Você está na página 1de 22

A ORIGEM DO UNIVERSO.

A ORIGEM DO UNIVERSO.

Teoria do Big Bang

Cientificamente a mais aceita, considera que o

Universo surgiu entre 13 e 14 bilhões de anos atrás

(antes do presente AP).

O universo é basicamente composto pelos mesmo

materiais, já que, se iniciou de uma mesma explosão

cósmica. São três os tipos de materiais formados

diversos compostos químicos: Matéria escura, planetas

e estrelas.

A ação da gravidade foi a força que agregou a matéria.

Os meteoritos são evidencias da composição básica da

Terra.

SEQUENCIA DE FORMAÇÃO DO SOL

SEQUENCIA DE FORMAÇÃO DO SOL

O SOL

A gravidade levou a acumulação de matéria em um ponto central.

O material acumulado foi comprimido pelo próprio peso, o proto-

sol tornou-se mais denso e quente. A temperatura elevou-se para

milhões de graus, iniciando-se então a fusão nuclear, em que,

átomos de hidrogênio, sob forte pressão e temperatura,

combinam-se para formar hélio.

O Sol é uma estrela gasosa luminosa:

- Raio médio de 698.00 km (100 x terra),

- Superfície de 6,08.10 12 km 2 ,

- Temperatura de 6.000° C

- Emite energia em ondas eletromagnéticas que se propagam

radialmente no espaço,

- (velocidade da luz).

- 8,3 minutos é o tempo para chegar a superfície terrestre.

OS PLANETAS

Origina-se a partir de um disco de gás e poeira, chamado de nebulosa

solar (material que restou da formação do sol). Inicialmente ocorreram

processos de resfriamento e condensação , a gravidade gerou colisões e agregações que formaram corpos maiores( tamanha lua), no estagio final impactos cataclismos em um pequena quantidade de corpos

maiores cuja atração também é maior arrastou outros para formar

os planetas e órbitas.

de corpos maiores – cuja atração também é maior – arrastou outros para formar os planetas

ASTEROIDES E METEORITOS

Asteroides são materiais remanescente da formação do sistema solar. De fato, se a

massa total de todos os asteroides fossem agrupadas em um único objeto, ele teria

menos de 1.500 quilômetros (932 milhas) de diâmetro menos que a metade do diâmetro da Lua. Orbitam o sol, mas muito pequenos para serem considerados planetas.

sol, mas muito pequenos para serem considerados planetas. Meteoritos ou meteoroides são fragmentos (blocos de

Meteoritos ou meteoroides são fragmentos

(blocos de detritos) de materiais sólidos (menores que os asteroides). Quando em rota

de colisão com a terra a imensa maioria é

volatizada no contato com a atmosfera. Agrupados em ferrosos, ferrosos-rochosos,

rochosos.

O PLANETA TERRA

A

Terra

é

um

corpo

dinâmico

com

atividade

interna,

perceptível

nas

superfícies

nos

terremotos,

vulcões

e

tsunamis;

É a dinâmica das diferentes camadas geológicas a

responsável pelas movimentações na superfície;

Ainda não é possível investigar de modo direto (empírico com

perfurações para sondagens) o interior da Terra;

Assim os modelos são deduções, feitas a partir de fontes indiretas.

São exemplos de fontes indiretas: gêiseres, terremotos,

ondas sísmicas, vulcões, as rochas e os minerais;

Estas fontes trazem materiais do interior do planeta e

informações sobre as características das camadas da Terra.

SISTEMA TERRA

Os modelos de estruturas da Terra foram

pensados a partir das informações vindas

daquelas fontes indiretas.

GROSSO MODO, são percebidas três camadas

da Terra, de composição e densidades diferentes.

pelo

comportamento das ondas sísmicas, que muda ao

Estas

diferenças

são

sugeridas

atravessarem determinados setores do planeta.

É importante frisar as descontinuidades existentes

entras as camadas, pois isto leva ao

deslocamento entre uma e outra.

