Você está na página 1de 21

MERCADO BANCÁRIO

Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa

Objetivo: Apresentar fenômenos relacionados a mercado bancário, tais como reestruturação ou privatização de bancos públicos; conglomeração e concentração; desnacionalização bancária. Analisar segmentos do mercado bancário: mercado de reservas bancárias; mercado de crédito; mercado de microcrédito. Debater as perspectivas futuras, destacando negócios potenciais: crédito agrícola, seguro rural e mercado futuro; crédito imobiliário e securitização; crédito educacional, crédito ao consumidor e ao comércio exterior, visando ampliação do mercado interno e inserção no mercado externo.

Técnico Bancário

Prepare-se com questões de Técnico Bancário

  • 1. Código da questão: Q2100Ca

(FCC - 2012 - Banese) Do sistema de previdência complementar brasileiro fazem parte as entidades fechadas de previdência privada que são:

  • 1. fundos de pensão para funcionários de uma empresa ou grupo de empresas.

MERCADO BANCÁRIO Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa Objetivo: Apresentar fenômenos relacionados a mercado bancário, tais
  • 2. garantidoras dos planos de Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL).

MERCADO BANCÁRIO Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa Objetivo: Apresentar fenômenos relacionados a mercado bancário, tais
  • 3. exclusivas para trabalhadores de empresas de capital nacional.

MERCADO BANCÁRIO Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa Objetivo: Apresentar fenômenos relacionados a mercado bancário, tais
  • 4. planos estruturados como Fundo Gerador de Benefício Livre (PGBL).

MERCADO BANCÁRIO Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa Objetivo: Apresentar fenômenos relacionados a mercado bancário, tais
  • 5. vinculadas ao Ministério do Trabalho e Emprego.

MERCADO BANCÁRIO Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa Objetivo: Apresentar fenômenos relacionados a mercado bancário, tais
  • b. Código da questão: Q1264Ca (Cespe/UNB - 2010) Assinale a opção correta acerca das ações preferenciais.

1.

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as

A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as ações

ações preferenciais devem assegurar o direito de serem incluídas na oferta pública de alienação de controle

  • 2. O número de ações preferenciais sem direito a voto, ou sujeitas a restrição no exercício

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as ações

desse direito, pode chegar a 70% do total das ações emitidas

  • 3. Ofende a Lei das Sociedades Anônimas um estatuto que assegure a determinada classe

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as ações

de ações preferenciais o direito de eleger, em votação separada, membros dos órgãos de administração da companhia

  • 4. As vantagens das ações preferenciais consistem na prioridade na distribuição de

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as ações

dividendos ou na prioridade no reembolso do capital, sendo vedada a acumulação dessas duas preferências

  • 5. O estatuto de uma companhia pode excluir, do direito de participar dos aumentos de

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as ações

capital decorrentes da capitalização de reservas ou lucros, as ações preferenciais com dividendo fixo

  • b. Código da questão: Q1278Ca (Cespe/UNB - 2010) As competências privativas do BACEN incluem

    • 1. a realização de operações de redesconto e empréstimos a instituições financeiras

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as ações

bancárias

  • 2. a emissão de debêntures conversíveis em ações

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as ações
  • 3. a definição da tributação das operações financeiras.

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as ações
  • 4. o exercício da fiscalização das instituições financeiras, sem, contudo, aplicar-lhes

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as ações

penalidades.

  • 5. a concessão de autorização às instituições financeiras para arquivarem os seus estatutos

1. A fim de serem admitidas para negociação no mercado de valores mobiliários, todas as ações

na junta comercial

  • b. Código da questão: Q1286Ca (Cespe/UNB - 2010) Para a abertura de conta de depósitos, é obrigatória a completa identificação do depositante. As informações que devem constar na ficha-proposta para a abertura da conta incluem I qualificação do depositante. II endereços residencial e comercial completos. III data da abertura da conta e respectivo número. IV taxa de juros de remuneração da conta de depósito. V assinatura do depositante. Estão certos apenas os itens

    • 1. I, II, III e IV.

b. Código da questão: Q1286Ca (Cespe/UNB - 2010) Para a abertura de conta de depósitos, é
  • 2. I, II, III e V

b. Código da questão: Q1286Ca (Cespe/UNB - 2010) Para a abertura de conta de depósitos, é
  • 3. I, II, IV e V

b. Código da questão: Q1286Ca (Cespe/UNB - 2010) Para a abertura de conta de depósitos, é
  • 4. I, III, IV e V

b. Código da questão: Q1286Ca (Cespe/UNB - 2010) Para a abertura de conta de depósitos, é
  • 5. II, III, IV e V

b. Código da questão: Q1286Ca (Cespe/UNB - 2010) Para a abertura de conta de depósitos, é
  • b. Código da questão: Q1268Ca (Cespe/UNB - 2010) Assinale a opção correta a respeito do cheque.

    • 1. Segundo a regulamentação do sistema de compensação de cheques, a instituição

b. Código da questão: Q1286Ca (Cespe/UNB - 2010) Para a abertura de conta de depósitos, é

financeira sacada não será responsabilizada, em hipótese alguma, por eventuais prejuízos causados aos clientes em caso de retardamento do pagamento de cheques tempestivamente apresentados.

