Você está na página 1de 4

Trevas Egocêntricas

Mateus 26:36
E Jesus chegando a um lugar chamado Getsêmane, e disse aos seus discípulos:
Assentai-vos aqui, enquanto eu vou além orar.

Lucas 23:44-45
44 - E já era quase a hora sexta, e ouve trevas em toda terra até a hora nona;
45 - Escureceu o sol e o véu do santuário rasgou de alto a baixo.

I – Trevas
Lendo os relatos Bíblicos em diversas passagens, podemos observar que o
homem desde o dia que caiu na ingratidão do pecado até os dias atuais anda em trevas.
Entretanto, Deus na sua misericórdia, nos outorgou a salvação em seu próprio filho,
Jesus Cristo.
Notoriamente, refletindo na mensagem da cruz que matou ao nosso libertador,
encontramos as trevas e o lugar sombrio que nos aguardava. Mas o Senhor a enfrentou
essa maldição para tornar os seus adoradores e uma benção eterna.
Falando um pouco sobre os momentos finais da vida de Cristo, em que estando
no Jardim do Getsêmane orando na sua ultima noite sombria e dolorosa, não houve
sequer um ser humano que fosse consolar.
A natureza por sua vez protestou tornando-se trevas, da hora sexta à nona (de
12:00 às 15:00 horas, no nosso horário), momento em que Jesus morreu.
Alguns teólogos abalizados na Palavra de Deus comentam que aquelas trevas
foram em conseqüência das hostes malignas que cobriam o céu de Jerusalém naquele
dia.
“Os demônios são como mosquitos ao redor das nossas feridas, que devemos
espantá-los e colocar medicação para que haja a cura. Há feridas na carne provocadas
por acidente e incidentes da nossa lutar material; e existem também as feridas na nossa
alma provocada pelos golpes e pecados que somos propícios”.

Folheando as páginas da Bíblia, encontramos diversas noites e escuridão que a


raça humana enfrentou ou ainda enfrentará, já que a Sagrada Escritura é uma profecia.

Êxodo 10:15
Porque, cobriram a face da terra de modo, que a terra, escureceu.

Êxodo 10:23
Não viu um ao outro, ninguém se levantou do seu lugar por três dias; mas os filhos de
Israel tinham luz nas suas habitações.

Texto que narra a respeito do povo de Deus, quando cativo no Egito sobre a
égide de Thutmouse III, no qual Deus levantou o profeta Moisés e mandou que ele
libertasse o seu povo para prestar culto em sua terra de origem. Faraó endureceu o
coração, e Deus enviou de pragas para aquela nação. Entre peste de úlceras, piolhos,
gafanhotos, moscas, rãs, e escuridão por três dias (lembrando que esses três dias
simbolizam Jesus no tumulo), e por fim o anjo da morte que matou todos os filhos
primogênitos no Egito.
Dessa forma o trabalho que Deus teve naquele tempo foi o de tirar o povo do
Egito. Hoje o desafio é tirar o Egito que está no meio do seu povo.
Isaias 8:22
E, olhando para terra, eis que haverá angustia e escuridão, e serão entenebrecidos, com
ânsia, e arrastado para a escuridão.

Versículo que narra a respeito dos últimos acontecimentos na terra; e porque não
dizer que já começou. Olhando para cada ser humano podemos sentir o medo, insônia,
angustia, depressão e estampado na face dos habitantes do planeta competição (terra),
que para conseguir um lugar ao sol a maioria empurra o seu semelhante para a
destruição.
Mas Deus tem derramado do seu amor no coração daqueles que tem um
compromisso com a justiça, e querem ver um mundo melhor através da Palavra do
Senhor.

II – A Luz Resplandecerá nas Trevas

Isaias
29:18
E naqueles dias os surdos ouvirão as Palavras do Livro, e dentre a escuridão e dentre as
trevas verãos os olhos dos cegos.

Profecia cumprida para como povo de Israel e extensiva para todos os moradores
da terra, onde à tecnologia e a ciência tem avançado tão rápido que existem vários
aparatos que dão condição para os surdos escutarem, os cegos enxergarem, sem falar
nos alfabetos:
 Braile – Que os cegos lêem
 Alfabeto de Gestos – Que dar condição dos surdos lerem através de sinais.

