Você está na página 1de 30

BÁSICAS

BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
BÁSICAS
Matemática 1 AulA 1 – RAdICIAçãO Pode-se definir como raiz de índice n de um
Matemática 1 AulA 1 – RAdICIAçãO Pode-se definir como raiz de índice n de um

Matemática 1

Matemática 1 AulA 1 – RAdICIAçãO Pode-se definir como raiz de índice n de um número
AulA 1 – RAdICIAçãO
AulA 1 – RAdICIAçãO
Matemática 1 AulA 1 – RAdICIAçãO Pode-se definir como raiz de índice n de um número

Pode-se definir como raiz de índice n de um número real a o número também real x tal que, elevando x ao expoente n resulta a. Ou seja:

n n ax=→ x = a Exemplos: 42=→ 2 2 = 4 3 3 82=→
n
n
ax=→ x = a
Exemplos:
42=→ 2
2 = 4
3
3
82=→ 2 = 8

PROPRIEDADES

m n a =

m n a =

a
a

m.n

m a a m = m b b
m
a
a
m
=
m
b
b

m

m

a. b

m a.b =
m a.b =

01. Calcule os seguintes itens:

a) 32 b) 3 125 c) 2 + 5 8 − 3 32
a)
32
b)
3 125
c)
2 + 5 8 − 3 32

02. Racionalize os seguintes itens:

c) 2 + 5 8 − 3 32 02. Racionalize os seguintes itens: a) 1 3

a)

1

3
3

A escolha de quem pensa.

3 b) 2 5 c) 4 2 2 d) 3 + 2 EXERCÍCIOS
3
b)
2
5
c)
4 2
2
d)
3 + 2
EXERCÍCIOS

01. (PUC – SP) A expressão com radicais

8 − 18 + 2 2 a) 2 b) 12 c) − 8 d) −3
8 −
18 + 2
2
a)
2
b)
12
c)
− 8
d)
−3 2
e)
3 2

é igual a:

02. (UFMG) O número 3 8 + 4 18 −−27 3 48 − 2 98
02. (UFMG) O número
3 8
+ 4 18 −−27
3 48 − 2
98 é igual a:

03. Seja o número real

x =

500 − 3 20 +− 2 2 5 . 5 − 1
500
3 20
+− 2
2 5
.
5
1

Escrevendo-se x na forma x = a + bc , tem-se que a + b + c é igual a:

a) 5

b) 6

c) 7

d) 8

e) 9

. 5 − 1 Escrevendo-se x na forma x = a + bc , tem-se que

MAT

1

3
3

MAT

1

MAT 1 04. (UFSM) Simplificando a expressão obtém-se: a ) b) c) d) e ) 11

04. (UFSM) Simplificando a expressão obtém-se:

a)

b)

c)

d)

e)

11 2
11 2

6

3 + 2 2 + 3 85 18
3
+
2
2
+
3
85
18

11

2

11 2
11 2

12

9 2
9
2

+

2 , 9
2
,
9
2 6 3 + 2 2 + 3 85 18 1 1 2 11 2 12

05. A expressão 3333

é equivalente a:

a) 6 10 3 6 b) 3 3 6 c) 5 3 3 8 d)
a)
6
10
3
6
b)
3
3
6
c)
5
3
3
8
d)
4
3
e)
8
7
3
3
− 1
06. Racionalizando (
8
)
2
a)
2
b) 2
c) 2
2
2
d)
4
1
e)
2
5
07. Subtraindo-se
8 37
a) − 4 7
81
b) + 21 7
22
c) −22 − 21 7
d) 41 7 − 81
4

temos:

de

12 3 , obtém-se: 7 +
12
3 , obtém-se:
7 +

08. O valor de

22 é : é:

a)

b)

c)

d)

3 − 22 3 2 6 2 3 − 22
3 − 22
3 2
6 2
3 − 22
2 2 09. (FUVEST) − é igual a: 53 − 3 2 3 534 +
2
2
09. (FUVEST)
é igual a:
53
3 2
3
534
+
+
a)
3
532
+
b)
3
532
c)
3
534
+
d)
10. Calcule x em: x = 3
4096 .
GABARITO 01. a 02. * 03. e 04. a 05. e 06. d 07. c
GABARITO
01.
a
02.
*
03.
e 04.
a
05.
e
06.
d
07.
c
08.
a 09.
d
10.
2
*02. 4 2 − 15 3

A escolha de quem pensa.

01. a 02. * 03. e 04. a 05. e 06. d 07. c 08. a
Matemática 2 Aula 1 – POTENCIAçãO Dado um número real a qualquer e sendo n
Matemática 2 Aula 1 – POTENCIAçãO Dado um número real a qualquer e sendo n

Matemática 2

Aula 1 – POTENCIAçãO
Aula 1 – POTENCIAçãO
Matemática 2 Aula 1 – POTENCIAçãO Dado um número real a qualquer e sendo n um

Dado um número real a qualquer e sendo n um número natural, diferente de zero, a potência a n é definida como:

Exemplos:

a) 3 4

b) (–2)

c) (–2)

d) –2 4

3

4

a

n

=

a a



a

n fatores

PROPRIEDADES

(

a

n

)

m

= a

nm

 

 

a

b

 

n

=

a

n

 

n

m n a
m
n
a
   

b

n

a

m

=

(

 

)

m

 

a

n

     

n

1

 

n

 

nm

 

n m

 

a

 

= a

 

b

m

= a

a

 

=

a

n

 

(

ab

)

n

 

n

n

a

=⋅

b

01. Simplifique aplicando as propriedades de potência.

a)

b)

(

ab

3

x1

+

6

)

7

(

⋅⋅

a

3

3

x3

b

)

2

3

x 5

02. Calcule o valor dos itens a seguir:

a) (1,5) 0 + 0 20 + 1 10 =

itens a seguir: a) (1,5) 0 + 0 2 0 + 1 1 0 = A

A escolha de quem pensa.

