Você está na página 1de 11

_____ME

MADEIRA EMIGRANTE
- Serviço de Notícias Regionais -

Actualidades:

Jardim quer Cavaco a intervir


no “escândalo” das verbas do Estado
O presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, pediu esta
semana a intervenção de Cavaco Silva na definição das verbas a transferir do
Orçamento de Estado para a Região, que considerou um “escândalo”.
“Não posso considerar definitivo o Orçamento de Estado em termos de Região
Autónoma da Madeira sem ver o que sucede à Lei de Finanças Regionais (LFR) mas,
para já, é um autêntico escândalo, é mais uma discriminação à Região Autónoma da
Madeira”, afirmou.
Alberto João Jardim vai ainda mais longe ao afirmar que os madeirenses são
“chamados de portugueses de terceira” quando comparados com os Açores pelas
transferências do PIDDAC, da Lei de Finanças Regionais e para as câmaras.
Através da Lei de Finanças Regionais, a Madeira receberá do Orçamento de Estado
de 2010 cerca de 205,2 milhões de euros, ao passo que os Açores receberão 370,4
milhões de euros. Mas, já do PIDDAC, a Madeira vai receber 420 mil euros e os
Açores 21 milhões.
No cômputo global, Governo da República vai transferir para os Açores mais 76,3% do
que as verbas destinadas à Madeira, ou seja, mais 165.249.174 euros.
No que concerne às verbas a transferir para as autarquias a Madeira deverá receber
menos 35,6 milhões de euros que os Açores. Isto é, a Região vai receber 64.455.268
euros e os Açores 100.061.164 euros.
No que diz respeito à intervenção do Estado nas infra-estruturas que detém na
Região, o orçamento prevê gastar 80 mil euros na remodelação do Palácio de São
Lourenço, 39 mil euros na remodelação do edifício da Alfândega, 75 mil euros na
recuperação da Quinta em São Roque da Universidade da Madeira, 126 mil euros na
implementação do sistema VTS e 51 mil euros na remodelação do tribunal da Ponta
do Sol.

Câmara do Funchal aprova Plano


de Urbanização para o Vale dos Socorridos
_____ME

A Câmara Municipal do Funchal aprovou esta semana, apenas com os votos


favoráveis da maioria, o Plano de Urbanização para o Vale dos Socorridos que prevê
uma área de intervenção de 145 mil metros quadrados.
Trata-se de uma zona onde há algum tempo atrás se deu uma derrocada de pedras
que atingiu uma britadeira ali instalada. Por isso mesmo, o Plano agora aprovado pela
CMF exige a estabilização da falésia e dos taludes de escavação, a retirada da
britadeira e a eliminação de depósitos de inertes.
Do conjunto de premissas que terão forçosamente que ser cumpridas estão a
requalificação do uso do solo para a instalação de equipamentos industriais, serviços e
comércio, integração paisagística das actividades industriais e respectivas instalações,
recuperação da integridade do leito da ribeira para impedir a contaminação das águas
e assegurar o escoamento dos caudais e a manutenção e um perímetro de segurança
em redor dos furos de captação de águas existentes no leito da ribeira.
“Considera-se que este é daqueles planos que é de todo o interesse para criar
condições também na vertente industrial e com alguma zona de comércio”, disse o
vereador com o pelouro das Obras Públicas, João Rodrigues.
Por outro lado, a CMF vai também proceder à elaboração do Plano de Pormenor do
Ornelas que contempla o quarteirão confinado entre a Rua do Hospital Velho, Rua do
Arcipreste e Rua Brigadeiro Oudinot. A ideia passa por construir uma nova praça
pública e recuperar o actual “bairro” habitacional, que se encontra muito degradado.
No futuro, este quarteirão irá ligar ao Plano de Pormenor do Carmo, através de um
circuito pedonal que terminará no Castanheiro e onde aparecerá uma nova praça,
entre a Travessa do Rego, Rua João de Deus, Rua das Hortas e a Rua do Carmo.
Ainda nesta reunião, a autarquia funchalense analisou o Plano de Pormenor Vila
Giorgi, compreendido entre a Rua da Carreira, Rua do Quebra Costas, Rua das
Cruzes, Calçada de Santa Clara e Rua da Mouraria, zona onde poderá nascer um
novo hotel de iniciativa privada.
O novo hotel de cinco estrelas com 44 quartos, SPA estacionamentos e composto por
um edifício de habitação colectiva com 33 apartamentos, deverá ser edificado na área
de implantação das antigas oficinas da Mazda, na Rua da Carreira. Em redor,
aparecerá uma zona verde.

