Você está na página 1de 124
Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Lista 01

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Lista 01

1. Conceitos iniciais, gráficos, tipos de frequência

2

2. Medidas de posição

10

3. Medidas de dispersão

63

4. BOX-PLOT

112

5. Noções de assimetria

121

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 1. Conceitos iniciais, gráficos, tipos de

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

1. Conceitos iniciais, gráficos, tipos de frequência

Questão 1

MS ADM 2009 [CESPE]

tipos de frequência Questão 1 MS ADM 2009 [CESPE] A figura acima apresenta os totais anuais

A figura acima apresenta os totais anuais de casos de febre hemorrágica da dengue, de 1988

a 2008, em Fortaleza, cidade em que a doença foi confirmada pela primeira vez em 1994. A

partir de 1998, verifica-se a ocorrência anual da enfermidade, iniciando em um patamar de baixa incidência (1998 a 2000) e seguindo para um patamar elevado que varia de 44 a 254 casos, com exceção de 2004.

Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza. Plano de contingência para o controle da dengue no município de Fortaleza em 2009, (com adaptações).

Com base nas informações acima, considerando que a variável X representa o total anual de casos de febre hemorrágica da dengue em Fortaleza, julgue os itens a seguir.

55 A figura apresentada é um histograma da variável X.

Resolução.

Note que cada coluna está relacionada a um valor único, e não a uma classe de valores. O histograma só é utilizado para representar dados em classe.

Exemplo: em 1994, foram 21 casos de febre hemorrágica da dengue. Ou seja, a frequência

21 se relaciona ao valor 1994 (e não a uma classe, como por exemplo 1992 – 1996).

Gabarito: errado

Questão 2 TCU 2008 [CESPE]

Uma agência de desenvolvimento urbano divulgou os dados apresentados na tabela a seguir, acerca dos números de imóveis ofertados e vendidos em determinado município, nos anos de 2005 a 2007.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Considerando as informações do texto, julgue

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Considerando as informações do texto, julgue os

Considerando as informações do texto, julgue os itens subseqüentes.

A variável X forma uma série estatística denominada série temporal.

Resolução:

Segundo Gilberto de Andrade Martins e Denis Donaire, no livro "Princípios de Estatística", estatísticas são as tabelas nas quais existe um critério distinto que as especifica e diferencia. Por este critério, as séries podem ser:

cronológicas

geográficas

específicas

conjugadas

Segundo os mesmos autores, a série temporal, também denominada série cronológica, tem como característica o fato de o tempo ser variável, enquanto que o local e o fato permanecem fixos. Como exemplo, citam uma pesquisa que traz a quantidade de unidades escolares de ensino de 1º grau (mesmo fato), no Brasil (mesmo local), ao longo dos anos de 1971 a 1974.

No caso desta questão temos exatamente isso: o fato é o mesmo (número de imóveis ofertados), em determinado município (mesmo local), e variamos apenas os instantes de tempo (anos de 2005 a 2006). Trata-se de uma série cronológica ou temporal.

Gabarito: correto.

Questão 3 TCU 2008 [CESPE]

Uma agência de desenvolvimento urbano divulgou os dados apresentados na tabela a seguir, acerca dos números de imóveis ofertados e vendidos em determinado município, nos anos de 2005 a 2007.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Com respeito ao texto, considere que

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Com respeito ao texto, considere que cada

Com respeito ao texto, considere que cada imóvel ofertado em determinado ano seja classificado como vendido ou não-vendido, e, a um imóvel e classificado como vendido seja atribuído um valor = 1, e, ao imóvel classificado como não-vendido, seja atribuído um valor = 0. Supondo-se que as classificações dos imóveis como vendido ou não-vendido em um dado ano possam ser consideradas como sendo realizações de uma amostragem aleatória simples, julgue os itens a seguir.

A variável é classificada como variável qualitativa nominal, pois representa o atributo do imóvel como vendido ou não-vendido.

A variável é uma variável dicotômica.

Interessante observar que as variáveis dicotômicas são utilizadas para permitir que variáveis qualitativas sejam analisadas como se fossem quantitativas.

A variável que assume os valores "vendido" e "não-vendido" é nominal. No entanto, quando

atribuímos a cada uma dessas realizações um valor numérico (0 ou 1), obtemos números e podemos passar a tratar tal variável como quantitativa. Isso pode ser feito porque a atribuição de valores numéricos foi feita de modo a fornecer algo passível de interpretação. No caso, esse tipo de variável dá origem a distribuições discretas de probabilidade muito utilizadas: a de Bernoulli e a Binomial.

A cada imóvel analisado, temos sucesso ou fracasso (se = 1 ou 0) e, somando todos os

valores de , temos, na verdade, a contagem de quantos imóveis em uma dada amostra foram vendidos.

Assim, a variável é quantitativa. Nesse ponto, citamos o livro "Análise multivariada de dados", dos autores Hair, Black, Babin, Anderson e Taham:

"Uma variável dicotômica é aquela que foi convertida para uma distribuição métrica e representa uma categoria de uma variável independente não-métrica."

HAIR, J, et al, Análise multivariada de dados. Tradução Adonai Schlup Sant'Anna - 6ª edição. Porto Alegre: Bookman, 2009

Item errado.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 No entanto, é pertinente registrar a

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

No entanto, é pertinente registrar a opinião de Bussab e Morettin, segundo os quais, apesar de a variável dicotômica apresentar realizações representadas por números (0 e 1), ela não deixa de ser qualitativa:

"Existe um tipo de variável qualitativa para a qual essa quantificação é muito útil: a chamada variável dicotômica. Para essa variável só podem ocorrer duas realizações, usualmente chamadas de sucesso e fracasso."

BUSSAB, W. e MORETTIN, P. Estatística Básica. 5ª edição. São Paulo: Saraiva, 2002.

Questão 4

TCU 2008 [CESPE]

São Paulo: Saraiva, 2002. Questão 4 TCU 2008 [CESPE] Considerando a tabela acima, que apresenta a

Considerando a tabela acima, que apresenta a distribuição do quadro de colaboradores da CAIXA, em mil pessoas, no final dos anos de 2006 e 2007, julgue os itens seguintes.

Se uma variável registra a classificação de cada pessoa do quadro como funcionária, estagiária ou prestadora de serviço, então é uma variável qualitativa.

De fato, as possíveis realizações de não são números, são atributos. Temos uma variável qualitativa.

Questão 5

POLICIA FEDERAL 2004 [CESPE]

qualitativa. Questão 5 POLICIA FEDERAL 2004 [CESPE] Nos últimos oito anos, a população carcerária em uma

Nos últimos oito anos, a população carcerária em uma unidade da Federação cresceu de 1.200 presos (1996) para 4.000 presos (2003). Essa população carcerária é formada por presos nas casas penais, seccionais e delegacias. Por causa desse crescimento, foram construídas novas cadeias públicas, penitenciárias e novos blocos carcerários. Mesmo assim, não foi possível resolver o problema de superlotação. Em 1996, a capacidade total de

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 lotação das casas penais, seccionais e

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

lotação das casas penais, seccionais e delegacias era de apenas 800 vagas. Após a inauguração das novas instalações em 2003, o número de vagas aumentou para 3.200, o

que resulta em deficit de 800 vagas. O gráfico acima apresenta a evolução temporal da população carcerária (linha contínua) e do número de vagas (linha pontilhada) de 1996 a

2003.

Com base na situação hipotética e no gráfico apresentados ao lado, julgue o item a seguir.

A capacidade total de lotação das casas penais, seccionais e delegacias (número de vagas)

em 2000 é uma variável aleatória contínua.

A capacidade total de lotação não pode assumir qualquer valor em um intervalo real. Ela

assume apenas valores inteiros, como: 1, 2, 3, 4,

Além disso, se tomarmos seu valor exclusivamente no ano de 2000, temos uma observação, algo fixo, constante, que não varia. Ou seja, seu valor para o ano 2000 é uma constante, e não variável.

Logo, é uma variável discreta.

Gabarito: errado

Questão 6

TRE ES 2011 [CESPE]

discreta . Gabarito: errado Questão 6 TRE ES 2011 [CESPE] Internet: <www.tse.gov > (com adaptações). Com

Internet: <www.tse.gov > (com adaptações).

Com base na tabela acima, referente às eleições de 2010, que apresenta a quantidade de candidatos para os cargos de presidente da República, governador de estado, senador, deputado federal e deputado estadual/distrital, bem como a quantidade de candidatos considerados aptos pela justiça eleitoral e o total de eleitos para cada cargo pretendido, julgue o item a seguir.

A variável "cargo" classifica-se como uma variável qualitativa ordinal.

De fato é uma variável qualitativa, pois suas realizações são atributos, e não números.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Além disso, podemos ordenar estas variáveis

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Além disso, podemos ordenar estas variáveis segundo, por exemplo, o número de cargos disponíveis. É exatamente o que fez a tabela dada no enunciado, iniciando por presidente (um único cargo disponível), depois indo para governador (27 cargos) e assim por diante.

Logo, é uma variável qualitativa e ordinal.

Gabarito: certo

Questão 7

TRE ES 2011 [CESPE]

e ordinal. Gabarito: certo Questão 7 TRE ES 2011 [CESPE] A tabela acima apresenta uma distribuição

A tabela acima apresenta uma distribuição hipotética das quantidades de eleitores que não

votaram no segundo turno da eleição para presidente da República bem como os números de municípios em que essas quantidades ocorreram. Com base nessa tabela, julgue o item segunite, relativo à análise exploratória de dados.

Na tabela de frequências, o uso de intervalos de classe permite concluir que a variável em questão é contínua.

Resolução:

A quantidade de eleitores é discreta, pois assume valores num conjunto enumerável de pontos da reta real: 0, 1, 2, 3, 4

Apenas agrupamos os dados em faixas, dando origem às classes. Isso, no entanto, não altera

a natureza da variável, não a torna contínua.

Gabarito: errado

Questão 8

TRE ES 2011 [CESPE]

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Internet: <www.tse.gov > (com adaptações). Com

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Internet: <www.tse.gov > (com adaptações). Com base

Internet: <www.tse.gov > (com adaptações).

Com base na tabela acima, referente às eleições de 2010, que apresenta a quantidade de candidatos para os cargos de presidente da República, governador de estado, senador, deputado federal e deputado estadual/distrital, bem como a quantidade de candidatos considerados aptos pela justiça eleitoral e o total de eleitos para cada cargo pretendido, julgue o item a seguir.

O histograma é a representação gráfica ideal para a distribuição de frequências do número de candidatos aptos segundo o cargo pretendido.

Resolução:

O histograma é aplicável quando estamos representando uma distribuição de frequências para dados em classe, o que não ocorre no presente caso. Portanto, não é adequada a utilização do histograma.

Gabarito: errado.

Questão 9

TRE ES 2011 [CESPE]

Gabarito: errado . Questão 9 TRE ES 2011 [CESPE] Internet: <www.tse.gov > (com adaptações). Com

Internet: <www.tse.gov > (com adaptações).

Com base na tabela acima, referente às eleições de 2010, que apresenta a quantidade de candidatos para os cargos de presidente da República, governador de estado, senador, deputado federal e deputado estadual/distrital, bem como a quantidade de candidatos

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 considerados aptos pela justiça eleitoral e

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

considerados aptos pela justiça eleitoral e o total de eleitos para cada cargo pretendido, julgue o item a seguir.

Considerando-se a representação das quantidades de eleitos para cada cargo em um gráfico de pizza, a fatia desse gráfico correspondente ao cargo de deputado federal terá ângulo superior a 120 o .

Resolução:

Vamos dividir 120º por 360º, que corresponde à circunferência inteira:

120

1

360 = 3 Assim, para que uma das categorias corresponda a um terço da pizza, ela deve ter um terço da frequência total.

A categoria "deputado federal eleito" tem frequência 513. Multiplicando este valor por 3

obtemos:

513 × 3 = 1539

Obtivemos um resultado menor que 1658, que é o total das frequências.

Com isso concluímos que 513 é menor que 1/3 de 1658. Logo, a fatia de pizza correspondente tem ângulo menor que 120º.

Gabarito: errado

Questão 10

TRE ES 2011 [CESPE]

que 120º. Gabarito: errado Questão 10 TRE ES 2011 [CESPE] A tabela acima apresenta uma distribuição

A tabela acima apresenta uma distribuição hipotética das quantidades de eleitores que não

votaram no segundo turno da eleição para presidente da República bem como os números de municípios em que essas quantidades ocorreram. Com base nessa tabela, julgue o item segunite, relativo à análise exploratória de dados.

Quartis, mínimo e máximo são estatísticas de ordem que podem ser representadas em um diagrama conhecido como esquema dos cinco números.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Perfeito! É exatamente para isso que

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Perfeito! É exatamente para isso que serve o esquema dos cinco números. Os cinco número representados são: a mediana, o primeiro e o terceiro quartis, e os valores extremos (mínimo e máximo).

É possível também incorporar ao diagrama o tamanho da amostra.

Gabarito: certo

2. Medidas de posição

Questão 11

MS ADM 2009 [CESPE]

2. Medidas de posição Questão 11 MS ADM 2009 [CESPE] A figura acima apresenta os totais

A figura acima apresenta os totais anuais de casos de febre hemorrágica da dengue, de 1988

a 2008, em Fortaleza, cidade em que a doença foi confirmada pela primeira vez em 1994. A

partir de 1998, verifica-se a ocorrência anual da enfermidade, iniciando em um patamar de

baixa incidência (1998 a 2000) e seguindo para um patamar elevado que varia de 44 a 254 casos, com exceção de 2004.

Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza. Plano de contingência para o controle da dengue no município de Fortaleza em 2009, (com adaptações).

Com base nas informações acima, considerando que a variável X representa o total anual de casos de febre hemorrágica da dengue em Fortaleza, julgue os itens a seguir.

51. A média aritmética de X no triênio 2001-2003 foi igual a 75% da média aritmética de X no triênio 2005-2007.

Resolução.

A média do triênio 2001 – 2003 fica:

60 + 44 + 166

3

= 90

A média do triênio 2005-207 fica:

Temos:

119 + 123 + 118

3

= 120

90 1 2 0 = 75% A primeira média é 75% da segunda média. Gabarito:

90

120 = 75%

A primeira média é 75% da segunda média.

Gabarito: certo

Questão 12

TCU 2009 [CESPE]

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Uma instituição realizou levantamento com vistas a comparar os valores de dez diferentes tipos de

itens de consumo. Para cada item i(i = 1, 2,

representa o valor do item i estabelecido pela empresa A, e yi representa o valor desse mesmo item fornecido pela empresa B. Os seguintes resultados foram encontrados:

, 10), foi registrado um par de valores (xi,yi), em que xi

, 10), foi registrado um par de valores (xi,yi), em que xi Com base nessas informações,

Com base nessas informações, julgue os itens a seguir.

96. A média amostral dos valores x1, x2,

valores y1, y2,

98. A média aritmética da distribuição x1 × y1, x2 × y2,

, x10 é 13% maior do que a média amostral dos

, x10 × y10 é maior que 43.

,

y10.

Resolução:

Item 96.

Temos:

+ = 130

+ = + = 130 equação I

Sabemos também que:

= 10

= = 10 equação II

Somando as duas equações:

+ + = 130 + 10

Voltando na equação I:

2 = 140

= 70

Média dos valores de x: Média dos valores de y: − = 10 70 +

Média dos valores de x:

Média dos valores de y:

= 10

70 + = 10

= 60

̅=

$

70

= 10 = 7

% =

$

60

= 10 = 6

A média de x vale 7. A média de y vale 6.

7

6 = 1,1666 …

A média de x é 16,6% maior que a de y.

Item errado.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Item 98.

Temos:

Além disso:

+ ( = 1.790

( + (

+ 2 = 1.790

( + ( +

2 = 1.790 equação I

( = 26

( + ( − 2 = 26

( + ( 2 = 26 equação II

Fazendo a subtração entre I e II:

( + ( + 2 − * ( + ( 2 + = 1.790 − 26

2 +

2 +

2 = 1.764

2 = 1.764

4 = = 1.764 441 Logo, a média do produto × fica: ∑ 441 =

4

=

=

1.764

441

Logo, a média do produto × fica:

441

=

10

10

= 44,1

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Item certo

Gabarito: errado, certo

Questão 13 FINEP 2009 [CESPE]

Considere a obtenção de três medidas de diâmetro, em milímetros, de furos que tenham ocorrido em chapas de aço, em uma linha de produção: 2, 4 e 8. Nesse caso, a média geométrica dessas medidas é, em milímetros quadrados,

A maior que 1,5 e menor que 2,5.

B maior que 2,5 e menor que 3,5.

C maior que 3,5 e menor que 4,5.

D maior quer 4,5 e menor que 5,5.

E maior que 5,5.

Resolução.

Gabarito: C

, = 2 × 4 × 8 = /2 0 × 2 ( × 2 1 = /2 2 = 2 ( = 4

.

.

.

Questão 14 TCU 2009 [CESPE]

Uma instituição realizou levantamento com vistas a comparar os valores de dez diferentes

tipos de itens de consumo. Para cada item i(i = 1, 2,

(xi,yi), em que xi representa o valor do item i estabelecido pela empresa A, e yi representa o valor desse mesmo item fornecido pela empresa B. Os seguintes resultados foram

, 10), foi registrado um par de valores

encontrados:

foram , 10), foi registrado um par de valores encontrados: Com base nessas informações, julgue os

Com base nessas informações, julgue os itens a seguir.

99. A média harmônica dos valores x1, x2,

, x10 é menor que 8.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Resolução. Já vimos na Questão 12

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Resolução.

Já vimos na Questão 12 que a média aritmética de x é 7.

Como a variável x representa valores de itens de consumo, então só assume valores maiores que zero.

Logo, a média aritmética é maior ou igual às demais médias, harmônica e geométrica.

Concluímos que a média harmônica é menor ou igual a 7. Portanto, certamente é menor que 8.

Gabarito: certo

Questão 15 SEFAZ/MT 2004 [CESPE]

Um órgão do governo recebeu pela Internet denúncias de sonegação de impostos estaduais contra 600 pequenas empresas. Denúncias contra outras 200 pequenas empresas foram encaminhadas pessoalmente para esse órgão. Para apuração das denúncias, foram realizadas auditorias nas 800 empresas denunciadas. Como resultado dessas auditorias, foi elaborada a tabela abaixo, que apresenta um quadro das empresas denunciadas e os correspondentes débitos fiscais ao governo. Das empresas denunciadas, observou-se que apenas 430 tinham débitos fiscais.

 

Valor do débito fiscal (VDF), em R$ mil, apurado após auditoria na empresa denunciada

Forma de recebimento da denuncia

0<VDF<1

1≤VDF<2

2≤VDF<3

3≤VDF<4

Total

Pela internet

60

100

50

30

240

Pessoalmente

20

120

40

10

190

Total

80

220

90

40

430*

Nota: *Para as demais empresas, VDF=0. Com base na situação hipotética acima e de acordo com as informações apresentadas, julgue os itens que seguem.

1. 70% das empresas denunciadas por meio da Internet não apresentam débitos fiscais.

2. Entre as empresas denunciadas, mais de 95% das que não apresentam débitos fiscais foram

denunciadas por meio da Internet.

3. O valor total dos débitos fiscais apurados após as auditorias feitas nas empresas denunciadas é

inferior a R$ 500 mil.

4. O débito fiscal médio das empresas denunciadas por meio da Internet é menor que o débito fiscal

médio daquelas denunciadas pessoalmente.

Resolução:

Primeiro item.

Foram 600 denúncias pela internet, resultando em 240 empresas com débito. Logo, o número de empresas denunciadas pela internet que não apresentaram débito é de:

600

240 = 360

Afirma-se que 360 é igual a 70% de 600, o que é falso.

Item errado Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 0,70 600 = 420

Item errado

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

0,70 600 = 420 π 360

Segundo item.

Já sabemos que 360 empresas denunciadas pela internet não apresentaram débitos.

Das empresas denunciadas pessoalmente, 10 não apresentaram débitos.

Assim, de um total de 370 empresas sem débitos, 360 foram denunciadas pela internet. O item afirma que 360 corresponde a mais de 95% de 370, o que é verdadeiro.

0,95 370 = 351,5 < 360

Logo, 360 realmente representa mais que 95% de 370.

Item certo

Terceiro item.

A tabela fornecida foi:

Débito (em mil reais)

número de empresas

0<VDF<1

80

1≤VDF<2

220

2≤VDF<3

90

3≤VDF<4

40

Se todas as empresas de cada classe apresentassem exatamente o débito correspondente ao limite inferior da classe, o débito total já seria maior que 500 mil reais.

limite inferior

frequência

valor vezes

frequência

0

80

0

1

220

220

2

90

180

3

40

120

total

520

Deste modo, com certeza o débito total foi maior que 500 mil reais.

Item errado.

Quarto item.

Para responder a esta questão, acho que não precisava fazer muita conta. Basta ver que, das 600 empresas denunciadas pela internet, apenas 240 apresentaram débitos. Já em relação às empresas denunciadas pessoalmente, quase todas apresentaram débitos fiscais (apenas 10 tiveram VDF = 0). Deste modo, é coerente a informação de que o débito fiscal médio das empresas denunciadas pela internet seja menor.

A questão está correta. De todo modo, vamos aproveitá-la para praticar o cálculo das médias. Vamos começar pelas empresas que foram denunciadas pela internet.

Podemos construir a seguinte tabela: Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Classes

Podemos construir a seguinte tabela:

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Classes de VDF

Frequência absoluta simples

VDF = 0

360

0<VDF<1

60

1≤VDF<2

100

2≤VDF<3

50

3≤VDF<4

30

Repare que, na primeira linha, na verdade não temos uma classe. Temos um valor único (VDF = 0). Sabemos que todas as 360 empresas ali indicadas não apresentaram débito.

Vamos calcular os pontos médios das classes.

Classes de VDF

Pontos médios (X )

Frequência absoluta simples

VDF = 0

0

360

0<VDF<1

0,5

60

1≤VDF<2

1,5

100

2≤VDF<3

2,5

50

3≤VDF<4

3,5

30

Vamos calcular a média de ‘X’. Criamos a coluna adicional.

Pontos médios (X )

Frequência absoluta simples

(X

 

f )

(

f )

0

 

360

 

0

0,5

 

60

 

30

1,5

 

100

 

150

2,5

 

50

 

125

3,5

 

30

 

105

Calculamos os totais de cada coluna.

Pontos médios (X )

Frequência absoluta simples

(X

 

f )

(

f )

0

 

360

 

0

0,5

 

60

 

30

1,5

 

100

 

150

2,5

 

50

 

125

3,5

 

30

 

105

Totais

 

600

 

410

E a média de X fica:

410 X =
410
X =

600

Ou seja, a média de VDF para as 600 empresas denunciadas pela internet é de:

410

600

0,68

(em mil R$).

Passemos para as empresas denunciadas pessoalmente.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Classes de VDF Pontos médios Frequência

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Classes de VDF

Pontos médios

Frequência absoluta

(X)

simples

VDF = 0

0

10

0<VDF<1

0,5

20

1≤VDF<2

1,5

120

2≤VDF<3

2,5

40

3≤VDF<4

3,5

10

Novamente, repare que na primeira linha não temos uma classe. Sabemos que todas as 10 empresas ali discriminadas apresentaram VDF = 0.

Calculando a média ficamos com:

E a média fica:

Pontos médios

Frequência absoluta simples

(X

f )

(X)

 

( f )

0

 

10

0

0,5

 

20

10

1,5

 

120

180

2,5

 

40

100

3,5

 

10

35

Totais

 

200

325

 

325 =

1,625

200

A questão está correta, pois a média de VDF das empresas denunciadas pela internet (0,68)

é menor que a média de VDF das empresas denunciadas pessoalmente (1,625).

Item Certo

Gabarito: errado, certo, errado, certo

Questão 16 Prefeitura Municipal de Vila Velha 2008 [CESPE]

Uma prefeitura registrou o aumento do valor venal V (em R$ por metro quadrado) de 200 imóveis localizados em certo bairro residencial, conforme apresentado na tabela a seguir:

Valor V (R$/m 2 )

Número de imóveis

 

V = 0

80

0 < V ≤ 10

50

10

< V ≤ 20

35

20

< V ≤ 30

25

30

< V ≤ 50

10

 

Total

200

Com base nessas informações, julgue os itens a seguir.

1. O aumento médio por imóvel registrado pela prefeitura foi inferior a R$ 12,50/m2 e superior a R$ 5,50/m2.

2. 80% dos imóveis observados pela prefeitura não sofreram aumento dos seus valores venais.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Resolução. Primeiro item. Pede-se a média

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Resolução.

Primeiro item.

Pede-se a média de V. Como os dados estão em classes, para calcular a média consideramos que todas as observações correspondem aos pontos médios das classes.

 

Classe

Ponto médio (X)

frequência (f)

 

V = 0

0

80

0 < V ≤ 10

5

50

10

< V ≤ 20

15

35

20

< V ≤ 30

25

25

30

< V ≤ 50

40

10

Para facilitar as contas, podemos criar uma variável auxiliar, obtendo números menores.

Assim, a partir da variável X, obtemos uma outra variável (vou chamar de variável d).

Podemos usar somas, subtrações, multiplicações e divisões. A ideia é chegarmos em números menores, para facilitar as contas.

Não existe regra fixa para realizar esta transformação. Qualquer procedimento que envolva apenas as quatro operações é permitido.

Atingido o objetivo de chegarmos em números menores, pronto, o procedimento é válido.

Como exemplo, vamos dividir todos os valores por 5.

d =

X

5

Como todas as frequências são múltiplas de 5, também podemos dividi-las por 5. Dividir ou multiplicar as frequências por uma constante não altera a média.

Ficamos com:

f

' f

=

5

Classe

Ponto

d

frequência (f)

frequência modificada f

médio (X)

 

V = 0

0

0

80

16

0 < V ≤ 10

5

1

50

10

10

< V ≤ 20

15

3

35

7

20

< V ≤ 30

25

5

25

5

30

< V ≤ 50

40

8

10

2

Agora calculamos a média de d:

d

frequência modificada f’

d

f '

0

16

0

1

10

10

3

7

21

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 5 5 25 8 2 16

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

5

5

25

8

2

16

total

40

72

A média dos valores de d é dada por:

72 d =
72
d =

40

E para achar a média de X nós fazemos o seguinte. Primeiro isolamos X. Depois usamos as propriedades da média.

d =

X

5

X

= 5d

Quando multiplicamos uma variável por uma constante, a média fica multiplicada pela mesma constante.