80 2 3 53 b) + ( 2 22 ⋅+ 2 ) 78 2 5
80
2
3
53
b)
+
(
2
22 ⋅+
2
)
78
2
5
5
2
2
03.
Dados os números A
deles é o maior?
=
(
2
)
eB
=
2
, qual
EXERCÍCIOS
01.
(UFBA)
Simplificando
a
expressão
3
48
6 10
⋅⋅⋅
10
10
, obteremos:
− 1
4
6 10
10

02.

a) 1

b) 10

c) 10

d) 10

e) 10

1

2

3

4

(UECE) O valor de

a) 15

17

b) 15

16

c) 16

17

17
d)

16

222

−−

+−

1

(

)

2

(

)

1

2

2

+

2

2

é:

MAT

2

5
5

5

3

6

2

(

5

)

3

(

+−

6

)

2

(

7

)

2

03. (EPCAR)Se A

então

a) 250

b) 72

c) –72

d) 0

e) 178

A B

=

K

7

2

e B =

= 49 , onde K é igual a:

04. Efetuando a divisão e x ÷ e x 2 , teremos:

a) e

b) e

c)

d) e

2

2

e 2x

2x

05. Se e 5x = 32, então o valor de e 2x + e 3x é:

a) 10

b) 8

c) 12

d) 1024

(

2

)

0

⋅   −−

(

25  

)

3

06. (FAAP–SP)Expresse A =

(

3

)

1

(

5

2

é igual a:

x

3

1

1

x

)

é:

na forma de um número inteiro.

 1



 2

3

+

 1



 2

5

07. A expressão

a)

b)

c)

1

 

 

2

8

40

1

40

–40

–80

MAT

d)

2 e)

08. Para x = 0,1, o valor da expressão

a) –11,11

b) –1,11

c) –0,111

d) 1,11

e) 11,1

6
6

09. O número de algarismos do produto 5 17 4 9

é igual a:

a) 17

b) 18

c) 26

d) 34

e) 35

10. Assinale a afirmativa correta:

a)

b)

c)

d)

(

(

(

4

4

4

4

3

3

3

3

2

)

)

)

2

2

2

=

=

4

4

= 4

4

2

3

3

3

9

2

2

GABARITO 01. c 02. c 03. a 04. a 05. b 06. * 07. b
GABARITO
01.
c 02.
c
03.
a 04.
a 05.
b
06.
* 07.
b
08.
b 09.
b 10.
b

*06. A = 3000

A escolha de quem pensa.

GABARITO 01. c 02. c 03. a 04. a 05. b 06. * 07. b 08.
Matemática 3 Aula 1 – operações com números inteiros e racionais OPERAçõES COM núMEROS InTEIROS
Matemática 3 Aula 1 – operações com números inteiros e racionais OPERAçõES COM núMEROS InTEIROS

Matemática 3

Aula 1 – operações com números inteiros e racionais
Aula 1 – operações com números inteiros e racionais
3 Aula 1 – operações com números inteiros e racionais OPERAçõES COM núMEROS InTEIROS SOMA E

OPERAçõES COM núMEROS InTEIROS

SOMA E SUBTRAçãO:

Sinais iguais: somam-se os valores absolutos e conserva-se o mesmo sinal.

Sinais diferentes: subtraem-se os valores absolutos e conserva-se o sinal do maior.

MUlTIPlICAçãO E DIVISãO:

(

(

(

(

+

+

)

)

)

)

×

÷

×

÷

×

÷

×

÷

(

(

(

(

+=+

−=+

)

)

(

(

−=−

+=−

)

)

(

(

)

)

)

)

sinais

iguais +

(

)

sinais

diferentes

(

)

ExPRESSõES nUMéRICAS

1. Potenciação e Radiciação

2. Multiplicação e Divisão

3. Adição e Subtração

(Obedecendo sempre à ordem em que elas aparecem)

Nessas operações são realizadas?

1. Parênteses ( )

2. Colchetes [ ]

3. Chaves { }

1. Parênteses ( ) 2. Colchetes [ ] 3. Chaves { } A escolha de quem

A escolha de quem pensa.

EXERCÍCIOS
EXERCÍCIOS

Resolva as expressões:

01. 2 . (– 5) – 8 : 4

a) –12

b) –10

c) –8

d) –6

02. (–4 . 500) : 10 + 1

a) 150

b) –199

c) 203

d) –236

03. 4 . (2 + 3)

a) 20

b) 14

c) 11

d) 9

04. (–6) + (–3) + (–4) – (–1)

a) –14

b) 12

c) –12

d) 14

05. (6 + 2 x 8) : 2

a) 11

b) 22

c) 32

d) 0

MAT

3

7
7

MAT

3

06. 3 . (9 – 5 x 2) – (–21) : 3 + 4 a)
06. 3 . (9 – 5 x 2) – (–21) : 3 + 4
a) 28
b) 8
OPERAçõES COM núMEROS RACIOnAIS
c) 0
d) 20
07. 2 . 3 – (12 : 2) . 3 + [5 – 3 . (6 – 2) . 3] + 1
• Soma de frações com o mesmo deno-
minador: Somam-se os numeradores e
repete o denominador.
a) –42
b) –24
• Soma de fração com denominadores
diferentes: Calcular o MMC dos deno-
minadores.
c) 17
d) –71
• Multiplicação de frações: Numerador
com numerador / denominador com de-
nominador.
08. {36 : 4 + [(16 . 2) – (7 – 4)] – 12}
a) 26
• Divisão de frações: Repete a primeira
fração e multiplica pelo inverso da
segunda fração.
b) 50
c) 38
d) 56
EXERCÍCIOS
09. 2 – {3 – 2 2 + 3 . [4 – (4 + 2) : 3] + 3 2 }
a)
–8
Resolva:
b) 15
1
01. 1
c)
–12
+
2
3
d) 7
2
a)
5
10. 9 – {3 – [7 + 2 – (8 – 2) + 5] – 8 + 4}
1
b)
a) –9
6
b) 18
5
c)
c) 12
6
d) 20
2
d)
6
2 1
02. ⋅ 4
3 2
GABARITO
a)
− 1
3
01.
a 02.
b
03.
a
04.
a
05.
b
− 4
c b)
06.
a 07.
a
08.
c
09.
c
10.
3
2
c)
3
7
d)
3
8
8

A escolha de quem pensa.

03. a 04. a 05. b − 4 c b) 06. a 07. a 08. c
03. 04. 05. 06. 3  2  1  25    −−−+

03.

04.

05.

06.

