Você está na página 1de 21
VESTIBULAR www.energia.com.br Simulado 2º semestre 2011
VESTIBULAR
www.energia.com.br
Simulado
2º semestre
2011

INSTRUÇÕES

1)

Para fazer a prova, você usará este caderno, que possui 11 (onze) folhas com perguntas, um cartão-resposta e folhas-

2)

respostas para as questões discursivas. Verifique, neste caderno de prova, se constam todas as 40 questões e as duas questões discursivas. Observe também se há faltas ou imperfeições gráficas que lhe causem dúvidas. Qualquer reclamação só será aceita durante os trinta minutos iniciais da prova.

3) Você encontrará questões de proposições múltiplas (tipo somatório), além de questões discursivas.

3.1)

As questões de proposições múltiplas contêm no máximo sete alternativas numeradas: 01, 02, 04, 08, 16, 32 e 64. A

3.2)

resposta correta é o valor total do(s) número(s) associado(s) à(s) proposição(ões) verdadeira(s) ou falsa(s), conforme orientação do enunciado da questão. Cada uma das questões deverá ser assinalada no cartão-resposta mediante duas marcas, uma na dezena e outra na unidade. Quando a resposta for menor que 10, marque o zero na linha das dezenas (01, 02, etc.). As questões abertas são as que contêm problemas que admitem solução numérica (valores inteiros compreendidos entre 00 e 99, incluindo estes). Nesse caso, resolva o problema e marque, no lugar próprio da folha de respostas, o resultado numérico encontrado.

3.3) Confira, nos modelos abaixo, como marcar as suas respostas.

Questão 01 – 63 Questão 02 – 19 Questão 03 – 22

Questão 43 –

Código de opção no vestibular (21 – Eng. Prod. Mecânica) Obs.: Veja tabela de códigos no final deste caderno.

Questão 44 – Opção de língua estrangeira (00 – Inglês) Se a opção for Espanhol, marque 11.

Observe com atenção o preenchimento correto dos resulta- dos das respostas. Correto Incorreto
Observe com atenção o preenchimento correto dos resulta-
dos das respostas.
Correto
Incorreto

4) Procure responder a todas as questões.

5)

Durante a prova, não se admite que o candidato se comunique com outros candidatos, efetue empréstimos, use outros

6)

meios ilícitos ou pratique atos contra as normas ou a disciplina. A fraude, a indisciplina e o desrespeito aos fiscais encarregados dos trabalhos são faltas que eliminam o candidato. Não será permitida a substituição do cartão-resposta caso haja erro de marcação. Para evitar esse problema, preencha primeiramente a lápis e depois confirme à caneta. Obs.: use somente caneta esferográfica azul-escura ou preta, inclusive para as folhas-respostas das questões discur-

sivas. 7) Não utilize corretor líquido na marcação do cartão-resposta, pois a leitura óptica poderá ser prejudicada.

8)

O gabarito correto será divulgado ao final do exame no local da prova e na internet através do site www.energia.com.br.

9) Se houver mais de um candidato com a mesma pontuação, o desempate será feito através da verificação do número de questões corretas nas disciplinas, obedecendo-se à seguinte ordem: Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, Matemática, História, Geografia, Biologia, Física, Química e Língua Estrangeira (critério também utilizado pela Coperve/ UFSC). 10) Em cada sala há um fiscal de prova. Colabore para que a seriedade do Simulado contribua na sua preparação para o vestibular. 11) Ao terminar, entregue ao fiscal o cartão-resposta e as folhas-respostas das questões discursivas.

para o vestibular. 11) Ao terminar, entregue ao fiscal o cartão-resposta e as folhas-respostas das questões

FÓRMULAS E TABELAS

Matemática

P n = n!

 

C

=

 

n!

V

=

4

π

r

3

n, p

 

p!(n

p)!

 

ESFERA

3

A

=

n!

V

=

π r

2

.

h

 

r 2 . h

 
 

n, p

(n

p)!

CONE

3

V CILINDRO =

π .

Física

 

R =

V

1

=

1

+

1

+

1

+

V = K

Q

P =

Q

     

i

R

EQ

R

1

R

2

R

3

 

d

t

P

P

= V . i

= R . i 2

 

E =

V

E =

F

Q

= m . c . T

 

V

2

d

q

Q

= m . L

 

 

P =

R

 

Q = n . e

 

F

r

= m . a

 

K = 9,0 .10 9 N . m 2 . C 2

 

W

 

e = 1,6 . 10 19 C

 

f

at

 

P =

t

Q

 

P = En

 

P

= m . N

= m . g

R EQ = R 1 + R 2 + R 3 +

E = K d

2

 

t

 

Química

2
2

Texto 1

No caminho do aeroporto para casa,

irreconhecível. Quase toda a floresta em

floria nos meses de chuva e sombreava o

a

verdadeira nacionalidade permaneceu

eu observava os lugares da cidade agora

torno da área urbana havia degenerado em aglomerações de barracos ou edi- fícios horrorosos. Em casa, tia Mira me

quarto das duas irmãs. Agora um monte de escombros enchia o terreno na rua em declive. Na varanda de casa, ao olhar as ruínas do bangalô, me lembrei de Lyris, mais

um mistério. Eu pensava que Alba, a mãe, fosse amazonense, pois suas feições in- dígenas eram familiares; mas a manicure de tia Mira contou que Alba era peruana,

só depois entendi que a língua, e não

e

recebeu com entusiasmo e contou uma ou outra novidade que, para mim, já não faziam sentido. Deixei a mala no quarto

alta e também menos arredia que a irmã. O cabelo quase ruivo, o rosto anguloso e os olhos verdes e um pouco puxados

nacionalidade, nos define. Lembro que, uma manhã, Alba ralhou com as filhas num português atrapalhado. Não entendi

a

e

quase sem querer perguntei pelos

embaralhavam traços do pai e da mãe.

quase nada, apenas "suas preguiçosas",

Doherty. Nunca mais voltaram, disse tia Mira. O

Só me dei conta dessa beleza estranha e misturada no fim da infância, quando senti

palavras pronunciadas no meio de uma frase longa e desastrosa. Às sete da

pai ainda passou uns meses aqui, vendeu

alguma coisa terrível e ansiosa parecida

manhã eu via as duas moças usando

o

bangalô e foi embora. O comprador

com a paixão.

o

mesmo uniforme: saia plissada azul

derrubou o muro, a casa, a acácia. Tudo.

Lyris devia ter uns dezoito anos, e a

e

blusa branca. Elas entravam no carro

Para onde foram?

irmã era quase da minha idade: quinze.

do pai, que as levava ao colégio das

E quem pode saber? Aquela família

Antonieta, nossa vizinha mais escanda-

freiras, a seis quarteirões da nossa rua.

vivia em outro mundo.

losa, as apelidara de bichos-do-mato,

O

Aero Willys preto voltava ao meio-dia

Eu tinha acabado de chegar à cida-

porque não iam às festas, não pulavam

e,

sem buzinar, embicava na entrada: a

de, e notara com tristeza a ausência da casa azul na nossa rua. Era um bangalô bonito, cercado por um muro de pedras vermelhas que uma trepadeira cobria; no pátio dos fundos uma acácia solitária

Carnaval, não se bronzeavam nos balne- ários nem tinham namorados ou amigos. Andavam sempre juntas, e sempre es- coltadas pelo pai: o engenheiro Doherty. Diziam que ele era inglês ou irlandês, e

mãe saía do carro para abrir o portão, e as duas filhas, juntas no banco traseiro, se enclausuravam no bangalô, e assim se despediam da nossa rua, do bairro, da cidade.

Texto 2

Dizia a Beth que por trás do morro vinha vindo uma grande lua, mas Beth ia calada, há exatos quatro anos sua voz era apenas um desejo espiritualizado, o professor daria tudo, os escritos e todos os desenhos e figuras, os presépios de piteira, os lindos

lobisomens e boitatás, daria tudo para ouvi-la de novo num riso, numa frase feita de reais palavras terrenas, tudo por alguns sons tirados do bandolim por seus dedos.

abriu-se o vácuo

e agora, homem sozinho? Andou com passos lentos da saleta aos fundos

respirando aqueles aposentos. Beth estava viva lá no Museu, estava viva ali naquela casa. Os móveis, a cristaleira, a geladeira,

o rádio, o fogão a lenha, a chaminé, a prateleira com as revistas "Seleções". Tanta limpeza na simplicidade preservada. Beth

continuava. Quatro anos. Sentou num sofá, recostou-se. O que fazer, em que pensar? Oferecimentos não faltavam.

maior das horas, a noite com sua enorme garganta

Lembremos. O professor chegou, tomou banho, jantou pouco do que Ana lhe pôs na mesa. Depois

01) Considerando o(s) fragmento(s) de texto apresentado(s), a totalidade da(s) obra(s), o caráter metafórico da arte em si e o momento(s) histórico/literário(s) de que faz(em) parte, assinale a(s) opção(ões) correta(s):

02) Considerando o(s) fragmento(s) de texto apresentado(s), a totalidade da(s) obra(s), o caráter metafórico da arte em si e o momento(s) histórico/literário(s) de que faz(em) parte, assinale a(s) opção(ões) correta(s):

01.

O Texto 1 faz parte da obra A cidade ilhada, de Milton Hatoum, primeira coletânea de contos contempo- râneos do autor, mais precisamente do conto Uma estrangeira na nossa rua.

01.

O Texto 2 faz parte da obra Treze Cascaes, de Adolfo Boss et al.,coletânea de contos/crônicas contemporâ- neas catarinenses, mais precisamente do conto Dois Bandolins, de autoria de Flávio José Cardozo.

02.

No Texto 1, percebe-se que a passagem do tempo traz mudanças urbanas não apreciadas pelo narrador.

02.

Em Beth ia calada, no Texto 2, pode-se perceber eufe- mismo, palavra, locução ou acepção mais agradável

04.

A personagem Tia Mira, que aparece no Texto 1, está também presente em outro conto, o Varandas da Eva.

de que se lança mão para suavizar ou minimizar o peso conotador de outra palavra, locução ou acepção menos agradável, mais grosseira ou mesmo tabuísti-

08.

Pode-se perceber no Texto 1 a presença de flashback,

ca.

digressões.

04.