  • 2. Na compensação de cheque de valor igual ou superior ao VLBcheque, o cheque acolhido

b. Código da questão: Q1286Ca (Cespe/UNB - 2010) Para a abertura de conta de depósitos, é

em depósito será pago diretamente pela instituição financeira sacada à instituição financeira acolhedora no mesmo dia de sua apresentação

3.

3. Os prazos de apresentação, de pagamento e de bloqueio de cheque de valor igual ou

Os prazos de apresentação, de pagamento e de bloqueio de cheque de valor igual ou

3. Os prazos de apresentação, de pagamento e de bloqueio de cheque de valor igual ou

superior ao VLB-cheque não podem ser prorrogados

  • 4. Na compensação de cheque de valor igual ou superior ao valor de referência para

3. Os prazos de apresentação, de pagamento e de bloqueio de cheque de valor igual ou

liquidação bilateral de cheques (VLBcheque), o pagamento à instituição acolhedora será efetuado por intermédio do Sistema de Transferência de Reservas, em caráter irrevogável e incondicional.

  • 5. Segundo a regulamentação do sistema de compensação de cheques, a apresentação dos

3. Os prazos de apresentação, de pagamento e de bloqueio de cheque de valor igual ou

cheques à instituição financeira sacada caracteriza-se pela entrega física do título, não sendo admitida a apresentação de cheques por meio da remessa dos correspondentes registros eletrônicos.

  • b. Código da questão: Q1274Ca (Cespe/UNB - 2010) Com relação à atual configuração do mercado de capitais no Brasil, assinale a opção correta

    • 1. A emissão pública e a negociação, em bolsa de valores ou em mercado de balcão, de

3. Os prazos de apresentação, de pagamento e de bloqueio de cheque de valor igual ou

quaisquer valores mobiliários independem de registro na CVM

  • 2. A ação ordinária caracteriza-se pela atribuição cumulativa de direito a voto em

3. Os prazos de apresentação, de pagamento e de bloqueio de cheque de valor igual ou

assembleias gerais e de vantagem consistente em prioridade na distribuição de dividendo, fixo ou mínimo

  • 3. A subscrição de ações emitidas por companhia aberta se dá, segundo a doutrina corrente,

3. Os prazos de apresentação, de pagamento e de bloqueio de cheque de valor igual ou

no chamado mercado primário

  • 4. As ações podem ser nominativas, endossáveis ou ao portador

3. Os prazos de apresentação, de pagamento e de bloqueio de cheque de valor igual ou
  • 5. Ao alienar debêntures a outro investidor, aquele que as subscreveu atua no mercado

3. Os prazos de apresentação, de pagamento e de bloqueio de cheque de valor igual ou

primário de valores mobiliários, visto que, nesse mercado, negociam-se todas as espécies de títulos de emissão de sociedades anônimas, à exceção das ações

  • b. Código da questão: Q1279Ca (Cespe/UNB - 2010) Em relação a abertura, manutenção, movimentação e encerramento de contas de depósitos, tarifas de serviços e cheque, assinale a opção correta.

1.

1. A instituição financeira deve manter o registro da ocorrência relativa ao encerramento da

A instituição financeira deve manter o registro da ocorrência relativa ao encerramento da

1. A instituição financeira deve manter o registro da ocorrência relativa ao encerramento da conta de

conta de depósitos à vista.

  • 2. A rescisão do contrato de conta de depósito à vista ou o encerramento da conta de

1. A instituição financeira deve manter o registro da ocorrência relativa ao encerramento da conta de

depósito à vista, por iniciativa de qualquer das partes, prescinde de comunicação prévia e formal

  • 3. É permitida a abertura de conta sob nome abreviado ou de qualquer forma alterado,

1. A instituição financeira deve manter o registro da ocorrência relativa ao encerramento da conta de

inclusive mediante supressão de parte ou partes do nome do depositante

  • 4. A instituição financeira não pode, em nenhuma hipótese, abrir conta de depósitos à vista

1. A instituição financeira deve manter o registro da ocorrência relativa ao encerramento da conta de

para titular que figure ou tenha figurado no cadastro de emitentes de cheques sem fundos

  • 5. Mesmo enquanto o depositante figurar no cadastro de emitentes de cheques sem fundos,

1. A instituição financeira deve manter o registro da ocorrência relativa ao encerramento da conta de

é permitido fornecer-lhe talonário de cheques

  • b. Código da questão: Q2096Ca (FCC - 2012 - Banese) Para abertura de conta bancária a pessoa jurídica deve apresentar I. Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). II. Contrato social de constituição e suas atualizações. III. Ficha-proposta no padrão da instituição financeira. IV. Documentos que qualifiquem e autorizem seus representantes legais. Está correto o que se afirma em

1.

I e II, apenas.

 
1. I e II, apenas. 2. III e IV, apenas. 3. II e IV, apenas. 4.
  • 2. III e IV, apenas.

 
1. I e II, apenas. 2. III e IV, apenas. 3. II e IV, apenas. 4.
  • 3. II e IV, apenas.

 
1. I e II, apenas. 2. III e IV, apenas. 3. II e IV, apenas. 4.
  • 4. I e III, apenas.

 
1. I e II, apenas. 2. III e IV, apenas. 3. II e IV, apenas. 4.
  • 5. I, II, III e IV.

 
1. I e II, apenas. 2. III e IV, apenas. 3. II e IV, apenas. 4.
  • b. Código da questão: Q2101Ca (FCC - 2012 - Banese) A atuação das sociedades de fomento mercantil (factoring) ocorre

    • 1. financiando seu cliente por meio de contrato com fiança bancária.

b. Código da questão: Q2101Ca (FCC - 2012 - Banese) A atuação das sociedades de fomento
  • 2. assumindo responsabilidade solidária à empresa-cliente junto a bancos.

b. Código da questão: Q2101Ca (FCC - 2012 - Banese) A atuação das sociedades de fomento
  • 3. com recursos próprios e de terceiros captados por meio de depósitos interfinanceiros.

b. Código da questão: Q2101Ca (FCC - 2012 - Banese) A atuação das sociedades de fomento
  • 4. com aquisição de créditos de empresas, provenientes de suas vendas a prazo.

b. Código da questão: Q2101Ca (FCC - 2012 - Banese) A atuação das sociedades de fomento
  • 5. sob fiscalização do Banco Central do Brasil.

b. Código da questão: Q2101Ca (FCC - 2012 - Banese) A atuação das sociedades de fomento
  • b. Código da questão: Q1527Ca (FCC - 2012 - Banese) Acerca da publicidade promovida por uma instituição financeira é correto afirmar:

    • 1. Materiais publicitários não serão considerados partes integrantes de eventuais contratos

b. Código da questão: Q2101Ca (FCC - 2012 - Banese) A atuação das sociedades de fomento

celebrados entre as instituições financeiras e seus clientes

  • 2. Como o mercado financeiro e de capitais utiliza muitas expressões oriundas de idiomas

b. Código da questão: Q2101Ca (FCC - 2012 - Banese) A atuação das sociedades de fomento

estrangeiros, os materiais publicitários das instituições financeiras podem ser apresentados unicamente em idioma diverso da Língua Portuguesa.

  • 3. A publicidade é considerada enganosa por exclusão quando deixar de informar sobre dado

b. Código da questão: Q2101Ca (FCC - 2012 - Banese) A atuação das sociedades de fomento

essencial sobre a prestação do serviço por parte da instituição financeira

  • 4. Caso a instituição financeira se recuse a cumprir a publicidade de serviço ofertado, o

b. Código da questão: Q2101Ca (FCC - 2012 - Banese) A atuação das sociedades de fomento

consumidor poderá, a sua livre escolha, exigir seu cumprimento forçado ou aceitar a prestação de serviço equivalente

  • 5. As instituições financeiras podem, sem solicitação prévia, enviar a seus clientes cartões de

5. As instituições financeiras podem, sem solicitação prévia, enviar a seus clientes cartões de crédito, mesmo

crédito, mesmo que o material publicitário que os acompanhe não informe sobre a cobrança de tarifas de anuidade para sua manutenção

Técnico Bancário

Prepare-se com questões de Técnico Bancário

  • 1. Código da questão: Q2080Ca

(Funvapi - 2010 - Banpará) Com referência a documentos comerciais e títulos de crédito, assinale a alternativa correta:

  • 1. Duplicata, notas promissórias e cédula rural hipotecária são emitidas pelo devedor.

Prepare-se com questões de Técnico Bancário 1. Código da questão: Q2080Ca (Funvapi - 2010 - Banpará)
  • 2. São requisitos da nota promissória: denominação de nota promissória ou termo

Prepare-se com questões de Técnico Bancário 1. Código da questão: Q2080Ca (Funvapi - 2010 - Banpará)

correspondente; a soma em dinheiro a pagar; o nome da pessoa a quem se deve pagar; a assinatura do próprio punho do emitente ou do mandatário especial.

  • 3. O aceite é a manifestação unilateral, obrigatória, pela qual o devedor/comprador firma

Prepare-se com questões de Técnico Bancário 1. Código da questão: Q2080Ca (Funvapi - 2010 - Banpará)

compromisso para atender às condições acordadas (valor e prazo indicados) e contidas na duplicata, objeto de uma transação mercantil ou de prestação de serviço.

  • 4. Uma duplicata não pode ser protestada por falta de aceite.

Prepare-se com questões de Técnico Bancário 1. Código da questão: Q2080Ca (Funvapi - 2010 - Banpará)
  • 5. Notas promissórias ao portador devem ser registradas antes de ser protestadas.

Prepare-se com questões de Técnico Bancário 1. Código da questão: Q2080Ca (Funvapi - 2010 - Banpará)
  • b. Código da questão: Q1263Ca (Cespe/UNB - 2010) As debêntures

    • 1. podem conter cláusula de correção monetária com base em referenciais não

Prepare-se com questões de Técnico Bancário 1. Código da questão: Q2080Ca (Funvapi - 2010 - Banpará)

expressamente vedados em lei, inclusive na variação da taxa cambial

  • 2. podem ser emitidas pela CAIXA, já que esta, por ser instituição financeira, foi constituída

Prepare-se com questões de Técnico Bancário 1. Código da questão: Q2080Ca (Funvapi - 2010 - Banpará)

sob a forma de sociedade anônima.

  • 3. devem ter seu valor nominal expresso em moeda nacional

Prepare-se com questões de Técnico Bancário 1. Código da questão: Q2080Ca (Funvapi - 2010 - Banpará)
  • 4. não podem ser adquiridas por companhias que as emitirem

Prepare-se com questões de Técnico Bancário 1. Código da questão: Q2080Ca (Funvapi - 2010 - Banpará)
  • 5. trazem no certificado, que é documento de emissão obrigatória, os direitos de crédito dos

Prepare-se com questões de Técnico Bancário 1. Código da questão: Q2080Ca (Funvapi - 2010 - Banpará)

titulares dos valores mobiliários

  • b. Código da questão: Q2081Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Joaquim fez uma compra parcelada e emitiu quatro cheques “pré-datados”, ou seja, emitidos para pagamento em datas futuras. A loja apresentou os três primeiros cheques nas datas combinadas. Necessitando de dinheiro para honrar compromissos da empresa, o gerente da loja apresenta o último cheque antes da data programada e constante do cheque. Assinale a opção correta:

    • 1. O banco sacado deve recusar o pagamento do cheque, mesmo havendo saldo na conta e

b. Código da questão: Q2081Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Joaquim fez uma compra parcelada e

confirmadas as exigências para liquidação do mesmo, uma vez que a data “bom para” é posterior à data da apresentação.

  • 2. O banco sacado deve recusar a liquidação do cheque, para não correr o risco de perder o

b. Código da questão: Q2081Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Joaquim fez uma compra parcelada e

seu cliente.

  • 3. Se houver saldo, não havendo oposição ao seu pagamento, conferida a assinatura do

b. Código da questão: Q2081Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Joaquim fez uma compra parcelada e

emitente do cheque e a regularidade do preenchimento, o banco sacado deve efetuar a liquidação do documento, considerando que cheque é ordem de pagamento à vista.

  • 4. O banco deve aceitar apenas para depósito na conta da loja, condicionando a liquidação

b. Código da questão: Q2081Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Joaquim fez uma compra parcelada e

do cheque à concordância do emitente.

  • 5. Se o banco liquidar o cheque sem a concordância do emitente, pode ser responsabilizado

b. Código da questão: Q2081Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Joaquim fez uma compra parcelada e

por danos morais.

  • b. Código da questão: Q1515Ca (FCC - 2012 - Banese) O Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) tem o objetivo de proporcionar

    • 1. redução do risco sistêmico

b. Código da questão: Q2081Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Joaquim fez uma compra parcelada e
  • 2. crédito para pessoas físicas

b. Código da questão: Q2081Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Joaquim fez uma compra parcelada e
  • 3. transferências orçamentárias entre empresas estatais

b. Código da questão: Q2081Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Joaquim fez uma compra parcelada e
  • 4. rentabilidade para as instituições financeiras credenciadas

b. Código da questão: Q2081Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Joaquim fez uma compra parcelada e

5.

5. centralização da compensação de cheques no Banco Central

centralização da compensação de cheques no Banco Central

5. centralização da compensação de cheques no Banco Central b. Código da questão: Q1284Ca (Cespe/UNB -
  • b. Código da questão: Q1284Ca (Cespe/UNB - 2010) Em relação ao SFN, que é composto por instituições financeiras com características e finalidades diversas, assinale a opção correta.

    • 1. As sociedades de arrendamento mercantil são constituídas sob a forma de sociedade

5. centralização da compensação de cheques no Banco Central b. Código da questão: Q1284Ca (Cespe/UNB -

anônima, especializadas na prática de financiamentos de capital de giro e de capital fixo para pessoas físicas e jurídicas, sendo a principal forma de captação a emissão de letras de câmbio

  • 2. As sociedades de crédito, financiamento e investimento são instituições que financiam

5. centralização da compensação de cheques no Banco Central b. Código da questão: Q1284Ca (Cespe/UNB -

bens e serviços exclusivamente para pessoas jurídicas

  • 3. Toda instituição financeira pode captar recursos sob a forma de depósitos à vista

5. centralização da compensação de cheques no Banco Central b. Código da questão: Q1284Ca (Cespe/UNB -
  • 4. As cooperativas de crédito de economia e crédito mútuo são formadas por pessoas físicas

5. centralização da compensação de cheques no Banco Central b. Código da questão: Q1284Ca (Cespe/UNB -

ou jurídicas que, de forma efetiva e preponderante, desenvolvam atividades agrícolas, pecuárias ou extrativas, ou se dediquem às operações de captura e transformação do pescado

  • 5. Os bancos comerciais são instituições financeiras, de controle acionário público ou

5. centralização da compensação de cheques no Banco Central b. Código da questão: Q1284Ca (Cespe/UNB -

privado, especializadas em operações de curto e médio prazos, que oferecem diversas modalidades de empréstimos para o comércio, indústria, empresas prestadoras de serviços, pessoas físicas, bem como para o crédito rural.

  • b. Código da questão: Q2087Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) Tendo como referência às contas de poupança, assinale a opção correta:

    • 1. É vedada – sob qualquer hipótese – a cobrança, pelo banco, de tarifas de manutenção.

 
2. É uma forma de investimento exclusivo de pessoas físicas, com remuneração mensal e,

2.

