Redação

Questão 01

Leia, atentamente, o texto:
Pedro e o Lobo

Pedro era um pastor. O seu trabalho era tomar conta das ovelhas enquanto
pastavam. Mas por vezes ficava aborrecido por estar sozinho, sem ninguém com quem
brincar e falar. Um dia resolveu fazer uma brincadeira para se divertir. Desatou a gritar:
- Lobo, lobo, socorro, está aqui um lobo!
Os fazendeiros que ouviram a gritaria desataram a correr para ajudar o Pedro a
afugentar o lobo, mas quando chegaram lá não havia lobo nenhum.
O Pedro fartou-se de rir, mas os fazendeiros não acharam piada nenhuma na
brincadeira e foram-se embora.
No outro dia o Pedro resolveu fazer o mesmo. Desatou a gritar:
- Lobo, lobo, socorro, está aqui um lobo!
Os fazendeiros correram para ajudar o Pedro, mas não havia lobo nenhum. O
Pedro desatou a rir, mas os fazendeiros ficaram zangados e disseram:
– Este miúdo pensa que não temos mais nada que fazer! E foram-se embora.
Passados uns dias os fazendeiros ouviram o Pedro a gritar:
- Lobo, lobo, socorro, está aqui um lobo!

(C) Clímax do conflito. Não te ajudamos porque pensávamos que era mais uma brincadeira – responderam os fazendeiros. Sobre o gênero do texto Pedro e o Lobo é possível afirmar que se trata de? (A) Um conto em versos. está aqui um lobo!” é possível identificar qual momento da narrativa? (A) Situação inicial.Não nos vamos deixar enganar. (B) Conflito. . (B) Uma reportagem. O Pedro continuou a gritar porque desta vez era mesmo um lobo que lhe estava a matar as ovelhas. Agora fiquei sem ovelhas. Hoje ficamos aqui.Porque é que ninguém me ajudou? – perguntou o Pedro a chorar. . socorro. lobo. Questão 2 No trecho “Um dia resolveu fazer uma brincadeira para se divertir.E disseram uns aos outros: . (C) Um conto em prosa. Desatou a gritar:Lobo. (D) Uma entrevista.

(B) Depois Os fazendeiros correram para ajudar o Pedro. mas não havia lobo nenhum. Questão 3 Sobre o conto popular em prosa é possível afirmar exceto: (A) Muitas vezes as personagens não têm um nome próprio. (C) Não te ajudamos porque pensávamos que era mais uma brincadeira – responderam os fazendeiros. O trecho do texto que comprova esta afirmação é: (A) Pedro era um pastor. sendo contados oralmente se espalham com facilidade de um lugar para outro. pois. o conto popular em prosa traz marcas da fala. Ele é o momento de maior tensão da história.(D) Desfecho. (B) Possuem um tempo definido e fácil de ser percebido com a presença das datas explícitas no texto. (D) – Este miúdo pensa que não temos mais nada que fazer! E foram-se embora. O seu trabalho era tomar conta das ovelhas enquanto pastavam. Questão 4 Por ser um gênero textual originado dos contos orais. (D) O clímax do conflito é um momento da narrativa presente no conto popular em prosa. (C) O espaço. lugar em que ocorrem os contos são indeterminados e indefinidos. pois faz parte da tradição oral e os ouvintes prestam mais atenção aos fatos que aos nomes das personagens. Questão 5 Pelas pistas dadas no texto é possível fazer as afirmações abaixo exceto: .

por mais de uma vez acreditaram que Pedro e suas ovelhas estavam sendo atacados por um lobo. (B) Os fazendeiros.(A) Pedro gostava muito de ficar sozinho e fez uma brincadeira para afastar os fazendeiros para longe dele. (C) De tanto mentir Pedro não pôde contar com a ajuda dos fazendeiros na hora que o lobo atacou suas ovelhas. (D) O ataque de lobos é um problema enfrentado por pastores de ovelhas enquanto estão no campo. .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful