Você está na página 1de 6

1

1 www.esteticistas.net.br Ar gila Ver melha com Pimenta, Albumina e Gesso A argila é uma rocha,

www.esteticistas.net.br

Ar gila Ver melha com Pimenta, Albumina e Gesso

Ar gila Ver melha com Pimenta, Albumina e Gesso A argila é uma rocha, constituída por

A argila é uma rocha, constituída por um certo número de minerais diferentes e em

proporções

silicatos de alumínio hidratados. Dependendo do local onde o silicato for apanhado, poder ter sido substituído por Magnésio ou Ferro. Existem vários tipos de silicato minimizados (Titânio, Magnésio, Cobre, Zinco, Alumínio, Cálcio, Potássio, Níquel, Manganês, Lítio, Sódio, Ferro). Tais diferenças nunca modificam os principais efeitos terapêuticos, a ação antiinflamatória, cicatrizante e anti­séptica. A argila possui trêspropriedadesfundamentais:

variadas, chamada de SI L I CATO MI N I M IZADO. Predominando os

Acesse: www.esteticistas.net.br e fique por dentro das principais novidades em Estética e Cosmética. Módulos, apostilas, artigos e cursos – Tudo Grátis.

2

1­ Absorção : a principal propriedade que lhe atribui a propriedade da maleabilidade; quando se mistura argila com água obtém­se uma pasta eficaz no

tratamento de inflamações, edemas e inchaços.

2 ­ L iberação: a argila tem facilidade para liberar elementos que fazem parte de sua constituição (ativos), sendo muito importante pelo seu efeito protetor e absorvedor de toxinas em vários órgãos, principalmente a pele e mucosas.

3 ­ Ad sorção: um processo físico­químico pela qual as argilas deixam passar

moléculas, elementos gasosos e partículas microscópicas do meio ambiente e bactérias com o intuito de deslizaram para o interior da pele. Esse poder é muito grande e quase irreversível, tornando­se assim, muito útil na fixação de toxinas presentes no organismo para uma posterior eliminação das mesmas.

Acredita­se que suas propriedades normalizadoras devem­se às trocas energéticas, iônicas e radiônicas, exercidas pelos elétrons livres existentes nos minerais de sua composição, tais como: manganês, magnésio, alumínio, ferro, sílica, titânio, cobre, zinco, cálcio, fósforo, potássio, boro, selênio, lítio, níquel, sódio e outros. Outro aspecto interessante é que a argila possui uma inteligência ao trabalho que vai se realizar, seja ele sedar, tonificar estimular ou absorver, além de potencializar o sistema imunológico, e não ser toxina.

ArgilaVermelhacompimentaealbumina

A Argila Vermelha é uma Arg ila Secundária porosa, pouco densa, rica em óxido de ferro e cobre. Hidrata e previne o envelhecimento da pele. É antiestressante, redutora de pesos e medidas. O Óxido de Ferro tem papel importante na respiração celular e na transferência de elétrons. Na pele, as carências deste elemento manifestam­se por uma epiderme fina, seca e com falta de elasticidade. Aplicações: secativo, muito utilizado para cicatrização. Retira água em excesso do tecido ao mesmo tempo em que age diminuindo a oleosidade. Peles com pontos de hiperqueratose ou espessadas apresentam uma melhora significativa na maciez e brilho. Ótima para modelagens e trabalhos artísticos.

Atuaçãodealgunsargilominerais:

Alumínio: atua contra a falta de tonicidade, tem ação cicatrizante, e inibe o desenvolvimento de estafilococo áureo em cultura. F erro : tem papel importante na respiração celular e na transferência de elétrons. Na pele, as carências deste elemento manifestam­se por uma epiderme fina, seca e com falta de elasticidade. M agnésio: tem o poder de fixar os íons de potássio e do cálcio e a manutenção do gel celular, ou seja, a hidratação e na síntese das fibras do colágeno. M anganês: tem ação específica na biosíntese do colágeno, tem ação antiinfecciosa, cicatrizante, antialérgico. Silício : tem papel fundamental na reconstituição dos tecidos cutâneos e na defesa do tecido conjuntivo. Tem ação hemostática, purificante, adstringente e remineralizante. Tem efeito hidratante na pele e reduz as inflamações. Também tem ação na elasticidade da pele atuando em flacidez cutânea. Só dio e P otássio: Ajudam a manter a hidratação e o equilíbrio iônico das células cutâneas. A pimenta traz consigo alguns mitos, como por exemplo o de que provoca gastrite, úlcera, pressão alta e até hemorróidas. Nada disso é verdade. Por incrível que pareça, as pesquisas científicas mostram justamente o oposto! Muitos dos

Acesse: www.esteticistas.net.br e fique por dentro das principais novidades em Estética e Cosmética. Módulos, apostilas, artigos e cursos – Tudo Grátis.

3

benefícios da pimenta estão sendo investigados neste exato momento, pela

comunidade científica e farmacêutica, originando alguns dos projetos de pesquisa

m ais p icantes deste início de terceiro milênio.