Judiciária apanha estrangeiro


_____ME

com 40 bolotas de droga no corpo


Um homem de 33 anos de idade e de nacionalidade estrangeira foi esta semana
detido pela Polícia Judiciária do Funchal com 40 bolotas de droga no interior do corpo
que dariam para 5.070 doses individuais
O homem foi apanhado pela PJ quando tentava introduzir a droga na Madeira através
do aeroporto.
Os inspectores do Departamento de Investigação Criminal do Funchal encaminharam
o cidadão estrangeiro para o Urgências do Hospital Dr. Nélio Mendonça para expelir a
droga em condições de segurança, já que o rebentamento de uma destas bolotas
poderia provocar morte imediata.
O indivíduo de origem africana foi sujeito a primeiro interrogatório judicial, na
sequência do qual foi aplicado a medida de coacção de prisão preventiva por
presumível crime de tráfico de estupefacientes.
Ricardo Silva, o coordenador da PJ no Funchal salientou que esta detenção não tem
correlação com outras detenções relacionadas do tráfico de droga ocorridas durante
este mês de Janeiro.

Neve e mar agitado voltam


a atingir Arquipélago da Madeira
As zonas altas entre as serras do Poiso e do Pico do Areeiro, no Concelho do Funchal,
voltaram esta semana a ficar cobertas por um manto branco de neve, atraindo a
população para um cenário que é pouco habitual na Madeira, assim como também as
temperaturas mais baixas.
Por razões de segurança, o acesso automóvel esteve durante algum tempo
condicionado, circulando apenas viaturas todo-o-terreno. A neve e o granizo caíram
com alguma intensidade e o vento soprou com rajadas fortes.
De acordo com os dados do Instituto de Meteorologia, o arquipélago da Madeira
registou nos dias de quinta-feira e de hoje, sábado, aguaceiros fracos em especial nas
vertentes voltadas a Norte que foram de neve nos pontos mais altos. O vento soprou
moderado, entre os 25 e os 35 Km de Nordeste, e forte de 35 a 45 Km/h rodando
gradualmente para leste.
A Capitania do Funchal lançou um aviso de agitação marítima forte, recomendando
medidas de precaução a todas as embarcações e na costa Norte e costa Sul a Oeste
do Funchal que permaneçam nos portos de abrigo.

Impacto da revisão da Lei das Finanças


Regionais no Orçamento é de 0,05%
_____ME

Alberto João Jardim comentou, no início da semana, que se a despesa do Estado em


2010 for igual à de 2009 o impacto da revisão da Lei das Finanças Regionais será de
0,05 por cento no Orçamento.
O presidente do governo regional da Madeira fez esta observação no jantar com os
associados da ASSICOM - Associação da Indústria de Construção da Madeira,
alertando que os anos de 2010 e 2011 serão "difíceis".
"Estando o Orçamento viabilizado e representando a reposição da anterior lei, também
socialista, das finanças regionais - porque não é dinheiro a mais como está fazendo
crer a propaganda do PS -- um aumento da despesa de 0,05 no Orçamento do
Estado e um impacto de 0,04 por cento no PIB [Produto Interno Bruto], o Governo não
pode vir dizer que se demite", considerou.
Para Alberto João Jardim, "um país que perante a comunidade internacional tem um
Orçamento viabilizado, um país que perante a comunidade internacional está sob
observância e fiscalização tal como infelizmente Portugal estava na primeira
República, um país nestas circunstâncias não pode, perante a comunidade
internacional, vir dizer 'eu demito-me por causa de um aumento de despesa de 0,05
por cento'".
"A comunidade internacional pensaria - 'aqueles senhores são loucos, ainda bem que
se demitem'", realçou. "Se fosse a oposição a derrubar o Governo obviamente que a
população não gostaria, mas se é este 0,05 por cento que é o pretexto para eles se
demitirem então os portugueses, que graças a Deus estúpidos não são, vão perceber
que isto é uma trama", concluiu.
"Num momento em que alguns partidos da oposição já se manifestaram dispostos a
viabilizar o Orçamento pela via da abstenção, não faz qualquer sentido, a não ser uma
obsessão contra nós, continuar o Governo a ameaçar que se demite por causa destes
0,05 por cento no Orçamento do Estado", insistiu Alberto João Jardim.