É uma forma de investimento exclusivo de pessoas físicas, com remuneração mensal e,

 
2. É uma forma de investimento exclusivo de pessoas físicas, com remuneração mensal e,

atualmente, tem rendimento fixado pelas autoridades monetárias com base na variação da TR (Taxa Referencial), na data do aniversário do depósito, mais 0,50%.

3.

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal.

É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal.

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal. 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em
  • 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em cheques compensáveis só começam a

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal. 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em

incidir a partir do dia da liberação do depósito, se não houver devolução.

  • 5. Cadernetas de poupança de pessoas físicas e jurídicas sem fins lucrativos têm

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal. 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em

remuneração mensal e não há incidência de Imposto de Renda.

  • b. Código da questão: Q2090Ca (Funvapi - 2010 - Banpará) A principal função das instituições financeiras é a intermediação financeira, que consiste na transferência de recursos dos agentes superavitários (poupadores) para os agentes deficitários da economia (tomadores). Assinale a alternativa que indica operação bancária ativa:

    • 1. Certificado de Depósito Bancário – CDB;

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal. 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em
  • 2. Caderneta de poupança;

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal. 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em
  • 3. Recibo de Depósito Bancário – RDB;

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal. 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em
  • 4. Desconto de títulos;

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal. 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em
  • 5. Depósitos à vista.

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal. 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em
  • b. Código da questão: Q1265Ca (Cespe/UNB - 2010) Em relação aos mercados de ações, assinale a opção correta

    • 1. Para configurar uma operação à vista, as liquidações física e financeira das ações

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal. 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em

adquiridas devem ser necessariamente efetivadas no mesmo dia da realização do negócio em bolsa

  • 2. Uma emissão de ações julgada fraudulenta após a efetuação do registro de emissão não

3. É produto exclusivo da Caixa Econômica Federal. 4. A remuneração sobre os depósitos efetuados em

poderá ser suspensa pela CVM

3.

3. As ações negociadas nos mercados de balcão não se submetem à regulação da CVM

As ações negociadas nos mercados de balcão não se submetem à regulação da CVM

3. As ações negociadas nos mercados de balcão não se submetem à regulação da CVM 4.
  • 4. Considerando-se que a subscrição de ações pela própria companhia emissora equipara-

3. As ações negociadas nos mercados de balcão não se submetem à regulação da CVM 4.

se, de acordo com a lei aplicável, a um ato de distribuição de valores mobiliários, a emissão de ações para esse fim condiciona-se a registro prévio na CVM

  • 5. As bolsas de valores e os mercados de balcão organizados compõem os ambientes onde

3. As ações negociadas nos mercados de balcão não se submetem à regulação da CVM 4.

são cursadas as operações do mercado primário de ações

  • b. Código da questão: Q1262Ca (Cespe/UNB - 2010) Em relação ao mercado de capitais e à atuação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), assinale a opção correta.

    • 1. O cancelamento do registro de companhia aberta, também denominado fechamento de

3. As ações negociadas nos mercados de balcão não se submetem à regulação da CVM 4.

capital, pode ser autorizado pela CVM se a companhia emissora ou o controlador adquirirem pelo menos 60% das ações em circulação

  • 2. Para fins de fechamento de capital, as ações em tesouraria são consideradas ações em

3. As ações negociadas nos mercados de balcão não se submetem à regulação da CVM 4.

circulação no mercado que precisam ser adquiridas

  • 3. A distribuição pública de valores mobiliários deve ser registrada na CVM em até quinze

3. As ações negociadas nos mercados de balcão não se submetem à regulação da CVM 4.

dias após a sua realização

  • 4. A CVM pode estabelecer níveis diferenciados de classificação e de regulação entre as

3. As ações negociadas nos mercados de balcão não se submetem à regulação da CVM 4.

companhias abertas, especificando as normas que lhes serão aplicáveis segundo as espécies e as classes dos valores mobiliários por elas emitidos

  • 5. Denomina-se companhia fechada a sociedade anônima cujas ações, apesar de admitidas

3. As ações negociadas nos mercados de balcão não se submetem à regulação da CVM 4.

à negociação no mercado de valores mobiliários, não sejam efetivamente negociadas nesse mercado

  • b. Código da questão: Q1280Ca (Cespe/UNB - 2010) Em relação ao cheque cruzado, julgue os itens seguintes. I O emitente ou o portador pode cruzar o cheque por meio da aposição de dois traços paralelos no anverso do título.

II O cruzamento é geral se, entre os dois traços, não houver nenhuma indicação ou se existir apenas a indicação banco, ou outra equivalente. III O cruzamento é especial se, entre os dois traços, existir a indicação do nome do banco. IV O cheque com cruzamento geral pode ser pago em espécie, no caixa. V O cheque com cruzamento especial só pode ser pago pelo sacado ao banco indicado, ou, se este for o sacado, a cliente seu, mediante crédito em conta. Pode, entretanto, o banco designado incumbir outro da cobrança.

Estão certos apenas os itens:

1.

I e IV

 
1. I e IV 2. I, III e V 3. II, III e IV 4. II,
  • 2. I, III e V

 
 
1. I e IV 2. I, III e V 3. II, III e IV 4. II,
  • 3. II, III e IV

 
 
1. I e IV 2. I, III e V 3. II, III e IV 4. II,
  • 4. II, IV e V

 
 
1. I e IV 2. I, III e V 3. II, III e IV 4. II,
  • 5. I, II, III e V

 
 
1. I e IV 2. I, III e V 3. II, III e IV 4. II,

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL

Definição - Conjunto de instituições criadas para

manter o fluxo de recursos contínuo entre

poupadores e investidores, coibindo o abuso e mantendo a confiança na moeda.

