Você está na página 1de 13

28/05/2015

Universidade de Pernambuco (UPE) Escola Politécnica de Pernambuco (POLI) Coordenação de Engenharia Mecânica Industrial DISCIPLINA: Elementos

Universidade de Pernambuco (UPE)

Escola Politécnica de Pernambuco (POLI)

Coordenação de Engenharia Mecânica Industrial

Universidade de Pernambuco (UPE) Escola Politécnica de Pernambuco (POLI) Coordenação de Engenharia Mecânica Industrial DISCIPLINA: Elementos

DISCIPLINA: Elementos de Máquinas 1

Item 10. Chaveta

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Item 10. Chaveta

Sumário

Item 10.1. Introdução;

Item 10.2. Tipos de chaveta;

Item 10.3. Projeto de chaveta.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 2 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

 

Item 10. Chaveta

 

Item 10.1. Introdução

 

Introdução

 
 

A maioria das falhas em máquinas acontece devido a cargas que variam no tempo e não a esforços estáticos.

 

As falhas ocorrem em níveis de tensão inferiores aos valores da resistência ao escoamento dos materiais.

O emprego das teorias de falha estática pode levar a projetos sem segurança quando as solicitações são dinâmicas.

Esse fenômeno foi observado pela primeira vez por volta de 1800, quando os eixos de um vagão ferroviário começaram a falhar após um pequeno período em serviço.

 

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 3 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

 
 

Item 10. Chaveta

 

Item 10.1. Introdução

 

Chaveta

 
 

Definição ASME:

 

“Uma parte de maquinaria desmontável que, quando colocada em assentos, representa um meio positivo de transmitir torque entre o eixo e o cubo”.

 
 

Atua como pino de cisalhamento.

 
 

Rasgos de chavetas

 
 

Definição ASME:

 

“Local para acomodar a chaveta no eixo e no cubo”.

 
 

Assento da chaveta.

 

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 4 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

 

Item 10. Chaveta

 

Item 10.1. Introdução

 
 
Item 10. Chaveta Item 10.1. Introdução Figura 10.1. Prof. Ermes Ferreira Costa Neto Slide n. 5
 
 

Figura 10.1.

 

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 5 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

 
 

Item 10. Chaveta

 

Item 10.1. Introdução

 

Tipos de chavetas

Paralelas Afunilada (cônica)
Paralelas
Afunilada (cônica)
Paralelas Afunilada (cônica) Woodruff

Woodruff

 
 

Figura 10.2.

 

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 6 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

Item 10. Chaveta

Item 10.1. Introdução

Tipos de chavetas (b) Chaveta Afunilada (c) Chaveta Woodruff (a) Chaveta Paralela
Tipos de chavetas
(b) Chaveta Afunilada
(c) Chaveta Woodruff
(a) Chaveta Paralela

Figura 10.3.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 7 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

Item 10. Chaveta

Item 10.2. Tipos de chaveta

Chaveta paralela

É de seção transversal quadrada ou retangular e de altura e largura constantes ao longo do seu comprimento;

São mais usadas;

Padronizadas pela ANSI e ISO (Tabela 10.1.);

Chavetas com perfil quadrado: ≤ 6,5 (US) ou ≤ 25 (ISO);

Laminadas a frio;

Tolerância negativa (ligeira folga);

Metade no eixo e outra no cubo.

Chavetas com perfil retangular:> 6,5 (US) ou > 25 (ISO);

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 8 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

Item 10. Chaveta

Item 10.2. Tipos de chaveta

Chaveta paralela
Chaveta paralela

Tabela 10.1.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 9 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

Item 10. Chaveta

Item 10.2. Tipos de chaveta

Chaveta woodruff

É semicircular plana e com largura constante;

Usadas em eixos menores;

São auto alinhantes, portanto, são preferidas para eixos afunilados;

Penetração igual a metade do eixo (igual a chaveta paralela);

Padronizadas pela ANSI, Tabela 10.2.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 10 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

 

Item 10. Chaveta

 

Item 10.2. Tipos de chaveta

 

Chaveta woodruff

 
 
Item 10. Chaveta Item 10.2. Tipos de chaveta Chaveta woodruff Tabela 10.2. Prof. Ermes Ferreira Costa
 

Tabela 10.2.

 

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 11 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

 
 

Item 10. Chaveta

 

Item 10.2. Tipos de chaveta

 

Materiais para chavetas

 
 

Devem ser usados materiais dúcteis:

 

Aço de baixo carbono (AISI 1020);

Aço inoxidável;

Latão.

 

São utilizadas barras laminadas a frio.

 
 

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 12 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

Item 10. Chaveta

Item 10.3. Projeto de chaveta

Projeto de chavetas

São poucas variáveis de projeto;

Diâmetro do eixo no rasgo da chaveta determina a largura e altura da chaveta;

Falta dimensionar:

Comprimento da chaveta;

Número de chaveta (girada em 90°com relação à primeira).

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 13 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

Item 10. Chaveta

Item 10.3. Projeto de chaveta

Projeto de chavetas

Estilos de rasgos de chavetas em eixos:

(b) Rasgo de chaveta por fresa de topo Extremidade única (a) Rasgo de chaveta por fresa
(b) Rasgo de chaveta por fresa de topo
Extremidade única
(a) Rasgo de chaveta por fresa de topo
extremidade dupla
(c) Rasgo de chaveta arredondado
Extremidade única

Figura 10.4.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 14 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

Item 10. Chaveta

Item 10.3. Projeto de chaveta

Projeto de chavetas

Concentração de tensão em rasgos de chaveta.

