Você está na página 1de 42

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

1

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS 1 Ciências e Ensaios de Materiais 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS PERSPECTIVA HISTÓRICA Ciências e Ensaios de Materiais 2 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

PERSPECTIVA HISTÓRICA

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS Ciência dos Materiais: Envolve a

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS

Ciência dos Materiais: Envolve a investigação das relações que existem entre as estruturas e as propriedades dos materiais. Engenharia de Materiais: Consiste na correlação ciência dos materiais com o seu desempenho.

Propriedades dos materiais

Elementos

estruturais

A estrutura de um material está geralmente relacionada ao arranjo de seus componentes internos.

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Durante a fase de produção, quase sempre se torna necessário

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

Durante a fase de produção, quase sempre se torna necessário analisar a sua microestrutura. Esta análise microestrutural é muito importante pois permite:

entender as correlações microestrutura - defeitos - propriedades; predizer as propriedades do material quando estas correlações são estabelecidas. As microestruturas determinam muitas das propriedades de interesse para os materiais e sua formação depende fundamentalmente da composição química e do processamento.

Processamento

Estrutura

Propriedades

Desempenho

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Ciências e Ensaios de Materiais 5 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Ciências e Ensaios de Materiais 5 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Processamento: conjunto de técnicas para obtenção de materiais com formas

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

Processamento: conjunto de técnicas para obtenção de materiais com formas e propriedades específicas; Desempenho: resposta do material a um estímulo externo, presente nas condições reais de utilização.

externo, presente nas condições reais de utilização. Monocristal (transparente) Policristal poroso (opaco)

Monocristal

(transparente)

Policristal poroso (opaco)

Policristal denso (translúcido)

Ciências e Ensaios de Materiais

7

02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POR QUE ESTUDAR CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS? Ciências e

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

POR QUE ESTUDAR CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS?

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POR QUE ESTUDAR CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS? Problemas de

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

POR QUE ESTUDAR CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS?

Problemas de Projeto

A solução de um problema de materiais envolve o estabelecimento de critérios de seleção:

Condições de serviço;

Deterioração das propriedades dos materiais;

Fatores econômicos.

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CLASSIFICAÇÃO DOS MATERIAIS Os materiais são agrupados em três classificações,

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

CLASSIFICAÇÃO DOS MATERIAIS

Os materiais são agrupados em três classificações, baseado principalmente na composição química e na estrutura atômica, sendo eles:

Metais;

Cerâmicos;

Polímeros.

Existem

ainda

engenharia:

três

Compósitos;

Semicondutores;

Biomateriais.

outros

grupos

de

materiais

importantes

na

Materiais Avançados

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS METAIS Composição: combinação de elementos metálicos; Grande número de

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS METAIS Composição: combinação de elementos metálicos; Grande número de

METAIS

Composição: combinação de elementos metálicos; Grande número de elétrons livres; Muitas propriedades estão relacionadas a esses elétrons livres; Vasta aplicação estrutural.

relacionadas a esses elétrons livres; Vasta aplicação estrutural. Ciências e Ensaios de Materiais 11 02/03/2015
relacionadas a esses elétrons livres; Vasta aplicação estrutural. Ciências e Ensaios de Materiais 11 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS METAIS Propriedades gerais: Resistência mecânica de moderada a alta;

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

METAIS

Propriedades gerais:

Resistência mecânica de moderada a alta; Deformáveis;

Alta tenacidade; Opacos; Bons condutores elétricos e térmicos.

Moderada plasticidade;

condutores elétricos e térmicos. Moderada plasticidade; Micrografia de um aço martensítico com austenita retida

Micrografia de um aço martensítico com austenita retida

Micrografia de um aço martensítico com austenita retida Micrografia de um aço de baixo teor de

Micrografia de um aço de baixo teor de carbono

METAIS INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Ciências e Ensaios de Materiais 13 02/03/2015

METAIS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

METAIS INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Ciências e Ensaios de Materiais 13 02/03/2015
METAIS INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Ciências e Ensaios de Materiais 14 02/03/2015

METAIS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

METAIS INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Ciências e Ensaios de Materiais 14 02/03/2015
METAIS INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Ciências e Ensaios de Materiais 15 02/03/2015

