Você está na página 1de 29

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA


Departamento de Química

Licenciaturas em Conservação e Restauro

Química Orgânica – 1º Teste 22 de Abril de 2004

Duração 1 hora

Justifique todas as suas respostas

Este teste deve ter 3 páginas

1 – Considere a fórmula estrutural do 1-buteno:

H H H H

H C C C C H

H H

Localize e diga a quantidade de ligações:

a) p – p b) sp2 - s c) sp3 – s d) sp2 – sp2 e) sp2 – sp3 f) sp3 - sp3

2 - Identifique os grupos funcionais presentes nas seguintes moléculas:

a) b) c)
O

C Cl
H3C CH2CH3

O
d) e)
O C
H

C OH
HO

3 – Como explica as diferenças de pontos de fusão e solubilidade dos seguintes compostos?

Composto Peso Ponto Ebulição Solubilidade em água


Molecular (ºC) (g / 100 ml de H2O)
n – butano 58 - 0,5 0
CH3CH2CH2CH3
1 - propanol 60 97 ∞
CH3CH2CH2OH
propanal 58 50 20
CH3CH2 COH
4 – Na figura seguinte estão representados dois espectros de infravermelho dos seguintes
compostos:

CH3 CH3

H3 C C O CH3 CH3 CH2 CH CH2 OH

CH3

t-butil metil éter 2-metil-1- butanol

a) Atribua uma estrutura a cada espectro.

b) Os compostos anteriormente representados são isómeros?

5 – Se tivesse amostras não identificadas dos seguintes compostos:

benzeno 1- buteno

Poderia identificá-los através da adição de uma solução de bromo em diclorometano a cada


uma das amostras?
6–

Na figura podem ver-se duas fotografias de uma mesma estátua, localizada no castelo de Herten
na Alemanha, tiradas com 60 anos de diferença. As alterações que pode observar devem-se às
chuvas ácidas e poluição do ar. Normalmente a água da chuva é ligeiramente ácida (pH = 5,6)
mas poluentes atmosféricos podem tornar a chuva mais ácida podendo registar-se valores da
ordem de pH = 3 ou mesmo menos.

a) A acidez das chuvas deve-se à poluição atmosférica (nomeadamente óxidos de enxofre e de


azoto) que se convertem em ácido sulfúrico e ácido nítrico. Estes ácidos são ácidos forte
enquanto os ácidos carboxílicos são ácidos fracos. O que entende por ácidos fortes e ácidos
fracos?

b) Quais as características estruturais dos ácidos carboxílicos e a que se deve a sua acidez?
UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA
FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA
Departamento de Química
Licenciaturas em Conservação e Restauro
Química Orgânica – 2º Teste 8 de Junho de 2004
Duração 1 hora

Justifique todas as suas respostas


Este teste deve ter 4 páginas

Em 1504 o pintor italiano Cima da Conegliano terminou a sua obra “A Incredulidade de S. Tomé”
que está actualmente na National Gallery em Londres e é considerada uma obra prima.

Olhando para esta pintura é difícil imaginar o seu estado de degradação quando, em 1969, se
iniciaram os trabalhos de restauro que duraram 15 anos. Na verdade, pouco depois de ter sido
pintado começaram a ser detectados problemas no quadro e os primeiros trabalhos de restauro
ocorreram em 1745. A partir daí o quadro continuou a degradar-se e sofreu acidentes, como ter
estado mergulhado em água salgada várias horas quando de uma inundação em Veneza, que
fizeram com que este se deteriorasse continuamente. Ao longo do tempo tiveram lugar diversas
tentativas de o restaurar. Até que em 1870 foi adquirido pela National Gallery e durante cerca de
80 anos evitou-se restaurar a obra, tendo sido feitos apenas tratamentos para impedir que a
pintura se continuasse a degradar.
Quando se pinta a óleo sobre painéis de madeira, esta é coberta com uma substância
inorgânica, gesso na pintura em causa. Em 1969 os investigadores concluíram que a degradação
se devia essencialmente a problemas de aderência do gesso à madeira e não da tinta ao gesso
e que a madeira tinha caruncho. Decidiram então transferir a camada de gesso pintada para um
outro suporte. Um trabalho complexo se se tiver em conta que o quadro mede 3 m x 2 m e que a
camada a transferir tinha uma espessura inferior a 1 mm.
Finalmente, estando a pintura ligada a um suporte novo e estável, foi necessário restaurá-la. Neste
processo foi decidido usar pigmentos e meios aglutinantes modernos tendo sido escolhidos para
que: qualquer trabalho de restauro pudesse ser removido sem estragar a pintura original e que as
cores usadas fossem idênticas às originais.

1 – A mudança da pintura do seu suporte de madeira para um novo suporte só foi possível com o
recurso a uma série de polímeros orgânicos com propriedades adesivas. Existem vários polímeros
com estas características que são usados em conservação. Um deles é poliacetato de vinilo
(PVAc ou também conhecido por vezes por PVA) que foi um dos primeiros materiais sintéticos a
ser usado em conservação. É usado como adesivo, em revestimentos e em tintas.

H2 C CH [ CH2 CH ]
n
O O

C O C O

CH3 CH3
acetato de vinilo poliacetato de vinilo

a) A reacção de polimerização representada acima é uma reacção de polimerização por


adição ou condensação?

b) Este polímero é um termoplástico. O que é um termoplástico? Explique, com base nas suas
características estruturais, porque é que o poliacetato de vinilo é um termoplástico.

c) Um outro polímero pode ser obtido a partir deste por hidrólise dos grupos éster, em que todos
ou alguns dos grupos acetato são transformados em grupos álcool. Este polímero (também
conhecido por PVA) é solúvel em água, dependendo a sua solubilidade do número de grupos
álcool. É usado como adesivo, na preparação de tintas, como goma para engomar tecidos e
para fabricar sacos e filmes de plástico solúveis em água.

CH3 CH3 CH3 CH3

C O C O C =O C =O

O O O OH OH O

CH CH CH CH CH CH
C C C C C C
H2 H2 H2 H2 H2 H2

Com base nas características estruturais deste polímero como explica que seja solúvel em água?
2 – Para que o restauro da pintura pudesse ser removido era necessário que os aglutinantes
usados fossem mais solúveis em solventes orgânicos que os usados por Cima há 500 anos.
Verificou-se Cima tinha usado tintas de óleo e para identificar o óleo usado fez-se uma análise
dos teores de ácidos palmitico e esterárico presentes. Estes ácidos não são alterados durante o
processo de secagem e surgem em proporções diferentes nos vários óleos usados em pintura.
Análise por cromatografia gás-líquido permitiu verificar que a relação ácido palmítico : ácido
esteárico na pintura de Cima era 1,28:1.

a) Consultando a tabela seguinte, diga que óleo pensa que foi usado na pintura de Cima.
Que características estruturais têm estes óleos para poderem ser usados como óleos secativos?

Óleo Razão Ac. Palmítico : Ac. Esteárico


Óleo de Papoila 5,4 : 1
Óleo de Linhaça 1,3 : 1
Óleo de Noz 2,5 : 1

b) Explique sucintamente o processo envolvido na secagem de tintas de óleo.

3 – Ao longo da história da pintura os artistas usaram outros meios de pintura. A gema de ovo, a
que eram misturados pigmentos em pó, foi muito usada nas pinturas europeias da Idade Média
(pintura de tempera de ovo). A análise dos meios usados em pintura envolve frequentemente a
análise de proteínas. A aproximação usada é a hidrólise ácida total e a análise de amino-ácidos
através de métodos cromatográficos. Os materiais usados são identificados com base no tipo e
proporção dos amino-ácidos detectados.
Na gema de ovo existe um teor elevado de ac. glutâmico (15,0 %) e um teor baixo da glicina (3,5
%). Tal permite distinguir tintas de tempera de ovo das tintas em que a gelatina é usada como
meio, pois esta tem um teor elevado de glicina (24,7 %) e um teor mais baixo de ac. glutâmico
(9,7 %).
NH2 CH COOH NH2 CH COOH

H (CH2)2

COOH

glicina (GLY) ácido glutâmico (GLU)

a) Como sabe na natureza só existem amino-ácidos L. Escreva a fórmula estrutural do L-ácido


glutâmico e a do seu enantiómero.

b) Una os dois amino-ácidos por uma ligação peptídica de forma a obter o dipéptido GLY-GLU.

c) A gelatina é obtida por desnaturação do colagénio. O que entende por desnaturação de uma
proteína? Indique algumas das suas causas e efeitos.
4 – Na pintura de Cima existem algumas áreas pintada a azul. Vários pigmentos foram usado, um
deles, o azul ultramarino, era um pigmento caro pois era obtido da pedra semi-preciosa lapis lazuli.
Algumas das áreas azuis correspondem a tecidos. Nesses os pigmentos não são utilizáveis e esses
tecidos poderiam ter sido corados com um corante natural como o indigo.
a) Qual a diferença entre pigmentos e corantes?

b) Os tecidos representados poderiam ser de algodão. Esta é uma fibra formada essencialmente
por celulose, um polímero de glucose em que as moléculas estão ligadas por ligações glicosídicas
β-1,4.
Escreva um dissacárido formado por moléculas de glucose ligadas por uma ligação glicosídica β-
1,4.
CH2OH

O
H OH
H
OH H

OH H

H OH

Glucose

c) Identifique os grupos funcionais presentes na molécula de glucose.

d) A celulose é um material com funções estruturais. Relacione as suas funções com a sua
estrutura química.

e) A figura seguinte apresenta dois corantes ligados a fibras de algodão Que tipo de ligações
químicas são responsáveis pela ligação de cada um dos corantes às fibras? E qual pensa que é o
corante que permite obter uma cor mais resistente à lavagem em água?

f) Qual a característica estrutural das moléculas dos corantes que faz com que tenham cor?
UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA

Departamento de Química

Licenciaturas em Conservação e Restauro

Química Orgânica – Exame – Época Normal 6 de Julho de 2004

Duração 2 horas

Justifique todas as suas respostas

Este teste deve ter 4 páginas

1 - Existe uma grande variedade de adesivos, com diferentes características estruturais e


propriedades, que são usados em inúmeras aplicações e entre elas em conservação e
restauro. Alguns são polímeros sintéticos ou semi-sintéticos e outros obtidos de produtos
naturais. De entre estes podem referir-se aqueles à base de amido. Este é normalmente a
disperso em água e quando a água evapora obtém-se um filme adesivo. O amido pode
ainda ser oxidado ou hidrolisado obtendo-se dextrinas, com menor peso molecular.
Nestes casos os adesivos têm propriedades diferentes dos de amido, tais como maior
poder de adesão, menor viscosidade e maior dispersibilidade.

a) O amido é um polímero de glucose. Descreva sucintamente as suas características


estruturais.
CH2OH

O
H H
H
OH H

OH OH

H OH

Glucose

b) Represente um dissacárido formado por duas moléculas de glucose ligadas por uma
ligação glicosídica α-1,4.

c) Identifique os grupos funcionais presentes na molécula de glucose.

d) No processo de adesão de um adesivo a um qualquer material estão envolvidas


ligações químicas entre o adesivo e o substrato que podem ser ligações covalentes ou
ligações mais fracas, como ligações iónicas, pontes de hidrogénio ou ligações de Van
der Waals. Quando se usa uma cola de amido, por exemplo em papel, que tipo de
ligações pensa que são predominantes entre o adesivo e o substrato?

e) Descreva o teste que frequentemente se usa para detectar a presença de amido, e


que teve oportunidade de realizar nas aulas práticas.
2 – Outro tipo de adesivos obtidos de produtos naturais e tradicionalmente usados são os
adesivos à base de proteínas. O material proteico pode ser obtido de animais, peixe,
leite, leite de soja... obtendo-se colas com elevado poder de adesão e que aderem a
uma grande variedade de substratos. A identificação da fonte de material proteico,
quando há uma quantidade suficiente de proteínas disponível, envolve a hidrólise das
proteínas e a análise da sua composição em amino-ácidos.

a) Considere o seguinte tripéptido e escreva os amino-ácidos que obteria se fizesse a sua


hidrólise.
H O H O H O

NH2 C C NH C C NH C C H

CH3 CH2 CH2

OH

b) Identifique todos os grupos funcionais presentes no tripéptido representado na alínea


anterior.

c) O que entende por estrutura primária de uma proteína?

d) O que entende por centro quiral? Identifique os centros quirais presentes no triglicérido
acima.

3 - Os adesivos à base de proteínas e amido têm o inconveniente de serem um bom


meio para crescimento de fungos. Um tipo de adesivos que não tem este inconveniente
e que têm características estruturais e propriedades que os tornam mais indicados para
determinados tipos de aplicações, são os adesivos compostos por materiais sintéticos. De
entre estes pode referir-se o polietileno de baixo peso molecular, que fundido pode ser
usado como adesivo. É principalmente usado em embalagens, encadernação de livros
e em carpetes.

O etileno representado abaixo, é um produto da indústria petroquímica e é usado em


grandes quantidades para produzir o polietileno por uma reacção de polimerização por
adição.
H H
C C
H H

a) O que entende pela expressão “reacção de polimerização por adição”?

b) Escreva a estrutura de um fragmento de polietileno.


c) Se no laboratório fizesse esta reacção de polimerização, etileno que não tivesse
reagido poderia ser detectado agitando um pouco de mistura reaccional com uma
solução de bromo em diclorometano. Porquê?

d) Qual a hibridização dos átomos de carbono na molécula de etileno?

4 – As colas animais, assim como outros materiais proteicos como gema ou a clara de
ovo, foram ao longo dos tempos usados como meios em pintura, sendo misturados a
pigmentos em pó. São exemplo as iluminuras produzidas pelos escribas celtas, que com
equipamentos simples conseguiam resultados admiráveis, como por exemplo Livro de
Kells.

A análise química permitiu identificar pigmentos e meios usados. Tendo-se verificado que
os pigmentos em pó eram misturados com clara de ovo ou cola de peixe. Os pigmentos
eram variados. Para o azul vários foram usados como lápis lazúli e o índigo.

Indigo

a) Qual a característica estrutural desta moléculas que faz com que tenha cor?

b) Neste caso o índigo é usado como pigmento, embora seja mais frequentemente
usado como corante para têxteis. Qual a diferença entre pigmentos e corantes?
5– Os produtos naturais foram desde tempos remotos modificados pelo homem para
obter materiais com outras características. Tal aconteceu com hidratos de carbono e
proteínas, e nas questões anteriores já foram referidos alguns exemplos, mas também
com lípidos. O fabrico de sabão é um exemplo e alcançou grande desenvolvimento no
sec. XVIII. No entanto, só no início do sec. XIX, com a produção de hidróxido de sódio
barato, o processo se tornou comum.

a) Complete o seguinte esquema químico de forma a representar uma reacção de


saponificação:
O

H2 C O C (CH2)7CH CH(CH2)5CH3
O H2O
+ 3 NaOH
HC O C (CH2)14CH3

H2 C O C (CH2)7CH CHCH2CH CH(CH2)4CH3

Triglicérido A

b) Explique, com base nas suas características estruturais, a acção detergente dos
sabões.

c) Na aula prática teve oportunidade de sintetizar sabão. Porque fez uma montagem de
refluxo para aquecer a mistura reaccional?

d) Qual a fórmula química do produto B que obteria depois de realizar a hidrogenação


total do triglicérido acima?

e) Qual dos triglicéridos (A ou B) teria um ponto de fusão mais elevado? Porquê?

Se não respondeu à questão anteriore explique a relação entre os pontos de fusão de


triglicéridos e as suas características estruturais.
UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA
FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA
Departamento de Química
Licenciatura em Conservação e Restauro
Química Orgânica – Exame – Recurso 24 de Julho de 2004
Duração 2 horas
Justifique todas as suas respostas

Este teste deve ter 4 páginas

1–
O óleo de linhaça foi o óleo mais usado em pintura ao longo dos tempos. Ele seca
relativamente rapidamente e as camadas obtidas são resistentes. O seu ponto fraco é o
amarelecimento. Os filmes tendem a mudar a sua cor no escuro, Para tintas de cores
claras, e em particular brancos e azuis, em que o amarelecimento é mais evidente usa-se
normalmente óleo de papoila. As tintas à base deste óleo estão menos sujeitas a
amarelecimento e além disso este óleo tem uma cor mais clara. No entanto ele seca
mais lentamente e as camadas obtidas são menos resistentes.

Ac. Palmítico Ac. Esteárico Ac. Oleico Ac. Linoleico Ac. Linolénico

Linhaça 4 – 10 % 2–8% 10 – 24 % 12 – 19 % 48 – 60 %

Papoila 9 – 11 % 1–2% 11 – 18 % 69 – 77 % 3–5%

Ácido Nº. Nº. Lig. Fórmula Ponto


Carbonos Duplas Fusão (ºC)

Palmítico 16 0 CH3(CH2)14COOH 63

Esteárico 18 0 CH3(CH2)16COOH 70

Oleico 18 1 CH3(CH2)7CH=CH(CH2)7COOH 4

Linoleico 18 2 CH3(CH2)4CH=CHCH2CH=CH(CH2)7COOH -5

Linolénico 18 3 CH3CH2CH=CHCH2CH=CHCH2CH=CH(CH2)7COOH -11


a) Explique sucintamente o processo envolvido na secagem de tintas de óleo.

b) O menor teor de ácido linolénico no óleo de papoila é o responsável pela secagem


mais lenta e pelos filmes menos resistentes. Explique este facto com base nas
características estruturais do óleo.

c) Escreva a fórmula estrutural de um triglicérido esterificado com 1 molécula de ácido


palmítico e duas de ácido oleico.

d) Se tivesse duas amostras não identificadas, uma de ácido oleico e outra de ácido
palmítico, que teste simples poderia realizar para as distinguir? Escreva uma equação
química que represente a reacção envolvida.

e) Como explica a diferença dos pontos de fusão dos ácidos gordos indicados na tabela
acima?

f) Nas tintas de óleo estes são misturados com pigmentos. O que entende por pigmento?

g) Um pigmento vermelho, orgânico, relativamente barato e usado em pintura e tintas


de impressão é o Pigmento Vermelho 3:
NO2 HO

H3C N N

Qual é a característica estrutural desta molécula que é responsável pela cor?

h) Qual a hibridização dos átomos de carbono assinalados com as setas na molécula


anterior?

