MINISTÉRIO DA DEFESA

EXÉRCITO BRASILEIRO
DECEx - DPEP
INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO

MÓDULO DIDÁTICO PARA EXECUÇÃO E AVALIAÇÃO DO TREINAMENTO FÍSICO
MILITAR PARA O CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA
ESCOLA DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO EXÉRCITO

MINISTÉRIO DA DEFESA
EXÉRCITO BRASILEIRO
DECEx - DPEP
INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO

ÍNDICE

1.INTRODUÇÃO

3

2.OBJETIVOS

3

3.FINALIDADES

3

4.MÉTODOS DE TREINAMENTO
Treinamento Cardiopulmonar
Corrida contínua
Treinamento Intervalado Aeróbio
Treinamento Neuromuscular
Ginástica básica
Treinamento em circuito
Treinamento Utilitário
Pista de Pentatlo Militar
Treinamento Complementar
Treinamento Específico
Natação
Desportos
Modalidades desportivas
5.AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FÍSICO MILITAR
Avaliações
Objetivos
Quantidades de avaliações de TFM
Datas de execução
Condições de execução das avaliações
2ª Chamada da avaliação somativa de TFM
6.CONDIÇÕES DE APROVAÇÃO NO CFO/ESFOEX
7.AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO
8.CONSELHO DE ENSINO
9.ANEXOS

3
3
6
6
7
7
7
8
8
8
8
9
9
9
9
9
10
10
10
10
10
11
11
12
12

2

que deverão ser alcançados segundo um critério eliminatório e classificatório. definindo Padrões de Desempenho Físico cientificamente adequados às características do militar do Exército Brasileiro. INTRODUÇÃO A execução e avaliação do Treinamento Físico Militar (TFM) do Curso de Formação de Oficiais da Escola de Formação de Oficiais do Exército (CFO / ESFOEX) leva em consideração as conclusões do Projeto TAF 2005 . os Padrões Mínimos e Máximos de Desempenho Físico a serem obtidos em cada avaliação.Correr em forma e livre.EME. Desta forma. 2. 3. OBJETIVOS O Módulo Didático de Execução e Avaliação do Treinamento Físico Militar tem por objetivos: a. Aplicar a metodologia do TFM para o desenvolvimento da condição física do aluno(a). 3 . dimensionando. A “CORRIDA EM FORMA” visa desenvolver o espírito de grupo e a “CORRIDA LIVRE” visa desenvolver a condição física aeróbia através da individualização do treinamento. foi elaborado o Módulo Didático para Execução e Avaliação do Treinamento Físico Militar para o CFO / ESFOEX (homens e mulheres). 2) Condições de Execução .Dividir a sessão de CORRIDA CONTINUA em “CORRIDA EM FORMA” e “CORRIDA LIVRE”. para cada avaliação de TFM. 4. o Exame de Avaliação Física (EAF) necessário como condição de matrícula. MÉTODOS DE TREINAMENTO Treinamento Cardiopulmonar Corrida Contínua 1) Tarefa . de 31 Mar 2008.Portaria Nr 032 .MÓDULO DIDÁTICO PARA EXECUÇÃO E AVALIAÇÃO DO TREINAMENTO FÍSICO MILITAR PARA O CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA ESCOLA DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO EXÉRCITO HOMENS E MULHERES 1. b. b. FINALIDADES a. Estabelecer os padrões de desempenho físico. Regular o TFM dos alunos matriculados no Curso de Formação de Oficiais a ser executado durante o ano de instrução na Escola de Formação de Oficiais do Exército. as Tabelas de Equivalência de Graus e a Metodologia de Treinamento Físico Militar a ser aplicada. de forma coerente e racional. durante o ano de instrução. as avaliações de TFM a serem exigidas na EsFOEx. Normatizar os exercícios e os respectivos índices mínimos para a seleção de candidatos ao Curso de Formação de Oficiais da Escola de Formação de Oficiais do Exército.

Segue o programa de corrida contínua para desenvolver padrões: 4 . no momento. .A “CORRIDA EM FORMA” deverá ter como “guia” o pior condicionamento aeróbio em forma..A “CORRIDA LIVRE” deverá ser executada individualmente ou por grupos homogêneos.

grama ou terra batida nas oito primeiras semanas para evitar lesões musculares..Correr sobre piso de areia. 3) Padrão Mínimo a) Até a 1ª avaliação de TFM 5 . Deverão ser evitados nestas semanas os pisos de asfalto. cimento e paralelepípedos. tendinosas ou ligamentares.

. logo t = ——————— = 1minuto e 30 segundos 3200 t = 1 min 30 seg b) Repetições . d) Controle Fisiológico .O local deve ser plano e com curvas suaves. Treinamento Intervalado Aeróbio 1) Tarefa . b) Após a 1ª avaliação de TFM . A este valor soma-se 200 m (3000 + 200 = 3200 m). visando o desenvolvimento de padrões individuais. O ritmo a ser mantido corresponde a 3200 m em 12 min. 6 . por meio das frequências cardíacas de Esforço (FCE) e Recuperação (FCR). Se.O controle fisiológico deve ser realizado por meio da frequência cardíaca a fim de confirmar se a carga está adequada. O aumento muito grande na frequência cardíaca de esforço (FCE) indica que o esforço está elevado e a sessão deve ser interrompida e/ou reajustada. os executantes não estiverem recuperados (FC acima de 70% FCMax) é recomendável que o intervalo seja aumentado. A intensidade para cada estímulo de 400 m será determinada somando-se 200 m ao resultado da corrida do teste físico.Executar o Treinamento Intervalado Aeróbio. a fim de confirmar se a carga está adequada. 2) Condições de Execução . O TIA deverá ser controlado. ao término do intervalo.As sessões de Treinamento Intervalado Aeróbio (TIA) devem ser realizadas “INDIVIDUALMENTE” e visam desenvolver a resistência aeróbia e anaeróbia através da alternância dos estímulos (intensidade da corrida) de médios para fortes. EXEMPLO: o militar alcançou 3000 m no teste físico.Utilizar os resultados obtidos na 1ª avaliação de TFM. d) Local de Instrução . 3) Padrão Mínimo a) Distância e intensidade .A distância utilizada em cada estímulo é de 400 m. conforme o quadro a seguir: RESULTADO DO ÚLTIMO TESTE FÍSICO 2000 m a 2300 m 2400 m a 2700 m 2800 m a 3100 m 3200 m a 3500 m NÚMERO DE REPETIÇÕES RECOMENDADAS 5 a 13 6 a 14 7 a 15 8 a 16 c) Intervalo .Seguir as cargas estabelecidas na tabela Nr 1. 3200 m _____ 12’ 400 x 12 400 m _____ t.O número de repetições depende do grau de condicionamento do militar. se o percurso for circular. Cálculo do tempo: por meio de uma regra de três chega-se ao valor do tempo de cada estímulo.Caso o intervalo já estiver em 90 seg deve-se diminuir a intensidade.O intervalo entre os esforços varia de 90 seg a 30 seg conforme o condicionamento.

