Você está na página 1de 13

Mitigar. ou você pessoalmente. Já há algun evidentemente irá modificar. ou seja. Que ação será tomada (neste campo. Qualifique a probabilidade e os impact preenchida. com a Severidade do Risco (Alto. para adequar ao seu projeto. reúna novamente a equipe.www. Qualidade.br/identificar-os-riscos/). para não prejudicar a lógica de fu customizáveis. sugerimos em primeiro lugar Identificar os Riscos. Esta planilha tem algumas células bloqueadas. de forma customizável. Busque especialistas em diversas áre outras ferramentas (leia mais em http://blogtek. Escopo. onde a severidade do risco é obtida pelo produto da Probabilidade de Oc Porém.blogtek. definido anteriormente. Para preencher as Respostas aos riscos.com. Há muitas linhas disponíveis. pode ser Avesso ao Risco. para fa risco identificado. Qual será a estratégia: Prevenir. conforme o seu perfil de risco. A primeira aba desta planilha contém a Matriz de Risco. Prazo. você pode definir o gatilho ou trigger. Comece avaliando os maiores riscos. SMS ou Outros. em constante modificação e av Dependendo do porte de seu projeto. Médio ou Baixo). Propenso ao Risco.br Instruções para o uso desta Planilha (Plano de Resposta aos Ris Obrigado por baixar este arquivo. após a conclusão. Esta planilha PODE ser utilizada sem restrições. a sua Organização. o qual deve ser um instrumento de trabalho. definir sua categoria: Custo. Quando da classificação das probabilidades e impactos. remova o excesso. de maneira a facilitar o enquadramento. . As abas Descriç buscam dar um modelo verbal para estas categorizações. de Risco conforme o seu perfil. você poderá ir mais além. realizando a Análise Quantitava dos R contingências. Este modelo de Plano de Resposta aos Riscos foi criado. Aceitar Ativamente ou Aceitar Passivame riscos negativos. e a definição aí tomada irá se refletir no Plano de Respostas aos Riscos.com. Transferir. enquanto Gerente de Projeto. as palavras muitas vezes tem uma conotação subjetiva. Após esta etapa. e da severidade dos riscos. para que a co mais uma ferramenta para facilitar seu trabalho. o que vai sinalizar a iminên prazo? Você terá um Plano de Resposta aos Riscos.

03 0.07 0.05 0.1 0.56 Ocasional 0.40 Remota 0.09 0.9 0.01 0.14 0.36 0.01 0.056 Risco baixo < 0.br Impactos Escolha a alternativa que melhor descreve sua Organização Em relação ao risco.02 0.190 0. sua organização: Está na Média. em termos de Risco Risco alto > < Risco médio < 0.5 0.04 0.2 0. em termos de Risco Está na Média.04 0.1 0.02 0.72 Provável 0.10 0.28 0.03 0.Matriz de Risco customizável 0.3 0.18 0.05 0.200 0.4 0.05 0.com.06 0.12 0.20 0.blogtek.055 .08 0.7 0.8 Baixo Moderado Alto Muito alto Frequente Muito baixo Probabilidade www.24 Muito improvável 0.

.

com.www.blogtek.br Probabilidade: Muito Baixa Baixa Média Alta Muito Alta Descrição: Não há referência desta ocorrência em projetos similares Provavelmente não ocorrerá neste projeto Deverá ocorrer pelo menos uma vez neste projeto Ocorrerá algumas vezes ao longo deste projeto Ocorrência frequente ao longo do projeto .

sistema. dano anos).br Muito baixo (0. acidente mais fatalidades longo período de com afastamento internação .10) Custo Sem acréscimo significativo de custo Acréscimo de custo < 10% Prazo Sem impacto de prazo Atraso < 5% Atraso de 5% a 10% Atraso de 10% a 20% Atraso > 20% Escopo Sem mudanças significativas de escopo Mudanças de escopo de pequena monta Importantes mudanças de escopo Mudanças de escopo inaceitáveis Escopo totalmente diferente do original Problemas da qualidade de pequena monta Problemas da qualidade requerem aprovação gerencial Impactos da qualidade inaceitáveis para a Gerência Impactos na qualidade inaceitáveis Sem impactos da Qualidade qualidade detetáveis SMS Moderado (0. intra-muros 1 mês).blogtek. danos propriedade. dano pronto Danos mínimos à influência na produção por ambiental (< 2 atendimentos.com. e/ou ambientais de ambiental (> 2 incapacidade pequena monta no danos ambientais pequena monta (< anos).80) Aumento no custo Aumento de custo Aumento no custo de 10% a 20% 20% a 40% >40% Interrupção da Danos mínimos ao produção por Quase-acidentes.20) Alto (0. pequena Interrupção da semanas.05) Baixo (0. uma ou física permanente. ambientais de pessoal.www. danos meses. produção.40) Muito alto (0.

