Você está na página 1de 14

Serviço Nacional da Aprendizagem Industrial – SENAI

Rosilene Lopes da Silva Peixoto

PROJETO DE CAPTAÇÃO DA ÁGUA DE CHUVA

Campo Grande, MS
Outubro, 2014

mas não é o suficiente para diminuir o uso e o desperdício. o mau uso. Antártica e nas regiões . juntando a isso o descaso por parte de órgãos públicos que vêm ajudando a aumentar estes problemas. abastecimento de caldeiras. porém. lavagem de piso e irrigação de jardins. Preservação.9% da água doce está congelada em calotas polares do Ártico. sistema de controle de incêndios. Palavras-chave: Captação de água. A população não tem o devido conhecimento de sua importância. Na agricultura vem sendo empregada. molhar telhados das residências quando o clima atingir uma baixa umidade do ar. No setor residencial. a água doce corresponde somente aos 2. muitas regiões estão sofrendo com sua escassez. estes se tornarão multiplicadores conscientes do uso correto da água tratada e se tornarão verdadeiros defensores da natureza. lava-jatos de veículos e limpeza industrial. lavagem de maquinários. 2004). entre outros. lavagem de automóveis. Atualmente. No mundo. já está em certo nível comprometida. Economia. Esclarecendo a população sobre o uso correto da água. pois imaginava-se que era um recurso natural infinito. 97. na irrigação de plantações (MAY & PRADO. Já no setor industrial. principalmente.5% restantes. pode ser utilizada para resfriamento evaporativo. 68. Alguns fatores como o aumento continuo da população mundial e o crescimento das cidades e dos centros industriais são responsáveis pelo aumento da demanda por água de qualidade. Reuso. uma vez que interfere negativamente no seu ciclo hidrológico. A própria cobrança da água usada em cada residência incentiva a racionalização da mesma. industrial e agrícola.RESUMO A água é um bem incomparável que deve ser preservado. em contrapartida. pode-se utilizar a água de chuvas em descargas de vasos sanitários. Atualmente a escassez de água própria para o consumo vem tomando proporções alarmantes. talvez por isso tanto desperdício ocorra. A poluição hídrica encontra-se em estagio avançado e a saúde e o bem estar da população presente e futura.5% da água é salgada. climatização interna. então o projeto de captação de água da chuva tem por objetivo maior o reuso. minimizando os impactos da sua escassez. a preservação e conservação do meio ambiente. o uso não racional e sustentável da mesma vem causando sua escassez. lavanderia industrial. INTRODUÇÃO A água da chuva pode ser utilizada em várias atividades com fins não potáveis no setor residencial.

Antes do desenvolvimento dos grandes sistemas centralizados de fornecimento. Os homens imaginavam que a natureza teria capacidade de reciclar-se ao infinito e fornecer para sempre os elementos necessários à vida: ar puro. na Mesopotâmia. as pessoas utilizaram a coleta e o armazenamento de águas da chuva para uso domestico. Durante séculos. 2003). devido a grande falta de recursos hídricos e essa água captada é usada como fonte de suprimento. terras férteis. embora ofereçam uma fonte de água pura e confiável. utilizavam-se de águas da chuva (TOMAZ. somente 0.montanhosas. no Oriente Médio.007% do total de água doce e salgada existente no planeta). Com o desenvolvimento dos sistemas centralizados de tratamento e distribuição de água. Atualmente está crescendo esse interesse na coleta de água da chuva. A água subterrânea compreende 29.C. e outro fator importante é o aumento de inundações e enchentes devido ao escoamento superficial da água de chuvas e da impermeabilização do solo. rios e reservatórios (significa 0. No Brasil as águas da chuva vêm sendo utilizadas nos estados do Nordeste. a água da chuva era coletada através de uma infinidade de superfícies. e equipamentos para perfuração de poços mais baratos e eficientes. um clima clemente e.C. O sistema de captação de águas da chuva vem sendo utilizado mais comumente nos países Europeus e Asiáticos.9% do volume total de água doce do planeta. Foi somente nos últimos 30 anos. os sistemas para coleta de água da chuva foram esquecidos. que ganhou .266% da água doce representa toda a água dos lagos. Há 2750 anos a. como por exemplo os telhados. por ser um meio sustentável de proteger os recursos hídricos. O restante da água doce está na biomassa e na atmosfera em forma de vapor (TOMAZ. e armazenada em tanques no próprio local de utilização. 2003)”. sobretudo. Nesses países são oferecidos financiamentos para construção e utilização deste sistema. criação de animais e outras finalidades. Durante séculos a humanidade tratou a natureza como uma fonte inesgotável de bens magníficos que poderiam ser utilizados e explorados sem limite. depois de mais de um século de extraordinário progresso cientifico e material. irrigação. “A utilização de águas da chuva teve inicio por volta de 3000 anos a. água potável.