Item 10. Chaveta Item 10.3. Projeto de chaveta Projeto de chavetas Concentração de tensão em rasgos

Figura 10.5.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 15 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

Item 10. Chaveta

Item 10.3. Projeto de chaveta

Geometria de chavetas

Item 10. Chaveta Item 10.3. Projeto de chaveta Geometria de chavetas Figura 10.6. Prof. Ermes Ferreira

Figura 10.6.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 16 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

Item 10. Chaveta

Item 10.3. Projeto de chaveta

Geometria de chavetas

Item 10. Chaveta Item 10.3. Projeto de chaveta Geometria de chavetas Figura 10.7. Prof. Ermes Ferreira

Figura 10.7.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 17 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

Item 10. Chaveta Item 10.3. Projeto de chaveta Projeto de chavetas Tensão atuante normal compressiva de
Item 10. Chaveta
Item 10.3. Projeto de chaveta
Projeto de chavetas
Tensão atuante normal compressiva de contato no plano de contato
entre a chaveta e o eixo
=
(10.1)
=
Em que,
é o torque transmitido do eixo;
é o diâmetro do eixo;
ℎ é a altura da chaveta;
é a comprimento da chaveta.
Prof. Ermes Ferreira Costa Neto
Slide n. 18
Versão 2 de 28/05/15
Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

Item 10. Chaveta Item 10.3. Projeto de chaveta Projeto de chavetas Tensão atuante de cisalhamento média
Item 10. Chaveta
Item 10.3. Projeto de chaveta
Projeto de chavetas
Tensão atuante de cisalhamento média no plano de corte
=
(10.2)
=
Em que,
é o torque transmitido do eixo;
é o diâmetro do eixo;
ℎ é a altura da chaveta;
é a largura da chaveta.
Prof. Ermes Ferreira Costa Neto
Slide n. 19
Versão 2 de 28/05/15
Elementos de Máquinas 1

Item 10. Chaveta

Item 10.3. Projeto de chaveta

Projeto de chavetas

Torque admissível de projeto para a chaveta

Em que, =
Em que,
=
Item 10. Chaveta Item 10.3. Projeto de chaveta Projeto de chavetas Torque admissível de projeto para

(10.3)

é a tensão de cisalhamento admissível do

é a tensão de cisalhamento admissível do

material da chaveta; é o diâmetro do eixo;

é a espessura (ou profundidade) da chaveta;

é a largura da chaveta.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 20 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

Item 10. Chaveta

Item 10.3. Projeto de chaveta

Projeto de chavetas

Torque admissível de projeto para o eixo

Em que, =
Em que,
=

Item 10. Chaveta Item 10.3. Projeto de chaveta Projeto de chavetas Torque admissível de projeto para

(10.4)

é a tensão de cisalhamento admissível do material

é a tensão de cisalhamento admissível do material

do eixo; é o diâmetro do eixo;

é o fator de concentrações de tensão estática ao cisalhamento do rasgo da chaveta.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 21 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

Item 10. Chaveta Item 10.3. Projeto de chaveta Projeto de chavetas Comprimento da chaveta geral para
Item 10. Chaveta
Item 10.3. Projeto de chaveta
Projeto de chavetas
Comprimento da chaveta geral para prover resistência igual para o eixo
e para a chaveta
(10.5)
ê =
Em que,
é o diâmetro do eixo;
ℎ é a espessura (ou profundidade) da chaveta;
é o fator de concentrações de tensão estática ao
cisalhamento do rasgo da chaveta.
Prof. Ermes Ferreira Costa Neto
Slide n. 22
Versão 2 de 28/05/15
Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

Item 10. Chaveta Item 10.3. Projeto de chaveta Projeto de chavetas Comprimento da chaveta paralelas quadradas
Item 10. Chaveta
Item 10.3. Projeto de chaveta
Projeto de chavetas
Comprimento da chaveta paralelas quadradas para prover resistência
igual para o eixo e para a chaveta
(10.6)
ê =
Em que,
é o diâmetro do eixo;
é o fator de concentrações de tensão estática ao
cisalhamento do rasgo da chaveta;
=
(proporções recomendadas para chavetas paralelas
quadradas)
Prof. Ermes Ferreira Costa Neto
Slide n. 23
Versão 2 de 28/05/15
Elementos de Máquinas 1

Item 10. Chaveta

Item 10.3. Projeto de chaveta

Projeto de chavetas

Comprimento da chaveta sendo utilizada como um “fusível mecânico” para prover resistência igual para o eixo e para a chaveta

ú = 0,7 × ê

(10.7)

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 24 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

28/05/2015

 

Item 10. Chaveta

 

Item 10.3. Projeto de chaveta

 

Exemplo 10.1.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 25 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1

 
 

Item 10. Chaveta

 
 

Bibliografia

 

Norton, R. L. Projeto de máquinas – uma abordagem integrada. 2 ed. Porto Alegre: Bookman, 2004.

 

Collins, A. J. Projeto mecânico de elementos de máquinas. 1 ed., rio de Janeiro: LTC, 2014.

Prof. Ermes Ferreira Costa Neto

Slide n. 26 Versão 2 de 28/05/15

Elementos de Máquinas 1