3  2  1  25    −−−+    
3
 2
 1
25   
−−−+
4
3
2
34 
 
a) − 4
3
b) − 3
4
c) − 8
3
d) − 2
5
1
39 51 
23
+
2
+÷−⋅
 3
2
4
2 25
a) − 373
6
− 73
b)
30
− 11
c)
10
− 13
d)
30
1 1
2
3
1
1
1 −
+
3
2
1
a)
7
b) 7
c)
–7
1
d)
5
1
1 +
1
1
5
+ 3
− 1 +
1
1 +

a) 3

2

b) 2

3

5

A escolha de quem pensa.

c)

d)

1

3

3

07. Efetue: 0,075 x 1,4

08. Efetue: 28,14 : 7

09. Efetue: 51,2 : 0,32

10. 4,2 – 0,5 . 6,4 + 0,2 : 0,02, obtemos:

a) 7

b) 9

c) 11

d) 13

11. (1,8 + 2 . 0,3) + (1,1 – 0,04 . 20) obtém-se:

a)

b) 1,44

c) 2,7

22,34

d) 23,6 GABARITO 01. c 02. b 03. a 04. b 05. a 06. a
d) 23,6
GABARITO
01.
c 02.
b 03.
a 04.
b 05.
a
06.
a 07.
* 08.
* 09.
* 10.
c
11.
c

*07. 0,105

*08. 4,02

*09. 160

MAT

3

9
9
Física 1 Aula 1 – Física Básica O que é a FíSica? Física é a
Física 1 Aula 1 – Física Básica O que é a FíSica? Física é a

Física 1

Física 1 Aula 1 – Física Básica O que é a FíSica? Física é a ciência
Aula 1 – Física Básica
Aula 1 – Física Básica
Física 1 Aula 1 – Física Básica O que é a FíSica? Física é a ciência

O que é a FíSica?

Física é a ciência que estuda a natureza (quantitativa e qualitativamente) e seus fenômenos em seus aspectos mais gerais. Analisa suas relações e propriedades, tentando descrever e explicar a maior parte de suas consequências. Busca a compreensão científica dos comportamentos naturais e gerais do mundo, desde as partículas elementares até o universo como um todo.

A Física pode ser dividida segundo o campo

de estudo da seguinte forma:

Mecânica

Ondulatória

Termodinâmica

Eletromagnetismo

Física Moderna

cOmO OcOrre eSte eStudO?

Com o uso do método científico e da lógica, e tendo a matemática como linguagem natural, esta ciência descreve a natureza através de modelos científicos (teorias, fórmulas e experimentos).

Grandeza Física

É tudo que pode ser medido ou calculado.

exemplos: comprimento, massa, peso, tempo, temperatura, pressão, corrente elétrica e outros;

unidade Física

É o padrão de medida. Referencial usado

para comparação. exemplos: metro, quilograma, segundos e outros;

exemplos: metro, quilograma, segundos e outros; A A escolha de quem pensa. escolha de quem pensa.

A A

escolha de quem pensa.

escolha de quem pensa.

O que é a medir?

Medir é comparar uma grandeza física com uma unidade. exemplo: Ficaram 10 minutos falando no telefone.

Grandeza: tempo.

Unidade: minutos.

Para evitar o uso de muitas unidades diferentes para cada país criou se um padrão mundial utilizado nos meios científicos e comerciais denominado Sistema Internacional de Unidades (SI).

FIS

As sete unidades fundamentais do SI são:

   

unidades Si de base

Grandezas

Nome

Símbolo

comprimento

 

metro

m

massa

quilograma

kg

tempo

segundo

s

corrente elétrica

 

ampère

A

temperatura

 

kelvin

 

k

 

termodinâmica

quantidade de matéria

mol

mol

intensidade luminosa

candela

cd

O

quadro

abaixo

mostra

algumas

das

unidades derivadas no SI:

1

 

unidades Si de base

Grandezas

Nome

Símbolo

superfície

metro quadrado

m

2

volume

metro cúbico

m

3

velocidade

metro por

m/s

segundo

 

metro por

 

aceleração

segundo ao

m/s 2

quadrado

3 3
3 3

Grandezas

unidades Si de base

Nome

Símbolo

número de ondas

metro elevado à potência menos um (1 por metro)

m

–1

massa específica

quilograma por

kg/m 3

metro cúbico

 

metro cúbico

 

volume específico

por quilograma

m

3 /kg

densidade de

ampère por

A/m 2

corrente

metro quadrado

campo magnético

ampère por

A/m

metro

concentração (de

mol por metro cúbico

 

quantidade de

mol/m 3

matéria)

luminância

candela por

cd/m 2

metro quadrado

índice de refração

(o número) um

1*

FIS

Note que a grandeza índice de refração não possui unidade (adimensional).

Qualquer unidade física pode ser escrita 1 usando múltiplos e submúltiplos como os da tabela abaixo:

Fator

Prefixo

Símbolo

Fator

Prefixo

Símbolo

10

24

yotta

Y

10

1

deci

d

10

21

zetta

Z

10

2

centi

c

10

18

exa

E

10

3

mili

m

10

15

peta

P

10

6

micro

m

10

12

tera

T

10

9

nano

n

10

9

giga

G

10

–12

pico

p

10

6

mega

M

10

–15

femto

f

10

3

quilo

k

10

–18

atto

a

10

2

hecto

h

10

–21

zepto

z

10

1

deca

da

10

–24

yocto

y

NOtaçãO cieNtíFica

Nos exercícios você vai se deparar com alguns problemas como, por exemplo: transformar dias em segundos, representar a distância da Terra ao Sol em metros, calcular quantos átomos

4
4

existem dentro do Sol. Escrever esses números

é um trabalho cansativo e pode ocorrer ainda de

você errar na quantidade de zeros.

Para evitar isto utilizaremos a notação científica. A notação científica consiste em representar os números seguidos de uma potência de dez. Para escrever um número em notação científica devemos obedecer ao seguinte formato:

N x 10 x onde N deve ser um número que esteja

entre 1 e 9 , ou seja, deve ser maior ou igual a 1

e menor que 10 e x o número de zeros (ou casas

decimais se o expoente for negativo) do número.

(ou casas decimais se o expoente for negativo) do número. EXERCÍCIOS 01. diferencie grandeza de unidade

EXERCÍCIOS

decimais se o expoente for negativo) do número. EXERCÍCIOS 01. diferencie grandeza de unidade física. 02.

01. diferencie grandeza de unidade física.

02. Coloque os números em notação científica:

a) 60 =

b) 321 =

c) 7032,5 =

d) 152000000 =

e) 0,5 =

f) 0,007 =

g) 0,00000000000000000016 =

03. transforme as unidades:

a) 1 min =

s

b) 3h =

min

c) 1 m =

cm

d) 40 mm =

m

e) 800 m =

km

f) 1 km² =

m 2

g) 1 m² =

cm 2

04. quantos segundos tem um dia? coloque a resposta em notação científica.