ORIGENS

Lei 4.357/ 64 - Correção Monetária - indexação de débitos fiscais e criação de títulos federais p/ORTN Lei 4.380/64 - Criado BNH (gestor da poupança e fomento de casas e urbanismo) Lei 4595/64 - Criado o CMN e o Bacen, bem como normas do sistema financeiro. Lei 4728/65 - Normas p/ um sistema de

investimentos e de crédito ao desenvolvimento. Lei 6385/76 - Criação da CVM, regulamentação e fiscalização dos valores mobiliários (antes Bacen) Lei 6404/76 - Lei das S.A - regras aplicáveis às S.A e sua estrutura societária, estatutária e legal.

ESTRUTURA

Crédito de curto/ curtíssimo prazo - Bancos

comerciais e Múltiplos, Caixas econômicas, Cooperativas Crédito.

Crédito de médio/ longo prazo - Bancos de investimentos, de desenvolvimento e Múltiplos, Caixas Econômicas Crédito ao consumidor - Sociedade de Crédito, Financiamento e Investimento (Financeiras) e Bancos Múltiplos Crédito habitacional - Caixas Econômicas, Associações de Poupança e Empréstimo, Cia Hipotecárias, Sociedades de Crédito. Imobiliário, Bancos Múltiplos. Intermediação de títulos e valores mobiliários - Corretoras e DTVMs, Bancos de Investimento e Múltiplos. Arrendamento mercantil - Sociedades de Arrendamento Mercantil e Bancos Múltiplos. Outras: Seguradoras, Companhias de Capitalização, Entidades Previdência Privada, Factorings e Consórcios.

ÓRGÃOS REGULADORES (NORMATIVOS) CMN

Composição: Ministro MF (Pres.), Ministro do MPOG, e Pres.BACEN Reuniões: 1 p/ mês e extra (convocação do MF) Por maioria de votos (voto de qualidade do MF) MF - prerrogativa de deliberar ad referendum (urgência e relevante interesse) submetendo a decisão na 1 reunião pós. Atos normativos - resoluções / deliberações Atribuições:

_ Adaptar meios de pagamento `a economia _ Regular moeda (int/ext) e equilíbrio no BP. _ Orientar recursos das IF. _ Aperfeiçoar IF e instrumentos financeiros _ Zelar p/ liquidez e solvência das IF _ Coordenar políticas (Monet Cred. Orçam. Fiscal _ e Dívida Publica) _ Diretrizes/ normas da política cambial _ Disciplinar crédito e operações _ Regular a constit. funcion. fiscaliz, penalid do agentes financeiros _ Normas gerais de contabilidade/estatística p/ IF _ Determinar recolhimentos compulsórios / encaixes das IF (função tb do Bacen) _ Disciplinar as bolsas e corretores. CRSFN (Conselho de Recursos do SFN) Julgar recursos de penalidades adm. do BACEN e CVM (2ª e última instância)

8 Conselheiros (ind.MF) p/ 2 anos (recond 1vez), sendo: MF (1), Bacen (1), CEF (1), CVM (1) e 4 de entidades/ classe (Merc.Fin.Cap) (por ela indicados em lista tríplice). 1 PFN (observância de leis, normas, etc) BACEN Controle da oferta de moeda e crédito (política monetária e cambial) Originou-se da SUMOC (controlava o mercado monetário e preparava a organização do Bacen) Sede: Brasília - Repres. Belém, BH, Curitiba, Fortaleza, POA, Recife, RJ, Salvador e SP.

Atribuições _ Emitir moeda (papel e metálica) _ Serviços do meio circulante _ Determinar % recolhimentos compulsórios _ Receber os depósitos voluntários à vista das IF _ Realizar redesconto e empréstimos às IF _ Controlar capitais estrangeiros _ Ser depositário (reservas de ouro, moeda estrangeira e direitos especiais de saque) _ Fiscalizar IF e aplicar penalidades. _ Autorizar IF a funcionar no país, instalar/ transferir sedes (inclusive ext), ser transferida. fundida, incorporada cindida ou encampadas, praticar câmbio, crédito rural, venda de títulos públicos e de crédito/ mobiliários, ações,

debêntures, letras hipotecárias. _ Alterar estatutos _ Estabelecer condições p/posse na adm de IF e exercício em órgãos consultivos, fiscais, etc (segundo normas da CMN) _ Compra e venda de títulos públicos federais (política monetária) _ Entender-se com IF estrangeiras/ internacionais _ Regular compensação (cheques e papéis) _ Vigiar mercado financeiro e de capitais (empresas e suas interferências)

Atos normativos _ Circular (decisões do CMN ou diretoria) - ass.1 ou + membros. Assuntos interesse geral e SFN _ Carta-Circular (instruções) ass. p/chefe da unidade - interesse SFN _ Comunicado - esclarecimentos diversos (ass. Chefe da Unidade) interesse geral. _ Comunicado-conjunto - regulamento, instrução ou esclarecimentos da diretoria do Bacen c/