Em lindos lobisomens, no Texto 2, pode-se perceber

No Texto 2, mais adiante na narrativa, Beth surge

16.

A temática da viagem interior, muitas vezes mesclada com a exterior ou com seus devidos retornos, tão cara ao autor, está perceptível no Texto 1.

hipérbato, transposição ou inversão da ordem natural das palavras de uma oração, para efeito estilístico, da qual resulta a separação entre elementos que cons-

32.

Em e assim se despediam da nossa rua, do bairro,

tituem um sintagma, pela intercalação com outros

da cidade, no Texto 1, pode-se perceber gradação, apresentação de ideias em progressão ascendente (clímax) ou descendente (anticlímax).

08.

elementos pertencentes a outro sintagma; inversão frasal.

64.

No Texto 1, mais adiante, o narrador relata que,

tocando um instrumento musical.

quando jovem, gostava de espiar escondido a mãe das moças vizinhas.

16.

No Texto 2, mais adiante na narrativa, aparece uma bruxa, Irineia das Dores.

3
3

32.

A

personagem Ana, que aparece no Texto 2, é a esposa do professor, mãe de Beth, a filha falecida que tanto faz falta

 

ao pai.

64.

Em a noite com sua enorme garganta, pode-se perceber metáfora, designação de um objeto ou qualidade mediante uma palavra que designa outro objeto ou qualidade que tem com o primeiro uma relação de semelhança, comparação implícita.

Analise a tira do cartunista Angeli e responda à questão.

Analise a tira do cartunista Angeli e responda à questão. 03) De acordo com a tira,

03) De acordo com a tira, é correto afirmar:

01.

Não é possível que alguém viva sem ter contato com o mundo.

02.

O personagem é um ermitão, que gosta de viver em isolamento.

04.

O

autor faz uma apologia ao uso dos recursos contemporâneos de comunicação.

08.

O personagem mantém uma posição de receptividade com relação à comunicação.

16.

Causa estranhamento o fato de alguém recusar-se a utilizar os atuais meios de comunicação para interagir com as pessoas.

Texto para a próxima questão

Abastecimento

120 mil moradores de Sumaré devem ficar sem água hoje por quatro horas.

Cerca de 120 mil pessoas vão ficar sem água hoje em Sumaré (26 km de Campinas), devido à interrupção do abastecimento da ETA (Estação de Tratamento de Água) por quatro horas. A suspensão ocorrerá por causa do corte de energia que será feito pela CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz). No final da semana passada, em decorrência da seca e do excesso de polui- ção, a interrupção da captação do Rio Atibaia, que abastece 50% da cidade, já havia deixado os 120 mil moradores sem água. Ontem, o Grupo Técnico de Monitoramento Hidrológico informou que a região corre risco de enfrentar uma crise de abaste- cimento nos próximos meses. Os técnicos dizem que a região enfrenta a pior estiagem do século e começam a adotar medidas para conscientizar a população para economizar água.

(Adaptado de Folha de S. Paulo, 13 maio 2000.)

04) Considere que os eventos anunciados na notícia de fato ocorreram como previsto. Indique, então, a(s) alternativa(s) que expressa(m) adequadamente relação(ões) de causa e consequência identificável(eis) nessa notícia.

01.

120 mil moradores de Sumaré ficaram sem água no dia 13/5/2000 porque a Estação de Tratamento de Água interrompeu

o abastecimento durante quatro horas.

02.

A Estação de Tratamento de Água em Sumaré interrompeu o abastecimento em 13/5/2000 porque a Companhia Paulista

de Força e Luz cortou a energia.

04.

Na semana anterior, a captação do Rio Atibaia foi interrompida porque 120 mil moradores ficaram sem água.

08.

A

região de Sumaré enfrentava a pior estiagem do século porque o Rio Atibaia estava excessivamente poluído na época.

16.

Os técnicos começaram a adotar medidas para conscientizar a população da necessidade de economizar água porque

havia risco de uma crise de abastecimento nos meses subsequentes.

4
4

05) A partir da leitura do texto abaixo, assinale a(s) afirmativa(s) correta(s) e dê o total.

No caminho do aeroporto para casa, eu observava os lugares da cidade agora irreconhecível. Quase toda

a floresta em torno da área urbana

havia degenerado em aglomerações de barracos ou edifícios horrorosos. Em casa, tia Mira me recebeu com entusiasmo e contou uma ou outra novidade que, para mim, já não fa- ziam sentido. Deixei a mala no quarto

e quase sem querer perguntei pelos

Doherty. Nunca mais voltaram, disse tia Mira.

O pai ainda passou uns meses aqui,

vendeu o bangalô e foi embora. O

comprador derrubou o muro, a casa,

a acácia. Tudo.

Para onde foram?

E quem pode saber? Aquela família

vivia em outro mundo.

Eu tinha acabado de chegar à cidade, e notara com tristeza a ausência da casa azul na nossa rua. Era um ban- galô bonito, cercado por um muro de pedras vermelhas que uma trepadeira cobria; no pátio dos fundos uma acácia solitária floria nos meses de chuva e sombreava o quarto das duas irmãs. Agora um monte de escombros enchia o terreno na rua em declive.

01.

Em No caminho do aeroporto para casa, eu observava os lugares da cidade agora irreconhecível., se trocássemos o vocábulo para por a, haveria condições para o emprego do acento grave indicativo de crase.

02.

Em Quase toda a floresta em torno da área urbana havia degenerado em aglomerações de barracos ou edifícios horro- rosos, encontramos seis ditongos e cinco encontros consonantais.

04.

Em O pai ainda passou uns meses aqui, vendeu o bangalô e foi embora, encontramos um período composto por coor- denação.

08.

Em O comprador derrubou o muro, a casa, a acácia. Tudo. o pronome indefinido tudo exerce nítida função resumidora. Podemos, portanto, considerá-lo um aposto resumidor.

16.

Em Eu tinha acabado de chegar à cidade, e notara com tristeza a ausência da casa azul na nossa rua., a locução com tristeza e o adjetivo azul exercem a mesma função sintática.

32.

Em Era um bangalô bonito, cercado por um muro de pedras vermelhas que uma trepadeira cobria, encontramos uma oração subordinada adjetiva restritiva, cujo pronome relativo funciona como objeto direto.

06) A partir da leitura do texto abaixo, assinale a(s) afirmativa(s) correta(s) e dê o total.

Dizia a Beth que por trás do morro vinha vindo uma grande lua, mas Beth ia calada, há exatos quatro anos sua voz era ape- nas um desejo espiritualizado, o professor daria tudo, os escritos e todos os desenhos e figuras, os presépios de piteira, os

lindos lobisomens e boitatás, daria tudo para ouvi-la de novo num riso, numa frase feita de reais palavras terrenas, tudo por alguns sons tirados do bandolim por seus dedos.

abriu-se o vácuo maior

das horas, a noite com sua enorme garganta

e agora, homem sozinho? Andou com passos lentos da saleta aos fundos

Lembremos. O professor chegou, tomou banho, jantou pouco do que Ana lhe pôs na mesa. Depois

respirando aqueles aposentos. Beth estava viva lá no Museu, estava viva ali naquela casa. Os móveis, a cristaleira, a geladeira,

o rádio, o fogão a lenha, a chaminé, a prateleira com as revistas "Seleções". Tanta limpeza na simplicidade preservada. Beth

continuava. Quatro anos. Sentou num sofá, recostou-se. O que fazer, em que pensar? Oferecimentos não faltavam.

01.

Em Dizia a Beth que por trás do morro vinha vindo uma grande lua, mas Beth ia calada, temos um período composto por coordenação e subordinação.

02.

Em há exatos quatro anos sua voz era apenas um desejo espiritualizado temos um sujeito inexistente e um sujeito sim- ples.

04.

Em abriu-se o vácuo maior das horas, temos sujeito indeterminado e índice de indeterminação do sujeito.

08.

As palavras saleta, geladeira e cristaleira apresentam o mesmo processo formador de palavras.

16.

Em Sentou num sofá, recostou-se, há um exemplo de verbo pronominal.

32.

Em Andou com passos lentos da saleta aos fundos respirando aqueles aposentos, os dois processos verbais existentes no período funcionam como núcleos de predicados verbais.

INGLÊS

funcionam como núcleos de predicados verbais. INGLÊS Always Observed Privacy is condemned for the same reason
funcionam como núcleos de predicados verbais. INGLÊS Always Observed Privacy is condemned for the same reason

Always Observed Privacy is condemned for the same reason that is has eroded so fast over the past two decades. People may prefer to abdicate the huge benefits that the new information economy promises. But they will not, in practice, be offered that choice. Instead, each benefit – safer streets, cheaper communications, more entertainment, better government services, more convenient shopping, a wider selection of products – will seem worth the surrender of a bit more personal information. Privacy is a residual value, hard to define or protect in the abstract. The cumulative effect of these bargains – each attractive on their own – will be the end of privacy. For the similar reason, attempts to protect privacy though new laws will fail – as they have done in the past. The European Union's data protection directive, the most impressive recent attempt,

gives individuals unprecedented control over information about themselves. This could remedy the most serious intrusions. But it is doubtful whether the law can be applied in practice, if too many people try to use it. Policing the proliferating number of databases and the thriving trade in information would not only be costly in itself; it would also impose huge burdens on the economy. Moreover, such laws are based on a novel concept: that individuals have a property right in information about themselves. In theory, such a property right would be anti-ethical to an open society. It would pose a threat not only to commerce, but also to a free press and political activities, to say nothing of everyday conversation.

(From: Speak Up – n o 154.)

5
5

07) Identify the correct proposition(s) according to the text.

09) The conjunction Moreover from the text can be substituted by with no changing to the meaning of the sentence.

01.

Privacy cannot be easily defined.

Choose the proposition(s) to fulfill the sentence above:

02.

Attempts to protect privacy have been done in the past without success.

01.

although

04.

Controlling the access to information could

02.

however

cause a tremendous impact on the economy.

04.

furthermore

08.

New laws would have to be created to guarantee

08.

since

the security over personal information, as well

16.

in addition

as the everyday conversation.

32.

thus

16.

According to a new conception individuals have a property right in information about themselves.

10) Mark the proposition(s) with the right information:

32.

The end of privacy will be provoked by the sum of several factors.

01.

In People may prefer to abdicate the huge benefits that the new information economy promises, the sentence means a probability.

