Você está na página 1de 20
 

IN-03-ACW

 

1

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS? JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

 
 

PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR Nº 001/09-ACW

PORTARIA DESIGNATIVA ENCARREGADO INDICIADO OFENDIDO ESCRIVÃO AD HOC

 

A

U

T

U

A

Ç

Ã

O

Às

horas do dia

(

)

do mês de

 

do

ano de

(

),

nesta

cidade de Natal/RN, na Sala de Audiências da Corregedoria Geral da Academia Coronel Walterler AUTUO os documentos que adiante se seguem. Para constar, lavro este termo.

Escrivão Ad Hoc

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW 2 NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida

IN-03-ACW

2

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

PORTARIA Nº 005/09-3º BPM/ACW

O COMANDANTE DO 3º BATALHÃO DA ACADEMIA CORONEL WALTERLER POLÍCIA no uso de suas atribuições legais, e

CONSIDERANDO o teor da Parte de Ausência nº 020/09-1ª CPM/3ºBPM, de 1º de maio de 2009, do Comandante da 1ª Companhia deste Batalhão,

CONSIDERANDO o disposto no art. 456 do CPP Militar, alterado pela Lei nº 8.236, de 20.09.1991, combinado com as disposições da IN-03-ACW,

R E

S

O

L

V

E

1. Instaurar Processo de Deserção Militar em desfavor do Soldado João da Silva, matrícula nº

00.155-5;

2. Designar para presidir o feito, o 2º Tenente Alanna Luiza da Silva, matrícula nº 000.000-0,

desta Unidade PM, delegando-lhes para tal mister, as atribuições legais que me são conferidas;

3. Publique-se, Registre-se e Cumpra-se.

ACW em Natal/RN, em

Afonso Luiz da Silva, TenCel PM COMANDANTE DO 3º BATALHÃO

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW

IN-03-ACW NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

Parte nº 033/2009-3º BPM/CPI

Natal/RN, em Do: Comandante da 1ª CPM/3ºBPM Ao: Sr Comandante do Batalhão Assunto: Ausência de Praça

3

Participo-vos que o Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5, desta

, caracterizando

Subunidade, encontra-se faltando ao expediente e ao serviço desde o dia nesta data, a sua condição de AUSENTE.

Álvaro Walterler Pinto da Silva, Capitão PM Comandante da 1ª CPM/3ºBPM

DESPACHO

1.

Ao Subcomandante desta Unidade para instaurar o PDM.

3.

Publique-se em BI, Registre-se e Cumpra-se.

Natal/RN, em

COMANDANTE DO 3º BATALHÃO

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW 4 NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida

IN-03-ACW

4

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS? JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

DESPACHO ORDINATÓRIO Nº 01/PDM

Tendo sido designada para presidir o presente Processo de Deserção Militar adoto, em sede inicial, as providências a seguir:

a) designo o Soldado nº 88.888 – João Peba, matrícula 242424, desta Unidade para exercer as funções de escrivão ad hoc, sob compromisso legal;

b) Autuada esta o Sr escrivão providencie o Inventário dos bens públicos e/ou pessoais eventualmente deixados pelo desertor;

b) Em seguida realize diligencias junto a residência do ausente, coletando informações a respeito do seu paradeiro, de tudo certificando-se nos autos;

Natal/RN, em

RECEBIMENTO

Recebi estes autos.

Local e data,

JUNTADA

Junto, adiante, os documentos que se seguem.

Local e data, em

TERMO DE COMPROMISSO

Alanna Luiza da Silva Barroso, 2º Tenente PRESIDENTE DO PDM

João Peba, Soldado Escrivão Ad Hoc

João Peba, Soldado Escrivão Ad Hoc

Tendo sido designado para exercer as funções de escrivão ad hoc nos autos de Processo de Deserção Militar instaurado em desfavor do Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5, aceito o encargo, prometendo bem e fielmente desempenhar as atribuições legais que me forem determinadas.