Deputados da Assembleia Legislativa


dão um dia de salário às vítimas do Haiti
A Assembleia Legislativa da Madeira aprovou por unanimidade a atribuição do salário
de um dia de
trabalho dos deputados às vítimas do sismo no Haiti. A proposta, apresentada pelo
deputado da CDU-M, Leonel Nunes, representará uma ajuda de cerca de 3.600 euros.
A Assembleia Legislativa, por proposta do CDS-PP-M, aprovou também um voto de
pesar pelas vítimas do sismo no Haiti.
"A Assembleia Legislativa da Madeira manifesta o seu profundo pesar pelas vítimas do
Haiti e dirige ao Parlamento e ao povo haitiano sentidas condolências", refere o voto.
_____ME

Governo Regional vai comparticipar em 85%


agricultores afectados pelos temporais
O Governo Regional da Madeira vai apoiar com uma comparticipação até 85 por cento
os danos causados aos agricultores pelos recentes temporais que assolaram a
Região. De acordo com o secretário Regional do Ambiente e Recursos Naturais,
Manuel António, "já houve cerca de mil candidaturas solicitando apoio das quais o
executivo já analisou e aprovou 260".
Num balanço aos prejuízos causados aos agricultores, o governante não soube dar
um número exacto, fixando-o entre os 2,5 e os 3 milhões de euros.
"É difícil quantificar, até porque os serviços ainda estão no terreno avaliando as
candidaturas, mas deverá oscilar entre esses dois números, não incluindo, contudo, os
prejuízos causados em infra-estruturas e estruturas, cuja soma será à parte", disse.
"Queremos apoiar caso a caso e de forma rápida, tanto através desta ajuda financeira
como através da elaboração dos projectos que os agricultores terão que apresentar e
que os nossos serviços realizarão de forma gratuita", explicou. Manuel António falava
aos jornalistas durante uma visita à
freguesia da Ilha, no concelho de Santana, local bastante afectado, designadamente
nas estufas ali existentes.
Na localidade, as pessoas mais idosas dizem quase já não se recordarem da última
vez em que aconteceram temporais da intensidade destes verificados nas últimas
semanas de Dezembro passado. "Lembro-me, lá por volta dos anos 70, de uma coisa
semelhante", disse um popular, de 75 anos de idade. Estufas de produtos hortículas,
vinhas e pomares foram as culturas mais afectadas.

Almeida Santos elogia "obra positiva" de Jardim


mas discorda da sua forma de fazer política
O presidente honorário do PS, Almeida Santos, disse que o chefe do Governo
Regional, Alberto João Jardim, fez "uma obra positiva" na Madeira e que é
"economicamente sério", apesar de não apreciar a forma como ele faz política.
Almeida Santos fez esta declaração na sessão de encerramento do XVI Congresso
Regional do PS-M que consagrou Jacinto Serrão como presidente do partido,
oportunidade que aproveitou para afirmar ao companheiro de partido que "nem tudo o
que reluz é ouro".
"Eu não concordo com a maneira que o dr. João Jardim faz política mas tenho que
reconhecer que ele é economicamente sério e que fez uma obra positiva a nível das
infraestruturas urbanísticas, rodoviárias e turísticas", declarou. "Quem não reconhecer
isto não é justo, agora isso não quer dizer que nós não tenhamos o direito á
discordância noutros aspectos e é essa discordância, que sempre tive e terei, que o
_____ME

PS deve explorar, inclusive reconhecendo os aspectos positivos da obra dos governos


que até agora mandaram na Madeira", declarou.
Para Almeida Santos, "reconhecer o que é positivo e condenar o que é negativo
porque se reconhecermos o que é positivo seremos mais acreditados quando
condenamos aquilo que é negativo". Almeida Santos recordou que já havia
manifestado esta opinião em tempos num programa da televisão reafirmando "sou
muito justo naquilo que digo e respeito sempre aquilo que penso".

