Você está na página 1de 10
 Um dos temas mais comuns da Sociologia, discutido na vida do trabalho, refere-se ao

Um dos temas mais comuns da Sociologia, discutido na vida do

trabalho, refere-se ao acúmulo desigual do capital e à luta existentes

entre as diferentes classes sociais.

Um dos autores clássicos da Sociologia acompanhou as mudanças causadas pela produção industrial, as desigualdades que dela resultaram e escreveu sobre o desenvolvimento do capitalismo: Karl Marx.

Foi Karl Marx quem afirmou que a história das sociedades até os

nossos dias não foi, senão, a história da luta de classes”. Toda a sua

obra tem como objetivo revelar como se dá tal relação de luta de classes na sociedade capitalista moderna.

 A mercadoria tem uma dupla determinação: ela é uma coisa útil, um valor de

A mercadoria tem uma dupla determinação: ela é uma coisa útil, um valor de uso e assim destinada a servir a uma dada necessidade; mas é também uma coisa que foi produzida para ser vendida, comercializada, sendo, portanto, um valor de troca.

Surge, por isso, uma antítese entre essas duas determinações da mercadoria: enquanto valor de uso a mercadoria se destina ao consumo;

enquanto valor de troca ela é produzida para o mercado, para a venda.

Ocorre, então, uma separação entre utilidade das coisas para as necessidades imediatas e sua utilidade para a troca. TEIXEIRA, Francisco José Soares. Pensando com Marx: uma leitura crítico-comentada de O Capital. São Paulo: Ensaio, 1995, p. 65.

A mercadoria tem papel fundamental no sistema econômico capitalista. Mais do que seu valor de uso, o que importa para o capitalista é seu valor de troca, que, posteriormente, estará relacionado com o lucro que será adquirido com a venda da mercadoria.

 Para Marx, Se as classes se constituem numa relação antagônica, elas se definem como

Para Marx, Se as classes se constituem numa relação antagônica, elas se

definem como politicamente opostas em luta. As classes sociais, sejam

quais forem, estão constantemente em luta, e é esse processo que revela o caráter antagônico das relações capitalistas de produção.

“Homem livre e escravo, patrício e plebeu, senhor e servo, mestre de corporação e companheiro, numa palavra o opressor e o oprimido

permaneceram em constante oposição um ao outro, levada a efeito numa

guerra ininterrupta, que terminou, cada vez, ou pela reconstrução revolucionária de toda sociedade ou pela destruição das classes em conflitos”.

O trecho acima citado manifesta a teoria sociológica da luta de classes de

Karl Marx.

Alienação  É um conceito de Karl Marx, que significa que o trabalhador perde o

Alienação

É um conceito de Karl Marx, que significa que o trabalhador perde o

controle do seu processo de trabalho e do seu produto, gerando um estranhamento em relação a ele, devido à existência da propriedade privada.

No caso da alienação em Marx dá-se o fetichismo da mercadoria e reificação do trabalhador. Este é um processo pelo qual a mercadoria, ser inanimado, é considerada como se tivesse vida, fazendo com que os valores de troca se tornem superiores aos valores de uso e determinem as relações entre os homens e não vice-versa. Em outras

palavras, a relação entre produtores não aparece como sendo relações

humanas, pois é a mercadoria que adquire valor superior ao homem, daí, privilegiam-se relações materiais entre pessoas.

 A figura acima explicita uma diferença clara entre o empregado e o patrão. Segundo

A figura acima explicita uma diferença clara entre o empregado e o patrão. Segundo a teoria marxista, o que causa essa diferença? A diferença entre o empregado e o patrão advém das relações de produção.

O patrão possui a posse dos meios de produção da vida material,

enquanto o empregado possui somente a posse de sua força de trabalho. Com isso, estabelece-se um contrato entre as partes no qual o

empregado vende essa força de trabalho (em troca de um salário de

subsistência) e produz mercadorias que irão gerar o lucro do patrão.

 A fotografia acima explicita qual característica da sociedade urbana capitalista contemporânea?  Segundo seus

A fotografia acima explicita qual característica da sociedade urbana

capitalista contemporânea?

Segundo seus conhecimentos de sociologia, o que causa esse tipo de característica?

A fotografia em questão apresenta um claro exemplo de desigualdades sociais.

Elas são geradas por contradições internas do próprio sistema capitalista,

que cria uma elite econômica detentora de capital, ao mesmo tempo em que proletariza e desumaniza o restante da população.

 Sobre o texto da embalagem acima, responda:  a) Ele faz referência a qual

Sobre o texto da embalagem acima, responda:

a) Ele faz referência a qual conceito sociológico? Qual pensador elaborou

esse conceito?

b) Qual crítica está sendo feita ao relacionarem esse conceito a uma campanha publicitária da Coca-Cola?

a) A imagem faz referência ao conceito de “mais-valia”, elaborado por Karl

Marx.

b) O conceito de mais-valia serve para Karl Marx, em seu livro O Capital, explicar a forma como o capitalista obtém lucro a partir da produção e venda de mercadorias. Dessa maneira, a crítica que está sendo feita é a de que essa campanha da Coca-Cola não está interessada no consumidor

de seus produtos, mas somente na obtenção da mais-valia; ou seja, ela

está interessada em fazer a empresa lucrar cada vez mais a partir da exploração do trabalho de seus funcionários.