Você está na página 1de 23

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

MATERIAL 3

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

Sintaxe da oração e do período e Sintaxe de Regência parte I

Professora Luciane Sartori

Contatos:

Email: lucianesartori@bol.com.br Site: www.sartoriprofessores.com.br Facebook: Luciane Sartori II Blog: Se joga, galera! http://sejogagalera.blogspot.com.br/

Análise sintática

1. Frase, oração, período

Frase é todo enunciado com sentido, haja nele verbo ou não:

Bom dia!

-

Compre o que eu quero.

Oração é todo enunciado que tenha verbo:

Tenha um bom dia.

Período é todo enunciado encerrado por um ponto que o finalize (.!? Pode ser simples (1 oração) ou composto (+de 1):

Eles falam como papagaio.

Eu comprei salgados; e ele, doces.

Eles estão dormindo.

).

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

GRAMÁTICA profª LUCIANE SARTORI lucianesartori@bol.com.br João saiu. João estava tranquilo. João

João

saiu.

João

estava

tranquilo.

João

saiu

tranquilo.

(VUNESP_TJ/SP Comarcas do interior_ Escrevente Tec. Jud. - A) Sobre a oração a pobre anda humilhada demais. afirma- se que I. o sujeito é a expressão a pobre; II. o predicado é verbal; III. o núcleo do predicado é o termo anda. Está correto apenas o que se afirma em

(A)

I.

(B)

II.

(C)

III.

(D)

I e III.

(E)

II e III.

Considerei

Maria

Considerei a

inocente.

Comprei uma bicicleta azul.

Comprei-a

Obs.: adjetivo = predicativo ou adjunto adnominal

.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

(VUNESP_TJ/SP_ Escrevente Tec. Jud. - E) Assinale a alternativa em que o adjetivo em

destaque tem a mesma função predicativa do adjetivo genéricas em

desnutrição, aumento de moléstias ligadas à água, como diarreias, são genéricas.

Previsões sobre

(A)

Até 2050 o acesso à água potável e aos alimentos diminuirá.

(B)

O impacto do aquecimento global atingirá a África severamente.

(C)

Os fenômenos extremos também trarão impacto à saúde.

(D)

Se houver uma migração em massa de gente doente, aí haverá um problema.

(E)

São conflitantes as conclusões a respeito da África.

(FCC/2012 - MPE-AP Téc. Ministerial/ B)

O elemento em destaque exerce na frase acima a mesma função sintática que o segmento grifado exerce em:

43,9% do território amazônico está protegido.

a) Amapá, Roraima, Pará e Amazonas possuem mais da metade de seu território nessa

categoria.

b) E, de fato, a taxa de desmate de 1998 a 2009 é a menor nas terras indígenas

c) Terras indígenas e unidades de conservação contribuem de modo quase parelho para o

número total de áreas protegidas na Amazônia.

d) nas quais é possível a extração controlada de madeira, por exemplo

e) Quase metade da Amazônia brasileira pertence hoje à categoria de área protegida por lei

contra a devastação

e) Quase metade da Amazônia brasileira pertence hoje à categoria de área protegida por lei contra

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

Regência nominal e verbal - complementos

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

Predicação verbal

Os verbos podem ser de:

significativo

Os verbos podem ser de: • significativo transitivo direto + O.D.   indireto + O.I. direto

transitivo

direto

+

O.D.

 
indireto

indireto

+

O.I.

direto e indireto + OD + OI

intransitivo

ligação: liga uma característica do sujeito ao sujeito:

verbo de ligação + predicativo do suj.

O rapaz pagou o jornal ao homem.

José tem medo de barata.

A moça

perdoou

a ofensa

do amigo.

A moça perdoou a ofensa ao amigo.

Complemento nominal pode completar:

subst. abstrato: Tenho necessidade de sua ajuda.

amor à mãe receio de mudanças

adjetivo: Estou feliz com seu comportamento.

advérbio: Ele agiu contrariamente à lei.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

Os complementos nominais dos nomes abstratos

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

A

vizinhança não gosta dos produtos deste mercado.

O

desemprego é de fato um produto da globalização.

Atenção à função paciente do complemento!

Os filhos sempre têm amor à mãe.

O amor de mãe é muito importante ao ser humano.

A satisfação da gerência aos clientes não os convenceu.

A resposta do professor aos alunos foi satisfatória.

As roupas de veludo costumam ser quentes.

Resumindo:

amor de mãe

amor à mãe

Obs.: adjunto adnominal relaciona-se com

substantivo concreto - sempre

substantivo abstrato - verificar posse ou se é agente da ação

CESPE - para os cargos de nível superior FUB Confissão de Allan Poe, o título do texto, e construção de Brasília são estruturas semelhantes sintaticamente, pois são formadas por substantivo abstrato mais preposição de seguida de outro substantivo, o qual, no título do texto, desempenha papel de agente pelo qual se entende que Allan Poe fez uma confissão e, em construção de Brasília, desempenha papel de paciente.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

(FGV 2013 TJ- AM Analista Judiciário Enfermagem-A) O termo sublinhado que desempenha uma função diferente da dos demais, é

a) patentes de medicamentos.

b) desenvolvimento dos medicamentos.

c) lançamento comercial do produto.

d) distribuição de medicamentos.

e) tratamento do câncer.

(FGV 2014 DPE RJ Técnico Superior Jurídico - E) A expressão sublinhada que exerce uma função sintática diferente das demais, por ser considerada um complemento, e não um adjunto é :

a) interesses das crianças.

b) autonomia das mulheres.

c) direitos de homossexuais.

d) teses da esquerda.

e) ampliação das liberdades.

2.2) Vozes Verbais

Reflexiva:

Ele

se

cortou.

Ativa:

João

deu

rosas

à Maria.

Passiva Analítica: Rosas

foram dadas

à Maria

por João.

Passiva Analítica: Rosas

foram dadas

à Maria

por João.

Passiva

Sintética:

Deram

rosas

à

Maria.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

Ativa:

João

deu

rosas

à Maria.

Passiva

Analítica:

Rosas

foram dadas

à Maria

por João.

Passiva

Sintética:

Deram - se

rosas

à Maria.

ATIVA > PASSIVA

A secretaria da saúde vai divulgar novos dados sobre a dengue no interior de São Paulo.

O movimento dos aposentados acaba de obter várias conquistas na justiça.

(FCC / TRE / MS / B) - NÃO admite transposição para a voz passiva a seguinte frase:

(A)

A orientação do nosso ensino deveria contemplar nossa fecundidade indisciplinada.

(B)

Uma revolução na orientação do ensino brasileiro depende de uma combinação de múltiplas

iniciativas.

(C) A leitura responsável de um texto sempre considerará a possibilidade de seus múltiplos

sentidos.

(D)

A maioria dos professores considera tão somente uma solução única para cada problema.

(E)

O método dialético estimula, acima de qualquer certeza dogmática, a valorização das

contradições.

(FCC/TRE - PARANÁ - Analista Judiciário Área Adm./E) Há 40 anos, a mais célebre crítica de cinema dos Estados Unidos, Pauline Kael (1919-2001), publicava seu artigo mais famoso. Transpondo a frase destacada para a voz passiva, a forma verbal encontrada é:

a) publicaram.

b) havia sido publicado.

c) publicou-se.

d) tinha publicado.

e) era publicado.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

(FCC

informação alcançar adequadamente o público leitor leigo, a forma verbal resultante será

/ Mins. Pub. Sergipe /E) Transpondo-se para a voz passiva o segmento Para esse gênero de

(A)

vier a alcançar.

(B)

tenha alcançado.

(C)

fosse alcançado.

(D)

tenha sido alcançado.

(E)

ser alcançado.

(FCC/Agente Administrativo/A) Em voz ativa, a oração – – equivale a

a) Criticaram o governo em atos públicos.

b) Atos públicos criticaram o governo.

c) Criticou-se o governo em atos públicos.

d) Em atos públicos, criticaram-se o governo.

e) Tem sido criticado, em atos públicos, o governo.

o governo foi criticado em atos públicos

(ESAF Advogado IRB C) Trechos destacados do texto foram reescritos na voz passiva. Assinale aquele em que essa transformação não respeita as regras gramaticais ou os sentidos do texto original.

a) Em que momento da sua história sentiu o ser humano necessidade de estabelecer regras? Em que momento de sua história foi sentida pelo ser humano a necessidade de estabelecer regras?

b) Essas indagações têm ocupado o tempo e o esforço de reflexão dos filósofos ao longo dos séculos. Ao longo dos séculos, o tempo e o esforço de reflexão dos filósofos têm sido ocupados por essas

indagações.

c) Desde seus primórdios, as coletividades humanas não apenas pactuaram normas de convivência

social.

Não

apenas

desde

seus

primórdios,

normas

de

convivência

social

foram

pactuadas

pelas

coletividades humanas.

d) Foram corporificando um conjunto de conceitos e princípios orientadores da conduta no que tange ao

campo ético-moral.

Um conjunto de conceitos e princípios orientadores da conduta, no que tange ao campo ético-moral, foi sendo corporificado.

e) Esta necessidade ética naturalmente tinha que alcançar o exercício das profissões. Naturalmente, o exercício das profissões tinha que ser alcançado por esta necessidade ética.

2.3) As funções do SE mais cobradas

conjunção subordin. condicional: Só vou à festa, se você for comigo.

conj. subord. integrante:

partícula apassivadora:

Ele me perguntou se eu queria um café.

Aluga-se casa. / Alugam-se casas.

índice de indet. do suj.: Come-se bem aqui. / Precisa-se de dinheiro.

pron. reflexivo: Ele se fez na vida. (=ele mesmo equivalência semântica)

Ele fez a si mesmo na vida. (equivalência gramatical)

pronome recíproco:

Cumprimentaram-se ali na rua.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

CESPE/ TRE / TO

“(

estruturados, mas de nada adianta se forem mal aplicadas. A crise de segurança em que o país se encontra, no entanto, é tão grave que a aplicação

É certo que muitas leis podem até ser formalmente bem redigidas, baseadas em conceitos

)

mais

eficiente da

legislação

é

apenas

parte

da

solução. (

)

Mais organizado, letal e violento, o

banditismo precisa ser combatido

com

todas

as

armas

legais

que

se possam mobilizar. As

alternativas melhor as leis,

não são excludentes. As penitenciárias têm de ser aprimoradas, a justiça precisa aplicar

Assinale a opção que apresenta substituição incorreta para trecho do texto.

B) “se forem”por caso sejam

C) “em que” por no qual

D) “se possam mobilizar” por possam ser mobilizadas

E) “têm de ser” por devem ser

possam ser mobilizadas E) “têm de ser” por devem ser João, o filho da vizinha, quebrou

João, o filho da vizinha, quebrou meu portão ontem.

João, o filho da vizinha

quebrou

meu portão ontem.

Só desejo uma coisa: sua felicidade.

Comprei várias coisas no mercado: lápis, livro, borracha e caneta.

CESPE / Analista de Controle Externo / TCU O desenvolvimento, como processo de incorporação sistemática de conhecimentos, técnicas e recursos na construção do crescimento qualitativo e quantitativo das sociedades organizadas, tem sido reconhecido como ferramenta eficaz para a obtenção de uma vida melhor e mais duradoura. - A retirada da palavra “como” (l.14) não provocaria incorreção gramatical, mas alteraria a coerência da argumentação do texto, pois a sua utilização indica que “O desenvolvimento” (l.14) poderia ter outros sentidos que não o explicitado pelo aposto.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

Vocativo:

Meus amigos a ordem é o progresso.

A ordem meus amigos é o progresso.

A ordem é o progresso meus amigos.

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

Conclusão para pontuação: “repetição sintática”, explicação, informação extra ou

deslocamento, normalmente, são marcados pela vírgula.

3) Sintaxe do período composto

O período pode ser composto por coordenação e por subordinação:

A - Período composto por coordenação

Este período é formado somente por orações coordenadas. E elas podem ser:

assindéticas: sem síndeto, ou seja, sem conjunção ou locução conjuntiva;

sindéticas: com síndeto, ou seja, com conjunção ou locução conjuntiva.

Exemplos:

Eles saíram, foram ao cinema, voltaram cedo.

Eles saíram, foram ao cinema e voltaram cedo.

As orações sindéticas classificam-se em aditiva, adversativa, alternativa, conclusiva e explicativa, conforme a relação sintático-semântica existente entre elas.

B - Período composto por subordinação De acordo com a função sintático-semântica exercida por esse tipo de oração, ela pode ser:

adverbial → com conjunções (ou locuções) subordinativas adverbiais;

adjetiva → com pronome relativo (que, qual, quem, onde, cujo);

substantiva → com conjunção subordinativa integrante (que, se), ou advérbio interrogativo ou pronome indefinido ou pronome interrogativo.

Atenção! As subordinadas sempre estarão relacionadas a uma oração principal.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

B.1 - Oração subordinada adverbial

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

Exerce função de advérbio em relação à principal e são, basicamente, iniciadas por conjunções ou locuções de conjunção subordinativas adverbiais:

Saímos quando era cedo.

As adverbiais podem ser causal, comparativa, concessiva, condicional, conformativa, consecutiva, final, proporcional e temporal.

B.2 - Oração subordinada adjetiva

Exerce função de adjetivo em relação ao termo antecedente (nome substantivo ou pronome) que estará na oração principal e sempre apresentará pronome relativo:

Os rapazes, que estudam, conseguem ótima classificação.

Os rapazes que estudam conseguem ótima classificação.

Classifica-

SENTIDO

 

EXEMPLOS

ção

 

1- restritiva

-

limita, restringe o sentido do nome;

Ela colheu as laranjas que estavam maduras.

-

na escrita,

não fica isolada por

vírgulas.

 

2-

apenas esclarece, explica melhor o nome a que se refere; - aparece sempre isolada por vírgula (s).

-

Ela colheu as laranjas, que são frutas cítricas.

explicativa

(ESAF - 2014 - MF - Assistente Técnico Administrativo) Em relação às estruturas linguísticas do texto, assinale a opção correta.

É preciso considerar a direção que devem tomar as políticas públicas para alcançar maior efciência. Primeiramente, deve-se pensar em maneiras para motivar o servidor de carreira, incentivando-o a

5 empreender ações que propiciem melhoras na administração pública. Isso inclui tanto a oferta de

treinamento adequado, quanto uma maior interação entre órgãos de controle: Controladoria-Geral, Tribunal de Contas, Ministério Público e o restante 10 da administração pública. Outra ideia para motivar os servidores públicos de carreira é a regulamentação da possibilidade de ascensão funcional, das atividades de nível médio para outras de nível superior, por meio de concursos internos.

(Adaptado de http://www.brasil-economia-governo.org.br/2012/11/21/gestao-publica-mais-eficiente/)

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

a) Prejudicam-se a informação original e a correção gramatical do período ao se substituir “É preciso” (l.1) por É necessário.

b) A forma verbal “devem” (l.1) está no plural porque concorda com o sujeito “as políticas públicas”.

c) O segmento “que propiciem melhoras na administração pública” (l. 5 e 6) tem natureza explicativa.

d) A substituição de “quanto” (l. 7) por como prejudica as relações sintáticas do período.

e) As duas ocorrências de “para” (l.10 e 13) têm a mesma função sintática nos períodos em que são

empregadas.

B.3 - Oração subordina substantiva

Esta oração tem sempre valor de termo sintático da oração principal, pois equivale a um substantivo. Exemplo:

É essencial que estudemos.

A substantiva pode ser de seis tipos: subjetiva, objetiva direta, objetiva indireta, completiva nominal, predicativa, apositiva.

ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA

CLASSIFICAÇÕES

ORAÇÃO PRINCIPAL (sem conjunção e verbo conjugado)

ORAÇÃO SUBORDINADA (com conectivo)

SUBJETIVA = SUJEITO ORACIONAL

1.

VERBO EM 3ª PESSOA DO

É essencial que vocês estudem.

SINGULAR

OU

V. 3ª P. S. +SE

   

Sabe-se que vocês passarão.