Executar a ginástica básica a 07 (sete) repetições.Executar a ginástica básica.Os exercícios são os previstos no manual C 20-20 (TFM).Os exercícios são os previstos no manual C 20-20 (TFM).Executar a ginástica básica a 05 (cinco) repetições.Treinamento Neuromuscular Ginástica Básica 1) Tarefa .Executar a Pista de Treinamento em Circuito (PTC). 3) Padrão Mínimo a) Até a 1ª avaliação de TFM . Treinamento em Circuito 1) Tarefa . 2) Condições de Execução . b) Após a 1ª avaliação de TFM . 2) Condições de Execução . 7 .Executar 01(uma) passagem a 45(quarenta e cinco) segundos. b) Após a 1ª avaliação de TFM .Executar 02(duas) passagens a 45(quarenta e cinco) segundos. Padrão Mínimo a) Até a 1ª avaliação de TFM .

2) Condições de Execução . 3) Padrão Mínimo a) Até a 1ª avaliação de TFM Executar 3 vezes o VS com intervalo de 01 (um) minuto e 30 (trinta) segundos.Idem para flexão de braços e barra. Treinamento Complementar Treinamento Específico 1) Tarefa . b) Após a 1ª avaliação de TFM . . 3) Padrão Mínimo .Executar 01(uma) passagem sem tempo (homens e mulheres). 8 . 2) Condições de Execução As técnicas de ultrapassagem dos obstáculos da PPM estão previstas no manual C 20-20.Treinamento Utilitário Pista de Pentatlo Militar (PPM) 1) Tarefa .Executar uma pista escola na PPM.5 = Volume Máximo (VMax) . abdominal e flexão na barra.Executar o número máximo de repetições (RMax) de flexões de braços.5 = 45 abdominais (VMax) 45 / 3 = 15 abdominais (VS) Sessão = 3 x 15 abdominais com o intervalo previsto de 01 (um) minuto e 30 (trinta) segundos.Multiplicar RMax por 1.Dividir VMax por 3 = Volume da Série (VS) EXEMPLO: Resultado da avaliação = 30 abdominais (RMax) 30 x 1. .Executar 3 vezes o VS com intervalo de 01 (um) minuto.Executar o treinamento específico de flexão de braços. abdominal e barra a cada 8 (oito) semanas.

AVALIAÇÕES DE TREINAMENTO FÍSICO MILITAR a. Os exercícios a serem realizados nas avaliações de TFM são: . tênis. . 3) Padrão Mínimo . aplicação e execução. Avaliações As avaliações de TFM do CFO da EsFOEx foram selecionadas segundo critérios de fácil controle. . Desportos Modalidades Desportivas 1) Tarefa .As modalidades desportivas previstas no manual C 20-20 são: futebol. 3) Padrão Mínimo .Nadar 400 metros em qualquer estilo e sem tempo. e . 5.Natação 1) Tarefa .abdominal supra. em 02 (dois) grupamentos: Grupamento “A” (Escolinha) – Exercícios de flutuação.Executar o treinamento regenerativo de natação.flexão de braços. voleibol.corrida de 12 minutos. respiração. natação e orientação.Executar as modalidades desportivas 2) Condições de Execução .Permitir a participação dos alunos nas sessões previstas.Separar os alunos por habilidade natatória. 9 . sendo as mesmas exigidas pela Portaria Nr 032-EME de 31 de março de 2008. Grupamento “B” – Executar os tiros de 25 metros com intensidade leve e moderada. 2) Condições de Execução .flexão na barra (homens). educativos de perna e braço. basquete.

Datas de Execução SEMANA DE INSTRUÇÃO 1ª semana Da 10ª a 12ª semana Da 13ª a 15ª semana Até 30 dias após a realização da 1ª chamada / 1ª AS TFM Da 20ª a 22ª semana Da 23ª a 25ª semana Até 30 dias após a realização da 1ª chamada / 2ª AS TFM Avaliação de Recuperação Da 29ª a 32ª semana 34ª semana AVALIAÇÃO Avaliação Diagnóstica de TFM (medidas antropométricas e teste físico) Avaliação Formativa de TFM 1ª Avaliação Somativa de TFM 2ª chamada (1ª Avaliação Somativa de TFM) Avaliação Formativa de TFM 2ª Avaliação Somativa de TFM 2ª chamada (2ª Avaliação Somativa de TFM) Até 15 dias corridos após a realização da 2ª Chamada da 2ª Avaliação Somativa de TFM Medidas antropométricas Remessa de dados ao IPCFEx e.b. Condições de Execução das Avaliações As avaliações deverão ser realizadas durante dois dias consecutivos. e . de acordo com a avaliação diagnóstica de TFM na 1ª semana. No 2º dia os exercícios de corrida de 12’ e flexão de braços. e .Verificar o nível de desempenho físico do discente para definir o programa de treinamento a ser desenvolvido de acordo com este módulo. Objetivos 1) Do Padrão de Aptidão Física Inicial (PAFI) .Definir o parâmetro mínimo de desempenho para o início do desenvolvimento da condição física do aluno(a). 2) Da Avaliação Diagnóstica de TFM (AD TFM) . 10 . subsidiar decisões do Conselho de Ensino. c.Acompanhar o desenvolvimento do TFM. No 1º dia serão realizados os exercícios de flexão na barra (homens) e abdominal supra.Não será computada para compor a nota final de TFM.Estabelecer as notas para fins de classificação e. . . .Verificar se o Padrão Especial de Desempenho Físico (PED) foi atingido. 02 (duas) Avaliações Formativas e 02 (duas) Avaliações Somativas. 3) Da Avaliação Formativa de TFM (AF TFM) . 4) Da Avaliação Somativa de TFM (AS TFM) .Permitir o ajuste imediato do processo de treinamento físico em andamento.Familiarizar o aluno com a execução do TAF.Não será computada para compor a nota final de TFM. Quantidades de avaliações de TFM Durante o ano letivo serão realizadas 01(uma) Avaliação Diagnóstica. se for o caso. d.

e c. NOTA 1ª AS TFM = (FLEXÃO DE BRAÇOS + ABDOMINAL + CORRIDA) /3 NOTA 2ª AS TFM = (FLEXÃO DE BRAÇOS + ABDOMINAL + CORRIDA) /3 A NOTA FINAL será igual a média aritmética dos graus obtidos nas 1ª e 2ª avaliações somativas de TFM: NOTA FINAL = (NOTA 1ª AS TFM + NOTA 2ª AS TFM) /2 7. CONDIÇÕES DE APROVAÇÃO NO CFO/ESFOEX Será considerado(a) aprovado(a) o(a) aluno(a) que obtiver: a. 2ª Chamada da Avaliação Somativa de TFM O(A) aluno(a) que não realizar a AS de TFM nos dias marcados. ou seja. A nota de cada AS de TFM é igual a média aritmética dos graus obtidos nos exercícios de FLEXAO DE BRAÇOS. flexão de braços e abdominal supra). será considerada a idade do aluno na data da execução da 1ª chamada da avaliação. nota igual ou maior que 5. f. os padrões mínimos estabelecidos nos anexos 2 e 6 em todos os exercícios (corrida de 12 minutos. o padrão mínimo estabelecido no anexo nr 5 no exercício de flexão na barra fixa em qualquer das AS de TFM (somente para o discente do sexo masculino). com exceção das avaliações somativas de 2ª chamada. A avaliação de recuperação seguirá os moldes e os índices da 2ª AS de TFM e será realizada até 15 (quinze) dias corridos após a realização da 2ª AS de TFM ou da 2ª chamada dessa avaliação.0 (cinco vírgula zero). AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO O discente que não cumprir as condições estabelecidas no item 6.As condições de execução de cada exercício estão previstas nos ANEXOS 2 e 6. e 11 .0 (cinco vírgula zero). ficará com grau zero. CONDIÇÃO DE APROVAÇÃO deste Módulo será submetido à avaliação de recuperação. os padrões mínimos estabelecidos nos anexos 2 e 6 em todos os exercícios (corrida de 12 minutos. realizará a 2ª chamada até 30 (trinta) dias após a data considerada. flexão de braços e abdominal supra) em qualquer das AS de TFM. Para fins de determinação de índices na tabela de equivalência de graus. Se após os 30 (trinta) dias o discente não realizar a 2ª chamada. Será considerado(a) aprovado(a) na avaliação de recuperação o(a) aluno(a) que obtiver: a. b. b. para as avaliações de 2ª chamada. nota final igual ou maior que 5. Para fins de determinação de índices na tabela de equivalência de graus. cujo procedimento será descrito a seguir. se houver. por incapacidade física momentânea ou por outro motivo justificado. ABDOMINAL e CORRIDA. 6. será considerada a idade do aluno na data da execução do exercício.

será considerado reprovado e deverá ser submetido ao conselho de ensino. para julgar aquele(a) discente que não for aprovado(a) na avaliação de recuperação. CONSELHO DE ENSINO O conselho de ensino para aprovação na disciplina de TFM será formado de acordo com o previsto no regulamento da EsFOEx. a noção de responsabilidade e a consciência profissional do(a) aluno(a) assegurarão a recuperação da condição física na OM de destino.0 (cinco vírgula zero). então o(a) aluno(a) poderá ser aprovado(a) com a nota final igual a 5. Após a avaliação de recuperação caso o discente atenda as condições de aprovação. ANEXOS Nr 1 – DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA Nr 2 – AVALIAÇÃO DE TFM (SEGMENTO MASCULINO) Nr 3 .0 (cinco vírgula zero). d. 9. Caso contrário o discente deverá ser reprovado. 8.TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE GRAUS – 2ª AVALIAÇÃO DE TFM (SEGMENTO FEMININO) 12 . O discente que não cumprir as condições estabelecidas para a avaliação de recuperação.AVALIAÇÃO DE TFM (SEGMENTO FEMININO) Nr 7 .TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE GRAUS – 1ª AVALIAÇÃO DE TFM (SEGMENTO FEMININO) Nr 8 .TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE GRAUS – 1ª AVALIAÇÃO DE TFM (SEGMENTO MASCULINO) Nr 4 . independentemente do resultado obtido na avaliação de recuperação. o padrão mínimo estabelecido no anexo nr 5 no exercício de flexão na barra fixa (somente para o discente do sexo masculino). o valor de sua nota final será nota 5.c.TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE GRAUS – 2ª AVALIAÇÃO DE TFM (SEGMENTO MASCULINO) Nr 5 – FLEXÃO NA BARRA (SEGMENTO MASCULINO) Nr 6 . Se o conselho de ensino concluir que a condição física manifestada em situações anteriores.

medidas antropométricas TOTAL 02 02 02 02 02 140 13 .ANEXO Nr 1 – DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA UNIDADE DIDÁTICA 1. natação j. medidas antropométricas b. Treinamento Cardiopulmonar 3. Avaliação da Aprendizagem 8. 2ª Avaliação Formativa (2ª AF) n. Medidas Preliminares 2. Treinamento Neuromuscular ASSUNTOS a. Desportos 7. Medidas Complementares k. 1ª Avaliação Formativa (1ª AF) l. 2ª Avaliação Somativa (2ª AS) o. Pista de Pentatlo Militar 04 5. teste físico c. corrida contínua d. TIA e. ginástica básica CARGA HORÁRIA 02 02 36 20 16 f. Treinamento Complementar h. 1ª Avaliação Somativa (1ª AS) m. Treinamento Utilitário g. modalidades desportivas 12 10 12 6.treinamento específico i. treinamento em circuito 16 4.

erguendo. Após adotar a abertura padronizada dos braços.A aproximação de 50 em 50 metros deverá ser feita para distância imediatamente superior. na sombra. cada militar deverá correr ou andar a distância máxima no tempo de 12 minutos. preferencialmente. < = 25 FAIXA ETÁRIA 26 a 29 30 a 33 > = 34 24 23 22 20 40 36 34 33 2600 2550 2500 2400 De acordo com o Anexo nr 5 14 . Local: Em piso duro (asfalto ou similar) e plano. com o polegar envolvendo-a. braços cruzados sobre o peito. O ritmo das flexões abdominais. mantendo os pés unidos e apoiados sobre o solo. liso e. . Tempo de realização do OII: não há.não poderá obter impulso com os braços afastando-os do tronco e.1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FÍSICO MILITAR (CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO) (SEGMENTO MASCULINO) EXERCÍCIO FLEXÃO DE BRAÇOS ABDOMINAL SUPRA CORRIDA FLEXÃO NA BARRA PADRÃO MÍNIMO CONDIÇÃO DE EXECUÇÃO Uniforme: o de TFM Local: Em terreno plano. quando será completada uma repetição. então. Posição inicial: Tomar a posição deitado em decúbito dorsal. permitindo. Execução: Na posição inicial de pé. podendo ser utilizado tênis apropriado para a corrida. pés apoiados no solo. ou o corpo encoste no solo. na sombra. posicionando os dedos de sua mão espalmada. Execução: Após a ordem de iniciar. os braços. flexionando os braços paralelamente ao corpo até que o cotovelo ultrapasse a linha das costas. o militar deverá executar uma flexão dos braços na barra até que o queixo ultrapasse completamente a barra (estando a cabeça na posição natural. quando será completada uma repetição.É proibido o acompanhamento do executante em qualquer momento da avaliação. Uniforme: o de TFM Posição inicial: O militar. As distâncias marcadas de 50 em 50 metros. e . Uniforme: o de TFM Local: Em terreno plano. nem balanço das pernas para auxiliar o movimento. sem paradas. sob o tronco do mesmo a uma distância de quatro dedos de sua axila. Cada militar deverá executar o número máximo de flexões de braços sucessivas. liso e.a avaliação será realizada por todos os militares do sexo masculino. de forma que as mãos encostem no ombro oposto (mão esquerda no ombro direito e vice e versa). o tronco e as pernas até que os braços fiquem totalmente estendidos.Não valerá grau para compor as notas de ASTFM e NOTA FINAL. sem uso de outro apoio.não poderá haver nenhum tipo de impulso. quando será completada uma repetição. Execução: A flexão abdominal deverá ser realizada até que as escápulas percam o contato com a mão do avaliador e retornar à posição inicial. O ritmo das flexões de braços na barra é opção do militar. será opção do militar. que as mãos fiquem com um afastamento igual à largura do ombro. de maneira que se tenha o controle do quanto cada militar correu. e . sendo aceitáveis pequenos desníveis compensados ao longo do percurso. novamente. Observações: .Deverá ser dada atenção ao tamanho do efetivo que irá realizar o teste. Tempo de realização do OII: 5 minutos. preferencialmente. calcanhares próximos aos glúteos. simultaneamente.Disponibilizar água para a reposição hídrica antes e após a avaliação. Estenderá. Será verificado o desempenho físico individual quanto a suficiência na avaliação. tampouco. sem interrupção do movimento. ficando as mãos ao lado do tronco com os dedos apontados para a frente e os polegares tangenciando os ombros. Cada militar deverá executar o número máximo de flexões abdominais sucessivas. Esta posição deverá ser mantida durante toda a realização do exercício. assim. deverá erguer o tronco até que os braços fiquem estendidos. .É permitida a retirada da camisa. sem paradas. O avaliador deverá se colocar ao lado do avaliado. . sem interrupção do movimento. sob a barra. Uniforme: o de TFM. tangenciando o limite inferior da escápula (omoplata). retirar os quadris do solo durante a execução do exercício. sem hiperextensão do pescoço) e. joelhos flexionados. descer o tronco até que os cotovelos fiquem completamente estendidos (respeitando as limitações articulares individuais). Posição inicial: o militar deverá se deitar em decúbito ventral. O ritmo das flexões de braços. apoiando o tronco e as mãos no solo. Execução: O militar deverá abaixar o tronco e as pernas ao mesmo tempo. perpendicularmente. As mãos deverão permanecer com um afastamento entre si correspondente à largura dos ombros e o corpo deverá estar estático.ANEXO Nr 2 . Tempo de realização do OII: não há Observações: . podendo haver ou não interrupções ou modificações do ritmo de corrida. imediatamente. será opção do militar. Tempo de realização do OII:12 min Observações: . deverá empunhá-la com a pegada em pronação (palma da mão para frente). sendo considerada como resultado final a próxima marca a ser ultrapassada pelo militar.