2–

As fibras textêis podem ser divididas em 3 grupos: fibras naturais, fibras celulósicas semi-
sintéticas e fibras sintéticas. As fibras naturais podem ainda ser divididas em fibras animais
(lã e seda) que são proteínas e fibras vegetais (algodão e juta) que são polissacáridos.

a) As proteínas são polímeros de α-amino-ácidos. Escreva a estrutura geral de um α-


amino-ácido.

b) Na figura seguinte está representada um fragmento de uma proteína e as forças que


estabilizam a sua estrutura terciária.

i) O que entende por estrutura terciária de uma proteína?

ii) Identifique o tipo de forças representados na figura e identificados por caixas a


cor.
c) O que entende por desnaturação de uma proteína? Refira algumas das suas causas e
efeitos.

3-

O algodão é uma fibra formada essencialmente por celulose, um polímero de glucose


em que as moléculas estão ligadas por ligações glicosídicas β-1,4.

a) Escreva um dissacárido formado por moléculas de glucose ligadas por uma ligação
glicosídica β-1,4.
CH2OH

O
H OH
H
OH H

OH H

H OH

Glucose

b) Identifique os grupos funcionais presentes na molécula de glucose.

c) Que entende por centro quiral? Identifique os centros quirais da molécula acima.

d) A celulose é um material com funções estruturais. Relacione as suas funções com a


sua estrutura química.

e) Uma fibra semi-sintética importante é o acetato de celulose que teve oportunidade


de preparar na aula prática. Este derivado da celulose teve outro tipo de aplicações
tendo sido usado para o fabrico de diversos objectos e ainda de películas fotográficas.
Nesta aplicação substituiu a partir de 1930 o nitrato de celulose que foi usado
aproximadamente entre 1890 e 1935. Nas aulas práticas teve oportunidade de estudar
estes dois materiais.

Compare-os, no que diz respeito às suas características e propriedades.


4–

De entre as fibras sintéticas que estudou pode referir-se o nylon que foi sintetizado tendo
como modelo as proteínas da seda e lã e tendo assim certas características estruturais
semelhantes. O nylon produzido usando ácido adípico (6 átomos de carbono) e 1,6
diamino-hexano (6 átomos de carbono) ficou conhecido por nylon 6,6. e está
representado na figura abaixo.

a) Quais as características estruturais que são semelhantes no nylon e nas proteínas?

b) A reacção de polimerização representada acima é uma reacção de polimerização


por adição ou condensação?

c) O nylon é um termoplástico. O que entende pela expressão termoplástico? Relacione


esta propriedade do nylon com as suas características estruturais.
UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA
FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA
Departamento de Química
Licenciatura em Conservação e Restauro
Química Orgânica – Exame – Época Especial 17 de Setembro de 2004
Duração 2 horas
Justifique todas as suas respostas
Este teste deve ter 4 páginas

1 – A caseína é uma proteína solúvel em água, mas que pode ser facilmente precipitada
por acidificação, sendo o principal componente dos sólidos conhecidos como coalho
do leite. Uma aplicação importante da caseína foi na preparação de plásticos semi-
sintéticos. Estes eram obtidos pela reacção da caseína com formaldeído e foram muito
usados no início do século XX, sendo conhecidos pelo nome de galalite (em Itália) ou
erinoid (em Inglaterra). Deste material foram fabricados objectos variados a imitar osso
ou pedras semi-preciosas.

Como sabe as proteínas são polímeros de α-amino-ácidos. Em baixo estão representados


2 amino-ácidos presentes na generalidade das proteínas.

H O H O

H2N C C OH H2N C C OH

H C H H C CH3

H C H

CH3

OH
Tirosina (Tyr) Isoleucina (Ile)

a) Ligue os dois amino-ácidos por uma ligação peptídica de modo a formar o dipéptido
Tyr-Ile.

b) Identifique os grupos funcionais presentes nos amino-ácidos representados acima.


c) O que entende por centro quiral? Identifique os centros quirais presentes nos amino-
ácidos acima.

d) A Isoleucina é um dos amino-ácidos usados na datação de material proteico em


arqueologia. Explique sucintamente em que se baseia este processo.

2 – A galalite referida é um polímero semi-sintético. Durante o semestre teve


oportunidade de estudar outros polímeros semi-sintéticos, nomeadamente polímeros
semi-sintéticos derivados da celulose, que inclusivamente preparou na aula prática.
Consultando o seguinte endereço na Internet:
http://palimpsest.stanford.edu/byauth/fischer/fischer1.html
Encontra informação sobre os cuidados a ter e forma de identificação dos filmes usados
para fotografia.

a) Aí refere-se o seguinte:
No fabrico de películas fotográficas planas o material A foi usado aproximadamente
entre 1890 e 1935, um segundo material B começou a substitui-lo a partir de 1930 e tem
sido usado até aos nossos dias, embora a partir de meados dos anos 50 se use também
o poliéster, que substituiu o material B para alguns, mas não todos os filmes.
Teve oportunidade de estudar os materiais A e B, identifique-os.