A substância química que dá à pimenta o seu caráter ardido é exatamente aquela que possui as propriedades benéficas à saúde. No caso da pimenta­do­reino, o nome da substância é piperina. N a p imenta vermelha, é a capsaicina. A pimenta­do­ reino é uma frutinha do tamanho de uma mini­ervilha, que no início é verde, depois fica vermelha e finalmente preta. A árvore que lhe dá origem recebe o nome científico de P iper nigrum . A colheita se dá enquanto as frutas estão vermelhas. Em seguida elas amadurecem, secam e se transformam nos grãos de pimenta­do­reino preta que existem à venda. A pimenta­do­reino branca é obtida através da remoção da casca preta da fruta seca. Ambas retêm a piperina, porém a pimenta branca, embora tão picante quanto a preta, possui bem menos aroma.

A p imenta vermelha (que existe em vários tamanhos), assim como outras

pimentas (ex: tabasco, habanero, jalapeño), são frutos de árvores do gênero Capsicum, que possui origem na palavra grega kaptos, que significa morder. Afinal, quando colocamos uma dessas pimentas na boca, até parece que elas mordem, de tão ardidas que são. As sub stâncias capsaicina e piperina ardem, mas são estudadas justamente pelas propriedades antidor que possuem! Surpresa! Elas provocam a liberação de endorfinas ­ verdadeiras morfinas internas, analgésicos naturais extremamente potentes que o nosso cérebro fabrica!

O mecanismo é simples: Assim que você ingere um alimento apimentado, a

capsaicina ou a piperina ativam receptores sensíveis na língua e na boca. Esses receptores transmitem ao cérebro uma mensagem primitiva e genérica, de que a sua boca estaria pegando fogo. Tal informação, gera, imediatamente, uma resposta do cérebro no sentido de salvá­lo d esse fogo : você começa a salivar, sua face transpira e seu nariz fica úmido, tudo isso no intuito de refrescá­lo. Além disso, embora a pimenta não tenha provocado nenhum dano físico real, seu cérebro, enganado pela informação que sua boca estava pegando fogo, inicia, de pronto, a fabricação de endorfinas, que permanecem um bom tempo no seu organismo, provocando uma sensação de bem­estar, uma euforia, um tipo de barato, um estado alterado de consciência muito agradável, causado pelo verdadeiro banho de morfina interna do cérebro. E tudo isso sem nenhuma gota de álcool!

Quanto mais ardida à pimenta, mais endorfina é produzida! E quanto mais endorfina, menos dor e menos enxaqueca. E tem mais: as substâncias picantes das pimentas (capsaicina e piperina) melhoram a digestão, estimulando as secreções do estômago. Possuem efeito carminativo (antiflatulência). Estimulam a circulação no estômago, favorecendo a cicatrização de feridas (úlceras), desde que, é claro, outras medidas alimentares e de estilo de vida sejam aplicadas conjuntamente. Existem cada vez mais estudos demonstrando a potente ação antioxidante (antienvelhecimento) da capsaicina e piperina.

Pesquisas têm demonstrado potentes propriedades antiinflamatórias das pimentas. Um artigo publicado em março de 2003, na revista científica Cell Signalling (volume 15, número 6, páginas 299 a 306), conclui que as substâncias ativas da pimenta são candidatas promissoras para o alívio de doenças inflamatórias. É importante lembrar

Acesse: www.esteticistas.net.br e fique por dentro das principais novidades em Estética e Cosmética. Módulos, apostilas, artigos e cursos – Tudo Grátis.

4

que a enxaqueca compreende um estado inflamatório, na sua fase de dor. A renomada British Journal of Anaesthesia publicou, em junho deste ano (2003), o trabalho, realizado no Instituto de Medicina Interna e Terapêutica da Universidade de Florença, mostrando o efeito benéfico de aplicações intranasais repetitivas de capsaicina no tratamento de enxaqueca crônica (volume 90, número 6, página 812).

A pimenta possui até propriedades anticâncer. Um editorial do renomado Jornal do

Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, publicado em 4 de setembro de 2002 (Volume 94, número 17, páginas 1263 a 1265), mostra que a capsaicina da pimenta vermelha é mais do que um simp les tempero: ela faz com que células tumorais cometam suicídio!A pimenta malagueta, a pimenta dedo­de­moça, assim como outras variedades de cores diferentes mas de formato similar, podem variar muito no grau de ardência na boca. Podem ser consumidas frescas ou secas e moídas. Constituem excelentes fontes de vitaminas A e C, e também combinam com praticamente tudo. Por tanto a associação da Pimenta com a Argila Vermelha é uma grandedescoberta. Fonte:Dr.AlexandreFeldman

Albumina

A

e

aumentar sua massa muscular. No sangue é a sua principal proteína, que se

encontra em grande abundância no plasma, onde é sintetizada no fígado. A albumina

é usada principalmente em tratamentos relacionados com queimaduras e

hemorragias graves. Uma pessoa com queimaduras do terceiro grau em 30 a 50% do seu corpo necessitaria de 600 gramas de albumina. É necessário de 10 a 15 litros (de 10.6 a 15.9 quartos de galão) de sangue armazenado para extrair­se essa

quantidade de albumina.

albumina é uma proteína de alto valor biológico presente na clara do ovo, no leite

no sangue. É freqüentemente usada por praticantes de musculação que querem

FunçõesdaAlbumina Manutenção da pressão osmótica. Transporte de hormônios tireóideas. Transporte de hormônios lipossolúveis. Transporte de ácidos graxos livres. Transporte de bilirrubina não conjugada. Transporte de fármacos e drogas. Aumento da libido. União competitiva com íons de cálcio. Controle do pH. Seu excesso ocasiona diversas doenças, como problemas renais e hepáticos. Além disso, o consumo excessivo de albumina provoca ganho de peso, sendo que um aumento em massa muscular sem acúmulo de gorduras e também é responsável pelo fator anti­catabólico, ou seja, bloqueia a perda de músculos.

Causasdadeficiênciadealbumina Cirrose hep ática: Por diminuição de síntese hepática. Desnutrição. Síndrome nefró tico: Por aumento na sua excreção. Transto rnos intestinais: Perda na absorção de aminoácidos durante a digestão e perda por diarreias. Enfermidades genéticas que provocam hipoalbuminemia que são muito raras. Também podendo ser usada para recuperação de pessoas submetidas a sirurgias plásticas tipo lipo aspiração,pois, a albumina ajuda a desinchar.

Acesse: www.esteticistas.net.br e fique por dentro das principais novidades em Estética e Cosmética. Módulos, apostilas, artigos e cursos – Tudo Grátis.

5

Gesso

O gesso é uma substância, normalmente encontrada na forma de um pó branco,

produzida a partir do mineral gipsita (também denominada gesso), composto basicamente de sulfato de cálcio hidratado. Quando a gipsita é esmagada e calcinada, ela perde água, formando o gesso.

2[CaSO4.2H2O] + 2[CaSO4.½H2O] + 3H2O. Misturado com água, endurece rapidamente, adquirindo forma definitiva de oito a doze minutos. Existem vários tipos de gesso, cada um preparado para uma determinada função: cerâmica, decoração, moldes dentários e também na modelagem corporal.

Devido à sua facilidade em absorver água, mantém a humidade do ar em áreas fechadas, além de apresentar isolamento térmico e um modesto isolamento acústico.

ArgilaVermelhacomPimenta,AlbuminaeGessoProtocolodeTratamento­ Anti Hid rolipodistrofia Ind icação:A esteticista deve promover uma avaliação criteriosa. Se não houver outros problemas relacionados a hidrolipodistrofia o tratamento deve ser iniciado com uma conversa prévia franca com a cliente pois a genética de cada pessoa influencia muito nos resultados; tanto quanto sua alimentação.

A freqüência do tratamento também é importante por isso não espere milagres, o

que estamos fazendo é ciência e somente funcionara se houver uma sinergia entre cliente e esteticista.

P rep aro: Peça para sua cliente tomar um banho com o sache do chá estimulante da Especiarias Cosméticas. Na banheira cheia adicione um sache na água morna e utilize­a como bucha principalmente nas regiões a serem tratadas.

Caso não possua a disponibilidade da banheira utilize o chuveiro e continue a utilizar

o sache como bucha. Nos locais indicados para o tratamento recomenda­se que a

aplicação seja feita em movimentos circulares.

P rotocolo: Faça uma higienização nas mãos, pés e locais de tratamento com o Sanitizante Especiarias Cosméticas

• Faça uma esfoliação com o Peeling de Arnica e Guaraná Especiarias Cosméticas •

Aplique na área a ser tratada a Argila Vermelha com pimenta e deixe agir por 30

minutos

• Retire e aplique toalhas molhadas em chá estimulante com gelo

• Complete com um uma massagem lipolítica ou drenagem linfática, como preferir.

FreqüênciadeTratamento:

Esse protocolo deve ser utilizado de 01 a 02 vezes por semana segundo a necessidade da cliente e a avaliação da esteticista. Para hidrolipodistrofias grau 2 e ou 3 o mínimo de 12 sessões alternadas com drenagem linfática e endermologia (se houver necessidade).

I ndicamos que a profissional oriente sua cliente a utilizar o Chá Metabólico (mesmo que a cliente não necessite perder peso, pois esse chá age como regulador

Acesse: www.esteticistas.net.br e fique por dentro das principais novidades em Estética e Cosmética. Módulos, apostilas, artigos e cursos – Tudo Grátis.

6

metabólico quando não se faz dieta alimentar) no pré tratamento pelo menos uma semana e que durante as 12 sessões continue a tomar o chá regularmente como é indicado na bula.

M anutenção : Utilizar o peeling de Guaraná e Arnica e, o Chá Metabólico.

Acesse: www.esteticistas.net.br e fique por dentro das principais novidades em Estética e Cosmética. Módulos, apostilas, artigos e cursos – Tudo Grátis.