8 5.5 3.1 6.1 2.8 0.4 6.1 6.3 5.4 32 4.4 39 4.4 8.5 4.2 2.2 4.9 0.7 5.2 3.1 1.0 3.4 1350 1.0 2900 7.0 4.5 3.3 3.5 4.8 0.4 8.5 59 7.9 8.5 7.1 7.1 3.6 5.5 3.0 7.7 1.3 6.5 7.5 2.3 8.3 1.9 6.3 3.8 33 4.1 2.0 62 7.4 2.8 6.1 9.8 6.7 3.3 02 2.6 2.0 3.6 4.0 2.3 3.2 01 2.9 7.5 12 2.1 2050 2.7 9.0 4.6 7.1 2650 5.3 4.4 7.6 3.9 3.1 8.6 8.5 5.6 2.8 5.4 4.4 2.9 3.1 6.9 4.3 3.4 2.6 18 3.5 2.6 1450 1.7 1.5 3.7 5.8 4.5 4.2 6.1 2.3 6.5 8.2 5.6 3.1 3.5 3.2 5.8 07 2.6 2800 6.3 3.2 2.7 1.8 4.3 6.7 4.2 5.1 2.9 1550 1.2 4.0 9.0 2.4 5.2 25 3.6 63 8.2 3.1 31 4.5 10.8 1.0 3.9 7.1 5.8 2.7 6.7 1900 2.6 6.2 16 3.8 1.0 4.7 9.4 4.6 5.7 3.4 3.6 1.8 0.9 8.9 7.2 7.2 4.9 7.6 2.6 2.0 57 7.1 3.0 4.8 3.9 7.0 4.3 54 6.5 55 6.6 5.5 2.0 2.1 7.1 4.8 2.2 9.2 4.2 1250 1.6 2.2 2.1 5.5 2500 4.9 44 5.9 69 9.9 2.9 1950 2.8 27 3.2 2.3 1.7 06 2.6 8.7 9.7 42 5.4 7.3 8.4 1.5 3.6 20 3.1 3.3 3.2 7.1 6.4 9.0 6.2 5.4 5.0 4.4 3.0 4.7 6.0 5.9 3.6 3.5 10.3 3.6 3.2 1700 1.1 5.9 2.0 3000 7.5 5.8 8.0 2.0 3.9 3.9 2.7 3.8 1.0 8.4 5.7 4.8 3.8 7.0 1.0 3.3 5.8 4.3 5.0 3.7 1.0 1600 1.8 4.0 5.2 2.7 2.0 3200 10.5 9.0 4.5 7.9 7.3 6.3 4.1 9.0 9.3 5.5 7.4 9.2 1.5 4.9 4.TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE GRAUS – 1ª AVALIAÇÃO DE TFM (SEGMENTO MASCULINO) FLEXÃO DE BRAÇOS ABDOMINAL FAIXA ETÁRIA PED FAIXA ETÁRIA PED < = 25 26 a 29 30 a 33 > = 34 < =25 26 a 29 30 a 33 > = 34 < = 25 74 10.0 73 9.3 2.8 2.6 1.4 8.5 2.7 66 8.3 2.4 > = 34 10.PED 38 37 36 35 34 33 32 31 30 29 28 27 26 25 24 23 22 21 20 19 18 17 16 15 14 13 12 11 10 09 08 07 06 05 04 03 02 01 ANEXO Nr 3 .0 6.1 8.3 400 0.1 6.7 3.3 2.4 2450 4.9 1.8 9.1 5.5 3.6 05 2.0 37 4.8 6.4 2750 5.8 19 3.4 2.3 8.2 4.5 5.9 7.7 2550 4.6 8.0 3.0 8.3 3.7 1500 1.9 2.6 35 4.5 4.0 6.9 6.0 9.8 1.9 8.0 4.7 4.9 2.2 8.1 28 3.5 6.6 4.9 0.3 5.9 2.7 6.1 3.2 21 3.4 2.5 3.2 1.1 6.2 8.1 2.5 4.8 0.7 60 7.6 8.7 2.5 1.3 6.4 3.7 3.5 49 6.4 2150 3.4 6.2 1.0 0.6 5.1 8.4 03 2.7 6.7 5.4 3.9 7.8 8.9 2.3 65 8.4 4.7 1000 0.5 04 2.7 3.8 1.1 3.7 6.4 48 5.5 1.9 1.7 6.1 5.7 4.1 53 6.7 1.7 3.0 38 4.2 4.0 3.8 2.3 5.9 71 9.4 8.0 2.6 2.3 10.6 1.3 2.8 43 5.5 3.1 4.3 4.2 34 4.4 4.3 1750 1.7 6.2 8.2 2700 5.7 2.5 7.9 5.9 1150 0.7 6.5 4.1 3.7 0.2 2400 4.5 1.8 2.7 9.9 0.3 9.4 72 9.4 5.2 3.8 2850 6.3 7.8 5.4 6.8 6.7 5.3 1.0 15 3.7 23 3.7 7.1 7.9 2300 3.7 0.6 950 0.0 08 2.4 17 3.5 5.3 3.8 51 6.8 2.4 7.5 2.8 5.1 6.0 36 4.4 800 0.2 2.8 7.9 8.5 4.6 1850 2.9 8.7 4.3 7.5 68 8.5 9.9 9.3 2100 2.1 1650 1.5 3.9 4.8 3.4 7.9 3.3 5.9 6.5 3.5 1400 1.1 46 5.6 5.9 8.8 4.9 3.2 2.2 58 7.5 2.5 3.7 3.4 2.4 9.2 2.9 2600 61 7.4 10.8 6.3 9.0 2.6 2200 3.5 6.9 64 8.6 4.6 7.0 2.6 4.9 1.0 2.6 1.5 1800 2.7 5.0 40 5.7 4.2 8.8 3150 9.2 47 5.3 5.9 3.1 1.4 850 0.8 3050 8.8 5.0 2000 2.3 2.5 4.8 4.0 1.1 4.7 13 2.4 2.8 7.6 2.1 8.6 4.3 4.0 2350 3.8 7.6 7.8 1.1 3.0 9.5 900 0.7 3.0 45 5.0 10.9 3.1 09 2.3 2.0 4.4 11 2.4 2.5 3.2 4.1 9.6 3.6 41 5.4 6.4 29 4.7 3.1 2.8 7.5 2.1 67 8.3 2.4 4.9 24 3.9 3.9 14 2.6 10.6 5.4 6.8 3.5 1.3 5.5 2.2 7.1 7.0 3.8 1050 0.6 2.1 1.3 4.9 1.5 6.4 2.0 4.9 5.6 50 6.5 5.4 2.0 4.1 9.7 6.4 2.5 5.9 5.2 7.8 3.7 56 6.9 7.2 7.5 22 3.1 5.7 CORRIDA FAIXA ETÁRIA 26 a 29 30 a 33 10.1 1.1 3.9 5.7 30 4.2 1.0 9.0 0.1 3.7 3.4 1.6 2.4 70 9.9 3.7 0.0 4.5 5.0 1.3 1300 1.0 0.8 4.7 2250 3.1 2.1 1200 1.2 5.2 3.6 7.2 6.5 2.4 1.7 9.8 8.8 2.2 3.0 3100 8.2 1.7 0.3 5.7 0.1 1.3 3.6 3.0 3.6 10.7 15 .8 2950 7.5 26 3.2 9.2 4.9 9.8 5.2 5.9 0.6 8.1 9.2 5.1 1.2 7.6 10.7 8.9 1100 0.0 52 6.2 10 2.8 6.7 6.9 5.0 4.5 5.1 3.4 7.1 4.6 2.4 3.3 1.