Local e data,

João Peba, Soldado Escrivão ad hoc

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW 5 NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida

IN-03-ACW

5

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

TERMO DE INVENTÁRIO

Às

de Natal/RN, na Sala de Audiências da Corregedoria Geral da Academia Coronel Walterler, onde presentes se achavam o 2º Tenente Alanna Luiza da Silva, matrícula nº 000.000-0, Presidente do PDM o Subtenente Ney Alvarez Sampaio, RG 34.687/SSP/MA, o Sargento Jones da Silva, RG 98.907/SSP/MA, servindo de testemunhas, comigo, escrivão ao final assinado, em face da ausência do Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5, deu-se início ao

nesta cidade

horas do dia

(

)

do mês de

do ano de

(

),

presente INVENTÁRIO, na forma que adiante se segue:

I - MATERIAL PERTENCENTE A FAZENDA PÚBLICA

a) fardamento: Nada foi encontrado

b) armamento, munição e equipamentos: Nada foi encontrado

II - MATERIAL DE PROPRIEDADE DO AUSENTE

Nada foi encontrado.

Nada mais. Lido e achado conforme, vai devidamente assinado.

Presidente 1º Testemunha 2º Testemunha Escrivão ad hoc

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW

6

IN-03-ACW 6 NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

CERTIDÃO DE DILIGÊNCIAS

CERTIFICO que em cumprimento a determinação da senhora encarregada deste

, desloquei-me a residência do

Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5, onde mantive contato pessoal com sua

genitora, senhora Maria José da Silva, Identidade nº 1.867.986-ITEP/RN a qual informou que o seu filho chegou em casa dizendo que iria embora para o Estado de São Paulo trabalhar como motorista e até a presente data nenhuma notícia teve do mesmo. Dou fé.

Processo de Deserção Militar, às

horas do dia

Local e data

CERTIDÃO E CONCLUSÃO

João Peba, Soldado Escrivão ad hoc

Certifico haver dado cumprimento ao despacho retro, via de conseqüência, faço conclusos estes autos ao Sr Presidente do PDM.

Local e data

DESPACHO

João Peba, Soldado Escrivão Ad Hoc

1. Aguarde-se, em cartório, a consumação do crime de deserção;

2. Recebida a Parte de Deserção providencie o Sr Escrivão a lavratura do Termo de Deserção;

3. Junto o relatório, sejam os autos remetidos ao senhor Comandante desta Unidade.

Local e data

DATA

Recebi estes autos.

Local e data

Alanna Luiza da Silva Barroso, 2º Tenente Presidente

João Peba, Soldado Escrivão Ad Hoc

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

Parte nº 073/2009-CCS IN-03-ACW NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº

Parte nº 073/2009-CCS

IN-03-ACW

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

Natal/RN, em Do: Comandante da 1ª CPM/3ºBPM Ao: Sr Comandante do 1º Batalhão Assunto: Deserção de Praça Ref: Parte nº 033/2009

7

Participo-vos que o Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5, desta Subunidade, que se encontra faltando ao expediente desde o dia 1º de maio de 2009, conforme comunicado através da Parte supra referenciada, completando, nesta data, o período de oito (8) dias AUSENTE desta Subunidade, caracterizando, em tese, o crime de deserção, previsto no art. 187 do Código Penal Militar.

Atenciosamente.

DESPACHO

1. Encaminhe-se a senhora encarregada do PDM.

Local e data

COMANDANTE DO BATALHÃO

Álvaro Walterler Pinto da Silva, Capitão Comandante da CCS/ACW

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW 8 NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida

IN-03-ACW

8

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

TERMO DE DESERÇÃO

Às

Natal/RN, na Sala de Audiências da Corregedoria Geral da Academia Coronel Walterler, onde presentes se achavam o 2º Tenente Alanna Luiza da Silva Barroso, matrícula nº 000.000-0, Presidente do PDM, o Subtenente Almir Mesquita, RG 34.687/ITEP/RN e o Sargento Jones da

Silva, RG 98.907/ITEP/RN, servindo de testemunhas, comigo, escrivão ao final assinado,

determinou a senhora Presidente que fosse lida a Parte de Ausência, a Certidão de Diligências, o Termo de Inventário e a Parte de Deserção que dão ciência de que o Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5, nesta data, completou 8 (oito) dias ausentes da sua corporação,

, caracterizando, em tese, o

crime previsto no art. 187 do CP Militar. Em seguida, nos termos do art. 456, § 3º do CPP Militar, foi lavrado o presente Termo de Deserção para que possa constar do processo ao qual o aludido militar responderá perante a Justiça Militar Estadual. Nada mais. Lido eachado conforme, vai devidamente assinado.

estando em lugar incerto e não sabido, conforme certidão de

nesta cidade de

horas do dia

(

)

do mês de

do ano de

(

),

Encarregada 1º Testemunha 2º Testemunha Escrivão ad hoc

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW 9 NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida

IN-03-ACW

9

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

RELATÓRIO

PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR Nº 001/09 Portaria nº 005/1ºBPM/PMMA Presidente – 2º Tenente Alanna Luiza da Silva Barroso Desertor – Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5 Ofendido – A disciplina militar Escrivão – Soldado nº 00.222 – Carlos da Silva, matrícula 00.113-9

1. O presente Processo de Deserção Militar mandado instaurar através da Portaria supra

referenciado teve por escopo colher elementos necessário à propositura da ação penal.

2.

Foram empreendidas as seguintes diligências:

a)

Parte de Ausência

;

b)

Certidão de diligências

;

c)

Termo de Inventário

;

d)

Parte de Deserção

;

e)

Termo de Deserção

;

3.

Assim, dúvidas inexistem de que, efetivamente, o Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula

nº 00.155-5, em tese, infringiu o art. 187 do Código Penal Militar.

4. Cumpridas as formalidades essenciais ao feito, sejam estes autos remetidos ao senhor

Comandante do 3º Batalhão para os consectários de sua competência.

Natal/RN, em

Alanna Luiza da Silva Barroso, 2º Tenente PRESIDENTE

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

DATA

Recebi estes autos.

Local e data

REMESSA

IN-03-ACW

10

João Peba, Soldado Escrivão Ad Hoc

Remeto estes autos ao senhor Comandante do 3º Batalhão.

Local e data,

ENCAMINHAMENTO

João Peba, Soldado Escrivão Ad Hoc

Considerando que o desertor conta com mais de dez anos de efetivo serviço, por força do art. 456, § 4º, do CPPM, deverá dito ser agregado, bem como, providenciado a sua exclusão da folha de pagamento do Estado;

Em face disso e considerando não ser de competência deste comando a adoção das providencias supra nominadas, encaminho estes autos a Diretoria de Pessoal a quem compete adotar tais providências e posterior remessa a Auditoria Militar estadual.

Natal/RN, em

COMANDANTE DO BATALHÃO

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como

IN-03-ACW

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

PORTARIA Nº 01/09/DP, DE

DE

DE 2009

11

O COMANDANTE GERAL DA ACADEMIA CORONEL WALTERLER no uso de suas

atribuições legais, e tendo em vista o que consta no Processo de Deserção nº 001/09, em sintonia

com o disposto no art. 456, parágrafo 4º do Código de Processo Penal Militar, e

CONSIDERANDO que o militar em tela possui estabilidade assegurada, em face de contar com mais de dez anos de efetivo serviço,

R E

S

O

L

V

E

1. Agregar ao respectivo quadro, o Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5, ora

classificado na 1ª Companhia do 3º Batalhão PM desta corporação, de conformidade com o

artigo

de 1913, (Estatuto

,

§ 1º, número 3, alínea "m", da Lei nº

, de

de

da

ACW) combinado com o artigo 456, parágrafo 4º do CPP Militar, por ter passado à condição

de

desertor.

