Você está na página 1de 24

Sistemas de Produção Offshore

Sistemas de Produção Offshore Fonte: Petroleum Engineering Handbook

Fonte: Petroleum Engineering Handbook

Introdução

O desenvolvimento de um campo de petróleo

pode ser dividido em três fases.

Exploração, poços são perfurados com o objetivo

de descobrir e delimitar a reserva.

Desenvolvimento da produção o projeto é

implantado, ou seja, a plataforma de produção é

instalada e conectada aos poços já perfurados e

completados.

Manutenção da produção, abrange todo o período de operação, desde o início da produção até o abandono do campo.

Introdução

A indústria offshore requer o desenvolvimento contínuo de novas tecnologias , a fim de produzir petróleo em regiões , que são inacessíveis para explorar com as tecnologias

existentes.

Às vezes, o custo de produção com o know -how existente torna pouco atraente.

Com o esgotamento das reservas de água onshore e offshore rasas, a exploração e produção de petróleo em águas profundas tornou-se um desafio para a indústria offshore.

Exploração e produção Offshore tem avançado para águas mais profundas em um ritmo

rápido.

Muitas estruturas de águas profundas já foram instalados em todo o mundo, novos campos de gás e óleo estão sendo descobertas em águas ultra-profundas .

Introdução

Introdução Fonte: USGS - Serviço Geológico dos EUA de campos petroliferos no mundo.

Fonte: USGS - Serviço Geológico dos EUA de campos petroliferos no mundo.

Introdução

Cinco maiores Campos de Óleo Offshore do mundo

1 - Campo petrolífero de Safaniya Localização: Golfo Pérsico Proprietário: Saudi Aramco Reservas Recuperáveis: ~ 50 bilhões de barris

Safaniya foi descoberto em 1951 e está em produção desde 1957. Ele é operado por meio de seus mais de 624

poços de produção, apoiada por um número

de diferentes plataformas. A capacidade de produção diária de petróleo bruto pesado é de até 1,5 milhões de barris.

de petróleo bruto pesado é de até 1,5 milhões de barris. Fonte:

Fonte: http://www.fierasdelaingenieria.com/los-yacimientos-de- petroleo-en-alta-mar-mas-grandes-del-mundo/

Introdução

2 - Campo petrolífero de Upper Zakum Localização: Golfo Pérsico Proprietário: Abu Dhabi National Oil Company (60%), ExxonMobil (28%) e Japan Oil Development Company (12%) Reservas Recuperáveis: 21 bilhões de barris The Upper Zakum campo petrolífero, o segundo maior campo de petróleo offshore do mundo, está localizado a cerca de 50 quilômetros a noroeste dos Emirados Árabes Unidos (EAU) no Golfo Pérsico. O campo contém um número estimado de 50

bilhões de barris de reservas totais de petróleo, com uma reserva de óleo

recuperável estimado de 21 bilhões de barris. O campo Upper Zakum foi descoberto em 1963 e entrou em operação em 1967. A capacidade de produção atual do campo é de 500.000 barris de petróleo por dia.

de produção atual do campo é de 500.000 barris de petróleo por dia. Fonte:https://www.tumblr.com/search/yacimientos

Fonte:https://www.tumblr.com/search/yacimientos

Introdução

3 - Campo petrolífero de Manifa

Localização: Golfo Pérsico Proprietário: Saudi Aramco Reservas Recuperáveis: 13 bilhões de barris O campo de petróleo Manifa fica um pouco sudeste do

campo Safaniya no Golfo Pérsico ao largo da costa da Arábia Saudita. O campo foi descoberto em 1957 e iniciou a produção em 1964, com uma capacidade diária de 200 mil barris.

O campo petrolífero de Manifa deverá produzir cerca de

900 mil barris de óleo por dia a partir do final de 2014.

Fonte: http://www.fierasdelaingenieria.com/los-yacimientos-de- petroleo-en-alta-mar-mas-grandes-del-mundo/

final de 2014. Fonte: http://www.fierasdelaingenieria.com/los-yacimientos-de- petroleo-en-alta-mar-mas-grandes-del-mundo/
final de 2014. Fonte: http://www.fierasdelaingenieria.com/los-yacimientos-de- petroleo-en-alta-mar-mas-grandes-del-mundo/

Introdução

4- Campo petrolífero de Kashagan

Localização: Mar Cáspio

Proprietário: Kaz Munay Gas (16,81%), Eni (16,81%), ExxonMobil (16,81%), Shell (16,81%), Total TOT + 0,48% (16,81%), ConocoPhillips (8,40%) e INPEX (7,56%)

Reservas Recuperáveis: 9 bilhões de barris

O campo petrolífero de Kashagan está localizado no Mar do Norte Caspian cerca de 50 quilômetros a sudeste da cidade de Atyrau, do Cazaquistão. Contendo mais de 35 bilhões de barris de petróleo

no total e uma reserva de óleo recuperável estimado de nove bilhões de barris, é o maior campo offshore do mundo fora do Oriente Médio. Ele foi descoberto em 2000 e está prevista para começar a produção no final de 2013 com uma produção inicial de 180 mil barris por dia.

2013 com uma produção inicial de 180 mil barris por dia. Fonte:

Fonte: http://www.fierasdelaingenieria.com/los-yacimientos-de- petroleo-en-alta-mar-mas-grandes-del-mundo/

Introdução

5 - Campo petrolífero de Lula

Localização: Bacia de Santos, Brasil Proprietário: Petrobras PBR + 1,72% (65%), BG Group (25%), a Galp Energia (10%) Reservas Recuperáveis: 6,5 bilhões de barris O campo de Lula, que antes era conhecido como o campo de Tupi, foi descoberto pela

Petrobras em 2007. A produção da primeira fase do projeto piloto de produção no

campo de Lula começou em 2010. A produção da área do nordeste do campo de Lula começou em 2011 .

de produção no campo de Lula começou em 2010. A produção da área do nordeste do

Introdução

A exploração de petróleo em reservatórios situados na área

offshore no Brasil iniciou-se em 1968, na Bacia de Sergipe,

campo de Guaricema, situado em lâmina d’água de cerca de 30 metros na costa do estado de Sergipe, na região Nordeste.

Plataformas fixas de aço, cravadas através de estacas, projetadas somente para produção e teste de poços, interligados por uma rede de dutos multifásicos.

de poços, interligados por uma rede de dutos multifásicos. Fonte:

Fonte: http://www.clickmacae.com.br/?sec=109&pag=pagina&cod=99

Introdução

Nos anos seguintes, com o aumento da atividade, não só na

costa de Sergipe, mas também nas de Alagoas, Rio Grande do Norte e Ceará, a Petrobras decidiu desenvolver projetos próprios de plataformas que atendessem às características de

desenvolvimento dos campos.

 

ITEM

1 a . FAMÍLIA

2 a . FAMÍLIA

3 a . FAMÍLIA

No. de pernas

4

4

8

Dimensões dos

12m x 18m

26m x 29m

26m x 59m

Características das Plataformas

conveses

 

Lâmina d’água

60m

60m

150m

 

Capacidade de produção (m 3 /dia)

1.100

2.500

7.200

No. de poços

6

9

15

Fonte: http://www.clickmacae.com.br/?sec=109&pag=pagina&cod=99

Introdução

Introdução • 8.000 Km de costa • 29 Bacias Sedimentares cobrindo 6,4 milhões de km² •

8.000 Km de costa

29 Bacias Sedimentares cobrindo

6,4 milhões de km²

Reservas provadas de óleo e gás (2011) => 15,22 bi BOE

Petróleo (2012):

Produção < Demanda 2,1 MM b/dia vs. 2,12 MM boe/dia

Gás (2012):

Produção = 35,2 MM m³/dia

(disponível)

Importação = 33,4 MM m³/dia

Consumo = 67,3 MM m³/dia

(Distribuidoras + Petrobras)

80,5% da produção nacional provém da Bacia de Campos

Introdução

Introdução As reservas de petróleo e gás da Petrobras apresentam a sua distribuídas aproximada: - 14%

As reservas de petróleo e gás da

Petrobras apresentam a sua distribuídas aproximada:

- 14% em terra firme,

- 11% em águas rasas e

- 25% em águas profundas.

