Você está na página 1de 19

Curso de Treinadores – Nível 1

LANÇAMENTO DO DARDO
Curso de Treinadores – Nível 1
Arremesso de Bola

PB 90,40
dardo

Arremesso de Bola de Golfe


(+ 60 grs.)

Treino
Lançamento a cerca de 120 metros
Curso de Treinadores – Nível 1
Lançamento do Dardo

Carlos Tribuna, Girassol, PB 2008 - 67,80


Curso de Treinadores – Nível 1
Regras do Lançamento do Dardo
e do Arremesso de Bola

8 metros

4 metros 4 metros <29º

Máximo 36,5 metros

Medição do Lançamento:
- É feita desde o local onde a bola ou ponta metálica do dardo tocou no solo pela primeira vez, até à
margem interna do arco, ao longo de uma linha recta que vai desde o local do contacto até ao centro
do círculo do qual o arco faz parte.
Curso de Treinadores – Nível 1
Regras do Lançamento do Dardo
e do Arremesso de Bola

Peso dos Engenhos:

ESCALÃO MASCULINOS FEMININOS

Benjamins (8-11 anos) Bola de 163 grs. Bola de 163 grs.

Infantis (12-13 anos) Dardo de 500 grs. Dardo de 400 grs.

Iniciados (14-15 anos) Dardo de 600 grs. Dardo de 500 grs.

Juvenis (16-17 anos) Dardo de 700 grs. Dardo de 600 grs.

Juniores (18-19 anos) Dardo de 800 grs. Dardo de 600 grs.

Seniores (mais de 20 anos) Dardo de 800 grs. Dardo de 600 grs.


Curso de Treinadores – Nível 1
Regras do Lançamento do Dardo

1 O atleta tem de empunhar o dardo pelo encordoamento;

2 O dardo tem de ser lançado por cima do ombro;

3 Os estilos não ortodoxos são interditos (por exemplo em rotação);

4 Num concurso, cada atleta dispõe de três tentativas. Os oito melhores têm mais três;
Curso de Treinadores – Nível 1
Regras Básicas do Lançamento do Dardo

5 O ensaio é nulo se o atleta tocar nos limites da pista durante o lançamento;

6 O ensaio é nulo se o dardo cair fora do sector de queda;

7 O ensaio é nulo se o dardo não tocar primeiro no solo pela ponta metálica;

8 O ensaio é nulo se o atleta abandonar o corredor antes de o engenho cair no solo;

9 Se depois de o atleta lançar, o primeiro contacto com o exterior da pista de balanço for feito
após a linha branca marcada de cada lado do corredor o ensaio será considerado nulo.
Curso de Treinadores – Nível 1
Lançamento do Dardo

corrida frontal corrida lateral


corrida de balanço lançamento recuperação

O Lançamento do Dardo divide-se em quatro fases:

1. Fase de Preparação;
2. Corrida de Balanço:
a. Corrida frontal;
b. Corrida lateral (ou passos cruzados);
Normalmente usando um
3. Lançamento ritmo de 5 apoios
4. Recuperação.
Podemos considerar que o lançamento
propriamente dito faz parte da corrida lateral
Curso de Treinadores – Nível 1
Lançamento do Dardo

Fase de Preparação
Características técnicas mais importantes:

•Na fase de preparação o atleta deve colocar-se no corredor de


balanço e pegar no dardo.

Polegar e Polegar e
indicador médio
Existem dois tipos principais de pegas
Em ambos:
•O dardo é colocado na mão na diagonal;
• A palma da mão deve estar virada para cima;
• A pega deve ser feita de uma forma confortável e descontraída.
Curso de Treinadores – Nível 1
Lançamento do Dardo

corrida frontal corrida lateral


corrida de balanço lançamento recuperação

Características técnicas mais importantes:


Corrida de Balanço - corrida frontal

Na primeira fase da corrida de balanço o atleta coloca-se de frente


para o sector de queda e inicia uma corrida:

•Com ritmo lento;

•Com o dardo sensivelmente paralelo ao solo (ou


ligeiramente inclinado à frente);

•No final da corrida frontal o dardo deve ser colocado atrás.

Fim da corrida frontal e inicio da corrida


lateral.
Curso de Treinadores – Nível 1
Lançamento do Dardo

corrida frontal corrida lateral


corrida de balanço lançamento recuperação

Características técnicas mais importantes:

Corrida de Balanço - corrida lateral

•No início da corrida lateral o pé esquerdo avança e inicia-se a


contagem (de 5 apoios);

•O braço direito está estendido para trás;

•A mão deve ficar à altura do ombro ou ligeiramente acima


(nunca abaixo);

•A ponta do dardo deve ficar ao lado do olho direito (alguns atletas


colocam-no entre a boca e o olho).

•A velocidade da corrida deve ser aumentada até ao passo de base de um ritmo de


impulso (a corrida lateral deve ser mais rápida que a corrida frontal); lançamento correcto.
Curso de Treinadores – Nível 1
Lançamento do Dardo

corrida frontal corrida lateral


corrida de balanço lançamento recuperação

Quando o atleta usa um ritmo de cinco apoios, o terceiro passo da corrida lateral é mais intenso e
agressivo que os outros, podendo ser designado por “passo de impulso”.

Esse passo deve ser:

•Rasante (para a frente);


•Com perda mínima de velocidade do corpo (evitar inclinar o tronco atrás);
Curso de Treinadores – Nível 1
Lançamento do Dardo

corrida frontal corrida lateral


corrida de balanço lançamento recuperação

Características técnicas mais importantes:


Lançamento:
A. Manter o braço estendido até ao último momento (pré-tensão) 1 a 5 (6);
B. Entrada da bacia e do peito na direcção do lançamento (2 3 4 5);
C. A posição crucial do lançamento do dardo é a posição de arco, alcançada na imagem 6;
D. A perna esquerda deve ter uma acção de bloco bastante enérgica e tão estável quanto possível (5 a 8).
E. A mão lançadora deve passar claramente acima da cabeça (7,8).
Curso de Treinadores – Nível 1
Lançamento do Dardo

corrida frontal corrida lateral


corrida de balanço lançamento recuperação

Características técnicas mais importantes:

Recuperação:

•Após o dardo sair das mãos, o atleta tenta travar antes da linha final, para assim evitar
lançamentos nulos 4 - 8.

•É um erro pensar que o atleta deve lançar perto da linha final, porque ele precisa de espaço
para poder parar (normalmente leva entre um e três passos).

Tanja Damaske (GER) - 66,91


Curso de Treinadores – Nível 1
Como iniciar o Lançamento do Dardo

O lançamento do Dardo pode ser introduzido com:


•Pedras;
•Bolas (ténis, basebol, hóquei em patins…);
•Vortex;
•Turbo Javelin;
•…..

Os princípios técnicos são os mesmos dos descritos


para o Lançamento do Dardo (excepto a pega).
Curso de Treinadores – Nível 1
Etapas do Treino do Lançamento do Dardo

Introduzir a técnica do arremesso de bola (especialmente com crianças),


1
primeiro parado, depois com pouca corrida (ver ponto 4);

2 Introduzir o dardo, a pega e as regras de segurança;

3 Ensinar e aperfeiçoar a fase do lançamento;

4 Introduzir a corrida lateral (ou cruzada) – primeiro sem dardo, depois com dardo;

Aumentar progressivamente a corrida de balanço, de três para cinco passadas


5 e por fim introduzir a corrida completa;
Curso de Treinadores – Nível 1
Etapas do Treino do Lançamento do Dardo

•As botas de dardo (calçado específico) são também necessárias,


principalmente na aprendizagem da corrida de balanço e do bloco
e ainda para estabilizar o pé.

•Os principiantes podem ser iniciados sem sapatos de dardo, mas


assim que começam a ter corrida de balanço e a ganhar velocidade
de deslocamento os sapatos são fundamentais para se conseguir
executar correctamente a técnica e prevenir lesões.
Curso de Treinadores – Nível 1
Erros a evitar no Lançamento do Dardo

Esquecer as regras de Precipitar o lançamento antes


1 segurança – pode ser mortal!
6 do contacto do pé esquerdo com o solo.

Lançamento não aproveitando a pré-


2 Pega incorrecta do dardo. 7 tensão.

Má colocação do dardo
3 na corrida de balanço. 8
Lançar com o cotovelo baixo
e afastado do corpo.

Flectir significativamente o Não bloquear o movimento


4 braço que transporta o dardo. 9 com o lado esquerdo do corpo.

Perder o controlo no transporte do dardo


5 (normalmente ponta mais alta que os olhos ou dardo muito
afastado do corpo)
Curso de Treinadores – Nível 1
Prevenção de Lesões no Lançamento do Dardo

As lesões mais comuns aparecem no:


•Ombro;
•Cotovelo; A melhor forma de
prevenir lesões é lançar Especial atenção para
•Costas; com uma técnica a altura
correcta!! da mão e do cotovelo
•Joelho;
•Pé;

Para evitar lesões as instruções aos atletas devem ser:


•Mão à altura do ombro ou ligeiramente acima durante a corrida lateral;
•Rotação interna da mão e cotovelo – voltar a palma da mão para cima;
•Cotovelo para a face (para cima) na fase do lançamento;
•Passar a mão visivelmente acima da cabeça no acto de lançar;

Outros Conselhos Práticos:


•Os atletas devem fazer um bom aquecimento geral e específico;
•Não começar a lançar com muita intensidade no início da sessão de treino;