SISTEMA DIGESTÓRIO

O sistema digestório é responsável pela nutrição do nosso organismo,
tornando alimentos ingeridos solúveis para que sejam absorvidos e
assimilados.

Suas

funções

básicas

são

de

preensão,

mastigação,

transformação química e absorção dos alimentos e eliminação dos resíduos.
Os dois principais processos envolvidos são a atividade enzimática e a
motilidade, através dos movimentos peristálticos.
Divide-se em:

Canal alimentar – cavidade oral, fauces, faringe, esôfago, estomago,
intestinos delgado e grosso e o reto.

Órgãos anexos – glândulas salivares, fígado e pâncreas.

e fazem parte de um anel linfático da faringe. 4 caninos. Separam a cavidade oral da cavidade nasal. Os lábios são pregas cutaneomiomucosas. No adulto há 32 dentes (8 incisivos. que é uma saliência cônica. que começa a . Na parte mucosa apresentam frênulos. Existem duas dentições: a primária.CAVIDADE ORAL Divide-se em vestíbulo da boca (limitado pelos lábios e bochecha de um lado e gengiva e dentes por outro) e cavidade própria da boca. projeta-se do palato mole. localizam-se na fossa tonsilar. mastigação e na fala. O teto da cavidade é formado pelo palato duro (ósseo) e palato mole (muscular). fungiformes. circunvaladas e folhadas. 8 prémolares e 12 molares). A língua é um músculo revestido por mucosa. Os dentes localizam-se em cavidades da maxila e mandíbula. As tonsilas palatinas (amígdalas) são formadas por tecido linfoide. cônicas. colo e coroa. A úvula palatina. denominadas alvéolos dentais e têm a função de mastigação. É importante na deglutição. Apresenta as papilas linguais: filiformes (em forma de fio). Possui três partes básicas: raiz. proteção e também tem papel na articulação das palavras.

Na junção com o estômago apresenta um músculo esfíncter. 2. responsável por controlar o fluxo e evitar o refluxo alimentar. Três pares são os mais importantes: 1. Glândula sublingual – é a menor. Glândula parótida – é a maior.aparecer aos 6 meses de idade e vai sendo substituída pela permanente a partir dos 6 ou 7 anos de idade. 3. Glândula submandibular – localiza-se anteriormente à parte mais inferior da parótida. responsáveis pelo umedecimento. . localizando-se na lateral da face e anteriormente à orelha. dissolução. mas localizam-se na cavidade oral. localizando-se inferiormente à língua. lubrificação do alimento e início da digestão de polissacarídeos. Apresenta três partes: cervical. GLÂNDULAS SALIVARES São órgãos anexos do sistema digestório. ESÔFAGO É um tubo muscular e membranáceo que dá continuidade à faringe e é continuado pelo estômago. torácica e abdominal. FARINGE *Veja no Sistema Respiratório. o qual é impulsionado através dos movimentos peristálticos. Sua luz aumenta durante a passagem do bolo alimentar.

gástricas próprias e pilóricas).  Pilórica – parte terminal continuada pelo duodeno.  Corpo gástrico – é a maior parte do órgão. dependendo da parte considerada.  Tela submucosa – formada por tecido conjuntivo frouxo. fibras oblíquas e circular). .  Túnica muscular – pode apresentar dois estratos (longitudinal e circular) ou três (longitudinal. É continuado pelo intestino delgado.  Túnica mucosa – possui pregas gástricas e muitas glândulas gástricas (cárdicas. é um órgão visceral com estratificações. Estratificação da parede:  Túnica serosa – reveste maior parte do órgão (peritônio).ESTÔMAGO Localizado logo abaixo do músculo diafragma.  Fundo – porção superior próxima à cárdia. apresentando dois orifícios: óstio cárdico (comunica-se com o esôfago) e óstio pilórico (comunica-se com o duodeno). Partes:  Cárdia – junção com o esôfago.

Apresentam dilatações limitadas por sulcos transversais. . Contêm muco. INTESTINO GROSSO É canal final do sistema digestório. Possuem várias alças intestinais. horizontal e descendente. enzimas e hormônios. tendo calibre maior. Jejuno e íleo são a continuação do duodeno e não têm limite nítido. O intestino delgado mede cerca de 2.INTESTINO DELGADO Constituído por três segmentos: duodeno. Pode ser separado em quatro partes: superior. absorção e secreção. jejuno e íleo. mas é mais curto do que o delgado. A bile é trazida pelo ducto colédoco e a secreção pancreática é trazida pelo ducto pancreático. Com cerca de 26 cm. chamadas saculações do colo. então são descritos juntos. tendo grande contato com o quimo e ricamente vascularizada. Têm como funções terminar a digestão. ambos desembocam na parte descendente do duodeno. sua mucosa é altamente adaptada para tal função. descendente. o duodeno é o começo do intestino delgado.5 metros e como é especializado na absorção.

secreção da bile e mecanismos de defesa.É divido em segmentos: ceco (porção inicial). colo ascendente. chamado apêndice vermiforme. . FÍGADO Localiza-se à direita e abaixo do m. diafragma. O colo sigmoide funciona como um reservatório de fezes e o reto tem essa função até pouco antes da defecação. É uma glândula de extrema importância exercendo papéis como metabolismo dos carboidratos. colo sigmoide e reto. colo descendente. colo transverso. O ceco apresenta um prolongamento cilindróide que se destaca. gordura e proteínas.

Possui quatro lobos: direito. A vesícula biliar localiza-se entre os lobos direito e quadrado. ducto hepático. nervos e vasos linfáticos. A bile sai do fígado e passar pelos dúctulos bilíferos. artéria hepática. O pedículo hepático é constituído pela veia porta. esquerdo. que formam os ductos hepáticos direito e esquerdo. A veia cava inferior aloja-se num sulco entre os lobos direito e caudado. que depois se tornam o ducto hepático . quadrado e caudado.

colo e ducto cístico. corpo e cauda. O suco pancreático é produto da secreção exócrina e contém enzimas para digerir proteínas. A vesícula biliar serve para armazenar e concentrar a bile. infundíbulo. glicídios e lipídios. formando o ducto colédoco. que desemboca no duodeno juntamente com o ducto pancreático. dividida em partes: cabeça. . A insulina e o glucagon são produtos da secreção endócrina realizada pelas ilhotas pancreáticas e são liberados diretamente na corrente sanguínea. corpo. É recolhido por dúctulos que confluem no ducto pancreático (principal e acessório) que se junta ao ducto colédoco formando um ducto comum que desemboca no duodeno. É um saco piriforme que tem as seguintes partes: fundo.comum que encontra o ducto cístico. PÂNCREAS É uma glândula (exócrina e endócrina) situada posteriormente ao estômago.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful