Você está na página 1de 2

c

ao de Equa
co
es Diferenciais Voltada `
a Flex
ao de
Uma Aplica
Vigas
L
ucia Resende Pereira Bonfim,

Marcela Pimenta Furtado,

atica, FAMAT, UFU,


Faculdade de Matem
38400-902, Uberl
andia, MG
E-mail: luciapereira@ufu.br, marcelapf7@gmail.com

30 de maio de 2011
Palavras-chave: Equac
oes Diferenciais, Flex
ao de Vigas, Matem
atica Aplicada `
a Engenharia

Resumo: Neste trabalho pretendemos descrever a relac


ao existente entre o estudo de equac
oes
diferenciais ordin
arias e a flex
ao de vigas, a qual e um t
opico muito estudado quando da apresentac
ao da fundamentac
ao para a formac
ao de um engenheiro.

Introdu
c
ao

Sabendo da importancia que se tem o ensino de equac


oes diferenciais, bem como s
ao in
umeras
as suas aplicacoes na formacao de um engenheiro ou ate mesmo de um arquiteto, pretendemos
neste trabalho centrar nosso estudo nas aplicac
oes de equac
oes diferenciais ordin
arias, especificamente, na flexao de vigas; visto que e usual o interesse pela an
alise de comportamento de
corpos solidos sujeitos a diversos tipos de carregamentos e, entre esses corpos, podemos incluir
as vigas que sao elementos estruturais projetados para suportar diversas cargas em sua extens
ao.

M
etodos

Faremos uma sntese sobre tensoes e deformac


oes a que as vigas est
ao sujeitas. Procuraremos
modelar o comportamento de equilbrio dessas estruturas atraves de equac
oes diferenciais.

Resultados

As cargas que atuam na viga a fazem fletir e assim deformar seu eixo em uma curva. Por
exemplo, vamos considerar uma viga engastada submetida a uma carga P em sua extremidade
livre (ver figura abaixo). O eixo que aparece inicialmente reto e ent
ao flexionado em uma curva,
chamada linha elastica da viga.

502

A elastica da viga em qualquer ponto ao longo do seu eixo e o deslocamento desse ponto em
relacao a sua posicao original, medida na direc
ao de y. A deflex
ao e denotada pela letra v para
distingui-la da propria coordenada y.
Em nossa modelagem matematica, trabalharemos com
d2 v
M
=
2
dx
E.I
a qual e uma equacao diferencial da linha el
astica b
asica de uma viga, com condic
ao de que
as rotacoes sejam pequenas, em que v representa a deflex
ao, M e o momento fletor e E.I e a
rigidez de flexao da viga.
Podemos ainda analisar relacoes entre o momento fletor M e a forca de cisalhamento V ,
conhecidos como resultante de tens
oes, e a intensidade q da carga distribuda, visto que, para
o dimensionamento de qualquer viga, isto ser
a essencial, determinando com isso as tens
oes,
deformacoes e deslocamentos.

Refer
encias
[1] W. Boyce, R. DiPrima, Equac
oes Diferenciais Elementares e Problemas de Valores de
Contorno, LTC, Rio de Janeiro, 1996.
[2] M. Braun, Equacoes Diferenciais e suas aplicac
oes, Campus, Rio de Janeiro, 1979.
[3] F. Schiel, Introducao `a Resistencia de Materiais, Harba, S
ao Paulo, 1984.

503

Você também pode gostar