05. dado o símbolo dos submúltiplos e múltiplos, coloque o fator correspondente:

a) n =

b) µ =

A escolha de quem pensa.

dado o símbolo dos submúltiplos e múltiplos, coloque o fator correspondente: a) n = b) µ
06. c) m = d) d = e) k = f) M = g) G

06.

c) m =

d) d =

e) k =

f) M =

g) G =

Transforme em notação científica nas unidades do Si:

a) 45 kg =

b) 700 g =

c) 833,5 m =

d) 4 µm =

e) 80 MW =

f) 705 GHz =

g) 3600 s =

h) 55 kN =

A escolha de quem pensa.

FIS

1

5
5
Física 2 Aula 1 – Grandezas, unidades, razão e proporção Grandeza: É uma relação numérica
Física 2 Aula 1 – Grandezas, unidades, razão e proporção Grandeza: É uma relação numérica

Física 2

Aula 1 – Grandezas, unidades, razão e proporção
Aula 1 – Grandezas, unidades, razão e proporção
2 Aula 1 – Grandezas, unidades, razão e proporção Grandeza: É uma relação numérica estabelecida com

Grandeza: É uma relação numérica estabelecida com um objeto. Assim, a altura de uma árvore, o volume de um tanque, o peso de um corpo, a quantidade pães, entre outros, são grandezas. Grandeza é tudo que você pode contar, medir, avaliar, enfim, enumerar.

razão: é a divisão ou relação entre duas grandezas. Exemplo: se numa classe tivermos 40 meninos e 30 meninas, qual a razão entre o número de meninos e o número de meninas?

Razão =

número de meninos número de meninas

=

40

4

=

30

3

Razão inversa: é o inverso da razão, assim

3

R == 1

1

=

30

=

i

R

40

40

4

30

Proporção: é a igualdade entre razões. Exemplo: meu carro faz 13 km por litro de combustível, então para 26 km preciso de 2 L, para 39 km preciso de 3 L e assim por diante.

1ª situação:

2ª situação:

R =

1

R =

2

26

2

39

3

=

=

13

1

13

1

R 1 = R 2 , logo formam uma proporção

GraNdezaS PrOPOrciONaiS

O que estudaremos são grandezas que sejam diretamente ou inversamente proporcionais, embora existam casos em que essas relações não se observem, e que, portanto, não farão parte

de nosso estudo. Por exemplo, “na partida de abertura de um campeonato, um jogador fez três gols, quantos gols ele fará ao final do campeonato sabendo que o mesmo terá 46 partidas?”

GraNdezaS diretameNte PrOPOrciONaiS (G.d.P.)

Duas grandezas são ditas diretamente proporcionais, quando o aumento de uma implica no aumento da outra, quando a redução de uma implica na redução da outra, ou seja, o que você fizer com uma acontecerá com a outra. Observação é necessário que satisfaça a propriedade destacada abaixo. Exemplo: Se numa receita de pudim de micro- ondas uso duas latas de leite condensado, 6 ovos e duas latas de leite, para um pudim. Terei que dobrar a quantidade de cada ingrediente se quiser fazer dois pudins, ou reduzir a metade cada quantidade de ingredientes se quiser, apenas meia receita. Observe a tabela abaixo que relaciona o preço que tenho que pagar em relação à quantidade de pães comprados:

Preço

0,20

0,40

1,00

2,00

4,00

10,00

nº de

           

Pães

1

2

5

10

20

50

Preço e quantidade de pães são grandezas diretamente proporcionais. Portanto se peço mais pães, pago mais, se peço menos pães, pago menos. Observe que quando dividimos o preço pela quantidade de pães obtemos sempre o mesmo valor. Propriedade: Em grandezas diretamente proporcionais, a razão é constante.

FIS

2

diretamente proporcionais, a razão é constante. FIS 2 6 A escolha de quem pensa. 6 A
6
6

A escolha de quem pensa.

6
6

A escolha de quem pensa.

FIS

2

diretamente proporcionais, a razão é constante. FIS 2 6 A escolha de quem pensa. 6 A

GraNdezaS iNverSameNte PrOPOrciONaiS (G.i.P.)

Duas grandezas são ditas inversamente proporcionais quando o aumento de uma implica na redução da outra, quando a redução de uma implica no aumento da outra, ou seja, o que você fizer com uma acontecerá o inverso com a outra. Observe a tabela abaixo que relaciona a velocidade média e o tempo de viagem, para uma distância de 600 km.

velocidade

média (km/h)

60

100

120

150

200

300

Tempo de

viagem (h)

10

6

5

4

3

2

Velocidade média e Tempo de viagem são grandezas inversamente proporcionais, assim se viajo mais depressa levo um tempo menor, se viajo com menor velocidade média levo um tempo maior. Observe que quando multiplicamos a velocidade média pelo tempo de viagem obtemos sempre o mesmo valor. Propriedade: Em grandezas inversamente proporcionais, o produto é constante.

inversamente proporcionais, o produto é constante. EXERCÍCIOS 01. responda se as grandezas são diretamente

EXERCÍCIOS

proporcionais, o produto é constante. EXERCÍCIOS 01. responda se as grandezas são diretamente (d) ou

01. responda se as grandezas são diretamente (d) ou inversamente proporcionais (i):

a) Número de pessoas em um churrasco e a quantidade (gramas) que cada pessoa poderá consumir.

um retângulo e o seu

comprimento, sendo a largura constante.

b) A área de

o seu comprimento, sendo a largura constante. b) A área de c) Número de erros em

c) Número de erros em uma prova e a nota obtida.

tempo

necessário para eles construírem uma casa.

e) Quantidade de alimento e o número de dias que poderá sobreviver um náufrago.

d) Número

de

operários

e

o

A escolha de quem pensa.

02. a uma velocidade média de 80 km/h faço um percurso em 6 horas. em quanto tempo efetuarei o mesmo percurso com uma velocidade média de 160 km/h? (resolva pela proporcionalidade das grandezas envolvidas)

03. No Sistema internacional de unidades, um intervalo de tempo de 2,4 min equivale a:

a) 24 s

b) 144 s

c) 240 s

d) 124 s

e) 164 s

04. uma pessoa passeia durante 30 minutos. Nesse tempo, ela anda, corre e também para por alguns instantes. O gráfico representa a distância (x) percorrida por essa pessoa, em função do tempo de passeio (t). Pelo gráfico, pode-se afirmar que, na sequência do passeio, a pessoa:

x (m) 2.400 4 3 1.800 2 1.200 600 1 0 5 10 15 20
x (m)
2.400
4
3
1.800
2
1.200
600
1
0
5 10 15 20 25 30
t (min)

FIS

2

a) andou (1), correu (2), parou (3) e andou

(4).

b) andou (1), parou (2), correu (3) e andou

(4).

c) correu (1), andou (2), parou (3) e correu

(4).

d) correu (1), parou (2), andou (3) e correu

(4).

