Você está na página 1de 5

REFLEXÃO CRÍTICA

Resumo da matéria:

 Requisitos para uma boa imagem a nível profissional; na área de


trabalho.
 Requisitos para uma boa imagem.
 Nunca esquecer: a primeira impressão é a que dura.
 Definição de Protocolo.
 O que é Etiqueta.
 Comunicação Oral.
 Comunicação Directa.
 Escrita.
 Comunicação directa nas empresas.
1. Acolhimento de visitantes/cumprimentos.
2. Apresentações.
3. Preparação.
 Apresentações.
 Preparação de Reuniões.

 Como Convidar:
Nota: O Convite nunca deve conter convite escrito.

1. Carta formal ou informal.


2. Convite impresso.
3. Convite semi-impresso.
4. Telefona e pro-memoria.
5. Carta informal:
5.1.Cara amiga…
Vimos por este meio convidá-la….
6. Cartões-de-visita.
7. Sobrescritos.
8. Correio Electrónico.
 Os Cumprimentos:
 As Apresentações: O menos importante deve ser apresentado ao mais
importante.
1. Apresentações Socialmente.
2. Apresentações profissionalmente.
 Fórmulas de Tratamento:
 Manual de Acolhimento.

Impacto da Aprendizagem ao nível da minha vida pessoal e social:

Esta aprendizagem teve um impacto muito importante ao nível da minha


formação pessoal, na medida em que veio reforçar alguns conceitos por mim
anteriormente adquiridos e dotar-me de novos conhecimentos ao nível da
comunicação e da imagem.
Hoje sinto-me relativamente bem informado acerca de procedimentos e
atitudes a tomar no dia-a-dia. Tanto ao nível social como profissional.
Aprendi que podem haver normas de cortesia sem protocolo, mas não
poderá existir protocolo sem cortesia. Que a cortesia deverá continuar a fazer
parte dos nosso hábitos e se a não aplicássemos, com certeza que
regrediríamos ao nível da nossa evolução, uma vez que esta serve como,
digamos que uma espécie de regulador e amenizador de mentalidades e de
conflitos das sociedades. Portanto, este conceito deverá ser tema de reflexão
de todos nós.
Também aprendi que a etiqueta teve origem em França, mais
propriamente no reinado de Luís XIV, em que à entrada do Palácio de
Versailles, eram entregues umas folhas (etiquetes), que tinham como objectivo
dar instruções quanto ao posicionamento e atitudes comportamentais que os
convidados deveriam assumir naquelas cerimónias reais. Felizmente que com
o passar dos anos, essas práticas e códigos de conduta passaram a estar ao
alcance de todos nós. As normas de etiqueta não só estão bem de saúde como
também se recomendam!
Achei de igual forma interessante a abordagem ao tema "Protocolo".
Teria ouvido falar anteriormente nesta palavra, não tendo até à então, sido
sensibilizado para a existência de várias vertentes do mesmo. Estes foram
adaptados a várias estruturas como por exemplo: Estado, Europeu, Militar,
entre outros. No entanto, hoje consigo encará-la de uma forma mais clara.

Pontos fortes e pontos fracos da formação:

Como ponto forte: considero que a formadora Madalena da Maia é uma


pessoa com uma postura extraordinária. Vê-se que sabe planear as aulas e
consegue, com o seu entusiasmo cativar os alunos. Mostrando-se sempre
disponível e incansável no acompanhamento aos mesmos quando solicitada.

Como ponto fraco: Sinto que teria sido mais proveitoso para a turma se
as aulas não tivessem sido tão espaçadas; uma vez que este módulo teve
inicio em Abril, tendo terminado só em Setembro.

Capacidade de reflexão sobre mim mesmo:

Gostaria de ter a capacidade, não só para assimilar muitas normas,


regras de conduta e cortesia, como também de puder fazer uma viagem ao
passado, e, sem necessidade de mostrar passaporte ou bilhete de identidade,
quando desse por mim, estivesse em pleno século XIV, à porta do Cháteau de
Versailles, após ter recebido uma etiquette e de a ter colocado no bolço como
que não constituísse novidade absolutamente nenhuma para mim.
Atravessando o átrio principal em direcção às traseiras do palácio
contemplando os seus belos lagos e jardins.
Ao aproximar-me do lago principal, lá estaria ela! A minha amada.
Meus olhos fixam-se agora naqueles cabelos loiros, lindos de morrer,
seus olhos cor de mel… à medida que me aproximo, o bater do coração corta-
me a respiração … Ai meu Deus… que horas são? Olho para o telemóvel e…
já são horas de ir para a formação!

Comparação entre expectativas iniciais e resultados finais:

Confesso que cheguei a pensar que estas aulas iriam ser dadas por
alguém que me fosse falar sobre moda, cuidados a ter com a nossa
apresentação, que falasse sobre os vários tipos de comunicação e também um
pouco sobre o âmbito social.
Pois, na verdade esta matéria não correspondendo totalmente às
minhas expectativas, foi muito pertinente, sendo mais centrada em
determinados preceitos a cumprir dentro das várias formas de comunicação,
como já enfatizei a cima, e em requisitos para uma boa imagem, tal como
sabemos, esta parte é muito importante, isto porque a imagem determina a
primeira impressão com que os outros ficam em relação a nós. Até há quem
diga que a boa ou menos boa impressão se define nos três primeiros segundos
após o primeiro contacto visual. Ou seja, que a primeira impressão é aquela
que tende a perdurar.

Sugestões e recomendações.

Gostaria de sugerir que em formações próximas, caso seja possível, as


aulas não sejam tão espaçadas como neste módulo. Também que a minha
entidade formadora possa dar a futuras turmas a felicidade e a sorte de ter
como formadora como esta senhora.

Muito obrigado Soprofor e formadora Madalena da Maia.