Economia

Vinho da Madeira embarcado na "Sagres" para


recriar epopeia do "Vinho da Roda"
Uma pipa com 55 litros de Vinho Madeira embarcou, no último dia 22, na "Sagres"
para fazer a terceira viagem circum-navegação do navio-escola português e recriar a
epopeia do denominado "Vinho da Roda".
A "Sagres" fundeou nesse dia logo pela manhã ao largo da baía do Funchal, numa
breve paragem na primeira etapa da viagem que vai durar 11 meses para receber o
tonel que foi transportado numa canoa tradicional da Madeira.
O comandante do navio, Proença Mendes, salientou que "a Marinha disponibilizou o
navio para uma missão de representação do Estado em várias paragens", estando
planeada a sua presença na regata de velas da Sudamérica, comemorativa dos 200
anos das independências da
Argentina e do Chile, na Expo Shangai 2010, nas comemorações dos 150 anos do
Tratado da Paz, Amizade e Comércio entre Portugal e o Japão e nas comemorações
dos 500 anos da expansão portuguesa no extremo oriente.
De acordo com o responsável, a "Sagres" costuma receber uma média de 15 mil
visitantes dia nos portos de paragem, sendo o do Funchal aquele que mais frequenta.
O navio-escola faz "também diplomacia cultural do país" e nas recepções a bordo
divulga os produtos genuinamente portugueses, pelo que nesta viagem leva "o bom
bacalhau português (cerca de 2.200 quilos), Vinho da Madeira e vários vinhos de
mesa que serão servidos para fazer ainda uma melhor representação do país".
Sobre a pipa de Vinho Madeira embarcada, sublinhou tratar-se de um "casco de 50
litros que, infelizmente tem de voltar", recordando que "há 500 anos que se sabe que
os vinhos licorosos, quando regressavam a bordo vinham mais ricos e saborosos".
"Vamos fazer esta experiência: levamos um casco devidamente selado, vai e volta,
que será comparado depois com os que cá ficam, a ver se vale a pena continuar com
este vinho "torna viagem", argumentou. A "Sagres" leva também garrafas de Vinho
_____ME

Madeira oferecidas pelo IVBAM para ser utilizado em provas nos diferentes portos por
onde passar.
Proença Mendes referiu também que esta terceira viagem de circum-navegação "é
patrocinada por apoios externos, tendo o Instituto do Vinho da Madeira visto uma
oportunidade de se juntar a esta missão, porque ao promovermos produtos
genuinamente português estamos a cumprir nossa missão de diplomacia económica".
Por seu turno, a presidente do Instituto do Vinho, Bordado e Artesanato da Madeira
(IVBAM), Paula Cabaço, explicou que os comerciantes aperceberam-se que a dupla
passagem do Vinho Madeira pelos trópicos, o calor e a ondulação "conferiam-lhe
propriedades muito boas, envelhecia-o prematuramente, e este vinho era muito
valorizado".
"O Vinho da Roda chegou a valer o dobro daquele que não fazia este circuito", referiu,
afirmando que esta foi uma iniciativa é uma forma de "recriar a epopeia".Disse que
tem também um carácter promocional e experimental do Vinho Madeira, "porque o lote
que embarca na "Sagres" será depois
comparado com um igual que fica nas caves do Instituto, em termos organolépticos e
químicos". Mencionou que a pipa contém vinho da casta Malvasia, "escolhida porque
foi aquela que deu a fama e nome ao Vinho Madeira no mundo e pelo seu simbolismo,
visto que foi D.Henrique, figura de proa do navio, que ordenou a sua introdução e
plantação na ilha".
Paula Cabaço garantiu que o vinho desta pipa "não será comercializado e será
engarrafado no regresso, ficando no Instituto para ser oferecido em ocasiões
simbólicas". Admitiu que "se calhar ainda vamos ter novidades com o vinho Madeira e
Sagres este ano".
Depois de receber o casco com Vinho Madeira, a "Sagres" deixou a baía do Funchal
rumo ao Brasil.

Empresa Horários do Funchal apresenta 10 novos


autocarros para fomentar transporte público
A empresa de transportes públicos Horários do Funchal, apresentou esta semana 10
novos autocarros, num investimento de dois milhões de euros, para fomentar o uso do
transporte público na cidade.
Numa apresentação nas instalações da empresa, no Funchal, a Secretária Regional
de Turismo e Transportes, Conceição Estudante, ressalvou, que cada vez mais o uso
_____ME

do transporte público deve ser uma prioridade dos cidadãos, contribuindo desta forma,
"para a continuação da política definida pelo executivo de redução de gases para a
atmosfera, ao mesmo tempo que se mantém a região, do ponto de vista ambiental,
limpa".
A responsável relembrou que a região é muito procurada, enquanto destino turístico,
como uma ilha "verde", mas, que para o destino possa continuar assim, é fundamental
"uma correcta política ambiental".
"Estes 10 autocarros, que vão aumentar a frota da empresa para 180 viaturas e que
vão diminuir a idade média dos meios disponíveis, são um contributo valioso para que
possamos ter no concelho do Funchal um ar respirável e também para que a nossa
pegada de ozono seja cada vez mais pequena", afirmou.
O Presidente do Conselho de Administração da Empresa, Nuno Homem Costa,
afirmou que as viaturas apresentadas podem realizar 82 por cento das linhas
actualmente em funcionamento.
"Os 10 novos autocarros estão habilitados a transportar passageiros em cadeiras de
rodas, sendo para isso, dotados de plataformas elevatórias hidroeléctricas", adiantou.