1 13 2.1 1.2 7.7 26 3.0 65 7.5 0.1 4.4 58 6.4 8.7 9.6 3.1 2.7 3.3 06 1.7 2700 4.8 1.5 1750 1.6 5.3 28 3.2 3.2 2000 1.9 6.3 2.2 3.6 3.6 6.5 6.2 4.1 2.5 7.9 1550 1.1 3.1 2.3 2850 5.4 2.7 1.3 5.6 09 2.6 0.2 1.4 6.9 6.8 950 0.9 11 2.3 7.2 5.9 3.4 2.2 1.0 3100 7.3 8.5 1.4 3.7 2.3 8.0 2.1 9.4 3.1 3.7 5.4 3.2 3.3 2.3 9.9 2.7 0.5 3.1 9.3 5.3 10.9 3.4 2.5 25 3.4 2.1 7.5 8.0 4.7 2.9 2750 64 7.1 1.4 7.0 42 4.5 1.2 2.1 04 1.8 0.9 2.6 32 3.7 1.0 2.5 2.6 3.3 1.8 0.1 3.0 5.0 3.3 6.8 1.6 16 2.7 8.9 2.2 6.9 CORRIDA FAIXA ETÁRIA 26 a 29 30 a 33 10.4 6.6 2.8 7.2 4.5 3.3 7.7 0.8 5.9 69 8.5 0.1 9.0 3300 10.7 4.5 5.5 3.0 5.7 1.4 2.9 6.9 9.3 2.7 6.2 2.2 7.8 4.5 2.3 2.7 1.4 2.8 01 1.5 8.7 7.3 4.0 9.4 2.1 9.3 8.5 0.6 3.6 59 6.5 1.5 08 1.0 2.5 7.1 1150 0.0 5.9 1900 1.3 3.8 7.9 02 1.0 9.5 2.9 49 5.9 8.7 2.5 8.4 2.8 3050 7.5 5.3 2350 3.5 2.7 5.4 3.9 3.2 5.9 0.4 07 1.0 4.1 4.1 4.6 1.5 4.8 71 8.7 2.7 1.1 2.4 62 7.3 5.0 9.2 3.2 8.3 9.4 5.2 1.6 2.8 5.6 7.8 3.8 2.8 7.8 7.7 3.2 6.4 2.9 2.6 2.4 5.5 4.5 15 2.8 8.9 4.3 1.8 22 2.3 3.9 1.3 2.4 4.2 2.1 1600 1.2 7.8 3.9 6.0 03 1.0 3.4 4.2 4.0 3.0 0.1 1.4 7.5 10.9 6.2 24 2.PED 40 39 38 37 36 35 34 33 32 31 30 29 28 27 26 25 24 23 22 21 20 19 18 17 16 15 14 13 12 11 10 09 08 07 06 05 04 03 02 01 ANEXO Nr 4 .4 20 2.0 5.0 3000 6.6 21 2.5 0.7 4.6 7.7 1.8 4.3 4.7 6.9 1.5 3.0 3.8 1450 1.9 7.1 8.6 1.4 6.0 4.9 0.4 1.0 56 6.1 2800 5.9 0.8 4.8 4.0 40 4.6 0.5 2.0 2.9 1.3 4.3 2.0 0.0 3.4 44 4.5 5.4 1.9 0.5 800 0.7 1.8 3250 9.9 1500 1.6 0.1 4.5 5.5 4.4 4.1 6.8 7.2 2.7 900 0.3 2600 4.9 2.0 9.7 2150 2.9 8.9 3.3 1.0 4.7 2.7 4.6 0.9 1.3 5.6 1.0 2250 2.4 4.4 1.1 2.4 68 8.0 4.1 8.5 5.6 6.3 2.7 5.9 8.5 3.1 8.0 2.9 60 6.3 > = 34 10.3 6.0 1.2 4.1 10.3 1.9 9.8 1000 0.2 05 1.8 1.0 6.9 8.7 1.1 9.5 2900 6.1 6.6 2.2 1200 0.5 1.6 3.3 1.8 1.7 7.2 3.6 6.0 12 2.6 5.8 4.4 2.3 72 9.4 4.4 3.3 70 8.7 0.8 7.8 1850 1.1 4.1 2.8 4.9 2.3 2.4 3.7 1.8 0.0 18 2.9 1.4 1300 0.8 2.0 1.8 1.3 4.8 0.3 4.3 6.2 1.9 3.3 2050 2.9 7.1 36 3.9 1050 0.8 3.0 1.9 8.3 5.6 3.5 5.0 0.1 6.8 3.7 7.9 7.1 61 7.5 1.4 7.7 2.TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE GRAUS – 2ª AVALIAÇÃO DE TFM (SEGMENTO MASCULINO) FLEXÃO DE BRAÇOS ABDOMINAL FAIXA ETÁRIA PED FAIXA ETÁRIA PED < = 25 26 a 29 30 a 33 > = 34 < =25 26 a 29 30 a 33 > = 34 < = 25 76 10.2 3.4 400 0.8 23 2.1 3.6 9.5 6.1 2.7 4.5 2100 2.8 2.8 6.0 67 8.0 2.0 4.6 1.0 1.1 2.1 6.7 9.1 6.1 1.2 2.1 3.6 0.8 73 9.7 6.2 5.7 1400 0.1 1.7 2.9 33 3.7 10 2.7 0.5 2650 4.8 7.3 7.7 2450 3.3 5.3 5.8 5.9 2.5 4.2 2.2 51 5.7 54 5.0 39 4.3 3.2 3.3 3.0 3.0 47 5.4 6.1 3.2 2.8 8.5 2.2 6.0 1100 0.0 3.6 5.3 2.0 4.2 2.7 2.9 2.3 34 3.6 29 3.8 0.2 2.1 1950 1.7 4.3 5.6 2.8 5.0 6.3 6.4 5.8 3.6 2.4 74 9.0 41 4.6 4.3 52 5.5 5.8 2.9 5.8 2200 2.5 5.1 3.5 2.3 2.8 7.7 0.9 3.8 1.6 2.0 3.1 2550 3.0 3.5 2.8 2.9 9.9 8.6 6.8 3.9 3.2 8.7 1.0 38 4.4 2.4 6.1 9.9 0.4 8.3 8.4 16 .5 4.3 5.6 5.8 2.2 2300 2.0 75 9.4 7.7 9.9 5.1 7.9 8.5 7.5 9.7 9.1 5.4 3.1 1.8 2.2 5.7 0.3 9.6 2.3 6.9 3.0 4.6 46 4.6 2.1 5.7 3.1 3.2 3.2 19 2.9 4.3 6.5 5.9 5.3 4.0 27 3.0 1.8 48 5.5 1.9 2500 3.9 3.9 3.4 8.3 1250 0.3 2.2 2.5 0.7 8.8 17 2.7 4.0 7.6 4.6 0.6 2.1 50 5.1 2.6 850 0.9 30 3.1 1.3 43 4.9 0.8 6.6 8.0 3.2 4.8 6.7 5.1 1.0 2.7 66 7.2 5.1 7.5 2.8 2.7 35 3.5 53 5.1 2.3 7.0 4.8 3150 8.3 2.6 6.2 7.5 5.0 10.8 2.5 10.8 3.7 7.4 2.9 4.5 37 3.6 2.5 2400 3.5 3.4 4.1 5.7 5.6 0.6 3.0 2.7 0.5 10.3 14 2.0 2.2 57 6.3 5.0 2.4 1700 1.0 3.3 3.6 1800 1.7 6.0 7.3 3.8 2950 6.3 3.0 3200 8.5 2.5 10.5 10.8 0.5 1350 0.7 4.2 31 3.0 45 4.2 1.8 8.4 4.7 3.0 2.7 63 7.5 3.2 1650 1.8 1.0 9.6 1.5 4.9 2.3 2.5 1.8 8.3 1.8 2.6 1.7 2.1 3.5 6.8 55 6.

Anexo Nr 5 .Flexão na Barra (SEGMENTO MASCULINO) Idade 18 PADRÃO MÍNIMO 5 19 5 20 5 21 5 22 5 23 5 24 5 25 5 26 5 27 5 28 5 29 4 30 4 31 4 32 4 33 4 34 3 >= 35 2 17 .