05. Você está viajando a uma velocidade de 1 km/min. Sua velocidade em km/h é:

a)

b)

c)

d)

e)

3600.

1

60

3,6.

60.

1

3600

7
7

06. Pois há menos peixinhos a nadar no mar do que os beijinhos que eu darei na sua boca.

Vinicius de Moraes.

Supondo que o volume total de água nos oceanos seja de cerca de um bilhão de quilômetros cúbicos e que haja em média um peixe em cada cubo de água de 100 m de aresta, o número de beijos que o poeta beijoqueiro teria que dar em sua namorada, para não faltar com a verdade, seria:

FIS

2

8
8

A escolha de quem pensa.

poeta beijoqueiro teria que dar em sua namorada, para não faltar com a verdade, seria: FIS
Física 3 Aula 1 – Grandezas deFiNiçãO Damos o nome de grandeza a tudo aquilo
Física 3 Aula 1 – Grandezas deFiNiçãO Damos o nome de grandeza a tudo aquilo

Física 3

Aula 1 – Grandezas
Aula 1 – Grandezas
Física 3 Aula 1 – Grandezas deFiNiçãO Damos o nome de grandeza a tudo aquilo que

deFiNiçãO

Damos o nome de grandeza a tudo aquilo que podevariar quantitativamente. A grandeza foi introduzida na Física para tornar possível o estudo quantitativo dos fenômenos da natureza. Uma grandeza é dita mensurável quando pode ser medida. Quando não pode ser medida, por falta de termo de comparação como no caso da beleza ou da bondade, édita imensurável.

Ordem de GraNdeza

Chamamos ordem de grandeza de um número à potência de 10 mais próximas deste número. A ordem de grandeza de 94 é 10 2 porque 94 está compreendidoentre 10 e 100, mas está mais próximo de10 2 . De 0,00024 = 2,4 × 10 4 é 10 4 10 12 : 10 11 = 10 23 8 × 10 8 – 5 × 10 4 = 10 9

= 10 2 3 8 × 10 8 – 5 × 10 4 = 10 9

EXERCÍCIOS

3 8 × 10 8 – 5 × 10 4 = 10 9 EXERCÍCIOS 01. a

01. a ordem de grandeza da massa de 1 litro de água, em gramas é:

de grandeza da massa de 1 litro de água, em gramas é: a) 10 0 .

a) 10 0 .

b) 10 1 .

c) 10 2 .

d) 10 3 .

e) 10 4 .

A escolha de quem pensa.

02. O volume de um cilindro é 6,8 m 3 . a ordem de grandezado volume deste cilindro em cm3 é:

a) 10 5 .

b) 10 6 .

c) 10 7 .

d) 10 8 .

e) 10 9 .

03. em um hotel, com 500 apartamentos, o consumo médiod’água por apartamento é de cerca de 170 litros por dia. qual é a ordem de grandeza do volume, que deve ter oreservatório do hotel, em metros cúbicos, para abastecer todos os apartamentos durante um dia de falta d’água?

a) 10 1 .

b) 10 2 .

c) 10 3 .

d) 10 4 .

e) 10 5 .

FIS

3

GraNdezaS diretameNte PrOPOrciONaiS

Diz-se que duas grandezas A e B são diretamente proporcionais quando o quociente dos valores assumidospor elas é constante. Para indicar que duas grandezas A e B são diretamente proporcionais, escrevemos:

A

B =→

K

A

=⋅ KB

Onde k é a constante de proporcionalidade entre as duas grandezas A e B. Observemos que, quando uma das grandezas aumenta,a outra também aumenta, na mesma proporção da primeira. A representação gráfica de duas grandezas

9
9

diretamente proporcionais do tipo A = K B, é uma reta oblíqua passando pela origem do sistema cartesiano. Façamos, inicialmente, a tabela de correspondência entre as variáveis A e B.

a

0

10

20

30

40

50

B

0

2

4

6

8

10

20 30 40 50 B 0 2 4 6 8 10 FIS Observemos algo importante nesse

FIS

Observemos algo importante nesse gráfico. A tangentede a é igual a constante de proporcionalidade K entre A e B ou coeficiente angular da reta.

co

=

50

10

=

5

k

=

tg

α=

ca

3 GraNdezaS iNverSameNte PrOPOrciONaiS

Diz-se que duas grandezas A e B são inversamente proporcionais quando o produto dos valores assumidos porela é constante. Para indicar que duas grandezas são inversamente proporcionais, escrevemos:

AB

⋅=→ =

K

B

K

A

onde o K tem os mesmos nomes do ítem anterior. Observemos que, quando uma das duas grandezas aumenta, a outra diminui na proporção inversa da primeira. A representação gráfica de duas grandezas inversamente proporcionais do tipo A B = K é um arco de hipérbole. Façamos, inicialmente, a tabela de correspondência entre as variáveis A e B.

a

1

2

4

8

10

B

10

5

2,5

1,25

1

10
10
2 4 8 10 B 10 5 2,5 1,25 1 10 Esta representação também pode ser

Esta representação também pode ser

linearizada, bastando traçar um gráfico B versus

A

1

  . Obteremos uma reta passando pela origem

cuja inclinação fornecerá o valor da constante K B

é inversamente proporcional a A.

B 1 A
B
1
A

variaçãO LiNear

Quando o gráfico de uma grandeza y em função da outra x é uma reta que não passa pela origem, a equação que identifica essa reta é:

y = a x + b

Onde a e b são constantes. Veja o exemplo:

= a ⋅ x + b Onde a e b são constantes. Veja o exemplo: A

A constante a representa o coeficiente angular da reta ou constante de proporcionalidade entre Δy e Δx.

a

=

tg

α=

co

ca

=

y

x

=

60

6

= 10

A constante b é o coeficiente linear da reta

b = 20, representa a ordenada do ponto em que a

reta intercepta o eixo da ordenada. Portanto:

y = 10 x + 20

Observe que neste caso, as grandezas y e x não são diretamente proporcionais, mas

A escolha de quem pensa.

x + 20 Observe que neste caso, as grandezas y e x não são diretamente proporcionais,

dizemos que y varia linearmente com x, mas suas variações são diretamente proporcionais.

x , mas s uas variações são diretamente proporcionais . EXERCÍCIOS 04. No gráfico abaixo estão

EXERCÍCIOS

uas variações são diretamente proporcionais . EXERCÍCIOS 04. No gráfico abaixo estão as grandezas x e

04. No gráfico abaixo estão as grandezas x e y em função da grandeza z. No intervalo de z = 0 a z = 4, a relação entre x e y é:

x e y 4 x 3 2 1 y z 0 1 2 3 4
x e y
4
x
3
2
1
y
z
0
1
2
3
4

a) x + y = 4

b) x y = 1

c) x : y = 1

d) y – x = 4

e) x = –y

05. uma grandeza y depende de outra x de acordo com o gráfico abaixo.

y depende de outra x de acordo com o gráfico abaixo. y 4 3 2 1
y 4 3 2 1 x 0 1 2 3 4
y
4
3
2
1
x
0
1
2
3
4

1

8 e

Para

valores de y sejam respectivamente:

x =

1

x 2

= 5, espera-se

que os

1

4

1

5

a) e 16

b) e 8

1

c) 4 e 16

d)

e)

5

8

1

e 8

1

e 5

A escolha de quem pensa.