b) Nesse artigo é também referido que é especialmente importante que os negativos do


material A sejam armazenados separadamente e em condições apropriadas e isolados
de outro tipo de filmes, sendo isso mesmo exigido pela maior parte das apólices de
seguros.
Como justifica tal exigência?

c) A celulose é um polímero de glucose. Descreva sucintamente as suas características


estruturais e relacione-as com as suas propriedades.

d) Considere as fórmulas das hexoses indicadas em seguida

CHO CHO CH2OH CHO

H OH HO H O H OH

HO H H OH HO H HO H

H OH HO H H OH H OH

H OH HO H H OH HO H

CH2OH CH2OH CH2OH CH2OH

A B C D :
i) Indique quais são aldoses e cetoses.
ii) Hidratos de carbono D e L.
iii) Existe algum par de enantiómeros nas moléculas acima?
3 – Os filmes usados em fotografia e cinema, em particular a partir dos anos 60, também
podem ser de poliéster um polímero sintético que forma filmes bastante resistentes. Este
polímero é também usado em fibras para tecidos, embalagens...

a) Explique o que entende por polímeros naturais, semi-sintéticos e sintéticos? Dê


exemplos de polímeros que tenha estudado e possa incluir em cada um destes grupos.

b) Em baixo está um esquema que ilustra a reacção de formação de um poliéster. Esta é


uma reacção de polimerização por adição ou condensação?
O O

HO C C OH + HO CH2 CH2 OH

- H2O

O O

C C O CH2 CH2 O

4 – A celulose é o constituinte principal do papel. Quando se faz o restauro de


documentos gráficos, em muitos casos é necessário usar detergentes especiais que não
atacam quimicamente a celulose. Embora estes detergentes sejam quimicamente
diferentes dos sabões que preparou na aula prática, ambos têm características
estruturais comuns.

a) Quais as características estruturais de uma molécula de sabão, ou detergente em


geral, que possibilitam a sua acção de limpeza?

b) Explique o mecanismo de limpeza dos sabões.

c) Complete o esquema seguinte de forma a representar uma reacção de


saponificação:

H2 C O C (CH2)7CH CH(CH2)5CH3
O H2O
+ 3 NaOH
HC O C (CH2)14CH3

H2 C O C (CH2)7CH CHCH2CH CH(CH2)4CH3

Triglicérido A
d) Na aula prática teve oportunidade de sintetizar sabão. Porque fez uma montagem de
refluxo para aquecer a mistura reaccional?
e) Considere o triglicérido B. Pensa que ele teria um ponto de fusão superior ou inferior ao
do triglicérido A representado na alínea c)?
O

H2 C O C (CH2)14CH3
O

HC O C (CH2)14CH3

H2 C O C (CH2)16CH3

Triglicérido B

5 - O pó resultante dos rizomas moídos de Curcuma longa L. é mais conhecido como


especiaria (açafrão das índias ou curcuma), mas é também usada como pigmento e
corante de têxteis na Índia. O composto responsável pela cor é a curcumina cuja
fórmula se encontra abaixo.
OCH3 OCH3

O OH O OH

H2C H2C

O OH O OH

Composto 1 Composto 2
OCH3 OCH3
(Curcumina)

a) Verifica-se que embora o composto 1 tenha cor, o composto 2 (que pode ser obtido a
partir da curcumina por hidrogenação) não tem cor. Justifique tal facto.

b) Qual a hibridização dos átomos de carbono assinalados com as setas na molécula de


curcumina?

c) A curcumina é usada como corante directo. Assim actua directamente sobre os


tecidos mergulhados numa solução que a contenha. Isto requer que ela tenha afinidade
química para com o tecido. Que tipo de ligações químicas pensa que se podem
estabelecer entre a molécula de curcumina e o algodão (formado por fibras de celulose
e representado esquematicamente na figura)?
UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA
FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA
Departamento de Química

Licenciaturas em Conservação e Restauro

Química Orgânica – 1º Teste 4 de Maio de 2005

Duração 1 hora

Justifique todas as suas respostas


Este teste deve ter 2 páginas
1–

Recentes escavações têm restituído ao património humano uma grande quantidade de papiros
que se conservaram devido ao clima excepcionalmente seco do Egipto.

Os papiros eram fabricados a partir do caule da planta Cyperus papyrus e o seu principal
componente é a celulose (54 – 68%) cuja estrutura está representada abaixo:

H CH2 OH O
H CH2 OH O
H CH2 OH O H O
H H O
O H
O H OH H
O H OH H HO
HO OH H HO
H
H
H

a) Faça uma breve exposição sobre as características estruturais da celulose e da relação destas
com as suas propriedades.

b) Um dos principais problemas do papiro é a sua fragilidade. Ao ser humidificado torna-se porém
temporariamente mais flexível e fácil de manusear. Quando se humidifica o papiro este absorve a
humidade rapidamente e incha.

Explique, com base nas características estruturais da celulose, a facilidade com que o papiro
absorve a água e o facto deste inchar.

c) Refira os principais as reacções químicas envolvidas nos processos de degradação da celulose.

Explique também a excepcional estabilidade do papiro no Egipto, por oposição ao que


aconteceu noutos locais com um clima menos seco, como é o caso da Grécia e Itália, em que os
documentos de papiro ficaram irremediavelmente degradados.
2–

a) Considere a molécula de glucose. O que representa o seguinte esquema químico?

A B C
O
H
CH2OH C CH2OH

O H OH O
H OH H H
H HO H H
OH H OH H
H OH
OH H OH OH
H OH
H OH H OH
CH2OH

b) Identifique todos os grupos funcionais existentes nas moléculas acima representadas.

c) O que entende por centro quiral? Identifique todos os centros quirais existentes na molécula B.

d) Localize nas moléculas acima uma ligação de cada um dos seguintes grupos:

1) sp3 - sp3 2) sp3 - s 3) sp2 – sp2 4) sp2 – sp3 5) p – p

3–
Na figura seguinte está representado um espectro de infravermelho que corresponde a um dos
seguintes compostos:
O

CH3 CH2 CH2 CH2 OH CH3 CH2 O CH2 CH3 CH3 CH2 C OH

X Y Z

a) A que composto corresponde o espectro?

b) Como explica a diferença de pontos de ebulição dos compostos acima representados:

Ponto de ebulição

1-butanol (X) 117º

éter etílico (Y) 35º

c) O ácido propiónico representado acima (Z) tem um valor de pKa = 4,88 enquanto que o ácido
2-cloropropiónico tem pKa= 2,83. Diga qual dos dois é o ácido mais forte e dê uma explicação
para a diferença de acidez.
O

CH3 CH C OH ácido 2-cloropropiónico

Cl
UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA
FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA
Departamento de Química

Licenciaturas em Conservação e Restauro


Química Orgânica – 2º Teste 8 de Junho de 2005
Duração 1 hora

Justifique todas as suas respostas


Este teste deve ter 2 páginas
Para o revestimento de objectos é usada uma enorme variedade de materiais. Os revestimentos
também podem ter diferentes características e consequentemente nomes, como por exemplo
tinta, verniz, laca, esmalte, vidrado...

1–

Alguns dos revestimentos usam-se dissolvidos num solvente apropriado, de forma a serem
aplicados na superfície que se pretende revestir na forma líquida. O solvente depois da aplicação
evapora e deixa uma camada protectora.

Noutros casos o revestimento é produzido na superfície do objecto através de reacções químicas.


Este é o caso do revestimento formado quando se aplica uma tinta de óleo.

a) Explique sucintamente o processo envolvido na secagem de tintas de


óleo. Refira o tipo de óleos que deverão ser usados nestas tintas.
b) Qual a estrutura geral e características estruturais de uma molécula de
um triglicérido?

c) Quais as características estruturais que distinguem os óleos das gorduras?


Explique o efeito destas no ponto de fusão.

d) Outro material, também pertencente aos lípidos, muito usado em


revestimentos são as ceras, como por exemplo a cera de abelha. Explique
o que entende por ceras, quais as características estruturais das ceras pertencentes aos lípidos e
que outros tipo de ceras existem.

2–

A clara de ovo foi desde muito cedo usada como um dos componentes de tintas e vernizes.
Também os primeiros fotógrafos a usaram no fabrico de fotografias e negativos. A clara é uma
mistura de várias proteínas (aprox 10%) dissolvidas em água (aprox 90%).

As proteínas são polímeros de α-amino-ácidos. Na clara de ovo existem quase todos os amino-
ácidos, existindo uma percentagem relativamente elevada de ácido glutâmico, leucina e serina:

COOH COOH COOH

H2N C H H2N C H H2N C H

CH2 CH2 CH2

CH2 CH OH
H3C CH3
COOH

àcido glutâmico (Glu) leucina (Leu) serina (Ser)


a) Classifique os grupos R dos amino-ácidos representados acima num dos seguintes grupos: não
polar, polar e neutro, polar e ácido, polar e básico.

b) Escreva a estrutura do peptídeo Leu-Ser-Glu

c) O processo de formação da camada de revestimento, quando se usa clara de ovo, envolve a


evaporação da água e a desnaturação da proteína. O que entende por desnaturação de uma
proteína?

d) Em iluminuras o açafrão era muitas vezes usado com a clara de


ovo para produzir um amarelo semelhante ao ouro.

A molécula responsável pela cor do açafrão é a crocetina


representada abaixo:

COOH
HOOC

Qual a característica estrutural desta molécula responsável pela cor?

3 – De entre os polímeros sintéticos usados em revestimento pode referir-se o poli-metil metacrilato


(PMMA). Este polímero tem várias outras aplicações sendo uma delas o vidro acrílico. A sua
estrutura é a seguinte:

Podendo a reacção de polimerização ser representada por:

H CH3 polimerização radicalar


CH3

C C CH2 C
n
H C O C O

O O
CH3
CH3

metil metacrilato poli -metil metacrilato

a) Esta é uma reacção de polimerização por adição ou condensação?

b) O PMMA é um termoplástico. O que entende por termoplástico? Quais as características


estruturais de um plástico reponsáveis por este ser um termoplástico?
UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA
FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA
Departamento de Química
Licenciaturas em Conservação e Restauro
Química Orgânica – Exame 17 de Junho de 2005
Duração 2 horas
Justifique todas as suas respostas
Este teste deve ter 3 páginas

Um aspecto importante na conservação de um dado objecto é a sua


limpeza, para remover substâncias estranhas depositadas na sua superfície e
que podem ser uma fonte de deterioração, ou como tratamento preliminar
do revestimento ou colagem. A decisão sobre a forma de levar a cabo a
limpeza requer uma análise que tem em conta o tipo de materiais que
constituem o objecto e a natureza da sujidade a remover.
De uma forma geral a sujidade adere à superfície dos objectos devido à
formação de ligações fracas tipo dipolo-dipolo, ligações de hidrogénio ou
ligações de van der Waals. Basicamente as mesmas forças que mantêm a
estrutura dos materiais a limpar. Assim a natureza destas tem que ser
considerada na escolha do processo de limpeza, de forma a que a sujidade
possa ser dissolvida e removida sem que o objecto seja deteriorado.
Os materiais orgânicos constituem um tipo de sujidade frequente e consequentemente a
utilização de solventes orgânicos em limpeza é comum. Contudo também muitas vezes os
objectos são formados de materiais orgânicos o que pode dificultar a escolha do solvente
apropriado. Porém este processo está simplificado quando o objecto é formado por moléculas
poliméricas de elevado peso molecular, como é o caso da celulose e de proteínas, portanto mais
difíceis de remover do que as moléculas pequenas de sujidade.
1–
Depois do objecto ser limpo é importante que seque. Assim a volatibilidade do solvente, ou seja a
sua velocidade de evaporação, é um factor importante a considerar. De facto se se usa um
solvente pouco volátil e o processo de evaporação é muito lento, podendo mesmo ser necessário
usar calor para o remover, o que pode pôr em risco o objecto. Se a evaporação é demasiado
rápida, a sujidade pode não ser removida mas sim re-depositada no objecto. Por vezes tornando
mesmo o problema maior se no processo o solvente levou a sujidade para dentro de frestas.
Na tabela seguinte estão apresentadas as fórmulas químicas de vários solventes orgânicos com
idênticos pesos moleculares e o seus pontos de ebulição.

