Você está na página 1de 23
Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz PROTOCOLOS DE CIRURGIA CÓLON E

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

PROTOCOLOS DE CIRURGIA

CÓLON E RECTO

Cuidados Pré e Pós-operatórios

Abril de 2014

Vitor Esteves - IFE MGF (USF Buarcos)

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Dia 0Cólon e Recto Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥

Pós-Op

Dia 1Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Pós-Op

Alta

Dieta líquida almç/jantar; pausa >00h Avaliar sinais vitais Klean-Prep 2x durante a manhã (2saq/1,5L água) Acesso venoso periférico do M.sup. direito Fluidoterapia em perfusão

do M.sup. direito  Fluidoterapia em perfusão  PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL  Clyss-Go às 19h
do M.sup. direito  Fluidoterapia em perfusão  PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL  Clyss-Go às 19h

PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL

Clyss-Go às 19h

Medicação prescrita pelo Anestesista/Cirurgião

Diazepam 5mg

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Dia 0Cólon e Recto Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥

Pós-Op

Dia 1Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Pós-Op

Alta

Dieta líquida almç/jantar; pausa >00h

Avaliar sinais vitais

Klean-Prep 2x durante a manhã (2saq/1,5L água)

Acesso venoso periférico do M. sup. Direito

Fluidoterapia em perfusão

PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL

em perfusão  PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL  Clyss-Go às 19h  Medicação prescrita pelo

Clyss-Go às 19h

 PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL  Clyss-Go às 19h  Medicação prescrita pelo Anestesista/Cirurgião 

Medicação prescrita pelo Anestesista/Cirurgião

Diazepam 5mg

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto  Tricotomia Pré-Op Véspera Pré-Op Dia

Tricotomia

da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto  Tricotomia Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op Dia da Cx

Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina

 Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥
 Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥

Pós-Op

Dia 0com solução anti-séptica com cloro-hexidina Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥ 2  Retira Adornos

Pós-Op

Dia 1anti-séptica com cloro-hexidina Pós-Op Dia 0 Pós-Op Pós-Op Dia ≥ 2  Retira Adornos e próteses;

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Retira Adornos e próteses; Vestuário do bloco

Fluidoterapia em perfusão

PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL

Medicação prescrita pelo Anestesista/Cirurgião

Pós-Op

Alta

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op Dia da Cx

Cirurgia Cólon e Recto Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1

Pós-Op

Dia 0Cólon e Recto Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥

Pós-Op

Dia 1Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Pós-Op

Alta

Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta  Tricotomia  Higiene

Tricotomia

Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta  Tricotomia  Higiene com solução anti-séptica

Higiene com solução anti-séptica c

Retira Adornos e próteses; Vestuá

Fluidoterapia em perfusão

PoliG 1000mL/dextrose 5% 1000mL

Medicação prescrita por Anestesista/Cirurgião

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto  Tricotomia Pré-Op Véspera Pré-Op Dia

Tricotomia

da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto  Tricotomia Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op Dia da Cx

Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina

 Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥
 Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥

Pós-Op

Dia 0com solução anti-séptica com cloro-hexidina Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta 

Pós-Op

Dia 1anti-séptica com cloro-hexidina Pós-Op Dia 0 Pós-Op Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta  Retira Adornos

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Pós-Op

Alta

Retira Adornos e próteses; Vestuário do bloco

Fluidoterapia em perfusão

PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL

Medicação prescrita pelo Anestesista/Cirurgião

Antibioterapia

?

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op Dia da Cx

  
Tricotomia
Tricotomia
Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx    Tricotomia Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina

Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina Retira Adornos e próteses; Vestuário do bloco

Pós-Op

Dia 0Retira Adornos e próteses; Vestuário do bloco Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥ 2 

Pós-Op

Dia 1e próteses; Vestuário do bloco Pós-Op Dia 0 Pós-Op Pós-Op Dia ≥ 2  Fluidoterapia em

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Fluidoterapia em perfusão

PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL

Medicação prescrita pelo Anestesista/Cirurgião

Pós-Op

Alta

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Cólon e Recto Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op

Dia 0

Pós-Op

Dia 1
Dia 1

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Pós-Op

Alta

Fluidoterapia em perfusão

Monitorizar sinais vitais

Vigiar penso operatório

Monitorizar drenagens:

Vesical, gástrica, drenos abdominais se existirem

Vigiar funcionamento de colostomia, se existir

Controlo da dor escala qualitativa

Analgesia prescrita

Vigiar a Temperatura

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Cólon e Recto Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op

Dia 0

Pós-Op

Dia 1
Dia 1

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Pós-Op

Alta

Fluidoterapia em perfusão

Monitorizar sinais vitais

Vigiar penso operatório

Monitorizar drenagens:

Vesical, gástrica, drenos abdominais se existirem

Vigiar funcionamento de colostomia, se existir

Controlo da dor escala qualitativa

Analgesia prescrita

colostomia, se existir  Controlo da dor – escala qualitativa  Analgesia prescrita  Vigiar a