06. a grandeza x é diretamente proporcional ao quadrado da grandeza y. Observe que k
06.
a
grandeza x é diretamente proporcional
ao quadrado da grandeza y. Observe que
k
é uma constante de proporcionalidade
diferente de zero. a alternativa que
expressa a relação entre x e y é:
a) x = k ⋅ y
b) k = x/y 2
c) x 2 = k ⋅ y 2
d) x 2 = k ⋅ y
e) y = k ⋅ x 2
1
07.
a relação entre as variáveis y e
está
x
representada no gráfico que segue. A
partir do gráfico, podemosafirmar que:
y
1
x
a) x é inversamente proporcional a y.
b) x é diretamente proporcional a y.
c) x é diretamente proporcional a y 2 .
1
d) é inversamente proporcional a y.
x
e) x é inversamente proporcional a 1
.
y
08.
Nos gráficos abaixo estão representadas
as grandezas X, Y e z em função do
tempo (t).

FIS

3

x y 4 2 0 0 0 4 t 0 4 t z 4 0
x
y
4
2
0
0
0
4
t
0
4
t
z
4
0
0
4
t

No intervalo de t = 0 a t = 4, qual das relações seguintes é verdadeira?

a) X + Y + Z = 2

b) X + Y + Z = 6

c) X + Y + Z = 2t

d) X + Y + Z = 4t

e) X + Y + Z = 2 + 4t

11
11

EXERCÍCIOS01. (UESPI) Estima-se que o planeta Terra tenha se formado há cerca de 4,5 bilhões

EXERCÍCIOS 01. (UESPI) Estima-se que o planeta Terra tenha se formado há cerca de 4,5 bilhões

01. (UESPI) Estima-se que o planeta Terra tenha se formado há cerca de 4,5 bilhões de anos. qual é a ordem de grandeza da idade da terra em horas?

a) 10

b) 10

c) 10

d) 10

e) 10

11

13

15

17

19

02. (ucS) a nanotecnologia é um dos ramos mais promissores para o progresso tecnológico humano. essa área se baseia na manipulação de estruturas em escala de comprimento, segundo o que é indicado no próprio nome, na ordem de grandeza de

FIS

3

a) 0,001 m.

b)

c) 0,000.001 m.

d) 0,000.000.001 m.

e) 0,000.000.000.000.001 m.

0,000.1 m.

03. (uFPr) Sobre grandezas físicas, unidades de medida e suas conversões, considere as igualdades abaixo representadas:

1. 6 m 2 = 60.000 cm 2 .

2. 216 km/h = 60 m/s.

3. 3.000 m 3 = 30 litros.

4. 7.200 s = 2 h.

5. 2,5 × 10 5 g = 250 kg.

assinale a alternativa correta.

a) Somente as igualdades representadas em 1, 2 e 4 são verdadeiras.

b) Somente as igualdades representadas em 1, 2, 4 e 5 são verdadeiras.

c) Somente as igualdades representadas em 1, 2, 3 e 5 são verdadeiras.

d) Somente as igualdades representadas em 4 e 5 são verdadeiras.

e) Somente as igualdades representadas em 3 e 4 são verdadeiras.

12
12

04. (cFtce) No painel de um carro, está indicado no velocímetro que ele já “rodou”

120.000 km. a alternativa que melhor indica

a ordem de grandeza do número de voltas

efetuadas pela roda desse carro, sabendo que o diâmetro da mesma vale 50 cm, é:

Adote p = 3. Despreze possíveis derrapagens e frenagens

a) 10

b) 10

c) 10

d) 10

e) 10

8

7

6

5

4

05. (uFPe) em um bairro com 2.500 casas, o consumo médio diário de água por casa é de 1.000 litros. qual a ordem de grandeza do volume que a caixa d’água do bairro deve ter, em m 3 , para abastecer todas as casas por um dia, sem faltar água?

a) 10 3 .

b) 10 4 .

c) 10 5 .

d) 10 6 .

e) 10 7 .

06. (UFPEL) “O calor proveniente do Sol por irradiação atinge o nosso Planeta e evapora a água que sobe, por ser ela, ao nível do mar, menos densa que o ar. ao

encontrar regiões mais frias na atmosfera,

o vapor se condensa, formando pequenas

gotículas de água que compõem, então, as nuvens, podendo, em parte, solidificar- se em diferentes tamanhos. Os ventos fortes facilitam o transporte do ar próximo ao chão – a temperatura, em dias de verão, chega quase a 40° – para o topo das nuvens, quando a temperatura alcança 70°c. Há um consenso, entre pesquisadores, de que, devido à colisão entre partículas de gelo, água e granizo, ocorre a eletrização da nuvem, sendo possível observar a formação de dois centros: um de cargas positivas e outro de cargas negativas. quando a concentração de cargas nesses centros cresce muito, acontecem, então, descargas entre regiões com cargas elétricas opostas. essas

A escolha de quem pensa.

cresce muito, acontecem, então, descargas entre regiões com cargas elétricas opostas. essas A escolha de quem

descargas elétricas – raios – podem durar até 2 s, e sua voltagem encontra-se entre 100 milhões e 1 bilhão de volts, sendo a corrente da ordem de 30 mil amperes, podendo chegar a 300 mil amperes e a 30.000 °c de temperatura. a luz produzida pelo raio chega quase instantaneamente, enquanto que o som, considerada sua velocidade de 300 m/s, chega num tempo 1 milhão de vezes maior. esse trovão, no entanto, dificilmente será ouvido, se acontecer a uma distância superior a 35 km, já que tende seguir em direção à camada de ar com menor temperatura.”