Substituindo o valor:

X

= 5

d

X = 5

72

40

= 9

Pergunta: Vítor, e se eu não tivesse feito nenhuma simplificação? O resultado seria o mesmo?

Resposta: sim, o resultado seria o mesmo. Apenas teríamos contas com números maiores. Ficaria assim:

Classe

Ponto médio (X)

frequência (f)

X

f

 

V = 0

0

80

0

0 < V ≤ 10

5

50

250

10

< V ≤ 20

15

35

525

20

< V ≤ 30

25

25

625

30

< V ≤ 50

40

10

400

 

total

200

1800

E ficaríamos com:

X =

1800

200

= 9

Realmente a média está entre 5,5 e 12,50. O item está correto.

Item Certo

Segundo item.

Sabemos que 80 imóveis não sofreram aumento no valor venal. Como são 200 imóveis ao todo, o percentual de imóveis com V = 0 é dado por:

80

200

40

=

100

= 40%

O percentual procurado é de 40% (e não de 80%, como afirmou o item).

Item errado Gabarito: Certo, Errado Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Questão

Item errado

Gabarito: Certo, Errado

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Questão 17 Paraná Previdência 2002 [CESPE]

Em estudos previdenciários, é importante avaliar estatisticamente o tempo de sobrevida dos beneficiários. O tempo de sobrevida, em geral, depende do perfil do beneficiário, que abrange um conjunto de características como idade, espécie de benefícios (aposentadoria por idade, invalidez etc.), tipo de clientela (urbana/rural) etc. Para um estudo realizado acerca do tempo de sobrevida de beneficiários com um certo perfil, foram obtidos os resultados apresentados na tabela abaixo.

Tempo de sobrevida T em anos

0≤ T < 5

5≤ T < 10

10≤T< 20

20≤T< 40

Total

Frequência de beneficiários falecidos (%)

20

40

30

10

100

Com base nos estudos obtidos para o estudo apresentado no texto II, julgue o item que se segue.

1. O tempo médio de sobrevida dos beneficiários participantes do estudo foi inferior a 10 anos.

Resolução

Para cálculo da média para dados em classes, associamos cada frequência ao ponto médio da classe.

Classe

Ponto médio (X)

frequência (f)

[0; 5)

2,5

20

[5; 10)

7,5

40

[10; 20)

15

30

[20; 40)

30

10

Para facilitar as contas, vamos trabalhar com uma variável auxiliar.

d = X

7,5

2,5

Classe

Ponto médio (X)

d

frequência (f)

d

f

[0; 5)

2,5

- 2

20

- 40

[5; 10)

7,5

0

40

0

[10; 20)

15

3

30

90

[20; 40)

30

9

10

90

 

total

100

140

Logo:

140 d =
140
d
=

100

= 1,4

A média de X fica: X = 2,5 d + 7,5 X = 2,5 1,4

A média de X fica:

X = 2,5d + 7,5

X = 2,5 1,4 + 7,5 > 2,5 + 7,5

A média é maior que 10.

Gabarito: Errado

Questão 18

SERPRO 2010 [CESPE]

X > 10

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

10 Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Certa empresa, em determinado mês, realizou

Certa empresa, em determinado mês, realizou levantamento acerca da quantidade diária de acessos simultâneos ao seu sistema, cujo resultado é mostrado na figura acima. A partir das informações apresentadas nesta figura, e considerando que a distribuição da quantidade diária de acessos simultâneos é representada pela variável X, julgue os itens a seguir.

26. A quantidade de 6 mil acessos simultâneos por dia representa a moda de X.

27. O mês em que este levantamento foi realizado possui mais de 30 dias.

Resolução.

Item 26.

A maior frequência corresponde a 3 mil acessos simultâneos por dia.

Item errado.

3 = 3.000

Item 27.

Somando todas as frequências, teremos o total de dias:

5 + 6 + 10 + 6 + 3 + 1 = 31

Realmente o mês possui mais de trinta dias. Item certo.

Gabarito: errado, certo Questão 19 MS ADM 2009 [CESPE] Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes

Gabarito: errado, certo

Questão 19

MS ADM 2009 [CESPE]

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 A figura acima apresenta os totais anuais

A figura acima apresenta os totais anuais de casos de febre hemorrágica da dengue, de 1988

a 2008, em Fortaleza, cidade em que a doença foi confirmada pela primeira vez em 1994. A

partir de 1998, verifica-se a ocorrência anual da enfermidade, iniciando em um patamar de baixa incidência (1998 a 2000) e seguindo para um patamar elevado que varia de 44 a 254 casos, com exceção de 2004.

Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza. Plano de contingência para o controle da dengue no município de Fortaleza em 2009, (com adaptações).

Com base nas informações acima, considerando que a variável X representa o total anual de casos de febre hemorrágica da dengue em Fortaleza, julgue os itens a seguir.

52. Considerando o período de 1988 a 2008, a moda da variável X foi igual a 254.

Resolução.

O

conjunto em questão pode ser assim representado:

0, 0, 0, 0, 0, 0, 21, 0, 0, 0, 4, 1, 2, 60, 44, 166, 6, 119,123, 118, 254

O

termo que mais se repete é 0.

Gabarito: errado

3 = 0

Questão 20

Um estudo foi realizado por uma prefeitura acerca da qualidade do atendimento no hospital municipal da cidade. Com base em uma amostra de 100 dias, foram produzidas as seguintes estatísticas referentes ao número diário de pacientes atendidos.

média = 30

variância amostral = 100

Prefeitura Municipal de Vila 2008 [CESPE]

mínimo = 0 primeiro quartil = 10 segundo quartil = 25 terceiro quartil = 40

mínimo = 0

primeiro quartil = 10

segundo quartil = 25

terceiro quartil = 40

máximo = 60.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Com base nas informações apresentadas no texto, julgue os itens subsequentes.

1. É correto estimar que a moda da distribuição do número diário de pacientes atendidos é inferior a 10.

Resolução:

Primeiro item:

A partir das medidas separatrizes fornecidas na questão, é possível construir a seguinte

tabela:

Classe

frequências acumulada

0 – 10

25%

10

- 25

50%

25

– 40

75%

40

– 60

100%

Com isso, os quartis estão todos conforme o comando da questão. Além disso, o valor mínimo é zero e o valor máximo é 60.

A

partir da tabela acima, podemos achar as frequências simples

 

Classe

Frequências simples

Frequências acumuladas

0 – 10

25%

25%

10

- 25

25%

50%

25

– 40

25%

75%

40

– 60

25%

100%

E

agora vamos achar a moda. O primeiro passo é encontrar a classe modal.

Quando estudamos a moda de Czuber não comentamos um importante detalhe: ela só serve para cálculo de moda quando as classes têm a mesma amplitude.

Quando as classes têm amplitudes diferentes, algumas alterações precisam ser feitas. A classe modal não será mais aquela com maior frequência. A classe modal será a classe com a maior densidade de frequência.