ESFERAS TERRESTRES

ESFERAS TERRESTRES

ESFERAS TERRESTRES

OS PRINCIPAIS COMPONENTES DO SISTEMA SOLAR

A radiação solar energiza estes componentes

Atmosfera: Invólucro gasoso que se estende desde a superfície terrestre ate uma

altitude de 100 km. Hidrosfera: Compreende todos os oceanos, lagos, rios e agua subterrânea.

Biosfera: Toda a matéria organiza relacionada a vida próxima a superfície terrestre

O CALOR INTERNO ENERGIZA ESTES COMPONENTES

Litosfera: Espessa camada rochoso externa da Terra solida que compreende a crosta e

a parte superior do manto ate um profundidade media de 100 km.

Astenosfera: Fina camada dúctil do manto sob a litosfera que se deforma para acomodar

os movimentos horizontais e verticais das placas tectônicas.

Manto Externo: Sob a astenosfera, estende-se de 400 km ate o limite núcleo-manto (2.900 km de profundidade).

Núcleo externo: camada liquida composta predominante por ferro liquefeito, estende-se

desde 2.900 ate 5.100 km de profundidade. Manto Interno: Camada mais interna constituída predominantemente de ferro solido,

estende-se desde cerda de 5.150 km ate o centro da Terra (6.400 km de profundidade).

VULCANISMO

Liberação de calor interno, essencial para a dinâmica de criação e

destruição das crostas (reciclagem dos materiais).

Atividades vulcânicas ocorreram também na Lua, Marte e Vênus.

Fonte de observação cientifica direta. Lavas, gases e cinzas podem

explicar a formação dos minerais e os recursos geotérmicos.

Formação da atmosfera: gases vapor d’água, N, S. Formação dos oceanos.

na

Responsável

direto por 25% do O 2 ,

H 2 ,

C,

Cl

e

N 2 presente

biosfera.

OS produtos vulcânicos são: Lavas, fragmentos vulcânicos, deposito piroclástico e gases e vapores vulcânicos.

VULCANISMO

VULCANISMO

CONE DE VULCÃO FORMADO A PARTIR DO

RESFRIAMENTO DE MATERIAIS VINDOS DO

INTERIOR DA TERRA

CONE DE VULCÃO – FORMADO A PARTIR DO RESFRIAMENTO DE MATERIAIS VINDOS DO INTERIOR DA TERRA

GEISER: FISSURAS POR ONDE JATOS DE

ÁGUA PRESSURIZADOS E À ALTAS

TEMPERATURAS VEM A SUPERFÍCIE

São gases vulcânicos. Jatos de água quente e vapores em rupturas de terrenos vulcânicos
São gases vulcânicos.
Jatos de água quente e
vapores em rupturas de
terrenos vulcânicos

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

NÚCLEO: camada mais interna do planeta, apresenta

as maiores temperaturas.

PROVAVELMENTE composto de níquel (Ni) e ferro (Fe),

sendo também chamado de Nife;

Existe uma diferença de composição entre o núcleo

interno e o núcleo externo;

O núcleo interno gira a velocidade da época de

formação do planeta (mais rapidamente que as

outras camadas). Isto gera atrito entre as camdas, do

que resulta o campo eletromagnético da Terra.

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

MANTO: camada intermediaria do planeta e aquela que

guarda as mais complexas reações. O fluxo de materiais do

manto é o responsável por muito dos movimentos percebidos na crosta terrestre. No manto existem materiais

fundidos e parcialmente fundidos. A fusão total ou parcial

dependa da relação entre a curva de solidus e a curva

geoterma naquele ponto.

O calor circula no manto através de movimentos de convecção: Os materiais mais quentes ascendem as regiões

mais frias. Os materiais mais frios descem as partes mais

quentes.

Isto é o que vai explicar alguns dos movimentos da crosta

terrestre.

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

MODELOS DE ESTRUTURA DA TERRA

A CROSTA TERRESTRE

A CROSTA TERRESTRE Falha de San Andreas: “Cicatriz” de 1300 km de extensão na superfície.

Falha de San Andreas: “Cicatriz” de 1300 km de extensão na superfície.