Você está na página 1de 4

O Poder do Sangue de Jesus

I - Alusão

Desde o principio da criação o homem sempre desejou poder; mesmo quando


uma coroa de autoridade sobre foi-lhe outorgada pelo Senhor para que ele dominasse
sobre toda criatura.
Após a sua queda pelo pecado no jardim do Éden, veio o desejo maior, apesar o
se humano não tivesse o menor sentimento ou desejo de agradar a Deus, e sim,
possuir, liderar e tomar todos os bens matérias. Esse vicio libidinoso foi passado para
todos os descendentes, incluindo todos os profetas, sacerdotes, discípulos e apóstolos;
chegando aos dias atuais.

II – Quatro Podes Fisioquímico

1. Fogo – Com o domínio sobre o fogo, o homem conseguiu tirar grandes


proveitos, como: Cozinhar, aquecer, derreter substancias para fazer
ferramentas e etc. Por fim descobriu que o fogo é uma arma mortal e começou
a fazer ações que desagradava a Deus, quando passou a matar os seus
semelhantes.
2. Pólvora – Com o aparecimento da pólvora, a vida humana tornou-se mais fácil,
pois agora conseguia destruir grandes pedras, abrir estradas, mover obstáculos
e caçar animais a longa distancia. Porém, não se conformou com a evolução da
arma de fogo para combater animais ferozes, e novamente passou a abater o
seu semelhante, dando inicio as grandes fábricas de materiais bélicos para
aumentar a carnificina das suas guerras.
3. Nitroglicerina – Com essa substancia liquida o homem conseguiu um grande
avanço, como: Detonar tudo debaixo d’água, e a expansão de artigo conhecido
por dinamite e outras maquinação que beneficiou a humanidade em uma área
e prejudicou em outras.
4. Átomo – Na atualidade conhecemos o uma forma de energia mais poderosa de
todos os tempos. A sua radiação é capaz de nos proporcionar grandes
benefícios, que seja na saúde, nas viagens ao espaço, nas cidades e em áreas
quem não imaginamos. A energia atômica é extraída dos elementos: Plutônio,
cobalto, césio 23 e outros. E como o gênero humano não se conforma em
edificar a sua existência, sempre entra em confronto com alguém que lhe
apresente oposição. No caso do átomo, os cientistas também inventaram a
bomba atômica que causa um extermino em massa, prejudicando também
todo o meio ambiente.

III – O Verdadeiro Poder

Em tudo que existe no universo, não há nada mais poderoso e edificado que o
poder no “Sangue de Jesus”, o Filho amado de Deus.
Desde o primeiro homem (Adão), que contaminou toda a humanidade com o
seu pecado original, nenhuma substancia conseguiu restaurar o universo e em especial
o homem, a não ser o Sangue de Cristo, que foi crucificado, morte e ressurreto ao
terceiro dia. Somente Ele é capaz de restaurar vidas, lares destruídos, curar
enfermidades.

Apocalipse 1:5
E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o
príncipe dos reis da terra. Aquele que nos ama, e em seu Sangue nos lavou dos nossos
pecados.

1. O poder do Sangue de Jesus é Fogo que aquece os corações feridos pelo


pecado transformando o mais vil pecador em uma nova criatura.
2. O pode do Sangue de Jesus é mais solido que a Pólvora; quebrando
vidas presas aos delitos carnais, e renovando uma eterna comunhão
com Deus.
3. O poder do Sangue de Jesus torna-se mais liquido e sensível que a
Nitroglicerina, capaz de dinamitar aos que estão no profundo oceano de
perdição e dor, trazendo aos verdejantes pastos de gozo e comunhão
com o Espírito Santo.
4. O poder do Sangue de Jesus é mais radiativo que a própria energia
Atômica, não causa danos nuclear, mas penetra na cerne da alma
humana e restaura todas as feridas feitas durante o período probatório
na face da terra.
5.
I João 1:7
Mas, se andarmos na luz, como Ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e
o Sangue de Jesus Cristo seu Filho, nos purifica de todo pecado.