Quando organizamos os dados para montar uma tabela de valores agrupados em classes, é comum que o façamos de forma que todas as classes tenham a mesma amplitude.

Caso as classes não tenham a mesma amplitude, as fórmulas vistas para a moda perdem um pouco o sentido. Precisam ser adaptadas.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Para ilustrar o problema, trago um

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Para ilustrar o problema, trago um caso exagerado, em que as amplitudes de classes são muito diferentes. Imaginem a seguinte tabela:

Classes

Frequência absoluta simples

1 – 2

10

2 – 10

16

10 – 11

8

11 – 12

6

12 – 13

4

Olha que tabela “pouco usual”.

Se fôssemos achar a moda, do jeito que vimos na aula teórica, diríamos que a classe modal é a 2 – 10, porque tem a maior frequência.

Mas será que é mesmo adequado considerar que a moda está nesta classe? Esta classe é muito maior que as demais. Muito mesmo. Tem uma amplitude de 8.

Não, não é razoável supor que a moda esteja esta classe. É mais razoável supor que a moda esteja na classe 1 – 2, que, tendo uma amplitude de apenas 1, contém 10 observações.

Talvez a tabela abaixo permita visualizar melhor o porquê disso:

Classes

Frequência absoluta simples ( f )

Amplitude de classe ( h )

f

Classes Frequência absoluta simples ( f ) Amplitude de classe ( h ) f h

h

1 – 2

10

1

10

2 – 10

16

8

 

2

10 – 11

8

1

 

8

11 – 12

6

1

 

6

12 – 13

4

1

 

4

f h
f
h

Num caso assim, é mais adequado supor que a moda está na classe com maior valor de

. Este valor é denominado densidade de frequência. Assim, quando as classes não têm a mesma amplitude, a determinação da moda leva em conta não as frequências das classes; sim as densidades de frequência.

E, para encontrar a moda, podemos usar o conceito de moda bruta (considerando que a moda corresponde ao ponto médio da classe 1-2).

Ou então, poderíamos modificar as fórmulas de Czuber e King, trocando todas as frequências ( f ) pelo respectivo valor de ( f h ).

frequências ( f ) pelo respectivo valor de ( f h ). Ok, voltemos para a

Ok, voltemos para a questão do CESPE. Vamos encontrar as densidades de frequência:

Classe

amplitude de classe (h)

Frequências simples

0 – 10

10

25%

10

- 25

15

25%

25

– 40

15

25%

40

– 60

20

25%

Se todas as classes têm frequência de 25%, então a classe com maior densidade de frequência será aquela com menor amplitude. Ou seja, a primeira classe é a classe modal.

Apenas para deixar claro, seguem as contas: Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista

Apenas para deixar claro, seguem as contas:

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Classe

amplitude de classe (h)

Frequências simples (%)

f

/ h (%)

0 – 10

10

25

 

2,5

10

– 25

15

25

 

1,66

25

– 40

15

25

 

1,66

40

– 60

20

25

 

1,25

Assim, a moda está no intervalo entre 0 e 10. Portanto, realmente a moda é inferior a 10.

Gabarito: Certo.

Questão 21 SEFAZ/MT 2004 [CESPE]

Um órgão do governo recebeu pela Internet denúncias de sonegação de impostos estaduais contra 600 pequenas empresas. Denúncias contra outras 200 pequenas empresas foram encaminhadas pessoalmente para esse órgão. Para apuração das denúncias, foram realizadas auditorias nas 800 empresas denunciadas. Como resultado dessas auditorias, foi elaborada a tabela abaixo, que apresenta um quadro das empresas denunciadas e os correspondentes débitos fiscais ao governo. Das empresas denunciadas, observou-se que apenas 430 tinham débitos fiscais.

 

Valor do débito fiscal (VDF), em R$ mil, apurado após auditoria na empresa denunciada

Forma de recebimento da denuncia

0<VDF<1

1≤VDF<2

2≤VDF<3

3≤VDF<4

Total

Pela internet

60

100

50

30

240

Pessoalmente

20

120

40

10

190

Total

80

220

90

40

430*

Nota: *Para as demais empresas, VDF=0.

Com base na situação hipotética acima e de acordo com as informações apresentadas, julgue os itens que seguem.

1. O valor, em reais, da moda dos débitos fiscais das empresas denunciadas é igual a zero.

Resolução:

Débito (em mil reais)

número de empresas

VDF = 0

370

0<VDF<1

80

1≤VDF<2

220

2≤VDF<3

90

3≤VDF<4

40

total

790

Note que a primeira classe não é exatamente uma classe. É um valor único.

Assim, não é necessário fazer nenhuma consideração para encontrar a moda. O valor que mais ocorre é justamente VDF = 0. A moda, realmente, é nula.

Gabarito: certo.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Questão 22 Prefeitura Municipal de Vila

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Questão 22 Prefeitura Municipal de Vila Velha – 2008 [CESPE]

Uma prefeitura registrou o aumento do valor venal V (em R$ por metro quadrado) de 200 imóveis localizados em certo bairro residencial, conforme apresentado na tabela a seguir:

Valor V (R$/m 2 )

Número de imóveis

 

V = 0

80

0 < V ≤ 10

50

10

< V ≤ 20

35

20

< V ≤ 30

25

30

< V ≤ 50

10

 

Total

200

Com base nessas informações, julgue os itens a seguir.

1. A moda da distribuição dos valores V calculada pelo método de Czuber é igual à moda dessa mesma distribuição calculada pelo método de King.

Resolução:

Primeiro item.

A moda cobrada em 99% das questões de concursos é a de Czuber.

Além da moda de Czuber, há a moda de King, a de Pearson e a Moda bruta.

Como temos perda de informação, o cálculo da moda depende de considerações a serem feitas. Cada fórmula mencionada acima parte de uma consideração diferente o que, em geral, conduz a resultados diferentes.

Agora vem um grande detalhe. Na tabela dada, não temos apenas classes. Na primeira linha temos um valor único. Sabemos que as 80 observações da primeira linha são exatamente iguais a zero.

E esta é justamente a linha com a maior frequência. Ou seja, a maior frequência não está

associada a uma classe e sim a um valor único. Deste modo, com certeza a moda é igual a zero. Isso não é consideração, não é “chute”. É certeza. Natural esperar, portanto, que qualquer fórmula empregada para cálculo de moda resulte no valor zero. Assim, realmente,

a moda calculada pela fórmula de Czuber é igual à calculada pela fórmula de King.