órgãos (ass. p/ 1 ou + da diretoria e do órgão)

CVM Regular, controlar, disciplinar os VM e

atividades do mercado de capitais Atribuições:

_ Disciplinar, fiscalizar nos VM: emissão distribuição, negociação, intermediação, administração de carteiras, custódia, serviços de consultor e analista. _ Disciplinar e fiscalizar organização e funcionamento da bolsa e auditoria das Cias abertas. _ Regulamentar matérias de VM e das S.A (leis) _ Administrar registros de VM _ Fixar limites máximos (preços/comissões de intermediários) _ Fiscalizar as Cias abertas (e com prioridade as que não pagam dividendos) _ Suspender negócios mobiliários _ Decretar recesso da Bolsa _ Informar e orientar os participantes _ Registro p/negociação (bolsa e balcão) ESPÉCIES DE INSTITUIÇÕES INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS BANCARIAS (OU MONETARIAS) BANCOS COMERCIAIS Operações de curto e médio prazos Capital de giro p/ comércio, indústria, serviços, PF, crédito rural. Operações ativas, passivas, especiais, acessórias e de prestação de serviços.

Operações ativas Desconto de títulos Crédito, simples e em conta-corrente Crédito rural Empréstimo p/ capital de giro Repasses e refinanciamentos Aplicação em títulos e valores mobiliários Depósitos interfinanceiros Operações passivas Depósitos a vista

Depósitos a prazo Obrigações no país e exterior (repasses e refinanciamentos) Emissão de Certificados de Depósitos interfinanceiros(CDI).

Operações especiais:

operações de câmbio custódia de títulos e valores fianças e outras garantias operações compromissadas (operações de mercado aberto ou open market) compra e venda no mercado físico de ouro; administração de fundos de investimento. Operações acessórias (atendimento de particulares, governo, empresas estatais/ privadas) ordens de pagamento e transferência de fundos; cheques de viagem; cobrança; serviços de correspondente; recebimentos e pagamentos de terceiros; saneamento do meio circulante e fornecimento de troco; intermediação em títulos federais em leilões; serviços de câmbio e comércio internacional; Prestação de serviços (convênios) recebimento de tributos, FGTS, INSS, PIS, seguro, água, energia, gás e telefone; pagamento de FGTS, INSS, PIS e segurados

serviços a outras IF e à empresas de atividades complementares ou subsidiárias, cartão de crédito, administração de bens e processamento de dados; outros serviços vinculados à arrecadação e ao pagamento de interesse público.

COOPERATIVAS DE CRÉDITO

Instituições financeiras privadas e personalidade jurídica própria Crédito e serviços a associados Sociedade de pessoas de natureza civil Classificação:

_ singulares: mínimo de 20 cooperados _ cooperativas centrais ou federações de cooperativas: mínimo de 3 cooperativas singulares _ confederação de cooperativas: mínimo de 3 cooperativas centrais. Objetivo ou natureza Economia e crédito mútuo - PFs com profissão ou atividades comuns ou vinculadas à determinada entidade ou PJs (micro e pequena empresa) com atividades correlatas às PFs, ou

ainda, sem fins lucrativos com sócios no quadro. Luzzati ou popular - cotas de pequeno valor e atuação municipal. Vedadas atualmente. Crédito rural - PFs que desenvolvam atividades agrícolas, pecuárias ou extrativas, captura e transformação do pescado e, excepcionalmente, por PJs exclusivas que exerçam as mesmas atividades.

Capital social Cotas-partes e nenhum associado pode

subscrever + 1/3 do capital social. Operações ativas Desconto de títulos Abertura de crédito, simples e em contacorrente Empréstimos para capital de giro Crédito rural Repasses e refinanciamentos Operações passivas Depósitos a vista Depósitos a prazo fixo Obrigações contraídas junto à instituições financeiras

Operações acessórias Cobrança de títulos Recebimentos e pagamentos (conveniados) Correspondente e a custódia. INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS NÃO BANCARIAS (OU NÃO MONETARIAS) BANCO DE INVESTIMENTO Operações de médio e longo prazos Ativas Financiamento de capital fixo Financiamento de capital de giro Repasse de empréstimos externos Repasse de recursos oficiais Arrendamento mercantil (Iease back) Aquisição de direitos creditórios Subscrição ou aquisição de Títulos e Valores Mobiliários Crédito rural Depósitos inter-financeiros Passivas Depósitos a prazo Empréstimos externos Empréstimos no país, oriundos de recursos de instituições financeiras oficiais Emissão de Certificados de Depósitos interfinanceiros

(CDI) Especiais administração de fundos de investimento distribuição, intermediação ou colocação no mercado de títulos e VM operações compromissadas concessão de fiança e aval operações de câmbio

compra e venda no mercado físico de ouro. BANCOS DE DESENVOLVIMENTO (BD)

Instituições financeiras estaduais

Operações de médio e longo prazos (recursos para projetos e programas p/ desenvolvimento econômico e social do estado)

Operações ativas Financiamento de capital fixo Financiamento de capital de giro Aquisição de direitos creditórios Repasse de empréstimos externos Repasse de recursos oficiais Arrendamento mercantil (Iease back) Crédito rural Depósitos inter-financeiros Operações passivas Depósitos a prazo

Operações de repasse/contribuições do setor público Empréstimos externos Empréstimos no país, oriuiidos de recursos de instituições financeiras oficiiis Emissão de Certificados de Depósitos lnterfinanceiros (CDI)

SOCIEDADES DE ARRENDAMENTO MERCANTIL (LEASING)

Recursos de empréstimos contraídos no exterior;

emissão de debêntures; instituições financeiras oficiais, destinados a repasses dentro de

programas específicos; cessão de direitos creditórios de contratos de arrendamento mercantil; cessão de contratos de arrendamento mercantil e emissão de CDI. Aplicação das disponibilidades em títulos da dívida pública e CDI.

