Você está na página 1de 2

O OBREIRO SEGUNDO UMA UMA PERSPECTIVA BÍBLICA E ÉTICA

Pr. José Fernandes Silva – 10/04/2007

Texto: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que
maneja bem a palavra da verdade”. (2 Tm 2.15)

TRÊS CONSELHOS PASTORAIS:


PASTORAIS:

1. TEM CUIDADO DE TI MESMO. "Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas;
porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem." (1 Tm 4.16)

I – A Saúde. “Não continue a beber somente água; tome também um pouco de vinho, por causa do seu
estômago e das suas freqüentes enfermidades” (1 Tm 5.23).
5.23)
a) Durma o suficiente. "Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão de dores,
pois assim dá ele aos seus amados o sono." (Sl 127.
127.2)
b) Coma o necessário. "Andemos honestamente, como de dia; não em glutonarias, nem em
bebedeiras, nem em desonestidades, nem em dissoluções, nem em contendas e inveja." (Romanos
13.13)
c) Descanse. Você não é uma máquina. Reserve algum momento para o lazer de sua família.

II – A Popularidade. “E as mulheres, tangendo, respondiam umas às outras e diziam: Saul feriu os seus
milhares, porém Davi, os seus dez milhares.” (1 Sm 18.7).
a) Nada somos - tudo é pela graça de Deus. “Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça
para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça
de Deus, que está comigo.” (1 Co 15.10).
b) Um ministério sem Jesus está fadado ao fracasso. “Eu sou a videira, vós as varas; quem está em
mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.” (Jo 15.5).
c) N’Ele todas as coisas são possíveis. “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.” (Fl 4.13).
d) A humildade é um predicado essencial para a vida de um obreiro. “Porque pela graça que me é
dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense
com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.” (Rm 12.3)

III – O Sexo Oposto. “[Trate] as moças como a irmãs, com toda a pureza” (1 Tm 5.2).
5.2) “Conserve-te puro” (1
Tm 5.22).
5.22)
a) Demonstrações excessivas de afeto podem ser mal-compreendidas.
b) Cuidado com uso demasiado de liberdade.
c) A melhor companheira para as visitações é a esposa.
d) Gabinete pastoral – Perigo constante!
e) Secretárias particulares. Seu ministério em cheque!

2. EXERCITE- PIEDADE. “Exercite-te na piedade. O exercício físico é de pouco proveito; a piedade,


EXERCITE-TE NA PIEDADE.
porém, para tudo é proveitosa porque tem promessa da vida presente e da vida futura” (1 Tm 4.7,8).
4.7,8)

I – A Responsabilidade do Obreiro
Obreiro com a Bíblia.
a) Creia na inspiração da bíblia. “Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar,
para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça” (2 Tm 3.16).
3.16).
b) Leia a bíblia diariamente. "Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite,
para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás
prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido." (Josué 1. 8).
8).
c) Procure compreendê-la. Além da leitura sistemática da Bíblia, o obreiro também precisa ter em
mãos boas obras de referência para auxiliá-lo na melhor compreensão do texto sagrado. É
aconselhável que o obreiro adquira um bom dicionário bíblico e da língua portuguesa, comentários
bíblicos de boa procedência, etc. Lembrando que nenhum livro, por melhor que seja seu conteúdo,
jamais, absolutamente, pode substituir a Palavra de Deus (Salmo 119.115).
119.115)
d) Prega a Palavra. A Bíblia é a base da vida espiritual de todo obreiro e também de seu ministério
cristão. Por mais experiente e gabaritado que este obreiro possa ser a Bíblia ainda continuará sendo
seu instrumento de trabalho diário, jamais podendo ser substituída por outro artifício. Deus é
absolutamente comprometido com a sua palavra, portanto, não se responsabiliza com a exposição
de nossas próprias idéias e suposições.

II – O Obreiro e a Oração.

1
a) Orar Confiantemente. "E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa,
segundo a sua vontade, ele nos ouve." (1 Jo 5.14)
b) Orar Incessantemente. "Orai sem cessar." (1 Ts 5.17)
c) Orar Humildemente. “E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar
em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos
digo que já receberam o seu galardão.” (Mt 6.5)

ERIAL. "Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para
3. O ZELO MINISTERIAL
MINISTERIAL.
vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo." (2 Co 11.2).

I – A Complicada Tarefa de Ser Exemplo.


xemplo.
a) Obreiro pode ser jovem, mas nunca menino. “Ninguém o despreze pelo fato de você ser jovem, mas
SEJA UM EXEMPLO para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza” (1 Tm
4.12).
4.12)
b) Sorria! Você está sendo filmado! “Em tudo SEJA VOCÊ MESMO UM EXEMPLO para eles, fazendo
boas obras. Em seu ensino, mostre integridade e seriedade” (Tt 2.7)
2.7).
7)

II – O Cuidado Com as Atitudes.


titudes.
a) Lidando com pessoas de diferentes personalidades. “Não repreenda asperamente o homem idoso,
mas exorte-o como se ele fosse seu pai; trate os jovens como a irmãos; as mulheres idosas, como a
mães” (1 Tm 5.1,2).
5.1,2)
b) A relação com os companheiros de ministério. “Evite as controvérsias tolas e inúteis, pois você sabe
que acabam em brigas. Ao servo do Senhor não convém brigar mas, sim, ser amável para com
todos” (2 Tm 2.23,24).
2.23,24)
c) A moderação. “Seja moderado em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista,
cumpra plenamente o seu ministério” (2 Tm 4.5).
4.5)

III – O Cuidado Com a Sã Doutrina.


outrina.
a) Livres da tentação dos modismos. “Rejeite [...] as fábulas profanas e tolas” (1 Tm 4.7).
4.7)
b) Retransmissor da verdade e do legado ministerial. “Retenha, com fé e amor em Cristo Jesus, o
modelo da sã doutrina que você ouviu de mim” (2 Tm 1.13).
1.13)
c) Fidelidade à ortodoxia doutrinária. “Permaneça nas coisas que aprendeu e das quais tem convicção,
3.14) “Fale o que está de acordo com a sã doutrina” (Tt
pois você sabe de quem o aprendeu” (2 Tm 3.14).
2.1).
2.1)