A fórmula de Czuber é:

M

=

l

M

+

h

f

M

f

ant

(

f

M

f

ant

)

+

(

f

M

f

post

)

A “classe modal” é formada por um valor único. É a classe que vai de zero até zero. É uma

classe de amplitude zero:

M

=

l

M

+

0

A fórmula da moda de King é:

f

M

f

ant

(

M

f

M

=

l

f

ant

)

+

M

= 0

(

f

M

f

post

)

Aplicando a fórmula: Gabarito: Certo M M = = l l M + h f

Aplicando a fórmula:

Gabarito: Certo

M

M

=

=

l

l

M

+

h

f post

f

ant

+

f

post

M

+ 0

f post

f

ant

+

f

post

M

=

l

M

= 0

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Questão 23 MEC 2009 [CESPE]

Os dados abaixo correspondem às quantidades diárias de merendas escolares demandadas em 10 diferentes escolas:

200, 250, 300, 250, 250, 200, 150, 200, 150, 200.

Com base nessas informações, julgue os próximos itens.

111 A mediana da distribuição do número diário de merendas escolares é igual a 225.

Resolução:

Fazendo o rol:

150, 150, 200, 200, 200, 200, 250, 250, 250, 300

Os dois termos centrais são: 200 e 200.

A mediana é igual à média dos termos centrais.

Gabarito: errado

4 =

Questão 24

MS ADM 2009 [CESPE]

200 + 200

2

= 200

errado 4 = Questão 24 MS ADM 2009 [CESPE] 200 + 200 2 = 200 A

A figura acima apresenta os totais anuais de casos de febre hemorrágica da dengue, de 1988

a 2008, em Fortaleza, cidade em que a doença foi confirmada pela primeira vez em 1994. A

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 partir de 1998, verifica-se a ocorrência

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

partir de 1998, verifica-se a ocorrência anual da enfermidade, iniciando em um patamar de baixa incidência (1998 a 2000) e seguindo para um patamar elevado que varia de 44 a 254 casos, com exceção de 2004.

Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza. Plano de contingência para o controle da dengue no município de Fortaleza em 2009, (com adaptações).

Com base nas informações acima, considerando que a variável X representa o total anual de casos de febre hemorrágica da dengue em Fortaleza, julgue os itens a seguir.

53 De 1988 a 2008, a mediana amostral de X foi superior a 3.

Resolução.

Os dados são os seguintes:

0, 0, 0, 0, 0, 0, 21, 0, 0, 0, 4, 1, 2, 60, 44, 166, 6, 119,123, 118, 254

Fazendo o rol:

0, 0, 0, 0, 0, 0, 0, 0, 0, 1, 2, 4, 6, 21, 44, 60, 118, 119, 123, 166, 254

São 21 termos. O do meio é o 11º.

Gabarito: errado

4 = 2

Questão 25 FINEP 2009 [CESPE]

Um levantamento efetuado entre os 100 jovens inscritos em um projeto de inclusão social desenvolvido por uma instituição mostra a seguinte distribuição etária.

uma instituição mostra a seguinte distribuição etária. Com base nessas informações, assinale a opção incorreta.

Com base nessas informações, assinale a opção incorreta.

A A mediana da distribuição etária é igual a 17,5 anos.

B A variável X apresentada na tabela de frequências é uma variável discreta.

C A média das idades dos jovens observados no levantamento é igual a 17 anos.

D A moda da distribuição etária é igual a 16 anos.

E Dos jovens inscritos no referido projeto de inclusão social, 30% possuem idades maiores ou iguais a 18 anos.

Resolução:

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Vamos iniciar pelas alternativas mais rápidas

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Vamos iniciar pelas alternativas mais rápidas de serem checadas.

Letra D: a moda da distribuição é 16 (maior frequência). Alternativa correta.

Letra B: a variável é discreta. A idade em anos só assume valores naturais de 16 a 19. Se a variável fosse contínua, ela assumiria qualquer valor em um dado intervalo real. Alternativa correta.

Letra E: O número de jovens com idade maior ou igual a 18 é 30 (=20 + 10). O total de jovens inscritos é 100.

30

100 = 30%

Realmente o percentual procurado é 30%. Alternativa correta.

Vamos

acumuladas.

determinar

a

mediana.

Para

tanto,

podemos

fazer

a

tabela

de

frequências

X

frequência simples

frequência acumulada

16

40

40

17

30

70

18

20

90

19

10

100

A mediana é a média dos termos centrais.

4

56 =

78 = 17

56 + 78

=

2

= 17

A mediana não é igual a 17,5. Item errado.

Gabarito: A

Questão 26

ABIN 2010 [CESPE]

errado. Gabarito: A Questão 26 ABIN 2010 [CESPE] 89. O primeiro quartil e o terceiro quartil

89. O primeiro quartil e o terceiro quartil são, respectivamente, 34 e 46 anos de idade.

90. A mediana das idades dos servidores é igual a 39,5 anos.

Resolução:

Este diagrama corresponde ao seguinte conjunto:

21, 23, 22, 26, 34, 33, 35, 38, 37, 46, 42, 41, 49, 46, 54, 52, 50, 55

Fazendo o rol:

21, 22, 23, 26, 33, 34, 35, 37, 38, 41, 42, 46, 46, 49, 50, 52, 54, 55

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 São 18 termos. A mediana corresponde

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

São 18 termos. A mediana corresponde à média dos termos centrais:

38 + 41

2

= 39,5

O item 90 está certo.

A mediana divide o conjunto em duas partes com 9 elementos:

21, 22, 23, 26, 33, 34, 35, 37, 38

Cada parte tem 9 elementos.

Dentro de cada parte determinamos a mediana.

21, 22, 23, 26, 33, 34, 35, 37, 38

41, 42, 46, 46, 49, 50, 52, 54, 55

41, 42, 46, 46, 49, 50, 52, 54, 55

A mediana da primeira parte é o primeiro quartil. A mediana da segunda parte é o terceiro

quartil.

9 0 = 33; 9 1 = 49

O item 89 está errado.

Gabarito: errado, certo

Questão 27 SAD PE 2009 [CESPE]

Uma amostra dos registros de dezoito empresas mostrou os seguintes números de acidentes de trabalho no último mês:

1 0 1 2 1 3 1 1 0 0 0 0 1 1 2 4 0 0

Com base nas informações apresentadas acima, é correto afirmar que

A o intervalo interquartil foi inferior a 1,2.

B a mediana do número de acidentes de trabalho no último mês foi igual a zero.

C a moda da amostra foi igual ou superior a 2.

D a amplitude dos valores observados na amostra foi igual ou inferior a 3.

E o número médio de acidentes de trabalho no último mês foi inferior a 0,8.

Resolução.

Agrupando os dados por valor:

Valor

Frequência

0

7

1

7

2

2

3

1

4

1

Temos duas modas: 0 e 1. O conjunto é bimodal. A alternativa C está errada.

A média fica: Valor Frequência Valor vezes frequencia   0 7 0   1 7

A média fica:

Valor

Frequência

Valor vezes frequencia

 

0 7

0

 

1 7

7

 

2 2

4

 

3 1

3

 

4 1

4

Total

18

18

% 18

=

18 = 1

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

A alternativa “e” está errada.

A letra “d” fala sobre amplitude, que é uma medida de dispersão. A amplitude é dada pela

diferença entre o maior e o menor valor.

; = 4 − 0 = 4

A amplitude não é menor ou igual a 3.

A alternativa “e” está errada.

Sobraram as alternativas “a” e “b”, que dizem respeito às medidas separatrizes.

Valor

Frequência

Frequencia acumulada

0

7

7

1

7

14

2

2

16

3

1

17

4

1

18

São 18 termos. Os termos centrais são o 9º e o 10º.

Da tabela acima, sabemos que < = 6 = 08 = ⋯ = 05 = 1

Logo, a mediana é igual a:

4

= 6 + 08

2

= 1

A alternativa “b” está errada.

Por exclusão, marcamos a alternativa “a”.

Para treinarmos, vamos calcular o intervalo interquartil.

A

mediana divide o conjunto de dados em duas partes com 9 elementos cada.

O

termo do meio da primeira parte é 7 = 0.

O

termo do meio da segunda parte é 05 = 1

O

intervalo interquartil fica:

9 1 − 9 0 = 1 − 0 = 1

Este número, de fato, é menor que 1,2.

Gabarito: A Questão 28 SERPRO 2010 [CESPE] Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista

Gabarito: A

Questão 28

SERPRO 2010 [CESPE]

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Certa empresa, em determinado mês, realizou levantamento

Certa empresa, em determinado mês, realizou levantamento acerca da quantidade diária de acessos simultâneos ao seu sistema, cujo resultado é mostrado na figura acima. A partir das informações apresentadas nesta figura, e considerando que a distribuição da quantidade diária de acessos simultâneos é representada pela variável X, julgue os itens a seguir.

28. A quantidade de 2.000 acessos simultâneos diários representa o primeiro quartil da distribuição X.

30. A mediana amostral de X é igual a 3.500

Resolução.

Podemos representar os dados pela seguinte tabela de frequências acumuladas:

Valor

Frequência

Frequência acumulada

1

5

5

2

6

11

3

10

21

4

6

27

5

3

30

6

1

31

São 31 termos. O termo do meio é décimo sexto 02 , que corresponde à frequência acumulada 16.

Da tabela acima, temos que 0( = 01 = 05 = 07 = 02 = ⋯ = (0 = 3

A mediana vale 3 (mil acessos). O item 30 está errado.

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 A mediana divide o conjunto de

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

A mediana divide o conjunto de dados em duas partes, com 15 elementos cada.

A mediana da primeira parte, que coincide com o primeiro quartil, é o oitavo elemento < . É o elemento que corresponde à frequência acumulada 8.

Da tabela acima temos que: 2 = > = < = 00 = 2

O

primeiro quartil é igual a 2 (mil acessos).

O

item 28 está certo.

Gabarito: certo, errado

Questão 29

As massas corporais (em kg) de 35 crianças de uma escola estão representadas no diagrama

de ramos e folhas a seguir.

INMETRO 2010 [CESPE]

no diagrama de ramos e folhas a seguir. INMETRO 2010 [CESPE] A partir dessas informações, é

A partir dessas informações, é correto afirmar que o peso correspondente ao 25.º percentil

é igual a

A 27.

B 29.

C 35.

D 38.

E 39.

Resolução

Vamos fazer a contagem diretamente no diagrama.

São 35 elementos (informação dada no início do texto). A mediana corresponde ao termo do meio 0<

A mediana divide o conjunto em duas partes com 17 elementos cada. A mediana da primeira parte corresponde ao 6 .

Contando no diagrama de ramos e folhas, o nono termo é 29.

Logo, o primeiro quartil é 29.

Gabarito: B

Questão 30

SEFAZ/MT 2004 [CESPE]

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Um órgão do governo recebeu pela

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Um órgão do governo recebeu pela Internet denúncias de sonegação de impostos estaduais contra 600 pequenas empresas. Denúncias contra outras 200 pequenas empresas foram encaminhadas pessoalmente para esse órgão. Para apuração das denúncias, foram realizadas auditorias nas 800 empresas denunciadas. Como resultado dessas auditorias, foi elaborada a tabela abaixo, que apresenta um quadro das empresas denunciadas e os correspondentes débitos fiscais ao governo. Das empresas denunciadas, observou-se que apenas 430 tinham débitos fiscais.

 

Valor do débito fiscal (VDF), em R$ mil, apurado após auditoria na empresa denunciada

Forma de recebimento da denuncia

0<VDF<1

1≤VDF<2

2≤VDF<3

3≤VDF<4

Total

Pela internet

60

100

50

30

240

Pessoalmente

20

120

40

10

190

Total

80

220

90

40

430*

Nota: *Para as demais empresas, VDF=0.

Com base na situação hipotética acima e de acordo com as informações apresentadas, julgue os itens que seguem.

1. O valor, em reais, da mediana dos débitos fiscais das empresas denunciadas por meio da

Internet é igual a zero

2. O terceiro quartil dos débitos fiscais das empresas denunciadas pessoalmente está entre

R$ 1 mil e R$ 1,6 mil.

3. Um dado centil da distribuição dos débitos fiscais das empresas denunciadas por meio da

Internet é maior ou igual ao mesmo centil da distribuição dos débitos fiscais das empresas

denunciadas pessoalmente.

Resolução

Primeiro item.

Foram 600 empresas denunciadas pela internet. A mediana corresponde ao valor que apresenta frequência acumulada igual a 300.

Para as empresas denunciadas pela internet, os valores são:

Classes de VDF

frequência simples

frequência acumulada

VDF = 0

360

360

0<VDF<1

60

 

1≤VDF<2

100

 

2≤VDF<3

50

 

3≤VDF<4

30

 

E nem precisamos preencher o restante da tabela. Sabemos que a frequência acumulada

300 corresponde não a uma classe e sim a um valor único (zero). Logo, a mediana realmente

é igual a zero.

Apenas para treinarmos, a continuação da tabela seria:

Classes de VDF

frequência simples

frequência acumulada

VDF = 0

360

360

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01 Classes de VDF frequência simples frequência

Estatística para Bacen Prof Vítor Menezes – lista 01

Classes de VDF

frequência simples

frequência acumulada

0<VDF<1

60

420

1≤VDF<2

100

520

2≤VDF<3

50

570

3≤VDF<4

30

600

Item certo.

Segundo item.

Para as empresas denunciadas pessoalmente, temos:

Débito (em mil reais)

número de empresas

VDF = 0

10

0<VDF<1

20

1≤VDF<2

120

2≤VDF<3

40

3≤VDF<4

10

total

200

As

frequências acumuladas são:

 
 

Débito (em mil reais)

frequências simples

freq. acumuladas

 

VDF = 0

10

10

0<VDF<1