Você está na página 1de 5

20/03/2015

TabelasdeNormasdeContabilidadeInternacional

20/03/2015 TabelasdeNormasdeContabilidadeInternacional Documentos Anotações Universitários

TabelasdeNormasdeContabilidadeInternacional

IASB.História.Evolução.Contaduría.ComitêdeNormasdeContabilidadeIntenacional.IASC

Enviadopor:Mowis

País:

Enviadopor: Mowis País: México 6páginas publicidad Ahistória

México

6páginas

Enviadopor: Mowis País: México 6páginas publicidad Ahistória

publicidad

Ahistória

ATabeladeNormasdeContabilidadeInternacional(IASB)precedeu­sepelaTabeladoComitêde

NormasdeContabilidadeInternacional(IASC)queoperoude1973atéas2001.

IASCfundou­seno1973dejunhocomoresultadodeumacordopeloscorposdecontabilidadena

Austrália,Canadá,França,Alemanha,Japão,México,PaísesBaixos,oReinoUnidoeIrlandaeos

EstadosUnidos,eestespaísesconstituíramaTabeladeIASCnessemomento.

Asatividadesprofissionaisinternacionaisdoscorposdecontabilidadeeramorganizadasbaixoa

FederaçãoInternacionaldeContadores(IFAC)em1977.Em1981,IASCeIFACestavamdeacordoesse

IASCteriamaautonomiacheiaecompletapondoasnormasdecontabilidadeinternacionaisepublicando osdocumentosdadiscussãonosproblemasdecontabilidadeinternacionais.Aomesmotempo,todosos membrosdeIFACsevoltarammembrosdeIASC.Esteelodonúmerodemembrossediscontinuóno

2000demaioquandoaConstituiçãodeIASCsemudoucomoapartedoreorganisationdeIASC.

Acronologiaseguinteào1998dejunhotoma­sedeumartigo,'IASC­25AnosdeEvolução,Trabalhoem

equipeeMelhoria',peloDavidCairns,anteriorsecretária­geraldeIASC,publicounaVisãodeIASC,no

1998dejunho.Ainformaçãocomplementou­separaoseventosentrejunho1998e1o2001deabril,

quandooIASBassumiuseupapel.

2001

OsfideicomisariosanunciamaosmembrosdaTabeladeNormasdeContabilidadeInternacional

OsfideicomisariosanunciamabuscaparaIASosmembrosdoConcilioAssessores

AeuropeuComissãopresenteslegislaçãopararequererusodeNormasdeIASCparatodoslistouas

companhiasnenhummaistardeque2005

Osfideicomisariostrazemanovaestruturanoefeito­1o2001deabril­IASBassumearesponsabilidade

porpôrasnormasdecontabilidade,asNormasInformandoFinanceirasInternacionaisdesignadas,

2000

AsreuniõesdeSICabriramàobservaçãopública

OComitêdeBasileaexpressaoapoioporIASseparaosesforçosparaharmonizaracontabilidade

internacionalmente

OSECconceitodescarregocomrespeitoaousodenormasdecontabilidadeinternacionaisnoEE.UU.

Comoapartedereestruturaroprograma,aTabeladeIASCaprovaumanovaConstituição

IOSCOrecomendaqueseusmembrospermitamosemissoresmultinacionaisparausar30normasdeIASCnasoferendasdacruz­

fronteiraeinscrições

publicidad

20/03/2015

TabelasdeNormasdeContabilidadeInternacional

NomeandooComitêanunciaaosFideicomisariosiniciaisdoIASCreestruturado

OsIASCmembrocorposaprovamIASCestáreestruturandoeanovaConstituiçãodeIASC

AComissãoeuropeiaanunciaplanejarequererasnormasdeIASCparatodooEUlistouascompanhiasdenenhummaistardeque

2005

SenhorqueDavidTweedienomeoucomoprimeiroPresidentedaTabeladeIASCreestruturada

OsfideicomisariosanunciamabuscaparaosnovosmembrosdaTabela­recebem­seemcimade200aplicações

ATabeladeIASCaprovaasmudançaslimitadasaIAS12,IAS19eIAS39(easNormasrelacionadas)

IASCfornecemdepessoalpubliqueoScriptdeAplicaçãoemIAS39

IASque41AgriculturaaprovouàúltimareuniãodaTabeladeIASC

1999

IOSCOrepasandeIASCcentronormascomeça

IASCBoardqueasreuniõesabriramàobservaçãopública

AsFinançasdeG7AtendeeFMIinsisteoapoioporIASsa'fortaleçaaarquiteturafinanceirainternacional'

NovoIFACoForoInternacionalnoDesenvolvimentodeContabilidade(IFAD)assumeocompromissoa'oapoioousodeNormasde