METAIS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

METAIS INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Ciências e Ensaios de Materiais 15 02/03/2015
METAIS INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Ciências e Ensaios de Materiais 16 02/03/2015

METAIS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

METAIS INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS Ciências e Ensaios de Materiais 16 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

Ciências e Ensaios de Materiais

17

02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CERÂMICOS Composição: combinação de elementos metálicos e não-metálicos

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

CERÂMICOS

Composição: combinação de elementos metálicos e não-metálicos (óxidos, carbetos e nitretos); Tipos de ligações: Caráter misto, iônico-covalente; Tipos de materiais:

Cerâmicas tradicionais; Cerâmicas de alto desempenho; Vidros e vitro-cerâmicas; Cimentos. Propriedades gerais:

e vitro-cerâmicas; Cimentos. Propriedades gerais: Microscopia ótica da microestrutura interna dos concretos.

Microscopia ótica da microestrutura interna dos concretos.

Isolantes térmicos e elétricos; Refratários; Inércia química;

Corpos duros e

frágeis.

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CERÂMICOS São resistentes a altas temperaturas e ambientes abrasivos; São

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

CERÂMICOS

São resistentes a altas temperaturas e ambientes abrasivos; São muito duros e quebradiços.

e ambientes abrasivos; São muito duros e quebradiços. Ciências e Ensaios de Materiais 19 02/03/2015
e ambientes abrasivos; São muito duros e quebradiços. Ciências e Ensaios de Materiais 19 02/03/2015
e ambientes abrasivos; São muito duros e quebradiços. Ciências e Ensaios de Materiais 19 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CERÂMICOS Ciências e Ensaios de Materiais 20 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

CERÂMICOS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CERÂMICOS Ciências e Ensaios de Materiais 20 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CERÂMICOS Ciências e Ensaios de Materiais 21 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

CERÂMICOS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CERÂMICOS Ciências e Ensaios de Materiais 21 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CERÂMICOS Ciências e Ensaios de Materiais 22 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

CERÂMICOS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CERÂMICOS Ciências e Ensaios de Materiais 22 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CERÂMICOS Ciências e Ensaios de Materiais 23 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

CERÂMICOS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS CERÂMICOS Ciências e Ensaios de Materiais 23 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

Ciências e Ensaios de Materiais

24

02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POLÍMEROS Compostos por elementos metálicos e não-metálicos (óxidos, nitretos e

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

POLÍMEROS

Compostos por elementos metálicos e não-metálicos (óxidos, nitretos e carbetos); Isolantes à passagem de eletricidade e calor; São resistentes a altas temperaturas e ambientes abrasivos; São muito duros e quebradiços.

temperaturas e ambientes abrasivos; São muito duros e quebradiços. Ciências e Ensaios de Materiais 25 02/03/2015
temperaturas e ambientes abrasivos; São muito duros e quebradiços. Ciências e Ensaios de Materiais 25 02/03/2015
temperaturas e ambientes abrasivos; São muito duros e quebradiços. Ciências e Ensaios de Materiais 25 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POLÍMEROS Compostos de massas moleculares muito grandes (macro-moléculas); Tipos de

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

POLÍMEROS

Compostos de massas moleculares muito grandes (macro-moléculas);

Tipos de materiais:

Termoplásticos; Termorrígidos; Elastômeros. Propriedades gerais:

Baixa densidade; Flexibilidade e facilidade de conformação; Tenacidade; Geralmente pouco resistentes a altas temperaturas.

Geralmente pouco resistentes a altas temperaturas. Micrografia óptica de transmissão (usando luz polarizada

Micrografia óptica de transmissão (usando luz polarizada cruzada) mostrando a estrutura esferulítica de um polietileno.

Mero
Mero
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POLÍMEROS Ciências e Ensaios de Materiais 27 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

POLÍMEROS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POLÍMEROS Ciências e Ensaios de Materiais 27 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POLÍMEROS Ciências e Ensaios de Materiais 28 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

POLÍMEROS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POLÍMEROS Ciências e Ensaios de Materiais 28 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POLÍMEROS Ciências e Ensaios de Materiais 29 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

POLÍMEROS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POLÍMEROS Ciências e Ensaios de Materiais 29 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POLÍMEROS Ciências e Ensaios de Materiais 30 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

POLÍMEROS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS POLÍMEROS Ciências e Ensaios de Materiais 30 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

Ciências e Ensaios de Materiais

31

02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS Consiste na combinação de mais de um tipo de

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

COMPÓSITOS

Consiste na combinação de mais de um tipo de material (metais, cerâmicas e polímeros); Constituídos por mais de um tipo de material:

Reforçador.

Matriz;

Projetados para apresentar as melhores características de cada um

dos materiais envolvidos.

Produtos fabricados em “fibras de vidro” (“fiberglass”) são

constituídos por fibras de um material cerâmico (vidro) reforçando

uma matriz de material polimérico.

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS MEV de fibras de carbono trançadas, usadas em compósitos

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS MEV de fibras de carbono trançadas, usadas em compósitos de

COMPÓSITOS

MEV de fibras de carbono trançadas, usadas em compósitos de matriz polimérica.

trançadas, usadas em compósitos de matriz polimérica. Concreto Armado Fibra de Vidro Ciências e Ensaios de

Concreto Armado

usadas em compósitos de matriz polimérica. Concreto Armado Fibra de Vidro Ciências e Ensaios de Materiais

Fibra de Vidro

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS Ciências e Ensaios de Materiais 34 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

COMPÓSITOS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS Ciências e Ensaios de Materiais 34 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS Ciências e Ensaios de Materiais 35 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

COMPÓSITOS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS Ciências e Ensaios de Materiais 35 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS Ciências e Ensaios de Materiais 36 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

COMPÓSITOS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS Ciências e Ensaios de Materiais 36 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS Ciências e Ensaios de Materiais 37 02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

COMPÓSITOS

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS COMPÓSITOS Ciências e Ensaios de Materiais 37 02/03/2015
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS SEMICONDUTORES Propriedades elétricas intermediárias entre condutores (metais e

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

SEMICONDUTORES

Propriedades elétricas intermediárias entre condutores (metais e ligas metálicas) e isolantes (cerâmicas e polímeros); Características elétricas extremamente sensíveis à presença de pequenas concentrações de átomos de impurezas; Indústria de produtos eletrônicos e de computadores.

de impurezas; Indústria de produtos eletrônicos e de computadores. Ciências e Ensaios de Materiais 38 02/03/2015
de impurezas; Indústria de produtos eletrônicos e de computadores. Ciências e Ensaios de Materiais 38 02/03/2015

Ciências e Ensaios de Materiais

38

02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

Ciências e Ensaios de Materiais

39

02/03/2015

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS BIOMATERIAIS Componentes implantados no interior do corpo humano; Estes materiais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

BIOMATERIAIS

Componentes implantados no interior do corpo humano; Estes materiais não devem produzir substâncias tóxicas; Devem ser compatíveis aos tecidos do corpo (não causar reações biológicas); Todos os tipos de materiais podem ser utilizados como biomateriais.

Todos os tipos de materiais podem ser utilizados como biomateriais. Ciências e Ensaios de Materiais 40
Todos os tipos de materiais podem ser utilizados como biomateriais. Ciências e Ensaios de Materiais 40
Todos os tipos de materiais podem ser utilizados como biomateriais. Ciências e Ensaios de Materiais 40
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS PORQUE DA NECESSIDADE DE AVANÇOS NA ÁREA DE MATERIAIS? Ciências

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

PORQUE DA NECESSIDADE DE AVANÇOS NA ÁREA DE MATERIAIS?

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS NECESSIDADE DE AVANÇOS NA ÁREA DE MATERIAIS Energia nuclear: Problemas

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DOS MATERIAIS

NECESSIDADE DE AVANÇOS NA ÁREA DE MATERIAIS

Energia

nuclear:

Problemas

relacionados

aos

materiais,

combustíveis, estruturas de contenção e disposição destes rejeitos;

Transporte: Redução do peso dos veículos, aumento da temperatura dos motores. Necessidade de materiais que aliem alta e resistência e baixa densidade;

Encontrar fontes de energia novas e econômicas, além de melhorar a eficiência das fontes atuais;

Qualidade do meio ambiente: Técnicas de controle da poluição empregam vário materiais.