08) Choose the proposition(s) in which the definitions of the underlined words correspond to the meaning used in the text.

02.

There is comparative form in safer streets, cheaper communications, better government services, more convenient shopping, a wider selection of products – will seem worth the surrender of a bit more personal information.

01.

choice – option to decide.

04.

In The European Union's data protection directive, the 's is the short form of has.

02.

bargain – Something offered or acquired at a price advantageous to the buyer.

08.

The expression the most impressive recent attempt shows the superlative form.

04.

fail – To be unsuccessful.

16.

The demonstrative pronoun This, from the text, refers to

08.

remedy – An agent, such as a drug, used to

European Union's data.

treat disease or injury.

32.

The –ing forms presented in Policing the proliferating number

16.

costly – expensive.

of databases and the thriving trade in information would

32.

threat – An indication of impending danger or harm.

not only be costly in itself are used to describe verbs in the infinitive.

ESpaNhoL

are used to describe verbs in the infinitive . ESpaNhoL El genoma completo de la peste
are used to describe verbs in the infinitive . ESpaNhoL El genoma completo de la peste

El genoma completo de la peste negra medieval da pistas sobre el patógeno La bacteria mató a 50 millones de personas en Europa entre 1347 y 1351

ALICIA RIVERA – Madrid – 12/10/2011

1

La peste negra, una de las más mor-

en pocos años (entre 1347 y 1351), fue

cional. Los investigadores han utilizado

Johannes Krause (Universidad

bacteria que ellos han secuenciado es

35

por ellos mismos, para obtener y pu-

aislar, en los restos del cementerio

tíferas epidemias de la historia de la hu-

el

ancestro de todas las cepas de pes-

rificar pequeños fragmentos de ADN

manidad, con 50 millones de fallecidos

20

te actuales, que provocan unas 2.000

porque permite seguir el rastro de los

investigación.

 

degradados del antiguo patógeno y

5

en Europa (la mitad de su población)

muertes cada año en todo el mundo. Es la primera vez que los científicos

lo han identificado como una variante de Yersinia pestis. Ha sido esencial

causada por una bacteria, una variante

logran reconstruir el genoma de un

40

específica de la Yersinia pestis, cuyo genoma completo ha logrado ahora

25

patógeno tan antiguo, y es importante

londinense, la señal genética de la bacteria específica del ADN de otros

10

secuenciar un equipo científico interna-

cambios en su evolución y virulencia a lo largo del tiempo, explican los

microorganismos y de los propios humanos de la Edad Media.

las muestras tomadas de los restos de

expertos de la Universidad McMaster

45

"Utilizando la misma metodología,

cuatro víctimas de la peste negra en- terradas en el cementerio londinense

30

(Canadá), que han participado en la

sería posible ahora estudiar genomas de todo tipo de patógenos antiguos,

15

de East Smithfield, entre 1348 y 1350.

De hecho, estos científicos han po- dido secuenciar el genoma de la cepa

lo que nos proporciona una visión di- recta de la evolución de los patógenos

de Tubinga, Alemania) y sus colegas

de la bacteria de la peste negra gracias

50

humanos y las pandemias históricas",

concluyen que esa cepa de la mortífera

a

una nueva tecnología, desarrollada

señala Krause.

6
6

Los investigadores han descubierto en sus análisis del genoma que los 660 años de evolución de esa cepa bacteriana se han producido relativamente poco cambio en su genoma, pero esos cambios pudieron ser responsables de la virulencia de la famosa epidemia que barrió Europa en la Edad Media.

55 Los análisis genéticos también han permitido determinar el origen de aquella cepa mortífera en algún momento entre el siglo XII y XIII, lo que muestra que otra epidemia mucho más antigua, en la Roma de Justiniano, en el siglo VI, fue causada por otro agente patógeno diferente – aún por determinar – que se extendió por el imperio Romano matando a unos cien millones de personas.

(Disponível em: elpais.com, 12/10/2011.)

07) El origen (línea 55) es una palabra masculina en castellano, de la misma forma que:

08) Señala la(s) definición(es) o explicación(es) correcta(s).

 

01.

En fue causada (línea 56), fue es un tiempo del verbo ir.

01.

el alma

02.

La expresión por ellos mismos (línea 35), pasada al singular

02.

el árbol

correctamente es por ello mismo.

04.

el dolor

04.

Concluyen (línea 17) es el presente del verbo concluir.

08.

el análisis

08.

logran (línea 23) podría ser sustituido, sin pérdida de sentido,

16.

el pantalón

por consiguen.

32.

el señal

16.

a lo largo del tiempo (línea 27) es lo mismo que a lo ancho del tiempo.

Pobres profes

No me gustaría nada ser profesor y recibir dentro de unos días a la pandilla de adolescentes malcriados que les en- viamos desde las casas, para no tenerlos más delante. Chicos y chicas a los que los padres jamás les decimos que no. Hedonistas informáticos que tienen como dioses unos cascos con los que solo oyen ruido. Cascos que, además, les sirven para no tener que escuchar nada de lo que les dicen en su casa. Adolescentes sin normas, que solo buscan recibir y jamás se plantean dar. Como en todo, hay excepciones, pero la montaña de frases

Vocabulário

que llevo escuchadas a madres deses- peradas no aportan mucho optimismo. Madres que dicen que su hijo no recoge nada, que no limpia nada, que no ayuda nada y que, en ocasiones, mira con unos

ojos que recuerdan al chaval de la catana. Por cierto, se ha logrado que ese hijo sea así porque cuando era más pequeño su mamá le decía: "Ay, pobrecito, cómo va

a fregar los cacharros. Ay, pero si es un niño. Cómo va a hacer las camas". Hijos

a los que se les permitió que no fuesen

puntuales, que sólo se preocupan por la paga. ¿Paga por qué? ¿Por ser hijo?

Una paga que, por supuesto, les parece cutre. Chavales, en general, reñidos con el sudor y con el esfuerzo. Chavales con un nivel de tolerancia a la frustración bajo cero, acostumbrados a tener todo y ya. Chavales tan difíciles de motivar como un semáforo. Este ejército de descontro- lados llega rabioso a las aulas. Lo dicho, pobres profes.

(CASAL, César. Pobres profes. Disponível em:

<http://www.lavozdegalicia.es>. Acesso em: 11 set. 2010. Adaptado.)

pandilla: gangue

Chaval: rapaz, garoto

Cacharros: louça

Cascos: fones de ouvido

Catana: espada japonesa

Cutre: mixaria

09) El autor del artículo llama a los docentes pobres profes porque ellos tienen que:

10) En la visión del periodista, entre los motivos que reflejan que la mayoría de los escolares sea una pandilla de adolescentes malcriados está su:

01.

educar a chicos descontrolados.

02.

recibir padres hedonistas.

01.

desprecio ante la comunicación informática.

04.

atender a madres agobiadas.

02.

manía de escuchar en casa los consejos.

08.

adaptarse a sus bajos sueldos.

04.

uso de cascos para despreciar lo que les dicen.

16.

instruir a chavales difíciles de motivar.

08.

disposición para recibir y nunca plantearse dar.

 

16.

tendencia a gustar de música sobre violencia.

7
7

11) O passeio

– Passe amanhã por minha casa

— disse o velho médico a um seu co-

nhecido.

– Muito obrigado. Sairei de minha

casa amanhã às três horas. Talvez o senhor deseje dar também um pas- seio. Nesse caso saia à mesma hora e

encontrar-nos-emos a meio do caminho,

– O senhor se esquece que já sou

velho e ando apenas três quilômetros por hora, enquanto que você é jovem e, mesmo andando devagar, faz quatro

quilômetros por hora. Não seria nenhum crime se me desse alguma vantagem.

– Tem razão – respondeu o jovem. –

Como pretende que eu ande mais um quilômetro por hora que o senhor, dou- -lhe esse quilômetro de vantagem, isto

é, sairei de casa quinze minutos antes. Será suficiente?

– É muito amável – respondeu logo

o ancião. O jovem cumpriu o prometido e saiu de sua casa às três menos um quarto,

caminhando a quatro quilômetros por hora. O médico saiu para a rua às três em ponto e andou três quilômetros por hora. Quando se encontraram, o ancião fez meia volta e juntos dirigiram-se à sua residência. Apenas quando regressou à sua casa o jovem compreendeu que, devido ao quarto de hora de vantagem concedida, teve que caminhar, não o dobro, mas o quádruplo do que andou o médico.

(PERELMAN, Y. I. Álgebra recreativa. A ciência ao alcance de todos. Editora Mir.)

A que distância da casa do médico estava a do seu jovem conhecido? (Coloque no cartão-resposta a distância encontrada multiplicada por 10.)

12) De acordo com seus conhecimentos sobre geometria, assinale a soma das afirmações verdadeiras:

01. Uma laranja está representada de acordo com a esfera abaixo.

A O
A
O

B

Uma praga infesta uma parte do seu volume, que seria o cone

circular reto, cuja base tem diâmetro AB , sendo o ângulo AÔB reto e o raio da esfera 12 cm. O volume desse cone de vértice

O é 144π

2
2

cm 3 .

02. Uma cesta cilíndrica de 2 m de altura e raio da base 1 m está cheia de bolas de diâmetro igual à quarta parte de 1 m. Se cerca de 50% da capacidade da cesta correspondem aos espaços vazios, o número mais aproximado de bolas que a cesta contém é 384.

8
8

04.

Um fabricante de velas produz cada peça no formato de uma pirâmide regular de base quadrangular e altura 4 cm, corta-se cada vela por um plano paralelo ao plano da base, de maneira que os volumes dos dois sólidos obtidos sejam iguais, para vender por preços iguais. A altura do tronco de pirâmide obtido é, em centímetros, (4 2 . 4 ).

3
3
em centímetros, ( 4 − 2 . 4 ) . 3 08. Em uma peça no

08. Em uma peça no formato de um cubo, representado pela figura, cada aresta mede 1 cm. Essa peça precisa ser torne- ada de maneira que se encaixe sobre uma superfície triangular. Para ser realizada essa operação precisa-se da área

do triângulo ABC, que mede 3 A C B
do triângulo ABC, que mede
3
A
C
B

cm 2 .

13) Dê a soma dos números associados às afirmações verdadeiras.

01.

