Você está na página 1de 28

CCNA 1 v3.

1 Módulo 1
Introdução às Redes

Antonio Estevão
aestevao.wordpress.com
aestevao@gmail.com

As imagens e conteúdo desta apresentação foram obtidas do material Oficial do Programa


Cisco Networking Academy, apenas para a orientação dos alunos durante as aulas
Conteúdo

1. 1 Fazendo Conexão à Internet

1. 2 A Matemática das Redes

1.3 Atividade de Laboratório


7.1 Roteamento de Vetor da distância

1. 1 Fazendo Conexão à Internet


1.1.1 Requisitos para a conexão à Internet

• A Internet é a maior rede de


dados do mundo
• A Internet consiste em um
grande número de redes
interconectadas, incluindo redes
de pequeno, médio e grande
porte
• A conexão à Internet pode ser
dividida em conexão física,
conexão lógica e aplicações
– A conexão física é realizada pela
conexão de uma placa de expansão,
como um modem ou uma placa de
rede, entre um PC e a rede
– A conexão lógica utiliza padrões
denominados protocolos
– A conexão da aplicação que são os
aplicativos, ou programas, que
interpretam e exibem os dados de
forma inteligível

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.1.2 Conceitos Básicos de PCs

• Já que os computadores são


elementos importantes de uma
rede, é necessário poder
reconhecer e identificar os
principais componentes de um PC.
• Podemos dividir os componentes
internos de um PC em 3 grupos:
– Pequenos Componentes:
• Transistor, Capacitor,
Resistor, etc..
– Subsistemas do PC:
• CPU, Microprocessador,
Placa-mãe, etc.
– Componentes de backplane;
• Placa de rede (NIC), Placa
de vídeo, Placa de áudio,
etc ...
Antonio Estevão de Moraes Neto
1.1.3 Placa de Rede

• Uma placa de rede (NIC), ou adaptador de rede, oferece capacidades


de comunicações entre a rede e o computador pessoal;
• Assim como os demais componentes de um PC, utiliza um pedido de
interrupção (IRQ-Interrupt Request), um endereço de I/O e um espaço
na memória superior para interagir com o sistema operacional.

Nota: Uma IRQ (Interrupt Request) é a forma pela qual componentes de hardware requisitam tempo
computacional da CPU. ( pedido de interrupção de hardware.)

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.1.4 Instalação da placa de rede e modem

• A conectividade à Internet exige


uma placa adaptadora, que pode
ser um modem ou uma placa de
rede;
• Modem (modulador-demodulador),
o processo de conversão de sinais
binários para analógicos é chamado
de modulação/conversão digital-
analógico. Quando o sinal é
recebido, um outro modem reverte o
processo (chamado demodulação);
• A placa de rede, que proporciona a
interface de um computador com a
rede
– interfaces embutidas ou cartão
PCMCIA ;
– PCMCIA, sem fio, adaptador
Ethernet;

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.1.5-1 Visão geral da conectividade em alta velocidade e por discagem

• Modems
– até 56 kbps;
– Cada sessão requer um
usuário dial-up;
• Digital Subscriber Line
(DSL)
– Conexão de alta velocidade;
– Sempre conectados;
– Velocidades de 128 kilobits a
até 24 Mbits/s
• Modem a cabo (Cable Modem)
– Conexão de alta velocidade;
– Sempre conectados;
– utiliza as redes de
transmissão de TV por cabo.

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.1.5-2 Visão geral da conectividade em alta velocidade e por discagem

• Celular
– As redes de telefonia celular 3G;
– Acesso sem fio em alta
velocidade;
– A rede 4G promete ser ainda
mais veloz;
• Satélite
– Sinal capturado através de
antenas parabólicas e
receptores;
– Pode-se estabelecer conexão
em qualquer parte do planeta;
• Energia elétrica
– Transmitir os sinais de Internet
através da rede elétrica;
– O PLC (Power Line
Communication ) pode atingir
velocidade de até 100 Mbps;
Antonio Estevão de Moraes Neto
1.1.6 Descrição e configuração TCP/IP

• TCP/IP Transmission Control Protocol/Internet Protocol - Conjunto


de protocolos (regras) desenvolvidas para a cooperação entre
computadores para que compartilhem recursos através de uma
rede.
• A configuração do Protocolo TCP/IP em uma estação de trabalho
precisa ser feita através de ferramentas do sistema operacional.