ContabilidadeInternacionaiscomoareferênciamínima'#mundial

CEEosóplanodomercadoparaosserviçosfinanceirosincluiusodeIASs

ImpulsosdaQUOTAquepermitemàscompanhiaseuropeiasusarIASssemCEEDirectiveseescalonarfosseGAAPamericano

AFederaçãodeEurasiandeContadoreseadoçãodeplanosdeControladoresdeIASsnospaísesdeCIS

IASCBoardaprovaarestructuraciónunanimementenatabelado14­membro(12jornadacompleta)baixoosfideicomisarios

independentes

AtabelafixaNomeandooComitêparaselecionaraosFideicomisariosprimeirobaixoanovaestruturadeIASC

1998

AsNovasleisnaBélgica,França,AlemanhaeItáliapermitemascompanhiasgrandesparausarIASsdomesticamente

PrimeiroatraduçãooficialdeIASs(alemão)

OIFACSetorpúblicoComitêpublicaapautadoprojetopeloInformarFinanceiroGovernamentalcomoumaplataformaparaumjogo

deNormasdeContabilidadedeSetorpúblicoInternacionais,serbaseadoemIASs,

OnúmerodepaísescomosmembrosdeIASCpassa100

EstratégiaqueoPartidoAtivopropõeàsmudançasestruturais,oslaçosmaisíntimosaosnormal­setternacionais,

IASspublicounoCDROM

AsnormasdocentrocompletaramcomaaprovaçãodeIAS39emdezembro

1997

OComitêdasInterpretaçõesempéformou

IASCeFASBemitemasnormassimilaresnasgananciasespelaporção

IASC,FASBeCICAemitemnovoSegmentaasnormascomasdiferençasrelativamentemenores

Opapeldadiscussãopropõeovalorjustopelosrecursostodofinanceiroseasobrigaçõesfinanceiras­IASCcelebra45reuniõesda

consultaciónem16países

AjuntaoGrupoAtivoeminstrumentosfinanceirosformadoscomosnormal­setternacionais

ARepúblicadepessoasdaChinavolta­seummembrodeIASCeIFACeuneIASCBoardcomooobservador

AQUOTAchamanaEuropaparausaroArmazóndeIASC

EstratégiaqueoPartidoAtivoformou

IASCpreparasuaInternetWebsite

1996

Oprogramadenormasdecentroacelerou,branco1998

OsexecutivosfinanceirosunemaTabelaeIOSCOuneaTabelacomooobservador

AtabelasaídasjuntaprojetonoscomestiblesescomaREINOUNIDOContabilidadeNormasTabela

EUContactoComitêencontraIASscompatívelcomodirectivesdeEU,comasexceçõesmenores,

OCongressoamericanorequer'umjogocomprensivodequalidadesuperiordenormasdecontabilidadeinternacionaisgeralmente

aceitadas

ASacadevaloresaustralianaapoiaoprogramaparaharmonizarasnormasaustralianascomIASs

20/03/2015

TabelasdeNormasdeContabilidadeInternacional

atendeaoComérciodoMundoqueOrganisationanimamrealizaçãobem­sucedidadenormasinternacionais

1995

OacordocomIOSCOparacompletarasnormasdocentropor1999­narealizaçãobem­sucedidaIOSCOconsideraráendossando

IASsparaasoferendasdacruz­fronteira

PrimeiroascompanhiasalemãsinformambaixoIASs

AscompanhiasdetenenciasuíçasunemaTabela

MalásiaeMéxicosubstituemaItáliaeJordâniaabordade­aÍndiaeAfricaSulestãodeacordoemcompartilharosassentosda

TabelacomSriLankaeZimbabwe

AComissãodoeuropeuapoiaoacordodeIASC/IOSCOeusodeIASspelasmultinacionaisdeEU

1994

SECaceitatrêstratamentosdeIASmaisIAS7

Atabelaencontra­seasnormal­setterparadiscutirE48osInstrumentosFinanceiros

OBancoMundialestádeacordoemconsolidaroprojetodeAgricultura

OestabelecimentodeConcilioAssessoraprovou

IOSCOadmiteaceitepassoapassodeIASsa14IASsmasadesperdícios('cartasdeShiratori)

FASBestádeacordoemtrabalharcomIASCnasgananciasespelaporção

OsEventosfuturos­primeiroapublicaçãodajuntadeG41

1993

ÍndiasubstituiaCoréiaabordade

IOSCOestádeacordoprontadenormasdocentroeendossaIAS7DeclaraçõesdeFluxodeDinheiroemnumerário

AcomparabilidadeprojetodeMelhoriascompletaramcomaaprovaçãodedezIASsrevisados

1992

PrimeiroacomissãoàRepúblicadePessoasdaChina

1991

PrimeiroaconferênciadeIASCdenormal­setter(organizadojuntodaQUOTAeFASB)

AVisãodeIASC,AtualizaçãodeIASCeesquemadeassinaturadepublicaçõeslançaram

FASBplanejamapoiaasnormasinternacionais

1990

AdeclaraçãodeTentativanaComparabilidaddeDeclaraçõesFinanceiras

AComissãoeuropeiamete­senoGrupoConsultivoeuneaTabelacomooobservador

Ofundoexternolançou

OcomitêdobispoconfirmaorelacionamentoentreIASCeIFAC

1989

QUOTAquepresidenteHermannNordemannsustentaqueosinteressesmaisbonsdessaEuropaseservempeloharmonisation

internacionaleoenvolvimientomaioremIASC

OarmazónparaaPreparaçãoeApresentaçãodeDeclaraçõesFinanceirasaprovadas

AIFACsetorpúblicopautaexigeàempresacomercialgovernamentalseguirIASs

1988

Jordânia,CoréiaeFederaçãoNórdicasubstituemMéxico,NigériaeTaiwánnaTabela

OprojetodosinstrumentosfinanceirocomeçoujuntodaTabeladeNormasdeContabilidadecanadense

IASCpublicaoestudonousodeIASs

FASBmete­senoGrupoConsultivoeuneaTabelacomooobservador

AComparabilidaddeE32deDeclaraçõesFinanceiras

1987

Oprojetodecomparabilidadcomeçou

IOSCOuneGrupoConsultivoeprojetodeComparabilidaddeapoios

PrimeiroIASCBoundoVolumedeNormasdeContabilidadeInternacionais

1986

20/03/2015

TabelasdeNormasdeContabilidadeInternacional

OsanalistasfinanceirosunemaTabela

AconferênciadajuntacomaSacadevaloresdeNovaYorkeaAssociaçãodaBarraInternacionalnoglobalisationdemercados

financeiros

1985

OforodeOCDEnoharmonisationdecontabilidade

IASCrespondeaSECaspropostasdoprospectomultinacionais

 

1984

OTaiwánuneaTabela

AreuniãoformalcomSECamericano

1983

ItáliauneaTabela

1982

IASC/IFACoscompromissosmútuos­aTabelaestendeua13paísesmaisquatro'outroorganisationscomuminteresseoinformando

financeiro'

1981

OGrupoconsultivoformou

IASCcomeçaasvisitasaosnormal­setternacionais

Afestaativaemimpostosdiferidopreparadoscomosnormal­setternosPaísesBaixos,REINOUNIDOeEE.UU.

1980

Adiscussãoempapelaemdescobertasbancáriospublicados

AsNaçõesUnidasoGrupodoFuncionamentoIntergubernamentalnaContabilidadeeInformandoasreuniõesduranteprimeirotempo

­IASCapresentaopapeldaposiçãonoco­funcionamento

1979

IASCencontra­seOCDEogrupoativonasnormasdecontabilidade

1978

NigériaeAfricaSulunemaTabela

1977

Aconstituiçãorevisadaadotou­aTabelaestendeua11países­'osócio'membros#voltarosmembros­areferênciaa'básico'as

normastiraram

IFACformou­IASCcontinuasendoautônomomascomorelacionamentoíntimocomIFAC

1976

OgrupodeDezGovernadoresdoBancodecidetrabalharcomIASC,efundoqueIASCprojetam,nasdeclaraçõesfinanceirasde

bancos,

1974

PrimeirooProjetodaExposiçãopublicou

Primeiroosmembrosassociadosadmitiram(Bélgica,Índia,Israel,NovaZelândia,PaquistãoeZimbabwe)

IAS1DescobertadePolíticasdeContabilidade

1973

IASCformou­areuniãoinaugural29junho,Londres,

Aestrutura

Aestruturadoorganisationpinta­senodiagramaseguinte.Aestruturadesenha­separaapoiaressesrasgosqueseconsideram

desejávelestabelecendoalegitimidadedeumorganisationdanormal­cena:seusmembrossãotecnicamenteespecialistas,

representamacomunidademaislargaesãoindependente.

Aestruturaconsegueseupropósitoporumequilíbriodasfunçõesdasváriaspartesdoorganisation,atravésdorelacionamento

operacionalmostradanodiagrama.Acomposiçãodocorpodevigilância(osFideicomisariosdaContabilidadeNormasComitê

FundaçãoInternacional),ocorpoassessor(asNormasoConcilioAssessor)eocorpointerpretativo(oComitêdasInterpretações

InformandoFinanceiroInternacional)representaacomunidademaislargarefletindoumadiversidadedefundosgeográficosou

profissionaisenúmerodemembrosdocorpodanormal­cena(aTabeladeNormasdeContabilidadeInternacional)ébaseadonos

princípiosdeconcorrênciatécnicaeindependência.

20/03/2015

TabelasdeNormasdeContabilidadeInternacional

resumosetrabalhos­Termosecondiçoesdeuso