Considere a progressão aritmética de 3 termos:

(cos 270 o , sen x, tg 225 o ). Então podemos concluir que o ângulo x é 30 o .

02.

Considere a progressão geométrica de 3 termos:

( log 1 0 10 , log 5 25, log 2 x). Então podemos concluir

( log 10 10 , log 5 25, log 2 x). Então podemos concluir que o valor de x é 256.

04.

Considere 10 pontos distintos numa circunferência de raio 50 cm. O número de retas que ficam determinadas por esses 10 pontos é 90.

08.

Sabe-se que o polinômio P(x) = x 3 + ax 2 + bx – 3 é divisível por D(x) = x 2 – 1. Desse modo podemos concluir que (a 2 + b 2 ) = 10.

9
9

14) Determine a soma dos números associados às proposições verdadeiras.

01.

02.

04.

08.

Se as equações das retas suportes dos lados de um triângulo ABC são y = 2x – 1, y = 5x – 4 e x = 5, a área da região triangular ABC é 24 u.a.

Na figura abaixo, o círculo está inscrito no triângulo equilátero.

y T C x U O S
y
T
C
x
U O
S

Se a equação do círculo é x 2 + y 2 = 2y, então o lado do

triângulo mede tg 60

o

= SU/2 ⇔ SU = 2
= SU/2
SU = 2

CO

o lado do triângulo mede tg 60 o = SU/2 ⇔ SU = 2 CO 3

3 .

Os pontos A(–1, 4), B(2, 3) e C não são colineares. O ponto C é tal que a área do triângulo ABC é

dadas, o lugar geométrico das possibilidades de C é representado no plano cartesiano por um par de retas paralelas

5 . Nas condições

por um par de retas paralelas 5 . Nas condições 2 2 distantes uma da outra.

2

2 distantes uma da outra.

2 distantes uma da outra.

O

coeficiente angular de uma reta no plano que intercepta o eixo x no ponto P(a, 0) e o eixo y no ponto Q(0, a) com

a

> 0 é um número positivo não nulo.

15) O gráfico abaixo é o esboço de um polinômio P(x) de grau 3. Assinale no cartão-resposta o resto da divisão desse polinômio pelo binômio Q(x) = 2x – 24.

y 1 3 4 x –1 10
y
1 3
4
x
–1
10

16) O mundo árabe, desde janeiro de 2011, encontra-se agitado por movimentos po- pulares genericamente denominados de Primavera Árabe, que já causaram a queda de três ditadores: Ben Ali da Tunísia, Hosni Mubarak do Egito e Muammar Kadafi da Líbia. Naquela região conhecida por Magreb (África do Norte), os conflitos também acontecem na Argélia e no Marrocos, assim como em países

17) Há exatos vinte anos, ou seja, em 1991, ocorreu o fim da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, que havia sido criada em 1922 pelo líder bolchevique Vladimir Lênin. Mesmo que o grande projeto socialista tenha se frustrado, a Revolução Russa de 1917 e seus desdobramentos constituíram-se em um dos acontecimentos funda- mentais para se compreender a história do século XX. Não há como explicar a ocorrência dos regimes totalitários nazifascistas surgidos no pós-Primeira Guerra, a eclosão da Segunda Guerra Mundial e as décadas da Guerra Fria sem fazer alusão ao socialismo soviético.

asiáticos como Síria, Iêmen, Bahrein, Omã e outros. Todos esses países possuem popu- lação de maioria islâmica, mas as revoltas não apresentam motivação religiosa, uma vez

Sobre a história da Revolução Russa e da União Soviética, dê o somatório dos itens corretos:

que seus integrantes, a maioria composta por jovens, reclamam das péssimas condições de vida, do desemprego, da corrupção das elites

01.

Ao iniciar-se o século XX, o gigantesco Império Russo apresen- tava um extraordinário atraso político, econômico e social em relação às demais potências da Europa ocidental.

dirigentes e da falta de leis democráticas, haja

A

região onde acontece a Primavera Árabe

02.

Os efeitos desastrosos do envolvimento russo na I Guerra

vista que tais países convivem ou conviveram com longas ditaduras.

Mundial, com pesadas perdas sofridas pelo exército, pelo desa- bastecimento e pela fome, provocaram a eclosão da Revolução Russa de 1917, que exigiu a renúncia do czar Nicolau II.

corresponde ao próprio Oriente Médio, que se

04.

A

primeira fase da revolução foi conduzida pelos políticos men-

tornou predominantemente islâmico durante

cheviques da Duma (Parlamento), que procuraram manter os

a

Idade Média. Nos séculos e milênios ante-

compromissos capitalistas com os aliados da Entente, daí não

riores havia uma grande diversidade cultural

se retirarem da I Guerra.

e

religiosa, e não devemos esquecer que foi

08.

A

continuidade da guerra e da crise juntamente com a formação

que surgiram as primeiras civilizações da

dos sovietes – os comitês de soldados e trabalhadores – foram

história.

 

os fatores que levaram a população a apoiar os bolcheviques

Lênin (1917-1924) introduziu as primeiras reformas socialistas

União Soviética e Estados Unidos se aliaram contra o nazismo

Em relação à longa história do Oriente Médio, some os itens corretos a seguir:

16.

liderados por Lênin, que prometiam mudanças mais extremas, sintetizadas no slogan "paz, pão e terra".

com a NEP – Nova Política Econômica –, mas a total estatização

01.

A

expressão Crescente Fértil foi utilizada

da URSS aconteceu com a aplicação dos Planos Quinquenais

pelos historiadores, para particularizar as áreas do Oriente Médio nas quais se de- senvolveram as civilizações hidráulicas do Egito e da Mesopotâmia na Antiguidade.

32.

por Stalin (1924-1953), que promoveu uma das mais violentas ditaduras do século XX.

na Segunda Grande Guerra (1939-1945), porém, encerrado

02.

O

judaísmo, o cristianismo e o islamismo

o

conflito, suas rivalidades foram retomadas e deram início à

foram religiões monoteístas que surgiram

 

Guerra Fria, conflito caracterizado pelo embate entre o bloco

no Oriente Médio em épocas distintas, daí

socialista, liderado pela URSS, e o bloco capitalista, liderado

o

fato de estas não apresentarem seme-

pelos EUA, que disputaram, pelas décadas seguintes, o pre-

lhanças entre si.

 

domínio econômico, político e militar no mundo.

04.

Na área que corresponde à atual Tunísia,

64.

O

último líder da URSS foi Mikhail Gorbatchev, que pretendeu

durante a Idade Antiga, havia se desen- volvido o Império Cartaginês de origem fenícia, que foi massacrado pelos roma- nos no evento conhecido como Guerras Púnicas.

modernizar o socialismo através das reformas da Perestroika e da Glasnost, porém seu plano de salvar a União Soviética foi frustrado pela revolta capitalista liderada por Boris Yeltsin, o verdadeiro responsável pelo fim da estrutura socialista.

08.

A

islamização do Oriente Médio teve início

18) Com seus azulejos portugueses, suas silenciosas ruas de pedra,

com a Jihad em 622, quando o profeta Ma- omé teve que fugir de Meca para Medina no começo de sua pregação religiosa.

suas torres, suas igrejas e suas palmeiras, a diminuta Colônia do Sacramento é hoje uma sonolenta cidadezinha histórica erguida entre as muralhas que presenciaram inúmeras batalhas. Sitiada em 1704-

16.

O domínio do Império Turco-Otomano sobre o Oriente Médio ocorreu a partir

05, em 1735-37, em 1763, em 1772-76, só passou definitivamente à Espanha depois do Tratado de Santo Ildefonso de 1777.

da desintegração e queda do Império Bizantino ao final da Idade Média e se estendeu pela Idade Moderna e Idade Contemporânea até a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), quando britânicos

(BUENO, Eduardo. Brasil: uma história. A incrível saga de um país. São Paulo: Ática, 2003, p. 86.).

A partir do texto apresentado e do que estudamos, assinale as alternativas corretas e faça o somatório.

e

franceses ocuparam partes da região.

32.

O Estado de Israel, criado em 1948, foi fruto da ideologia sionista, que defendia

01.

A

Colônia do Sacramento foi fundada por portugueses durante

que judeus da diáspora deveriam se esta-

o

século XVII no Vice-Reinado do Prata, pertencente à Espanha.

belecer nas terras de seus antepassados. Tal situação causou um impasse com o

02.

As inúmeras batalhas mencionadas no texto foram entre os espanhóis e os portugueses pelo domínio da região.

04.

O

tratado de Madri de 1750 determinou a troca da Colônia do

Estado da Palestina de religião islâmica, que já existia na região.

Sacramento pela região de Sete Povos das Missões, situada no oeste do Rio Grande do Sul.

11
11

08.

O tratado de Santo Ildefonso, que passou definitivamente a Colônia do Sacramento para a Espanha, foi assinado após a invasão desta na ilha de Santa Catarina.

20) Insatisfeito com o Congresso, infeliz com a vida numa cidade que odiava, colérico com o discurso em que Carlos Lacerda o acusou de tramar um golpe de gabinete, Jânio pouco dormiu na madrugada de 25 de agosto de 1961. Saiu da cama antes que

"Comunico aos senhores que renuncio, hoje, à Presidência da

16.

Pelo Tratado de Santo Ildefonso a Ilha de Santa Catarina foi devolvida aos domínios de Portugal.

o sol nascesse disposto a tirar o sono dos demais brasileiros. Depois do café da manhã ao lado da piscina do Palácio da Al- vorada, sobressaltou a mulher, Eloá, com outra frase de novela

19) A administração de Moreira César de 22 de abril a 28 de setembro de 1894, por seu lado, além de se voltar para a implantação das leis e da nova ordem vigente restrita à prisão e fuzilamento de civis e militares federalistas, na fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim, preocupou-se também pela restauração da Constituição estadual de 1891[ ]

mexicana: "A conspiração está em marcha, mas vergar eu não vergo!". Às 6 horas, já no Planalto, chamou a seu gabinete alguns asses- sores de confiança e, alisando o bigode de dono de botequim, antecipou a manchete da próxima edição de todos os jornais:

República". Durante o desfile do Dia do Soldado, convocou os três ministros militares para uma audiência – e para deixá-los atônitos com a notícia.