PREDICATIVA= PREDICATIVO ORACIONAL

2. SUJEITO + VERBO DE LIGAÇÃO

Meu desejo é que vocês passem.

OBJETIVA DIRETA = OBJ. DIRETO ORACIONAL

3. SUJEITO + V. T. DIRE TO

Quero que vocês passem.

OBJETIVA INDIRETA = OBJ. INDIRETO ORACIONAL

4. SUJEITO + V. T. INDI RETO

Creio em que vocês passarão.

COMPLETIVA NOMINAL = COMPLEMENTO NOMINAL ORACIONAL

5. SUJEITO + VERBO + SUBST.

Tenho certeza de que vocês passarão.

ABSTRATO/ ADJ.

 

APOSITIVA = APOSTO ORACIONAL

6.

DOIS PONTOS OU VÍRGULA

Só queremos isso: que vocês passem.

Pode ser precedida de a saber, isto é, ou seja. Nela a palavra que é palavra expletiva e não conjunção.

PONTUAÇÃO: A substantiva não se separa por pontuação alguma, com exceção da apositiva, como se pode observar no quadro acima. Essa pontuação pode ser representada por vírgula ou por dois-pontos.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

Vamos classificar as subordinadas substantivas

É importante que você

Ele quer que você venha à

Todos precisamos de que você

Estou certa de que todos vocês se

O importante é que você venha

Só desejo uma coisa: que vocês sejam

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

ORAÇÕES SUBORDINADAS REDUZIDAS

e

DESENVOLVIDAS

 

INFINI-

É necessário estudar.

   

É

necessário que todos estudem. o.s.s.s. desenvolvida

TIVO

or.

sub.

substantiva

subjetiva

reduzida

de

 

infinitivo

   

GERÚN-

Havia muitos alunos copiando a matéria. or. sub. adjetiva restritiva reduzida de gerúndio

 

Havia muitos alunos que copiavam

DIO

a

matéria.

   

o.s.a.r. desenvolvida

PARTI-

Terminada a reunião, todos se retiraram.

   

Quando terminou a peça, todos se

CÍPIO

or.

sub.

adverbial

temporal

reduzida

de

retiraram.

 

o.s.a.t. desenvolvida

particípio

   

SINTAXE DE REGÊNCIA Parte I

Sintaxe de Regência

É a relação de dependência ou subordinação que se estabelece entre os termos. Há termos que exigem a presença de outros e, por isso, são chamados de regentes ou subordinantes; e estes termos que atuam como complementos são chamados de regidos ou subordinados.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

Quando o termo regente é o verbo, a relação que se estabelece entre ele e o seu complemento é regência verbal. Ex.: Eles gostam de maçã.

regente

regido

Se essa relação ocorrer entre o nome (adjetivo, substantivo ou advérbio) e o seu complemento, haverá regência nominal. Ex.: Ele é favorável ao aborto.

regente

regido

Regência Nominal

Esta regência depende da clareza e da eufonia e, também, se deve à semântica desejada. Por esse motivo, muitos dos nomes (adjetivo, substantivo ou advérbio) admitem mais de uma preposição. E essa relação entre nome e complemento é sempre regida por preposição. Sendo assim, é difícil que saibamos todas as regências de todos os nomes, porém o sentido nos auxilia, vejamos:

Amparados no muro. Amparados do vento.

O importante das frases acima é que percebamos que, se mudou a preposição, a semântica, por sua vez, também. Porém há vezes em que a escolha ou a troca da preposição é errada, pois não se obtém um sentido lógico entre o termo regido e o regente:

Amparados entre o vento.

Regência Verbal

A) Reforçando a classificação dos verbos - Predicação verbal

Todos estávamos preocupados com sua demora.

As pessoas andavam desesperadas.

O velhinho andava devagar.

Esse poema canta as glórias passadas do povo português.

Os participantes entregaram suas reivindicações ao presidente da comissão.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

O rapaz escrevia rapidamente.

Faltou patriotismo aos membros do Senado.

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

Transmita meus cumprimentos aos integrantes da equipe.

