Você está na página 1de 3

Templo e Santuário do Deus Vivo

II Crônicas 7:1
Tendo Salomão acabado de orar, desceu fogo do céu e consumiu o holocausto e os
sacrifícios; e a glória do Senhor encheu a casa.

Gênesis 1:26
E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança;
domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos,
e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra.

I - Menção

Temos dois versículos em estudo, que aparecem em sentidos diferentes, no


entanto os dois têm uma afinidade espiritual com o templo.
Falando de dois tipos de templos:

a) Material – O próprio templo


b) Espiritual – O Homem

Fazendo uma sinopse Bíblica entre ambos, podemos ver o que eles trazem em
comum.
a) O Templo de Salomão – Como lugar de adoração a Deus
b) O homem – Como Templo e morada do Espírito Santo

Todos se destacam com valor espiritual. Mas, mostrando a beleza e


magnificência do Templo de Salomão que nunca houve igual; infelizmente foi
destruído com o decorrer do tempo.
Notoriamente o homem continua da mesma forma, desde o principio da
fundação do mundo, o qual passará para eternidade ao lado de Deus.

II – Templo do Deus Vivo

O apostolo Paulo citou nas Sagradas Escrituras grandes referencias, mostrando


o homem como morada do Deus Vivo.

I Aos Coríntios 3:16-17


16 - Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em
vós?
17 - Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque sagrado é o
santuário de Deus, que sois vós.

A igreja em Coríntios estava sofrendo forte divisão entre os seus membros,


onde cada um se mostrava fiel a determinado apostolo. Mas não quero aproveitar o
texto e falar da divisão, e sim, na citação de que somos Templo do Espírito Santo e
morada do Deus Vivo. “E se alguém destruir o Templo de Deus (nosso corpo), com
certeza Ele nos destruirá”. Mostrando assim, que o Senhor é zeloso para com o
homem, não aceitando iniqüidade humana.
Simbolicamente como um ourives que se assenta com as suas ferramentas de
fogo para refinar o ouro, ou a prata. Somente se levantando quando começa ver o seu
rosto reluzir sobre o material.
De forma que o Senhor nos fez perfeitos, e nós pecamos diante da sua
Santidade. Sendo que na sua auto justiça, Ele se assenta sobre a nossa vida, se
levantando somente quando o seu rosto reluz com o fogo em nosso ser.

I Aos Coríntios 6:19-20


19 - Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós,
o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?
20 - Porque fostes comprados por preço; glorificai, pois a Deus no vosso corpo.

Temos a obrigação de refletir gloria de Deus, assim como o espelho reflete a


gloria do sol.

Na tabela atômica, temos o ouro como metal “Au”, de número 79, que vai em
diversas variedades, de 12 a 14 quilates.
• Em 12 quilates temos o metal misturado;
• Em 24 quilates, encontramos o ouro puro.
• Encontramos também o “Ouro Branco”, que possui uma mistura de 20 a 50%
de níquel.

Fazendo uma comparação com os seres humanos, encontramos pessoas


semelhantes a ouro. Havendo crentes genuínos, que mostram a imagem pura de Deus,
e os homens naturais, apenas com um pouco de brilho divino, que trazem dentro do
interior grande quantidade de material sem valor e uma ferrugem que aumente todos
os dias.

Outro exemplo interessante a respeito do homem no pecado:

• O ser humano não foi criado para ingerir álcool, caso contrario o Senhor teria
colocado um carburador, ou sistema de injeção eletrônica;
• O homem não foi criado para ingerir ou liberar fumaça; nesse caso Deus teria
criado uma chaminé à cabeça de todos, ou quem sabe teria colocado um cano
de escape como nos veículos
• O homem não foi instituído para está rebolando nas baladas; caso isso fosse
determinado, todo mundo teria um amortecedor como nos carros.

Para ironiza um pouco o nosso estudo, quero lembrar um cientista por nome
Charlin Daws, com a tese que o homem veio do macaco. Se isso fosse verdade, a avó
do cientista seria uma macaca.
Entretanto, nós viemos da volição de Deus, que o inimigo das nossas almas
queira ou não, somos imagem e semelhança do nosso Criador e morada do Espírito
Santo.
III – FIM

Os diamantes quando encontrados na natureza são pretos como o carvão. Com


um processo de lapidação eles vão tornando-se cintilantes e reluzentes ao brilho da
luz. Assim acontece com o pecador, que preto e sem fulgor, ao se aproximar de Deus
vai sendo lapidado até se tornar brilhante como Jesus Cristo.

Apocalipse 21:22
E não vi Templo, porque o seu Templo é o Senhor, o Senhor Deus todo poderoso.

Jesus te ama

Presbítero Robson Colaço de Lucena


Webmaster Alice Alves de Lucena
Webmaster Alisson Alves de Lucena

Visite o site: http://missaoamerica.googlepages.com

Faça donwloard de Pregação e Musicas em mp3 no site: http://missaomp3.googlepages.com