(Corrêa, Carlos Humberto. Militares e civis num governo sem rumo. Florianópolis: Editora da UFSC; Lunardelli, 1990, p. 144.)

O texto do professor e historiador Carlos Humberto

Corrêa nos leva a um momento de tensão na his-

tória catarinense dos anos iniciais da República.

A partir dele e do que estudamos, assinale as

alternativas corretas fazendo o somatório.

01.

Moreira César, mencionado no texto, foi o in- terventor designado para Santa Catarina pelo presidente Floriano Peixoto no momento da Revolução Federalista.

02.

A Fortaleza de Santa Cruz serviu de prisão para o maior adversário de Moreira César, o ex-governador Hercílio Luz.

04.

Os federalistas presos e fuzilados na fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim tinham por ob- jetivo a queda do governo de Floriano Peixoto.

08.

Em 1894, com os federalistas derrotados a cidade de Desterro, que havia sido fundada no século XVII, passou a ser denominada de Florianópolis.

16.

No momento da Revolução Federalista ocorreu também a segunda Revolta da Armada no Rio de Janeiro, com integrantes se deslocando para o sul do Brasil, inclusive para a cidade de Desterro.

(Revista Veja – ago. 2011 – Reportagem de Augusto Nunes ).

A partir da reportagem apresentada pela revista Veja e dos seus conhecimentos, assinale as alternativas corretas e faça o somatório.

01.

Carlos Lacerda, mencionado no texto, era o vice-presidente

de Jânio Quadros, que por discordar dos atos do presidente rompeu politicamente com ele.

02.

Naquele dia 25 de agosto de 1961, antes de anunciar sua renúncia, o presidente Jânio Quadros enviou uma mensa- gem ao Congresso Nacional instituindo no Brasil o sistema parlamentarista de governo.

04.

A cidade mencionada no texto como odiada por Jânio era

a capital do País, Brasília, inaugurada em 1960 durante o

governo do antecessor, JK.

08.

Com a renúncia do presidente Jânio Quadros, o Congresso Nacional determinou que no mesmo dia o vice-presidente da República, João Goulart, fosse empossado como novo presidente.

16.

Com o vice-presidente João Goulart em visita oficial à Chi- na, assumiu a presidência interinamente o presidente da Câmara dos Deputados, Ranieri Mazzilli.

32.

No Brasil, logo após a renúncia do presidente Jânio surgiu a campanha da legalidade, liderada pelo governador gaúcho Brizola, para assegurar a posse de João Goulart.

21) Leia o texto e observe as imagens abaixo:

As estradas

se cruzam

se juntam

dividem

ecossistemas

facilitam

o comércio

facilitam

o acesso a vários locais

reduzem

as distâncias

impactam a natureza

Brasil continental, ajudam a

encarecer os produtos transportados.

no

reduzem as distâncias impactam a natureza Brasil continental, ajudam a encarecer os produtos transportados. no 12
12
12
reduzem as distâncias impactam a natureza Brasil continental, ajudam a encarecer os produtos transportados. no 12
reduzem as distâncias impactam a natureza Brasil continental, ajudam a encarecer os produtos transportados. no 12

A partir das ilustrações, do tema transportes e dos conheci- mentos sobre as intervenções antrópicas na natureza, some a(s) alternativa(s) correta(s):

Com base nas características do bioma caatinga, some a(s) proposição(ções) verdadeira(s):

01.

As estradas, apesar de não proporcionarem impacto

01.

O clima que predomina na região é o tropical semiárido com chuvas irregulares.

ambiental, representam uma contingência do mundo mo-

02.

A

região pode ser classificada como uma de-

derno, pois elas se multiplicam, aproximam os lugares e,

pressão interplanáltica.

a

longo prazo, geram o pleno desenvolvimento social de

04.

Em virtude das condições climáticas, é verifica-

uma região.

da na caatinga a presença de rios intermitentes.

02.

As vias de circulação, dentre elas as rodovias, propor-

08.

A

vegetação é xerófita, aciculifoliada, decídua

cionam o intercâmbio de culturas, ideias, informações e

e

de raízes profundas.

riquezas, ao mesmo tempo que imprimem mudanças no espaço geográfico, na medida em que transformam os sistemas de produção e de consumo.

16.

Os solos do bioma são pouco afetados pelo intemperismo químico.

04.

Em virtude do progresso alcançado pelos transportes,

distância geográfica deixou de ser tão relevante, pois houve uma diminuição no valor da distância-custo e da

a

distância-tempo, que resultou em um crescimento de fluxos comerciais.

retirada de extensas áreas verdes em área de relevo

A

23) Economia, geopolítica e meio ambiente, as fontes de energia constituem uma abordagem interdisci-

08.

plinar em sua essência.

colinoso, para fins de implantação de grandes rodovias, provoca um aumento do processo de lixiviação, gerando certa estabilização das encostas, onde passa a ocorrer um predomínio da infiltração sobre o escoamento da água.

A afirmação acima denota a importância de uma abordagem sobre as fontes de energia envolvendo várias áreas do conhecimento, como Física, Quí-

16.

No decorrer do século XX, as políticas de transportes apli- cadas pelo Estado brasileiro priorizaram investimentos na matriz rodoviária.

mica, Biologia, História e Geografia, por exemplo. Sobre as fontes de energia e sua abordagem interdisciplinar é correto afirmar:

32.

Convencionou-se denominar de Custo Brasil o conjunto de

atual sistema de transportes brasileiro contribui muito com

distorções existentes na economia brasileira, responsável

01.

O carvão mineral abasteceu as máquinas a

pela baixa competitividade e ineficiência das empresas. O

vapor da Revolução Industrial iniciada na Ingla- terra, enquanto o petróleo explodia nos moto-

o

péssimo indicador que o Brasil possui.

res dos automóveis fordistas da 2ª Revolução

22) Leia o texto e analise o mapa ao lado:

 

Industrial e o urânio ganhava força com sua fissão nas usinas nucleares da 3ª Revolução Industrial.

Bioma é conceituado no mapa como um conjunto de vida (vegetal e animal) constituído pelo agrupamento de tipos de vegetação contíguos e identificáveis em escala regional, com condições geoclimáticas similares e história compartilhada de mudanças, o que resulta em uma diversidade biológica própria.

02.

As implicações ambientais sempre suscitaram debates sobre o uso das diversas fontes de energia, diante da dependência mundial em relação aos combustíveis fósseis, a energia nu- clear ganhava força como alternativa ao aque- cimento global, até o acidente de Fukushima no Japão, que levou países como a Alemanha

 

(Disponível em: www.ibge.com.br>. Acesso em 10 out. 2011.)

a

BIOMAS BRASILEIROS

Amazônia Caatinga Cerrado Pantanal Mata Atlântica Pampa
Amazônia
Caatinga
Cerrado
Pantanal
Mata Atlântica
Pampa

04.

mudar essa perspectiva de avanço da fonte nuclear.

O Brasil, com o maior território tropical do Pla- neta, pode explorar muito mais fontes renová- veis como a biomassa – biodiesel e etanol – e ainda investir mais em fontes alternativas como eólica e solar.

08.

A

preocupação dos países mais industrializados

quanto ao aquecimento global parte, princi- palmente, da queima de combustíveis fósseis,

enquanto o Brasil das atividades agropecuária, destacando o país como detentor de uma matriz energética mais limpa que a dos demais.

16.

A

China, maior consumidora de carvão do mun-

do, deixou de lado os investimentos em fontes renováveis devido à abundância de reservas fósseis em seu território.

32.

Todos os países detentores de armas nucleares são signatários do Tratado de Não Proliferação Nuclear (TNP), o que resultou em sanções contra o Irã, que não atendeu às normas do referido tratado.

13
13

24) A necessidade de orientação e registro de novas conquistas, há milhares de anos faz parte do objeto de estudo da Geo- grafia e da sociedade, que necessita de seus conhecimentos. Orientação e cartografia evoluíram como ciência, mas jamais perderam sua arte, suas raízes históricas.

25) A atmosfera e seus fenômenos deixam os sinais de alerta quanto às agressões humanas no início do século XXI, enchentes, deslizamentos, secas. Alguns fenômenos ocorrem naturalmente, mas outros pre- cisam da ação antrópica para assumir proporções catastróficas. Sobre o tema é correto afirmar.

Sobre os elementos da Geografia citados acima é correto afirmar:

01.

O fenômeno El Niño é resultado do processo de industrialização da América, pois não há

01.

A

escala preserva a proporção entre a distância gráfica e

registros anteriores do fenômeno.

a

distância real, de modo que o mapa de Santa Catarina

02.

As ilhas de calor criam um microclima urbano

apresenta escala menor que o planisfério político quando representados no mesmo espaço gráfico.

devido às áreas com concreto e asfalto, redu- zidas áreas verdes e prédios que dificultam a

02.

As projeções cartográficas de Peters e Mercator são proje-

dissipação do calor.

ções cilíndricas com propostas diferentes; a primeira, equi- valente, preserva a proporção entre as áreas, já a segunda, conforme, preserva as formas das áreas representadas.

08.

A troposfera é a camada da atmosfera onde ocorrem as maiores e mais frequentes perturba- ções, enquanto a estratosfera retém parte dos

04.

Em uma escala de 1/1000000, a distância gráfica entre duas

raios ultravioleta, através da camada de ozônio.

cidades equivale a 5 cm no mapa e terá respectivamente no terreno 50 km.

16.

As enchetes em setembro de 2011 em Santa Catarina apresentaram a fúria da natureza

08.

As projeções azimutais representam com fidelidade as baixas latitudes.

associada com a ação antrópica, através da ocupação de áreas de mata ciliar e encostas

16.

A

projeção de Peters foi condenada durante séculos por

de maior declividade, áreas de preservação

manter a visão eurocêntrica da expansão marítima e co-

 

permanente em debate no novo Código Flo-

mercial europeia.

restal Brasileiro.

32.

Um recurso usado para orientação durante séculos era o movimento aparente do Sol, com nascente no Oriente e poente no Ocidente.

32.

As grandes enchentes em Santa Catarina são provocadas, predominantemente, por chuvas orográficas e de convecção.