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.1.7 Testando a conectividade com o ping

• O programa ping (Packet Internet or Inter-Network Groper) verifica


se um endereço IP existe e pode aceitar datagramas ICMP de
Requisição de Eco;
• Principais testes do comando ping : (127.0.0.1)
– Transmissão/recepção da placa de rede;
– Configuração do TCP/IP ;
– Conectividade na rede.
Antonio Estevão de Moraes Neto
1.1.8 Navegador Web e plug-ins

• O navegador Web também


conhecido como Web browser é
um software que interpreta a
linguagem de marcação de
hipertexto (HTML-Hypertext
Markup Language).
• Um navegador Web realiza as
seguintes funções:
– Faz contato com um servidor
da Web
– Solicita informações
– Recebe informações
– Exibe os resultados na tela
– pode exibir gráficos, tocar
sons, filmes e outros
arquivos de multimídia.

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.1.9 Resolução de problemas com conexões na Internet

• (Troubleshooting ) - de acordo com


as pesquisas realizadas no setor, “A
atividade mais comum de uma pessoa
com qualificação CCNA é a solução de
problemas”;
• Oito Etapas Básicas para o Processo
de Resolução de Problemas de Rede
e PC:
1. Isole o problema;
2. Colete os fatos;
3. Considere as possibilidades de
varias causas;
4. Crie um plano de ação;
5. Implemente o plano;
6. Observe os resultados;
7. Documente os resultados;
8. Introduza problemas e resolva-os
(teste de situação)
Antonio Estevão de Moraes Neto
7.1 Roteamento de Vetor da distância

1. 2 A Matemática das Redes


1.2.1 Apresentação binária de dados

• Os computadores funcionam e
armazenam dados mediante a
utilização de chaves
eletrônicas que são LIGADAS
ou DESLIGADAS.
• Os computadores só
entendem dígitos binários ou
bits em dois estados:
– 1 (+5 volts) representa um estado
LIGADO
– 0 (0 volts ) representa um estado
DESLIGADO

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.2.2 Bits e bytes

• Os computadores foram
concebidos para utilizarem
grupos de oito bits.
– Este grupo de oito bits é
denominado byte.

• Em um computador, um byte
representa um único local de
armazenamento endereçável,
que representam um valor ou
um único caractere de dados,
– (ex: código ASCII)

• O número total de
combinações de oito chaves
ligadas ou desligadas é de 256.
– ( valores de 0 a 255)

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.2.3 Sistema numérico Base 10

• O sistema numérico mais


freqüentemente utilizado é o
sistema numérico Base 10 ou
decimal.
• Base 10 utiliza os dez símbolos
0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9.
• Estes símbolos podem ser
combinados para representar
todos os valores numéricos
possíveis.
• O sistema numérico decimal é
baseado em potências de 10.
Cada posição colunar de um
valor, da direita para a esquerda,
é multiplicada pelo número 10

Exemplo:
2134 = (2 x 103) + (1 x 102) + (3 x 101) + (4 x 100)

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.2.4 Sistema numérico Base 2

• Os computadores reconhecem e
processam dados, utilizando-se
o sistema numérico binário ou
Base 2.
• O sistema binário utiliza dois
símbolos, 0 e 1, em vez dos dez
símbolos utilizados no sistema
numérico decimal.
• A posição, ou casa, de cada
algarismo da direita para a
esquerda em um número binário
representa 2, o número base,
elevado a uma potência ou
expoente, começando com 0.
• Estes valores das casas são, da
direita para a esquerda:
– 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26, e 27
– 1, 2, 4, 8, 16, 32, 64 e 128,
respectivamente.

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.2.5 Convertendo números decimais em números binários de 8 bits

168(dec) -> bin


12(dec) -> bin • 128 cabe dentro de 168. Portanto, o bit mais
12 / 2 = 6 Resta 0 à esquerda do número binário é 1. 168 –
06 / 2 = 3 Resta 0 128 = 40.
03 / 2 = 1 Resta 1 • 64 não cabe dentro de 40. Portanto, o
01 / 2 = 0 Resta 1 segundo bit da esquerda é 0.
• 32 cabe dentro de 40. Portanto, o terceiro bit
da esquerda é 1. Subtraindo 40 – 32 = 8.
12(dec) = 1100(bin)
• 16 não cabe dentro de 8. Portanto, o
segundo bit da esquerda é 0.
• 8 cabe dentro de 8. Portanto, o quinto bit da
esquerda é 1. 8 – 8 = 0. Portanto todos os
bits à direita são 0.
Resultado: 168 decimal = 10101000

• Dado um número decimal inteiro, para convertê-lo em binário, basta


dividi-lo sucessivamente por 2, anotando o resto da divisão inteira:

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.2.6 Conversão de números binários de 8 bits em números decimais

Converta o número binário 01110000 em um número decimal.