Vigiar a Temperatura

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Dia 0
Dia 0

Pós-Op

Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥ 2

Dia 1

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Pós-Op

Alta

Fluidoterapia em perfusão

Monitorizar sinais vitais

Vigiar penso operatório

Monitorizar drenagens:

Vesical, gástrica, drenos abdominais se existirem

Vigiar funcionamento de colostomia, se existir
Controlo da dor escala qualitativa

 Analgesia prescrita
Analgesia prescrita
da dor – escala qualitativa  Analgesia prescrita  Iniciar levante progressivo (cabeceira a 45º, 90º)

Iniciar levante progressivo (cabeceira a 45º, 90º)

Vigiar a Temperatura

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Dia 0Cólon e Recto Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥

Pós-Op

Dia 1 1

Pós-Op Dia 2

Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta 

Pós-Op

Alta

Inicio de dieta progresiva, segundo indicação médica

Retira drenagens, segundo indicação médica

Vigiar penso operatório e drenos (se existirem)

Inicia ensinos oportunos dos cuidados à colostomia (se existir)

Controlo da dor escala qualitativa

Levante progressivo (cabeceira a 45º, 90º e levante para cadeirão)

Analgesia prescrita

Avaliar Tensão Arterial

Vigiar a Temperatura

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Dia 0Cólon e Recto Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥

Pós-Op

Dia 1 1

Pós-Op Dia 2

Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta 

Pós-Op

Alta

Inicio de dieta progresiva, segundo indicação médica

Retira drenagens, segundo indicação médica

Vigiar penso operatório e drenos (se existirem)

Inicia ensinos oportunos dos cuidados à colostomia (se existir)

Controlo da dor escala qualitativa

Levante progressivo

(cabeceira a 45º, 90º e levante para cadeirão)

Analgesia prescrita

Avaliar Tensão Arterial

Vigiar a Temperatura

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Dia 0Cólon e Recto Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥

Pós-Op

Dia 1 1

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Pós-Op

da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta  Dieta

Alta

Dieta ligeira/outra

Realizar o penso simples operatório

Controlo da dor escala qualitativa

Analgesia prescrita Paracetamol PO

Vigiar Tensão Arterial e Temperatura

Ensinos oportunos

Retirar catéter venoso periférico

Carta de Alta de Enfermagem

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Cirurgia Cólon e

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Cirurgia Cólon e Recto

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Dia 0Cólon e Recto Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥

Pós-Op

Dia 1 1

Pós-Op

Dia ≥ 2
Dia ≥ 2

Pós-Op

da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Dia ≥ 2 Pós-Op Alta  Dieta

Alta

Dieta ligeira/outra

Realizar o penso simples operatório

Controlo da dor escala qualitativa

Analgesia prescrita Paracetamol PO

Vigiar Tensão Arterial e Temperatura

Ensinos oportunos

Retirar catéter venoso periférico

Carta de Alta de Enfermagem

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz PROTOCOLOS DE CIRURGIA HEMORRÓIDAS E

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

PROTOCOLOS DE CIRURGIA

HEMORRÓIDAS E FÍSTULAS ANAIS

Cuidados Pré e Pós-operatórios

Abril de 2014

Vitor Esteves - IFE MGF (USF Buarcos)

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais

Pré-Op

Véspera
Véspera

Pré-Op

de Hemorróidas e Fístulas Anais Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia

Dia da Cx

Pós-Op

Dia 0
Dia 0

Pós-Op

Dia 1Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Pós-Op Alta  Dieta líquida ao

Pós-Op

Alta
Alta

Dieta líquida ao jantar; pausa >00h

Avaliar sinais vitais

líquida ao jantar; pausa >00h  Avaliar sinais vitais  Clyss-Go à noite  Medicação prescrita

Clyss-Go à noite

>00h  Avaliar sinais vitais  Clyss-Go à noite  Medicação prescrita pelo Anestesista/Cirurgião 

Medicação prescrita pelo Anestesista/Cirurgião

Diazepam 5mg

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais

Figueira da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais  Tricotomia Pré-Op Véspera  Microclister às

Tricotomia

Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais  Tricotomia Pré-Op Véspera  Microclister às 7h Pré-Op Dia

Pré-Op

de Hemorróidas e Fístulas Anais  Tricotomia Pré-Op Véspera  Microclister às 7h Pré-Op Dia da

Véspera

e Fístulas Anais  Tricotomia Pré-Op Véspera  Microclister às 7h Pré-Op Dia da Cx 

Microclister às 7h

Pré-Op

Pré-Op Véspera  Microclister às 7h Pré-Op Dia da Cx  Higiene com solução anti-séptica com

Dia da Cx

Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina

 Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina

Retira Adornos e próteses; Vestuário do bloco

Pós-Op

Dia 0 Retira Adornos e próteses; Vestuário do bloco Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Alta  Acesso

Pós-Op

Dia 1e próteses; Vestuário do bloco Pós-Op Dia 0 Pós-Op Pós-Op Alta  Acesso venoso periférico do