No texto, muitas unidades da Física são abordadas, como unidades de Termologia, Mecânica, Eletricidade e Ondas.

assinale a alternativa que contém corretamente, apenas grandezas físicas escalares referidas no texto.

a) temperatura, tempo, ddp, força elétrica e velocidade.

b) temperatura, tempo, ddp, intensidade de corrente elétrica e distância.

c) força elétrica, campo elétrico, velocidade, aceleração e deslocamento.

d) força elétrica, campo elétrico, potencial elétrico, aceleração e distância.

e) tempo, potencial elétrico, período, frequência e deslocamento.

07. (uFPe) qual a ordem de grandeza, em km/h, da velocidade orbital da terra em torno do Sol? a distância média da terra ao Sol é 1,5 × 10 8 km.

a) 10 6 .

b) 10 5 .

c) 10 4 .

d) 10 3 .

e) 10 2 .

08. UFPE) O fluxo total de sangue na grande circulação, também chamado de débito cardíaco, faz com que o coração de um homem adulto seja responsável pelo bombeamento, em média, de 20 litros por minuto. qual a ordem de grandeza do volume de sangue, em litros, bombeado pelo coração em um dia?

de sangue, em litros, bombeado pelo coração em um dia? A escolha de quem pensa. a)

A escolha de quem pensa.

a) 10 2 .

b) 10 3 .

c) 10 4 .

d) 10 5 .

e) 10 6 .

09. (uFrJ) O censo populacional realizado em 1970 constatou que a população do Brasil era de 90 milhões de habitantes. Hoje, o censo estima uma população de 150 milhões de habitantes. a ordem de grandeza que melhor expressa o aumento populacional é

a) 10 6 .

b) 10 7 .

c) 10 8 .

d) 10 9 .

e) 10 10 .

10. (PUC – MG) Um cientista verificou que, a cada acréscimo de três unidades de uma certa grandeza X, correspondia o decréscimo de duas unidades de uma outra grandeza Y. Sobre tais grandezas X e Y são corretas as afirmações a seguir, exceto:

FIS

3

a)

A

multiplicação de cada valor de X pelo

valor de Y que lhe corresponde é sempre constante.

b)

A

soma de cada valor de X pelo valor de

Y

que lhe corresponde não é constante.

c)

Y

varia linearmente com X.

d)

O gráfico Y versus X é uma reta.

e)

A expressão Y = aX + b, com a e b assumindo valores adequados, serve para representar a relação entre Y e X.

11. (uFv) considere o volume de uma gota como 5,0 × 10 2 ml. a ordem de grandeza do número de gotas em um litro de água é:

a) 10 3 .

b) 10 5 .

c) 10 2 .

d) 10 4 .

e) 10 6 .

13
13

12. (ueL) a ordem de grandeza do número de grãos de arroz que preenchem um recipiente de 5 litros é de:

a) 10 3 .

b) 10 6 .

c) 10 8 .

d) 10 9 .

e) 10 10 .

13. (cesgranrio) O fumo é comprovadamente um vício prejudicial à saúde. Segundo dados da Organização mundial da Saúde, um fumante médio, ou seja, aquele que consome cerca de 10 cigarros por dia, ao chegar à meia-idade terá problemas cardiovasculares. a ordem de grandeza do número de cigarros consumidos por este fumante durante 30 anos é de:

FIS

3

a) 10 2 .

b) 10 3 .

c) 10 4 .

d) 10 5 .

e) 10 6 .

14. (enem) Há, em virtude da demanda crescente de economia de água, equipamentos e utensílios como, por exemplo, as bacias sanitárias ecológicas, que utilizam 6 litros de água por descarga em vez dos 15 litros utilizados por bacias sanitárias não ecológicas, conforme dados da associação Brasileira de Normas técnicas (aBNt).

qual será a economia diária de água obtida por meio da substituição de uma bacia sanitária não ecológica, que gasta cerca de 60 litros por dia com a descarga, por uma bacia sanitária ecológica?

a) 24 litros.

b) 36 litros.

c) 40 litros.

d) 42 litros.

e) 50 litros.

14
14

15. (iFSP) Sílvio foi ao supermercado e comprou carne. A seguir, apresenta-se a etiqueta da embalagem.

carne. A seguir, apresenta-se a etiqueta da embalagem. Tendo-se em conta os dados da etiqueta da

Tendo-se em conta os dados da etiqueta da embalagem, Sílvio construiu a seguinte tabela:

massa (kg)

0,1

0,2

0,4

0,8

Preço (r$)

1,6

3,2

6,4

12,8

Analisando a situação, pode-se afirmar que

a) a massa e o preço são grandezas diretamente proporcionais, e a constante de proporcionalidade é de 4,2.

b) A massa e o preço são grandezas diretamente proporcionais, e a constante de proporcionalidade é de 1,6.

c) A massa e o preço são grandezas inversamente proporcionais, e a constante de proporcionalidade é de 4,2.

d) A massa e o preço são grandezas inversamente proporcionais, e a constante de proporcionalidade é de 1,6.

e) Não existe relação de proporcionalidade entre a massa e o preço.

16. (uePa) No Pará, o perigo relacionado às altasvelocidadesnotrânsitotemaumentado os riscos de acidentes, principalmente em Belém. Considerando que a “distância de freagem” é a distância que o carro percorre desde o momento que os freios são acionados até parar e que o modelo matemático que expressa essa relação é dado por d = K v 2 , onde d representa a distância de freagem em metros, K é uma constante e v é a velocidade em Km/h. assim, um automóvel que tem seus freios acionados estando a uma velocidade de 80km/h ainda percorre 44 metros até parar. a distância de freagem de um automóvel que tem seus freios acionados, estando a uma velocidade de 160 km/h é:

A escolha de quem pensa.

freagem de um automóvel que tem seus freios acionados, estando a uma velocidade de 160 km/h

a) 2 vezes a distância de freagem se estivesse a 80 km/h.

b) 3 vezes a distância de freagem se estivesse a 80 km/h.

c) 4 vezes a distância de freagem se estivesse a 80 km/h.

d) 5 vezes a distância de freagem se estivesse a 80 km/h.

e) 6 vezes a distância de freagem se estivesse a 80 km/h.