A terra recebeu o sangue de vários homens santo, porém nada aconteceu. Mas
quando o Sangue de Jesus verteu sobre o chão, o véu do Templo foi rasgado de alto a
baixo, que por sinal no Velho Testamento ninguém poderia ver o Santuário a não ser o
Sumo Sacerdote; e o véu tinha uma média de 13 (treze), centímetros na malha tecida,
e rasgou-se como uma folha de papel. E muitos outros fenômenos precederam a esse
evento maravilhoso.

Mateus 27:50-51-52-53
50 – E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito.
51 – E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e
fenderam-se as pedras,
52 – E abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram
ressuscitados;
53 – E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa e
apareceram a muitos.

Nas passagens do Antigo Testamento era oferecido sacrifício com sangue dos
animais; porque não pode haver remissão de pecados sem derramamento de sangue.
Mas quando Jesus Cristo veio ao mundo para oferecer-se em sacrifício puro e
agradável a Deus, foi abolido definitivamente o holocausto dos animais. Mostrando
que Cristo é hecatombe perfeito.
IV - Genética do Sangue de Jesus

O que há de mais belo na hematologia, é o sangue como a primeira substancia


a se formar nos seres humanos e últimos a morrer juntamente com o coração.
Segundo, o estudo da embriologia, a criança se forma com a presença do sangue
paterno. O que recebemos grandes benefícios no Sangue do nosso salvador Jesus
Cristo.
A humanidade bem sabe que Jesus nasceu do poder sobrenatural do Espírito
Santo de Deus. Vamos fazer uma analogia e ver de um ângulo Bíblico e biológico a
formação genética; entendemos que o Sangue que corria nas veias de Cristo era o
Sangue do próprio Deus.
Mesmo sendo gerado no ventre da virgem Maria, Jesus jamais precisou do
sangue da sua mãe, sendo diferente das outras crianças humanas. Observe que Jesus
não nasceu de uma relação sexual, como a humanidade. Mas, por obra do Espírito
Santo, o que o fez um homem sem pecado.

João 1:1-2-3
1 – No principio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
2 – Ele estava no principio com Deus.
3 – E todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada do que foi feito se fez.

João 1:14
E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a gloria do
unigênito do Pai, cheio de graça e verdade.

Se Jesus recebesse a intervenção humana com certeza Ele receberia a


influencia do pecado original. Sabendo que Maria recebeu grande mérito, sendo vaso
escolhido por Deus para abrigar o pequeno messias durante o período gestacional e
parto.
A Bíblia nos relata claramente que Jesus jamais pecou, nem tão pouco os seus
olhos viram corrupção; se o Senhor nasceu pela obra Divina, embora Ele tenha
precisado do vente de Maria, Era o próprio Deus manifestado em carne a todas as
nações, para que a raça humana tomasse conhecimento da salvação eterna.
Cristo não nasceu do pecado, nos provando que Ele era o segundo Adão, que
resgatou a coroa perdida pelo primeiro Adão no jardim do Éden. No livro da Gênesis
no segundo capitulo, que Deus fez Adão da terra; e quanto a Jesus Cristo, Ele o
encarnou por graça do Espírito Santo, sendo o Jesus Cristo o Deus encarnado e
habitando entre todos os moradores da terra.
Em linguagem simples, toda a evidencia Bíblica prova que se o Sangue de Jesus
tivesse cruzado ao sangue de Maria, história da salvação estaria sem poder, chegando
ao ponto de todo pecador ficar condenado eternamente.
Terminando esse pequeno estudo deixando algumas referencias mostrando a
graça de Deus o poder no Sangue de Jesus.

Apocalipse 12:11
E eles venceram pelo Sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não
amaram as suas vidas até a morte.

I João 1:7
Mas, se andarmos na luz, como Ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e
o Sangue de Jesus Cristo seu Filho, nos purifica de todo pecado.

Apocalipse 1:5
E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o
príncipe dos reis da terra. Aquele que nos ama, e em seu Sangue nos lavou dos nossos
pecados.

Você pode conseguir virtude, cura e salvação através do Sangue de Jesus.

Presbítero – Robson Colaço de Lucena

Visite o site: http://missaoamerica.googlepages.com


Faça donwloard de Pregação e Musicas em mp3 no site: http://missaomp3.googlepages.com