Você está na página 1de 4

UNIDADES DE FORMAÇÃO

DE
CURTA DURAÇÃO

Formando(a): Ana Maria Mourato Falcato Bento STC 5 14 /01/2010


Formando(a): António Manuel Canejo
Formando(a): Eunice Manuela M. B. C. França
Formando(a): Francisco António M. Vitorino
Formando(a): Vítor Manuel Pinho Vitória

Quem nunca ouviu falar em Blogues?


Quem habitualmente navega pela Internet certamente já se cruzou com um, existem aos milhares na rede.
Enumeras pessoas espalhadas por todo o Mundo possuem um blogue, são várias as figuras públicas que
escrevem em blogues próprios manifestando ai as suas opiniões sobre os mais variados assuntos, outras
pessoas, simples anónimos, usam os blogues para exprimir ideias, ou até mesmo para simples desabafos do
dia-a-dia.
A notícia que se segue é o exemplo de um blogue português de grande sucesso, leia-a atentamente:
A Educação do Meu Umbigo
Paulo Guinote lança hoje livro sobre blogue
18.04.2009 - 08h47 Bárbara Wong
O blogue A Educação do Meu Umbigo (blogue convidado do PÚBLICO) é agora um livro. Paulo Guinote,
professor de História e de Português do 2.º ciclo do ensino básico, é o autor que começou a escrever na
Internet no final de 2005. Hoje, o seu blogue tem uma média de 15 mil visitas diárias e que não se resumem
apenas aos professores. O livro, editado pela Porto Editora, é hoje lançado, em Lisboa.
O blogue teve início formal a 30 de Novembro de 2005, mas Paulo Guinote só começou a escrever
regularmente no final de Maio do ano seguinte. O crescimento foi gradual e os picos de leitura acontecem
sempre nos períodos mais “conturbados do confronto entre os docentes e o Ministério da Educação”, explica
o autor. Por exemplo, nos dias antes e depois da manifestação de oito de Março, as visualizações registadas
atingiram uma média diária de 20 mil leitores. Em Novembro, quando se deram mais duas manifestações em
Lisboa, os números subiram para quase 25 mil diários. No mês seguinte, no dia da greve dos professores, as
visualizações ultrapassaram as 38.500.
Também os comentários que chegam ao blogue não param de aumentar, variam entre os 400 e os 600
diários. Quando há debates televisivos sobre educação, os comentários são feitos em tempo real e rondam
um milhar. Diariamente, Guinote recebe entre 120 a 150 mensagens por correio electrónico, “nos dias mais
movimentados cerca de 200”. Por vezes, surgem mensagens menos simpáticas, algumas até agressivas,
mas o professor não lhes dá importância.
Por tudo isto, não é de estranhar que Paulo Guinote dedique cerca de três horas diárias ao blogue.
Paralelamente continua a dar aulas, com horário completo e com turmas de Projectos Curriculares
Alternativos e alunos com necessidades educativas especiais, ou seja, turmas que exigem um trabalho
específico de acompanhamento, “felizmente com bons resultados”. Como é que concilia tudo? Passou a

ÁREA: Sociedade, Tecnologia Ciência (STC) 1/4


NÚCLEO GERADOR: Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC)

Competências: Relacionar a evolução das redes tecnológicas com as redes sociais (DR4)

FORMADOR(A): António José da Conceição Mexia Ferreira


UNIDADES DE FORMAÇÃO
DE
CURTA DURAÇÃO

dormir menos duas horas, a ver menos televisão e a ler menos. “No dia em que não tiver tempo e
disponibilidade para me dedicar aos alunos, deixo de ser professor”, conclui.
Fonte: http://ultimahora.publico.pt/noticia.aspx?id=1374991&idCanal=58

Mas afinal o que é um blogue?

Um blogue é um registo publicado na Internet relativo a algum assunto e organizado cronologicamente


(como um diário). Caso o autor assim o pretenda pode ainda permitir comentários dos leitores aos textos
publicados (denominados posts).
Na educação os blogues assumem uma especial importância pois permite a professores, alunos, pais e
encarregados de educação despertar curiosidade, incentivar à pesquisa e consequentemente construir
novas aprendizagens. É um instrumento para ensinar e aprender, e uma forma de intercâmbio de
conhecimentos e publicação de seus conhecimentos construídos e produzidos.

Trabalho a realizar:
a) Pretende-se que os formandos se familiarizem com a linguagem e com o modo de funcionamento
de um blogue e para isso é proposto que criem o seu próprio blogue.
Pode escolher como tema para o seu blogue o percurso no curso EFA, e desta forma partilhar os
conhecimentos adquiridos ao longo do curso (por exemplo: publicar alguns trabalhos, reflexões,
comentários, fotografias, sensibilizar a população para a aquisição de novos conhecimentos
mediante a participação em acções de formação, entre outros aspectos).

Explore ao máximo as potencialidades do seu blogue, tais como:


• Publicação de textos e comentários;
• Colocação de vídeos do Youtube, onde inclusive, pode colocar os seus próprios vídeos (como por
exemplo: vídeos relativos aos trabalhos efectuados ao longo do curso EFA);
• Criação de um álbum fotográfico.

ÁREA: Sociedade, Tecnologia Ciência (STC) 2/4


NÚCLEO GERADOR: Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC)

Competências: Relacionar a evolução das redes tecnológicas com as redes sociais (DR4)

FORMADOR(A): António José da Conceição Mexia Ferreira


UNIDADES DE FORMAÇÃO
DE
CURTA DURAÇÃO

b) Após a criação do seu blogue, redija um texto reflectivo sobre o contributo que o mesmo
proporcionou para a sua formação, e ilustre com uma imagem da página principal do seu blogue.
(Observação: Este texto reflectivo deve conter no mínimo 200 palavras)

Bom Trabalho

CONTRIBUTOS E ATRIBUTOS

Passando em revista todos os momentos partilhados durante a criação do nosso Blog,


concluímos que crescemos muito durante todo o processo de elaboração.
Passo a passo, a nossa auto-estima expandia-se. Ficava-mos espantados por
conseguirmos criar um Blog. Sabíamos do que se tratava, na medida em que a consulta de
Blogs é já muito frequente, tarefa efectuada diariamente quer em lazer na partilha de ideias,
curiosidades, quer em trabalho, na exploração da tarefa proposta.
O "criar" um Blog parecia-nos no entanto bastante complicado. Julgava-mos que seriam
necessários conhecimentos bastante abrangentes a nível de informática e eis então que
surgiu o informático do grupo e com o empenho e entusiasmo de todo o nosso grupo a criação
do Blog foi sem dúvida uma aprendizagem entusiasmante, notou-se esse entusiasmo com a
rapidez com que surgiram os comentários de cada um de nós.
Já sabíamos da grande utilidade e funcionalidade de um Blog a todos os níveis no entanto
nomeadamente na vertente da educação é uma grande possibilidade de partilha de todos os
intervenientes no processo, professores, alunos e pais que podem partilhar das ideias
individuais e todos serem conhecedores com clareza das ideias uns dos outros.
O crescimento dos Blogs mostra claramente uma grande tendência , a de que as pessoas
têm a necessidade de COMPARTILHAR conhecimentos e de se mostrarem ao mundo.
O Blog tem sido usado tanto por empresas como por profissionais liberais como uma forma
de divulgar rapidamente as suas ideias de um modo simples e rápido.
Porém uma coisa é certa! os Blogs vieram para ficar.
Os Blog's vieram dar oportunidade de se discutirem temas que têm pouca visibilidade, e
pela sua condição de pequenos não teriam a mínima hipótese de chegarem aos meios de
comunicação mais tradicionais nem de serem discutidos e divulgados entre os seus aderentes
e o público em geral. Não é pouco vulgar quando estamos a navegar na Net, encontrarmos um
Blog sobre um tema que nós nem sequer sabíamos da sua existência.
ÁREA: Sociedade, Tecnologia Ciência (STC) 3/4
NÚCLEO GERADOR: Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC)

Competências: Relacionar a evolução das redes tecnológicas com as redes sociais (DR4)

FORMADOR(A): António José da Conceição Mexia Ferreira


UNIDADES DE FORMAÇÃO
DE
CURTA DURAÇÃO

SE PORVENTURA OS BLOG'S PASSAREM DE MODA, É PORQUE FOI INVENTADA UMA FORMA


DE COMUNICAR MAIS SIMPLES TAL É A SUA IMPORTÂNCIA, E TAL É A RAPIDEZ DE
EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS, QUE "POR NECESSIDADE SE FAZ O ENGENHO".

BLOG: - OBRA DE ARTE PARA O EGO DA HUMANIDADE.

Imagem da página principal do blogue


(url: http://grimoinas5.blogspot,com)

ÁREA: Sociedade, Tecnologia Ciência (STC) 4/4


NÚCLEO GERADOR: Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC)

Competências: Relacionar a evolução das redes tecnológicas com as redes sociais (DR4)

FORMADOR(A): António José da Conceição Mexia Ferreira