Você está na página 1de 82
Coordenagito Editortut Irma Jacinta Turolo Garcia Assessoria Administrative Irma Teresa Ana Sofiatt Assessoria Comercial Irma Aurea de Almeida Nascimento Coordenagao da Colegio Ciencias Socials Luiz Eugenio Véscio fi. Adam Kuper Cultura a vis&o dos antropdélogos Traducio Mirtes Frange de Oliveira Pinheiros capitulo 3 clifford geertz: cultura como religiaéo e como grande 6pera io imports 0 quar se ent nest aos ue mente ard et nbn seal quem nity, pas ccs ance, bon come e€ tamko” A Foe Gripe dese cca dowd de aumento coal Shee ametadors que, anim que 0 ingrese tenn, ns es Ato Wr Ge waa para Une ™ Geer, sa spose ¢ varios etudantes de pos-graduacio seabalharam’inteamientemiente no Marrocas ‘enue 1965 © 197, He se lasprou nessa experiencia para eserever um e& ‘do comparativo sobre 0 lamisme em Java e no Mattocos, ‘Slam Observed (1968). Ein 1970, Geet foi convidado 4 fundar a Faculdade de Ciéncias Socitis do fsttuto de Bsuelos Avancados em Prince- ton, lendivio centto de pesquisis que jt havia sido abrihan. tado por Elosein, von Newmann e Godel. le aceitoy, em par fe porque representa una opodunidade de comerar ago ‘novo, © em parte para ganbar tempo para escrever, li cle ‘iow uma pequent escola 2 sua propea imagem, dedicada a tuna. abordagent igerpreativa que rejetava acacia social positivist. Um quarto de eéculo depos, ele ainda esti JNO Thstitto, ele publica, erie outos abate, duas eoletneas de ensalos, A iterprtaedo das Cultures (973) € O Saber Lo- ‘al (1983), um esto clssico sobre unt esto alin, Mega fa 1980); doas mediagies sobre antopotogia, Works and ives (1988), que fla de outros anvropéloges © Afr the Fact (1995), que retrata se proprio wabalbo. “Geciteaprowesion tris as ais oportunidades, mas ex te um padido nese capitulo de acasos. Sua earera pode ser fv em hs fses, Ele entrou para a antropologia no mo fiento em que os Estidas Unidos, entusiasmado com a visa ‘br Segunda Guerra Munda, nanciava a reconstruglo da Eu qopa e promvia 4 Independencia de colons européias oa (Ast eo Afric, Havia grandes esperangas de que a cients so ‘il sorte americana ajudana 2 ela um mundo meliore im [a apes tor gore petra que paises pobres passassem para as milos dos com fists, CHouve uma epoca, na déeada de 1950”, de um per Sonagem de Joha Updike, telembrando os “esudanies de Re- lapées Sociis de Harvard “em que a socoloaia,aliada& ps clog, anteopologa,histra e estates, paccia prestes a salvar 6 mundo do velho etacionaljugo da religiao e do tk balismo”)" Nessa fase de sun carelea Geestz ea passoniano — «,consegjientemente, webertino, pelo menos de acordo coin 2 visto parsons de Weber. Sua priacpal prcocupacto 2 mest que Parsons arias a Weber a= ligigoes entre iiae f processos soci, mais especiicamente feedback entre ‘renga religiom e desenvolvimento poliico e econdmico, ‘Na segunda metade da década de 1960, Geertz comegon « nwdar seu curso, O periodo iniial eonfuso porém proms Sor da Independencia Indonesia chegara 4 vim destecho {entento. Além disso, em outtos lbgares, os movimentos nacio- ralsas contra 0 colonialisma perdiam seu briho 2 medida (que se enguistavam no poder. Dos novos governas, poucos peticulos, mas por que eles o faziam ainda € um mistéio. ‘Outra questo igualmente enigmitica €-¢ auséacia de politica normal no topo do sistema, As sociedades hirirqut fas va de regra no esto de todo livre de competigio e di Vergéncias. E como resitatim historador holandés, Schulte Noruhok: “0 conceto do Esado-tearo detxa pouea marge ‘pe 0s confitose para a violencit inerentes 3 sociedade bs lines.” Se confit e violencia eram inerentes a0 sisters, en {o, provavelmente, a cote mo poderia manter-seafastada de suas questoes seculares. Com base eum estudo Techado de textos balineses, Noraholtafima que a Bal do séeulo 19 0 rei tinh’ de prover lideranga polite, incluindo lideranga na fuera: que ligaelo ao ea, como sustenta Geertz, Um pro ‘lem focal, nas sim uma arena em que os forges € os mem bros do poo inham interesses comuns,e que a cote cava cessencialmente preocupada com queses de comeérco et Dutacio. (Um observador europe elo século 19 tesa em afymar que ex Bali dinheiro era 9 nervo do poder" Tis STS a regres he Techno of poner inthe ngncered Landcape of ak Poneto, 8 Pans ey Pres 5 1. GHZ. sega 215 (oes). Ps comm sae ow sexo ver NOMDOLH Sut Onn, Dee set Dexia "kn Txt and Coote in ins eects the Pat a ‘dae 5 99.2758 18 1H NOWDNOL Hr Seale. Loakbp andthe ns of lc Cena 8 atin spit Co te Sal Abe igh nba 3 p 298 BS id ma 153| caf E anaisplavsivel supor que 2 mela que aumentavs © controle colonial, daninuiam os poderes do rel, e as comes Sdotavan forgostmente wma poles simboliea Essa aap tagies. por sta ver, davam colecido as percepoes do pase ‘sido. Algo do genera aconteceu em Java, onde elite rel perseu 0 poder polio depois de 1880. "Sem espago ou de- Sj de realizar manobras politicas’, comenta M.C. Rickles ‘elite real voltou seas enerpis Part os assuntos cults AAs cortes.. degeneraram nun formalismo combalida, numa anfcalidaceelaborads €antiquada’ Em vez de represen- {ar egeneragio", essa politics cultural pode ter sido a tn i fora pela quel 8 alsoceacia podia expressar sus rsis- FBncia ao enloniliso. ba mesa foema,¢ diel acreitar que um sistema po- lidco hlersruico © de Lag escala podesse ter sobreviido por un tileaio sinplesmente oferecendo espeticulos ci Eenses ot ae mesie operas: © no em wm Gnieo Focal, mss fem wieos, poss Geertz considera Bal como um cxs0 tipi {lo sudeste asco, (As autoridades em sistemas semelhan- ts de outras partes da regito mestra-se cticas, Stanley “Tamsbiah questions especicamente a ditinglo que Geert faz entre poder rival e poder politico nos Estados do st- ocste sation)" Mesme deixando de lado as questdes le Yantadas por especialsias regionals, Negara constital um tnorelo implasivel de um novo tipo de teria politica, ape- Sarde Quentin Skinner ler endossado as alegagoes grandio= fs de Geertz # esse respeito no sitio capitulo do liv: “hale a Teoria Police. Na melhor das hipoteses, 0 estudo pove, inackeridamente, chamar 2 ateneio para ma estate ia particular de resisgncia anticolonal.Portanto, sua andl fe do ngqara serve como metifora luminadora para a teo fia madura do priprio Gees. Ele rerata uma sociedad cua [TE Gains m4 or Fad Indonesia Heorng tim tian Unisys, Ap 2D TS IAMAt Sc Clit Tews, ne Sota Aton. Cb tr Sma nina Pest 195 eas ponent (Glan vs Reon Ari Negus Su Ate Rasa, Bin p 1358, ms 54 vida real & governadla por idgias, expressada por meio de Soabolos e fepresentida emt etuals. O etnogito 36 precisa Jer os rtuais¢ interpretilos. N3o hd mada fora do texto, € se 198 textos no falarem de poiieae economia, endo esses as Suntos podem seguramente ser ignorados. ‘Os tabalhor maduros de Geertz cewpam wm lugar de destaque na medema antropologia norte americana etém fs ‘inde os estudlosos de histo, teona Ikerina e flesoia cul tunis Elesoferocem uma nogio coerente de “calturs, detii- ‘da como um dominio de comunicag30 simbellea,e crsinam ‘que cofnpreender culura significa Intespretae seus simboles ‘Geertz lusuou o que tiaha em mente com estudos de caso in- innsecamence fescinantes e sugestvos que descreviam cout plexos exstios de idéias e elaboravam representaroes de 1 Tuais. De tempos em tempos, ele afiaa que uma perspectiva cull vai levar a ume revolusio na flosoia moral Ou na teoris policy, < essa promesscertamente encorajou alguns personigens desesperados nesses cumpos superpovoados &m que a involugio muitas vezes levou 3 pobreza comum, 'No enlanto, eu trabalho maduro ndo oferece 0 que fot prometco no prospecta original, o desenvolvimento de wins fori socal, Pelo conirrio, Geertz condi seus letores de vol a uma tradi de inlerpreagio a que os humanists, ‘esti famiirizados. Um professor de lterawea, Vincent Pe- ora, comenta que “os estudos iterdrios apropraramse das leas de Geertz t20 prontamente quanto o proprio Geert tomou empzestado instrumentoslteriros”. Um histoiadon, Donald Walters, observa que “tanto 0 ponto de parida [le ‘Geert como a distincia que ele percoreu a pari dele em tum ar de famiardade para os histovadotes""” Enetanto, indo de uma discipina supostamente mais terica, ele realmente ofereceu uma clarezn anal, um vocabuleto novo e sma. promessa oportuna (pois os 24quives estavam tho superpoveador quanto of serozasjavaneses) que pres tandovse bastante atengao nas prtieas aparentemente mats [FER ins eu Koa p28 THE Sy Daal pf ne kad ant Ikon Seca Rauch 4798, 1 fis geet rls, podia-se aprender alga coissiteressantes sobre 8 {Pcie mais mp mo ema Gos fama cm elo apenas por antoptgos ns enn por hier: e ios res esa Quando, em 197m gro Ge pocminenes hstadacores trees amencanos se fei pm det “nova depbes em seu campo, Geet ~ que Tio comparece felt “erie osteo padocr do onerouo" Bm 1990, Robert Dros decree ees fers que “a anopolog oerece 20 trad 9 qe 0 er {Co da mea nto conse, una concep crete de ‘Mtoe atmo gue. pii, ce se feta 9 arp toga cerca por Cees Ler Gera" obsevou Ronald he Sacer sobre hte parce or et dn ppovcas cee compartinads por pesos que raramente em Uhsaus otto. em por les no am ses bales pata Spender sobre 2 indonesia Barons ms pare obter ‘Maas Geert €comumentecado pelos teres eos nos Ssumos de calm, sinbotsme, ajniiado © relativism, {puto campos por expres como frome Brera ps ‘Sg ofa Reno wee, Nowe els, le Sertomnn 0 pur dos prtcintes ees arvizates, © que Geert oferace no final € um endoso elegant do poise de miepreain, «cle empresa a esse prow 3 itatmsdade de ago qu pode Ser ura ceca que €, pelo menos, magicamente exci sa faba de referent Ale {Rin Nstoriadores esc confantes de que sempre esceve- “Vi ico pare NGLIAM, Joby; GONKIN, Pl KC. ‘wr Dicctone am meri nica Moy 197. aa 1 DANTON, haber Tae as of Lamour eos a sk ‘TR WALI Sn of he ne co eas aa he Ho ‘oe nite ITASACK, Alt Lal Knowledge, st Tis Gece and yo ne HUNT, Lyn (8) Te Ne Cur te Pony. Besley. tinea Caen Press, 19), 767. oat ahs stain ear conf com 2 fa Fnac que ours dss pe comet emg. 9 WEIL Tes Wim. Gases Catal yes, ond ise. om Sync Transrmston. iprentatns,v 58, wen 187 ito ger Fam etnografias,¢ 08 histotadores culms forsee encora dos pelo exemplo de Geert 4 se alatarem das abordagens sociais © condmicas. A medida que Geet se distanciou ds abordagens cientico-soetais, ele susgis come um human ta tradicional. Suas referencias, seus inteesses, st mania até mesmo o8 asuntos dos quas ee tats abordaram, cack vez mais, o que fl fo chamado de ala cultura, e antes dis- 0 simplesmente de cultura O estilo de Geertz também & empitieo:aforsco, conscienrement lero, replet de ah oes culturaiselevadas de veferencias « Willgenscin, Lio- nel Tiling, Kenneth Burke ¢ Richard Rory. Por fin, Geeta de cera forma € um soberano nos secores mis sagrados dos rielos acidémicos americanos. Nao ami que o€ huntanis- tas foram inspeados por seu exemplo a explora 3 diversida de da visio de mundo de Jane Austen, 0 charivari dos co- mercianes franceses do séeulo 18 ou 08 cerioniais elabo- rados da corte de Verses Dentro da antropologia, exstem duas reagbes cricas & usta intelectual de Geez. Uma visto afirma que ee abandonou o verdadeiro eaminho quando deixou de se prec ‘capar com histéria socal, mudanga econdmica e revolusio polica e comecou a tratar a cultura coma forca mot2 dos a= snios humanose, no final, como um campo de estado aito- suflclente, Os autores dessa corente coast 0 papel dom Imante que Geertz atnibui a culture, Els alegam qje os mode Jos cults server aos propéstos politicos de determinadas pares interesadas, cultura ~ ou Ideologia~ € contests, © ro simpiesmente engolida. A outa cities € de que Geert to ‘mou o caminho certo, mas no aleangou seu objetivo. Ele 80 ‘ousou analisar 2s implcagbes da sn idea de que as eto fia eram constuctosculturas ero meras tentatvas de mos tra as coisas como elas realmente s30. Apesie de mio ser po- sivisa, ele continua convencido de que's etnogratia de cet ‘a maneia coast uma busca cine, (© primeito grupo preteze 0 Geert? do inicio, © outeo prefere © Geertz maluro. Mas os dois menosprezam a pre T19Wer oes mancomads “Leas Aon i cupacio cental do sew trabalho, Ble restingi € aprimorou 2 definiclo de cultura, ¢ depols tatou-a em seus proprios Termos ~ 01 nos termos que ele atbuly a ela ~ como um. sistema simblico que ana por itermédio de metilor ‘uma miscelines Je textos. Finalmente, cultura para Geert assum tim significado bastante semelhante 20 dos amigos humanists: a epitome dos valores que predominam nun scciedade, incorporados de forma mais pertelta nos nituals Feligioros e na afta ale da elite. Essas mudancas de nfase ‘spelbam:se no estilo cada vez mais rebuscado do proprio Geertz « por referencias que indicam fidelidade 3 ms lta cule 3 mao, ‘cima dle (ido, 2 mensagem de Geenz € que a cultura € 0 elemento esseacal ns defnicio de natueza humane, © & orgs downinante ma bist, Negara representa ast respos- tah questo levantada por Parsons sobre o papel da cultura fhe apo social A culture downing: bem da verdade, a ala ltrs domina,cMstare de uma visto cocrente, mesmo que Sob pressio, Geers por vezes 2 Formulasse de forma mais vagay © em termes mais facos, menos chocantes, A despeito ‘le seus prfestos em contri, « verdade € que Geert tor. now's uin ideals exitemo e, consequentement, ficou Yul Nerivel& era Fai de teorias ideolOgicas de historia. programa pusoniano pode ter sido superambicloso, © os pr pris exticlos inca dle Geertz em Java israram alguns dos problemas que surgem quando © sparto parsoniano é leva flo campo. Eaetanto, Parsons aboniou a preocupacdes de ‘cher, Man € Durkhoin, fi bastante caro acerea das litle tagoes de ma hisiocogratis ov sociologia idealists. Geer ppermunecet fil, 20 seu modo, 2 li de Parsons sobre cul fhm também 2 sua ealea sobre o behaviorismo, mas ele perdeu o inieresse plas questes socioldgicis, embora sem ‘explicar 00 justicar essa mudanca. Ble simplesmente a dus: trou. Em Negara, a sociedad ¢ 0 dominio sordido do campe- SG ert, asp fede: de fore efcn ona scah de guc ce maa, Yo fa pa {ela comes amet Aseeato Ama Oe Apo Kat aaa peg 3 Hp 26, : — stir port sinato. O tempo pairs na corte, 0 verdadero centro do mun- do, para os balineses © pars 4 antropologia. "You esbanjar aeréscimos especticos 2 cultura, esudae ‘uidadosimente as processos de raciocnio © aegulhar de ‘aber nos sistemas simbehics" diste Geertz a uma platéa dda Faculdade de Diseto de Yale, em 1981. “sso Bo faz 0 mundo dessparecer. isso 0 tz 2 lz" Cantido, parte do tnundo realmente desaparcce Os politicos nacional, so ‘dados indonésos, as agentes da CIA, os empeesiios da Chi- ha continental perderam-se de vist.’ mundo a que somos apresentados nos tlinos tbulhoe de Geen parece ser mi to diferente do mundo em que examos acostumados a vre. ‘Alem disso, ele € mais complexo, menos babitado, do que o mundo dos aldedesindonésiose Jo povo da cidade deserts ‘nas primeiras monografas de Geertz Um mundo fl perdi, fnio parece que outio mundo Tot gan. Ti GEER, Laelia. 88. ‘capitulo 5 marshall sahlins: histéria como cultura tur ere, hier ents starsat Sebi O semana gato treo aa anton ai ain ny nar 2090 nat popes 1S dune aps no onc en tear sot june Sowa Le Whe ear cones de coi crotonsa mu Gunnin de Sclgne o ‘nia (cd eae de igen pas Ct, oc Ia dein 9c Whe mesa sg ah on ‘hues tn deus rat hela pe ‘sicsey ion der stent, hele Harta ‘ita Sgy Met oy taper Shs eee ee ST Mant ats un Re ete clo nce ‘ron ncn von de eset vane She Coun, ods douse on Dstice tntee Sede hp coe sa cen BETS PS ‘x nesskcloa mtr ta stundode ck cite Rn doe ato even ct ne perc feces epi sa de sas liga com o mars. © evoluionsta note- Senin Lew Hey Mors a hava io canon mtn, caressuskad por lee White Tudo 9 Tin ose aa com cet cauiea, por casa da bast {de do seaor MacCarhy) Os meres do ceo tam brat se comidearam i pak revolvconao prearaeo part o combate Hes achavim que Boas havia desviado 2a Topol so seu camo com ss side etn em rac20 {conn evlucioea aa issnca na paculrkade Je IGentdades cutis OF boasinos daguelsepoct pecan terabandonado completamente 3 cence White este ten um nto em que tpl Feroumente a beranga bow Sinan tan pio ina histo pic sobre Snwropaloga, em que fepresenata ua ut pica ese uma tomes fs de evlaonbtas © sous averse anientios, ides © relatisan” Tun see de Ingo dees, os joven dlintaram um tpande tenis prs 0 novo cvoluconiane. No ebaate, aoe poula meyar a exiténch Je una deren sig fa ente as concepgdes de cults de Wit e steward. Bem Ue scoro com a tadigao de Morgane Tylor, White alegava {foe numa vst tals mpl, cviezco humana hava evo titi Quanto ras sang a sociedad, mas complex So onlagao, White sredkars que o nivel de consume de 2 SOCIAL, Opinion of bose Mey ice er Sy Stud, sn, 529, one 196, CMC of patil Then. A tlsaey of Tico of Gahan Nowa Ye Tbomas Cl 196 Sanna sacs ian Re > Bruton ond Gin. Ann Ab try of Min Pres, 98 HVC, Fina Pate Sci Ongetaon er Yuk arr he, WOT, Hike Abra, Enews J: Pt Feet 996 i: Peto Englewood Caf NJ: Pree tal, {Ss SMHTANS Dene Fagot CL, = ree a SAGE Writes A. The Sc of Cars Sty fH 2 Gio, Nae Yr: Gore Pros, 2. 208 marta eine fenengla formecis uma medida cbjetva do avango cultura Ju lian Steward era mais cetico do que White respeto dos si Aelos tadicionais de evolusao unilateral Ele exortava o est ‘do de determinados processos evoucionstios denio de Seas resistentes das cultura, em que as socedades com oigemn mum eram expostas a restigdes ecoligics semehants, Enrretanto, as divergéncas dento da fac evolucionis- ta eram atenuadas ao maximo. Em sett primeira ensaio tet ‘co ambicioso,Sahlins encaregourse de tena Fazer wets ese dlaica entre a da bastante generallzada de evolugao Drogressiva universal ea referencia de Steward por modelos ‘mulilineaes que enfaizam os processosloeis de apag seas dss abordigens & evolugio ato competian entre Todas as espéciesevolufam em resposta « pressoes locals por ilo do process de selego natural, mas a longo pra er pécies cada vex mais complesas e efcientes emergiam, Esti tos sobre adapiagdes evoluciondris locals “expects” po- diam ser sintetizados em narvas mais abrangentcs de evo luo ‘era. O tema de evolugio geral em “0 easter do pro to progresio"® A evolugto cultural ers meramente ua ex lensio da evolugdo biologca. Ela “coatina 0 processo evo- lucionsiie por novos meios" ‘Os antropsiogos, portato, dlevem juntar as abordagens ‘evoluciondiias de um White e um Steward. As vrias soced- ‘des das ilhas do Pacifico, por exemplo, epresentavar wl boratério de evolugio especiica, como os bandos de pas: 10s nas ilhas Galpagos. © prepsio Sains publica ua as lise de uma comunidade fjana, com base no trabalho elno ‘rifico de campo realizado em 1954-1955, conceida pars de- ‘onstrar “que a cults moalana constitu una organizacao adapratva,lteralmente "ura forma de vid’ apropeisd a de {6 STIWAND, Jl, TBaory of Cure Charge Ts Hooley ‘ef Nalin tatiana vray ns ac, 2. "ielaten Space and Gane! Cowe esa fo spas hum entat eolco, pbc or Si Servis Baton 2a inal termvinado meio"? Outta etndgrfos haviam realizado estos ‘Seinelhantes em outs pontos do Pacifico. Juntos, esses est dor de casos de evoluco espectca na regi istravam una serie de esthgioe ma tetra histrica comurn, Toda soce- Gade devia ser colocida 20 longo de wn continuum de de Senvolvimento de comunicaclesIgualtslas baseadas em po fentesco para estados hierirquicos. No Paclico, 9 ponto de parca, o marco inical do sister, fot representado peas pe~ {foenas soovedides baseadas em parentesco ce Melanésia. Fi rs um eteo intermedi, em que o sistema de cheflas esta va comegande # corroer a comunidad familar Uma forma nels eleva de organsaagio fo leancada por peuenas che Faturs, ou cacicados, da Polingia francesa, © ponto mas alto tiesse processo evocioninio ol representado pelos Estados tcbais desenvolvidos de Tait, Tonga e Hava. "Nas peuenas sociedacies bascadas em parentesco da nova Cilag, os Grandes Homens empreendedores manipula- vam um sistema de toca reciproca para constuir uma base te perder" Esves Grandes Homens tio podiam institacions- lizar sea poder nem transmit-o a seus herdeitos. Porém, a producto doméstica for paulatinamente itensfcada € 08 I Aleres comegaram a extra cada vez mals recursos do pov. Distibuindo esse excedente em exibigdes pablicss e redist- huindo alguns recto entre seus seguidores, eles aumentae vam seu poder, Na Polinésia Frances, a autoridade pessoal € tempoctia ce wns poucos Grandes Homens era transforma. tis no post de chef hereditsrio, mas a pesgao do chefe era Instivel As desigtaldades geravam sebeides. Os chefes com SA otra yen a Md An ‘ib Ur of Mg Pres 192.7. {aie specs sto da eves pay Pati Cn a vera de nto pbc om ea evi ‘St Sota Soeur Ply Aw Ab Uy Michigan Pass, 198.0 pan fel Geeta UO Tae pe tee boar peso, Por Manik Ma, an hk. Peal Fyn Melani od Pye. Cnet Te Sade ory and Sot, 5p 251,18. peo petan ¢ ueenvam ete a. Contests, detcmina {Se cea vam popes ica se ape ete Snualiaeio. Tes sfens and das cafes 9 ve Se do Satan qe tas am tno demo tent floras na tp, no Hav mo ath ccm Enter exes desemoltimesoe pdcsem ser segs er to da dee dss clay» Polls costs tpenss “Sempi do desenetncao hinano ives roo ‘tnd nor noma tee Soe, st Seta pass ‘am pe eggs serielanes 0 devancmentspelled Con consequenca do progeso eolgi o aio de ‘mein ts on poco Ena anaive defo pol er aka aum con waste en dls pos de canons bs tic de tosis repose eat part ous empleo 4: um chee dominant shine roto sun ater pat © {ue chains conein dae da Pd En eos ‘Scvios princes na aca 190, ce ano qe tava cops de soviet cc sl cos oa fetes Se lan sconanen Em ecomemis de Bands eb & proe cs ald po grupo domi to, que tum cs Une de consi, 8 epee pee ¢ cetzmente nto bavi Clo de caesar Pesta rm aller em ses popion tos depeen ewan prem inden. Ea napus a eshomas 4c Seidicer avant oe vee hats Oren {ae pro, es um peseno spo Se nes ep and popu de poe : "Ectnomianeotacssontencionsl no se apr 20 funonaneto economia Pe Ko pes Seas tam pouss sven ¢ posse fc ey © Sperovam f scordo tora msde dfn 9 as comptcencra econo de anos eos ences “no, pra, ona tei ors species par se fim Sees cance hin sds eborao plo noma thing Ra Peay mn eso a Sa io seat sb a Sea 60, nil Stone ge Economic Cseayo aie ato, 197 au tins paticipow na Universidade de Columbia da decade de {980 Polinytnepava gue lta pla sbi as sock des precapitlns ve oganiasda por prnpie de mer Calo. Os ates no evant homens de neglos, as fosut oes excncts mao enim de modo algum pereidas com as ‘Shiedades de responssiidade maa, no hava mereado Se tados or tloespadessem ser medion © compa ue ningun inks qualgver coneepeto decrement Stgegado. 8s alvidades economist evans enbuias Ba thts domestica e familar e cam regs por ura ca de So- Idarledoge de paentaco. A msior parte das mercado era Prod consume pela fail embora tora com anos parentes conse ve aoa parn os en fem cts Apenas uma pequena pare ra prota espe- SScamente pur baganbe Amide objets de valor pura inet ceninons, eget erm Gocco em cos fxs te oreo eaabceclos, Nos csr em que havi ches, {leP cea deerminada® meade como tt, tae $s redtibulsm em forma de banquets, Cada modaldade Ge Woes ers alsa pars expres telapbes de feaprocda {ke Guo do gropos'e ene cle ‘De acon crm Shin ees processes eeonmios a= da porta ser dbservacos nas "socledades da Mae da Pedi Terunecenes Ele fonts 4 "soctade da sbundincs Sra com os bosques amg, cadres despreoc ps poupds da palo edo tral ard. Hles repre Senuvan bial mre scam primo, embers teem thaw adanado uma tego hippie a0 ately toro, hve ene ean nag =o ra emprep a lingua arth qc Sing comes [Sr umm cena ona demo sera © qv Sins 42 ROLANYY, Ra. Pri, Artie aed Mod Boma, ‘sera Ps 9 PLAN, Kay ARERSUF, Cad EASON, aC) Td Mat erly Epis Nowa ve 1957 130 tei go de Salis seve wed da abun ‘Papeete Ae Benois - {Be nar sti ‘charuava, nm floeio marisa, de “o modo doméstco de pro- ‘duglo" ea solapado pelo desenvolvimento inexorivel de ide- tanga central. A media que um Grande Homem teansfonnava, 415i mesmo num chefe, ele comogava a exit tibutos econ micos as fami forganelo-as a produzie mass do que elas pr Esse relativism eo Fl bem recebido pelos pensadores da es ‘querda, Sane fez um ataque ferino a Seu atigo amigo Ins tind que os inclectuas deveriam permanecer és 20 dog do tuinismo de que s6 “hd wma histéria humana, com tia verdade © uma inclighlidade’* ‘Alguns jovens anttopdlogos fanceses tenaram elaborar 1um relsto mands do que denominavam sociedades pre-ca- pias, ura itilatva telacionada com o projeto de Polanyi ‘08 substanivisias ameicanos. Maurice Godelier aventurou Sei pee anon c seein sare erm ores ee a7 se através do Attnico em busca de novas idéla, sous en Salas do periodo foram influencaclos por discusses com nor ‘eamericanos que seguiam a mesma finha de pensamento, in usive Sains © pspio Lev-Stsuss demenstrou intresse peks ides de Polanyi. Por out lado, alguns artropstogos marnstas estavam fascinados pela clegincia © pea forga do trabalho de TeviStauss, Godelier etm paniculata sepia (6es de elaborar uma nova sintese entfe mancismo e ett falismo. Sahins também estava em busca de cal sintese, 00 ‘sou caso uma que fornecesse tanto uma histla estrus ‘Sobiologis como expressio da ideologia do mereado. ‘© grande divisor entre a8 sosedadesprliivas 28 $= cledades cad, portato, A10 erm os mods distntas de produgio, © contaste Fundamental enire os dois tips de so- fedade repousiva na onienagio carateristea de seus sist ‘nas simbolicos. As “cferencas no modelo institucional. cor fespondem a modos dlatiatos de prodhgio simblics, que ‘ontrastm tanto no meio objetivo como na cxpacidade dint ‘mea "Na sociedad burgues, o foes dominante da prod ‘to simblica € a producto material, enquanto na sociedad Primitva € 0 conjunto de relaes Sociais(parentela).” fas oma clas diferiam em “cspacidade cknamia",essasdileren (Gu sinbdlias geravam tipos bastante distntos cle ordem 80: Sal. Permanecis um grande divisor na histGla da human se, que separa os dois ipos de sociedad [Ra Seta hee Seca - {22 nasal sang Inerpretando © debate dessa forma tealist, Sahlins, pomanto, resabelecla a dicccomia cléssia enue os dovs esti ‘ior a evoluedo cultural, representados peas sociedudes pi- imitivas © peas socledadeseviizada, ou melo, entre 0 que ‘le denominava socedace tribsl e ocdental ou (usando © fr {#lo mnrnsta) sociedade “burguesa". E como manteve esse modelo bipola, ele conseguis, assim como muitos de seus prelecestore, contapor wm mundo da Idade da Peden ides Fizado 2 civilzapto conturbada fasisua Malinossk, mas tambem fornecians r0leto8 que pO liam ser seguidos no futur. Salis alegava que a oposigdo convencional entre estas tura e evento agora podia ser enbida como uma usta. Do pponto de vista natvo, todo evento era um exemmplo concrcto Se uma esrutura ideolbgica, Nao obstante, er preciso adm tir um sesfduo, A mitopriss, ou 0 que Salis chamava de produgio estereotipads (lomando emprestada una fase de Seu amigo Maurice Godelie, jamais podetia reproduzie per feitamente a esiutura mitea propia, Uva estutura de a gua forma tinha de deixar espago para os movinentos tt fos dos individos e part as inctsoes iiyprevsves de ets fos, ou para 2 enupelo de foreas nau, Saline chamaea fesse miso de esti e evento de “estratura da conjunt”,” uma miscelnea bastante confusa de termos de Levis, Braudel e, ceramente, Marx, masa tese cental era bastante clara. Os mites oferecam um modelo para a compreensio dos eventos, Além disso, chvam &s pessoas dietizes para dar ‘om nova stuacbes. Mas alguns eventos tinkem © poder de Subverer a esirura do sgalicado que homens e aulheres Tentavam impor. A mitopeixis nio pela absorver todos os choques aprescatados a el; na0 poda congelat 2 hist, Nos easos mas extemos, erlam de haver mudhneas na prc peta ordem simbolica."O grande lesa aan antropotogia hiswrica",concluts le, “ato consste meramente ein saber como os eventos sto ordenadlos pela cultura, mas 2 Forma oma, ness procesio, a cla € teordenads, Como 4 repro ‘duce de uma esttura se toma a sia transforma” “Wt en” eke AD Cain Conk or a he neyo hag oe 1p. ‘Gren sows ser igh da Ngo deen de ‘Sejm ide € oe “om confer see ‘for conad spn dar gan atic pn ao Sahin realizon vérios estos de caso sobre mitopriss 1 Polinésia no period inical de contto europeu, visindo, {\elaborngto de mn livto de és volumes que Voi a erin ltuiado The Dysng God, Or the History ofthe Sanaluich I ands as Culture Os estudos de easo em particular aque ele Inaip se dedicou ~ e que desperaram malor interese = dis: Coram sobre a vita do Capitio Cook ao Haval em 1778 1779, 4 more de Cook naguela ha @ as mudancss revokicio- ‘sas que se segura ‘historia do priaeio contato europe com © Havat tr now-se objeto do interese de eatudiosos desde © momento fn gue a8 noticias sobre o fim deamatico de Cook chegaram, 2 Inglaterra, Vitis relatos de testemunhas oculates foram pa bleidos 1a €pact ey em breve, 08 hstoradores puderamn 1 ‘oreo a uma fart documentacio da viagem. Dest 0 estisio ini, fora fstastentatvas ce reeuperar 3 compreensio dos hhavaianos sobre os evenios, mas na década de 1960 havia lua nova onda de historiogela pés-colonal que visava apre- Senta 0 pouro de vista dav nativos, emiide negigenciado ou ‘nenasprezido nas historias convencionais da expansio eto~ Delt, As inciawas dos nativos ocupavam lugar de destaque hos novwas estos e eram tatadas com simpatts. guns au- foes até mesino se colocaram contra os colonists forg vam 0s habvtantes loess, de forma feospectiva, a ocupatemn posigtes de bravos heroit resistentes contra colaboradores fegotsas © tacanbos. (As vezes, até parecia que 2 Guerra do) Viet estava senco travada por procuriglo entre os histori ‘doves colonisi) Sahlins esta igualmente preocupado em ‘upent experignestnatva, as sa menssigem nba um Silas, No final, depo de wna semana, seinow a paz. AlguNS Ossos de Cooke ~ evidentemente suas "pates postriores f- ram levados de vols para oF navies e lancides a0 mar. De- ois diso, os ingleses param, ’h versio di histrla que resumi aqui repeesenta 0 con- senso das esticisos da epoca da atervencao de Salis, Seu i, p16 ta Ba, Ma bad, pe gue 292 t asl sng autor, Ralph. Kuykendall era profesor de histéia na Unt vetsidade do Hava, Sew lvro sobre a Epo pré-colonil fou © primeto volume do que representou ma verdade ma hi teria oficial das thas, sntetizando © conjunto de conhect rmentos da Spoca. O que Sallis fe Tol seguir Togien dessa identficagio amplamente accila ene Cook e Lono. Da for ma como ele inexpretou as evidencias (essa continua 2 Ser uma questao controversa), quando Cook vision pela prime fa ver as is havaianas de Kaval e Nilay, ao Ink de 1778, durante temporada de Makibiki consigrada 8 Lono, ‘05 marighelrosingleses foram tonzidos come detses, Ente tanto, 05 havaianos logo se desiludisam, sobreaido por que ‘0s marinbeitosestavam dispastos a dormir com 2s havalanas fe fazer com elss suas reeicbes. Aperss Cook escipo ‘colume dessa deslusio geal e, uando velejou para 36 lbs de Maui e Haval no ano seguinte, ft idenificado como Lono, {As velas de Seu navio lembeavam a Ramula associeda 3 Lono, fle atrcou pert do principal templo de Lor, mas o fator ‘deco er que ele levava seus homens part 0 Hava na ‘epoca em que Lono deveria fazer sts visita anal, dnd ini ‘lo as cevimonias de Maka. Em seguida,estanulado pelos sacerdotes, mas talvez sem compreender de todo o que est va acontecendo, Cook comesou a se comportar como se os: se realmente o alu Lone. (Mth, 0 Festival de Ano-Novo hawsiano, comes va com a aparicto das Ptades na hora do creptisclo.” ts demarczva # esiaclo, quando a temperatura e'36 mates ml- davam e os prumeies fates era colhides. Leno era o deus ta paz e da erlldade e esta ansociado nos poves attGto- res, O resto do ano era governad pelo deus Ku, asseiado 06 chefes supremos, as querras © 20s steicios humanos. Quando Lone chegou de. Kahiki alver Tait), ot melhor quando os sacerdotes de Lono apresentaram 3 imagem de “Soe Maa, ve YALE, los, Aims ad Seif Runa Sec in Aneel hia ivy he 0 Fr, 185 bt» Sp. 7, € MALO, Davi. Hawa rus Moato Peat. VimlakeVanery Hew ras 1951 (pe pam ois en atu ono, 08 stuais do templo de Ku foram suspensos 0 cuto & ono temou sea lugar, acompanhaclo Por aovas tus, it tila com supiimentes, e 56 reoenar no ano segue Coole apateceu pero de Mut no final de noverbo de 1778, ¢ em sequida Velejou em sentido horario a0 sedor da is do Hava até desembarcir na boia de Kealakekua, erm 17 ide ancira de 1779, Sahlin alegava que “sso most que & Possivel cotesia viagom de Cook, de acordo cam as datas do Silendisio ewropen, com as atividades vais do festival Ma leah apresentadas nas desergbes etaogriticas baseadas nas datas do ealendirio havaano"™ As agdes de Cook naquela ‘poca reforgavim sobeemancta a suposicio dos havaianas de fe ele est Loao. "A eorrelagio ene os movimentos dusts ‘de iauigem de Lono no Mskahiki os movimentos histéieos {do Capito Cook em 1778-79 no era perflta, mas era sue ‘sentemente digns de not.” Cook Iniciou sua Jornada 20 e- dor do Tavai no da em que os tempos Ku estavam Fechados fe realizou, por mat, © percrso qe Lone realzva por tera §o redor dhs, sinda que ten ido igeiramente mas long ‘do que Lano. Ein seguida, ele ancorou pero do local do ten plo onde 9 creuto do proprio Lono tradicionalmente come- ‘iva e tenminava, "Ao desembarcas, Cook fot imediatamente ‘scolds até 0 grande templo de Hikiau, onde se desxou con Chair pelos sacerdotes auaves de una sie de tos eabors- ‘dos, eracterizades tanto nos relatos ingleses como havaianas ‘como ‘sdorigio’ ou "veneragao.” Para culminar, Cook party ‘quando o Makahill estava prestes ser encerado, "No dia 2 GE Teverevo, King fam dos ofciss de Cookl escreve que os [Re Ti ams canes dom tt to de aI Tattle ash 308 [ saab sans eles comesaram a perguntar quando os iageses lam pa cara aiviados quand souberam que 2 parida ein henge. Cook, no ena, prometey voltar nd ano seguinie! “Tudo tenscorrey, na verdade, exatamente de acordo com 3 agenda do tal” ‘Sahlins afta que o acontecimento lamentivel que se seguiu também descreven um rote mitolieo. Lono © Ku fram rival, © 8 vinda de Lono de cerio modo representava foma inva, un desatio 20 ee. Todas as dioastias havaianas navi sko fundadas por cheles invasores. O destio de Lono ao rei era vencida no lal que fepresentava © ponto Cculminante do Mskahiky, quando os dois eavavam 0 combs te smilad ¢ tono, dereotado, pai, Nesse cas, cont, a ‘seqlencla fot quebrads, O acidente do masto do Resolution ‘brigot Cook # volt a bls de Kealakelva, once cegou no tia 11 de Fevereiro. Cok goes stv bores dh canine Lm inte vind oleae us rqucaem foo, em unde parte nis milo ‘Goris cfr = que hava, dent forem,Superno ‘Som icon us page rocupendo 3 te tan soe ‘Share pone pra vet re dpa com Seine @ carurincrn sant se ma ees ‘Sum condos toe oe scomcsmontos sien” A conclusio dbvia era que a intensio de Lono dessa vez cers conquista ‘Mos asianos reageam & sua chegada com uma ste dle oubos, Cook ralmente foi levado a langar mao de seu Gi timo recurso em tas staagbes, ou sf, tomar uma das pric pals figuras como refém, "Pode-se dizer que ele invocot seus Driprios nits polics natvos: «famosa disposicto colonial de ‘enconttar 0 adrio:™ O re, que incalmente demonstars boa vontade, foi persuadio ae recusar a aoompanhar Cook 2 boro de seu navio, A matic voltou-se coats Cook e seus homens, ¢ Coole for abate por um golpe de uma adaga de “Bid ad, na 1.1 a, 2. 235 ia Fev. (Sains oferece até mesmo unt solugdo para 0 mistrto td assassinate, Kleniicands 9 assasino etal como ump Tente proximo companheio constnte do rel, um homer ‘uumaco Nut Nesse ponto, os buvalanos apareetemente “etlam que 0 equlirio do iat hava sido restaurado. 0 cor- po dle Cook fol Fevado e tatado como 0 de uth chiefe mono, ‘que signifcava um antepassado ow um val que fra deer: taco na gues, (Saline afimea que ele Tol “siccfieado histor ‘mente como in va, pas ser recuperdo kleologicamente fmais tae como i antepassado” "Para Surpcesa dos off tas, depois desves acontecimentos as pessoas se mostra Simbios owamente e perguntavam unt tanto spreensivas se Goole volun no ano seRinte “Os incidents da ida © da morte de Cook no Hava re- preseniarim em muitos aspectos metifonshistoncas de uma Fealidade mifiea"" E, no entano, nenburs mito deixa de ser §mbjguo, O mito de Lovo e outras crengas loais estavamn bert &interpretagoes aternatvas pelos pr6prios havaianos nao devemos pressupor que leds os havaaanos esivester conveneidos de que @ capiie Cook est Lono”, comenta Sah lins, “ou, mais precsamente, que ofa de ser Lone signifi ‘rr mesmo pars todos" As varias Taegoes havalanas repre “ona Coole eau comitva de formas tiferentes. Para 08 sa cerdotes Je Loto, Cook fer alta Lono, mas para o rel ele fet ums ameaga potendial, um rival, wna vez que novos res ‘erin ao Havai @ conguistaram seis predecessores. Pat 35 tnuthetes, os misinheiros eazn amantes divinos e generosos, pcs quem os tabs cram suspensos. Para os idadios comuns, GS cram a Fonte de ferramentas © opomtualdades de comes: ‘Go, Esse comer logo susettou 0 cidme dos chefes, que ten tara monopolizto, fomentando, asim, aovas tenses entre les mesmos eo cidadio conuim, Como resumiy Sabin {SAID te of sor. 29.1. (31. Hoa pore eben ats... ldap Ae of sry 912, {236 © capi Cook pate come um dus ancl pur O68 ‘ert vst ennnt part defen € ma psec ‘Som tm tri divin ewideniemerc, colt ale {ver € mens prndiows pisos omens 3 sales co Shun Agios pri de pspeti eric cm Pk ‘x anc eres pra baa sas epetvs espre ‘Gray pests choy 9 consaceectinos es aes ‘Sabon eer, cd a hs AN Das as interpreagdes dvais mio puderam reinar para sempre. Houve oma In par impor ne intespretato dig de eréclito pars 6 episddko Cook/Lono.Sablins afin que ‘prado eabelecdoe Ravatnos inte a capac sn [fur de mutica pubbemerte an pep muespete. Fran tre ets posr soe in de pon 0 fener Covk os ue de Lone, pacer ema pve ms ei al xan prof Entretanto, a propr elite estva dvidida. Os sacentotes fem volta do templo principal, Hike, aorivany Cook como toma encamagso do diving Lomo; poréim, se ces esivesem ‘eros, eno Cooke eta ui especima menos bem-vindo 30 fe ‘ea0schefes guerelos, que team de confronté-o 0 final do Makati, Desse vez, quem sabe, rma fa eal ¢ m0 num ‘embate rite Os sacerdotes de Lona coninaaram anistoxos pce a vols inesperada le Cook, e mesmo depots que Cook Fol subjugado pelo defensor dor, eles tetaram manter boss relagoes com seus homens, Cook era uma tadledo para 06 havaianos antes mesmo de ser um fat concreto." Mas a as permanéncia 90 Havat Dreciptou confltes sociss e colocou em andamento mudan- ‘as revolucioniris que precisavam se usicadas. Repetindo ‘mor como um flr, Shins insti que quanto mais as col ‘Sis permanccem as mesmss, mais elas madam. mitoprixs fk Bi, p42 2 td a. p18 capo oe teen ee pe en dear ums revlugso 1h doors de Gook deu ao re 0s chefs a oportuida- le de nconporat sea poe ital ou ana A parte dese Doo, elie hava etic se com angle En ou 2etempo, ower paso ase cael no re: Gore. Ses mi tts comesarm ac chana Ge Bly Pit, George Washing tone charey For e2 se veair muna versio do esto ai8o- Src europe so scree ss madans malate en- {feos cies ¢ 0 cdaiios conus. “O cele aso, para {oem 0 er Googe’ gtr repenenta © mode de thane eles, nao €-mms'o meno, Tampouco mama & Inet eago com Seu pve a mesma fosna, Ge havaanosinilmente interpreta ram a8 tancogdes que ream com os homens de Cook Sm vermo telco, sem reve fs eve de Ser open So, po els comegaram 9 efetvarmudangas em rages Smverconuio Uina ws prog afin que ese cor Spe foresee porgue cata sea di pres sabia © que & ‘ut pecsva ocr com a ros ina expresso ‘at de un fopca univer de reprise acre ua Sining screen to extnsunene em et Io Sloe Ae Fev s msn pean ess recon com os hewtnos sesamin paato qe avin SEB Caustecwo em suns vints 9 ous har do Paco. es quetom alimentos, enka e sexo, taesporavam mere. tore pars tora por cases serge. Em poco emp, fle tec un sem de toca repost cmbors aguas ve- des ele vese de sr mand &Torg. De aondo com Rober ‘orosky Alan Howard no psfodo do prise conan Toes heave tipo co de como, edo por Fouboe punigio, sco ts ver nals por um priodo de Somdroore roves va de rgia paces qe seta Soramar te seg por provocages tas Yeu Molenas" 08 che- BEE soma an aly Gn mac eins fs, de modo geri, estavam dispostos a ajudar os marineeos 4 controlar os roubes, pos isso os foraleca perante 0s eu pets Mas of roubos também representa lest, pois Exigiam que os europes apcesentassern quaisquer ues ‘que tivessem em relagao as pessoas que tina umn status cle ‘ado, provando sua elicicia,sebresudo conta os desafcs of- “quesirds pelos proprios chefes, Em tis situsgces, amas partes estavam hubitwadas a usar de violencia extabele- er suas posicdes. Potem, apesar dos foubos Oeasionais e is reagdes gerd pela retaligbes, os ingleses descobriram que fs havatinos, ass como outros habisntes das ils do Pact Fico, estavam disposes 2 fazer comérco, Pelo menos most ‘vam aver e generosade excepctonats, ‘Mas 0s bavaianos vim esse toes sob wins outa fiz” Salis resata que havla vidas modaldades de trea, O calcio ere apropsiado para os deuses;esperav-se qe os che [es presentetssem seus infeniores de fomna enero, ie, er -tetanto, than de Ines pagar touts; e a barganta era real “ada ent iguais. Segundo interpretcio de Sahlins, 808 pi eis contatos que os inglesesfizeram com os havaianos, ext 1774, o8 marinhetos foram tratados como deuses, qe exigiast sicecis. As mulheres se ofereciam de una form particule mente apropeiad as comemoracées do Maki, um period denials de ferlidade, Mas os mavincios pagavain ser ‘908 que thes eram prestaas,intespretando # tansacdo como Tuma forma de barganha dessa forma, perderam Seu sas diving. "Quando 0 sacifico ransfonnotrse em comério, os ‘estrangeitos' baole tansformaramse em homens. Hes foci secularizados"™ Desde 0 inicio, os homens havaanos extras vidas para trocar mercadorias incisive mulheres) por inst ‘menos e axmnas. Como a arganha tomodrse generalizad, bo mens ¢ mulheres comecaeam a dsputar as mcicadorias dos mmarihetos, Os cheles, entto,rapidamente eniravam em cena para escolher as mats ambicionadas, sem, para 6, elt emt empregar 2 fores contra seu préprio pove. Em pouco tempo, 4 comipedgto abalou as relaghes entre os homens e as muh res e, mas ind, entre © povo e os ches. epi eu liso, a veligdes comers eram reguladas port bus. As vezes, durante 0 Malahikl, 0 proprio mar constitu ‘un tabu_ Os msrinios binicos persia muitos avai hos a quebrar estes tabus para fazer coméeio com eles. Ou- tra prodigdes eram tansgledidas quando as ulleres fam 1s refeigoes com os marheroe © comiam alimentos proib ts A quebn de tabus repreveniava im problema tedsco para Sihlns, pow este era um costume sagrado da vida polinsia Contino a natureza socal de pessoas grupos, o proprio tabu representa 0 principio dessas dstingdes. Pela mes ri to. otis fats consi ama simples rellexto sobre a pete thet ele # erent rica 3 sua erganizacio™ ‘Como a priicn ent, pods exeapar da reget do tabu, fe quis crim as conseqienciay AS violagdes do tabu eram tnotivads pela qe © proprio Sablins chamava de “prigma- {da comerco”, mas Seu efit abalaia a relagdes ene a8 Sitegoras homens e mulheres, chefes ¢cidados communs, ha ‘aianos e exrangeros. © resultado fol uma tansformacio es ‘ruturak uma reorganizagio das velhas categorias, Quando 0 ‘eifiio dau lugar ao comérco, os esirangetros foram tas- formados de deuzes em homens. Outas eategorias também foram afetadis, Az havalans, por tragi0, representavam pata 08 seus homens o que cidaddos commun representavamn prs os cheles e 0 que © secular representa pata 0 tas. Portan, quando as mulheres quebracam os tabus, comendo junio com os marinhelra, ag rlagdes entre os cdsdlaos co- Inns os chefes também foram ameacads, “Logo, no se tata simplesmente ce que 0s valores de detesminados relacio- lnamentos ~ como ene hoaens e mulheres € ene cidados Comuns ¢ chefes ~tenham sido reavaliados. A relagio entre ‘esses relacionsmentos fol revista, A esta foi revista.” ‘A nocio de ransformagao csinitral basela-se na s4p0- sisio de que a relagio entre dois ou mais esas de uma es- tratur € sitemaica Una mudanea em una pate da strate fn deve desencadear muidangas semelhantes em outas parts. Se, nese caso, as mulheres Ficaam em maior iguaklade com t FFT, mst 3a aw p38 |240 marsala 0s homens, poderse-a esperar que os dacBos comuns fcas- ‘Sem etm ator jgualdade com or chefes, Na verde, pareci foconer o inverso. Sablins, no entanto,afrma que ess tan bem em uma conseqdéncia Iogica do dstrbioHniial do ve Tho sitema de elagoos ot tudo 0 que aumenta 4 dnsto ene ches eas ‘eam ou enfagace a dingo enue mens mutes fin qualence dows opogoe. A tingo de de Sore on ches popula dean fs, bse PAE Pro. Pena ma revant east pies» ao soci Jo (hedge Sh seni one a psn Sahlinsafirma também que 0s ewsopeus exam pure os hhavalanos © que os chefes ram pars os ekdadios comuns. por sso que Os chefes havaianos adotavaun nomesingeses € Se modo de vest: eles ram esiutualmente apropridos. O ‘que quer que aconzecesse, aparentemente, esata determina flo no sentido estat, Na questio do coméscio, @ 90 drama dle Lono/Cook, © argumento cle Saline em suma, de que 38 pesioas repre- Senta suas sntepresigdes do passido.O desemperho mv ‘dava o roti, mas 0s novos roteitos eram tansformagbes Jo fantigo, uma encenagio de fio César com nova roupagem, Urn das diiculdades dess'tese, como um momento de rel sao dove mosine, € que lai “iansformagoes" podem ser constras com bastante faciidade pelo observador se hou ‘ver apenas dois exados enize of quais wet “tansformagio" Deore. Qual deve ser extonsio da madanea e até que pon- te ela deve sor imprevsivel part que deise de sor uma "tins Formacio"? Outra diiculdade reside ea motivacao da mudan- (Salis, a5 vezes,invoca 0 que ele cham de “intereses" Cadmite que facgdesciferentes pockam tentar impor interpre= tages de tim mito que se encasassem em seus objevos ma teriais e pollicos. He insiste em afirar que esses proprios interest" sto cultamente consttuides. Nao obsuate, existe a possbiidade de que em vez de seguirem wm roteio Ei ‘cule esiabelecido, as facgdes havaianas manipulassem os inios para leptimar sas polieas pragmatic. Por fim, ba a «lifeuldade de que 0s mitos podem ser interpretados de viras Formas. Além diss, eles podem ser mais ot menos evidentes pa grupos diferentes mma socledade. Sablin elt, © ace, As afrmacées Feiss no lio do século 19 de que os exladics ‘comuns havaianos ignoravam totalmente a religeio do Estido ‘ede que tinham de ser foreados a obedocer as tabus, No est ‘ato, enBo, se cles cram prisoncitosintelectuas do cuto de Lona ou se seus alos team sido motivados em grande porte pr erengas mitolégicas” Essas dfculdades earam gas eve denies 2 medida que Sablins tentou explicar a revolucto cul- tual de 1819, quando os nobres havaianos abolram por coat pew o sistem de tabu Depois da more de Cook, ese ¢ 0 epsédio mals fame- so da hista havalana, ¢ fl ebjeto de grande especulas30 per pane de hisionadres e antropélogos. Resumindo: em Imaio de 1819, morreu o ei Kamehameha | He havia unido, pela primeira ven, as thas havaianas sob o dominio de um Uinico gotermante” Apesae de certs resiséncia, ele foi suced- o por seu filho Liboliho, que se torow o rel Kamehameha 11,0 jovem re er cercado por quatio figuras poderosas: 1.65 pos favodta de seu pal, avainucme, © primeiro-minisro © sumo sacendote, Jus, cles decgiam aboliro sistema de Tabu Seu alto peiseipal era os abus que proibiam as m= Theres de fier 2s refeigbes unto com os homens e de comer eterinados alimentos que eram reservados 2 eles, ESS t bus eran importantes para os havalanos e simbolizavam todo 6 sistema de restigoes. AS infagoes eram sistematicamente Dunidas com motte. Em) novembro, 2 conte ofereces um france banquete etn que os tus foram formalmente quebrs es. Em seguda,Foram expedidas ordens para que idols fos sem destnuides, temples fossem protanados e tabus fossem (quobrados. Ess fot uma revolute que se deu do topo pata 5 base, em que o sumo eacerdote era uma figura de destaque 7 Oise ig ening xg ce pinay mane | {hs ser Sai er DENING. Shh Wee one ‘anne ah of Caan Coke Mao, p27 pe Enizctaneo, houve oporiso, liderada por um prime do el que ‘era.o prozimo na linha de sucess2o para 9 sumo sicerdécto 1s conservadores foram desrotdas, em grande parte pore © pada do cel taka superioridacle em armas. Quando os Inlesionitios chegaram, em 1820, as mudangas haviam sido amplamente aces. ‘las explicagdes confitantes foram oferecidas para esse evento native” Krozberafiimou que a remocio dost bus representava um exemplo do que ele chamava de “adi ‘acura, tum senlimento semelhante a0 send pelos fran- ‘eses apés a derrola em 1940, ou pelos americanos ands a ‘quebea da bolsa de tlores em 1929. "Uma vez que oma a> lide desse género desenvolva forcasufcente, a inovagio ‘como tal pode parecer una Vietude € uma beneio."™ Eniretan to, so no explicava por que os havaianos de repente comme fram a sofer'de anomia cultural. Segundo Robert Redfield 's havalancs eram bastante suscetivels 2 qualquer tipo de mu tlangos © estavam sempre prontos 2 adotar inowagSes, sim plesmente foram motivados 3 mudar gracas 20 exemplo dos ‘marinhelrs Ingleses” No entanto, © fabio dos ingleses de fquebrae aus no teve mola inflacta. Os estangestos exam ‘eludes do sistema de abu, eos havaianos convecavamn Mt tivos das outeas Us para realise ates proididos, como de- sempenkar at Fangbes de barbetro. Uma hipotese alternative fra de que essa era uma revolta das mulheres, sobre as quals tmais pesava 0 fardo do tabu; mas as aritoerats coma 0 ri co de mais perder do que ganar com a aboliio de parte do Sistema em que seus privikgios repousivam, Além do mais, tessa expicagio no forneca uns fstiieaiva para 0 papel de Uesiaque devempenbado pelo sumo sacerdote a imposicio te madangas. Na verdad, nenhums dessas teoras expicava 7H as So eves por WEN, Mako ‘he Abo of he oe System Ins Jornal of te Pasian Sot, 2139, 1985. 76: KROKR, A Ambropoagy Now York asm, ace md ‘Wa 18 ps 37'G MIDHND, Robe hy Franite Wed a Taorma ‘ons. Nv Yn ConnlUivraty acs, 195. 1 por que o sucerdote & os outros memos do pari do rei Eran impelidos « assumir ta risco pole, contirios como, fram a-uma faceto conservadora forte. Suhlins ita desse episodio ~ to importante para a sa tese — de uma fora que parece uma vez as reconkiecer os ‘Giles pragmniticas dos ates, mas apenas para rehvzirst iinpodancla™ Havis, segundo ele, dos partidos principais no ‘reap real o-partio das parents afins do si, cujos mem bros haviam sido incumbidos de lidar com os europeus € se tomou 0 pantido da revolucio cultural, eo partido dos paren tes colaterais do rel, conservacores que tinham controle sobre fs deuses dominantes e sobre 0 sistema de tb. rel equl= Ueava seus patentesafes, que a0 podiam desaia 2 sues ‘Sto, conta seus parentes proxies, que fepresentivarn vais fmm potencial. Quando Kamebameh I morreu, em maio Je 1819, 0 prido pr-europeu dos seus parenies ans subs 30 poder, OF consenadores tentaram siegimentar apoio em Rome cos douses. Os novos governantes agora tinkam de se ‘por as reivindleagSes ideoloicas de seus adversrios, e tea than fier ito removendo tabu — por st 9 "ur at ual ‘verva Sahlin, “como sempre ocore com a remo¢io de t= bes ma Polingsin’. , em 1828, os governantes impuseram wm, novo eéligo ritual & ia, calvnisino rigors. ‘A histria esti clanmente abet @ uma intepeeaso maquiavica, em que consideraedes de realpolitik determ- ttn a aio, eo ital ¢ a religio sio manipulados de modo 2 servir a0 poder © prdpro Sains aventa essa possible fe, mas subgamente muda de curso e alirma que “uma est tura de longo paz” esté se desdobrando alem do controle slo ators. [FR SSRS seen eros na ni tp. 352 Prabal pos " — ‘evohton’ Sout Hctenms nd Plea Comicon, American treet ns enon, o esis deity bons pa mie nao, crete eno sho seem” Organon trang, rapa sparc ena an na que {oe comumtamemt ertlelocs cx ahs ura se 8 P- (Ee, aors cs cmnana. As pesos de Ruchu, por ct fia dbades de expan chet atin dept, Oman 0 Per grcn sao mee sata ler esac ond ns, sa ur iy omens e mulheres tangs © tv Row Oo tmoonam hae Porto, mais ma vex as mudingas podem ser repre: sentadas como transformapées de uma esirtura,AUE mesmo a revolugao cultural deve ser compreendida como um a0 ‘onservadr. Manobras maquiavéicas 520 reescits como ‘mitopeits, 10 lato de Sahlins sobre a morte de Gook tog fol com tesado por um antropslogo de Princeton, Gananath Obeyese krere, provozando uta reagio violenta de Salts © destnca deardlo um debate Wo acizado ent hisoriadoces e anops Jogos que acabou atnindo o interesse da ipensa intelectual ™ ‘Nuun aspect, a discussio glava em torno do que acon {ecer i mut numa praia wopieal nos Mares do Sul, quando fs habitantes do Fava zeram sew primeiro contao fatiico ‘com masiabelsos ingles. Sallis acredava que os havaianos ‘inham interpretido a chegada de Cook em termos micas, ‘como uma Vista do devs Lono,e agido de forma condizente ESAS. toca! Mouphor amd Myc! Reutes. 66 “has Cerin 1) our expe teste Psa aa, sto, pelos exons, pr um epi a force reste aad bua, {9s OUEYISHRINE, Gaara. Te pees of capt Co "uxgpean Mimaki the Pcie Paco, Ns Pome Ue ‘ety Pea S82 Sabine apm plows 8 ane, ‘How "ara" Tone About Capen Coo, Fr tae, es Ute Chea Prey, 195 Fora rvs rai © of Nada doa comm ws loa comps dem st tos wer HOROISY, Rabu Gk, Lan, Och a Sly Ts Chrent ubropotgy 34,0. 2, 29840, 1ST 245; ‘om sus csengas, Obeyesckere alrmava que os havaianas fi ‘aru frie com a woleneta de Cook ede seus marinas fe cam 3 profamagao de seus locas sagados,e que reagiam {como qualquer povo raciona dante de uma’ invasso de bane ‘dos @ armuaceeos, Ambos cava dtios dos masinberos, textos havaianos © comentivics dos missionaries, € ambos preseatavaan sa propria visbo sobre as questies ténicas, ‘como o funcionamento do calendiro lunar havaiano. ‘Mas os dois protagonists lnsitam em afimar que ques tes mlos mais importantes esavam implicadas na ntepee- tugao desea tragécia remota, Convicto, novamente, de que fpenas o francés podiafomneoer 0 mor juste, Sablins escrevew tque “al confronto de culture coast uma ocisito pall ‘isda por analisaetipos bastante comuns de mucaoga hist fica er cae Calves ele quisesse dizer claramente, ou st lintengio Fosse um significado mais especializado, indicando ‘uma menssgem enviada, pelo menos uma vez, nil em 6 (G0) Para Obeyesekere, 0 debate Tevantata questoes funda Inentais sobte a psticn anttopoldgica. Cliford Geertz eoncor- dy, © escrevey quc 08 argumentos de Salins © Obeyeseke te "trariam 3 hizalgumas das questGes mais relevanes ¢ de- ‘sivas do estado anttopologicn. O que significa exatamente ‘once? “outs poves? Iso € posse Eom O propio ‘Obeyesekere pater afirmar que apenas 0 nativo pode’ co- fheger a nativo, Isso condiat9 debate a0 cerne as contto- ‘ersas cults da epoca. © filésofo Tan Hacking econbicia {que a dacussto “est intinamente ligada 2s guesras cultura Aineicanae"" mas achava "alo mas imeressante, ma vez que revvia a questo clisica entre universalist ¢ rlatvis- tis, a questio sobre of eres humanos serem todos guiados por im céleulo aconal semethante Fro Tin OMYUSTR, Te Apert of Cape Coo. [Now er eof ot, 30 eto 1995. I TACKONG, ln “At, avi de Siw He "Nato Think cOMPMESERAR Te oof apni Cae kon et of Boos, Tea 5p. ara cans No entanto, 0 debate tinha seu lado menos elevado, 1No final, tudo se resumia a desentendimentos acerca dos fa tos transcoridos. Segundo Rober Borolsky, "a questo cen {ral nto € qual das duas analises, ade Obeyesekere ou ace Sehlins, parece mais sensata, O que precissmos perguntar € ‘qual elas combina mais com as vies havaiana e britini- ‘ez em 1778-1779, da forma como chegaram até nds hoje em ddu* Pode-se acrescentar que as dilerencas tesricas entre ‘0s dois autores slo menos salientes do que parecer, Obe- veselere diz que fo levado a rever 08 textos originals por {que ficou profundamente penturbad com a palestra sobre © eapitio Cook ministrada por Sablins em 1987, em Prince- ton. (A propdsito, fol em 1983, observou Sahlins.) Mas sua ‘objesdo\nio era A teoria de mitoprixis de Sablins: "Nao dis- tomo dessa teora; 0 que provocou minha it foi o exem plo Hustativo."* De fo, a tléia de “modelos de mito" apie Sentada por Obeyesekere lembra a “itoprisis™ de Sahiins, Ele esereve, por exemplo, que os mis oferecem 20 mes- ‘mo tempo “na frase feliz de Geertz, modelos de ¢ para a fealidade. Eles s20 constridos por melo de expericias reais e, depois, por sua vez, inhienciam consciente ou in mente tanto arte (narativa) quanto a existencia vivida"* E80 do quer dizer que 08 dois antropdlogos ti fam opinioes identicas sore mito e mitopedxis,e enquan- to Sablins escreve particularmiente sobre # mitoprixs dos hhavaianos, Obeyesekere esd ails preceupado com 08 "no dos de mitos" dos marinhelros. Mas nlo.€ sobre a questio de modelos de mitos que ele dlifere substancialmente de Sahl, “Tampouco se justifies de todo 0 fato de Hacking apre sentar Obeyesecere como ports-estndarte de um universal ‘mo iluminiss © Sahlins como represenlante do relatvisno oni iuminisa, De modo geral, 0 aerebatamento da pole x levou 08 dois anttopslogos a caicaturas © ponto de vista do adversiio. Segundo Obeyesekere, Sahlins Usk 0s raivos iE WOROIRKY. co, tana, Omeyenha, an Sti p. 2460 © aves te gene senue 9 2a. - como escravos inconscentes dos costumes. Ele mesmo ins fe numa competéncia pragaaitica generalizada, que segundo cle € bastante parecida com o que Geertz denominava "senso, omunm” ¢ Weber, “acionalidede prt”. As pessoas em to- ‘los 0s lugures refleem sabre as experineias © uidam de si {a melhor mance posse, eos natives "podem fazer todos fs tipos de dicriminagses sis em seu campo de erengas?” Prem, assim como Obeyesekere mostrse receptvo 2 dela de mitoprisis,Sahlins di espaco para o que ele chatna de“ Zo empirica™Sahlin, por sua vez, representa Obeyesekere ‘como um uilarsi vulga, mas Obeyesekere no quera de der que todas as pessoas no mundo so sempre esttamente ‘acionaise voladas apenas para os prépriosinteresses.Afinal dle cons ele € fieudiano, e estria mito mais propenso a fafemar que todos nos tendemos a Ser facionals ¢ iraconals de uma forma bastante semelhante ‘© que Obeyesekere oferece & uma forma alternativa de analiza aventrahavalana de Cook, baseada em uma inter pretagto diferente do comporamento cas partes. Na histéria ‘Se Sahins, Cooke — in omen do lininismo ~ enfrenta ha: ‘alonos motivados por mitos. Obeyesekere insite em afiemae {que os mariners € que esavamn desempentando papels de mitos, nese caso mitos de superiordade rack, inluindo a lca absurcla de que cles aparecem para os natvos como ddeuses. Sahlins deitar-seseduze pela “dia ocidental do et ropettemido e fespeitado que representa um deus para os povos selvagens™ Kosa pod se a iusto comum dos eck ‘ents, como afima Obeyesckere, posém varios analistas st- lente o fato de que apenas no Havat os homens le Cook credit ter sido realmente algados 20 status de deuses.” Entretanto, Oboyesekere acreditava que os marinslrs inle- ‘ses enim prsioneiros de wm melo le mito omnis sein ‘do 0 qual os europeus racionals wiuafam sobre os aatvos st persiciosos. Seus hstortadores até os dias de hove, inluindo ‘id id. p22 0-18. p73 iter por esempl, ROROISKY. Cok, tne, Obey ad Marshall Salles, acetram seu modelo de mito. & historia do ‘apitde Cooke € “om mito de conquista, imperialism e civic Zzagio" Mas os havalanos nao eram gulados por mites, peo menos nao forim nese caso, Furosos com © comportamen- To provacaiva dos marielros, c= havaanos deckbam, de forma perfetamente compreensivel, expulsi-os. ‘Obeyesckere area ser menos suscetivel do que Sahlins 9 tock ese misifeaglo oven, una vez que é do Sri Lanka Seu apoio intutvo € diigido a0 colonizado,e mo a0 coloni- ‘aor. Sas origens colonials e saa expenéncia com a volenca (rigica que ext desiindo seu proprio pals fz com que ele te- rt uma visio Favorivel da reacao dos havaianas dante do ‘omportamento brutal e sacilego de Cook e de seus homens se na verdade, € 0 ponio cuca do debate, mas wm est rho podert relutar em aceltar esa autoepresentacio de un profesor de Princeton como pors-voz do Terceiro Mundo. Da ‘mesma forms, é 90 minimo inplausve! diet que Sallis, que afirma ser oiavo descen dente ieae do Baal Shem Tov, € un imperialist que nao assume suas tendéacas”® Mas @ queso dda Hlentidade ¢ um pretexo para desviar a atengio, apesar Je Ser intefeseante, Seo informagdes biogas nooessras est ‘vessem disponives, sera possivel wag as r4as peas quais oF ‘oie antropdlogos veram @ elaborr suas teoria, mas anda 38+ ‘im us inesprelagdes © argumentos teriam de ser avliados Sem preocupaio com suis origens. E-0 que est realmente ‘Sendo questionado € 2 fterprtseao que ces dio aos fatas. ' peincipal contoversta gra em tommo da questo sobre se Cook fol fomaide pelos havaianos como deus (ou lua) Trono. Mais precisamente, 0 que signiicava fato de cle ser - HAVEN. Te Aptos of Capt Cook 3 5 fel Shum To um osm po ‘cul i far caries do tne Ete Wa ee Frau quan Soins dans una sve a Petia flout ena, cle coment qe au dos pene Entre aus apencnac cu umn dno cme o nso do sino (do Sas i Sane, © mat go radio Se Manele an) ‘ove descent Har al Se or, EDMAN, Jo ‘tan A ince the Wt Crete 2 ep 15, 07 chhamdo de Lona, ¢ em que estigio ee fr detieadce Obey sekere alega que Gook fot acohido como chefe e como pote: ial allado nas queras em que rei eva envoliide. Os # fuais a que ele Fl submetido eram os que marcam a instal «0 de um chefe. Como os chefesrecebitm nomes de deus, le fot ciamala de Lono, Cook for morto pea simples 3730 ‘mundana de ter ameagado 0s homens poxlerosos depois do ‘oubo do pequeno veleiro guarda-costas. Apts a mort, ele Fi deifiexo, pos er como un deus que ele podia seri 208 p= Dosos do re sso no eepresentava um sfastamento da ad (Slo o- chefs miss vezeseram decados postumamente Um juigamento sore esas diferencas empcas deve se Dbasear numa jnterpeciagao das Fontes: os dlasios e as not pes Ue Cook e de seus ofcas, bem como de outros ma heirs que vieram depos; os textos havaianas que fora eunidos no século 1 € os relates etnograficos do Haval nos séculos 19 ¢ 20, Por fm, os especialists terto de se decidir, fom ello a essis questbes, mas existem amplas margens pra intespreagses aerativas dos textos. Obeyesekere, de forma evelacors, cits uta observagao de um dos diastas de boro do navi, Samwel,o audante do cing: "preciso lembrar que no se peste conflar mito ness Consges ‘que anibimos aos Sipos es Palavas, dos quais tees smu 1p pout compreensto e, na melhor das hipéteses, dio ape- nas uma Dea provivel do seu Signifeado.** Embora, como fsa Sahlin, alguns dos homens de Cook uvessem certa Nhuencia em tno e conseguisem Identfcar cognstos fae valanos de palavisstaitanas, clfielmente eles tesiam conde $0es de compreender as nuancas envolvidas na dstingio en- te chefes sagiados e deuses em frrus humans. ‘Os teas havaianos extbem limiagbes diferentes.” Hes datam de quareata e cinco anos apés a morte de Cook, 8 ‘ ONVISinR ae peta of capt Ca p72 [3th xian de lens ores vata om Yale "okt sip ane Serf. Vr an HIME, Bo Thain tons andthe tee Plier Sa HN SON, Nes il). Thy Chan Pi, Mtbonme: Oxted Un vey Ps, 198. 318 bem dentro da period cristo, Com efit, a primeira e mats Importante série de textos havaianos Tol eunida por jovens seminarisias a pedo de um missionrio. Uma das principals figuras dessa primera equipe de histortadores havaianos era David Malo, ascido por volta de 1795, Sua attude em rea glo a tndicdo havaiana, peculiar dessesjovens nesfitos, era ae completa alienagao, para nao dizer inolerancia’ * Obe- vesckere mo herila em desprezar esse tebulho,alegando ‘gue no pasava de ustiicata ers, "um alvara mtieo para ‘gue 08 havaanos passassem a ter uma nova visio dos mis: Sonics" " No entanto, Sahlins afin que 0 elemento cis {8 pode scr faclmente separado das seminiscéncias auten- Ldeamente havaianas, Mas 2 inlugacia cris nao constitu 0 {inico problema apresentado por esas fontes. Poco se sabe sobre os informantes consuliades pelos primcitos hstriado res havaianos, mas $e 05 tos do Makahikitvessem mud ‘do de forma tho radical aps # more de Cook ~ como 0 p= peo Sahlins afinma -, st€ mesmo as reminisncis menos dukeradas coletadas aa cada de 1820 podem nio ter fe- ‘constituldo de forma scurad os rlos e as praticas da epoca ‘de Cook. Alem disso, 0 clto a Lone estava nas mos de sa- cerdotes dedicados, aas na Gpoca em que 0s textos fora Feuidos, na Verdade i durante a vista de Vancouver 20 Ha> vi, em 1793, o8 sacerdotes de Lano Gaiam sido desalojades {do Tocal do templo. “Tuco indica que os sacezdotes de Lon tla época de Cook logo Foram jogados na lta de lio da his ‘ra’, cscreve Sablins, "detxando seus nomes apenas as ‘tticas inglesas alguns tragos gencaldpicos nos arquivos Ihavaianos"® Isso quer dizer que uma fonte fidedigoa sobre (0 culio'« Lona havia desaparecido pelo menos tata anos “antes que os primeiros textos havalanos fossem sistemati mente eunidos Ei vista desses problemas com as Fontes, quaisquer con _lusdes sobre a mitoprixis havaiae no inal do século 18 po- ‘56 FMFIBON, Naan. Blowraplcal Sketch of David Malo, In Nid tation re toa Hen) 18 pe ‘7 OMiEVESHKEIE he dps of Capa Cok. p62 5 SAILING. Hw “Manes To 131 dem ser, no mein, tentavas. € precso ter eautela com a. afrmago de Valerio Valeri de que os havaianos tinham is ‘omplenss suis sobre deuses e encarmagoes.” £ sompre rite dif dociir através de um julgamento simples se al- ims & ou mio deus. Comentando 0 debate cate Sabine & ‘Obeyesckere, Valeri esereve que ‘ndo existe necessariamente ‘comiidigdo entre a visio de que Cook er Lono, 0 chefe, ea visio que ele ea Lono, 0 deus" Os problemas surgem ape rs quando intreduaines noches estrangeinas de “dvindade” rma discusdo, De acondo com Herb Kawainul Kane, as linguas polingsias ato possuem “equivalentes para termos relgiosos ‘Seidentais como ‘vin’ "deus, aoracio', sano, sco}, Sobrenaial © Yeligiao™" Finalmente, como fealrma Sal Hs, via inespreragees havaianas conltantes a respeto do mio de Lono, © "nto se deve spor que tovos os havaianos ‘etvessem igualmente conveneidos de que Cook em Lono, fu, mas precisamente, que ofao de ser Lono’ tvesse o mes. ‘mo signiicado para todas." ‘As elferengas mas grates ene Sahlins © Obeyeselere diam respito' questio de quando Cook foi deiicado. Esse im asounto empiten, de grande inteesse para os estuiosos fe hist polinési, mas nao coasigo enter por que ques: ‘des anplat sobre a racionalidade humans dependem de sa olgios E mais rcional tasformar 0 Cook moto num ala do que deear 0 Cook vive? Mesmo que a interpetagao de Stbline desses textos Fragmientiios esta cometa Ce ele se bo ‘sofa numa quantdade impressionante de corpus da mitologia pains), ele admite que havia mos confits ideoligicos, ‘enunciados por lateresses polices, guados pelo que ele mesmo cham dle “rizio empires". As vez, Sabin praden- temente se content com tuna formulaglo cattelosa de sua ese central “Cook ert ums manifestacio viva do deus: no ss imagen Maka costipeiaa~ e nem poe iso dena de 98 VAL Naot. Rm and Sac To, I iseo Ue € Onenkere, Te Apt gf Capen (oak Pace ais, 7, 1268, 14 TON Vr “coe ROROINKY, Re Cook, Lane, Obey sl react 9h 2.28, ‘moral sane ser ete mesmo. £,postano,tetemunho da rizio empires a ‘vatana, bem como da fexiblidade dessa racionalidade nati, aque eles verison Cooke na forma perceptiva desea pepeio Concete."™ Una formulagio dessas pode muito bem acelin Insiténca de Obeyesekere em afimte que 0s havaianos foram ‘movidos por uma racionalidade tlvez bastante semelhante 20 que Sahlins chama de “zi0 emis’, ¢ que eles provavel- mente debatiominterpretagoesalterraivas do significado Je eventos. Da sua paste, Obeyesekere reconhece 9 poxler dos iitos e dos ntuas nesses processs histricos. Na verdad, cle ‘comenta com astéca que-cs marinheiosingleses, que Sablins [gerlmente repeesenava como. operadores racionas, cram ataidos por crengas quase mitoligeas sobee os nates. No final, aconclusto dvia € de que tlver as Fontes nto soja suficientes part resolver o debate entre Sahlins © Obe- yesekere. Em fice deses problemas, € realmente espantoso {que nenhum dos dols abra mao de tum Gnico pont para © Ouieo. Geertz comenta que a estaxegia de Obeyesckere & “inatar a cobra com o primeira pau gue encontrar mas Sah- lis também ataea fervzmente Seu adversin. Somados, 05 problemas com 25 fontes ea grandloquéness dos dois prot onistas fornam dificil a distinglo entre 0s pontos empiccos bats © as grandes questOes (erica, assim como aiden ‘lic dos fatos mais zelevantes para 0 debate tesco. Exit outta ditculdade, igualmente fundamental. F fed apontar com precsdo o que envolve a ters de Sains. Or cle defende com veeméncta uma fonma exrema de determina: mo cultural, ora suas formalagdes sto menos ousadas,chegan do mesmo a ser banais. Muitas veres, ele parece afirma que Ihavinos foram levadoe a recrar 0 mito de Lan, € ee do os eventos divergiram do rote, ocomeu uma transom (fo cultural ceganizada. Ein outs passagens de Sains, enire- fanto, 0 curso da hii parece ser dominado pelo mo, po ‘Fém 20 mesmo tempo moldado por interesses polis qe po dem ser interpretades em terms de outto tipo de esti, uma ommanizapio de fcpses e grupos de stants que dispatam ‘vanagens. Em sua recente histor sobre wn vale faving a _