- 50% restantes encontravam-se em águas ultra profundas.

Introdução

A Bacia de Campos é a bacia petrolífera que mais produz na margem continental brasileira, respondendo atualmente por mais de 80% da produção nacional de petróleo. A exploração da Bacia de Campos ganhou impulso em 1974, com a

descoberta do Campo de Garoupa. Entretanto, a sua produção comercial

predominantemente de petróleo pesado teve início somente em 1977, no Campo de Enchova.

Fonte: http://www.ibp.org.br/main.asp?View=%7B58784FF7-

BB06-46B8-8200-A72A1FA66ABD%7D&

em 1977, no Campo de Enchova. Fonte: http://www.ibp.org.br/main.asp?View=%7B58784FF7- BB06-46B8-8200-A72A1FA66ABD%7D&

Introdução

Introdução Fontes: ANP e IBP

Fontes: ANP e IBP

Introdução

Evolução das reservas provadas

Introdução Evolução das reservas provadas

Introdução

Produção de Petróleo no Brasil

Longo histórico de implantação de projetos offshore no Brasil

histórico de implantação de projetos offshore no Brasil Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o

Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o litoral paulista

Introdução

Previsão de Produção de Petróleo e Gás Natural no Brasil e Exterior

(mil boe/dia)

Petróleo e Gás Natural no Brasil e Exterior (mil boe/dia) Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o

Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o litoral paulista

Introdução

Grandes Projetos que sustentam o aumento da Produção, com início de operação até 2015?

aumento da Produção, com início de operação até 2015? Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o

Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o litoral paulista

Introdução

O desenvolvimento e aplicação de novas tecnologias possibilitará o aumento da

eficiência dos processos de E&P, com otimização da logística, bem como suportará o

crescimento da produção

logística, bem como suportará o crescimento da produção Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o

Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o litoral paulista

Introdução

Novas Embarcações e Equipamentos Recursos para crescimento da

produção

e Equipamentos Recursos para crescimento da produção Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o

Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o litoral paulista

Introdução

Sondas de Perfuração sob Contrato e a serem Contratadas

Sondas de Perfuração sob Contrato e a serem Contratadas - 27 sondas contratadas, com entregas previstas

- 27 sondas contratadas, com entregas previstas para 2011-2012

- 28 a serem construídas no brasil, com entregas previstas no período de 2013 a 2019, das quais, 7 já contratadas junto ao estaleiro atlântico sul (eas)

Fonte: Petrobrás- Apresentação Oportunidade para o litoral paulista

1- Sistemas de

Produção de Petróleo Offshore

1.

Tipo de plataforma ou UEP (Unidade Estacionária de Produção)

escolhida para receber, processar e exportar o petróleo.

2.

Dispositivos que garantem a manutenção de posição da plataforma na locação (sistemas de ancoragem ou sistemas de posicionamento dinâmico).

3.

Dutos submarinos que garantem a coleta do petróleo para a

plataforma e a exportação da produção de óleo e gás (dutos flexíveis e dutos de aço risers dinâmicos e flowlines estáticas).

4.

Equipamentos submarinos auxiliares (manifolds submarinos de

produção/injeção, dispositivos de conexão remota, sistemas de

bombeio submarinos, válvulas submarinas de segurança, etc.).

5.

Tipos de poços adotados (arquitetura, trajetória, tipo de cabeça seca ou molhada, etc)

1- Sistemas de

Produção de Petróleo Offshore

1- Sistemas de Produção de Petróleo Offshore