hidrólogo da Unicamp. como tal. A estiagem deste ano apenas tornou evidente quanto o sistema é frágil e quão escassa a água é. muito longe dos nossos grandes centros urbanos e a qualidade da água que efetivamente abastece as maiores cidades está se degradando com muita rapidez. a Sabesp (empresa de abastecimento da capital e de outras cidades) fez obras. já está sendo visto como o recurso econômico mais valioso do futuro. a maior parte destinada à Grande São Paulo. Ele retira água das bacias dos rios Piracicaba. Esse volume de extração. extraído da Revista Época de junho de 2014 esclarece um pouco sobre o assunto. podemos citar o problema de escassez de água que vem ocorrendo em São Paulo. O governo estadual coloca a culpa na falta de chuva. Capivari e Jundiaí. muita gente imagina que não seremos afetados pela carência de água. a criação de um plano de contingência para situações emergenciais e ações para reduzir a dependência que São Paulo tem do Sistema Cantareira. atualmente. A água é um elemento vital para o ser humano. supera o recomendável para a capacidade das represas.força a ideia de que o uso indiscriminado dos recursos naturais poderia levar a destruição da vida no planeta. E elas não ocorreram no ritmo previsto”. E por ser um bem natural cada dia mais escasso. Em 2004. o seu suprimento é considerado pelos especialistas um dos temas mais importantes do século XXI e. afirma. mas ela não explica a história sozinha. O texto abaixo. Nem todas as ações planejadas foram colocadas em . No Brasil. No Brasil. “Quando a outorga foi renovada. o governo subiu o volume de litros que poderia ser retirado com a condição de que fossem feitas mais obras para aumentar a capacidade de armazenamento das represas. O governo estadual permitiu a retirada de 36. O Sistema Cantareira existe desde a década de 70. por termos a maior Bacia Hidrográfica do planeta. aumentou o volume do Sistema Cantareira e renovou sua autorização para administrá-lo. mas as nossas reservas principais estão nos rios da Bacia Amazônica.000 litros de água por segundo. A renovação da outorga previa a revisão de estudos hidrológicos. segundo Antonio Carlos Zuffo.

que é a sua escassez. como exemplo o reuso da água. há necessidade de ser adotada outra medida que lhe seja complementar. cuja cartilha indica que se cobre pela água para reduzir o seu uso e tentar afastar o problema de âmbito mundial. “Detectamos uma série de problemas no cálculo da destinação de água a cada área. Mas apenas cobrar não é suficiente. e também a captação de água da chuva que é natural e pode ser utilizada de forma não potável e potável. as quais precisam ser atendidas. leva em consideração a nossa responsabilidade em relação as futuras gerações. Por isso. o Brasil está seguindo a recomendação da ONU (Organização das Nações Unidas). diz. A promotora Alexandra Martins acredita que o poder público não deu a devida atenção ao caso. pois ao mesmo tempo em que reconhece que a população atual tem necessidades urgentes.prática. A população cresceu muito e o volume não foi ampliado nos últimos 30 anos”. que é uma forma prudente de utilização sustentável. após tratamento adequado. . a Sabesp respondeu que fez as obras necessárias. O problema chamou a atenção do Ministério Público. Questionada por ÉPOCA.

De acordo com a Revista Veja da Editora Abril (10. Dessa forma.2014) “A parte de água de nossos reservatórios destinada à agricultura é irrelevante. Usando esta captação da água da chuva. lavagem dos carros. Nos dias atuais é equivocado pensar que os maiores consumidores de água são a indústria ou a agricultura. irrigação de plantas. um modelo de captação de água da chuva em residências poderá ser a maneira mais eficaz e barata para promover a economia do consumo de água tratada. que poderá ser o problema mais grave que a população deverá enfrentar nos próximos anos. também pode-se usar o excedente da captação para enviá-la a um sumidouro. irrigar plantações. Dessa forma. entre outros. lavagem rápida dos veículos e de certo modo para melhorar o clima quando atingir uma baixa umidade do ar. janelas e calçadas. A captação e armazenamento da água da chuva nas residências. Assim. molhar jardins. a água tratada estaria sendo destinada apenas para o consumo e para as . usando a água captada da chuva para os serviços de limpeza de casas. que deixaria de comprometer o uso da água tratada que chega diariamente nos reservatórios das residências. onde se registra o maior consumo de água tratada.JUSTIFICATIVA Devido ao crescimento populacional em áreas urbanas e o alto consumo de água tratada nestas áreas. isso possibilita o fortalecimento do aquífero existente e ajuda a evitar futura escassez das águas. onde ajudará na manutenção da infiltração da água no solo contribuindo para o acúmulo da água subterrânea. surge com mais interesse a ideia de captar a água da chuva para fazer algumas tarefas domésticas. melhorando o clima desta residência. vão outros 17% e os 80% restantes são de uso urbano”. usando esta água para molhar os telhados.05. deve-se proteger os recursos hídricos corretamente. seria para: lavar calçadas. diz José Carlos Mierzwa. Para a indústria. dando chance para a natureza possa repor os mesmos em harmonia. poderia ajudar a minimizar os gastos excessivos desta água. professor do departamento de engenharia hidráulica e sanitária da Escola Politécnica da USP. gera automaticamente diminuição no valor das contas de água e esgoto dos moradores desta residência. usá-los com responsabilidade. apenas 3%.

. Esta solução ainda poderia ajudar a manter o nível ideal dos reservatórios durante os períodos de estiagem no Brasil.necessidades básicas da população.

Demonstrar à comunidade as vantagens obtidas com a instalação do sistema.Objetivo Geral Este trabalho tem por objetivo geral a instalação de um sistema de captação e armazenamento de água da chuva em edificações residenciais. Avaliar o desempenho do sistema. Conscientizar a comunidade sobre a necessidade de conservação dos recursos hídricos. Economizar e evitar o desperdício de água tratada. de Campo Grande . segundo critérios do IBGE (2010) com poder econômico da classe E de até dois salários mínimos (R$ 1. 4. 3. 6. Executar em uma residência modelo a instalação do sistema de captação e armazenamento de água da chuva. que é cobrado conforme tabela abaixo: Tabela 1 – tarifas em vigor . Estes aspectos dificultam por parte dos moradores a obtenção de informações e a tomada de atitudes positivas em relação ao meio ambiente em suas residências. tornandose necessárias ações no sentido da conscientização ambiental relacionada ao uso e reuso da água de forma efetiva e minimização de seu desperdício. 5.99). com pouco acesso a educação ambiental adequada. Fundamentação Teórica A viabilidade dessa captação leva em consideração principalmente o valor que se paga pela utilização mínima de água proveniente da empresa abastecedora Águas Guariroba. Elaborar um projeto de captação de água da chuva. Público Alvo Para a execução deste projeto foram escolhidas famílias residentes no Conjunto Serra Azul. 2. que em média é composta por quatro moradores por residência.MS. Objetivos Específicos 1.449. provenientes de famílias de baixa renda.

02 3. condutores.92 Fonte: aguas guariroba (http://www.br/tarifa-atual/. multiplicando seus conhecimentos que serão repassados a outros moradores que também poderão desenvolver este projeto acarretando somente benefícios para natureza e ao bem estar da família que reside neste local.95 3.02 3.aguasguariroba. e leva-la até uma caixa ou tambor para o armazenamento ou apenas instalar uma caixa d’água de plástico de 500 litros.73 4. 14.09. Ao reduzir o consumo de água tratada os moradores estarão protegendo o meio ambiente. se for necessário.85 3.69 2. assim. Elaborar em uma das residências o projeto de captação de água da chuva instalando.com.Estrutura Tarifária* Faixa Consumo Tarifa Social Até 20 m³ Residencial 0 a 10 11 a 15 16 a 20 21 a 25 26 a 30 31 a 50 Acima 50 m³ de m³ m³ m³ m³ m³ m³ Tarifa de Água (R$/m³) Tarifa de Esgoto (R$/m³) 1. armazenamento e tratamento (quando houver necessidade de tratar a água coletada).32 5. Metodologia Segundo May (2004). melhorando suas condições de vida.2014).36 0.92 4. os sistemas de coleta e aproveitamento de água da chuva em edificações são formados por quatro componentes básicos: área de coleta. Instalar na caixa .33 6. colocada na calçada abaixo de um telhado de forma que a água da chuva caia diretamente dentro da caixa para armazena-la.03 2.47 4.75 3. 1.11 2.39 7. calhas e tubos para coletar a água da chuva que cai sobre o telhado.

5. viabilizando uma maneira de reduzir o consumo de água tratada e gerar economia. 3. . 2. este é o objetivo da captação de água de chuva. comparando-se as contas de água de janeiro a junho anteriores à implantação do projeto com as contas de janeiro a junho posteriores à implantação. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES Para dar andamento ao projeto de captação de água das chuvas será feita a divisão das etapas em meses. para assim. após a avaliação que foi realizada durante o período acima mencionado. Executar em uma residência a instalação de um modelo do sistema de captação e armazenamento de água da chuva para demonstrar o seu funcionamento aos moradores. sendo que ao final da avaliação do desempenho do projeto se dará início a divulgação na comunidade demonstrando a viabilidade da implantação da captação de água da chuva nas residências. Este é o processo mais econômico para as famílias de baixa renda aproveitarem os recursos naturais. 6. Demonstrar à comunidade as vantagens obtidas com a instalação do sistema. poder introduzir este modelo em outras residências futuramente. conforme demonstrado abaixo. trazendo benefícios para sua família e ao meio ambiente. Avaliar o desempenho do sistema.d’água do armazenamento um cano para escoamento do excedente da água para a via pública. 4. Conscientizar a comunidade sobre a necessidade de conservação dos recursos hídricos através de palestras e panfletos explicativos de como captar e usar a água da chuva. Esta avaliação deverá ser feita após 6 meses pelo responsável da implantação do modelo. comprovando sua eficiência na redução do consumo de água tratada e consequente economia de dinheiro. Economizar e evitar o desperdício de água tratada.

comunidade.CRONOGRAMA Mês/Etapa Dezembro/2014 Janeiro/2015 Fevereiro/2015 Março/2015 Abril/2015 Maio/2015 Junho/2015 Julho/2015 Agosto/2015 Elaboração do Implantação do projeto da residência Acompanhamento Coleta e Aplicação do projeto na interpretação dos plano de ação na residência modelo dados. .

Item Quantidade Descrição Valor unitário Subtotal . bem como aquele que reside na residência a ser implantada a captação da água da chuva. O autor do projeto será o financiador.00 200. Recursos Humanos Os recursos humanos serão necessários a fim de instalar a captação de água por meio de calhas e tubos de conexão para que a água possa ser armazenada posteriormente.RECURSOS Para que se possa implantar a captação da água da chuva e controlar todas as despesas e gastos com sua execução elaborou-se algumas tabelas contendo os valores aproximados bem como outras informações necessárias para o desenvolvimento do projeto. Item 1 Quantidade Descrição 1 Calheiro Valor unitário para 100.00 para instalação dos tubos de conexão para coleta da água Total: 300.00 Subtotal 100. 00 instalação das calhas 2 1 de captação Encanador 200. Para uma melhor compreensão segue abaixo os recursos necessários para se desenvolver o projeto.00 Recursos materiais Os recursos materiais serão necessários para a execução do projeto e podem ser adquiridos em lojas de materiais para construção. arcando assim com todos os custos provenientes de sua execução.

São Paulo.00/m Cano de PVC 14. 1°Ed.00 64. Dirceu D’Alkmin. REFERÊNCIAS TELLES.00 Recursos financeiros Todos os recursos necessários para a execução são elencados nos recursos financeiros. 2Ed. Dessa forma.0 metros 2m x 0.00 1 humanos Recursos 222.00 222. Item 1 2 Quantidade 1 Descrição Recursos Valor unitário 300. Regina Pacca. Ana Carla P.. José Carlos.00 130. et al.75m 1 Calhas 32. Editora Blucher.00 RESULTADOS ESPERADOS Após a implantação da captação da água da chuva.00 28. Editora Oficina de textos. MIERZWA. Água na indústria: uso racional e reuso/José Carlos Mierzwa. 2005. 2000.00 500 L Total: 222. Reuso de água e suas implicações jurídicas. as expectativas esperadas são de que ocorra a economia do valor da água tratada que chega até a residência. Editora Navegar. teorias e práticas. pretende-se promover a conscientização do morador da residência para a redução dos gastos e assim promovendo a proteção aos recursos hídricos. Ivanildo Hespanhol. demonstrando seu valor final.00 materiais Subtotal: 522. SILVA. .00 Subtotal 300. Reuso da água: Conceito. 2010. COSTA.00/m Caixa d’água 130.1 2 3 2.

2014.com.hpg.ig. Disponível em: <http://www. Acesso em: 05 ago.br/agua8.htm>. 2014.com. . Acesso em: 07 ago.soecomg.br/como%20fazer%20capta%C3%A7ao%20de%20agua %20de%20chuva>.metalica. Disponível em: <http://www.Como fazer captação de água de chuva.

Interesses relacionados