O problema do gás metano em shopping de SP

Cetesb afirmou, na terça-feira (27 de setembro), que o gás metano acumulado no subsolo do shopping center Norte, na zona norte de São Paulo, também é um risco para o conjunto habitacional Cin- gapura Zaki Narchi, que fica na região. No entanto, a Cetesb disse que o estudo feito está incompleto e determinou que fosse feita a drenagem do terreno, com

a retirada de todo o gás do subsolo. "Você tem um conjunto de fatores no local que, se desencadeados, podem le- var a um evento catastrófico, um aciden- te como uma explosão, por exemplo", afirma Geraldo do Amaral Filho, diretor

Explicação técnica:

de controle e licenciamento ambiental da Cetesb. O Shopping Center Norte foi multado em R$ 2 milhões nesta terça e obrigado a fechar as portas até sexta-feira (30). O Lar Center e o Carrefour, que ficam no mesmo terreno, também vão ficar fechados até cumprirem as exigências do governo para afastar o risco de explosão. A interdição é por tempo indeterminado. Segundo a Secretaria do Verde e Meio Ambiente, as medidas aconteceram porque o sho- pping não afastou o risco de explosão. Documentos da Cetesb afirmam que “todas as sondagens mostraram a

existência de uma grande quantidade de lixo enterrada, com presença de chorume e geração de gás, não sendo encontrado solo natural até dez metros de profundidade”. O documento diz ain- da que a estrutura da construção pode sofrer movimentações, apresentar novas rachaduras e atingir condições propícias para uma explosão. Desde 2009, a Cetesb cobra provi- dências do shopping, construído nos anos 1980 em cima de um lixão. Ele co- meçou a receber multas e advertências antes mesmo de entrar para a lista de áreas contaminadas críticas.

O Metano, também conhecido por vários nomes como: biogás, gás do pântano entre outros, por ser composto apenas

por carbono e hidrogênio, é classificado como o hidrocarboneto mais simples (CH 4 ).

um gás inodoro e incolor, sua molécula é tetraédrica e apolar (CH 4 ).

É

As principais fontes de obtenção do metano são: decomposição de resíduos orgânicos, extração de combustível mineral

e processo de digestão em animais herbívoros.

Os principais usos do metano são como combustível e como fonte de gás hidrogênio. Possui uma grande facilidade de entrar combustão quando em presença com o oxigênio.

26) Podemos afirmar em relação ao metano:

01.

O gás faz ponte de hidrogênio com o oxigênio, por isso é tão inflamável.

02.

Não faz isomeria com nenhum composto orgânico.

04.

Os clientes do shopping perceberam o vazamento do gás devido ao "cheiro" liberado por ele.

08.

Na combustão completa do metano ocorre principalmente a produção de monóxido de carbono e água.

16.

O metano é um dos responsáveis pelo efeito estufa.

32.

É um combustível essencialmente fóssil.

14
14

27) Considerando-se o valor do produto de solu- bilidade (Kps) a 25 o C, do composto BaSO 4(s) em meio aquoso, assinale o que for correto. (KpsBaSO 4 = 1,0 . 10 10 ).

01. Uma solução aquosa de BaSO 4 , contendo

1,0 . 10 5 mol/L de Ba 2+ e 1,0 . 10 5 mol/L de SO 4 2 , é classificada como solução saturada. 02; Considerando Kps = [Ba 2+ ] . [SO 4 2 ] pode-se dissolver até 1,0 . 10 20 mol de

04.

08.

16.

Ba 2 SO

A solubilidade do sal BaSO 4 é maior em

água do que em uma solução aquosa de Na 2 SO 4 , devido ao efeito do íon comum no sistema.

Quando a dissolução do BaSO 4 em água for a máxima possível, as concentrações

dos íons Ba 2+ e SO 4 2 serão ambas iguais

a 1,0 . 10 10 mol L 1 .

Quando [Ba 2+ ] . [SO 4 2 ] for maior que 1,0 . 10 10 , a solução é considerada su- persaturada.

em um litro de água pura.

4(s)

28) O gráfico a seguir representa a variação da con- centração de um radioisótopo com o tempo.

8 7 6 5 4 3 2 1 0 0 1 2 3 4 5
8
7
6
5
4
3
2
1
0 0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
concentração

tempo (min)

A observação do gráfico permite afirmar que a meia-vida do radioisótopo é igual a:

observação: marque como resposta o valor obtido em minutos.

29) Analise as alternativas abaixo e assinale somente as corretas.

01. Considere as seguintes equações químicas:

X 0 (g) + energia X + (g) + e

Y 0 (g) + e Y (g) + energia

Z 2(g) + energia 2 Z 0

(g)

Considerando as estruturas eletrônicas dos átomos, íons ou mo- léculas envolvidos:

I. A primeira equação refere-se à energia de ionização de X 0 , que deve estar representando, de preferência, um átomo de elemento pertencente à família dos halogênios.

II. A segunda equação refere-se à energia de afinidade eletrônica de Y 0 , que deve estar representando, de preferência, um átomo de elemento pertencente à família dos metais alcalinos.

III. A terceira equação refere-se à energia de dissociação de molé- culas diatômicas no estado gasoso, ou seja, energia de ligação.

Está correto o que se afirma em I, II e III.

02.

O conhecimento das estruturas das moléculas é um assunto bastante relevante, já que as formas das moléculas determinam propriedades das substâncias como odor, sabor, coloração e solubilidade. As figuras apresentam as estruturas das moléculas CO 2 , H 2 O, NH 3 , CH 4 , H 2 S e PH 3 .

, H 2 O, NH 3 , CH 4 , H 2 S e PH 3

'

'

As moléculas (I), (II) e (V) são planares e as moléculas (III), (IV)

e

(VI) são espaciais.

04.

O

equivalente-grama de uma substância formada em um ele-

trodo, sabendo-se que, ao passar uma corrente de 9,65 A de intensidade durante 8 minutos e 20 segundos, formam-se 1,4 g de substância, é igual a 28 g/mol.

08.

O

14 C é um isótopo beta-radioativo do carbono com meia-vida

(t ½ ) igual a 5 700 anos. Ele existe na natureza porque é formado continuamente na atmosfera como produto de reações nuclea- res entre o nitrogênio e nêutrons, gerados por raios cósmicos. Ele forma CO 2 e se integra aos organismos vivos através da fotossíntese, numa razão isotópica constante 14 C/ 12 C. Esse fato

é usado para datar amostras de origem biológica que têm sido

isoladas de organismos biológicos após sua morte, quando a razão 14 C/ 12 C passa a decrescer com o tempo por causa da contínua desintegração do 14 C. A idade de uma amostra obtida de um organismo biológico, após sua morte, que apresenta uma razão 14 C/ 12 C igual a 0,25 da razão 14 C/ 12 C de um organismo vivo é menor que 15 000 anos.

15
15

16. Um estudante, ao fazer uma prova oral, res- pondeu a uma série de cinco perguntas com as afirmações abaixo:

I. Ligação covalente é aquela que se dá pelo com- partilhamento de elétrons entre dois átomos.

II. O composto covalente HC é polar devido à diferença de eletronegatividade existente entre os átomos de hidrogênio e cloro.

III. O composto formado entre um metal alcalino e um halogênio é covalente.

IV. A substância de fórmula Br 2 possui ligação co- valente apolar.

V. A substância de fórmula CaI 2 é iônica e conduz corrente elétrica no seu estado natural.

Como cada resposta certa vale dois pontos, podemos afirmar corretamente que o estudante receberá nota 8,0 (oito).

32. Admitindo-se que o primeiro elétron a ser adicio- nado em um orbital tenha spin –1/2, os quatro números quânticos do elétron diferenciador do átomo de selênio (Se), em seu estado funda- mental, são: 4, 1, –1 e +1/2.

30) Aminoácidos, proteínas, carboidratos e lipídios são chamados de moléculas da vida. Abaixo estão alguns exemplos dessas moléculas.

A) CH 3

CH C NH 2
CH C
NH 2

O

OH

O

CH 2 O C C 15 H 31 O B) CH C C C H
CH 2
O
C
C
15 H
31
O
B) CH C
C
C H
15
31
O
CH 2
O C
C
15 H
31
O C) CH 2 CH CH CH CH C H OH OH OH OH OH
O
C)
CH
2 CH
CH
CH
CH
C
H
OH
OH
OH
OH
OH
Com relação a esses compostos (A, B e C) é correto
afirmar que:

01.

(A) pode ser monômero de um polímero natural.

02.

(B) pode ser obtido pela reação entre um ácido carboxílico e um álcool.

04.

Existem 32 isômeros opticamente ativos com a mesma fórmula molecular que o composto (C).

08.

Através de uma reação de polimerização por condensação do composto (A) obtemos uma proteína.

16.

O composto (B) é um lipídio saturado e sua função orgânica é éster.

32.

O nome oficial do composto (C) é penta-hidroxi- hexanal.

16
16

31) O homem, desde os primórdios, sente fascínio e curiosidade pelas ondas do mar. Como explicá-las? Por que elas existem? Em nosso mundo estamos rodeados por ondas. Uma brinca- deira de criança, de pular corda, é um exemplo de aplicação de ondas no cotidiano. E ainda existem as ondas sonoras, luminosas, sinais de rádio, sinais de raio X, etc. Na história da Física, grandes cientistas dedicaram- se ao estudo das ondas. Dentre eles, podemos citar Chris- tian Huygens (1629-1695), Robert Hooke (1635-1703), Isaac Newton (1643-1727), Johann Doppler (1803-1853), James Maxwel (1803-1853), Henrich Hertz (1857-1894), Guglielmo Marconi (1874-1937) e outros. As aplicações dos estudos de ondas nos proporcionam mui- tas das maravilhas do chamado mundo moderno, como a televisão, o rádio, a internet, as telecomunicações via satélite, o radar, o forno de micro-ondas, etc.

Em relação ao estudo de ondas, some os valores que corres- pondem às alternativas corretas.

01.

A frequência de uma propagação ondulatória depende da fonte emissora; a velocidade de propagação depende do meio onde se transmite.

02.

Um sinal de rádio pode ser classificado como onda eletro- magnética, tridimensional e transversal.

04.

No vácuo todas as ondas eletromagnéticas se propagam com a mesma velocidade; nos meios materiais, cada faixa de frequência eletromagnética possui uma determinada velocidade de propagação.

08.

Os sinais de rádio AM, comparados aos de rádio FM, possuem menor nitidez e maior alcance.

16.

Quando um pulso unidimensional em uma corda tracio-

nada atinge uma de suas extremidades, fixadas em uma

parede, reflete-se em oposição de fase.

32.

Uma das situações que demonstram que uma onda tam-

bém pode deslocar matéria é o que ocorre com os surfistas,

que são, com suas pranchas, movidos pela onda que estão

“pegando”, durante a realização de sua atividade esportiva.

32) A quantização da carga elétrica foi observada pelo físico norte-

americano Robert A. Millikan e seus colaboradores, através

de experimentos conduzidos desde 1909 até 1911. Nas suas experiências, Millikan mantinha pequenas gotas de óleo eletri- zadas em equilíbrio vertical entre duas placas paralelas também eletrizadas, como mostra a figura abaixo.

Placa eletrizada

B

 
  Gota de óleo

Gota de óleo

A

Placa eletrizada

Para conseguir isso, regulava a diferença de potencial entre essas placas alterando, consequentemente, a intensidade do campo elétrico entre elas, de modo a equilibrar a força gravi- tacional.

Suponha que, em uma das suas medidas, a gota tivesse um peso de 1,2 . 10 14 N e uma carga elé- trica positiva de 9,6 . 10 19 C . Desconsiderando os efeitos do ar existente entre as placas, some os valores correspondentes às alternativas corretas.

01.

A placa B está eletrizada positivamente.

02.

A placa A está eletrizada positivamente.

04.

O vetor campo elétrico entre as placas eletri- zadas aponta verticalmente da placa A para a placa B.

08.

O vetor campo elétrico entre as placas eletri- zadas aponta verticalmente da placa B para a placa A.

16.

A

intensidade do campo elétrico entre as pla-

cas A e B é igual a 1,25 . 10 4 N/C .

32.

Se a distância entre as placas A e B for de 4,0 cm, então o módulo da d.d.p. entre elas será de 5,0 . 10 2 V.

33) A figura representa uma caixa A apoiada sobre uma mesa e sobre a caixa uma moeda. O coeficiente de atrito estático entre a caixa e a moeda é µ. Em um determinado instante uma força F é aplicada à caixa, causando-lhe uma aceleração de 2,0 m/s 2 . Adote g = 10 m/s 2 .

uma aceleração de 2,0 m/s 2 . Adote g = 10 m/s 2 . Com essas

Com essas informações, some as proposições corretas.

01.

O movimento ou repouso da moeda em rela- ção à caixa independe do coeficiente de atrito.

02.

O movimento ou repouso da moeda, em re- lação à caixa, além do coeficiente de atrito µ, depende da massa da moeda.

04.

A força de atrito entre a caixa e a moeda, agindo sobre a moeda, tem o sentido para a direita.

08.

A força de atrito entre a caixa e a moeda, agindo sobre a moeda, tem o sentido para a esquerda.

16.

O

coeficiente de atrito estático entre a moeda

e

o caixa é 0,2.

34) Um funcionário de uma lanchonete precisa aquecer 1,0 litro de água que, inicialmente, está à temperatura ambiente T 0 = 25 o C. Para isso, ele utiliza o ebulidor de água, mostrado na figura abaixo, que possui uma resistência R =12,1 e é feito para funcionar com a diferença de potencial V = 110 Volts. Dados: c água = 1 cal/g . °C = 4,2 J/g . °C; L VAP = 2270 J/g; d água = 1 kg/L

. °C; L V A P = 2270 J/g; d á g u a = 1

Ele mergulha o ebulidor dentro da água, liga-o e sai para atender um cliente (considere que todo o calor dissipado pelo ebulidor é absorvido pela água). Com base nas informações marque no gabarito a soma das alternativas corretas.

01.

Para aquecer a água de 25 o C até 100 o C são necessários

300

000 J.

02.

A potência dissipada pelo aquecedor é igual a 500 W.

04.

O tempo para a água atingir a temperatura de 100 o C é de

400

s.

08.

A corrente elétrica que percorre o ebulidor gera um campo magnético.

16.

Após atingir 100 o C a água demora 2270 s para vaporizar completamente.

32.

O calor absorvido pela água durante o processo de vapo- rização é chamado de calor sensível.

64.

Caso a água estivesse inicialmente a 0 o C e recebesse calor do ebulidor seu volume diminuiria durante o aquecimento de 0 o C a 4 o C.

diminuiria durante o aquecimento de 0 o C a 4 o C. 35) Há exatamente 50

35) Há exatamente 50 anos, o feito histórico que durou 108 minutos lançou Yuri Gagarin e o mundo na era de missões espaciais tripuladas. Viajando a cerca de 27.400 km/h, Gagarin deu a volta completa à Terra e disse a famosa frase "A Terra é azul". A bordo da nave Vostok e em meio à Guerra Fria, o cosmonauta de apenas 27 anos tornou-se um herói e um dos homens mais famosos do planeta. Gagarin não tinha nenhum tipo de controle sobre a nave pilotada. "Ninguém sabia que efeito a gravidade zero teria sobre os astronautas quando eles estavam lá em cima. Eles estavam preocupados com o risco de que ele pudesse ficar desorientado e inválido, uma vez exposto à ausência de gravidade", lembra Reginald Turnill, repórter de temas aeros- paciais da BBC entre 1958 e 1975. Então ficou decidido que o controle seria feito a partir da base terrestre. Caso o controle a partir da base fosse perdido, o cosmonauta também teria em mãos um envelope selado contendo códigos que permitiriam que ele assumisse o controle da nave espacial com o auxílio de um computador rudimentar, mas tudo ocorreu de acordo e tal atitude não foi necessária.

(Texto adaptado do site: <www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/2011/

04/110412_gagarin_50anos_bg.shtml.>)

17
17

Com relação ao texto apresentado, analise as alternativas e assinale o que estiver de acordo com as leis da Física:

08.

Isso porque os genes não são os únicos fatores determinantes das ondulações que cobrem nossos dedos, mas sim os sulcos também são

01.

Sabendo que a altitude em que Gagarin orbitou em seu voo

influenciados por tensões aleatórias experimen-

histórico foi de 327 km, a afirmação do repórter de que nessa altitude a gravidade era zero está correta.

tadas no útero. Mesmo um cordão umbilical com comprimento um pouco diferente muda a

02.

A

comunicação entre a nave e a Terra era feita através de

sua impressão digital. É um fenótipo e por isso

ondas de rádio, que são de natureza eletromagnética e

 

pode ser modificado pelo meio.

possuem frequência maior que a luz visível.

 

04.

O azul do céu é explicado pelo maior espalhamento da luz

"[

]

Uma pesquisa recente sugere que, já com

azul em gases da nossa atmosfera.

14 semanas de gestação, os gêmeos interagem

08.

A

percepção de Gagarin de a Terra ser azul é explicada pela

uns com os

os fetos estavam fazendo

dispersão ou decomposição da luz azul nas gotas de água do mar.

movimentos especificamente dirigidos para seus gêmeos, movimentos que aumentaram entre

16.

Ao incidir nas gotas d'água em suspensão após uma chuva, a luz branca proveniente do Sol poderá fornecer a imagem do arco-íris; esse fenômeno é consequência de duas refrações, uma reflexão total e uma dispersão.

as semanas 14 e 18. Tais resultados fazem os pesquisadores pensarem sobre o surgimento do comportamento social quando o contexto permite que ocorra interação"

36) Nesta questão, cada alternativa possui uma introdução "entre aspas e em itálico", retirada do texto "8 fatos fascinantes sobre gê- meos". Leia com atenção cada introdução e em seguida assinale a alternativa, se esta for correta. Leia a íntegra do texto em: (http://

hypescience.com/8-fatos-fascinantes-sobre-gemeos/?utm_

source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Fe

ed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29)

"[

início e, como tal, dar à luz a gêmeos pode ser uma adaptação evolutiva na qual as mães saudáveis aproveitam a oportunidade para passar seus genes a mais descendentes."

as mães de gêmeos são fisicamente mais fortes desde o

]

16. Sensibilidade e interação são características relacionadas com o sistema nervoso que começará a sua diferenciação, formação e desenvolvimento ao término da fase embrio- nária, isto é, no terceiro mês de gestação.

"Ter gêmeos pode ter mais a ver com o acaso do que com a genética, pelo menos no caso dos

gêmeos idênticos. Os cientistas ainda têm que en- contrar algum gene que faça com que um óvulo fer- tilizado se divida em dois – resultando em gêmeos monozigóticos –, o que sugere que bebês idênticos

é uma ocorrência aleatória. Mesmo assim, contra

01.

É

mais comum aos animais gerar numa só gestação vários,

a sabedoria convencional, gêmeos fraternos nem

 

às vezes muitos, descendentes. Na espécie humana, e em

sempre saltam uma geração. Esta noção pode ter

algumas outras como vacas e baleias, o padrão é de um filhote por cria.

ver com o fato de que os homens que herdam

esse "gene gêmeo" não são afetados por ele, mas podem passá-lo para suas filhas que, então,

a

"[

]

10 cães policiais altamente treinados, que passaram por 12

são mais propensas a ter gêmeos fraternos."

testes, nos quais eles cheiraram um cotonete retirado da barriga de pares de gêmeos idênticos e fraternais, para depois encon- trar um cheiro correspondente em sete possibilidades. Os cães acertaram todos os testes, escolhendo a correspondência correta o tempo todo."

32. O trecho destacado do texto acima sugere que se trata de um caso de herança limitada pelo sexo.

02.

O olfato é um sentido que capta moléculas em suspensão no ar, o olfato nos cães é extremamente mais pronunciado

37) Com relação às características evolutivas e mor-

do que nos humanos. Os cães conseguiram diferenciar os gêmeos, pois fatores metabólicos e externos alteram o odor de cada indivíduo diferentemente.

fológicas dos animais, assinale as alternativas corretas:

01.

Considerando o desenvolvimento embrionário, em especial do trato digestório, os moluscos são mais evoluídos do que os equinodermatas.

"Conforme uma mulher envelhece, ela também fica mais propen- sa a ter gêmeos. Um outro estudo descobriu que, comparadas com as mulheres com menos de 35, mulheres com idades entre 35 e mais velhas tinham níveis mais elevados de um hormônio

02.