B) Pronomes oblíquos como complementos verbais

a) Os pronomes oblíquos átonos podem funcionar como complementos verbais:

LHE (S)

-

objeto indireto

(a ele/a/s, a você/s para ele/a/s, para você/s )

O, A (S)

-

objeto direto (ele/a/s, você/s)

ME, TE, SE, NOS, VOS

- objetos diretos ou indiretos

b) Os pronomes oblíquos tônicos só podem funcionar como complementos verbais se forem objetos indiretos, como é o caso dos seguintes pronomes:

ele, ela, eles, elas, mim, ti, si

-

objeto indireto.

-

Obs. 1: Os oblíquos átonos ou tônicos podem, ainda, ser

complemento nominal:

Isso me foi útil.

ou

Isso foi útil para mim.

Dei isso a ele.

Obs. 2 : Os pronomes o, a, os e as viram lo (a/s), quando associados a verbos terminados em r, s ou z; e

viram no(a/s), se a terminação verbal for em ditongo nasal (-m,-ão,

).

Verbo + o/a (s):

Assustar o colega.

Assustá-lo.

Quis a bicicleta.

Qui-la.

Fê-los.

Fez os trabalhos.

Compram o bolo.

Compram-no.

Põe o livro.

Põe-no.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

Estas instituições oferecem abrigo ao José.

Estas instituições oferecem abrigo a ele.

Estas instituições oferecem-lhe abrigo.

Estas instituições oferecem-no a ele.

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

(VUNESP_TJ/SP_ Escrevente Tec. Jud.- B) Na frase

a expressão um gosto pela façanha esta corretamente substituída, de acordo com a norma culta, por um

pronome pessoal, em

projetamos no futebol um gosto pela façanha

A) projetamos-lhe no futebol

B) projetamo-lo no futebol

C) projetamos-no no futebol

D) projetamos-o no futebol

E) projetamo-lhe no futebol

(Escrevente TJ SP VUNESP ) A maior parte das empresas de franquia pretende expandir os negócios das empresas de franquia pelo contato direto com os possíveis investidores, por meio de entrevistas. Esse contato para fins de seleção não só permite às empresas avaliar os investidores com relação aos negócios, mas também identificar o perfil desejado dos investidores.

Para eliminar as repetições, os pronomes apropriados para

substituir as expressões: das empresas de

franquia, às empresas, os investidores e dos investidores, no texto, são, respectivamente:

(A)

seus

lhes

los

lhes

(B)

delas

a elas

lhes

deles

(C)

seus

nas

los

deles

(D)

delas

a elas

lhes

seu

(E)

seus

lhes

eles

neles

Eles me levaram embora.

Eles me levaram um lanche.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

Os meninos, eu os vi lá fora.

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

Aos pesquisadores, não lhes deram verba alguma.

Nós nos veríamos em São Paulo.

Entregue-me o pacote à saída do zoológico.

C) Orações subordinadas substantivas e pronomes relativos

Os pronomes relativos e as orações subordinadas substantivas podem desempenhar as seguintes funções sintáticas:

• As subordinadas substantivas podem desempenhar função de sujeito, objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, predicativo e aposto.

• Os pronomes relativos podem desempenhar função de sujeito, objeto direto, objeto indireto, complemento

nominal, predicativo do sujeito ou do objeto, agente da passiva, adjunto adverbial (onde, como) e adjunto adnominal (cujo).

Assim, as orações subordinadas substantivas e os pronomes relativos podem ser preposicionados, dependendo da função sintática que eles desempenharem:

Comprei o livro de que precisava para fazer meu trabalho.

OI

Este é o trabalho por que tenho dedicado tanto empenho.

CN

Tínhamos certeza de que ele era inocente.

Oração Subordinada Substantiva Completiva Nominal

Gosto de que vivam felizes.

Oração Subordinada Substantiva Objetiva Indireta.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

A regência e as subordinadas substantivas Informei o técnico de que não houve falhas.

Informei - o de que não houve falhas.

Informei ao técnico que não houve falhas.

Informei a ele que não houve falhas.

Informei lhe

que não houve falhas.

(ESAF - 2012 - Receita Federal - Analista Tributário da Receita Federal-D) Assinale a opção que corresponde a erro gramatical na transcrição do texto abaixo.

O tipo de investimento estrangeiro que pode ter a melhor acolhida no País é aquele que (1) representa a implantação de novas unidades de produção, capaz de criar não só mais empregos, mas aportar um conteúdo tecnológico inovador e importante. Nesse campo, as necessidades do Brasil são (2) praticamente ilimitadas. Como se vê, não se trata (3), em absoluto, de recusar investimentos estrangeiros que, de qualquer modo, apresentam vantagens, mas de procurar direcionar-lhes (4) para onde são mais importantes e necessários e de estar conscientes de que (5) nem todos eles representam a salvação da economia num momento de dificuldades. (Editorial, O Estado de S. Paulo, 2/8/2012, com adaptações)

a) (1) aquele que

b) (2) são

c) (3) se trata

d) (4) direcionar-lhes

e) (5) de que

A regência e os relativos subordinadas adjetivas

Ele ofendeu a secretária com quem não simpatizava.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

Este é o livro a que me referi.

Esta é a revista a que me referi.

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

me referi. profª LUCIANE SARTORI lucianesartori@bol.com.br Vamos exercitar a regência com os pronomes relativos Carlos

Vamos exercitar a regência com os pronomes relativos

Carlos é a pessoa

Este é o homem

quem mais confio.

quem tenho admiração.

A escada

cujos degraus estão em conserto fica ali.

A

escola

que estudo é esta.

(FCC/2014 TRT 16ª Região (MA) Analista Judiciário Medicina- A) As lacunas da frase Um

prefácio

impossível resistir preenchem-se adequadamente, na ordem dada, pelos seguintes elementos:

nossa inteira atenção esteja voltada certamente conterá qualidades

força é

a) para o qual

b)

c) com o qual - por cuja

d) aonde - de que a

e) por onde - das quais a

-

a cuja

de cuja a

ao qual -

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

d) Termos de regências diferentes pedem complementos diferentes. Vejamos as correções efetuadas

abaixo:

Entrou e saiu da sala. (forma errada) Entrou na sala e saiu dela. (forma correta)

Tenho e assisto na minha própria casa. (forma errada)

correta)

Tenho minha própria casa e nela assisto. (forma

e) Entretanto se os termos tiverem a mesma regência, podem ter o mesmo complemento:

A amiga de quem muito gosto e preciso nas horas difíceis veio aqui hoje.

OI

VTI

Visitei e conheci várias cidades.

VTD

VTD

OD

VTI

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

 

TERMOS DA ORAÇÃO

 

Frase é todo enunciado com sentido, haja nele verbo ou não: Bom dia! / Compre o que eu quero.

Oração é todo enunciado que tenha verbo: Tenha um bom dia.

 

Período é todo enunciado encerrado por um ponto que o finalize (.!? oração) ou composto (+de 1):

).

Pode ser simples (1

 

Eles falam como papagaio.

 

/

Eu comprei salgados; e ele, doces.

 

I. ESSENCIAIS

1.Sujeito

é

o

termo

da

oração

a

 

As

camas estão arrumadas.

 

respeito do qual se declara

 

seu núcleo nunca é preposicionado

alguma coisa;

   

O

ladrão

e

o

seu

parceiro

foram

é, por isso,

o assunto da

capturados.

 
 

frase o qual é representado por nome (s);

Seu comparecimento é importante.

 

pode ter mais de um núcleo;

 

e pode ser representado por uma oração: a subordinada substantiva subjetiva.

 

É

importante que você compareça

à

reunião.

 

2. Predicado

é a informação que se quer

 

Elas chegaram cedo aqui.

 

passar;

 

Elas estavam tristes.

• é nele que está o verbo;

 

• pode ter mais de um núcleo.

Elas chegaram tristes.

II. INTEGRANTES

   

1. Predicativo

• é sempre uma característica

 

Achei linda a jóia. objeto direto

 

ou estado importante no contexto da frase;

pred. do objeto

 

pode ser referente ao sujeito ou ao objeto;

Aquela jóia é linda.

sujeito

pred. do suj

 

e ser representado por uma oração: a subordinada substantiva predicativa.

 
 

O

importante é que você compareça à

reunião.

 

2. Objeto Direto

completa o sentido do verbo

 

Jane recebeu flores.

 

transitivo direto (não “pede”

 

preposição);

   

Encontrei-a ontem.

 

• pode ser preposicionado;

   

• pode ter mais de um núcleo;

 

Os meninos, eu os vi lá fora.

 

• é sempre termo paciente;

   

• pode ser pleonástico;

 

Quero seu comparecimento aqui.

 

• e ser representado por uma

 

oração:

 

a

subordinada

 

Quero que você compareça aqui.

 

substantiva objetiva direta.

   

3. Objeto Indireto

completa o sentido de verbo

 

Ela

prefere rosas a cravos.

 

transitivo

indireto

(“pede”

 

termo

preposição);

   

Isto lhe pertence?

 

preposicionado

• pode ter mais de um núcleo;

 

• é sempre o motivo da ação;

   

Ele

gosta de laranja e maçã.

 

• pode ter mais de um núcleo;

 

• e ser representado por uma

 

Necessito de seu comparecimento aqui.

oração:

 

a

subordinada

 

substantiva objetiva indireta.

   

Necessito de que você compareça aqui.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br

4.Complemento

completa o sentido de

 

Nominal

nomes:

 

termo

advérbioadjetivo substantivo abstrato (paciente)

 

Ele agiu contrariamente à lei. Estou feliz com seu comportamento.

preposicionado

Tenho necessidade de sua ajuda.

e pode ser representado por uma oração: a subordinada substantiva completiva nominal.

Tenho necessidade de que você me ajude.

5.

Agente da Passiva termo

pratica a ação na voz

João comprou aquelas flores.

passiva. (corresponde ao

 

sujeito

sujeito
 

preposicionado

sujeito da voz ativa)

Aquelas flores foram compradas por João.

III. ACESSÓRIOS

 

1. Adjunto

determina, qualifica ou

Os meus dois velhos soldadinhos de

 

Adnominal

caracteriza o substantivo concreto ou o abstrato (quando for termo agente); • representa, portanto, na sintaxe, as palavras adjetivas da morfologia (artigo,

chumbo foram comprados pela minha mãe.

 

Os verdadeiros sentimentos da humanidade estão encarcerados na alma das pessoas.

adjetivo, numeral adjetivo, pronome adjetivo e locução adjetiva);

Os rapazes que estudaram bastante obtiveram boa classificação na prova.

pode ser representado por uma oração: a subordinada adjetiva.

Este é o motivo por que intercedi neste processo por você

2. Adjunto Adverbial

é um modificador semântico,

Os dois rapazes o visitarão hoje.

por isso sua importância não é sintática;

Os

móveis

de

ferro

são

bastante

• representa

uma

resistentes.

circunstância relacionada ao

verbo ou a uma oração inteira

Muita gente lê muito mal.

(tempo, lugar, modo

)

;

pode intensificar o sentido

O carro virou rapidamente à esquerda.

do adjetivo ou do advérbio; nunca se refere ao substantivo (nome);

A intensidade do calor causou problemas

naquele verão.

pode ser representado por

um advérbio, por uma locução adverbial ou uma expressão adverbial; • e pode ser representado também por uma oração: a subordinada adverbial.

No atual estágio da sociedade brasileira, se se deseja um regime democrático, não basta abolir a necessidade de bens básicos. ( )

3. Aposto

explica, detalha, caracteriza melhor ou resume o substan- tivo a que se refere;

Curitiba, capital do Paraná, é muito bonita.

é, na verdade, uma

Só desejo uma coisa: felicidade.

“repetição sintática”;

e pode ser representado por uma oração: subordinada substantiva apositiva.

A

Avenida

Paulista

é

muito

movimentada.

Existe ainda o vocativo, mas ele não é termo da oração.

 
 

• termo independente usado para fazer chamamento.

Anda, moleque.

VOCATIVO

Crianças,

obedeçam

aos

seus

 

professores.

ROTEIRO DE GRAMÁTICA

profª LUCIANE SARTORI

lucianesartori@bol.com.br