SATA inaugura no Verão ligação bissemanal


entre Ponta Delgada, Funchal e Faro
A transportadora aérea açoriana SATA vai inaugurar, no início do Verão, uma nova
rota entre Ponta Delgada, Funchal e Faro, que será assegurada pelos novos aviões
Bombardier Dash Q400, o primeiro dos quais foi entregue na últimasegunda-feira em
Toronto, Canadá.
"Esta nova ligação, que será realizada duas vezes por semana, terá partida e chegada
no mesmo dia em Ponta Delgada, permitindo a ligação entre os Açores, a Madeira e o
Algarve", revelou uma fonte da SATA, em declarações aos jornalistas nesta cidade
canadiana.

Nova ligação aérea Funchal-Faro


vem potenciar mercado espanhol
A secretária Regional de Turismo e Transportes, Conceição Estudante, considerou
que a nova ligação aérea entre a Madeira e Faro, operada pela SATA, "será usada
para fomentar o destino Madeira na Andaluzia". A responsável pelo turismo reagia, no
Funchal, à margem da apresentação de dez novos autocarros da Empresa Horários
do Funchal, à notícia sobre a nova ligação aérea da transportadora aérea açoriana
SATA, que a partir do Verão irá ligar numa nova rota Ponta Delgada, Funchal e Faro.
_____ME

Para a responsável, a ligação entre Faro e Funchal não trará concorrência ao destino
Madeira, dado que "será utilizada por quem já está no Algarve e quer vir, por motivos
turísticos, à Madeira", afirmou."Ou então, vai ser feita pelo próprios algarvios e mais
importante, por toda uma faixa do sul de Espanha - a Andaluzia - que neste momento
está ser trabalhada e orientada para poder trazer mais turistas para a Madeira",
afirmou.
Antes mesmo desta nova rota começar a funcionar, irá existir a ligação da companhia
aérea low cost Transavia, proveniente do Porto, já em Fevereiro. "São duas novas
ligações que potenciam bastante duas áreas: quer o continente português, quer a
Península Ibérica, tão importantes para a Madeira".
Ambas vão facilitar as ligações aéreas pela introdução de novos tarifários no mercado,
"e de outros públicos alvo que até agora tinham dificuldades em viajar, porque o preço
resultava excessivo para algumas faixas da população", disse.

Cultura:

“Seis Po' Meia Dúzia” e Dennisa chegam


às meias-finais do Festival da Canção
A Madeira volta a ter este ano fortes possibilidades de chegar à final do Festival da
Canção, que terá lugar a 6 de Março no Campo Pequeno, em Lisboa, ao ver apuradas
o agrupamento de música tradicional “Seis Po' Meia Dúzia” e Dennisa.
O grupo feminino que nasceu dos conhecidos “Xarabanda” ficou em décimo lugar nas
preferências dos votantes online, com o tema “Pássaro Saudade” que obteve 1701
votos. Dennisa que interpretou o “Meu Mundo de Sonhos” ficou em 18º lugar, com
1225 votos.
As “Seis Po' Meia Dúzia”, composto por Carina, Cristina, Fátima, Carla, Sílvia e
Susana, das “Seis Po' Meia Dúzia”, e a jovem portossantense Dennisa vão agora
disputar as meias-finais, entre 2 e 4 de Março, seguindo-se depois a final onde se
saberá quem irá representar Portugal no Festival da Eurovisão, na Noruega.
O “Pássaro Saudade” foi escrito por Irene Lucília Andrade e composto por Ricardo
Rodrigues e o “O Meu Mundo de Sonhos” é da autoria de João Novo e foi composta
por Rui Barreto e João Sanguinheira.