Operações ativas

arrendamento mercantil (bens móveis nacionais ou estrangeiros, imóveis adquiridos pela arrendadora, para uso da arrendatária na atividade econômica.

Contratos de arrendamento mercantil Dados mínimos obrigatórios:

descrição dos bens objeto do contrato, com

todas características para identificação; prazo de arrendamento; valor das contraprestações ou fórmula de cálculo, e critério de reajuste; condições de exercício, por parte da arrendatária, do direito de optar depois do prazo de arrendamento, pela renovação do contrato, devolução ou aquisição dos bens arrendados. Operações prazo mínimo de 2 anos (bens c/ vida útil = ou < 5 anos; 3 (três) anos, para o arrendamento de outros bens.

SOCIEDADES DE CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO (FINANCEIRAS) Operações ativas financiamento de bens e serviços, financiamento de capital de giro, refinanciamento de operações de arrendamento mercantil, aplicação em títulos e valores mobiliários e depósitos interfinanceiros. Operação passiva (principal) aceite de letras de câmbio. SOCIEDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO (SCI) Operações relativas à incorporação, construção, venda ou aquisição de habitação. Recursos de poupança, emissão de letras imobiliárias e hipotecárias, emissão de CDI. BANCOS MÚLTIPLOS Resolução 1.524/88 - autoriza a constituição de bancos múltiplos Finalidade - realizarem, numa única instituição financeira, as operações de bancos comerciais, investimento, desenvolvimento, sociedades de crédito, financiamento e investimento, de crédito imobiliário Permitido de 2 a 4 das operações citadas. Resolução n9 2.099/94 - autoriza aos bancos múltiplos a carteira de arrendamento mercantil. Facultada operações permitidas originalmente às instituições financeiras que deram origem.

SISTEMA DISTRIBUIDOR DE TÍTULOS E VALORES MOBILIARIOS Bolsas de valores

Associações civis sem fins lucrativos Objetivos principais: manter local ou sistema adequado à realização de operações de compra e venda de Títulos e VM, dotar o referido local ou sistema de meios para realização e transparência das operações, estabelecer sistemas de negociação que propiciem continuidade de preços e liquidez. Não podem distribuir às sociedades corretoras e membros parcela de patrimônio ou resultado, exceto em dissolução e na forma que a CVM aprovar.

SOCIEDADES CORRETORAS E DTVMs Forma de S.A. ou LTDA. Corretoras - podem ser admitidas como membros das bolsas de valores pela aquisição de títulos patrimoniais daquelas entidades Principais objetivos:

operar no recinto ou em sistemas mantidos por bolsa de valores subscrever emissões de títulos e valores mobiliários para revenda intermediar oferta pública e distribuição de títulos e valores mobiliários no mercado comprar e vender títulos e valores mobiliários, por conta própria e de terceiros encarregar-se da administração de carteiras e da custódia de títulos e valores mobiliários instituir, organizar e administrar fundos e clubes de investimento operar em bolsas de mercadorias e de futuros. Distribuidoras

Essencialmente os mesmos objetivos das corretoras. Não-autorizadas

operar no recinto das bolsas de valores ou em sistemas mantidos por estas exercer as funções de emissor de certificados intermediar operações de câmbio e a manter serviços de ações escriturais.

AGENTES ESPECIAIS Banco do Brasil S.A. - banco comercial e o principal parceiro do Governo Federal na prestação de serviços bancários, pagamentos e suprimentos necessários do OGU, política de preços mínimos dos produtos agro-pastoris, compensação de cheques e outros papéis e gestão do Fundo

Constitucional do Centro Oeste (FCO).

Banco Nacional de Desenvolvimento

Econômico e Social (BNDES): composto pelo BNDES, pela Agência Especial de Financiamento Industrial (Finame) e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - Participações (BNDESPAR). Banco do Nordeste do Brasil S.A. (BNB): política de desenvolvimento regional do Governo Federal, agente financeiro da SUDENE, banco comercial e de desenvolvimento regional e gestão do Fundo Constitucional do Nordeste — FNE. Banco da Amazônia S.A. (BASA): política de desenvolvimento regional do Governo Federal, agente financeiro da Sudam, banco comercial e de desenvolvimento regional e gestão do Fundo Constitucional do Norte (FNO). Caixa Econômica Federal (CEF): explorar os serviços das loterias federais, exercer o monopólio das operações sobre penhores civis, executar o Plano Nacional de Habitação Popular (Planhap), o Plano Nacional de Saneamento Básico (Planasa) e outros cuja execução lhe seja conferida, administrar o FGTS e outros cuja gestão lhe seja atribuída.