17. (Enem) A resistência mecânica S do uma viga de madeira, em forma de um paralelepípedo retângulo, é diretamente proporcional à sua largura (b) e ao quadrado de sua altura (d) e inversamente proporcional ao quadrado da distância

entre os suportes da viga, que coincide com

o seu comprimento (x), conforme ilustra a

figura. A constante de proporcionalidade k e chamada de resistência da viga.

b d x
b
d
x

A expressão que traduz a resistência S dessa viga de madeira é:

a)

2

kbd

S

=

S

=

2

x

kbd

x

2

b)

c)

d)

S

S

=

=

kbd

2

x

kb

2

d

x

e) k b 2d

S =

2x

18. (uFF) como mostram vários censos, nossa civilização habita o globo terrestre de maneira muito desigual. a densidade demográfica de uma região é a razão entre

o número de seus habitantes e a sua área.

através desse índice, é possível estudar a ocupação de um território por uma determinada população.

de um território por uma determinada população. A escolha de quem pensa. Com relação à densidade

A escolha de quem pensa.

Com relação à densidade demográfica, assinale a afirmativa incorreta.

a) Se o número de habitantes de uma região dobra e sua área permanece a mesma, então a densidade demográfica dessa região também dobra.

b) Se duas regiões possuem o mesmo número de habitantes, então a região com maior área possui uma densidade demográfica maior.

c) Se duas regiões possuem a mesma área, então a região com maior número de habitantes possui uma densidade demográfica maior.

d) Se duas regiões possuem a mesma área e o mesmo número de habitantes, então elas possuem a mesma densidade demográfica.

e) Se uma região tem 150.000.000 de habitantes e área igual a 7.500.000 km 2 , então sua densidade demográfica é igual

a 20 habitantes/km 2 .

19. (Enem) A resistência das vigas de dado comprimento é diretamente proporcional à largura (b) e ao quadrado da altura (d), conforme a figura. A constante de proporcionalidade k varia de acordo com o material utilizado na sua construção.

d b
d
b

Considerando-se S como a resistência, a representação algébrica que exprime essa relação é:

a)

b)

c)

S = k b d

S = b d 2

S = k b d 2

d)

S

=

k

b

d

2

e)

S

=

k

d

2

b

FIS

3

20. (Unicamp) Considere três modelos de televisores de tela plana, cujas dimensões aproximadas são fornecidas na tabela a seguir, acompanhadas dos preços dos aparelhos.

15
15

modelo

Largura

altura

Preço

(cm)

(cm)

(r$)

23’’

50

30

750,00

32’’

70

40

1.400,00

40’’

90

50

2.250,00

Com base na tabela, pode-se afirmar que o preço por unidade de área da tela

a) aumenta à medida que as dimensões dos aparelhos aumentam.

b) permanece constante do primeiro para o segundo modelo, e aumenta do segundo para o terceiro.

c) aumenta do primeiro para o segundo modelo, e permanece constante do segundo para o terceiro.

d) permanece constante.

FIS

3

21. (ctFmG) uma herança de r$ 60.000,00 foi dividida entre três filhos A, B e C, de maneira inversamente proporcional às respectivas idades 10, 15 e 18 anos. a quantia, em reais, que o filho B recebeu foi:

a) 12.000,00.

b) 14.000,00.

c) 8.000,00.

d) 27.000,00.

22. (uerJ)

O MENINO MALUQUINHO Ziraldo Junim, o que é inversamente proporcional? É assim, quanto maior uma
O MENINO MALUQUINHO
Ziraldo
Junim, o que é
inversamente
proporcional?
É assim, quanto
maior uma coisa é,
menor a outra
coisa fica.
Ah, então suas notas
são inversamente
proporcionais ao
seu tamanho?

A definição apresentada pelo personagem não está correta, pois, de fato, duas grandezas são inversamente proporcionais quando, ao se multiplicar o valor de uma delas por um número positivo, o valor da outra é dividido por esse mesmo número.

admita que a nota em matemática e a altura do personagem da tirinha sejam duas grandezas, x e y, inversamente proporcionais. a relação entre x e y pode ser representada por:

16
16

a)

b)

c)

d)

y

y

y

y

=

=

=

=

3

x

5

2

x

2

1

+

x

2x 4

+

3

23. (enem) Para uma atividade realizada no laboratório de matemática, um aluno precisa construir uma maquete da quadra de esportes da escola que tem 28 m de comprimento por 12 m de largura. a

maquete deverá ser construída na escala de 1 : 250. que medidas de comprimento

e largura, em cm, o aluno utilizará na construção da maquete?

a) 4,8 e 11,2.

b) 7,0 e 3,0.

c) 11,2 e 4,8.

d) 28,0 e 12,0.

e) 30,0 e 70,0.

24. (unesp) Os professores de matemática e

educação física de uma escola organizaram um campeonato de damas entre os alunos. Pelas regras do campeonato, cada colocação admitia apenas um ocupante. Para premiar os três primeiros colocados, a direção da escola comprou

310 chocolates, que foram divididos entre

os 1º, 2º e 3º colocados no campeonato, em

quantidades inversamente proporcionais aos números 2, 3 e 5, respectivamente. as quantidades de chocolates recebidas pelos alunos premiados, em ordem crescente de colocação no campeonato, foram:

a) 155, 93 e 62.

b) 155, 95 e 60.

c) 150, 100 e 60.

d) 150, 103 e 57.

e) 150, 105 e 55.

25. (enem) muitas medidas podem ser toma- das em nossas casas visando à utilização racional de energia elétrica. isso deve ser uma atitude diária de cidadania. uma delas pode ser a redução do tempo no banho.

A escolha de quem pensa.

isso deve ser uma atitude diária de cidadania. uma delas pode ser a redução do tempo

Um chuveiro com potência de 4800 kWh consome 4,8 kW por hora.

uma pessoa que toma dois banhos diariamente, de 10 minutos cada, consumirá, em sete dias, quantos kW?

a) 0,8.

b) 1,6.

c) 5,6.

d) 11,2.

e) 33,6.

26. (uFF) em mecânica clássica, a norma G do campo gravitacional gerado por um corpo

de massa m em um ponto a uma distância

d > 0 do corpo é diretamente proporcional

a m e inversamente proporcional ao quadrado de d.

Seja G = f(d) a função que descreve a norma G do campo gravitacional, gerado por um corpo de massa constante m em um ponto a uma distância d > 0 desse corpo.

É correto afirmar que f(2d) é igual a:

f (d )
a)

4

b) f (d )

2

c) 4f (d)

d) 2f (d)

e) f (d)

27. (Puc

é

inversamente proporcional ao quadrado

mG)

Na

tabela

a

seguir,

y

de

x (x 0).

 
 

x

1

2

m

y

2

p

8

0).     x 1 2 m y 2 p 8 com base nessas informações, é

com base nessas informações, é correto afirmar que os valores de p e m são:

a)

p

p

p

p

=

=

=

=

1

8

1

4

1

2

1