Peso molecular Ponto de ebulição

CH3 CH2 CH2 CH2 CH3 72 36º


O
72 80º
H3C C CH2 CH3

CH3 CH2 CH2 CH2 OH 74 118º

a) Identifique os grupos funcionais presentes nas moléculas representadas na tabela.


b) Explique, com base na estrutura destes compostos, as diferenças de pontos de ebulição.
c) O solvente representado em seguida tem características estruturais que o tornam muito útil
para remover uma variedade de substâncias. Este composto tem a possibilidade de formar pontes
de hidrogénio o que o torna especialmente apropriado para remover substâncias que aderem ao
objecto devido à formação deste tipo de ligações.
O CH3

H 3C C CH2 C CH3

OH

O que são pontes de hidrogénio? Quais as características dos átomos envolvidos na formação de
uma ponte de hidrogénio?
d) Pensa que este solvente é miscível com a água?
e) Indique na molécula da alínea c) ligações do tipos:
i) sp3-sp3 ii) sp3-sp2 iii) sp2-sp2 iv) sp3-s v) p-p

2-
A remoção de sujidade orgânica pode também ser levada a cabo usando sabões e detergentes.
a) Explique, com base nas características estruturais dos sabões o seu mecanismo de limpeza.
b) Complete o seguinte esquema químico, de forma a representar uma reacção de
saponificação.
O

H2C O C (CH2)7CH CH(CH2)5CH3


O H2O
+ 3 NaOH
HC O C (CH2)14CH3

H2C O C (CH2)7CH CHCH2CH CH(CH2)4CH3

c) Os sabões não são eficientes em águas duas. O que entende por águas duras e a que se deve
a falta de eficiência de sabões nestas?

3–
Os detergentes comerciais além do detergente propriamente dito, contêm outro tipo de aditivos
para tornar a lavagem mais eficiente. Entre estes encontram-se aditivos para manter o meio
levemente alcalino (básico). Estas soluções só devem ser usados em tecidos de algodão e não
em lã ou seda. Estes dois materiais são formados por proteínas e a utilização de meio básico
contribuiria para a sua degradação, pois promoveria a hidrólise das proteínas.
a) Na figura seguinte está representada um tripéptido resultante da hidrólise parcial e uma
proteína. Escreva as fórmulas químicas dos amino-ácidos que obteria se fizesse a hidrólise
completa deste tripéptido.

CH2CH3 OH

H C CH3 CH2 CH2

NH2 C C NH C C NH C C OH

H O H O H O

b) A diferença da estrutura secundária das proteínas da lã e da seda reflecte-se nas suas


propriedades, nomeadamente no facto da lã ser extensível quando se puxa e na textura sedosa
da seda. O que entende por estrutura secundária de uma proteína?
c) O que entende por centro quiral? Identifique os centros quirais presentes no tripéptido acima
representado.
d) A isoleucina é um dos amino-ácidos usados na datação de material proteico em arqueologia.
Explique sucintamente em que se baseia este processo.
4–
Os tecidos de algodão são formados essencialmente por celulose, que é um polímero de glucose.
Também o amido é um polímero de glucose.
a) Compare as características estruturais do amido e da celulose e relacione-as com as
propriedades destes materiais.
b) Descreva o teste que frequentemente se usa para detectar a presença de amido, e que teve
oportunidade de realizar nas aulas práticas.
c) Uma substância usada como revestimento e cola, que é necessário frequentemente remover
nos processos de limpeza, é o nitrato de celulose. Este material, variando a extensão da nitração e
os aditivos usados, permitiu uma variedade de aplicações (algodão pólvora, substituição do
marfim no fabrico de objectos, filmes para cinema, como adesivo, em revestimentos...). No
entanto o seu uso em conservação deve ser evitado e há que ter cuidados especiais no
armazenamento de materiais de nitrato de celulose. Justifique e explique esta afirmação com
base nas propriedades do nitrato de celulose.
d) Considere a molécula de glucose. O que representa o seguinte esquema químico?
O
H
CH2OH C CH2OH

O H OH O
H OH H H
H HO H H
OH H OH H
H OH
OH H OH OH
H OH
H OH H OH
CH2OH

5–
Os melhores solventes usados para remover o nitrato de celulose são os ésteres. Os ésteres de alta
massa molecular são também bons para remover polímeros sintéticos como o poliacetato de
vinilo. Este polímero foi um dos primeiros materiais sintéticos usados em conservação
H
H H polimerização
C C CH2 C
radicalar
H n
O O
C O
C O
CH3
CH3

a) O que entende por polímeros naturais, semi-sintético e sintéticos? Dê exemplos de cada um


destes tipos de polímeros que tenham sido referidos nas alíneas anteriores do teste.
b) No processo de formação do poliacetato de vinilo está envolvida uma reacção radicar. Este
tipo de reacções ocorre muito em processos de polimerização e até na secagem de tintas de
óleo. Quais as características deste tipo de reacções?

6-
Como sabe a indústria de corantes teve um papel fundamental no desenvolvimento da indústria
química orgânica. A molécula seguinte representa um corante directo sintético usado para corar
algodão.

a) O que é um corante directo? Como se ligam estes corantes às fibras que se pretendem tingir?
b) Explique com base nas características estruturais da molécula acima o facto desta ter cor e de
ser um corante particularmente adaptado a ser usado para tingir algodão.
UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA
FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA
Departamento de Química
Licenciaturas em Conservação e Restauro
Química Orgânica – Exame de Recurso 13 de Julho de 2005
Duração 2 horas

Justifique todas as suas respostas


Este teste deve ter 3 páginas

A resina shellac, dissolvida em álcool, é um dos materiais de


revestimento mais antigos. Esta resina, que é produzida por um
insecto para proteger os seus ovos, é uma mistura complexa de
polímeros termoplásticos. Com o tempo formam-se ligações
entre as cadeias poliméricas tornando-se menos solúvel e
portanto sendo mais difícil remover estes revestimentos.