.

.

.

retubular previamente Operação e Manutenção 30 julho.28 0. providenciar "as built" Operação 31 julho.14 Custo Frequente 0. checar desenhos com o campo Engenharia 30 junho. 2013 Mitigar Estipular área interna de descarte. planejamento de interfaces Planejamento da Parada 31 janeiro.07 Retubulagem de permutadores Custo Ocasional Baixo 0. 2014 Contratos de MDO de contingência Planejamento da Parada 15 junho. 2013 Mitigar Preparação local do terreno. posicionamento.05 #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? 31 março. 2013 Prevenir Identificar previamente Modificações de Campo requeridas.14 Aceitar ativamente Moderado Revisar projeto. para evitar trâmites alfandegários longos Engenharia 30 outubro. 2013 Prevenir 0.20 Planejamento da Parada Materiais ### ### ### ### ### 0.72 Logística de elevação de cargas (disponibilidade.12 Mitigar 0. 2013 Prevenir Ajuste de pontos de ressuprimento e compra antecipada Mecânica 8 novembro. contato com órgãos públicos para definições de descarte SMS 1 setembro. 2014 ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### Projeto 3 #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? ### ### ### ### ### .28 0.05 0. 2014 Prevenir Identificar permutadores liberáveis em campanha. 2013 Prevenir Avaliar opções de produtos químicos (custo x benefícios) Inspeção e Operação 30 novembro.03 Transferir #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? Muito Alto Planejamento integrado Compra antecipada Prazo Redução no prazo da parada Custo Ocasional Alto Interfaces entre serviços Prazo Ocasional Baixo Frequente Muito Alto 0. Inspeção Planejamento e Engenharia da Parada Aceitar ativamente Negociação Contratual Gerência do Contrato 27 maio.72 0. interfaces) 14 março. estabelecer contatos com a Receita.28 0. posicionamento. 2014 Prevenir Contratação antecipada Planejamento da Parada 10 outubro.40 0. 2013 Mitigar Planejamento integrado Planejamento da Parada 31 março. 2013 0.36 0.20 Mitigar Consolidar lista de trabalho com Operação.Categoria Probabilidade Impacto Risco Estratégia Ação Quem? Prazo final Manutenção Definição das listas de trabalho Escopo Frequente Alto Alteração na data da Parada Custo Ocasional Muito Alto Disponibilidade de mão de obra Disponibilidade de guindastes de grande porte Sobressalentes de equipamentos rotativos Custo Custo Provável Provável Alto Alto Prazo Provável Alto Limpeza química Qualidade Ocasional Alto Modificações de campo Escopo Provável Baixo 0. 2014 0. 2014 Prevenir Contratação antecipada de máquinas de grande porte Coordenação da parada 31 julho.05 #NAME? Prazo Projeto 1 Inconsistências de projeto Escopo Provável Moderado Remoção / disposição de equipamentos e tubulações desativados SMS Entrega de equipamentos críticos (long lead equipment) Prazo Remoto Alto Interfaces entre serviços Prazo Ocasional Baixo Indisponibilidade de material Prazo Remoto Baixo Projeto 2 Logística de elevação de cargas (disponibilidade. 2013 Aceitar ativamente Acompanhar fabricação. interfaces) Provável ### 0. 2014 31 março. 2014 Mitigar Utilizar técnicas de aceleração de projetos Planejamento da Parada 30 setembro.

Categoria Probabilidade Impacto Risco #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? Estratégia Ação Quem? Prazo final #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? ### ### ### ### ### ### ### ### #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### Projeto 4 Projeto 5 Projeto 6 Projeto 7 Projeto 8 #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? .

Categoria Probabilidade Impacto Risco #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? Estratégia Ação Quem? Prazo final ### ### ### ### ### ### ### ### Projeto 9 #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? ### ### ### ### ### ### ### ### ### ### Projeto 10 Projeto 11 Projeto 12 .

Categoria Probabilidade Impacto Risco #NAME? #NAME? #NAME? #NAME? Estratégia Ação Quem? Prazo final ### ### ### ### ### .