Calcule da direita para a esquerda. Lembre-se de que qualquer


número elevado à potência de 0 equivale a 1. Portanto, 20 = 1

0 x 20 = 0
0 x 21 = 0
0 x 22 = 0 Existe um método muito simples para converter binário em decimal,
0 x 23 = 0 e vice-versa.
1 x 24 = 16
1 x 25 = 32
1 x 26 = 64
+ 0 x 27 = 0
___________
= 112 (01110000 )

• Os números binários também podem ser convertidos em números


decimais, multiplicando os dígitos binários pelo número base do
sistema, o qual é Base 2, e elevando-os ao expoente da sua
posição.
Antonio Estevão de Moraes Neto
1.2.7-1 Representação decimal pontuada em quatro octetos

• Atualmente, os endereços
designados a computadores na
Internet consistem em números
binários de 32 bits:
1. o número binário de 32 bits
é convertido em uma série
de números decimais;
2. Divida o número binário em
quatro grupos de oito dígitos
binários.
3. Converta cada grupo de oito
bits, também denominado
octeto, em seu equivalente
decimal.

Exemplo : Suponha que o computador cujo IP é 10.200.150.5 (origem) queira enviar


um pacote de informações para o computador cujo IP é 10.204.150.8 (destino),
ambos com máscara de sub-rede igual a 255.255.255.0.

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.2.7-2 Representação decimal pontuada em quatro octetos

10000000 01011101 00001111 10101010

10000000 BINÁRIO 1011101 BINÁRIO 00001111 BINÁRIO 10101010 BINÁRIO


1 X 128 = 128 0 X 128 = 0 0 X 128 = 0 1 X 128 = 128
0 X 64 = 0 1 X 64 = 64 0 X 64 = 0 0 X 64 = 0
0 X 32 = 0 0 X 32 = 0 0 X 32 = 0 1 X 32 = 32
0 X 16 = 0 1 X 16 = 16 0 X 16 = 0 0 X 16 = 0
0 X 8= 0 1 X 8= 8 1 X 8= 8 1 X 8= 8
0 X 4= 0 1 X 4= 4 1 X 4= 4 0 X 4= 0
0 X 2= 0 0 X 2= 0 1 X 2= 2 1 X 2= 2
0 X 1= 0 1 X 1= 1 1 X 1= 1 0 X 1= 0
DECIMAL 128 DECIMAL 93 DECIMAL 15 DECIMAL 170

128 . 93 . 15 . 170

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.2.8-1 Hexadecimal

Tabela de conversão entre hexadecimal, decimal, octal e binário

• Hexadecimal (hex) é
freqüentemente utilizado ao
trabalhar com computadores
pois pode ser usado para
representar números binários
em uma forma mais legível.
– Ex: Endereço MAC
• O sistema hexadecimal é um
sistema de numeração
posicional que representa os
números em base 16 —
portanto empregando 16
símbolos
• Os símbolos usados pelo
sistema hex são:
0 a 9, e A, B, C, D, E, e F.

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.2.8-2 Hexadecimal

Obter numero hexadecimal de um numero decimal:

Obter numero decimal de um numero hexadecimal:


Para transformar do 17 (hexa) , usar o 16 como base, assim:

7 * 16^0 = 7
1 * 16^1 = 16

16+7=23 (decimal)
Antonio Estevão de Moraes Neto
1.2.9 A lógica booleana ou binária

• A lógica booleana baseia-se em AND: Se X for 1 e y for 1 então f é 1 , caso


contrários f é 0
circuitos digitais que aceitam uma
ou duas voltagens de entrada:
– (1) ligado
– (0) desligado
• A lógica booleana é uma lógica
binária que permite a comparação
de dois números e a geração de
uma escolha através de
operações lógicas:
– AND, OR e NOT.
OR: Se X for 1 ou se y for 1 então f é 1 , caso
contrários f é 0
NOT: Se X for 1 então f é 0 , se X for 0 então f é 1

Antonio Estevão de Moraes Neto


1.2.10 Endereços IP e máscaras da rede

A Porção da Rede é o AND entre o Endereço e a Máscara.

• Os endereços binários de 32 bits utilizados na Internet são denominados


endereços IP (Internet Protocol).
• Para facilitar o roteamento os endereços são divididos em duas partes:
– O endereço (número) da rede que identifica toda a rede/subrede: o
endereço de todos os nós de uma subrede começam com a mesma
sequência.
– O endereço (número) do host que identifica uma ligação a uma
máquina em particular ou uma interface desta rede.
• Máscaras de Subrede consistem de uma série de 1s binários seguidos por
0s. Os 1s indicam que uma parte da rede pertence à rede e os 0s indicam as
partes que pertencem ao host.
Antonio Estevão de Moraes Neto
Exercício de Laboratório
7.1 Roteamento de Vetor da distância

Obrigado