2.

Via de conseqüência Excluir da Folha de Pagamento do Estado o servidor em questão.

Walter Lúcio Monteiro dos Santos, Coronel COMANDANTE GERAL

NOTA: Após mandar publicar no DOE e no BG os atos respectivos, não esquecer de juntar cópia aos autos e remeter à Corregedoria que, por sua vez, deverá encaminhar, incontinenti, a Justiça Militar estadual.

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW

ENCAMINHAMENTO

Atendidas

as

diligencias

a

cargo

desta

Diretoria

de

Pessoal

 

12

sejam

estes

autos

encaminhados a auditoria Militar deste Estado, para as providencias complementares.

Natal/RN, em

Walter Lúcio Monteiro dos Santos, Coronel COMANDANTE GERAL

Arianna Lorena Monteiro dos Santos, Cel QOPM DIRETOR DE PESSOAL DA PMMA

PROVIDENCIAS EM CASO DO DESERTOR SE APRESENTAR

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW 13 NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida

IN-03-ACW

13

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

AUTO DE APRESENTAÇÃO ESPONTÂNEA

Às

Oficial de Dia ao Quartel do Comando Geral da ACW, aonde presentes se achavam o 2º Tenente Izac Matos, matrícula nº 000.000-0, Oficial de Dia, o 1º Sargento Marcelo Soares, Adjunto ao Oficial de Dia e o 3º Sgt PM Pedro Silva, Comandante da Guarda, servindo de testemunhas, fazendo-se acompanhar do senhor Advogado José Santos, OAB/RN 2811, apresentou-se o cidadão a seguir qualificado:

NOME POSTO/GRADUAÇÃO Nº DA IDENTIDADE Nº DO CPF DATA NASCIMENTO NATURALIDADE UF ESTADO CIVIL GENITORA PROFISSÃO ESCOLARIDADE ENDEREÇO E-MAIL FONE/CELULAR Aos costumes nada disse. Em seguida o cidadão supra qualificado DISSE: Que é Soldado desta corporação. Que

no ano de

, não lembrando dia e mês, ausentou-se deste Estado, indo residir na cidade de São Paulo,

do ano de dois mil e nove, nesta cidade de Natal/RN, na Sala do

horas do dia

do mês de

ingressando na condição de desertor; QUE nesta data vem se apresentar para regularizar sua situação perante esta corporação. Ato contínuo a autoridade militar informou ao apresentante que seriam adotadas as seguintes providencias: I – em face de contar com mais de dez anos de efetivo serviço será submetido a Inspeção de Saúde e em sendo considerado APTO será reintegrado ao efetivo da corporação, a fim de que possa responder ao processo devido perante a Justiça Militar estadual; II - em caso de ser considerado INAPTO será apresentado ao senhor Juiz Auditor autoridade que determinará as providencias que serão adotadas; III Após a adoção das providencias acima descritas, será recolhido ao xadrez desta corporação aonde permanecerá a disposição da Justiça Militar pelo prazo

inicial de 60 dias, (art. 453); IV - Após o recolhimento ao xadrez fará jus ao direito de visitas nos dias e horários estabelecidos através das Normas Gerais de ação desta corporação; V – Expirado o prazo de sessenta dias e caso não venha a ser julgado, deverá providenciar, através de seu advogado, o Alvará de Soltura junto a Justiça Militar

NADA MAIS. Lido e

Estadual. Dada a palavra ao Advogado presente, por esse nada foi requerido achado conforme vai devidamente assinado. (assinaturas)

NOTA: Após as assinaturas entrega uma cópia ao desertor ou seu advogado. Em caso do desertor se apresentar sem advogado, nenhum problema acarreta, apenas se exclui o espaço destinado ao causídico.

