Você está na página 1de 12

Questo 1

Calcule o valor de k de modo que a funo f(x) = 4x 4x k no tenha


razes, isto , o grfico da parbola no possui ponto em comum com o eixo
x.
<0
b 4ac < 0
(4) 4 * 4 * (k) < 0
16 + 16k < 0
16k < 16
k < 1
O valor de k para que a funo no tenha razes reais deve ser menor que
1.

Questo 2

Determine os valores de m, para que a funo f(x) = (m 2)x 2x + 6


admita razes reais.
Para essa situao temos que 0.
0
b 4ac 0
(2) 4 * (m 2) * 6 0
4 4 * (6m 12) 0
4 24m + 48 0
24m 48 4
24m 52
24m 52
m 52/24
m 13/6
O valor de m que satisfaa a condio exigida m 13/6.

Questo 3

(Vunesp-SP)
O grfico da funo quadrtica definida por y = x mx + (m 1), em que
m R, tem um nico ponto em comum com o eixo das abscissas.
Determine y associado ao valor de x = 2.
Um ponto em comum significa dizer uma nica raiz, ento = 0.

y = x mx + (m 1)
Substituir m = 2, no intuito de obter a lei da funo
y = x 2x + (2 1)
y = x 2x +1
Substituindo x = 2, para determinarmos o valor de y
y = 2 2 * 2 + 1
y=44+1
y=1
Temos que a equao possui a lei de formao y = x 2x +1. E quando x =
2, o valor de y se torna igual a 1.

Questo 4

(UCSal-BA)
Determine os pontos de interseco da parbola da funo f(x) = 2x 3x +
1, com o eixo das abscissas.

No instante em que a parbola cruza o eixo das abscissas o valo de y ou f(x)


igual a zero. Portanto:
f(x) = 0
2x 3x + 1 = 0
Os pontos de interseo so:
x=1ey=0
x = 1/2 e y = 0

01. (UNIFORM) O grfico da funo f, de R em R, definida por f(x) = x 2 + 3x


- 10, intercepta o eixo das abscissas nos pontos A e B. A distncia AB igual
a:
a) 3
b) 5
c) 7
d) 8
e) 9

02. (CEFET - BA) O grfico da funo y = ax2 + bx + c tem uma s


interseco com o eixo Ox e corta o eixo Oy em (0, 1). Ento, os valores de
a e b obedecem relao:
a) b2 = 4a
b) -b2 = 4a
c) b = 2a
d) a2 = -4a
e) a2 = 4b

03. (ULBRA) Assinale a equao que representa uma parbola voltada para
baixo, tangente ao eixo das abscissas:
a) y = x2
b) y = x2 - 4x + 4
c) y = -x2 + 4x - 4
d) y = -x2 + 5x - 6
e) y = x - 3

04. A soluo da inequao (x - 3) (-x2 + 3x + 10) < 0 :


a) -2 < x < 3 ou x > 5
b) 3 < x < 5 ou x < -2
c) -2 < x < 5
d) x > 6
e) x < 3

05. Os valores de x que satisfazem inequao x 2 - 2x + 8) (x2 - 5x + 6) (x2


- 16) < 0 so:
a) x < -2 ou x > 4
b) x < -2 ou 4 < x < 5
c) -4 < x < 2 ou x > 4

d) -4 < x < 2 ou 3 < x < 4


e) x < -4 ou 2 < x < 3 ou x > 4

06. (VIOSA) Resolvendo a inequao (x2 + 3x - 7) (3x - 5) (x2 - 2x + 3) < 0,


um aluno cancela o fator (x2 - 2x + 3), transformando-a em (x2 + 3x - 7) (3x
- 5) < 0. Pode-se concluir que tal cancelamento :
a) incorreto porque no houve inverso do sentido da desigualdade;
b) incorreto porque nunca podemos cancelar um termo que contenha a
incgnita;
c) incorreta porque foi cancelado um trinmio do segundo grau;
d) correto porque o termo independente do trinmio cancelado 3;
e) correto, pois (x2 - 2x + 3) > 0 , " x .

07. (UEL) A funo real f, de varivel real, dada por f(x) = -x 2 + 12x + 20,
tem um valor:
a) mnimo, igual a -16, para x = 6;
b) mnimo, igual a 16, para x = -12;
c) mximo, igual a 56, para x = 6;
d) mximo, igual a 72, para x = 12;
e) mximo, igual a 240, para x = 20.

08. (PUC - MG) O lucro de uma loja, pela venda diria de x peas, dado
por L(x) = 100 (10 - x) (x - 4). O lucro mximo, por dia, obtido com a
venda de:
a) 7 peas
b) 10 peas
c) 14 peas
d) 50 peas
e) 100 peas

09. (UE - FEIRA DE SANTANA) Considerando-se a funo real f(x) = -2x 2 + 4x


+ 12, o valor mximo desta funo :
a) 1
b) 3
c) 4
d) 12
e) 14

10. (ACAFE) Seja a funo f(x) = -x2 - 2x + 3 de domnio [-2, 2]. O conjunto
imagem :
a) [0, 3]
b) [-5, 4]
c) ]-, 4]
d) [-3, 1]
e) [-5, 3]

Resoluo:
01. C

02. A

03. C

04. A

05. D

06. E

07. C

08. A

09. E

10. B