Você está na página 1de 6

IDADE:

Era Paleozoica (540-250 Ma).

Os primeiros apareceram no perodo Cmbrico


Superior h 545490 milhes de anos e
evoluram rapidamente durante o seguinte
Perodo Ordovcico (490434 Ma) altura em que
a maior variedade das suas diferentes formas
viveu. Sofreram o seu maior declnio no perodo
Silrico (434410 Ma) e apenas umas poucas
variedades duraram at o perodo Devnico.

NOME:

GRAPTLITOS, do grego graptos, escrita +


lithos, rocha .

LOCAL ONDE FORAM


ENCONTRADOS
Tendo flutuado nas guas dos oceanos, foram
encontrados um pouco por todo o mundo em
lugares como a Nova Zelndia, Asia, Europa e
Amrica.
Em Portugal foram encontrados vrios
fsseis desta espcie na rea do nordeste
transmontano, nomeadamente na rea de
Guadramil -Rio de Onor.

TIPO DE FOSSILIZAO:
Moldagem
Devido natureza proteica do esqueleto colonial,
os fsseis de graptlitos so abundantes apenas
em
rochas
sedimentares
depositadas
em
ambientes calmos e anxicos, como xistos ou
calcrios negros ricos em matria orgnica.

INFORMAES FORNECIDAS
PELO FOSSIL:
-

CARACTERSTICAS

DOS

ANIMAIS

Organismos planctnicos que viviam a vrias


profundidades do mar tendo sido particularmente
abundantes nas zonas ascendentes ao longo das
margens continentais. Alguns eram flutuadores. As
colnias tinham apenas alguns centmetros e os
animais individuais cerca de 1 mm e menos. Viviam
no interior de tubos, um esqueleto externo
provavelmente constitudo por quitina.

- CLIMA: Quente alternado com intervalos


glaciares.

- DISTRIBUIO GEOGRFICA : Abundantes nas


zonas ascendentes ao longo das margens
continentais, a maioria dos graptlitos dispersou-se
rapidamente por vastas extenses do globo.

EXTINO
Extinguiram - se cerca de 315 MA, durante o
Perodo Carbonfero.
Porque tiveram uma curta durao temporal (vrias
das numerosas espcies que existiram viveram
menos de 1 Ma) so bons fsseis de idade. Por isso
que os estratos do perodo Silrico (443,71,5
aos 416,02,8 Ma) e tambm do Ordovcico que o
antecedeu, se encontram bem conhecidos e
datados em todo o Mundo, j que so possveis
boas correlaes, com base nestes fsseis.

CURIOSIDADE
Em 1992 Noel Dilly, zologo marinho amador
considerado um dos maiores especialistas mundiais
em pterobrnquios, encontrou uma nova espcie
desta classe de organismos, quando estudava uma
amostragem realizada em 1989 por oceangrafos
franceses na regio das ilhas Lifou, na Nova
Calednia, a meio caminho entre as ilhas Fiji e
Brisbane, na Austrlia. Segundo Dilly este
organismo um novo gnero de graptlito (o nico
vivo conhecido) e, portanto, os graptlitos seriam
um grupo extinto dos pterobrnquios, e no uma
classe parte. Contudo, esta hiptese no ainda
aceite pela maioria dos cientistas.

Você também pode gostar