Nos moluscos, o pé é uma estrutura muscu- losa capaz de deslizar, nadar, capturar, cavar ou fixar.

folículo-estimulante e eram mais propensas a liberar mais de um óvulo em um ciclo menstrual."

04.

As substâncias nitrogenadas recolhidas pelos nefrídeos são eliminadas para o exterior do corpo dos anelídeos.

04.

O FSH é um hormônio hipofisário, responsável por estimular

08.

Pinguim, baleia e tubarão possuem coração

a

liberação do óvulo por volta do décimo quarto dia do ciclo

com três cavidades.

ovulatório, e por isso seria diretamente responsável pela libe- ração de vários óvulos no caso da poliovulação que formará gêmeos fraternos.

16.

Quanto ao sistema respiratório, os anfíbios não apresentam pulmões e os mamíferos não apresentam traqueias.

"Ao invés de procurar uma característica facial ou um item de

32.

A digestão intracelular das esponjas é coor- denada pelo seu sistema nervoso difuso.

vestuário especial para distinguir um irmão gêmeo, é melhor olhar para seus dedos. Gêmeos idênticos não têm impressões digitais idênticas."

64.

As amebas utilizam os seus lisossomos, libe- rando enzimas digestivas sobre seu alimento para digeri-lo e depois absorvê-lo.

18
18

38) O estudo da genética evoluiu muito no século passado. Desde que Watson e Crick propuseram um modelo para a estrutura do DNA, em 1953, tem-se constatado um progresso fantasticamente acelerado da Biologia Molecular. As novas descober- tas lembram fatos que há poucos anos pareciam ficção científica. Sobre o tema julgue os itens a seguir acerca dos ácidos nucleicos e citologia e some as corretas.

01.

Apesar de ser o sexto elemento mais abundante no universo e o mais versátil de todos, o carbono não faz parte da estrutura do DNA.

02.

O DNA é mais frequente no núcleo e o RNA se encontra tanto no núcleo quanto no citoplasma.

04.

A

coloração de cromossomos é uma técnica atual que se baseia no uso de vários corantes para os diferentes lipídios

que constituem os cromossomos.

08.

As mutações gênicas implicam necessariamente a modificação do fenótipo do indivíduo.

16.

Tanto o DNA quanto o RNA são constituídos de unidades denominadas nucleotídeos.

32.

Nos processos de fecundação natural, a mãe transmite maior quantidade de DNA para o filho do que o pai.

39) O site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou em nota os casos de botulismo ocorridos em Santa Catarina, na primeira quinzena de março de 2011, envolvendo sete pessoas. Ao serem notificadas da suspeita de casos, as equipes de vigilância epidemiológica e sanitária das Secretarias de Estado da Saúde de Santa Catarina e Rio Grande do Sul realizaram investigação e interditaram, cautelarmente, o alimento suspeito disponível no comércio (mortadela com toucinho da marca Pena Branca, fabricada em 17 de fevereiro de 2011, com validade até 18 de abril de 2011). A inspeção e a fiscalização das indústrias que fabricam produtos de origem animal são de competência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que realizou inspeção na empresa Penasul Alimentos. A empresa recolheu o produto dos pontos de venda e, desde então, nenhum novo caso suspeito de botulismo por esse alimento foi identificado.

(Disponível em: <http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18&section=Geral&newsID

=a3264213.xmlt>.)

Sobre bactérias marque as alternativas corretas.

01.

São procariontes e unicelulares.

02.

Podem ser autótrofas e heterótrofas.

04.

Reproduzem-se somente de forma assexuada.

08.

Algumas bactérias associadas com raízes de leguminosas conseguem fazer a fixação de nitrogênio.

16.

Estafilococos e estreptococos são colônias de bactérias em forma de cacho e fileira respectivamente.

32.

Tétano e botulismo são doenças causadas por bactérias anaeróbicas obrigatórias.

40) Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), "saúde é o completo bem-estar físico, social, mental e moral, e não apenas a ausência de enfermidade ou doença". Pelo planeta temos os mais variados tipos de doenças, cuja incidência tem influência de fatores climáticos, econômicos, culturais e sociais, pois são evidentes em diversos países as doenças associadas às condições de vida da população. Então podemos afirmar que:

01.

em regiões de clima tropical com florestas densas e com taxa de pluviosidade alta há favorecimento para doenças como a malária, causada pelo protozoário do gênero Plasmodium e transmitida pelo mosquito Anopheles sp.

02.

região do Vale do Itajaí é frequentemente assolada por enchentes após períodos de chuva intensa, aumentando o perigo do aumento da incidência de doenças como a leptospirose, causada pelo camundongo e pela ratazana.

a

04.

o

combate aos insetos hematófagos é uma medida profilática que serve para diminuir a incidência de doenças como

dengue, causada por um vírus, e leishmaniose, causada por um protozoário.

08.

doenças virais como rubéola e aids podem ser hereditárias, pois esses vírus conseguem vencer a barreira placentária

e

causar danos ao embrião durante o período de gestação.

16.

o

consumo de carne de boi sem inspeção pode ter como consequência a transmissão de teníase, causada pela Taenia

saginata, cujos ovos são encontrados na carne do animal, e podem sobreviver mesmo com altas temperaturas no seu cozimento.

32.

em países com excelente qualidade de vida a população pode alcançar longevidade maior, pois há saneamento básico

e maior investimento na profilaxia de doenças que podem ser evitadas, sendo mais comuns as doenças degenerativas, associadas à idade avançada, como osteoporose, arteriosclerose, catarata e males como Alzheimer e Parkinson.

19
19

DISCurSIVaS

DISCurSIVaS 01) Texto ] O interior estava deserto; de vez em quando um lampejo riscava o
DISCurSIVaS 01) Texto ] O interior estava deserto; de vez em quando um lampejo riscava o

01) Texto

]

O interior estava deserto; de vez em quando um lampejo riscava o vidro das janelas e um estrondo vinha do céu como uma ameaça. Ainda rastejando, a mulher imergiu num espaço sombrio, onde nada – salvo seu corpo umedecido e seus cabelos

molhados – lembrava a chuvarada lá fora. [

Uma trovoada violou o silêncio da sala e fez vibrar o lustre de cristal pendurado

na cúpula. O abalo alcançou um pequeno aposento do último andar. Ali, estirado numa rede, um homem que se diz vigia

Ele admirava a foto e depois via através da janela o campanário da torre solitária, o sino

do teatro se distraía do mundo. [

que soava com a mesma pontualidade das chuvas até o anoitecer, quando o perfil da igreja se esvaía e no centro da janela surgia o círculo lunar.

Ela parecia um vulto perdido nesse mundo invadido pela água. [

]

]

]

A chuva atingiu-a em plena praça São Sebastião. [

O fragmento acima faz parte de uma das obras de leitura obrigatória da UFSC para o vestibular deste ano; a presença das águas, dentre elas a da chuva, parece ser uma constante no conjunto de narrativas, assim como em uma outra obra também de leitura obrigatória, em que essa mesma chuva desempenha o papel de antagonista, aquele(a) que atrapalhará o desenvolvimento da trama pelo protagonista. No primeiro caso, trata-se do primeiro conjunto de contos do autor; no segundo, de um romance ou novela que foi premiado em 1967 com o Prêmio Walmat.

a) Identifique as obras e os respectivos autores a que se faz referência no enunciado acima.

b) Sobre o fenômeno da chuva, responda:

b.1) qual o nome do fenômeno físico da passagem da água do estado gasoso (vapor) para o líquido?

b.2) qual o tipo de ligação intramolecular existente entre os átomos ligantes da água?

b.3) qual o tipo de ligação intermolecular existente entre as moléculas da água?

02) Dois resistores lineares com resistências elétricas R 1 = 3,0 e R 2 = 2,0 são associados em série e à associação aplica-se uma diferença de potencial de 15 V.

a) Faça um diagrama representativo do circuito.

b) Determine, em ampères, a intensidade da corrente elétrica que atravessa o resistor R 1 .

c) Calcule, em watts, a potência dissipada no resistor R 2 .

d) Determine, em Wh, a quantidade de energia elétrica dissipada no resistor R 2 , caso o circuito fique em funcionamento durante meia hora.

20
20

INSTRUÇÕES

01.

Administração

55.

Engenharia da Computação

34.

Matemática e Computação Científi-

02.

Agronomia

16.

Engenharia de Alimentos

ca

64.

Antropologia

17.

Engenharia de Aquicultura

35.

Medicina

03.

Arquitetura e Urbanismo

14.

Engenharia de Controle e Automa-

44.

Medicina Veterinária

65.

Arquivologia

ção Industrial

45.

Moda

54.

Automação de Escritório e Secreta-

66.

Engenharia de Energia

69.

Museologia

riado

18.

Engenharia de Materiais

36.

Nutrição

04.

Biblioteconomia

70.

Engenharia de Pesca

52.

Oceanografia

05.

Ciências Biológicas

19.

Engenharia de Produção Civil

37.

Odontologia

06.

Ciências Contábeis

20.

Engenharia de Produção Elétrica

38.

Pedagogia

07.

Ciências da Computação

21.

Engenharia de Produção Mecânica

39.

Psicologia

63.

Ciência e Tecnologia Agroalimentar

22.

Engenharia Elétrica

40.

Química

08.

Ciências Econômicas

67.

Engenharia Eletrônica

56.

Relações Internacionais

50.

Ciência Política

23.

Engenharia Mecânica

58.

Secretariado Executivo

09.

Ciências Sociais

24.

Engenharia Química

41.

Serviço Social

59.

Cinema

25.

Engenharia Sanitária – Ambiental

42.

Sistemas de Informação

57.

Comunicação Social

26.

Farmácia

48.

Tecnologia Mecânica – Movelaria

10.

Design

27.

Filosofia

53.

Turismo e Hotelaria

61.

Design de Animação

28.

Física

60.

Zootecnia

62.

Design de Produtos

43.

Fisioterapia

99.

Outros

49.

Design Industrial

51.

Fonoaudiologia

11.

Direito

29.

Geografia

12.

Educação Física

68.

Geologia

46.

Educação Artística – Artes Plásticas

30.

História

44) opção de Língua Estrangeira

47.

Educação Artística – Música

31.

Jornalismo

13.

Enfermagem

32.

Letras

00.

Inglês

15.

Engenharia Civil

33.

Matemática

11.

Espanhol

21
21