Você está na página 1de 5

UFCG - UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

CCT - CENTRO DE CINCIAS E TECNOLOGIA


DF - DEPARTAMENTO DE FSICA
____________________________________________________________________________________________________________

LABOEm Laboratrio de ptica, Eletricidade e Eletromagnetismo


____________________________________________________________________________________________________________

Turma: 12; Professor Douglas Vitoreti.


Aluno: Alfredo Irineu da Silva Neto
Matrcula: 113111565
Curso: Engenharia Eltrica Campus I

EXPERIMENTO: CIRCUITO DIVISOR DE TENSO

Campina Grande, PB
20 de maio de 2015
0

1. OBJETIVO
Esse experimento teve como objetivo a verificao, experimentalmente, no ramo
da eletricidade a lei de Ohm, a teoria de associao de resistores e a verificao das Leis
de Kirchoff, e, atravs desta verificao, determinar tenso eltrica em cada terminal
proposto no circuito da experincia.
2. MATERIAL UTILIZADO

Para a realizao do experimento, foi utilizado o seguinte material:


1- Fonte de alimentao de 5 Volts;
2- Protoboard;
3- Multmetro digital;
4- Resistores diversos (1; 3,9; 9,1 e 47)k;
3. ANLISE TERICA

Utilizando um circuito genrico (ver Figura 1), podemos fazer uma anlise terica
do experimento:

Figura 1
Sendo a corrente i a mesma nas malhas 1, 2, 3; podemos obtema em funo de V
e da Req (Resistncia equivalente da malha):

.
Logo pela Lei de Ohm:

.Onde n o terminal de medio

escolhido do circuito.
Em anlise tambm pode ser verificada a primeira Lei de Kirchoff, a qual
menciona que em qualquer n, a soma das correntes que o deixam igual a soma das
correntes que chegam at ele. A Lei uma consequncia da conservao da carga total
existente no circuito. Isto uma confirmao de que no h acumulao de cargas nos
ns.

E tambm a segunda Lei de Kirchoff, a qual menciona que a soma algbrica das
tenses eltricas em qualquer malha igual a 0.

4.

REALIZAO DO EXPERIMENTO
4.1 Preparao
Na preparao do experimento determinada as tenses eltricas nos trs
terminais de medio, as quais so: 1V, 0,5V e 100mV no terminais de medio 1, 2 e 3
respectivamente na Figura 1.
Ento pra o terminal 1, temos:

.
Para o terminal 2:

.
E para o terminal 3:

.
Dadas as relaes entre os resistores em cada malha; por convenincia e
disponibilidade de materiais, foram propostos os seguintes valores para as resistncias:
R1 = 1 k, R2 = 3,9 k, R3 = 1 k, R4 = 9,1 k, R5 = 1 k e R6 = 48 k
(R6 uma associao em srie de resistores: 1 k e 47 k).
4.2 Montagem
A montagem do circuito divisor de tenso da Figura 1 segue abaixo (ver Figura 2).

Figura 2
Em seguida(ver Figura 3), caso ocorrida uma falta de uma fonte de alimentao
de 5V, sugerida uma montagem alternativa; onde utiliza-se uma bateria de 9V(bateria
convencional vendida no mercado) e um Transistor LM7808 - regulador de tenso 5V,
facilmente encontrado em uma loja de componentes eletrnicos.

Figura 3

5. DADOS COLETADOS

Determinados os valores de V1=1V, V2=0,5V e V3=100mV a se obter na


preparao, foram encontrados mediante aos erros sistemticos no experimentos os
seguintes valores:
o V1=1V;
o V2=0,5V e
o V3=110mV

Você também pode gostar