Jeremias 2:31
Oh! Geração! Considerais a Palavra do Senhor; porventura tenho Eu sido para Israel um
deserto? Ou uma terra especa? Porque, pois o meu povo diz: Desliguemos de Te e
nunca mais Te veremos?

Assim comporta-se o homem natural, como se Deus não existisse, fazendo dessa
vida o que tem vontade, sem se preocupar com o abismo que irá enfrentar nas trevas da
eternidade.
Há outros que por provação de Deus, passam por momentos cruciantes como
aconteceu com Jesus quando subiu ao calvário para nos salvar.

Conta o diário de James Creetmam, que em suas viagens pelo estado do Balcans,
a busca da rainha por nome Natalie, teve de enfrentar grande tribulação. Os Balcans
são os principais depósitos de essência do mundo, onde as rosas são mais lindas e
cheirosas.
Entretanto ele percebeu que essas rosas eram colhidas nas horas mais escuras da
noite; exatamente as duas da madrugada. Parece superstição, mas é um segredo da
natureza; isso porque durante o dia as rosas perdem 40% da sua essência.
Podemos tirar esse exemplo e aplica-lo a nossa vida, em que devemos ter o
perfume de Cristo em qualquer momento, especialmente quando chega à escuridão da
prova. Quem sabe a hora que Jesus virá? Ou mesmo qual o momento da nossa partida
pela morte?
Daí o motivo principal para que cada um fique na dependência do Espírito
Santo, esperando o memento certo que Deus nos levará.

João 3:19
A condenação é esta, que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as travas que
a luz, porque as suas obras eram más.

O Evangelista João a principio fez menção do Espírito da Luz, que é Jesus; o


qual veio ao mundo para ajudar e os homens o rejeitou. Conquanto, aqueles que foram
ingratos para com Ele, a condenação é a sua própria sentença.

Há tantas pessoas que vivem na escuridão das minas de carvão sem ver a luz do
sol. Seus rostos são marcados por poeiras e lagrimas.
Porém a pior escuridão e dor não é o das minas escuras, e sim, está nas trevas do
pecado e da separação de Deus, quando era para estarem ungidas com a alegria e a luz
do céu.
As mais belas rendas do mundo são fabricadas em Bruxelas, nas fabricas que
tem salas escuras na qual só há uma janelinha que os artesãos deixarem para entrar um
pouco de luz do sol que transpassa a linha, confeccionado a partir dali, e vão traçando os
desenhos e formas.
Imagine essas vidas que para dar a luxuria a outrem, passam todo o tempo nas
sombrias salas, desgastando os seus olhos em troco de um pouco de fama.
Mas isso não é o pior. Difícil é viver a maioria do tempo na escuridão e ao
morrer passar para um estado de trevas total.

III – Epílogo

Hebreus 12:18-19
18 - Porque chegastes ao monte palpável, e aceso em fogo, e a escuridão e as trevas, e a
tempestade,
19 - E os sonidos da trombeta e a voz que se ouviam, pediam que não falasse mais.

Encontramos um evento acontecido no Monte Sinai, quando o profeta Moisés


subia para falar com Deus. Prefigurando também os momentos que Jesus foi ao calvário
para ser crucificado, dizendo: “Está consumado”.
Dessa forma percebemos a escuridão que a humanidade tem passado sem
perceber que estão a caminho do caos. Mas é tempo de acordar para o Evangelho de
Jesus Cristo e clamar pela graça de Deus e consequentemente receber um livramento.

“Brilhar sempre custa alguma coisa;


A luz só reluz aquilo que ela produz.
A vela não produz se não for acesa, ela tem que arder para brilhar;
A gloria do amanhã tem à sua raiz no sofrimento de hoje;
Muitos querem a gloria sem a cruz;
Brilho sem queimar;
Antes da coroação vem a crucificação”.

Jesus te ama.
Presbítero Robson Colaço de Lucena
Webmaster Alisson Alves de Lucena

Visite o site: http://missaoamerica.googlepages.com

Faça donwloard de Pregação e Musicas em mp3 no site: http://missaomp3.googlepages.com