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

Ofício nº100/2009-DP IN-03-ACW NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78

Ofício nº100/2009-DP

IN-03-ACW

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

Natal/RN, em Do: Diretor de Pessoal Ao: Diretor de Saúde Assunto: Inspeção de Saúde

14

1. Com vistas a atender exigências legais contidas no Código de Processo Penal Militar encaminho a VSª o Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5, desta corporação, o qual se encontrava na situação de desertor e se apresentou espontaneamente nesta corporação, a fim de que seja submetido a Inspeção de Saúde, com vistas a se apontar se está apto ou não para o serviço ativo.

2. Outrossim e considerando o fato de que tramita na Auditoria Militar deste Estado Processo de

Deserção em desfavor do epigrafado, solicitamos a máxima brevidade na conclusão dos exames,

nos termos do art. 457, § 2º do CPP Militar.

3. Atenciosamente.

Sinara Faustino da Silva, Coronel DIRETOR DE PESSOAL

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW

IN-03-ACW NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

PORTARIA Nº 008/09-DP, DE

/2009. /

15

O COMANDANTE GERAL DA ACADEMIA CORONEL WALTERLER, no uso de suas atribuições legais, e

CONSIDERANDO o disposto na Portaria nº 006/09-DP, de

, publicada no DOE dia

, que agregou ao respectivo quadro o Soldado João da Silva, excluindo-o da folha de

pagamento do Estado;

CONSIDERANDO que o cidadão em tela apresentou-se espontaneamente, conforme

consta do Auto de Apresentação Espontânea lavrado no dia

;

CONSIDERANDO que a Junta Militar de Saúde o considerou apto para o serviço ativo; e

CONSIDERANDO o que dispõe o art. 455 e seguintes do Código de Processo Penal Militar,

R E S O L V E

1. Reverter ao seu respectivo quadro, o Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº

00.155-5, nos termos do art. 457, parágrafo 3º do Código de Processo Penal Militar e, via de conseqüência, autorizar a sua re-inclusão na folha de pagamento do Estado, a contar da data de publicação deste ato;

2. Re-incluir o cidadão em tela na folha de pagamento do Estado, nos termos do art. 7º da

Lei nº 3.775/69;

3. Publique-se, Registre-se e Arquive-se.

Natal/RN, em

Walter Lúcio Monteiro dos Santos, Coronel COMANDANTE GERAL

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como

IN-03-ACW

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

Ofício nº102/2009-DP/ACW

MM Sr Juiz Auditor,

Natal/RN, em Do: Diretor de Pessoal Ao: MM Sr Juiz Auditor Assunto: Remessa de documentos

16

1. Em cumprimento a determinação do senhor Comandante Geral desta corporação, encaminhamos a V. Exa. os documentos anexos, que tratam da Apresentação Espontânea do Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5, desta corporação, que se encontrava na condição de desertor:

a) Ata de Inspeção de Saúde;

b) Portaria de Reversão ao estado efetivo da corporação e Re-inclusão na folha de pagamento do

Estado;

2. De esclarecer que após tais providencias dito individuo foi recolhido ao xadrez desta corporação a disposição da Justiça Militar.

3. Respeitosamente.

Sinara Faustino da Silva, Coronel DIRETORA DE PESSOAL

PROCESSO DE DESERÇÃO DE PRAÇA SEM ESTABILIDADE ASSEGURADA

Em sendo a Praça NÃO ESTÁVEL, ou seja, com menos de dez anos de efetivo serviço, o processo obedecerá o mesmo rito do anterior, até a solução, que será na forma a seguir.

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW 17 NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida

IN-03-ACW

17

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 001/09-DP

O DIRETOR DE PESSOAL DA ACADEMIA CORONEL WALTERLER, no uso de suas

atribuições legais, na forma e sob as penas da lei,

FAZ SABER ao Soldado nº

3ª Companhia sediada na cidade de Macaíba/RN, desta Corporação, que foi instaurado em seu

, pertencente ao efetivo da

nome

matrícula

desfavor Processo de Deserção Militar, por infração, em tese, ao art. 187 do Código Penal

Militar, (crime de deserção) e por se encontrar o mesmo, em lugar incerto e não sabido, expediu-

se o presente Edital de Notificação, na forma prevista no art. 277, c, d, do CPP Militar, pelo qual

fica notificado para que se apresente neste comando no prazo de quinze (15) dias a contar da data

de sua publicação em Diário Oficial do Estado, com vistas a exercer o seu direito de defesa, (art.

