Hoje, o perfil dos nossos carteiros que estão passando no concurso são jovens com
idade entre 20 e 25 anos e isso representa um impacto positivo tanto na imagem da
empresa, como na própria equipe de trabalho, pelo vigor, pela vitalidade típica daqueles
que estão iniciando a vida profissional. E isso, somado à experiência dos antigos
funcionários, resulta em uma união muito saudável que, conseqüentemente, reflete no
atendimento ao público.

 Qual a importância da realização de um grande concurso como este?


A reposição de vaga visa diretamente à manutenção do serviço de qualidade para a
sociedade. É uma forma dos Correios manterem a credibilidade através da capacitação e
o investimento da melhoria dos serviços que é prestado à população.

 As inscrições encerram-se nesta sexta, dia 15. A senhora gostaria de fazer alguma
recomendação aos interessados em participar do concurso?
As pessoas que estiverem tendo dificuldades em se inscrever pelo site devem procurar
as agências. O número de acessos está sendo muito grande e há o receio de que aconteça
algum congestionamento na rede. Diante disso, também sugiro que procurem acessar o
site em horários alternativos, por exemplo, depois das 18h. Não deixem de participar.

 Que mensagem a senhora gostaria de deixar aos futuros aprovados?


Os Correios, atualmente, são uma empresa muito boa para se trabalhar. Quem entra fica
dez, 20, 30 anos, porque a forma como conduzimos o processo, aqui em Minas Gerais, é
baseada em três pilares: negócios, clima organizacional e responsabilidade social. Esses
três fatores demonstram o interesse da empresa no bem-estar do ser humano. Então,
aqueles que passarem no concurso, podem ter certeza que estarão entrando para a
família Correios.