Desporto:

Nacional da Madeira angaria 10 mil euros


em jogo de beneficência para o Haiti
_____ME

O Nacional da Madeira angariou cerca de 10 mil euros na partida de beneficência da


passada terça-feira em favor do Haiti, atingido pelo recente terramoto de magnitude 7,
anunciou o clube insular.O Maribor, campeão da Eslovénia, venceu por 3-1 o
Nacional, no Estádio da Madeira, no Funchal, numa partida marcada pelo regresso do
treinador Manuel Machado ao comando técnico dos "alvi-negros", dois meses depois
da paragem forçada por motivos de saúde. "O Nacional, enquanto instituição de
utilidade pública, de algum modo também uma instituição de solidariedade, entendeu
que era sua responsabilidade dar um sinal público de que, por um lado, está atento a
tudo o que se passa em seu redor e, por outro, que sofre com aquilo que acontece aos
seus semelhantes", lê-se em comunicado.

Manuel Machado mantém intactos


os objectivos europeus
O treinador de futebol do Nacional, Manuel Machado, que regressou esta semana ao
comando técnico da sua equipa, disse que mantém intactos os objectivos europeus da
sua equipa para a presente temporada.
Em conferência de imprensa, Manuel Machado salientou que, além dos "três grandes",
este ano é preciso contar com o Sporting de Braga, o que torna mais difícil o objectivo
de qualquer outra das equipas candidatas a uma posição nas competições europeias.
"É nossa obrigação lutar em cada um dos jogos por um melhor desempenho, para ver
se conseguimos os 50 ou 52 pontos necessários a que isso seja uma realidade",
realçou.
Dois meses depois do afastamento forçado devido a problemas de saúde, Manuel
Machado faz um balanço positivo ao trabalho desenvolvido nesse período. "A equipa
deu a continuidade possível ao trabalho que vinha a desenvolver", realçou o técnico,
aproveitando para agradecer ao presidente do Nacional "toda a compreensão que teve
neste período".
Manuel Machado estendeu os agradecimentos aos colaboradores técnicos e aos
jogadores, "pela dignidade demonstrada durante um período de grande volume de
competição", na medida em que tiveram de enfrentar os jogos da Liga Europa,
campeonato, Taça de Portugal e Liga.
Numa outra vertente, o treinador do Nacional agradeceu aos serviços hospitalares do
Funchal "pela excelente prestação que tiveram relativamente aos aspectos técnicos e
humanos" para a sua recuperação.
Aos adeptos do clube que o saudaram calorosamente no regresso ao relvado, Manuel
Machado salientou que é um apoio permanente que já vem de longa data.
Questionado sobre a gestão das notícias sobre o seu estado de saúde, o técnico disse
que alguma comunicação social tratou o assunto "com muita dignidade e respeito",
_____ME

lamentando a postura de alguns jornais e revistas, que não trataram o assunto com a
mesma elevação.
"Sinto que alguma comunicação social vendeu as revistas e os jornais, por isso digo
que já dei para esse peditório e não ganhei nada com isso", lamentou, assumindo que
nunca mais volta a falar no assunto.
Relativamente ao ingresso de Rúben Micael no FC Porto, o técnico que apostou no
jovem madeirense realçou ter ficado muito contente pelo jogador e pelo facto de o
Nacional ter obtido dividendos com a transferência.

Marítimo - Diakité satisfeito


por ingressar num "grande clube"
O médio internacional maliano Mourtala Diakité mostrou-se satisfeito por ter
ingressado num "grande clube", em declarações proferidas após o primeiro treino ao
serviço do Marítimo, nono classificado da Liga portuguesa de futebol. Na primeira
conferência de imprensa aos jornalistas madeirenses, Diakité afirmou ter sido "muito
bem recebido, quer pelos colegas de equipa, quer pelos treinadores e demais
estrutura do clube".
O jogador, que tanto pode alinhar como médio defensivo como defesa central, disse
estar "pronto para jogar na posição que o treinador achar melhor".
Diakité fez também uma breve antevisão do jogo desta próxima segunda-feira, em
Matosinhos, com o Leixões, afirmando que esta equipa "está muito bem organizada,
principalmente no seu sector defensivo". O maliano junta-se aos reforços Tchô, Yuri e
Rafael Miranda, nesta reabertura do "mercado" de transferências. Mourtala Diakité tem
29 anos, mede 1,88 metros, é proveniente do Belenenses, onde esta época alinhou
em 15 jogos, marcando um golo e soma 30 internacionalizações ao serviço da
selecção do Mali, pela qual marcou seis golos.
**MADEIRA EMIGRANTE – FIM – 30 DE JANEIRO DE 2010**

Interesses relacionados