Você está na página 1de 4

COMUNIDADES

Organização
do 10 de Junho
cria celeuma
Instalou-se a grande confusão na organização
da festa do 10 de Junho de 2010, em que duas
comissões, lideradas por Rui Simões e António
Cunha, disputam o direito de organizar as
comemorações em Londres. Pag. 17

Nº 76 < Ano 4 < 29 Janeiro 2010 Director: Daniel Santos Quinzenal< Gratuito

“LEIS POLÍTICAS OU IDEOLÓGICAS”

CAVACO
ARRASA
ENFERMEIROS EM GREVE. No primeiro dia da greve que começou na quarta-feira, os resultados foram
esmagadores. Os sindicatos dizem ter conseguido a maior paralisação desde o 25 de Abril e a mais longa dos últimos
JUSTIÇA
Numa intervenção na sessão solene de Abertura do Ano
Judicial, o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva,
voltou a abordar a questão do problema da qualidade das leis,
pedindo mais rigor mas, sobretudo, “mais ponderação e
22 anos, com uma adesão que ficou nos 89 por cento. Já o Ministério da Saúde fala em 80 por cento. A ministra da
Saúde, Ana Jorge, apelou ao “bom senso” dos enfermeiros, lembrando que o país está a viver “um período difícil” do prudência”, assim como “maior sentido de adequação à
ponto de vista económico e financeiro. Entretanto, José Carlos Martins, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, realidade”, porque “a pretensão de mudar a realidade da vida
afirma que se o Ministério da Saúde não revelar abertura, a classe prepara-se para “radicalizar as formas de luta”. pela força da lei raramente produziu bons resultados”. Pag. 13

REINO UNIDO DESPORTO

Ingleses têm Escutas, violência,


alguns dos subornos... ou a
piores hotéis realidade do
da Europa! futebol português ORÇAMENTO 2010
Dez hotéis figuram na lista Pouco ou nada se fala de bola corrida.
negra dos piores da Europa,
encabeçada pelo Grosvenor,
em Blackpool. Pag. 6
Os casos de bastidores preenchem o
nosso triste universo futebolístico.
Pags. 29/30
Muita parra e pouca uva Pag. 11

