Você está na página 1de 3

Texto 1: Artes para os 1° anos do Ensino Médio – Prof.ª Thaynan Abreu

ARTE NA PRÉ–HISTÓRIA OU ARTE RUPESTRE

As civilizações pré – históricas surgiram aproximadamente a 40 mil a.C

A arte surge com a

.. necessidade de expressão do homem. As pinturas e gravuras deixadas por eles são o testemunho de sua passagem. Esses registros foram encontrados em paredes e tetos de cavernas e abrigos, blocos no chão, pedras nos leitos dos rios, e lajes a céu aberto. São desenhos simples de animais, pessoas, plantas e objetos, muitas vezes retratando cenas da vida cotidiana ou eventos cerimoniais, feitos com carvão e pigmentos extraídos da natureza, aproveitando o relevo das rochas, pintados com pincéis feitos de pêlo de animais amarrados a pedaços de ossos ou assopradas nas paredes por ossos como se fosse spray. Suas tintas eram feitas com madeira e ossos queimados, minerais moídos e terras de diferentes cores misturadas com água ou gordura de animais. Com o pensamento do homem focado em sua relação com as forças invisíveis da natureza e na busca do seu próprio sustento, a representação artística era um meio para atrair forças misteriosas, muitos de seus símbolos estão relacionados com a procriação da espécie. Eles associavam suas criações a rituais, crenças, religiões, e, por meio de estudo dessas peças, podemos obter informações sobre seus sonhos, preocupações, desejos, cultura e costumes. As primeiras pinturas rupestres foram encontradas em Lascaux na França, em Altamira na Espanha e no Brasil no Piauí, na Bahia e em Goiás. No Brasil também foi encontrada em Minas Gerais na região de Lagoa Santa cenas de caça com uso de flechas, armadilhas aprisionando veados, e grandes redes com peixes, retratando movimento. Além das pinturas, muitos sítios apresentam outro tipo de arte rupestre, as gravuras que utilizava a técnica de raspagem das pedras, resultando figuras em baixo relevo. Existiam grupos que variavam seus temas. Alguns grupos utilizavam desenho geométrico, trabalhando com formas não representativas e desenhando pontos, traços e círculos em diferentes tamanhos e combinações. Outros grupos adotavam o desenho figurativo, com representações de pessoas, animais, árvores, objetos. Também os estilos variavam: existem figuras formadas apenas por linhas de contorno, outras apresentam pinturas cheias, outras, pontilhadas, alguns aproveitam o relevo da pedra para dar a impressão de volume. A arte rupestre é uma representação do mundo real, na forma de um símbolo. As possibilidades de interpretação tornam-se infinitas. O desenho pode estar funcionando como meio de comunicação, como forma de magia, como arte pura, como uma pré-escrita, como marcador de territórios.

PALEOLÍTICO SUPERIOR OU IDADE DA PEDRA LASCADA

Os instrumentos eram na maioria de pedra e osso. Alguns eram lascados para formar bordas cortantes e facilitar a obtenção de alimentos e a defesa. Os grupos eram nômades se deslocavam de um lugar para outro em busca de alimentos. A alimentação era composta basicamente de frutos, raízes, ervas, peixes e pequenos animais capturados com a ajuda de armadilhas rudimentares. Com o passar do tempo os instrumentos foram aperfeiçoados. Surgiram, por exemplo, a lança - arpão, o arco e flecha. No Paleolítico, as pessoas abrigavam-se em cavernas ou em espécies de choupanas feitas de galhos e cobertas de folhas. Também usavam tendas de peles de animais armadas na entrada das cavernas. A conquista do fogo representa um momento importante, passaram então a utilizá-lo para se aquecer, iluminar a noite, defender-se dos animais, cozinharem os alimentos. Embora existissem outras formas de expressão, como a decoração de couros, a cestaria ou o trabalho em madeira, somente chegaram até nós a escultura, as gravuras e as pinturas, não podemos deixar de citar as pequenas estatuetas de osso, argila ou pedra conhecidas como as Vênus pré-históricas. Possui um claro exagero dos traços sexuais em detrimento do restante do corpo, o que levou alguns autores a pensar que pudesse tratar de ídolos. O contorno é uma das bases da arte paleolítica. Em muitos casos foram aproveitadas as protuberâncias e as formas das paredes sobre a qual se pintava para realçar o efeito, ou se gravava e entalhava propositalmente a pedra para obter um contorno mais definido. Outros dos traços fundamentais é a representação do movimento.

MESOLÍTICO

O período Mesolítico é uma fase intermediária da Pré-história entre os períodos Paleolítico e Neolítico. Esta fase não ocorreu em todas as regiões do mundo, mas apenas naquelas onde a glaciação teve efeitos

mais consideráveis. O Mesolítico teve início há, aproximadamente, 10 mil anos atrás e terminou com o desenvolvimento da agricultura. O Mesolítico foi um período de transição, porém representou grandes avanços no sentido de garantir condições de sobrevivência para o homem pré-histórico. Principais avanços do período Mesolítico:

Domínio do fogo: com esta conquista o homem da Pré-história conseguiu espantar os animais selvagens que lhe representavam perigo. Foi possível também esquentar e iluminar a moradia, além de possibilitar o consumo de alimentos e carne cozida ou assada. Domesticação dos animais: possibilitou garantir uma reserva de alimentos para o momento que houvesse necessidade, eliminando a dependência da caça. Desenvolvimento da agricultura: com este avanço, o homem da Pré-história deixou de ser nômade para ser sedentário. Diminuindo a dependência da natureza, a agricultura garantiu maior quantidade de alimentos. Divisão de trabalho por sexo: os homens ficaram responsáveis pelo sustento da família e segurança do local, enquanto às mulheres cabiam as funções de cuidar dos filhos e da organização da habitação. Esta divisão de trabalho melhorou a organização social na Pré-história, favorecendo o desenvolvimento das famílias.

Muitos historiadores e antropólogos defendem a ideia de que as raízes das primeiras sociedades camponesas estavam presentes nas comunidades de coletores e caçadores complexos do período mesolítico.

NEOLÍTICO OU IDADE DA PEDRA POLIDA

No Neolítico, as formas naturais terminam assim convertendo-se em signos afastados da realidade. Os temas decorativos de caráter geométrico adquirem cada vez maior relevância. Encontramos instrumentos de pedra tecnicamente aprimorados. As pedras eram polidas e cada vez mais afiadas, servindo de potentes instrumentos de corte. As lâminas, com poucos centímetros de comprimento, eram presas a osso, chifres ou madeira. Além da caça, da pesca e da coleta, começaram a praticar a agricultura. Entre os produtos cultivados estavam o trigo, a cevada e a aveia. Com agricultura os grupos se fixaram em um lugar determinado. Iniciaram a domesticação dos primeiros animais, como a cabra e o porco. Para o armazenamento das colheitas desenvolveu diversas técnicas, entre elas a fabricação de peças de cerâmica, muitas vezes pintada. As vasilhas feitas à mão normalmente são de pequenos tamanhos e seu tratamento é muito variado, dependendo de sua função. As formas são diversos estando presentes as fechadas, arredondadas, cilíndricas e globulares com pescoço e gargalo. Apesar deste avanço continua o uso da pedra e do osso. Neste período aparecem as primeiras manifestações arquitetônicas. O homem ergue moradias, currais e silos. Porem as grandes construções desta época são as tumbas. Outras edificações foram às câmaras mortuárias, galerias cobertas, sepulcros de corredor e posteriormente sepulcros de cúpula. Isto demonstra que o homem do Neolítico contava com a organização social e a complexidade de suas crenças religiosas.

Imagens do Período Paleolítico

mais consideráveis. O Mesolítico teve início há, aproximadamente, 10 mil anos atrás e terminou com o

Vênus de Willendorf

mais consideráveis. O Mesolítico teve início há, aproximadamente, 10 mil anos atrás e terminou com o

Pintura rupestre

Imagens do Período Mesolítico

Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas

Machado

Imagens do Período Neolítico

Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas

Cerâmica

Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas

Machados polidos

Aalgumas imagens das cavernas de Chauvet e Lascaux (na França) e Altamira (na Espanha). Ainda fizemos um paralelo com imagens encontradas nas cavernas brasileiras:

Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas
Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas
Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas

Na segunda ilustração, percebe-se as marcas de mão estampadas nos desenhos da caverna, nessa época os homens faziam isto para demarcar território.

A seguir exemplos criativos de alunos ao ilustrarem suas próprias mãos:

Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas
Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas
Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas
Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas
Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas
Imagens do Período Mesolítico Machado Imagens do Período Neolítico Cerâmica Machados polidos Aalgumas imagens das cavernas