Pós-Op

Alta
Alta

Acesso venoso periférico do M.sup. direito

Fluidoterapia em perfusão

PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL

Medicação prescrita pelo Anestesista

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais

Pré-Op Tricotomia Véspera  Microclister às 7h Hemorróidas Pré-Op Dia da Cx Higiene com solução
Pré-Op
Tricotomia
Véspera
 Microclister às 7h
Hemorróidas
Pré-Op
Dia da Cx
Higiene com solução anti-séptica com
cloro-hexidina
Pós-Op
Dia 0
Pós-Op
Retira Adornos e próteses; Vestuári
Acesso venoso periférico do M.sup.
Dia 1
 Fluidoterapia em perfusão
Pós-Op
 PoliG 1000mL/dextrose 5% 1000mL
Alta
 Medicação prescrita por Anestesista
Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais

 Tricotomia
Tricotomia

Pré-Op

de Hemorróidas e Fístulas Anais  Tricotomia Pré-Op Véspera  Microclister às 7h  Higiene com
de Hemorróidas e Fístulas Anais  Tricotomia Pré-Op Véspera  Microclister às 7h  Higiene com

Véspera

Microclister às 7h

 Tricotomia Pré-Op Véspera  Microclister às 7h  Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina

Higiene com solução anti-séptica com cloro-hexidina

Pré-Op

Retira Adornos e próteses; Vestuário do bloco

Pré-Op  Retira Adornos e próteses; Vestuário do bloco Dia da Cx  Acesso venoso periférico

Dia da Cx

Acesso venoso periférico do M.sup. Direito Fluidoterapia em perfusão

PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL

Pós-Op

Dia 0
Dia 0

Pós-Op

Dia 1 PoliG 1000mL/Dextrose 5% 1000mL Pós-Op Dia 0 Pós-Op  Medicação prescrita pelo Anestesista Pós-Op Alta

Medicação prescrita pelo Anestesista

Pós-Op

Alta
Alta
Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais

Pré-Op

da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia

Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

e Fístulas Anais Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op

Dia 0

Pós-Op

Dia 1Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Pós-Op Alta  Monitorizar sinais vitais

Pós-Op

AltaPré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op  Monitorizar sinais vitais 

Monitorizar sinais vitais

Vigiar penso operatório

 Despistar a 1ª micção
Despistar a 1ª micção

Controlo da dor escala qualitativa

Analgesia prescrita

da dor – escala qualitativa  Analgesia prescrita Paracetamol EV e/ou Tramadol EV  Iniciar levante
da dor – escala qualitativa  Analgesia prescrita Paracetamol EV e/ou Tramadol EV  Iniciar levante

Paracetamol EV e/ou Tramadol EV



Iniciar levante progressivo, com ensinos inerentes (cabeceira a 45º, 90º e levante)

Iniciar levante progressivo, com ensinos inerentes (cabeceira a 45º, 90º e levante)  Dieta de sopa

Dieta de sopa e fruta ao jantar

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais

Pré-Op

da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia

Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Dia 0e Fístulas Anais Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Alta 

Pós-Op

Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op Alta  Dieta

Dia 1

Pós-Op

AltaPré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Dia 1 Pós-Op  Dieta ligeira/outra  Suspender

Dieta ligeira/outra

Suspender fluidoterapia prescrita…

Vigiar penso operatório

Controlo da dor escala qualitativa

operatório  Controlo da dor – escala qualitativa  Analgesia prescrita Paracetamol PO  Vigiar Tensão

Analgesia prescrita Paracetamol PO

Vigiar Tensão Arterial e Temperatura

Dia 0
Dia 0
Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais

Pré-Op

da Foz Protocolos de Hemorróidas e Fístulas Anais Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia

Véspera

Pré-Op

Dia da Cx
Dia da Cx

Pós-Op

Dia 0e Fístulas Anais Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Pós-Op Dia 1 Pós-Op Alta 

Pós-Op

Dia 1Pré-Op Véspera Pré-Op Dia da Cx Pós-Op Dia 0 Pós-Op Pós-Op Alta  Dieta ligeira/outra 

Pós-Op

Alta

Dieta ligeira/outra

Relizar penso simples operatório

Controlo da dor escala qualitativa

operatório  Controlo da dor – escala qualitativa  Analgesia prescrita Paracetamol PO  Vigiar Tensão

Analgesia prescrita Paracetamol PO

Vigiar Tensão Arterial e Temperatura

Ensinos Oportunos

Retirar catéter venoso periférico

Carta de Alta de Enfermagem

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz PROTOCOLOS DE CIRURGIA HEMORRÓIDAS E

Serviço de Cirurgia do Hospital Distrital da Figueira da Foz

PROTOCOLOS DE CIRURGIA

HEMORRÓIDAS E FÍSTULAS ANAIS

Cuidados Pré e Pós-operatórios

Abril de 2014

Vitor Esteves - IFE MGF (USF Buarcos)