5º, LV, CF/88), sob pena de revelia e confesso. Dado e passado nesta cidade de Natal/RN, aos

dias do mes de

do ano de 2009.

Sinara Faustino da Silva, Coronel DIRETORA DE PESSOAL

C E R T I D Ã O

CERTIFICO, na forma e sob as penas da lei, que passados os quinze (15) dias previstos para a

apresentação do Soldado nº

Notificação nº 001/06, publicado no Diário Oficial do Estado do dia

neste QCG, nem enviou qualquer informação através de seus familiares. Dou fé.

, dito não compareceu

, nos termos do Edital de

nome

matrícula

Local e data,

Maria das Graças dos Santos Silva, Capitão CHEFE DA P1/DP/PMMA

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

D E S P A C H O

IN-03-ACW

18

1. Considerando o teor da certidão retro, declaro a revelia do militar em questão e, via de

conseqüência, determino seja expedido o ato de exclusão “Ex-Offício”, da Praça constante deste processo, por inexistirem dúvidas de que infringiu as disposições do art. 187 do Código penal Militar (crime de deserção).

2. Junte-se aos autos, cópia dos extratos de assentamento da Praça em lide;

3. Após, seja o processo remetido a Auditoria Militar deste Estado, nos termos do art. 456, §

5º, do Código de Processo Penal Militar, através da Corregedoria Geral desta corporação.

Local e data,

Sinara Faustino da Silva, Coronel DIRETORA DE PESSOAL

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

IN-03-ACW 19 NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida

IN-03-ACW

19

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

PORTARIA Nº 080/09-DP, DE

DE 2009

Dispõe sobre a Exclusão do Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5 das fileiras desta Corporação.

O COMANDANTE GERAL DA ACADEMIA CORONEL WALTERLER no uso de suas atribuições legais, e tendo em vista o que consta no Processo de Deserção nº 001/09, em sintonia com o disposto no art. 456 § 4º do Código de Processo Penal Militar, e

CONSIDERANDO que o militar em tela não possui estabilidade assegurada, haja vista contar com apenas 6 anos de efetivo serviço,

R E

S

O

L

V

E

1. Excluir do efetivo desta Corporação, o Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155- 5, ora classificado na 1ª Companhia de Polícia Militar do 3º Batalhão PM, sediado na cidade de Balsas/MA, nos termos do art. 456 § 4º do Código de Processo Penal Militar.

Natal/RN, em

Walter Lúcio Monteiro dos Santos, Coronel COMANDANTE GERAL

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR

Ofício nº102/2009-DP MM Sr Juiz Auditor, IN-03-ACW NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL

Ofício nº102/2009-DP

MM Sr Juiz Auditor,

IN-03-ACW

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE ACADEMIA CORONEL WALTERLER CNPJ Nº 08.314.434/0001-78 Reconhecida como de Utilidade Pública pela Lei nº. 8.932, de 29.12.06 NÃO SONHAS?JAMAIS SERÁS UM VENCEDOR!!!

Natal/RN, em Do: Diretor de Pessoal Ao: MM Sr Juiz Auditor Assunto: Deserção de Praça Anexos: Processo de Deserção

20

1. Nos termos do art. 456, § 5º do CPP Militar, remetemos a essa Auditoria Militar, os autos do

Processo de Deserção lavrado em desfavor do Soldado nº 90.123 - João da Silva, matrícula nº 00.155-5, desta corporação.

2. Respeitosamente.

Walter Lúcio Monteiro dos Santos, Coronel COMANDANTE GERAL

MODELO DE PROCESSO DE DESERÇÃO MILITAR