então. Uniforme: o de TFM. cada militar deverá correr ou andar a distância máxima no tempo de 12 minutos. ficando as mãos ao lado do tronco com os dedos apontados para a frente e os polegares tangenciando os ombros. será opção do militar. sob o tronco do mesmo a uma distância de quatro dedos de sua axila. novamente. assim. de forma que as mãos encostem no ombro oposto (mão esquerda no ombro direito e vice e versa). simultaneamente. que as mãos fiquem com um afastamento igual à largura do ombro. sem interrupção do movimento. flexionando os braços paralelamente ao corpo até que o cotovelo ultrapasse a linha das costas. sendo considerada como resultado final a próxima marca a ser ultrapassada pelo militar. erguendo. posicionando os dedos de sua mão espalmada.É proibido o acompanhamento do executante em qualquer momento da avaliação. os braços. quando será completada uma repetição. Tempo de realização do OII: não há. < = 25 FAIXA ETÁRIA 26 a 29 30 a 33 > = 34 15 14 13 13 29 28 25 24 1800 1750 1700 1700 Uniforme: o de TFM ABDOMINAL CORRIDA Local: Em terreno plano. sem interrupção do movimento. mantendo os joelhos e pés unidos e apoiados sobre o solo. deverá erguer o tronco até que os braços fiquem estendidos. apoiando o tronco e as mãos no solo. preferencialmente. O ritmo das flexões abdominais. pés apoiados no solo. perpendicularmente. O ritmo das flexões de braços. Posição inicial: Tomar a posição deitado em decúbito dorsal. liso e. Após adotar a abertura padronizada dos braços. podendo haver ou não interrupções ou modificações do ritmo de corrida. será opção do militar. sem paradas. Cada militar deverá executar o número máximo de flexões abdominais sucessivas. calcanhares próximos aos glúteos. Execução: A militar deverá abaixar o tronco e as pernas ao mesmo tempo.ANEXO Nr 6 1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FÍSICO MILITAR (CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO) (SEGMENTO FEMININO) EXERCÍCIO FLEXÃO DE BRAÇOS PADRÃO MÍNIMO CONDIÇÃO DE EXECUÇÃO Uniforme: o de TFM Local: Em terreno plano. quando será completada uma repetição. Posição inicial: A militar deverá se deitar em decúbito ventral. o tronco e as pernas até que os braços fiquem totalmente estendidos. Esta posição deverá ser mantida durante toda a realização do exercício. na sombra. Local: Em piso duro (asfalto ou similar) e plano. Execução: A flexão abdominal deverá ser realizada até que as escápulas percam o contato com a mão do avaliador e retornar à posição inicial. sem paradas. braços cruzados sobre o peito. sendo aceitáveis pequenos desníveis compensados ao longo do percurso. na sombra. Estenderá. liso e. Tempo de realização do OII: 5 minutos. ou o corpo encoste no solo. O avaliador deverá se colocar ao lado do avaliado. Tempo de realização do OII:12 min . sem uso de outro apoio. Cada militar deverá executar o número máximo de flexões de braços sucessivas. Execução: Na posição inicial de pé. joelhos flexionados. As distâncias marcadas de 50 em 50 metros. tangenciando o limite inferior da escápula (omoplata). permitindo. preferencialmente. podendo ser utilizado tênis apropriado para a corrida.

9 5.0 4.0 3.7 6.0 6.8 9.6 6.2 8.0 4.6 8.5 4.5 1550 3.8 7.3 4.9 43 6.5 5.8 17 3.6 4.3 4.2 2050 6.0 8.6 6.8 4.5 41 6.9 6.6 4.0 4.0 3.8 3.8 3.1 8.3 4.0 9.7 8.1 6.7 3.7 CORRIDA FAIXA ETÁRIA 26 a 29 30 a 33 10.3 8.6 8.8 4.8 3.2 4.0 7.1 4.8 2400 9.1 3.2 9.6 2350 8.5 5.0 4.7 8.6 4.3 6.2 5.3 4.5 3.2 5.8 5.6 10.0 4.1 1400 3.4 5.1 4.5 3.4 7.0 62 9.8 38 6.4 5.9 7.7 5.3 6.5 10.8 4.5 5.2 1450 3.9 7.8 6.7 7.0 13 3.0 49 7.2 7.0 2300 8.8 4.5 7.8 4.5 6.1 5.3 5.1 6.5 6.1 5.3 4.1 7.8 8.4 11 10 3.9 4.9 7.4 8.4 6.5 6.8 3.2 5.8 5.3 6.3 4.9 4.8 10.8 3.6 3.7 3.4 6.0 8.9 8.3 8.6 59 9.8 8.0 1700 4.0 2500 10.5 5.5 9.7 8.5 5.5 3.5 4.7 3.0 9.3 5.4 7.2 4.9 3.4 15 3.4 9.8 5.4 10.5 4.4 6.0 3.2 9.2 7.5 8.3 23 4.7 6.2 5.2 7.0 9.7 9.0 4.0 4.8 6.1 7.3 5.6 9.8 10.1 5.8 6.6 24 4.4 5.8 7.9 3.1 4.8 57 8.8 5.5 3.3 5.1 44 6.6 9.7 3.5 3.3 7.7 6.4 53 8.8 5.6 8.3 1800 48 7.6 27 4.8 4.2 14 3.9 6.1 5.2 8.8 6.3 4.1 4.6 5.5 6.0 9.6 7.0 9.7 4.5 9.1 60 9.8 5.8 9.4 3.8 11 10 09 08 07 06 05 04 03 4.7 3.8 5.7 7.6 4.2 7.0 9.1 8.1 55 8.8 5.5 6.9 10.5 3.7 4.0 8.8 1950 5.5 5.5 4.1 33 5.4 6.2 7.3 3.7 6.4 35 5.6 2150 7.1 6.0 31 5.0 7.6 9.4 5.0 6.8 6.3 4.8 3.4 1500 3.9 4.7 3.5 3.1 6.4 3.3 8.0 3.1 5.1 5.0 2000 6.4 5.7 .5 10.8 2200 7.8 7.8 4.8 3.6 4.1 7.8 7.6 5.8 47 7.4 7.7 3.5 36 5.9 8.4 40 6.9 3.0 9.4 7.5 8.2 4.8 6.9 25 4.8 9.1 6.0 4.9 7.6 5.9 39 6.3 34 5.8 51 7.3 6.6 8.4 56 8.6 3.2 4.2 5.5 4.8 5.8 19 > = 34 10.8 8.5 20 4.1 6.3 45 6.9 8.7 1900 5.5 6.5 6.5 46 7.3 6.4 7.7 5.5 4.4 7.5 3.9 7.5 9.8 6.5 4.7 42 6.1 6.1 4.6 7.3 4.4 6.0 8.9 6.4 5.8 12 3.1 6.5 7.1 52 8.5 5.8 21 4.0 4.6 8.5 1850 5.3 5.8 1650 4.2 7.6 5.3 5.1 8.ANEXO Nr 7 PED FLEXÃO DE BRAÇOS FAIXA ETÁRIA < = 25 26 a 29 30 a 33 33 32 31 30 29 28 27 26 25 24 23 22 21 20 19 18 17 16 15 14 13 12 10.6 4.9 7.0 9.0 4.1 4.6 8.1 5.9 5.4 4.3 5.1 8.3 8.5 8.4 3.2 7.3 8.7 6.2 5.4 4.0 6.2 5.3 6.3 7.2 1750 4.9 7.1 5.1 3.2 7.0 32 5.0 9.3 19 4.7 3.4 5.7 7.1 5.1 22 4.9 28 4.8 4.1 5.2 7.3 5.9 7.7 1600 4.1 6.0 9.3 4.2 26 4.5 50 7.1 5.2 5.1 4.7 5.4 TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE GRAUS – 1ª AVALIAÇÃO DE TFM (SEGMENTO FEMININO) ABDOMINAL PED FAIXA ETÁRIA PED > = 34 < =25 26 a 29 30 a 33 > = 34 < = 25 63 10.3 4.8 3.4 2100 6.7 54 8.6 30 5.3 29 5.5 9.5 61 9.4 9.4 4.6 9.2 5.8 3.6 16 3.3 7.6 7.7 37 5.7 6.8 4.2 58 9.3 8.2 4.4 6.8 9.1 4.5 4.9 4.3 8.1 18 4.0 2450 9.0 2250 7.1 3.6 9.2 9.5 4.2 4.

9 6.6 9.5 50 6.2 4.4 5.0 8.9 3.7 19 3.9 7.7 2.9 7.1 7.9 38 5.6 6.9 5.0 9.1 9.9 1600 3.4 3.0 3.8 4.1 3.9 9.ANEXO Nr 8 PED FLEXÃO DE BRAÇOS FAIXA ETÁRIA < = 25 26 a 29 30 a 33 35 34 33 32 31 30 29 28 27 26 25 24 23 22 21 20 19 18 17 16 15 14 10.0 2400 7.2 5.5 7.7 5.4 8.8 4.8 9.9 2.9 8.6 9.7 4.7 3.6 2.0 9.6 8.7 2.7 3.2 7.3 2.4 9.1 5.1 3.2 8.0 4.4 5.0 4.6 2.9 7.8 3.8 8.4 1750 3.8 7.6 10.6 2.8 5.6 13 12 11 10 09 08 07 06 05 04 03 02 01 4.3 5.1 6.2 49 6.1 9.0 2.1 5.9 4.4 22 3.4 3.3 9.1 3.6 7.4 5.3 2200 6.6 8.5 8.5 4.0 4.3 5.2 7.7 2.2 2.2 3.4 8.5 7.1 2.1 5.0 2550 9.8 2.5 4.6 7.4 4.8 2.4 2.6 2.6 41 5.0 3.2 4.8 8.2 2.9 2.5 3.9 5.3 5.0 3.9 2.8 5.8 2.8 3.8 10.2 6.9 60 8.3 3.5 2450 8.0 4.3 5.8 2300 7.0 9.1 6.2 8.2 2.2 1700 3.7 4.1 3.2 6.4 8.2 17 3.8 4.6 3.7 23 3.5 4.5 5.2 28 4.9 5.0 2.1 6.3 20 > = 34 10.0 2.3 45 6.9 2.6 1800 4.1 4.3 3.2 6.5 3.0 2350 7.6 14 3.0 2.8 42 5.0 4.8 .4 3.5 2.5 3.2 7.2 8.2 4.4 2.9 24 3.9 5.6 3.4 34 4.0 3.1 3.6 2.2 2.8 2100 5.4 2000 52 7.9 6.2 3.0 10.3 9.3 3.4 7.6 2050 5.2 2.3 3.8 3.3 5.1 5.3 3.8 2.2 25 3.9 8.8 7.1 3.3 3.8 2.9 4.9 6.7 6.2 7.9 5.7 2.5 5.0 9.4 4.6 3.7 4.5 5.5 4.9 7.7 1550 3.0 16 3.6 2.6 4.1 44 5.0 64 9.5 7.4 6.2 8.9 6.7 47 6.6 2.1 3.2 3.6 2.8 3.2 8.6 3.0 9.0 9.4 6.6 9.4 7.7 6.6 4.7 4.5 7.3 4.5 46 6.4 5.4 18 3.9 5.8 2.7 6.4 6.7 6.7 6.8 2.2 5.3 4.8 4.8 8.1 5.2 1400 2.9 4.1 7.6 32 4.3 4.4 63 9.5 7.8 4.7 5.3 3.8 1850 4.9 6.4 8.1 7.5 3.1 3.4 2.9 8.8 4.3 5.8 7.4 3.1 3.0 4.6 8.5 29 4.6 4.9 3.8 5.1 4.7 5.2 31 4.3 4.3 2.4 2.0 53 7.8 9.8 30 4.4 5.5 9.4 6.0 1900 4.8 2500 8.4 6.0 3.4 8.4 4.7 5.1 9.0 6.5 7.7 6.3 3.1 5.9 6.3 2.7 TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE GRAUS – 2ª AVALIAÇÃO DE TFM (SEGMENTO FEMININO) ABDOMINAL PED FAIXA ETÁRIA PED > = 34 < =25 26 a 29 30 a 33 > = 34 < = 25 65 10.4 8.9 3.8 3.5 3.6 5.5 2250 6.2 3.1 2150 5.2 8.2 4.9 5.0 33 4.9 2.4 2.8 10.5 5.0 37 5.8 2.6 5.6 7.7 6.5 3.4 4.5 26 3.5 59 8.1 2.5 2.2 3.6 3.0 3.0 48 6.2 6.5 2.2 4.0 4.8 8.1 39 5.0 8.7 13 12 11 10 09 08 07 06 05 04 03 02 01 2.3 3.2 7.8 15 2.6 5.4 2.1 3.3 2.7 3.7 2.4 7.0 4.1 1650 3.2 7.3 56 8.4 2.7 6.5 8.8 9.3 5.6 1500 2.3 5.7 5.4 3.9 3.1 3.4 7.2 5.4 1450 2.0 3.0 2600 10.9 6.6 8.5 4.6 2.5 7.2 3.1 58 8.4 5.4 4.1 6.7 5.7 3.8 2.3 5.6 54 7.7 6.7 2.8 5.8 2.8 8.8 6.9 62 9.2 3.1 5.2 10.4 3.5 4.0 2.1 2.9 7.1 6.4 2.3 5.5 3.7 3.5 8.2 4.9 20 3.3 2.8 2.3 5.2 1950 4.4 61 9.2 6.5 2.0 36 4.9 7.0 9.6 5.0 43 5.6 3.0 4.2 6.4 6.6 6.2 4.8 2.6 5.3 CORRIDA FAIXA ETÁRIA 26 a 29 30 a 33 10.5 3.7 57 8.6 9.8 2.8 3.4 4.1 2.4 4.0 8.9 2.1 6.0 3.1 3.9 4.1 2.4 10.1 21 3.6 4.4 7.4 5.9 8.5 3.8 3.5 35 4.1 6.8 5.9 5.1 2.5 40 5.0 3.3 7.8 8.1 4.7 5.3 10.2 4.4 7.5 3.5 4.6 3.9 55 7.8 27 3.6 4.9 3.5 9.2 4.8 8.7 7.7 51 7.2 6.3 3.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful