Cap2

– Sinto-me honrado de você ter me reconhecido. – já estava
tudo em um péssimo clima e não teria como evitar uma confusão,
então resolvi piorar um pouco mais.
– Impossível não lembrar desse seu rosto nojen– Chega! Parecem duas crianças! – e meu pai novamente
resolve “apaziguar” as coisas.
– Se ele vai ficar... então eu me retiro dessa casa! – Hyukjae
rebelde como sempre fora.
– Até quando vocês vão continuar brigando assim?! Vocês não
são mais crianças! Por que não conversam civilizadamente e
resolvem todas essas magoas que guardam durante anos?
– Tenham uma boa noite e um bom jantar em família, tchau. – o
loiro retirou-se do local totalmente irritado.
Realmente se meu pai tivesse algum problema cardíaco ou algo
tão sério quanto, ele já havia partido desse mundo, afinal aguentar
seus filhos quase de matando ao se encontrarem não deve ser nada
fácil. Enfim, ele se foi e ficamos a sós naquela mesa repleta de
comidas aparentemente deliciosas, mas que já não surtiam tanto
efeito em mim, afinal a fome acabou indo embora juntamente com
meu irmão.
– Coma Hae, com o tempo vocês vão aprender a se
entenderem, vocês ainda são irmãos.
– Com o “tempo”... Acho que já passou anos o bastante pra ele
superar tudo o que houve e que deixasse de me odiar, então não
tenho mais esperanças de nascer uma amizade entre nós e nem faço
questão disso. Vou comer algo no quarto, boa noite.
Acabei jantando alguns biscoitos e coisas nada saudáveis,
depois peguei meu celular e resolvi jogar um pouco até o sono chegar
e eu dormir novamente, eu devia estar bem descansado para o dia a
seguir, pois precisava organizar muitas coisas para a faculdade ainda.
E não demorei muito para dormir.
Minhas aulas começariam em março e estávamos no final de
fevereiro, então eu precisava me apressar. Apesar de ter condições
financeiras para pagar minhas mensalidades, na verdade meu pai e
não eu, ainda assim fiz um teste e ganhei uma bolsa integral para

Após alguns minutos sentados em um daqueles bancos de madeira com o filhote em meu colo. Acordei cedo e sem precisar de meu despertador. não havia ninguém em casa. não deveriam estar tão longe ou assim espero. afinal não queria chegar chamando atenção demais com aqueles carros luxuosos da minha “família”. mas parecia perdido de seus donos e não um cachorro abandonado. E obviamente. mas que por não estarem familiarizados com boas ações acabaram ficando realmente gratos e até me ofereceram valores em dinheiro. e é óbvio que eu negara. alunos do colegial indo à escola. ou seria ela? Avistei uma pequena coleira com seu nome. ela se encontrava menos agitada. além de aproveitar para conhecê-la melhor e evitar alguma confusão que tivesse aqui em casa.uma das melhores universidades de Seoul. Andamos bastante e acabei encontrando seu pequeno dono. Ele era tão adorável. cursarei Música. pessoas ocupadas e apressadas demais para perceber o quão belo estava o dia. fiquei com medo de algo que acontecesse a ele caso resolvesse sair da calçada movimentada que se encontrava e que o deixava agitado demais para seguir o que eu imaginava que aconteceria e como um bom “vidente”. Então resolvi andar pelas redondezas à procura de seus donos. Até que algo me chamou a atenção no meio daquela rotina toda. Crianças brincando na rua. Acabei perdendo muito tempo com isso e provavelmente chegaria ao meu destino totalmente atrasado. somente as empregadas e eu. Resolvi tomar um banho para ir deixar alguns documentos que faltavam em minha futura faculdade. talvez por minha mania horrível de não acostumar-me rapidamente a dormir em lugares estranhos e o mais estranho ainda é que essa casa deveria ser meu “lar” e eu não deveria me sentir assim. resolvi intervir antes que acontecesse tudo que minha pequena mente imaginava e que não era nada com um final feliz. cada um aproveitava o dia do seu jeito enquanto eu estava caminhando à universidade. idosos jogando xadrez em uma simples praça. Por sorte . Não sei dizer de qual raça ele era. algo tão bobo e insignificante. um filhote. Como eu suspeitava. Bada. tão adorável quanto Bada e logo após vi seus pais se aproximarem e me agradecerem pela atitude de procura-los e devolve-la. afinal já havia passado a hora de meu agendamento para entrega dos documentos.