O nitrato de celulose foi o primeiro revestimento sintético e ainda é usado, apesar das suas
desvantagens, por ser fácil de remover. É usado normalmente dissolvido em acetato de butilo.
No entanto consegue-se uma melhor estabilidade química e mecânica usando nos revestimentos
polímeros sintéticos como o poli-butilmetacrilato. Estes mantêm-se solúveis em hidricarbonetos e
são facilmente removidos e substituídos

1–
a) A resina shellac foi usada não só em revestimentos, mas também na indústria eléctrica e para
fabricar objectos decorativos. Dado ser cara e difícil de obter foi substituída em muitas aplicações
pela baquelite, um polímero sintético. Como se refere acima shellac é uma mistura de polímeros
termoplásticos, enquanto que a baquelite é um polímero termoendurecível. Que características
distinguem os polímeros termoplásticos dos termoendurecíveis e quais as características estruturais
destes dois grupos de polímeros responsáveis pela diferença de propriedades?
b) Na figura seguinte está um esquema químico que representa a reacção de polimerização do
poli- butilmetacrilato.

H CH3 polimerização radicalar


CH3

C C CH2 C
n
H C O C O

O O
C4H9
C4H9

butil metacrilato poli -butil metacrilato

Esta é uma reacção de polimerização por adição ou condensação?

2–
a) O nitrato de celulose é um polímero semi-sintético obtido a partir da celulose. A principal
vantagem que tem como revestimento é ser facilmente removível, mesmo tendo decorrido vários
anos após a sua aplicação, no entanto tem algumas desvantagens. Faça uma breve explosição
sobre as características deste material, referindo em particular as que o tornam desvantajoso
como revestimento.
b) O nitrato de celulose é obtido a partir do polímero natural celulose. Descreva sucintamente as
características estruturais da celulose e relacione-as com as suas propriedades.
c) Considere as fórmulas das hexoses indicadas em seguida
CHO CHO CH2OH CHO

H OH HO H O H OH

HO H H OH HO H HO H

H OH HO H H OH H OH

H OH HO H H OH HO H

CH2OH CH2OH CH2OH CH2OH

A B C D

i) Indique quais são aldoses e cetoses.


ii) Hidratos de carbono D e L.
iii) Existe algum par de enantiómeros nas moléculas acima?

3-
Na figura seguinte estão apresentadas as fórmulas químicas de vários solventes orgânicos usados
para dissolver os revestimentos citados acima.
A C
O CH3
H2 H2
C C C
H3C O C CH3
H2

B CH3
H3C C OH
H2

a) Identifique os grupos funcionais presentes nas moléculas.


b) Explique, com base na estrutura dos compostos, que a solubilidade dos compostos acima seja:
A – 7g/l; B- miscível com a água em todas as proporções; C - insolúvel
c) Indique na molécula A ligações do tipos:
i) sp3-sp3 ii) sp3-sp2 iii) sp2-sp2 iv) sp3-s v) p-p

4-
A remoção de sujidade orgânica nalguns casos pode ser levada a cabo com recurso a sabões e
detergentes.
a) Explique, com base nas características estruturais dos sabões o seu mecanismo de limpeza.
b) Complete o seguinte esquema químico, de forma a representar uma reacção de
saponificação.
O

H2C O C (CH2)7CH CH(CH2)5CH3


O H2O
+ 3 NaOH
HC O C (CH2)14CH3

H2C O C (CH2)7CH CHCH2CH CH(CH2)4CH3


c) Os sabões não são eficientes em águas duas. O que entende por águas duras e a que se deve
a falta de eficiência de sabões nestas?
d) Considere o triglicérido B. Pensa que ele teria um ponto de fusão superior ou inferior ao do
triglicérido A representado na alínea b)?
O

H2 C O C (CH2)14CH3
O

HC O C (CH2)14CH3

H2 C O C (CH2)16CH3

Triglicérido B
5–
A clara de ovo foi desde muito cedo usada na composição de revestimentos. A clara é uma
mistura de várias proteínas (aprox 10%) dissolvidas em água (aprox 90%).
As proteínas são polímeros de α-amino-ácidos. Na clara de ovo existem quase todos os amino-
ácidos, existindo uma percentagem relativamente elevada de ácido glutâmico, isoleucina e
serina:
COOH COOH COOH

H2N C H H2N C H H2N C H

CH2 H3C C H CH2

CH2 CH2 OH

COOH CH3

àcido glutâmico (Glu) isoleucina (Ile) serina (Ser)

a) Classifique os grupos R dos amino-ácidos representados acima num dos seguintes grupos: não
polar, polar e neutro, ácido e básico.
b) Escreva a estrutura do peptídeo Ser-Ile-Glu
c) O processo de formação da camada de revestimento, quando se usa clara de ovo, envolve a
evaporação da água e a desnaturação da proteína. O que entende por desnaturação de uma
proteína?
d) O que entende por centro quiral? Identifique os centros quirais presentes na molécula de
isoleucina acima representada.
e) A isoleucina é um dos amino-ácidos usados na datação de material proteico em arqueologia.
Explique sucintamente em que se baseia este processo.

6-
Os corantes para revestimentos têm que ter propriedades especiais pois vão absorver a luz num
filme de pouca espessura, no entanto a característica mais importante é serem solúveis na resina
usada no revestimento e no solvente em que este é aplicado. De entre os corantes usados, alguns
pertencem à família das antraquinonas, tal como o composto representado abaixo.
O OH

OH

COOH

O OH

Explique com base nas características estruturais desta molécula o facto desta ter cor.