PUB.
29 Janeiro 2010 21

MADEIRA
Câmara do Funchal pede a Cavaco Silva
que intervenha junto do Governo Central
Pelo segundo ano consecutivo a Câmara Municipal do ordem dos 155 milhões de euros», referiu, acrescentando
Funchal (CMF) volta a ser penalizada nas transferências que no ano passado, a região açoriana recebeu a mais,
do Orçamento de Estado, em cerca de cinco milhões de 143 milhões de euros.
euros relativas às verbas do IRS. Em relação a Ponta Delgada, com cerca de 64 mil
Face a esta situação, o vereador da CMF, Pedro habitantes, o Orçamento de Estado irá transferir 13,6
Calado, apelou à intervenção do Presidente da República milhões de euros, enquanto o Funchal, com cerca de 150
no sentido de «acabar com esta atitude de má-fé do mil habitantes, recebe menos dois milhões.
Governo Central». «Neste momento, de forma elevada, aquilo que temos
«Há deliberadamente uma atitude de má-fé de de fazer, é pedir única e exclusivamente aquilo a que
prejudicar os municípios e os madeirenses por parte do temos direito e temos de fazer finca-pé dessa situação»,
Governo da República», criticou o autarca, referindo que reforçou Pedro Calado.
«é urgente que alguém ao mais alto nível ponha mão
nisto e acabe com esta situação».
Por outro lado, em 2008, a Câmara Municipal do
Funchal recebeu 15,5 milhões de euros de verbas a que
Jardim responde de forma positiva à
Em dois anos o Funchal fica assim privado de uma
verba superior a 10 milhões de euros, o equivalente a
tinha direito receber, quer do Fundo de Equilíbrio
Financeiro, Fundo Social Municipal e do IRS. Porém,
abertura do sector público ao privado
cerca de 10 por cento do orçamento camarário que é de segundo afirmou o autarca «no ano passado estava O presidente do Governo Regional respondeu de forma positiva à proposta
108 milhões de euros. previsto recebermos 16,2 milhões de euros e só lançada por Jaime Ramos, presidente da direcção da Associação da
Pessimista sobre a proposta de Orçamento de Estado recebemos 10,7 milhões. Ou seja, foram menos 5,4 Indústria, da Construção e do Imobiliário da Madeira, que havia
para 2010, Pedro Calado salientou que, este ano, as milhões de euros que estavam aprovados na Lei do sensibilizado Alberto João Jardim para a necessidade de abertura do sector
verbas do IRS nem sequer constam do mapa orçamental. Orçamento de Estado». Esta redução, salientou Pedro público ao privado como forma de permitir poder enfrentar melhor a crise.
«Neste momento, o Governo da República está a agir Calado «representa menos 30 por cento», quando a Lei O presidente do governo, no seu discurso de quase 40 minutos durante o
de muito má-fé, quer com a Região, quer com os das Finanças Locais diz claramente que os municípios jantar de encerramento da FIC 2009, disse que o executivo vai estudar o que
municípios da Madeira. Sem querer politizar muito esta não podem receber menos do que cinco por cento em poderá ser atraente para o sector privado, deixando claro que este não se
questão, neste momento, é urgente que alguém, ao mais relação ano anterior. O autarca realçou que a CMF está sentirá motivado por vertentes onde não tenham lucros. Acerca desta matéria,
alto nível, com responsabilidade política no País, tem de apostada em realizar novos investimentos, porém o desafiou os empresários para ficarem apenas à espera que os nove membros
pôr mão nisto de uma forma quase que imediata», estrangulamento financeiro do Estado vai dificultar em do Governo Regional pensam nas áreas possíveis de passar para a gestão
apelou. muito a acção da autarquia. privada. Por isso, desafiou-os a sugerirem caminhos.
Por outro lado, Pedro Calado referiu que «se formos «Já não sei por onde vou cortar nas despesas porque Noutra parte do discurso, Alberto João Jardim não quis deixar de agradecer
ver as verbas que vão ser transferidas este ano para os chegamos ao ponto mínimo de funcionamento», a compreensão dos empresários, sobretudo do sector da construção, por
Açores e para a Madeira, chegamos ao cúmulo de salientou. «Queria e quero continuar a pagar a tempo e terem conseguido aguentar até agora com verbas que o Governo Regional
verificar um acréscimo de verbas para aquela região horas. Conseguimos reduzir de 264 dias o prazo médio tem em falta. Daí ter afirmado publicamente que sem eles não conseguiria
autónoma». Feitas contas, a Madeira terá um decréscimo de pagamentos para 142 dias, mas estou apreensivo em colocar de pé muitos empreendimentos. Mas disse mais. Sensibilizou-os para
de 2,2 por cento, enquanto os Açores serão beneficiados relação àquilo que se vai passar no futuro devido a estes a importância que se revestem os próximos dois anos para a economia
com mais nove por cento. «Isto representa, uma constrangimentos e estrangulamentos financeiros algo regional, e das dificuldades que antevê. Nesse âmbito disse claramente que,
diferença de transferências para as duas regiões na de muito mau pode estar para acontecer». «ou somos capazes de aguentar mais dois anos ou então isto estoira tudo».

PSP promove acções de proximidade Estrangeiro apanhado com cocaína dentro do corpo
A Polícia de Segurança Pública, através das equipas de policiamento A Polícia Judiciária deitou a mão a um cidadão uma pequena falha numa das bolotas era
técnico de proximidade da primeira Esquadra da Divisão Policial do Funchal, estrangeiro por tentativa de introdução de droga suficiente para provocar a morte dessa pessoa.
vai promover até ao dia 5 de Fevereiro um conjunto de acções de na Madeira através do aeroporto quando o O detido, de 33 anos, de origem africana, foi
sensibilização e prevenção da sinistralidade rodoviária em parceria com o mesmo transportava no interior do organismo sujeito a interrogatório judicial, ao qual foi aplicado
centro comercial Dolce Vita. De acordo com um comunicado da PSP, «estas perto de 40 bolotas com droga. A PJ esclarece a medida de coacção de prisão preventiva num
acções pedagógicas de proximidade serão abertas ao público em geral, não que a detenção deste cidadão estrangeiro presumível crime de tráfico de estupefacientes.
obstante serem vocacionadas para públicos-alvo específicos, tais como a motivou a apreensão de 5.070 doses individuais Ricardo Silva, coordenador da PJ no Funchal,
comunidade educativa funchalense e o centro comunitário do Funchal, de cocaína que estava a ser transportada no sublinha que esta detenção não se relaciona com
estando calendarizadas diversas visitas que envolverão aproximadamente interior do organismo e que se destinaria a ser outras situações de droga sob investigação desta
500 destinatários». Por forma a permitir um contacto mais aproximado com traficada na Região Autónoma da Madeira. mesma Polícia. Esta é a segunda detenção vinda
esta realidade urbana, esclarece a nota, «será simulado um cenário de O indivíduo foi encaminhado para as Urgências a público pela PJ, desde o início do ano, que
acidente de viação, envolvendo um veículo ligeiro de passageiros e um do Hospital Dr. Nélio Mendonça com vista a envolve estrangeiros que decidem transportar
motociclo sinistrado, o qual servirá de base de explanação para os expelir a droga sob medidas de precaução já que droga dentro do organismo.
esclarecimentos mais típicos e funcionais neste género de situações.
PUB.
26

INSÓLITOS
CASOS DA VIDA REAL
INGLESA EM MAUS LENÇÓIS

Violada e presa no Dubai Qual a esperança do mundo


A embaixada britânica no Dubai declarou ao jornal “The Sun” que se têm
verificado algumas situações de enorme injustiça naquele país, mas que esta
ultrapassa todas as outras. Uma londrina de 23 anos terá alegadamente sido
em conflito? Que solução?
violada por um empregado de um luxuoso hotel do Dubai, mas ao deslocar- Prezados concidadãos da lusofonia, noite do último dia do ano lá encontrámos
se com o noivo à polícia para apresentarem queixa, acabaram detidos À medida que os anos passam, o Homem superlotada a Congregação de Kilburn, onde
acusados de sexo ilegal e consumo ilícito de bebidas alcoólicas. parece um tresloucado à face da Terra, um grupo de Pastores se puseram à nossa
Segundo a notícia do tablóide britânico “The Sun”, o casal estava a passar porquanto se esqueceu do seu Criador, i n t e i r a d i s p o s i ç ã o f a c i l i ta n d o t o d a s a s
o fim-de-semana alargado de ano novo no Dubai. A inglesa, descendente de virando-Lhe as costas construindo um mundo à movimentações do repórter do jornal periódico
paquistaneses, diz que a violação foi perpetrada por um empregado do Dubai sua maneira, na qual está pagando um alto “As Notícias”, senhor Herlander Cunha, porque
Marina’s Address Hotel, que a seguiu até à casa-de-banho das senhoras e se p r e ç o d e v i d o à s u a d e s o b e d i ê n c i a ! N a chegámos a uma situação tão delicada em que
aproveitou do facto dela se encontrar semi-consciente. verdade, o que hoje está na moda é o uso da tivemos que ouvir a voz de milhares de
A vítima admitiu que havia bebido demasiado, após o namorado a ter r e f i n a d a p o l i g a m i a , a s s i m c o m o a cidadãos dos Países Lusófonos! No dia
pedido em casamento. Foi por admitir o seu estado de embriaguês, assim descontrolada homossexualidade em que são seguinte, no final do culto, aproximámo-nos,
como o ter partilhado o quarto com o seu noivo, que levou a que a polícia a cúmplices os próprios Governos como de costume, do senhor
detivesse. Segundo a rigorosa lei daquele Estado islâmico, é proibido o por terem autorizado os Bispo Pedro dos Santos a fim
consumo de bebidas alcoólicas fora de locais com licenças especiais para casamentos do mesmo sexo, Efectivamente, de fazer uma resenha histórica
esse efeito e a prática de relações sexuais fora do casamento. não medindo as consequências está-se a dar muita do actual evento, onde nos
O seu noivo, de 44 anos, também de Londres, foi acusado dos mesmos e responsabilidades que daqui publicidade também contou muito resumidamente
crimes. O casal foi encarcerado antes de ser libertado sob fiança, estando a possam advir! como uma grande parte das
aguardar julgamento. Os passaportes foram confiscados e a dupla de O s i r r e s p o n s á v e i s p o r ta l à desorientada “Comunidades Lusófonas”
namorados arrisca uma condenação de seis anos de prisão. p r o e z a e n g e n d r a r a m a pornografia em vez de escolheram tal congregação,
profanação e nem sequer com tendência a aumentar,
pensaram que já houve um
nos organizarmos porque muitos falsos messias já
mais e melhor
Oito dias fechada no elevador! dilúvio, assim como a
destruição de Sodoma e
foram desmascarados, bem
defendendo sempre c o m o c h a r l a t ã e s q u e s e
Uma mulher de 35 anos foi encontrada dentro de um elevador, onde Gomorrra, e continuam a brincar intitulavam de advogados foram
estava presa há oito dias. Embora em estado de choque, a mulher estava c o m c o i s a s s é r i a s a t é q u e que possível os mais t a m b é m a p a n h a d o s e m
consciente e, aparentemente, “em bom estado de saúde”, asseguram as tenham que pagar bem alto vulneráveis flagrante, não esquecendo os
autoridades. A mulher espanhola foi encontrada na moradia onde morava, preço! trabalhadores muitos pastores de aviário que
em Sitges, perto de Barcelona. A polícia foi alertada por familiares da Efectivamente, está-se a dar se tinham infiltrado no seio das
mulher, residentes em Madrid, que não tinham notícias dela há já vários muita publicidade também à “Comunidades de Imigrantes”,
dias. Esta terça-feira, entrarem no edifício, ouviram gritos e descobriram a desorientada pornografia em vez de nos vestindo peles de cordeiro e disfarçando como
mulher dentro do elevador que, segundo as investigações, parou no fosso organizarmos mais e melhor defendendo os camaleões, pretextando aconselhar os
devido a uma falha eléctrica. A mulher, que esteve oito dias sem comer nem sempre que possível os mais vulneráveis imigrantes ilegais prometendo-lhes mundos e
beber, foi entretanto internada no Hospital de Viladecans, por se encontrar trabalhadores, porquanto a maioria das fundos a troco de grandes somas de libras,
“psicologicamente desorientada”. “Comunidades Lusófonas” são constituídas por q u a n d o a f i n a l n ã o e r a m m a i s d o q u e
trabalhadores e não por empresários, como já mercenários!
foi mencionado noutros artigos. Mas, apesar E vamos de mal a pior, porque os adeptos do
Piada no Twitter levou-o à cadeia de todos os esforços a boa-vontade não basta, anti-cristo e da besta já deram sinais, como se
porque por todo o lado se têm erguido falsas pode comprovar com aprovação da asquerosa
Aborrecido com os cancelamentos provocados pela queda de neve, Paul “Agências de Trabalho”, assim como há lei da homossexualidade, dos promotores da
Chambers comentou no seu perfil do Twitter a irritação com o possível adi- trabalhadores que se vendem apenas para pedofilia, assim como da propaganda da
amento de uma viagem à Irlanda, que ja tinha marcado. "O Aeroporto Robin serem promovidos, falseando com beijos de pornografia que, no fim de contas, todos serão
Hood está fechado", escreveu Chambers, de 26 anos. "Têm pouco mais de judas o seu semelhante! Porém, quando julgados pelos actos que praticaram! Parabéns
uma semana para voltarem ao normal, senão rebento com o aeroporto". parece que está tudo perdido, começa uma luz ao jornal “As Notícias”!
Os seus amigos acharam piada ao comentário, mas a polícia local foi bater a brilhar no fim do túnel, como na verdade
à porta de Paul. "O meu primeiro pensamento foi que alguém da minha aconteceu, com a “I.U.R.D.”, em que nos Saudações lusíadas,
família tinha tido um acidente", contou Paul. "Depois disseram-me que eu apoiaram em tudo quanto necessitávamos F. Gonçalves da Silva
estava sob suspeita de terrorismo e mostraram-me uma folha com uma dando-nos por isso todas as garantias e na Portuguese Action Group
impressão do que eu tinha escrito no Twitter. Nem queria acreditar".
PUB.
29 Janeiro 2010 27

COMUNIDADES
Supremo Tribunal Administrativo considera A EUROPA XENÓFOBA
irregularidades no Conselho das Comunidades á cerca de duas semanas atrás fomos confrontados com notícias sobre motins e
O Supremo Tribunal Administrativo quer
avaliar questões pouco claras no conceito jurídico
e social, que considera “essenciais” e que podem,
regulamento deste órgão de consulta do Governo
sobre emigração.
Em Abril de 2009, o TAF anulou a eleição do
H uma tentativa organizada de matança de imigrantes numa localidade italiana por
grupos de civis. Atropelamentos propositados e, ao que parece, porque não
gostaram que os imigrantes da zona se tivessem tentado organizar e reivindicar direitos.
de novo, por em causa as eleições do Conselho CPCP, determinando a sua repetição em nova Agora, outras notícias vindas de Espanha (Público, 24.01.10) dão conta que municípios
das Comunidades Portuguesas. reunião plenária do CCP depois de aprovado o da esquerda e da direita procuram impedir que os imigrantes se inscrevam no registo
O contencioso judicial sobre a eleição dos regulamento em causa. Por seu lado, o MNE municipal para, segundo a lei, terem acesso à saúde e à educação. Apesar do registo ser
membros do Conselho Permanente das recorreu da decisão para o Tribunal Central obrigatório, os municípios recusam-se a aceitar esta inscrição e assim recusam direitos
Comunidades Portuguesas, em Outubro de 2008, Administrativo – Sul (TCA), que em Agosto lhe humanos fundamentais. O argumento fácil, superficial e estúpido de que “em Espanha
opõe o conselheiro eleito em representação dos deu razão, tendo revogado a sentença proferida não cabem todos” ganha terreno, numa sociedade (europeia) que perante a crise – que não
emigrantes portugueses no Luxemburgo, em primeira instância. é só económica, mas também de valores – cai (de novo!) no populismo xenófobo, no
Eduardo Dias, e o Ministério dos Negócios Foi esta decisão que o Supremo Tribunal nacionalismo reaccionário. Os poderes públicos que incentivam a xenofobia, aprofundam
Estrangeiros (MNE). Na notificação enviada às Administrativo aceitou agora rever a pedido de e legitimam perigosamente a violência que crescentemente vai sendo usada contra
partes na semana passada e a que tivemos acesso, Eduardo Dias. No texto da notificação, o tribunal imigrantes, como aconteceu em Itália. Na Catalunha, a esquerda republicana, que recusa
o tribunal conclui que “o interesse suscitado pela sublinha a “excepcionalidade” do recurso de o registo de imigrantes, esqueceu a importância do internacionalismo, da solidariedade
presente revista transcende objectivamente o das revista, considerando que “a necessidade de rigor, entre os povos e da universalidade da exploração capitalista e suas consequências.
partes e preenche a exigência de importância certeza e segurança que se exigem em matéria de A esquerda não pode deixar de defender os imigrantes e de lhes reconhecer todos os
fundamental da questão jurídica e social em eleição de um órgão desta natureza tem uma direitos, perante uma Europa que avança na criminalização da imigração (veja-se a
causa”. relevância objectiva evidente”. Directiva da Vergonha) e na dupla utilização dos imigrantes, ora como mão de obra
Na sequência do plenário do Conselho das Miguel Reis, advogado do conselheiro do escrava, ora como bode expiatório e trampolim político do populismo. Não pode deixar
Comunidades Portuguesas (CCP), que decorreu Luxemburgo mostrou-se satisfeito com a decisão de apontar as condições desumanas em que vivem e a exploração que sofrem no mercado
em Lisboa nos dias 15 a 17 de Outubro de 2008, do STA: “O simples facto de o tribunal de trabalho, não pode deixar de contrariar as formas cada vez mais precárias de
E d u a r d o D i a s i n s t a u r o u n o Tr i b u n a l reconhecer que o órgão é importante quando há regularização adaptadas a “usar e deitar fora” que tão bem serve determinados interesses.
Administrativo e Fiscal de Lisboa (TAF) um pessoas que o querem desvalorizar já é uma Não pode esquecer que são vítimas de ditaduras, guerras e de políticas económicas
processo contra o MNE, alegando irregularidades grande vitória para o recorrente”, disse. O erradas, sobretudo da liberalização dos mercados, que enfraquece as economias
na eleição dos membros do Conselho Permanente Ministério dos Negócios Estrangeiros não quis nacionais e promove mais exclusão e desemprego. Não pode, acima de tudo, seguir o
do CCP por não ter sido previamente aprovado o comentar a decisão do STA. caminho do cinismo... RITA SILVA

Somos (todos) apenas uns tansos


E
sta coisa dos direitos é uma coisa que entendo forçados. Se atravessarmos a fronteira iraniana direito de voto, ou mesmo proporcionar-lhe forma de
difícil de perceber. Não porque não concorde que ilegalmente, somos detidos sem limite de prazo. Se concorrer a um cargo público ... ou fundar o seu próprio
devam existir e que devam ser defendidos, para atravessarmos a fronteira afegã ilegalmente, somos partido político!
nos salvaguardar de excessos de toda a ordem, até do alvejados. Se atravessarmos a fronteira da Arábia E, por último, mas não menos importante, podem
exercício de poder pelo poder. Mas nunca deveriam ser Saudita ilegalmente, somos presos. Se atravessarmos manifestar-se nas ruas e até queimar a nossa bandeira.
aplicados para darem regalias a quem não as providen- a fronteira chinesa ilegalmente, nunca mai ninguém Isso mesmo!
cia. E a quem em suas próprias casas nos tirem todos ouvirá falar de nós. Se atravessarmos a fronteira Mas se qualquer um de nós se levantar e der voz ao
os direitos. Porque é que devo dar a beber a um vizinho venezuelana, somos considerados espiões e o nosso descontentamento e quiser impedir este regabofe,
que me nega àgua quando me falta em casa? destino está traçado. Se atravessarmos a fronteira somos de imediato considerados racistas!..
Para me fazer compreender e demonstrar a si leitor cubana ilegalmente, somos atirados para dentro de um Parece ser surrealismo, mas é assim mesmo.
que somos uns tansos, que devemos andar a dormir e navio para os E.U.A. Criámos leis para nos defendermos e podermos viver
que somos, de certa maneira, os responsáveis pelas ati- Só que ... Se qualquer um cidadão destes países numa sociedade livre. O que não fizemos foi criar, nas
tudes fundamentalistas que outros povos têm connosco entrar por alguma fronteira da União Europeia leis fundamentais que nos protegem, forma de nos
– as quais passam por actos terroristas, atitudes e afron- ilegalmente, somos obrigados a providenciar: um defendermos de quem nos explora e vive por conta
tas que beliscam as nossas religiões, modo de vida e abrigo ... um trabalho ... carta de condução... cartão daquilo que não advoga, em que não acredita e que não
liberdade. Que tiram partido de tudo aquilo que temos, europeu de saúde... segurança social ... crédito está disposto a defender, trabalhando para educar os
mas que não estão dispostos dar nada em troca. Ora familiar ... cartões de crédito ... renda de casa seus filhos.
vejamos: subsidiada ou empréstimo bancário para a sua compra Onde está a coerência disto tudo? Para que Mundo
Se atravessarmos a fronteira da Coreia do Norte ... escolaridade gratuita ... serviço nacional de saúde estamos a caminhar?
ilegalmente, somos condenados a 12 anos de trabalhos gratuito ... um representante no Parlamento ... dar-lhe JN

PUB.