mas logo lembrei-me que ele estudava no mesmo local e talvez esteja resolvendo as burocracias de alguma disciplina ou apenas namorando. não queria me retirar dali e tão pouco por um motivo desses. espero que não avancem muito nesses “amassos”. ou seria início de tarde? Já estava faminto. mas eu teria tempo de tirar várias fotos. resolvi ignorar e voltar à minha paz e pouco depois o casal estava vindo em minha direção. Eles passaram e assim como Hyukjae. Ou namora. devido às aulas ainda não terem iniciado. Hyukjae e outro garoto de boa aparência.. não tão novos assim. Fiz alguns cursos quando estava no ensino médio e acabei deixando a fotografia como hobbie. além de música. talvez tivesse medo de eu contar ao nosso pai ou simplesmente tenha pensado que não havia ninguém naquele local supostamente deserto e adequado para coisas inadequadas. Meu pai acabou insistindo em vir me buscar e não recusei. mas pude observar seu namorado. afinal passaria um bom tempo dentro dessa faculdade. onde foi meu primeiro destino para saciar minha intensa fome. Tanto faz. que irônico. mesmo que eu já tenha lucrado com minhas habilidades. e também a cantina... Além das salas serem em boas condições e confortáveis. então conheceria meu futuro “lar”. Enfim. Era um ambiente agradável e parecia ainda melhor por estar deserto. pude avistar um casal? Em um dos assentos mais distantes e eles não pareciam muito calmos. como um mini parque e já conseguia imaginar-me ali sentado em alguns dos assentos. ou seja lá o que ele era. bancos. Em meio ao meu momento pacifico naquele ambiente natural e com meus fones de ouvido.. perguntar algo a ele. pois a preguiça e cansaço já haviam me dominado. como em coberturas de alguns eventos. os ignorei. casamentos. havia ambientes “abertos” e isso fora o que mais me agradou. afinal poderia passar mais tempo ali sem me preocupar em perder algum ônibus ou ir caminhando. Sim. ou até mesmo com ensaios fotográficos que viravam pequenos “books”. Após momentos constrangedores com a presença daquelas figuras desconhecidas. Ele pareceu surpreso a me ver ali. do. Também me surpreendi. Muitos me . talvez pelo mesmo ter se surpreendido de repente. acabei rindo internamente. Ali era um local tão bonito que acabei culpandome por não ter trazido minha câmera. flores. árvores. amo fotografia. voltei a minha paz. com meu violão e quem sabe com alguns amigos me acompanhando? Quem sabe uma namorada.consegui resolver tudo e resolvi usar o resto da minha manhã.

Muitos diziam que eu parecia bastante com minha mãe e achavam aquilo aterrorizante. Talvez não tão bom assim. parecia que esse era o único ambiente daquela imensa mansão que me fazia sentir seguro e acolhido. minha coleção de álbuns e meus instrumentos musicais. her hair Falls perfectly without her trying . após tantos dizerem isso acabei realmente aceitando. her eyes Make the stars look like they're not shining Her hair. nem triste ou deprimido eu conseguia ficar e sim inconformado. não era como se eles não acreditassem em minha capacidade e sim um elogio por minha aparência. não que eu tenha uma lista de preferidas. Hyukjae não sabe. tudo nele era meio torto. avistei meu querido e mais amado de todos: meu violão. Certamente eu levaria algum soco ou vários xingamentos. meio inadequado demais aos moveis finos e decoração luxuosa de todos os outros cômodos.. meu pai me ligou e acabei indo com ele para minha querida casa. livros.diziam que eu combinava mais como modelo do que fotografo. afinal não consigo listas algo tão complicado como músicas. Falando neles. Realmente é bom crescer. mas ele foi sortudo em ter uma mãe por alguns anos. Sentia-me solitário. era como se de alguma forma ela estivesse sempre comigo. Quando pequeno eu sempre ficava triste por ele me odiar tanto.. no começo eu me chateava. meio Donghae. irritado e todas as palavras que se assemelhassem a essas. Já no final da tarde. Oh her eyes. com alguns posters. eu parecia muito com ela e não considerava isso algo ruim. mesmo que a tristeza tome a maior parte do seu ser hoje em dia. Comi algo novamente e fui para o meu quarto. começando a dedilhar suas cordas e apreciando o som que saia aos poucos e formava-se em uma das músicas que eu adorava. Era injusto deixa-lo tão parado naquele local. eu deveria dizê-lo que ele está bem melhor que eu? Como se ele fosse me escutar. eu sofria bastante. então resolvi usá-lo. isso sim é bom. mas deixamos de pensar como antes e coisas que nos afetavam profundamente já não fazem tanto efeito atualmente.. Não gosto do pensar muito nela.. não por me sentir triste e sim frustado. De alguma forma ri de meu pensamento.

. Não era como se eu estivesse cantando ou tocando como um profissional ou alguém que almeja ser um.{…} Sentia-me em outro mundo. era apavorante a capacidade da música sugar todos meus problemas. naquele momento eu não me importava em errar ou trocar algum trecho e até mesmo improvisar alguns lalalás ou enrolar meus próprios dedos ao tentar trocar de uma nota pra outra.. tive a impressão de estar sendo observado e ouvi alguns barulhos próximos a porta.. the way. the way you are.. the way you are. eu deveria estar concentrado demais e engraçado devido minha pronúncia e meu inglês imperfeito. you are.. mas nem tudo tem que ser perfeito para trazer felicidade. criando minha própria versão da música.. queria “matar a saudade”. mesmo que temporariamente. afinal eu não havia feito isso em minhas terras natais.. eu só queria me sentir bem. No final da minha “apresentação”. 'Cause you're amazing Just.. When I see your face There's not a thing that I would change 'Cause you're amazing Just the way you are {…} Seria cômico ter alguma plateia nesse momento. And when you smile The whole world stops and stares for a while Cause girl you're amazing Just the way you are. . essa era a primeira vez.

youtube.fim the end está morto capítulo 2 >>>>>>>>>>>>>>> besteiras: Just the way u are♡: https://www.com/watch? v=VPeXz0OIuCY T_T eu amo tanto essa música que deveria se chamar lee hyukjae T_T ou eunhae T_T ou T_T donghae ou T_T eu amo tanto bruno mars e T_T a a a O link é a versão que eu imaginei o donghae cantando <3 e heiheiehaioejoiaejdpoaskdpoaskdopaskdpaskd emeu cicpkopasdas ossoososkadpáldada ★-★-★-★-★-★ revisar tudo e mudar/cap1&2/ ★-★-★-★-★-★ /imagem meramente ilustrativa de hyukjae e seu ficante/peguete/namorado em altos amassos na universidade/ Pkodaopsdkapodkasdpoaks KYUHYHJGSFAKF HYUHKYHUY .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful