Você está na página 1de 2

O Sistema da Igreja Proporciona Sucessão Tranqüila na

Mais Alta Liderança

Uma das características da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos
dias no último século e meio é a sua notável tradição de escolha de seus
líderes, um sistema que evita todo tipo de disputa de influências ou falsidade.
O mais alto corpo governante da Igreja chama-se a Primeira Presidência,
formada pelo presidente da Igreja e por seus dois conselheiros.Esse corpo de
três pessoas supervisiona o trabalho de toda a Igreja em todas as questões
referentes a normas, organização e administração.
Por meio de uma eficiente rede de liderança, começando pelo Quórum dos
Doze Apóstolos, a Primeira Presidência efetivamente preside os milhões de
membros e milhares de congregações em todo o mundo.
Quando o presidente da Igreja morre, a Primeira Presidência é
automaticamente dissolvida e seus dois conselheiros, que possuem o ofício
de apóstolo, voltam a seus lugares no Quórum dos Doze Apóstolos, que se
torna temporariamente o corpo presidente da Igreja, tendo contudo 14 e não
apenas 12 membros.
Logo depois dos serviços fúnebres do antigo presidente, os apóstolos se
reúnem em quórum para escolher um novo presidente.Sem exceção, desde
os primórdios da Igreja, o apóstolo mais antigo tem sido nomeado e
unaninemente aprovado pelo quórum.
Depois de "ordenado e designado" como presidente da Igreja, ele escolhe
dois novos conselheiros, e novamente é organizada a Primeira Presidência.
Assim que essa norma ficou firmemente estabelecida após a morte do
primeiro presidente da Igreja, Brigham Young, a ordem, a continuidade, a
estabilidade e a harmonia foram características marcantes da transição da
liderança geral.Sendo considerado pelos membros como um processo
revelado por Deus, ele está isento do caos e da confusão que um processo
de eleição e disputa de influências poderia causar.
Há uma tradição profundamente incorporada na Igreja de que aspirar cargos
de liderança é algo inadequado. Leonard, historiador da Igreja. "Em vez disso,
a ênfase está na disposição de servir quando chamado e n dignidade para
servir.A humildade é um fator importante, bem como a capacidade e a devida
experiência."
A Primeira Presidência também escolhe os membros do Quórum dos Doze
Apóstolos, procurando confirmação divina por meio de oração para fazê-lo.
Todos os cargos de liderança da Igreja, desde o presidente até as
congregações locais, são formalmente apresentados à assembléia de
membros para um "voto de apoio" formal.
Desde que a Igreja foi formalmente organizada em 6 de abril de 1830, houve
15 presidentes, incluindo o presidente atual, Gordon B. Hinckley. Servindo
com ele na Primeira Presidência estão seus conselheiros, que também
possuem o título eclesiástico de presidente: Thomas S.Monson e James E.
Faust.

Fatos Importantes
" A Primeira Presidência segue o padrão dos papéis desempenhados pelos
principais apóstolos Pedro, Tiago e João, na Igreja original de Jesus Cristo.
" O presidente da Igreja é sempre o membro mais antigo ou que serve há
mais tempo, do Quórum dos Doze Apóstolos.
" Quando morre um presidente da Igreja, a Primeira Presidência é
automaticamente dissolvida, e a liderança da Igreja passa para o Quórum dos
Doze Apóstolos.
" O novo membro mais antigo do Quórum dos Doze Apóstolos é nomeado
para substituir o presidente falecido, e os membros do quórum unaninemente
aprovam a escolha.
" Assim que o novo presidente escolhe seus conselheiros dentre seus
colegas do apostolado, a nova Primeira Presidência é formalmente
organizada